SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 34
Baixar para ler offline
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
RESULTADO DO REGIME GERAL DE
PREVIDÊNCIA SOCIAL – RGPS
2016
Brasília, Janeiro de 2017
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
ARRECADAÇÃO LÍQUIDA, DESPESA
COM BENEFÍCIOS E RESULTADO
PREVIDENCIÁRIO
URBANO
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – URBANO
Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões de Dezembro/2016 (INPC)
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
Nota: De 2011 a 2015, ocorreu superávit na área urbana; Em 2016, ocorreu déficit.
170,1
186,4
204,5
225,7
246,4
268,9
287,0
318,5
347,1
369,4
387,3
401,5
380,9
355,9
189,0
210,7
231,0
251,4
269,3 271,3
284,6
306,0
317,7
336,1
356,3
370,8 375,1
402,8
19,0 24,4 26,5 25,7 22,8
2,4
2,4 12,5
29,4 33,3 31,0 30,7
5,8
46,8
-100,0
-50,0
0,0
50,0
100,0
150,0
200,0
250,0
300,0
350,0
400,0
450,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida Urbana Benefícios Previdenciários Urbano Resultado Previdenciário Urbano
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – URBANO
Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões nominais
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
Nota: De 2011 a 2015, ocorreu superávit na área urbana; Em 2016, ocorreu déficit.
77,8
90,6
105,1
119,7
136,2
158,4
177,4
207,2
240,5
270,0
301,0
330,8
343,2
350,2
86,6
102,5
118,7
133,3
148,7
159,7
175,8
198,8
220,0
245,5
276,6
305,5
338,0
396,6
8,7 11,9 13,6 13,6 12,5 1,3
1,6
8,4
20,5 24,5 24,3 25,3
5,1
46,3
-100,0
-50,0
0,0
50,0
100,0
150,0
200,0
250,0
300,0
350,0
400,0
450,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida Urbana Benefícios Previdenciários Urbano Resultado Previdenciário Urbano
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário em relação ao PIB (Em %) –
2003 a 2016 – URBANO
Nota: PIB 2016 estimado de acordo com a Grade de Parâmetros da SPE/MF de 11/2016.
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.– Elaboração: SPPS/MPS.
Nota: De 2003 a 2008 e em 2016, ocorreu déficit na área urbana. De 2009 a 2015, ocorreu superávit na área urbana;
4,5 4,6 4,8
5,0 5,0 5,1
5,3
5,3
5,5 5,6 5,7 5,8 5,8 5,6
5,0 5,2
5,5 5,5 5,5
5,1 5,3
5,1 5,0 5,1 5,2
5,4
5,7
6,4
-0,5 -0,6 -0,6 -0,6 -0,5
-0,04
0,0
0,2
0,5 0,5 0,5 0,4
0,1
-0,7
-2,0
-1,0
0,0
1,0
2,0
3,0
4,0
5,0
6,0
7,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida Urbana / PIB Benefícios Previdenciários Urbano / PIB Resultado Previdenciário Urbano / PIB
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – URBANO
Dezembro/2015, Novembro e Dezembro de 2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) – Em R$ milhões de dezembro/2016 (INPC)
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano
( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016
1. Arrecadação Líquida Urbana Total 51.115,9 27.983,1 46.032,6 64,5 (9,9) 380.882,5 355.944,0 (6,5)
1.1 Arrecadação Urbana 44.512,4 27.014,2 44.919,9 66,3 0,9 352.638,8 337.955,2 (4,2)
1.2 Comprev 4,8 - - - (100,0) 46,0 1,4 (97,0)
1.3 Compensação Desoneração da Folha de Pagamento 6.598,7 968,9 1.112,8 14,9 (83,1) 28.197,7 17.987,4 (36,2)
2. Renúncias Previdenciárias 5.013,0 2.987,7 4.842,3 62,1 (3,4) 38.697,8 36.768,4 (5,0)
2.1 Simples Nacional 3.165,4 1.933,6 3.058,2 58,2 (3,4) 24.951,9 23.529,7 (5,7)
2.2 Entidades Filantrópicas 1.684,9 891,6 1.627,8 82,6 (3,4) 11.878,0 11.205,3 (5,7)
2.3 Microempreendedor Individual - MEI 131,4 125,1 127,0 1,5 (3,4) 1.560,8 1.470,1 (5,8)
2.4 Outros 31,3 37,4 29,3 (21,7) (6,3) 307,1 563,3 83,4
3. Despesa com Benefícios Previdenciários Urbano Total 38.970,5 35.840,1 43.300,8 20,8 11,1 375.055,0 402.783,3 7,4
3.1 Benefício Previdenciário Urbano 38.618,9 32.319,5 42.353,9 31,0 9,7 365.038,2 391.362,9 7,2
3.2 Passivo Judicial Urbano 116,8 3.353,7 648,3 (80,7) 454,9 8.069,6 9.045,6 12,1
3.3 Comprev 234,7 166,9 298,6 78,9 27,2 1.947,2 2.374,8 22,0
4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) 17.158,4 (4.869,4) 7.574,1 (255,5) (55,9) 44.525,3 (10.070,8) (122,6)
5. Resultado Previdenciário (1 - 3) 12.145,4 (7.857,0) 2.731,8 (134,8) (77,5) 5.827,5 (46.839,2) (903,8)
Item Var. %
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – URBANO
Dezembro/2015, Novembro e Dezembro de 2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) – Em R$ milhões nominais
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano Var. %
( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016 ( B / A )
1. Arrecadação Líquida Urbana Total 47.960,1 27.943,9 46.032,6 64,7 (4,0) 343.190,7 350.217,0 2,0
1.1 Arrecadação Líquida Urbana 41.764,3 26.976,4 44.919,9 66,5 7,6 317.741,8 332.622,3 4,7
1.2 Comprev 4,5 - - - (100,0) 41,9 1,3 (96,8)
1.3 Compensação Desoneração da Folha de Pagamento 6.191,3 967,5 1.112,8 15,0 (82,0) 25.407,0 17.593,3 (30,8)
2. Renúncias Previdenciárias 4.703,5 2.983,5 4.842,3 62,3 3,0 34.890,8 36.196,8 3,7
2.1 Simples Nacional 2.970,0 1.930,9 3.058,2 58,4 3,0 22.494,6 23.162,9 3,0
2.2 Entidades Filantrópicas 1.580,9 890,3 1.627,8 82,8 3,0 10.715,0 11.033,4 3,0
2.3 Microempreendedor Individual - MEI 123,3 124,9 127,0 1,6 3,0 1.404,1 1.445,9 3,0
2.4 Outros 29,3 37,4 29,3 (21,6) (0,1) 277,0 554,7 100,2
3. Despesa com Benefícios Previdenciários Urbano Total 36.564,5 35.790,0 43.300,8 21,0 18,4 338.049,3 396.561,0 17,3
3.1 Benefício Previdenciário Urbano 36.234,7 32.274,3 42.353,9 31,2 16,9 328.960,9 385.276,5 17,1
3.2 Passivo Judicial Urbano 109,6 3.349,0 648,3 (80,6) 491,4 7.335,2 8.945,2 21,9
3.3 Comprev 220,2 166,7 298,6 79,2 35,6 1.753,2 2.339,3 33,4
4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) 16.099,0 (4.862,6) 7.574,1 (255,8) (53,0) 40.032,2 (10.147,2) (125,3)
5. Resultado Previdenciário (1 - 3) 11.395,6 (7.846,1) 2.731,8 (134,8) (76,0) 5.141,4 (46.344,0) (1.001,4)
Item
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
ARRECADAÇÃO LÍQUIDA, DESPESA
COM BENEFÍCIOS E RESULTADO
PREVIDENCIÁRIO
RURAL
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – RURAL
Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões de dezembro/2016 (INPC)
6,3 6,5 6,5 7,2 7,7 8,5 7,4 7,4 7,7 7,9 7,9 8,1 7,9 8,0
44,9 47,8
53,1
60,9
66,2 67,8
79,4
86,4 88,7
97,4
103,5 107,7 108,8 113,1
-38,6 -41,3
-46,6
-53,7
-58,5 -59,4
-72,0
-78,9 -81,0
-89,6
-95,6 -99,6 -100,9 -105,0
-150,0
-100,0
-50,0
0,0
50,0
100,0
150,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida Rural Benefícios Previdenciários Rural Resultado Previdenciário Rural
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – RURAL
Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões nominais
2,9 3,2 3,3 3,8 4,2 5,0 4,6 4,8 5,4 5,8 6,2 6,7 7,1 7,9
20,6 23,3 27,3
32,3 36,6 39,9
49,0
56,1
61,4
71,1
80,4
88,7
98,0
111,3
-17,7 -20,1 -24,0
-28,5 -32,3 -34,9
-44,5
-51,3
-56,1
-65,4
-74,2
-82,0
-91,0
-103,4
-150,0
-100,0
-50,0
0,0
50,0
100,0
150,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida Rural Benefícios Previdenciários Rural Resultado Previdenciário
