JORNADA DE EDUCAÇÃO 
ESPECIAL NA PERSPECTIVA 
DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: 
CONSTRUINDO SABERES, 
REFLETINDO A PRÁTICA 
Márcia M...
TECNOLOGIA ASSISTIVA, 
O PAPEL DA 
MEDIAÇÃO 
NA 
INTERAÇÃO 
E APRENDIZAGEM 
DE ALUNOS COM 
DEFICIÊNCIA 
INTELECTUAL
DEMOCRATIZAÇÃO do ensino 
não significa igualar tudo 
criar condições de igualdade 
princípio de EQUIDADE 
estratégias 
re...
Fazendo diferente, 
não vou discriminar? 
Como não colocar o aluno em 
evidência com ações 
diferenciadas? 
Quem 
precisa ...
Nas ideias de Perrenoud, exploradas por André (1999): 
Diferenciar é dispor-se a encontrar 
estratégias para trabalhar com...
O QUE PODERIA SER UMA DIFERENCIAÇÃO? 
USO DO TEMPO 
RECURSOS VARIADOS 
LINGUAGEM DIVERSIFICADA 
ESPAÇO FÍSICO DIFERENCIADO...
ABORDAGEM MULTIDIMENSIONAL 
a condição do aluno com deficiência 
pode variar conforme os apoios e/ou 
suportes recebidos 
...
PARA A DEFICIÊNCIA 
INTELECTUAL 
PODERÍAMOS PENSAR 
EM PRÓTESES 
COGNITIVAS??? 
O que seria suporte, apoio para os 
proces...
MEDIAÇÃO?? 
No dicionário: 
intervir; ficar entre dois pontos. 
O que é mediado numa situação escolar?
S--------------------------------OC 
M 
S = SUJEITO OC= OBJETO DO CONHECIMENTO M= MEDIAÇÃO
Mediação é o processo de 
intervenção de um elemento 
intermediário numa relação 
O que são elementos intermediários? 
Vyg...
Oiiiii Td bem com vccc 
To com saldade vcc 
Depois vccc pode me apresenta pela suas filhaaa 
e pqq gostei de um delas 
Taa...
Ee vai ser prazer conhece suas filhaa 
Pq um dela sao do meu tamonho 
São mais velhas... 
Taaaa eu n vou fica com medo eu ...
O sujeito escolarizado experimenta/vive de 
modo circunscrito a relação entre 
desenvolvimento e aprendizagem, por isso o ...
Helena Antipoff 
(1892 – 1974)
As palavras atuais, proferidas na década de 40 do 
século XX, de Helena Antipoff ressoam nesta 
construção teórico-prática...
Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Má...
Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Má...
Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Má...
Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Má...
Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Má...
Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Má...
Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Má...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Márcia Marin (UERJ)

1.459 visualizações

Publicada em

0 comentários
1 gostou
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.459
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
744
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
16
Comentários
0
Gostaram
1
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Jornada de Educação Especial na perspectiva da Educação Inclusiva: Construindo saberes, refletindo a prática - Profª Me Márcia Marin (UERJ)

