SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 24
Fernandes Assessoria – Gestor Jefferson Fernandes
ICMS apurado pelo método Débito e
Crédito
ICMS método Débito e Crédito
O ICMS (imposto sobre operações relativas à
circulação de mercadorias e sobre prestações de
serviços
de transporte interestadual, intermunicipal e de
comunicação)
ICMS método Débito e Crédito
 Incidências básicas:
 Operações relativas à circulação de mercadorias.
 Prestações de serviços de transporte interestadual e
intermunicipal.
 Prestações onerosas de serviços de comunicação.
Lei Complementar 87/1996
ICMS método Débito e Crédito
 Dos Créditos:
 Devido o Imposto ser contemplado pela não
cumulatividade, os insumos de produção, as
mercadorias adquiridas para revenda, e em
casos de veículo de comunicação, os ativos
investidos na operação da empresa.
"Como o nosso foco não é toda a legislação de ICMS, não abordarei
assuntos tão aprofundado no assunto".
ICMS método Débito e Crédito
 Método de Cálculo:
 Créditos adquiridos nas entradas
 Débitos relativos às saídas
○ Créditos
Uma compra de mercadoria para
revenda no valor de $ 4.000,00, cuja
alíquota do ICMS vigente seja de
18%.
Créditos de ICMS: $ 720,00
ICMS método Débito e Crédito
○ Débitos
No mesmo período houve uma venda de
mercadorias para revenda no valor de $
5.200,00, cuja alíquota vigente do ICMS seja de
18%.
Valor dos débitos de ICMS: $ 936,00
ICMS método Débito e Crédito
○ Apuração
Créditos-------------------------$ 720,00
Débitos--------------------------$ 936,00
Saldo à Pagar no Período-$ 216,00
Leitura desses dados na DAPI (Declaração de
Apurações de Informações do ICMS)
ICMS método Débito e Crédito
ICMS SUBSTITUIÇÃO
TRIBUTÁRIA
ICMS ST - Definição
 Substituição Tributária (ST) é um instituto criado e
implementado pelas Unidades da Federação antes do
advento da atual Constituição Federal, por intermédio de
legislação infraconstitucional, ou seja, de Convênios e
Protocolos celebrados entre os secretários de fazenda
estaduais.
 A Substituição Tributária pode ser conceituada como sendo
o regime pelo qual a responsabilidade pelo ICMS devido em
relação às operações ou prestações de serviços é atribuída
a outro contribuinte – Antecipação do Imposto, mas quem
arca com o ônus é o contribuinte final.
ICMS ST - Definição
 Cadeia de Contribuintes:
 Operações anteriores
○ A legislação atribui a determinado contribuinte a responsabilidade pelo
pagamento do ICMS em relação às operações anteriores
 Operações subsequentes
○ Caracteriza-se pela atribuição a determinado contribuinte (normalmente o primeiro na cadeia
de comercialização, o fabricante ou importador) pelo pagamento do valor do ICMS incidente
nas subsequentes operações com a mercadoria, até sua saída destinada a consumidor ou
usuário final.
Base de Cálculo do ICMS ST
 LC 87/96 - Art. 8º Inciso II
 II - em relação às operações ou prestações
subsequentes, obtida pelo somatório das parcelas
seguintes:
 a) o valor da operação ou prestação própria
realizada pelo substituto tributário ou pelo
substituído intermediário;
 b) o montante dos valores de seguro, de frete
e de outros encargos cobrados ou transferíveis
aos adquirentes ou tomadores de serviço;
 c) a margem de valor agregado, inclusive
lucro, relativa às operações ou prestações
subsequentes.
Base de Cálculo do ICMS ST
 Como determinamos o valor báse para
cálculo?
 Esse dado é extraído pelo cálculo através da
MVA (Margem de Valor Agregado) ou IVA
(Índice de Valor Agregado), pelos valores de
custo de aquisição, onde a determinação,
cabe ao governo estadual.
Base de Cálculo do ICMS ST
 Descontração Rápida...
...Aos que bebem...
"Vocês sabem quanto é a MVA da
Cerveja?"
140% para as indústrias,
70% para Distrib. E atacadistas!!!
"Bom entenderão melhor
depois da apresentação"
Cálculo do ICMS ST
Os Cálculos são feitos da seguinte forma:
A princípio deverão ser feito algumas
análises para efetivação da MVA, e a
particularidade de verificação se; MVA
ajustada ou MVA pura.
A fórmula de cálculo para MVA ajustada é:
{[(1+ MVA-ST original) x (1 - ALQ inter) / (1 -
ALQ intra)] -1}x 100; - Estabelecido por lei: Decreto
43.080/2002 art. 19 parágrafo 5º
- Uma planilha foi criada!
Cálculo do ICMS ST
 Vamos então à prática:
 Para determinação da Base de Cálculo, é
necessário observarmos alguns conceitos,
como: Frete, IPI, regime de tributação,
atividade.
 Trazendo o Exemplo anterior, suponhamos
que uma empresa cuja atividade é de
Indústria de cervejas, e optante pelo Lucro
Presumido.
Cálculo do ICMS ST
 Os produtos será no valor de:
22.000,00.
 E alíquota de IPI 11% 2.420,00
 O destaque de ICMS é de: 18%
3.960,00
 MVA Considerada 140%
 Calculamos então o valor da ST.
Cálculo do ICMS ST
 Valor dos Produtos: 22.000,00
 Alíquota ICMS Próprio 18%
 Alíquota MVA 140%
 Base de Cálculo da ST.
 (22.000,00 + 2.420,00)* (1+1,40[140%])
 = 58.608,00
 ICMS ST = 58.608,00 * 18% =
10.549,44
Cálculo do ICMS ST
 ICMS ST = 10.549,44
 ICMS à Deduzir: 22.000,00 * 18% =
3.960,00
 ICMS ST à recolher = 10.549,44 –
3.960,00 = 6.589,44.
Cálculo do ICMS ST
 Sendo assim, a nota fiscal deverá ser
emitida com os seguintes parâmetros:
 Valor total da NF: 31.009,44
 Valor do IPI 2.420,00
 Valor das mercadorias: 22.000,00
 BC do ICMS: 22.000,00
 VALOR DO ICMS: 3.960,00
 BC ICMS ST: 58.608,00
 Valor ICMS ST: 6.589,44
Conclusão
 Sendo assim, o cálculo para fins dos
valores de cada garrafa de cerveja sem
os tributos, se pondera, com base no
regime de tributação pelo lucro
presumido, em: $1,99 cada garrafa
vendida pelo preço de $5,00,
desconsiderando outros
gastos, despesas, etc.
Referencias
 RICMS
 Decreto 43.080/2002 art. 19 parágrafo 5º
 LC 87/96
 http://www.portaltributario.com.br/noticias/substituicao_tribut
aria.htm
 http://flux-it.com.br/wp-content/uploads/2015/01/icms-st.png
Obrigado a Todos!!!
Jefferson Fernandes
Contatos: (31) 9503-5186
gestor.fernandesassessoria@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ef slides - tc58 n - aula 02
Ef   slides - tc58 n - aula 02Ef   slides - tc58 n - aula 02
Ef slides - tc58 n - aula 02Claudio Parra
 