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Nota: PIB 2016 estimado de acordo com a Grade de Parâmetros da SPE/MF de 11/2016.
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS.
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário em relação ao PIB (Em %) –
2003 a 2016 – RURAL
0,2 0,2 0,2 0,2 0,2 0,2 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1
1,2 1,2
1,3
1,3 1,3
1,3
1,5 1,4 1,4
1,5 1,5 1,6
1,7
1,8
-1,0 -1,0
-1,1
-1,2 -1,2
-1,1
-1,3 -1,3 -1,3
-1,4 -1,4 -1,4
-1,5
-1,7
-2,0
-1,8
-1,6
-1,4
-1,2
-1,0
-0,8
-0,6
-0,4
-0,2
0,0
0,2
0,4
0,6
0,8
1,0
1,2
1,4
1,6
1,8
2,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida Rural / PIB Benefícios Previdenciários Rural / PIB Resultado Previdenciário Rural / PIB
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – RURAL
Dezembro/2015, Novembro e Dezembro de 2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) – Em R$ milhões de dezembro/2016 (INPC)
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano
( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016
1. Arrecadação Líquida Rural 783,7 620,4 776,9 25,2 (0,9) 7.858,9 8.049,9 2,4
2. Renúncias Previdenciárias 470,1 472,9 536,4 13,4 14,1 6.605,2 7.343,6 11,2
2.1 Exportação da Produção Rural - EC nº33 470,1 472,9 536,4 13,4 14,1 6.605,2 7.343,6 11,2
3. Despesa com Benefícios Previdenciários Rural Total 9.687,1 11.756,2 10.380,6 (11,7) 7,2 108.803,5 113.079,8 3,9
3.1 Benefício Rural 9.657,9 10.651,0 10.224,1 (4,0) 5,9 106.291,5 110.399,2 3,9
3.2 Passivo Judicial Rural 29,2 1.105,2 156,5 (85,8) 435,6 2.512,1 2.680,6 6,7
4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) (8.433,3) (10.662,9) (9.067,4) (15,0) 7,5 (94.339,4) (97.686,3) 3,5
5. Resultado Previdenciário (1 - 3) (8.903,4) (11.135,9) (9.603,7) (13,8) 7,9 (100.944,6) (105.029,9) 4,0
Item Var. %
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – RURAL
Dezembro/2015, Novembro e Dezembro de 2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) – Em R$ milhões nominais
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano
( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016
1. Arrecadação Líquida Rural 735,3 619,5 776,9 25,4 5,7 7.081,3 7.920,3 11,8
2. Renúncias Previdenciárias 441,1 472,3 536,4 13,6 21,6 5.940,7 7.223,8 21,6
2.1 Exportação da Produção Rural - EC nº33 441,1 472,3 536,4 13,6 21,6 5.940,7 7.223,8 21,6
3. Despesa com Benefícios Previdenciários Rural Total 9.089,1 11.739,8 10.380,6 (11,6) 14,2 98.040,8 111.310,3 13,5
3.1 Benefício Rural 9.061,6 10.636,1 10.224,1 (3,9) 12,8 95.754,2 108.658,7 13,5
3.2 Passivo Judicial Rural 27,4 1.103,7 156,5 (85,8) 470,8 2.286,5 2.651,6 16,0
4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) (7.912,7) (10.648,0) (9.067,4) (14,8) 14,6 (85.018,8) (96.166,1) 13,1
5. Resultado Previdenciário (1 - 3) (8.353,8) (11.120,3) (9.603,7) (13,6) 15,0 (90.959,5) (103.389,9) 13,7
Item Var. %
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
RESULTADO DO RGPS
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário
Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões de dezembro/2016 (INPC)
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
176,4
192,9
211,0
232,9
254,1
277,4
294,4
325,9
354,8
377,3
395,3
409,6
388,7
364,0
233,9
258,6
284,1
312,3
335,5 339,2
364,0
392,4
406,4
433,6
459,8
478,5 483,9
515,9
-57,5 -65,7 -73,1 -79,4 -81,4
-61,8 -69,6 -66,5
-51,6 -56,2 -64,6 -68,9
-95,1
-151,9
-200,0
-100,0
0,0
100,0
200,0
300,0
400,0
500,0
600,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida Benefícios Previdenciários Resultado Previdenciário
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário
Acumulado de Janeiro a Dezembro (2011 a 2016) – Em R$ Bilhões nominais
80,7
93,8
108,4
123,5
140,4
163,4
182,0
212,0
245,9
275,8
307,1
337,5
350,3 358,1
107,1
125,8
146,0
165,6
185,3
199,6
224,9
254,9
281,4
316,6
357,0
394,2
436,1
507,9
-26,4 -32,0 -37,6
-42,1 -44,9 -36,2 -42,9 -42,9 -35,5 -40,8 -49,9 -56,7
-85,8
-149,7
-200,0
-100,0
0,0
100,0
200,0
300,0
400,0
500,0
600,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida Benefícios Previdenciários Resultado Previdenciário
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Nota: PIB 2016 estimado de acordo com a Grade de Parâmetros da SPE/MF de 11/2016.
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS.
Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário em relação ao PIB (Em %) – 2003 a 2016
4,7 4,8 5,0 5,1 5,2 5,3 5,5 5,5 5,6 5,7 5,8 5,9 5,9 5,8
6,2 6,4
6,7 6,9 6,8
6,4
6,7 6,6 6,4 6,6 6,7
6,9
7,4
8,2
-1,5 -1,6 -1,7 -1,7 -1,6
-1,2 -1,3 -1,1
-0,8 -0,8 -0,9 -1,0
-1,5
-2,4
-4,0
-2,0
0,0
2,0
4,0
6,0
8,0
10,0
2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Arrecadação Líquida / PIB Benefícios Previdenciários / PIB Resultado Previdenciário / PIB
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
RESULTADO DO RGPS – Em R$ milhões de Dezembro de 2016 (INPC)
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano
( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016
1. Arrecadação Líquida Total 51.899,6 28.603,4 46.809,5 63,6 (9,8) 388.741,3 363.993,9 (6,4)
1.1 Arrecadação Líquida Urbana 44.512,4 27.014,2 44.919,9 66,3 0,9 352.638,8 337.955,2 (4,2)
1.2 Arrecadação Líquida Rural 783,7 620,4 776,9 25,2 (0,9) 7.858,9 8.049,9 2,4
1.3 Comprev 4,8 - - - (100,0) 46,0 1,4 (97,0)
1.4 Compensação Desoneração da Folha de Pagamento 6.598,7 968,9 1.112,8 14,9 (83,1) 28.197,7 17.987,4 (36,2)
2. Renúncias Previdenciárias 5.483,1 3.460,6 5.378,7 55,4 (1,9) 45.303,0 44.112,0 (2,6)
2.1 Simples Nacional 3.165,4 1.933,6 3.058,2 58,2 (3,4) 24.951,9 23.529,7 (5,7)
2.2 Entidades Filantrópicas 1.684,9 891,6 1.627,8 82,6 (3,4) 11.878,0 11.205,3 (5,7)
2.3 Microempreendedor Individual - MEI 131,4 125,1 127,0 1,5 (3,4) 1.560,8 1.470,1 (5,8)
2.4 Exportação da Produção Rural - EC nº 33 470,1 472,9 536,4 13,4 14,1 6.605,2 7.343,6 11,2
2.5 Outros 31,3 37,4 29,3 (21,7) (6,3) 307,1 563,3 83,4
3. Despesa com Benefícios 48.657,6 47.596,4 53.681,4 12,8 10,3 483.858,5 515.863,0 6,6
3.1 Benefícios Previdenciários 48.276,8 42.970,5 52.578,1 22,4 8,9 471.329,7 501.762,1 6,5
3.1.1 Urbano 38.618,9 32.319,5 42.353,9 31,0 9,7 365.038,2 391.362,9 7,2
3.1.2 Rural 9.657,9 10.651,0 10.224,1 (4,0) 5,9 106.291,5 110.399,2 3,9
3.2 Passivo Judicial 146,1 4.458,9 804,8 (82,0) 451,0 10.581,7 11.726,2 10,8
3.2.1 Urbano 116,8 3.353,7 648,3 (80,7) 454,9 8.069,6 9.045,6 12,1
3.2.2 Rural 29,2 1.105,2 156,5 (85,8) 435,6 2.512,1 2.680,6 6,7
3.3 Comprev 234,7 166,9 298,6 78,9 27,2 1.947,2 2.374,8 22,0
4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) 8.725,1 (15.532,3) (1.493,3) (90,4) (117,1) (49.814,1) (107.757,1) 116,3
5. Resultado Previdenciário (1 - 3) 3.242,0 (18.992,9) (6.872,0) (63,8) (312,0) (95.117,2) (151.869,1) 59,7
Item Var. %
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
RESULTADO DO RGPS – Em R$ milhões nominais
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano
( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016
1. Arrecadação Líquida Total 48.695,4 28.563,4 46.809,5 63,9 (3,9) 350.272,0 358.137,3 2,2