  1. 1. JORNADA DE EDUCAÇÃO ESPECIAL NA PERSPECTIVA DA EDUCAÇÃO INCLUSIVA: CONSTRUINDO SABERES, REFLETINDO A PRÁTICA Márcia Marin Colégio Pedro II UERJ marinvianna2014@gmail.com
  2. 2. TECNOLOGIA ASSISTIVA, O PAPEL DA MEDIAÇÃO NA INTERAÇÃO E APRENDIZAGEM DE ALUNOS COM DEFICIÊNCIA INTELECTUAL
  3. 3. DEMOCRATIZAÇÃO do ensino não significa igualar tudo criar condições de igualdade princípio de EQUIDADE estratégias recursos adequados a cada aluno diferenças e necessidades
  4. 4. Fazendo diferente, não vou discriminar? Como não colocar o aluno em evidência com ações diferenciadas? Quem precisa do quê? Quanto e quando?
  5. 5. Nas ideias de Perrenoud, exploradas por André (1999): Diferenciar é dispor-se a encontrar estratégias para trabalhar com os alunos mais difíceis. Se o arranjo habitual do espaço de sala não funciona com esses alunos, se os livros e materiais didáticos não são adequados para eles, se, enfim, as atividades planejadas não os motivam, é preciso modificá-las, inventar novas formas, experimentar, assumir o risco de errar e dispor-se a corrigir. Diferenciar é, sobretudo, aceitar o desafio de que não existem respostas prontas, nem soluções únicas (p.22).
  6. 6. O QUE PODERIA SER UMA DIFERENCIAÇÃO? USO DO TEMPO RECURSOS VARIADOS LINGUAGEM DIVERSIFICADA ESPAÇO FÍSICO DIFERENCIADO OUTRO PROFESSOR OUTRAS ALTERNATIVAS FAZER DIFERENTE
  7. 7. ABORDAGEM MULTIDIMENSIONAL a condição do aluno com deficiência pode variar conforme os apoios e/ou suportes recebidos DEFICIÊNCIA INTELECTUAL relacionado com o desenvolvimento da pessoa e com as interações e apoios sociais que recebe contextualizada nas relações socioculturais
  8. 8. PARA A DEFICIÊNCIA INTELECTUAL PODERÍAMOS PENSAR EM PRÓTESES COGNITIVAS??? O que seria suporte, apoio para os processos cognitivos? MEDIAÇÃO
  9. 9. MEDIAÇÃO?? No dicionário: intervir; ficar entre dois pontos. O que é mediado numa situação escolar?
  10. 10. S--------------------------------OC M S = SUJEITO OC= OBJETO DO CONHECIMENTO M= MEDIAÇÃO
  11. 11. Mediação é o processo de intervenção de um elemento intermediário numa relação O que são elementos intermediários? Vygotsky instrumentos e signos Paulo Freire descodificação e codificação PALAVRA
  12. 12. Oiiiii Td bem com vccc To com saldade vcc Depois vccc pode me apresenta pela suas filhaaa e pqq gostei de um delas Taaaa bjss no seu coraçao Te amo Saudades, garoto! Que bom receber o seu recado e o seu carinho. Vai ter festa junina aqui em casa e vou te convidar... aguarde! Quandooo Minha mae deixo eu ir Dia 21 de junho, depois te mando o endereço, vai ser legal... Ela vai me leva mais eu sozinho aiii Tá certo! Vai ser um prazer eu ai receber sua familia Rsrsrsrrsr meu prazer te convidar rsrs
  13. 13. Ee vai ser prazer conhece suas filhaa Pq um dela sao do meu tamonho São mais velhas... Taaaa eu n vou fica com medo eu tenho que me frenta Eu to poderoso Estou vendo e estou gostando de ver! N tem problema pra mim n Entendi, mas as duas tem namorado rsrs mas terão outras meninas na festa Ahhh
  14. 14. O sujeito escolarizado experimenta/vive de modo circunscrito a relação entre desenvolvimento e aprendizagem, por isso o planejamento de ensino precisa prever necessidades e potencialidades de cada um. A individualização e a diferenciação são entendidas como ações contextualizadas que consideram a proposta escolar de todos os alunos e buscam alternativas diferenciadas de aprendizagem para aqueles que apresentam alguma necessidade específica.
  15. 15. Helena Antipoff (1892 – 1974)
  16. 16. As palavras atuais, proferidas na década de 40 do século XX, de Helena Antipoff ressoam nesta construção teórico-prática: A infelicidade dos retardados mentais surge como reação ao ambiente que não os quer ou não pode compreendê-los e os desajustamentos maiores são criados pelos ambientes escolares principalmente. Embora a escola pública seja feita para todas as crianças do País a que pertencem, poucas são ainda as escolas que se ajustam à diversidade mental de seus alunos (ANTIPOFF, 1992, p. 157 – Educação do Excepcional).

×