Tributos no comércio exterior

18.590 visualizações

Publicada em

Apresentação sobre tributos no comércio exterior

Tributos no comércio exterior

  1. 1. Normas Gerais no Comércio Exterior Tributos no Comércio Exterior
  2. 2. Exportações e importações são tratadas diferentemente quanto à tributação. As empresas exportadoras estão isentas do pagamento de diversos impostos, facilidades cambiais e contam com o crédito dos impostos pagos sobre matéria-prima utilizada na produção, reduzindo preço de venda e gerando maior competitividade para produto no mercado internacional. Já as importações são tributadas de forma um pouco mais rígida pela União, utilizando-se de fórmulas mais complexas para o cálculo dos impostos, onde cada produto, de acordo com seu NCM, possui maior ou menor alíquota de impostos. Tributos no Comércio Exterior
  3. 4. <ul><li>Conceito : “Tributo é toda prestação pecuniária compulsória, em moeda ou cujo valor nela se possa exprimir, que não constitua sanção de ato ilícito, instituída em lei e cobrada mediante atividade administrativa plenamente vinculada&quot; (CTN, art. 3º) </li></ul><ul><li>Os sistemas tributários modernos costumam estruturar-se com três objetivos: A) O objetivo meramente fiscal de arrecadar recursos para cobrir as despesas públicas; B) O objetivo social, de melhorar a distribuição de renda e de riqueza; e C) O objetivo funcional de orientar a poupança, a produção e os investimentos, procurando corrigir as imperfeições do mercado </li></ul>Pontos Básicos no Tributo
  4. 5. <ul><li>Imposto é tributo cujo fato gerador independe de qualquer atividade estatal específica relativa ao contribuinte, ou seja, o contribuinte deve pagá-lo mas não deve esperar nada em troca, senão a utilização criteriosa dos recursos arrecadados nas atividades governamentais em geral. </li></ul><ul><li>Já na taxa o fato gerador deve ser o exercício regular do poder de polícia, ou a utilização, efetiva ou potencial, de serviço público específico e divisível, prestado ao contribuinte ou posto à sua disposição. Na taxa de emissão de passaporte o contribuinte em princípio recebe seu passaporte, e só paga a taxa se o requerer. </li></ul>Classificação dos Tributos
  5. 6. <ul><li>VA (Valor Aduaneiro) - Ponto de Partida para a apuração dos tributos na importação. Recomendado-se apurar o VA pelo primeiro método do acordo </li></ul><ul><li>“ É o valor da transação, isto é, o preço efetivamente pago ou a pagar pelas mercadorias, ajustado de acordo com as disposições do artigo 8º, e desde que não haja vinculação entre o imp/exp ou, se houver, que a vinculação não tenha influenciado no preço da mercadoria </li></ul><ul><li>É calculado pelo valor da mercadoria no local de embarque, adicionado o total pago à companhia de transporte, seguro internacional (se houver) e a capatazia marítima, nos casos específicos. </li></ul>Valor Aduaneiro
  6. 7. Cálculo do Valor Aduaneiro
  7. 8. Valor FOB US$ 30.000,00 Frete Internacional US$  2.500,00 Seguro Internacional US$ 150,00 Capatazias Marítima US$ 100,00 Valor Aduaneiro (VA) US$ 32.750,00 Valor Aduaneiro x Taxa Fiscal de Conversão (US$ 1,00 = R$ 1,78) R$ 58,295,00 Exemplo de Cálculo do VA
  8. 9. <ul><li>Fato gerador : entrada de mercadoria estrangeira no território aduaneiro. </li></ul><ul><li>Base de cálculo : o valor aduaneiro apurado segundo as normas do Artigo VII do Acordo Geral sobre Tarifas e Comércio - GATT 1994. </li></ul><ul><li>Alíquota : fixada na TEC (Tarifa Externa Comum) ou específica do Regime de Tributação Simplificada (60%) e do Regime de Bagagem (50%). </li></ul>Impostos de Importação
  9. 10. O imposto de importação será calculado com a aplicação da alíquota prevista, sobre o valor aduaneiro apurado em moeda estrangeira, devidamente convertido em moeda nacional conforme taxa de câmbio vigente na data do fato gerador (registro da DI).   II = Valor aduaneiro x alíquota do imposto = Valor do imposto (R$) Calculando o Imposto de Importação