1.1 Arrecadação Líquida Urbana 41.764,3 26.976,4 44.919,9 66,5 7,6 317.741,8 332.622,3 4,7
1.2 Arrecadação Líquida Rural 735,3 619,5 776,9 25,4 5,7 7.081,3 7.920,3 11,8
1.3 Comprev 4,5 - - - (100,0) 41,9 1,3 (96,8)
1.4 Compensação Desoneração da Folha de Pagamento 6.191,3 967,5 1.112,8 15,0 (82,0) 25.407,0 17.593,3 (30,8)
2. Renúncias Previdenciárias 5.144,6 3.455,7 5.378,7 55,6 4,6 40.831,5 43.420,6 6,3
2.1 Simples Nacional 2.970,0 1.930,9 3.058,2 58,4 3,0 22.494,6 23.162,9 3,0
2.2 Entidades Filantrópicas 1.580,9 890,3 1.627,8 82,8 3,0 10.715,0 11.033,4 3,0
2.3 Microempreendedor Individual - MEI 123,3 124,9 127,0 1,6 3,0 1.404,1 1.445,9 3,0
2.4 Exportação da Produção Rural - EC nº 33 441,1 472,3 536,4 13,6 21,6 5.940,7 7.223,8 21,6
2.5 Outros 29,3 37,4 29,3 (21,6) (0,1) 277,0 554,7 100,2
3. Despesa com Benefícios 45.653,6 47.529,8 53.681,4 12,9 17,6 436.090,1 507.871,3 16,5
3.1 Benefícios Previdenciários 45.296,3 42.910,4 52.578,1 22,5 16,1 424.715,2 493.935,1 16,3
3.1.1 Urbano 36.234,7 32.274,3 42.353,9 31,2 16,9 328.960,9 385.276,5 17,1
3.1.2 Rural 9.061,6 10.636,1 10.224,1 (3,9) 12,8 95.754,2 108.658,7 13,5
3.2 Passivo Judicial 137,0 4.452,7 804,8 (81,9) 487,3 9.621,7 11.596,8 20,5
3.2.1 Urbano 109,6 3.349,0 648,3 (80,6) 491,4 7.335,2 8.945,2 21,9
3.2.2 Rural 27,4 1.103,7 156,5 (85,8) 470,8 2.286,5 2.651,6 16,0
3.3 Comprev 220,2 166,7 298,6 79,2 35,6 1.753,2 2.339,3 33,4
4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) 8.186,4 (15.510,6) (1.493,3) (90,4) (118,2) (44.986,6) (106.313,3) 136,3
5. Resultado Previdenciário (1 - 3) 3.041,8 (18.966,4) (6.872,0) (63,8) (325,9) (85.818,1) (149.733,9) 74,5
Item Var. %
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
TENDÊNCIAS ARRECADAÇÃO,
DESPESA E déficit
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Arrecadação Líquida e Despesa com Benefícios Previdenciários, nos últimos 25 meses –
Em R$ bilhões de dezembro/2016 - INPC –
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
51,8
30,3
31,2
30,8
34,4
31,7
30,6
30,9 30,8
29,9
28,3
27,9
51,9
28,5
29,1
29,5
31,3
28,8
28,9
27,7
28,7
27,8
28,3
28,6
46,8
49,7
36,9
38,0 38,2 37,9
38,8
37,6 37,2
36,5
40,5
49,9
43,8
48,7
37,3
39,8
40,2
40,1
41,3
39,8 39,6
44,0
53,0
39,6
47,6
53,7
14,0
16,0
18,0
20,0
22,0
24,0
26,0
28,0
30,0
32,0
34,0
36,0
38,0
40,0
42,0
44,0
46,0
48,0
50,0
52,0
54,0
56,0
dez-14
jan-15
fev-15
mar-15
abr-15
mai-15
jun-15
jul-15
ago-15
set-15
out-15
nov-15
dez-15
jan-16
fev-16
mar-16
abr-16
mai-16
jun-16
jul-16
ago-16
set-16
out-16
nov-16
dez-16
R$Bilhões
Arrecadação Líquida Média Móvel (12 meses) Despesa com Benefícios Previdenciários Média Móvel (12 meses)
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Composição da Arrecadação Líquida
Arrecadação Corrente, Recuperação de Créditos e Transferência a Terceiros, nos últimos 25 meses –
Em R$ bilhões de dezembro/2016 - INPC
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
52,2
33,2
31,7
31,3
31,9
31,5
31,1
31,0
31,0
30,4
30,6 30,0
47,6
30,8
29,6
29,8
30,0
29,8
29,8
29,4
29,6
28,9
29,3 29,8
47,6
1,7
1,0 1,1 0,9 1,1 1,0 0,8 0,9 0,8 0,8 0,9 0,9 0,9 0,9 0,8 1,0 1,0 1,0 0,8 0,1 1,0 0,8 0,9 0,8 1,1
-3,5
-5,9
-3,4 -3,3 -3,3 -3,2 -3,3 -3,3 -3,1 -3,4 -3,1 -3,0 -3,1
-5,3
-3,1 -3,1 -3,1 -3,0 -3,0 -3,0 -3,0 -3,0 -2,9 -3,0 -3,0
-6,0
-2,0
2,0
6,0
10,0
14,0
18,0
22,0
26,0
30,0
34,0
38,0
42,0
46,0
50,0
54,0
58,0
dez-14
jan-15
fev-15
mar-15
abr-15
mai-15
jun-15
jul-15
ago-15
set-15
out-15
nov-15
dez-15
jan-16
fev-16
mar-16
abr-16
mai-16
jun-16
jul-16
ago-16
set-16
out-16
nov-16
dez-16
R$Bilhões
Arrecadação Corrente Recuperação de Créditos Transferência a Terceiros
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Composição da Despesa com Benefícios Previdenciários
Benefícios Pagos pelo INSS e Sentenças Judiciais nos últimos 25 meses – Em R$ bilhões de dezembro/2016 (INPC)
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
49,0
36,0
37,7
37,8
37,3
38,2
36,9
36,5 36,0
40,0
48,9
39,5
48,5
36,4
39,5 39,8
39,5
40,5
39,1 38,7
43,6
52,1
38,9
43,1
52,9
0,7 0,9 0,3 0,4 0,6 0,5 0,7 0,7 0,5 0,6 0,9
4,3
0,1 1,0 0,3 0,4 0,6 0,8 0,6 0,9 0,5 0,9 0,7
4,5
0,8
0,0
5,0
10,0
15,0
20,0
25,0
30,0
35,0
40,0
45,0
50,0
55,0
60,0 dez-14
jan-15
fev-15
mar-15
abr-15
mai-15
jun-15
jul-15
ago-15
set-15
out-15
nov-15
dez-15
jan-16
fev-16
mar-16
abr-16
mai-16
jun-16
jul-16
ago-16
set-16
out-16
nov-16
dez-16
R$Bilhões
Benefícios Pagos pelo INSS Sentenças Judiciais
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Resultado da Previdência Social – nos últimos 25 meses
Em R$ bilhões de dezembro/2016 - INPC
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
2,1
6,6
6,8
7,4
3,5
7,1 7,0
6,3
5,7
10,6
21,5
15,9
3,2
8,9
10,7 10,6
8,8
12,5
10,9
11,9
15,4
25,2
11,3
19,0
6,9
0,0
1,0
2,0
3,0
4,0
5,0
6,0
7,0
8,0
9,0
10,0
11,0
12,0
13,0
14,0
15,0
16,0
17,0
18,0
19,0
20,0
21,0
22,0
23,0
24,0
25,0
26,0
27,0 dez-14
jan-15
fev-15
mar-15
abr-15
mai-15
jun-15
jul-15
ago-15
set-15
out-15
nov-15
dez-15
jan-16
fev-16
mar-16
abr-16
mai-16
jun-16
jul-16
ago-16
set-16
out-16
nov-16
dez-16
R$Bilhões
Necessidade de Financiamento Média Móvel (12 meses)
Superávit
Superávit
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Resultado do RGPS por Clientela – Média móvel de 12 meses
(dezembro/2001 a dezembro/2016) – Em R$ milhões de dezembro/2016 - INPC
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
-14.000,00
-12.000,00
-10.000,00
-8.000,00
-6.000,00
-4.000,00
-2.000,00
0,00
2.000,00
4.000,00
6.000,00
jan/04
jun/04
nov/04
abr/05
set/05
fev/06
jul/06
dez/06
mai/07
out/07
mar/08
ago/08
jan/09
jun/09
nov/09
abr/10
set/10
fev/11
jul/11
dez/11
mai/12
out/12
mar/13
ago/13
jan/14
jun/14
nov/14
abr/15
set/15
fev/16
jul/16
dez/16
Urbano Rural Total
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Resultado do RGPS – Média móvel de 12 meses
(dezembro/2001 a dezembro/2016) Em R$ bilhões de dezembro/2016 (INPC)
Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.
Elaboração: SPPS/MPS.
5,0 5,1
5,5
6,0
6,1
6,5
6,2
7,5
6,6
6,8
6,8
5,8
5,1
5,3
5,4
5,8
5,6
6,0
5,7 5,5
5,4
4,4
4,5
4,2
4,7
5,2
5,3
5,2
5,1
4,6
4,8
5,0
5,0 5,1
5,7 5,8
6,1
6,3
6,4
6,6
6,5
6,0
7,5
8,0
7,9
8,1
8,4
8,7
9,1
9,6
9,9
10,4
11,2
12,4
11,6
11,8
12,7
3,00
5,00
7,00
9,00
11,00
13,00
15,00
jan/04
jun/04
nov/04
abr/05
set/05
fev/06
jul/06
dez/06
mai/07
out/07
mar/08
ago/08
jan/09
jun/09
nov/09
abr/10
set/10
fev/11
jul/11
dez/11
mai/12
out/12
mar/13
ago/13
jan/14
jun/14
nov/14
abr/15
set/15
fev/16
jul/16
dez/16
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
BENEFÍCIOS EMITIDOS
(ESTOQUE)
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Quantidade de Benefícios Emitidos – RGPS – Dezembro/2015, Novembro/2016 e Dezembro/2016
Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS. Elaboração: SPPS/MPS.
Obs.: Os benefícios assistenciais, embora operacionalizados pelo INSS, estão sob a responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. %
( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A )
TOTAL 32.701.562 33.694.282 33.755.917 0,2 3,2
PREVIDENCIÁRIOS + ACIDENTÁRIOS 28.276.347 29.132.623 29.183.383 0,2 3,2