Apr aula icms aspectos servicos
Apr aula icms aspectos servicosApr aula icms aspectos servicos
Apr aula icms aspectos servicosFernanda Moreira
 
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoAula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoFernanda Moreira
 
asssitente fiscal
asssitente fiscalasssitente fiscal
asssitente fiscalRONAMAU
 
03-escrita fiscal_st
03-escrita fiscal_st03-escrita fiscal_st
03-escrita fiscal_stLucas Gheller
 
SEBRAE - Novo ICMS - Saiba como proceder
SEBRAE - Novo ICMS - Saiba como procederSEBRAE - Novo ICMS - Saiba como proceder
SEBRAE - Novo ICMS - Saiba como procederVinicius Castro
 
Alíquota de 4% nas operações interestaduais para produtos importados. Atualiz...
Alíquota de 4% nas operações interestaduais para produtos importados. Atualiz...Alíquota de 4% nas operações interestaduais para produtos importados. Atualiz...
Alíquota de 4% nas operações interestaduais para produtos importados. Atualiz...ALEXANDRE PANTOJA
 
Orientação técnica Substituição Tributária - Diferencial de Alíquota
 Orientação técnica Substituição Tributária - Diferencial de Alíquota Orientação técnica Substituição Tributária - Diferencial de Alíquota
Orientação técnica Substituição Tributária - Diferencial de AlíquotaALEXANDRE PANTOJA
 