  10. 11. <ul><li>Fato gerador : desembaraço aduaneiro de produto de procedência estrangeira. Não é cobrado IPI na exportação. </li></ul><ul><li>Base de cálculo : o valor que serviu ou que serviria de base para cálculo do imposto de importação, por ocasião do despacho aduaneiro, acrescido do montante desse imposto. </li></ul><ul><li>Alíquota : fixada na Tabela de Incidência do Imposto sobre Produtos Industrializados. </li></ul>IPI
  11. 12. IPI = Calculado pela aplicação das alíquotas fixadas na TIPI sobre a base de cálculo (Valor Aduaneiro da mercadoria + valor do Imposto de Importação). IPI = (Valor aduaneiro + II) x alíquota do TIPI = Valor do imposto (R$) Calculando o IPI
  12. 13. <ul><li>Fato gerador : entrada de mercadoria estrangeira no território aduaneiro. </li></ul><ul><li>Base de cálculo : o valor aduaneiro adicionado ao ICMS da Importação (Reduzido, incluindo apenas com o II e IPI) </li></ul><ul><li>Alíquota : regra geral 1,65% de PIS, e 7,6% de Cofins. </li></ul><ul><li>Informação Importante: Cálculo feito ‘por dentro’, em que o imposto é base de cálculo dele mesmo, resultando em um valor maior que o absoluto </li></ul>PIS/Cofins
  13. 14. PIS = Calculado pela aplicação da alíquota do PIS sobre a base de cálculo (VA + ICMS) e dividido pela soma das próprias contribuições (PIS+Cofins - cálculo “por dentro”). PIS = Alíquota PIS % x (VA + (Alíquota ICMS % x (VA + II + IPI)) ----------------------------------------------------------- (100-Alíquota ICMS)/100 ------------------------------------------------------------------------------------ (100 - (Alíquota PIS + Alíquota Cofins))/100 Calculando o PIS
  14. 15. COFINS = Calculado pela aplicação da alíquota do COFINS sobre a base de cálculo (VA + ICMS) e dividido pela soma das próprias contribuições (PIS+Cofins - cálculo “por dentro”). COFINS = Alíquota Cofins % x (VA + (Alíquota ICMS % x (VA + II + IPI)) --------------------------------------------------------- (100-Alíquota ICMS)/100 --------------------------------------------------------------------------------- (100 - (Alíquota PIS + Alíquota Cofins))/100 Calculando o COFINS
  15. 16. <ul><li>Fato gerador : operação relativa à circulação de mercadorias ocorrido quando do desembaraço aduaneiro. Não é cobrado ICMS na exportação. </li></ul><ul><li>Base de cálculo : o valor aduaneiro, acrescido do II, IPI, PIS, Cofins e das despesas aduaneiras, dependendo da legislação estadual. </li></ul><ul><li>Alíquota : varia conforme as leis estaduais. </li></ul><ul><li>Informação Importante: Cálculo feito ‘por dentro’, em que o imposto é base de cálculo dele mesmo, resultando em um valor maior que o absoluto. </li></ul>ICMS na Importação
  16. 17. ICMS = Calculado pela aplicação da alíquota de ICMS na entrada sobre a base de cálculo do ICMS (VA + II + IPI + PIS + Cofins + Despesas Aduaneiras conf. UF ), dividido pelo ICMS (cálculo “por dentro”). ICMS = Alíquota ICMS % x (VA+II+IPI+PIS+Cofins+Despesas Aduaneiras) ---------------------------------------------------------------------------------------- (100-Alíquota ICMS)/100 Calculando o ICMS
  17. 18. <ul><li>Entende-se como despesas aduaneiras todas as importâncias indispensáveis , cobradas ou debitadas ao adquirente no controle e desembaraço da mercadoria, ainda que venham a ser conhecidas somente após o desembaraço aduaneiro , especialmente: </li></ul><ul><ul><li>Liberação de BL / Taxas / Demurrage / Movimentação / Desova / </li></ul></ul><ul><ul><li>Transporte Interno Porto/EADI / Honorários Aduaneiros </li></ul></ul><ul><ul><li>Taxa Sindicato Despachantes Aduaneiro / Armazenagem </li></ul></ul><ul><ul><li>Separação carga / Etiquetagem / Picking </li></ul></ul><ul><ul><li>Transporte Rápido (motoboy) / Transporte Interno até o cliente final </li></ul></ul><ul><ul><li>Multas ocorridas durante o curso do despacho aduaneiro </li></ul></ul><ul><ul><li>AFRMM e Taxa Siscomex </li></ul></ul><ul><ul><li>Outras de qualquer natureza </li></ul></ul>Despesas Aduaneiras
  18. 19. <ul><li>Contatos: </li></ul><ul><li>www.abracomex.org | [email_address] </li></ul><ul><li>http://twitter.com/abracomex | Skype: abracomex </li></ul><ul><li>Portal de ensino: http://www.abracomexonline.org/ </li></ul><ul><li>Telefones: </li></ul><ul><li>4062-0660 Ramal:0405 / (11) 2171-1528 / (27) 3345-7349 </li></ul>

×