PREVIDENCIÁRIOS 27.430.418 28.287.592 28.341.869 0,2 3,3
Aposentadorias 18.404.135 19.001.561 19.062.228 0,3 3,6
Idade 9.763.130 10.069.115 10.100.813 0,3 3,5
Invalidez 3.206.090 3.231.352 3.235.570 0,1 0,9
Tempo de Contribuição 5.434.915 5.701.094 5.725.845 0,4 5,4
Pensão por Morte 7.412.165 7.547.754 7.562.550 0,2 2,0
Auxílio-Doença 1.451.649 1.565.865 1.542.737 (1,5) 6,3
Salário-Maternidade 55.873 55.087 56.201 2,0 0,6
Outros 106.596 117.325 118.153 0,7 10,8
ACIDENTÁRIOS 845.929 845.031 841.514 (0,4) (0,5)
Aposentadorias 201.124 205.724 206.171 0,2 2,5
Pensão por Morte 116.339 114.236 114.045 (0,2) (2,0)
Auxílio-Doença 155.606 155.841 152.160 (2,4) (2,2)
Auxílio-Acidente 317.664 321.734 322.182 0,1 1,4
Auxílio-Suplementar 55.196 47.496 46.956 (1,1) (14,9)
ASSISTENCIAIS + EPU 4.425.215 4.561.659 4.572.534 0,2 3,3
ASSISTENCIAIS 4.403.154 4.540.526 4.551.501 0,2 3,4
Amparos Assistenciais - LOAS 4.242.726 4.399.186 4.411.550 0,3 4,0
Idoso 1.918.918 1.970.511 1.974.942 0,2 2,9
Portador de Deficiência 2.323.808 2.428.675 2.436.608 0,3 4,9
Rendas Mensais Vitalícias 160.428 141.340 139.951 (1,0) (12,8)
Idade 27.968 22.027 21.624 (1,8) (22,7)
Invalidez 132.460 119.313 118.327 (0,8) (10,7)
ENCARGOS PREVIDENCIÁRIOS DA UNIÃO (EPU) (1)
22.061 21.133 21.033 (0,5) (4,7)
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Entre dezembro de 2006 e dezembro de 2016, a quantidade de benefícios previdenciários e acidentários emitidos pela Previdência aumentou 34,8%,
passando de 21,6 milhões para 29,2 milhões.
Evolução da Quantidade de Benefícios Emitidos pela Previdência Social
Em milhões de benefícios - 2006 a 2016 (dezembro)
Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS. Elaboração: SPPS/MPS.
Obs.: Os benefícios assistenciais, embora operacionalizados pelo INSS, estão sob a responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome
14,3 14,6 15,0 15,5 16,2 16,7 17,3 18,1 18,7 19,0 19,8
7,3 7,5
7,7
8,0
8,2
8,5
8,7
9,0
9,2 9,3
9,4
2,9 3,1 3,3 3,5 3,7 3,9 4,0 4,2 4,3 4,4 4,6
,00
5,00
10,00
15,00
20,00
25,00
30,00
35,00
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Urbano Rural Assistencial
25,2
28,3
29,2
21,6
27,0
22,1
22,8
23,5
24,4
27,8
26,0
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Valor Médio Real dos Benefícios Pagos pela Previdência Social (2009 a 2016)
Média de Janeiro a Dezembro de cada ano – Em R$ de Dezembro/2016 (INPC)
O valor médio real dos benefícios da Previdência Social atingiu R$ 1.283,93, na média de janeiro a dezembro de 2016, o que
representou um crescimento de 10,8% em relação ao mesmo período de 2009.
Variação:
+10,8%
Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS.
Elaboração: SPPS/MPS.
Obs.: Inclui apenas os benefícios previdenciários e acidentários
1.158,52
1.198,86
1.197,47
1.243,18
1.262,03
1.268,90
1.255,09
1.283,93
1.150,00
1.200,00
1.250,00
1.300,00
2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
R$
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Fontes: DATAPREV, SUB, SINTESE. Elaboração: SPPS/MPS.
Obs.: A existência de benefícios com valores inferiores ao salário mínimo deve-se ao desmembramento de pensões e ao pagamento de benefícios como o salário-família,
o auxílio suplementar, o auxílio acidente e o abono de permanência.
Cerca de 68,6% dos benefícios pagos pelo INSS em
dez/2016 possuíam o valor de até um salário mínimo, o que
representa um contingente de 23,1 milhões de beneficiários.
Distribuição de Benefícios Emitidos, segundo faixas de Valores
Em Pisos Previdenciários (Posição em dezembro/2016)
0 5.000 10.000 15.000 20.000 25.000
< 1
= 1
1 -| 2
2 -| 3
3 -| 4
4 -| 5
5 -| 6
6 -| 7
7 -| 8
mais de 8
Milhares de benefícios
Valores,emSaláriosMínimos
< 1 = 1 1 -| 2 2 -| 3 3 -| 4 4 -| 5 5 -| 6 6 -| 7 7 -| 8 mais de 8
Urbanos 693,8 8.537,7 5.188,2 2.706,3 1.702,2 720,1 226,9 2,8 2,7 3,8
Rurais 75,6 9.282,8 52,3 6,6 1,8 0,5 0,1 0,0 - -
Assistenciais 9,0 4.542,5 0,0 0,0 - - - - - -
38,18%
41,51% 20,31%
0,0%
0,0%
0,0%
0,7%
2,1%
5,0%
8,0%
15,5%
66,2%
2,3% – 778,4 mil pessoas: < 1 SM
22,4 milhões de
pessoas: 1SM
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
BENEFÍCIOS CONCEDIDOS
(FLUXO)
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Quantidade de Benefícios Concedidos – RGPS
Dezembro/2015, Novembro/2016, Dezembro/2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016)
Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS.
Elaboração: SPPS/MPS.
dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acum. Jan. Acum. Jan.
( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) dez/15 dez/16
TOTAL 331.034 425.052 363.903 (14,4) 9,9 4.344.701 5.132.451 18,1
PREVIDENCIÁRIOS + ACIDENTÁRIOS 309.029 396.776 338.703 (14,6) 9,6 4.065.490 4.784.307 17,7
Previdenciários 296.216 377.084 322.496 (14,5) 8,9 3.843.040 4.532.396 17,9
Aposentadorias 93.578 114.095 99.768 (12,6) 6,6 1.058.151 1.263.974 19,5
Idade 54.654 59.776 52.640 (11,9) (3,7) 575.841 662.366 15,0
Invalidez 8.852 15.747 12.529 (20,4) 41,5 161.850 169.575 4,8
Tempo de Contribuição 30.072 38.572 34.599 (10,3) 15,1 320.460 432.033 34,8
Pensão por Morte 34.441 36.940 30.889 (16,4) (10,3) 365.262 410.533 12,4
Auxílio-Doença 114.523 169.393 147.628 (12,8) 28,9 1.828.337 2.190.808 19,8
Salário-Maternidade 51.055 53.297 41.495 (22,1) (18,7) 561.451 631.287 12,4
Outros 2.619 3.359 2.716 (19,1) 3,7 29.839 35.794 20,0
Acidentários 12.813 19.692 16.207 (17,7) 26,5 222.450 251.911 13,2
Aposentadorias 422 836 641 (23,3) 51,9 8.782 9.220 5,0
Pensão por Morte 31 23 40 73,9 29,0 368 393 6,8
Auxílio-Doença 11.241 17.114 14.065 (17,8) 25,1 196.761 223.668 13,7
Auxílio-Acidente 1.104 1.713 1.459 (14,8) 32,2 16.399 18.513 12,9
Auxílio-Suplementar 15 6 2 (66,7) (86,7) 140 117 (16,4)
ASSISTENCIAIS + EPU 22.005 28.276 25.200 (10,9) 14,5 279.211 348.144 24,7
Assistenciais 21.950 28.239 25.166 (10,9) 14,7 278.683 347.716 24,8
Amparos Assistenciais - LOAS 21.950 28.239 25.166 (10,9) 14,7 278.683 347.672 24,8
Idoso 13.082 13.659 12.686 (7,1) (3,0) 141.985 164.720 16,0
Portador de Deficiência 8.868 14.580 12.480 (14,4) 40,7 136.698 182.952 33,8
Rendas Mensais Vitalícias - - - - - - 44 0,0
Idade - - - - - - - 0,0
Invalidez - - - - - - 44 0,0
Encargos Previdenciários da União (EPU) 55 37 34 (8,1) (38,2) 528 428 (18,9)
Var. %
SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA
MINISTÉRIO DA FAZENDA
Quantidade de Benefícios Concedidos pela Previdência Social (2008 a 2016)
Acumulado de Janeiro a Dezembro de cada ano ( 2008 a 2016) – Em milhares de benefícios
Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS.
Elaboração: SPPS/MPS.
3.030,9 3.026,6 3.188,6
3.395,5 3.594,6
3.814,7 3.871,2
3.267,7
3.897,5
1.053,0 1.084,7
1.074,4
1.029,9
1.035,7 1.037,7 996,2
798,3
887,3
377,8 362,6 376,8 327,3 327,3 355,2 343,7 278,7 347,7
0,0
500,0
1.000,0
1.500,0
2.000,0
2.500,0
3.000,0
3.500,0
4.000,0
4.500,0
5.000,0
5.500,0
2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016
Urbano Rural Assistencial
4.083,9 4.111,3 4.263,0
4.425,4
4.630,4
4.852,5 4.867,4 4.784,8
4.066,0