Entenda o ICMS e Substituição Tributária
Entenda o ICMS e Substituição TributáriaEntenda o ICMS e Substituição Tributária
Entenda o ICMS e Substituição TributáriaAntônio Júnior
 
Novas regras-facturacao-2013
Novas regras-facturacao-2013Novas regras-facturacao-2013
Novas regras-facturacao-2013Armin Caldas
 
Ef slides - tc58 n - aula 04 .:. www.tc58n.wordpress.com
Ef   slides - tc58 n - aula 04 .:. www.tc58n.wordpress.comEf   slides - tc58 n - aula 04 .:. www.tc58n.wordpress.com
Ef slides - tc58 n - aula 04 .:. www.tc58n.wordpress.comClaudio Parra
 
Icms substituição tributária
Icms substituição tributáriaIcms substituição tributária
Icms substituição tributáriazeramento contabil
 
Diferencial de alíquota do ICMS consumidor final e substituição tributária - ...
Diferencial de alíquota do ICMS consumidor final e substituição tributária - ...Diferencial de alíquota do ICMS consumidor final e substituição tributária - ...
Diferencial de alíquota do ICMS consumidor final e substituição tributária - ...Sindilojas Porto Alegre
 
Apresentação sobre impostos Jan 2013 2
Apresentação sobre impostos Jan 2013 2Apresentação sobre impostos Jan 2013 2
Apresentação sobre impostos Jan 2013 2Nuno Couceiro
 
Apresentação sobre impostos Jun 2014
Apresentação sobre impostos Jun 2014Apresentação sobre impostos Jun 2014
Apresentação sobre impostos Jun 2014Nuno Couceiro
 

Mais procurados (19)

Ef slides - tc58 n - aula 02
Ef   slides - tc58 n - aula 02Ef   slides - tc58 n - aula 02
Ef slides - tc58 n - aula 02
 
Apr aula icms aspectos servicos
Apr aula icms aspectos servicosApr aula icms aspectos servicos
Apr aula icms aspectos servicos
 
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoAula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
 
asssitente fiscal
asssitente fiscalasssitente fiscal
asssitente fiscal
 
03-escrita fiscal_st
03-escrita fiscal_st03-escrita fiscal_st
03-escrita fiscal_st
 
ICMS - Base de Cálculos e Alíquotas
ICMS - Base de Cálculos e AlíquotasICMS - Base de Cálculos e Alíquotas
ICMS - Base de Cálculos e Alíquotas
 
SEBRAE - Novo ICMS - Saiba como proceder
SEBRAE - Novo ICMS - Saiba como procederSEBRAE - Novo ICMS - Saiba como proceder
SEBRAE - Novo ICMS - Saiba como proceder
 
Alíquota de 4% nas operações interestaduais para produtos importados. Atualiz...
Alíquota de 4% nas operações interestaduais para produtos importados. Atualiz...Alíquota de 4% nas operações interestaduais para produtos importados. Atualiz...
Alíquota de 4% nas operações interestaduais para produtos importados. Atualiz...
 
Orientação técnica Substituição Tributária - Diferencial de Alíquota
 Orientação técnica Substituição Tributária - Diferencial de Alíquota Orientação técnica Substituição Tributária - Diferencial de Alíquota
Orientação técnica Substituição Tributária - Diferencial de Alíquota
 
Entenda o ICMS e Substituição Tributária
Entenda o ICMS e Substituição TributáriaEntenda o ICMS e Substituição Tributária
Entenda o ICMS e Substituição Tributária
 
Novas regras-facturacao-2013
Novas regras-facturacao-2013Novas regras-facturacao-2013
Novas regras-facturacao-2013
 
Ef slides - tc58 n - aula 04 .:. www.tc58n.wordpress.com
Ef   slides - tc58 n - aula 04 .:. www.tc58n.wordpress.comEf   slides - tc58 n - aula 04 .:. www.tc58n.wordpress.com
Ef slides - tc58 n - aula 04 .:. www.tc58n.wordpress.com
 
Pis e cofins
Pis e cofinsPis e cofins
Pis e cofins
 
Icms substituição tributária
Icms substituição tributáriaIcms substituição tributária
Icms substituição tributária
 
Icms + guerra fiscal
Icms + guerra fiscalIcms + guerra fiscal
Icms + guerra fiscal
 
Pis e cofins
Pis e cofinsPis e cofins
Pis e cofins
 
Diferencial de alíquota do ICMS consumidor final e substituição tributária - ...
Diferencial de alíquota do ICMS consumidor final e substituição tributária - ...Diferencial de alíquota do ICMS consumidor final e substituição tributária - ...
Diferencial de alíquota do ICMS consumidor final e substituição tributária - ...
 