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação – Retomada do crescimento econômico
Apresentação – Retomada do crescimento econômicoApresentação – Retomada do crescimento econômico
Apresentação – Retomada do crescimento econômicoMinistério da Economia
 
Construindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimentoConstruindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimentoEdgar Gonçalves
 
Apresentação - Relatório de Análise dos Gastos Públicos Federais
Apresentação - Relatório de Análise dos Gastos Públicos FederaisApresentação - Relatório de Análise dos Gastos Públicos Federais
Apresentação - Relatório de Análise dos Gastos Públicos FederaisMinistério da Economia
 
(Coffee & Dinner 2015 - Cecafé) Painel: Panorama Econômico Mundial
(Coffee & Dinner 2015 - Cecafé) Painel: Panorama Econômico Mundial(Coffee & Dinner 2015 - Cecafé) Painel: Panorama Econômico Mundial
(Coffee & Dinner 2015 - Cecafé) Painel: Panorama Econômico MundialLuiz Valeriano
 
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (23/08/2017)
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (23/08/2017)Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (23/08/2017)
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (23/08/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação - Boletim das Finanças Públicas dos Entes Subnacionais
Apresentação - Boletim das Finanças Públicas dos Entes SubnacionaisApresentação - Boletim das Finanças Públicas dos Entes Subnacionais
Apresentação - Boletim das Finanças Públicas dos Entes SubnacionaisMinistério da Economia
 
Apresentação - O desafio do ajuste fiscal estrutural (12/08/2016)
Apresentação - O desafio do ajuste fiscal estrutural (12/08/2016)Apresentação - O desafio do ajuste fiscal estrutural (12/08/2016)
Apresentação - O desafio do ajuste fiscal estrutural (12/08/2016)Ministério da Economia
 
Distribuição Pessoal da Renda e da Riqueza da População Brasileira
Distribuição Pessoal da Renda e da Riqueza da População BrasileiraDistribuição Pessoal da Renda e da Riqueza da População Brasileira
Distribuição Pessoal da Renda e da Riqueza da População BrasileiraMinistério da Economia
 
Apresentação do ministro Joaquim Levy na Câmara de Comércio Brasil França - 2...
Apresentação do ministro Joaquim Levy na Câmara de Comércio Brasil França - 2...Apresentação do ministro Joaquim Levy na Câmara de Comércio Brasil França - 2...
Apresentação do ministro Joaquim Levy na Câmara de Comércio Brasil França - 2...DenizecomZ
 
Apresentação – O desafio do ajuste fiscal (16/08/2016)
Apresentação – O desafio do ajuste fiscal (16/08/2016)Apresentação – O desafio do ajuste fiscal (16/08/2016)
Apresentação – O desafio do ajuste fiscal (16/08/2016)Ministério da Economia
 
Previdência: Aperfeiçoar para Fortalecer - Fórum de Debates sobre Políticas d...
Previdência: Aperfeiçoar para Fortalecer - Fórum de Debates sobre Políticas d...Previdência: Aperfeiçoar para Fortalecer - Fórum de Debates sobre Políticas d...
Previdência: Aperfeiçoar para Fortalecer - Fórum de Debates sobre Políticas d...Palácio do Planalto
 
Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdênci...
Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdênci...Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdênci...
Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdênci...Palácio do Planalto
 
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Cláudio Puty (UFPA)
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Cláudio Puty (UFPA)Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Cláudio Puty (UFPA)
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Cláudio Puty (UFPA)FGV | Fundação Getulio Vargas
 
Novas estimativas e análise do Resultado Fiscal Estrutural no período 2002-2015
Novas estimativas e análise do Resultado Fiscal Estrutural no período 2002-2015Novas estimativas e análise do Resultado Fiscal Estrutural no período 2002-2015
Novas estimativas e análise do Resultado Fiscal Estrutural no período 2002-2015Ministério da Economia
 
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...PAC
 
Apresentação – Reforma da Previdência (17/04/2017)
Apresentação – Reforma da Previdência (17/04/2017)Apresentação – Reforma da Previdência (17/04/2017)
Apresentação – Reforma da Previdência (17/04/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – Reforma da Previdência (08/03/2017)
Apresentação – Reforma da Previdência (08/03/2017)Apresentação – Reforma da Previdência (08/03/2017)
Apresentação – Reforma da Previdência (08/03/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – Os 7 mitos sobre a PEC do Teto (08/11/2016)
Apresentação – Os 7 mitos sobre a PEC do Teto (08/11/2016)Apresentação – Os 7 mitos sobre a PEC do Teto (08/11/2016)
Apresentação – Os 7 mitos sobre a PEC do Teto (08/11/2016)Ministério da Economia
 

Mais procurados (20)

Apresentação – Retomada do crescimento econômico
Apresentação – Retomada do crescimento econômicoApresentação – Retomada do crescimento econômico
Apresentação – Retomada do crescimento econômico
 
Construindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimentoConstruindo as condições para a retomada do crescimento
Construindo as condições para a retomada do crescimento
 
Apresentação - Relatório de Análise dos Gastos Públicos Federais
Apresentação - Relatório de Análise dos Gastos Públicos FederaisApresentação - Relatório de Análise dos Gastos Públicos Federais
Apresentação - Relatório de Análise dos Gastos Públicos Federais
 
(Coffee & Dinner 2015 - Cecafé) Painel: Panorama Econômico Mundial
(Coffee & Dinner 2015 - Cecafé) Painel: Panorama Econômico Mundial(Coffee & Dinner 2015 - Cecafé) Painel: Panorama Econômico Mundial
(Coffee & Dinner 2015 - Cecafé) Painel: Panorama Econômico Mundial
 
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (23/08/2017)
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (23/08/2017)Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (23/08/2017)
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (23/08/2017)
 
Printhandler
Printhandler Printhandler
Printhandler
 
Apresentação - Boletim das Finanças Públicas dos Entes Subnacionais
Apresentação - Boletim das Finanças Públicas dos Entes SubnacionaisApresentação - Boletim das Finanças Públicas dos Entes Subnacionais
Apresentação - Boletim das Finanças Públicas dos Entes Subnacionais
 
Apresentação - O desafio do ajuste fiscal estrutural (12/08/2016)
Apresentação - O desafio do ajuste fiscal estrutural (12/08/2016)Apresentação - O desafio do ajuste fiscal estrutural (12/08/2016)
Apresentação - O desafio do ajuste fiscal estrutural (12/08/2016)
 
Distribuição Pessoal da Renda e da Riqueza da População Brasileira
Distribuição Pessoal da Renda e da Riqueza da População BrasileiraDistribuição Pessoal da Renda e da Riqueza da População Brasileira
Distribuição Pessoal da Renda e da Riqueza da População Brasileira
 
Apresentação do ministro Joaquim Levy na Câmara de Comércio Brasil França - 2...
Apresentação do ministro Joaquim Levy na Câmara de Comércio Brasil França - 2...Apresentação do ministro Joaquim Levy na Câmara de Comércio Brasil França - 2...
Apresentação do ministro Joaquim Levy na Câmara de Comércio Brasil França - 2...
 
Apresentação – O desafio do ajuste fiscal (16/08/2016)
Apresentação – O desafio do ajuste fiscal (16/08/2016)Apresentação – O desafio do ajuste fiscal (16/08/2016)
Apresentação – O desafio do ajuste fiscal (16/08/2016)
 
Previdência: Aperfeiçoar para Fortalecer - Fórum de Debates sobre Políticas d...
Previdência: Aperfeiçoar para Fortalecer - Fórum de Debates sobre Políticas d...Previdência: Aperfeiçoar para Fortalecer - Fórum de Debates sobre Políticas d...
Previdência: Aperfeiçoar para Fortalecer - Fórum de Debates sobre Políticas d...
 
Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdênci...
Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdênci...Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdênci...
Fórum de Debates sobre Políticas de Emprego, Trabalho e Renda e de Previdênci...
 
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Cláudio Puty (UFPA)
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Cláudio Puty (UFPA)Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Cláudio Puty (UFPA)
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Cláudio Puty (UFPA)
 
Novas estimativas e análise do Resultado Fiscal Estrutural no período 2002-2015
Novas estimativas e análise do Resultado Fiscal Estrutural no período 2002-2015Novas estimativas e análise do Resultado Fiscal Estrutural no período 2002-2015
Novas estimativas e análise do Resultado Fiscal Estrutural no período 2002-2015
 
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
Apresentação da ministra do Planejamento, Miriam Belchior, no Encontro Estadu...
 
Apresentação – Reforma da Previdência (17/04/2017)
Apresentação – Reforma da Previdência (17/04/2017)Apresentação – Reforma da Previdência (17/04/2017)
Apresentação – Reforma da Previdência (17/04/2017)
 
Apresentação – Reforma da Previdência (08/03/2017)
Apresentação – Reforma da Previdência (08/03/2017)Apresentação – Reforma da Previdência (08/03/2017)
Apresentação – Reforma da Previdência (08/03/2017)
 
Apresentação – Os 7 mitos sobre a PEC do Teto (08/11/2016)
Apresentação – Os 7 mitos sobre a PEC do Teto (08/11/2016)Apresentação – Os 7 mitos sobre a PEC do Teto (08/11/2016)
Apresentação – Os 7 mitos sobre a PEC do Teto (08/11/2016)
 
9ª Assembleia – PLOA/MS 2017 e PEC 241/2016
9ª Assembleia – PLOA/MS 2017 e PEC 241/20169ª Assembleia – PLOA/MS 2017 e PEC 241/2016
9ª Assembleia – PLOA/MS 2017 e PEC 241/2016
 

Destaque

Apresentação – Proposta de Reforma da Previdência (06/12/2016)
Apresentação – Proposta de Reforma da Previdência (06/12/2016)Apresentação – Proposta de Reforma da Previdência (06/12/2016)
Apresentação – Proposta de Reforma da Previdência (06/12/2016)Ministério da Economia
 
Historico da previdência profº leandro
Historico da previdência  profº leandroHistorico da previdência  profº leandro
Historico da previdência profº leandroFabio Lucio
 
Apresentação: Uma visão geral do processo de reforma da previdência - Mano...
Apresentação: Uma visão geral do processo de reforma da previdência - Mano...Apresentação: Uma visão geral do processo de reforma da previdência - Mano...
Apresentação: Uma visão geral do processo de reforma da previdência - Mano...Ministério da Economia
 
Slide reforma da previdência e direitos trabalhistas 2
Slide reforma da previdência e direitos trabalhistas 2Slide reforma da previdência e direitos trabalhistas 2
Slide reforma da previdência e direitos trabalhistas 2Breados Online
 
Direitos e deveres previdenciários - Marcos A. Rodrigues - INSS - 2014
Direitos e deveres previdenciários - Marcos A. Rodrigues - INSS - 2014Direitos e deveres previdenciários - Marcos A. Rodrigues - INSS - 2014
Direitos e deveres previdenciários - Marcos A. Rodrigues - INSS - 2014Cra-es Conselho
 
Previdência Social
Previdência SocialPrevidência Social
Previdência SocialGeorge Maia
 
SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL, DEFICITÁRIA OU SUPERAVITÁRIA?
SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL, DEFICITÁRIA OU SUPERAVITÁRIA?SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL, DEFICITÁRIA OU SUPERAVITÁRIA?
SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL, DEFICITÁRIA OU SUPERAVITÁRIA?berbone
 
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado com ...
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado com ...Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado com ...
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado com ...Ministério da Economia
 
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado (08/...
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado (08/...Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado (08/...
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado (08/...Ministério da Economia
 
Apresentação – medidas microeconômicas para aumentar a produtividade (15/12/2...
Apresentação – medidas microeconômicas para aumentar a produtividade (15/12/2...Apresentação – medidas microeconômicas para aumentar a produtividade (15/12/2...
Apresentação – medidas microeconômicas para aumentar a produtividade (15/12/2...Ministério da Economia
 
Contra reforma da Previdencia
Contra reforma da PrevidenciaContra reforma da Previdencia
Contra reforma da PrevidenciaBevenides Freitas
 