Apresentação sobre impostos Jan 2013 2
Apresentação sobre impostos Jan 2013 2Apresentação sobre impostos Jan 2013 2
Apresentação sobre impostos Jan 2013 2
 
Apresentação sobre impostos Jun 2014
Apresentação sobre impostos Jun 2014Apresentação sobre impostos Jun 2014
Apresentação sobre impostos Jun 2014
 

Semelhante a Tratamento ICMS ST - Minas Gerais

PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIOPLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIOMichelle Moraes
 
Tributos no comércio exterior
Tributos no comércio exteriorTributos no comércio exterior
Tributos no comércio exteriorABRACOMEX
 
Caderno - Planejamento Tributário
Caderno - Planejamento TributárioCaderno - Planejamento Tributário
Caderno - Planejamento TributárioCadernos PPT
 
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoAula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoFernanda Moreira
 
Emenda Constitucional 87/2015 - PERGUNTAS FREQUENTES SEFA SP
Emenda Constitucional 87/2015 - PERGUNTAS FREQUENTES SEFA SPEmenda Constitucional 87/2015 - PERGUNTAS FREQUENTES SEFA SP
Emenda Constitucional 87/2015 - PERGUNTAS FREQUENTES SEFA SPTania Gurgel
 
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'Edgar Gonçalves
 
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguelAula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguelFernanda Moreira
 
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguelAula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguelFernanda Moreira
 
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decacSistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decacRossandro Nogueira Rodrigues
 
Gestão Estratégica e Tributária em Suprimentos.
Gestão Estratégica e Tributária em Suprimentos.Gestão Estratégica e Tributária em Suprimentos.
Gestão Estratégica e Tributária em Suprimentos.Ronei Cancela Soares .....
 
Conceito de imposto sobre valor acrescentado
Conceito de imposto sobre valor acrescentadoConceito de imposto sobre valor acrescentado
Conceito de imposto sobre valor acrescentadoEdelmiro De Jesus Platão
 
Aula do dia 13 11 -contabilidade
Aula do dia 13 11 -contabilidadeAula do dia 13 11 -contabilidade
Aula do dia 13 11 -contabilidadeFernanda Moreira
 
Aula do dia 13 11 -contabilidade
Aula do dia 13 11 -contabilidadeAula do dia 13 11 -contabilidade
Aula do dia 13 11 -contabilidadeFernanda Moreira
 
ICMS/SÃO PAULO - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015.
ICMS/SÃO PAULO - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015.ICMS/SÃO PAULO - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015.
ICMS/SÃO PAULO - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015.ALEXANDRE PANTOJA
 

Semelhante a Tratamento ICMS ST - Minas Gerais (20)

PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIOPLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
PLANEJ. CONTABIL TRIBUTARIO
 
Tributos no comércio exterior
Tributos no comércio exteriorTributos no comércio exterior
Tributos no comércio exterior
 
Caderno - Planejamento Tributário
Caderno - Planejamento TributárioCaderno - Planejamento Tributário
Caderno - Planejamento Tributário
 
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalhoAula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
Aula 07 06-14 - osvaldo santos de carvalho
 
Emenda Constitucional 87/2015 - PERGUNTAS FREQUENTES SEFA SP
Emenda Constitucional 87/2015 - PERGUNTAS FREQUENTES SEFA SPEmenda Constitucional 87/2015 - PERGUNTAS FREQUENTES SEFA SP
Emenda Constitucional 87/2015 - PERGUNTAS FREQUENTES SEFA SP
 
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
Emenda Constitucional 87/2015 - DIFAL - Perguntas e Respostas'
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 
Aula 2
Aula 2Aula 2
Aula 2
 
Tributação na siderurgia brasileira
Tributação na siderurgia brasileiraTributação na siderurgia brasileira
Tributação na siderurgia brasileira
 