Apresentação - PEC 241/2016 e o Novo Regime Fiscal do Brasil (24/08/2016)
Apresentação - PEC 241/2016 e o Novo Regime Fiscal do Brasil (24/08/2016)Apresentação - PEC 241/2016 e o Novo Regime Fiscal do Brasil (24/08/2016)
Apresentação - PEC 241/2016 e o Novo Regime Fiscal do Brasil (24/08/2016)Ministério da Economia
 
Ppp palestra-prev.zip
Ppp palestra-prev.zipPpp palestra-prev.zip
Ppp palestra-prev.zipFatima Silva
 
46087701 panorama-da-previdencia-social-brasileira
46087701 panorama-da-previdencia-social-brasileira46087701 panorama-da-previdencia-social-brasileira
46087701 panorama-da-previdencia-social-brasileiraTarcisio Alves Gondim
 
Futuro das aposentadorias no mundo
Futuro das aposentadorias no mundoFuturo das aposentadorias no mundo
Futuro das aposentadorias no mundoadvogadoemidio
 
Resultado do Tesouro Nacional relativo a fevereiro de 2016
Resultado do Tesouro Nacional relativo a fevereiro de 2016Resultado do Tesouro Nacional relativo a fevereiro de 2016
Resultado do Tesouro Nacional relativo a fevereiro de 2016Ministério da Economia
 
Apresentação BM&FBovespa – Segunda onda de inovações –Tesouro Direto (01/12/2...
Apresentação BM&FBovespa – Segunda onda de inovações –Tesouro Direto (01/12/2...Apresentação BM&FBovespa – Segunda onda de inovações –Tesouro Direto (01/12/2...
Apresentação BM&FBovespa – Segunda onda de inovações –Tesouro Direto (01/12/2...Ministério da Economia
 

Destaque (20)

Apresentação – Proposta de Reforma da Previdência (06/12/2016)
Apresentação – Proposta de Reforma da Previdência (06/12/2016)Apresentação – Proposta de Reforma da Previdência (06/12/2016)
Apresentação – Proposta de Reforma da Previdência (06/12/2016)
 
Historico da previdência profº leandro
Historico da previdência  profº leandroHistorico da previdência  profº leandro
Historico da previdência profº leandro
 
Apresentação: Uma visão geral do processo de reforma da previdência - Mano...
Apresentação: Uma visão geral do processo de reforma da previdência - Mano...Apresentação: Uma visão geral do processo de reforma da previdência - Mano...
Apresentação: Uma visão geral do processo de reforma da previdência - Mano...
 
previdência social
previdência socialprevidência social
previdência social
 
Slide reforma da previdência e direitos trabalhistas 2
Slide reforma da previdência e direitos trabalhistas 2Slide reforma da previdência e direitos trabalhistas 2
Slide reforma da previdência e direitos trabalhistas 2
 
Direitos e deveres previdenciários - Marcos A. Rodrigues - INSS - 2014
Direitos e deveres previdenciários - Marcos A. Rodrigues - INSS - 2014Direitos e deveres previdenciários - Marcos A. Rodrigues - INSS - 2014
Direitos e deveres previdenciários - Marcos A. Rodrigues - INSS - 2014
 
Previdência Social
Previdência SocialPrevidência Social
Previdência Social
 
SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL, DEFICITÁRIA OU SUPERAVITÁRIA?
SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL, DEFICITÁRIA OU SUPERAVITÁRIA?SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL, DEFICITÁRIA OU SUPERAVITÁRIA?
SEGURIDADE SOCIAL NO BRASIL, DEFICITÁRIA OU SUPERAVITÁRIA?
 
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado com ...
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado com ...Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado com ...
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado com ...
 
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado (08/...
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado (08/...Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado (08/...
Apresentação – Ajuste fiscal: pré-condição para o crescimento sustentado (08/...
 
Apresentação – medidas microeconômicas para aumentar a produtividade (15/12/2...
Apresentação – medidas microeconômicas para aumentar a produtividade (15/12/2...Apresentação – medidas microeconômicas para aumentar a produtividade (15/12/2...
Apresentação – medidas microeconômicas para aumentar a produtividade (15/12/2...
 
Contra reforma da Previdencia
Contra reforma da PrevidenciaContra reforma da Previdencia
Contra reforma da Previdencia
 
Previdência Social
Previdência SocialPrevidência Social
Previdência Social
 
Apresentação - PEC 241/2016 e o Novo Regime Fiscal do Brasil (24/08/2016)
Apresentação - PEC 241/2016 e o Novo Regime Fiscal do Brasil (24/08/2016)Apresentação - PEC 241/2016 e o Novo Regime Fiscal do Brasil (24/08/2016)
Apresentação - PEC 241/2016 e o Novo Regime Fiscal do Brasil (24/08/2016)
 
Ppp palestra-prev.zip
Ppp palestra-prev.zipPpp palestra-prev.zip
Ppp palestra-prev.zip
 
46087701 panorama-da-previdencia-social-brasileira
46087701 panorama-da-previdencia-social-brasileira46087701 panorama-da-previdencia-social-brasileira
46087701 panorama-da-previdencia-social-brasileira
 
Futuro das aposentadorias no mundo
Futuro das aposentadorias no mundoFuturo das aposentadorias no mundo
Futuro das aposentadorias no mundo
 
Resultado do Tesouro Nacional relativo a fevereiro de 2016
Resultado do Tesouro Nacional relativo a fevereiro de 2016Resultado do Tesouro Nacional relativo a fevereiro de 2016
Resultado do Tesouro Nacional relativo a fevereiro de 2016
 
Apresentação BM&FBovespa – Segunda onda de inovações –Tesouro Direto (01/12/2...
Apresentação BM&FBovespa – Segunda onda de inovações –Tesouro Direto (01/12/2...Apresentação BM&FBovespa – Segunda onda de inovações –Tesouro Direto (01/12/2...
Apresentação BM&FBovespa – Segunda onda de inovações –Tesouro Direto (01/12/2...
 
Palestra Sobre Responsabilidade Físcal
Palestra Sobre Responsabilidade FíscalPalestra Sobre Responsabilidade Físcal
Palestra Sobre Responsabilidade Físcal
 

Semelhante a Apresentação - Resultado do Regime Geral de Previdência Social - RGPS 2016

Principais receitas caem e Prefeitura do Recife leva susto em abril
Principais receitas caem e Prefeitura do Recife leva susto em abrilPrincipais receitas caem e Prefeitura do Recife leva susto em abril
Principais receitas caem e Prefeitura do Recife leva susto em abrilPortal NE10
 
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo 2016
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo 2016Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo 2016
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo 2016Fundação Dom Cabral - FDC
 
Apresentação Polo Automotivo de Goiana
Apresentação Polo Automotivo de GoianaApresentação Polo Automotivo de Goiana
Apresentação Polo Automotivo de GoianaJornal do Commercio
 
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo
Indicadores da Economia Brasileira: Setor ExternoIndicadores da Economia Brasileira: Setor Externo
Indicadores da Economia Brasileira: Setor ExternoFundação Dom Cabral - FDC
 
Resultado do Tesouro Nacional - Novembro de 2015
Resultado do Tesouro Nacional - Novembro de 2015Resultado do Tesouro Nacional - Novembro de 2015
Resultado do Tesouro Nacional - Novembro de 2015Ministério da Economia
 
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas eticademocracia
 
Resultado do Tesouro Nacional - Outubro de 2015
Resultado do Tesouro Nacional - Outubro de 2015Resultado do Tesouro Nacional - Outubro de 2015
Resultado do Tesouro Nacional - Outubro de 2015Ministério da Economia
 
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJBNDES
 
Apresentação do terceiro quadrimestre
Apresentação do terceiro quadrimestreApresentação do terceiro quadrimestre
Apresentação do terceiro quadrimestrePortal NE10
 
Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 (PLDO 2017)
Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 (PLDO 2017)Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 (PLDO 2017)
Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 (PLDO 2017)Ministério da Economia
 
Questões estratégicas para a Bahia
Questões estratégicas para a BahiaQuestões estratégicas para a Bahia
Questões estratégicas para a BahiaRomeu Temporal
 
Apresentação perspectivas 2014
Apresentação perspectivas 2014Apresentação perspectivas 2014
Apresentação perspectivas 2014Roberto Moraes
 
Brasil em Perspectiva - Junho de 2014
Brasil em Perspectiva - Junho de 2014Brasil em Perspectiva - Junho de 2014
Brasil em Perspectiva - Junho de 2014Miguel Rosario
 