Contabiliando tributos
Contabiliando tributosContabiliando tributos
Contabiliando tributos
 
Cartilha tributaria 2014
Cartilha tributaria 2014Cartilha tributaria 2014
Cartilha tributaria 2014
 
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguelAula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
 
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguelAula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
Aula 24 09-14 - dr. luciano garcia miguel
 
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decacSistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
Sistema tributario nacional prof roberto e luiz gustavo decac
 
2 ua-cf caderno-apoio_2
2 ua-cf caderno-apoio_22 ua-cf caderno-apoio_2
2 ua-cf caderno-apoio_2
 
Gestão Estratégica e Tributária em Suprimentos.
Gestão Estratégica e Tributária em Suprimentos.Gestão Estratégica e Tributária em Suprimentos.
Gestão Estratégica e Tributária em Suprimentos.
 
Conceito de imposto sobre valor acrescentado
Conceito de imposto sobre valor acrescentadoConceito de imposto sobre valor acrescentado
Conceito de imposto sobre valor acrescentado
 
Aula do dia 13 11 -contabilidade
Aula do dia 13 11 -contabilidadeAula do dia 13 11 -contabilidade
Aula do dia 13 11 -contabilidade
 
Aula do dia 13 11 -contabilidade
Aula do dia 13 11 -contabilidadeAula do dia 13 11 -contabilidade
Aula do dia 13 11 -contabilidade
 
ICMS/SÃO PAULO - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015.
ICMS/SÃO PAULO - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015.ICMS/SÃO PAULO - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015.
ICMS/SÃO PAULO - EMENDA CONSTITUCIONAL 87/2015.
 

Tratamento ICMS ST - Minas Gerais

  • 1. Fernandes Assessoria – Gestor Jefferson Fernandes
  • 2. ICMS apurado pelo método Débito e Crédito
  • 3. ICMS método Débito e Crédito O ICMS (imposto sobre operações relativas à circulação de mercadorias e sobre prestações de serviços de transporte interestadual, intermunicipal e de comunicação)
  • 4. ICMS método Débito e Crédito  Incidências básicas:  Operações relativas à circulação de mercadorias.  Prestações de serviços de transporte interestadual e intermunicipal.  Prestações onerosas de serviços de comunicação. Lei Complementar 87/1996
  • 5. ICMS método Débito e Crédito  Dos Créditos:  Devido o Imposto ser contemplado pela não cumulatividade, os insumos de produção, as mercadorias adquiridas para revenda, e em casos de veículo de comunicação, os ativos investidos na operação da empresa. "Como o nosso foco não é toda a legislação de ICMS, não abordarei assuntos tão aprofundado no assunto".
  • 6. ICMS método Débito e Crédito  Método de Cálculo:  Créditos adquiridos nas entradas  Débitos relativos às saídas ○ Créditos Uma compra de mercadoria para revenda no valor de $ 4.000,00, cuja alíquota do ICMS vigente seja de 18%. Créditos de ICMS: $ 720,00
  • 7. ICMS método Débito e Crédito ○ Débitos No mesmo período houve uma venda de mercadorias para revenda no valor de $ 5.200,00, cuja alíquota vigente do ICMS seja de 18%. Valor dos débitos de ICMS: $ 936,00
  • 8. ICMS método Débito e Crédito ○ Apuração Créditos-------------------------$ 720,00 Débitos--------------------------$ 936,00 Saldo à Pagar no Período-$ 216,00 Leitura desses dados na DAPI (Declaração de Apurações de Informações do ICMS)
  • 9. ICMS método Débito e Crédito
  • 11. ICMS ST - Definição  Substituição Tributária (ST) é um instituto criado e implementado pelas Unidades da Federação antes do advento da atual Constituição Federal, por intermédio de legislação infraconstitucional, ou seja, de Convênios e Protocolos celebrados entre os secretários de fazenda estaduais.  A Substituição Tributária pode ser conceituada como sendo o regime pelo qual a responsabilidade pelo ICMS devido em relação às operações ou prestações de serviços é atribuída a outro contribuinte – Antecipação do Imposto, mas quem arca com o ônus é o contribuinte final.
  • 12. ICMS ST - Definição  Cadeia de Contribuintes:  Operações anteriores ○ A legislação atribui a determinado contribuinte a responsabilidade pelo pagamento do ICMS em relação às operações anteriores  Operações subsequentes ○ Caracteriza-se pela atribuição a determinado contribuinte (normalmente o primeiro na cadeia de comercialização, o fabricante ou importador) pelo pagamento do valor do ICMS incidente nas subsequentes operações com a mercadoria, até sua saída destinada a consumidor ou usuário final.
  • 13. Base de Cálculo do ICMS ST  LC 87/96 - Art. 8º Inciso II  II - em relação às operações ou prestações subsequentes, obtida pelo somatório das parcelas seguintes:  a) o valor da operação ou prestação própria realizada pelo substituto tributário ou pelo substituído intermediário;  b) o montante dos valores de seguro, de frete e de outros encargos cobrados ou transferíveis aos adquirentes ou tomadores de serviço;  c) a margem de valor agregado, inclusive lucro, relativa às operações ou prestações subsequentes.
  • 14. Base de Cálculo do ICMS ST  Como determinamos o valor báse para cálculo?  Esse dado é extraído pelo cálculo através da MVA (Margem de Valor Agregado) ou IVA (Índice de Valor Agregado), pelos valores de custo de aquisição, onde a determinação, cabe ao governo estadual.
  • 15. Base de Cálculo do ICMS ST  Descontração Rápida... ...Aos que bebem... "Vocês sabem quanto é a MVA da Cerveja?" 140% para as indústrias, 70% para Distrib. E atacadistas!!! "Bom entenderão melhor depois da apresentação"
  • 16. Cálculo do ICMS ST Os Cálculos são feitos da seguinte forma: A princípio deverão ser feito algumas análises para efetivação da MVA, e a particularidade de verificação se; MVA ajustada ou MVA pura. A fórmula de cálculo para MVA ajustada é: {[(1+ MVA-ST original) x (1 - ALQ inter) / (1 - ALQ intra)] -1}x 100; - Estabelecido por lei: Decreto 43.080/2002 art. 19 parágrafo 5º - Uma planilha foi criada!
  • 17. Cálculo do ICMS ST  Vamos então à prática:  Para determinação da Base de Cálculo, é necessário observarmos alguns conceitos, como: Frete, IPI, regime de tributação, atividade.  Trazendo o Exemplo anterior, suponhamos que uma empresa cuja atividade é de Indústria de cervejas, e optante pelo Lucro Presumido.
  • 18. Cálculo do ICMS ST  Os produtos será no valor de: 22.000,00.  E alíquota de IPI 11% 2.420,00  O destaque de ICMS é de: 18% 3.960,00  MVA Considerada 140%  Calculamos então o valor da ST.
  • 19. Cálculo do ICMS ST  Valor dos Produtos: 22.000,00  Alíquota ICMS Próprio 18%  Alíquota MVA 140%  Base de Cálculo da ST.  (22.000,00 + 2.420,00)* (1+1,40[140%])  = 58.608,00  ICMS ST = 58.608,00 * 18% = 10.549,44
  • 20. Cálculo do ICMS ST  ICMS ST = 10.549,44  ICMS à Deduzir: 22.000,00 * 18% = 3.960,00  ICMS ST à recolher = 10.549,44 – 3.960,00 = 6.589,44.
  • 21. Cálculo do ICMS ST  Sendo assim, a nota fiscal deverá ser emitida com os seguintes parâmetros:  Valor total da NF: 31.009,44  Valor do IPI 2.420,00  Valor das mercadorias: 22.000,00  BC do ICMS: 22.000,00  VALOR DO ICMS: 3.960,00  BC ICMS ST: 58.608,00  Valor ICMS ST: 6.589,44
  • 22. Conclusão  Sendo assim, o cálculo para fins dos valores de cada garrafa de cerveja sem os tributos, se pondera, com base no regime de tributação pelo lucro presumido, em: $1,99 cada garrafa vendida pelo preço de $5,00, desconsiderando outros gastos, despesas, etc.
  • 23. Referencias  RICMS  Decreto 43.080/2002 art. 19 parágrafo 5º  LC 87/96  http://www.portaltributario.com.br/noticias/substituicao_tribut aria.htm  http://flux-it.com.br/wp-content/uploads/2015/01/icms-st.png
  • 24. Obrigado a Todos!!! Jefferson Fernandes Contatos: (31) 9503-5186 gestor.fernandesassessoria@gmail.com