20171013+mf+apres+oe21018.pptx
20171013+mf+apres+oe21018.pptx20171013+mf+apres+oe21018.pptx
20171013+mf+apres+oe21018.pptxRogério Faceira
 
Relatório de gestão fiscal primeiro semestre 2014 final
Relatório de gestão fiscal primeiro semestre 2014 finalRelatório de gestão fiscal primeiro semestre 2014 final
Relatório de gestão fiscal primeiro semestre 2014 finalPortal NE10
 
Relatório Gerencial das demonstrações financeiras do IGAM
Relatório Gerencial das demonstrações financeiras do IGAMRelatório Gerencial das demonstrações financeiras do IGAM
Relatório Gerencial das demonstrações financeiras do IGAMAgência Peixe Vivo
 
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Denise Gentil (UFRJ)
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Denise Gentil (UFRJ)Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Denise Gentil (UFRJ)
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Denise Gentil (UFRJ)FGV | Fundação Getulio Vargas
 

Semelhante a Apresentação - Resultado do Regime Geral de Previdência Social - RGPS 2016 (20)

INSS
INSSINSS
INSS
 
Principais receitas caem e Prefeitura do Recife leva susto em abril
Principais receitas caem e Prefeitura do Recife leva susto em abrilPrincipais receitas caem e Prefeitura do Recife leva susto em abril
Principais receitas caem e Prefeitura do Recife leva susto em abril
 
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo 2016
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo 2016Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo 2016
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo 2016
 
Riscos da Reforma da Previdência, por Paulo Kliass
Riscos da Reforma da Previdência, por Paulo KliassRiscos da Reforma da Previdência, por Paulo Kliass
Riscos da Reforma da Previdência, por Paulo Kliass
 
Apresentação Polo Automotivo de Goiana
Apresentação Polo Automotivo de GoianaApresentação Polo Automotivo de Goiana
Apresentação Polo Automotivo de Goiana
 
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo
Indicadores da Economia Brasileira: Setor ExternoIndicadores da Economia Brasileira: Setor Externo
Indicadores da Economia Brasileira: Setor Externo
 
Resultado do Tesouro Nacional - Novembro de 2015
Resultado do Tesouro Nacional - Novembro de 2015Resultado do Tesouro Nacional - Novembro de 2015
Resultado do Tesouro Nacional - Novembro de 2015
 
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas
A ECONOMIA EM ÉPOCA DE CRISE: Desafios e Propostas
 
Resultado do Tesouro Nacional - Outubro de 2015
Resultado do Tesouro Nacional - Outubro de 2015Resultado do Tesouro Nacional - Outubro de 2015
Resultado do Tesouro Nacional - Outubro de 2015
 
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
"Rio: Hora da Virada" - Exame Fórum RJ
 
Apresentação do terceiro quadrimestre
Apresentação do terceiro quadrimestreApresentação do terceiro quadrimestre
Apresentação do terceiro quadrimestre
 
Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 (PLDO 2017)
Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 (PLDO 2017)Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 (PLDO 2017)
Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2017 (PLDO 2017)
 
Questões estratégicas para a Bahia
Questões estratégicas para a BahiaQuestões estratégicas para a Bahia
Questões estratégicas para a Bahia
 
Apresentação perspectivas 2014
Apresentação perspectivas 2014Apresentação perspectivas 2014
Apresentação perspectivas 2014
 
Brasil em Perspectiva - Junho de 2014
Brasil em Perspectiva - Junho de 2014Brasil em Perspectiva - Junho de 2014
Brasil em Perspectiva - Junho de 2014
 
PIB TRIMESTRAL RS 2° trim. 2015
PIB TRIMESTRAL RS 2° trim. 2015PIB TRIMESTRAL RS 2° trim. 2015
PIB TRIMESTRAL RS 2° trim. 2015
 
20171013+mf+apres+oe21018.pptx
20171013+mf+apres+oe21018.pptx20171013+mf+apres+oe21018.pptx
20171013+mf+apres+oe21018.pptx
 
Relatório de gestão fiscal primeiro semestre 2014 final
Relatório de gestão fiscal primeiro semestre 2014 finalRelatório de gestão fiscal primeiro semestre 2014 final
Relatório de gestão fiscal primeiro semestre 2014 final
 
Relatório Gerencial das demonstrações financeiras do IGAM
Relatório Gerencial das demonstrações financeiras do IGAMRelatório Gerencial das demonstrações financeiras do IGAM
Relatório Gerencial das demonstrações financeiras do IGAM
 
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Denise Gentil (UFRJ)
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Denise Gentil (UFRJ)Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Denise Gentil (UFRJ)
Reforma da Previdência: análise da PEC 287/2016 - Denise Gentil (UFRJ)
 

Mais de Ministério da Economia

Apresentação – Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) sobre o impac...
Apresentação – Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) sobre o impac...Apresentação – Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) sobre o impac...
Apresentação – Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) sobre o impac...Ministério da Economia
 
Cadastro positivo - Novo cadastro vai aumentar a privacidade dos dados
Cadastro positivo - Novo cadastro vai aumentar a privacidade dos dadosCadastro positivo - Novo cadastro vai aumentar a privacidade dos dados
Cadastro positivo - Novo cadastro vai aumentar a privacidade dos dadosMinistério da Economia
 
Apresentação – Proposta do Brasil de REDD+ para o GCF (em espanhol) (06/03/2018)
Apresentação – Proposta do Brasil de REDD+ para o GCF (em espanhol) (06/03/2018)Apresentação – Proposta do Brasil de REDD+ para o GCF (em espanhol) (06/03/2018)
Apresentação – Proposta do Brasil de REDD+ para o GCF (em espanhol) (06/03/2018)Ministério da Economia
 
Apresentação do Tesouro sobre o Decreto 9.292/18 (26/02/2018)
Apresentação do Tesouro sobre o Decreto 9.292/18 (26/02/2018)Apresentação do Tesouro sobre o Decreto 9.292/18 (26/02/2018)
Apresentação do Tesouro sobre o Decreto 9.292/18 (26/02/2018)Ministério da Economia
 
Reforma do Fies: o velho e o novo - 21/02/2018
Reforma do Fies: o velho e o novo - 21/02/2018Reforma do Fies: o velho e o novo - 21/02/2018
Reforma do Fies: o velho e o novo - 21/02/2018Ministério da Economia
 
Apresentação – Aula magna da secretária Ana Paula Vescovi para alunos do Insp...
Apresentação – Aula magna da secretária Ana Paula Vescovi para alunos do Insp...Apresentação – Aula magna da secretária Ana Paula Vescovi para alunos do Insp...
Apresentação – Aula magna da secretária Ana Paula Vescovi para alunos do Insp...Ministério da Economia
 
Apresentação – Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
Apresentação – Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)Apresentação – Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
Apresentação – Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)Ministério da Economia
 
Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – Orçamento de Subsídios da União (31/10/2017)
Apresentação – Orçamento de Subsídios da União (31/10/2017)Apresentação – Orçamento de Subsídios da União (31/10/2017)
Apresentação – Orçamento de Subsídios da União (31/10/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – Ajuste fiscal e crescimento econômico (31/10/2017)
Apresentação – Ajuste fiscal e crescimento econômico (31/10/2017)Apresentação – Ajuste fiscal e crescimento econômico (31/10/2017)
Apresentação – Ajuste fiscal e crescimento econômico (31/10/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – A Inserção do Brasil na Ordem Econômica Global (19/10/2017)
Apresentação – A Inserção do Brasil na Ordem Econômica Global (19/10/2017)Apresentação – A Inserção do Brasil na Ordem Econômica Global (19/10/2017)
Apresentação – A Inserção do Brasil na Ordem Econômica Global (19/10/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – Programação fiscal 2017-2018 (15/08/2017)
Apresentação – Programação fiscal 2017-2018 (15/08/2017)Apresentação – Programação fiscal 2017-2018 (15/08/2017)
Apresentação – Programação fiscal 2017-2018 (15/08/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – Perspectivas Fiscais e o Processo de Desinflação (15/08/2017)
Apresentação – Perspectivas Fiscais e o Processo de Desinflação (15/08/2017)Apresentação – Perspectivas Fiscais e o Processo de Desinflação (15/08/2017)
Apresentação – Perspectivas Fiscais e o Processo de Desinflação (15/08/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – MP 777: Mitos e Verdades sobre a Substituição da TJLP pela TLP...
Apresentação – MP 777: Mitos e Verdades sobre a Substituição da TJLP pela TLP...Apresentação – MP 777: Mitos e Verdades sobre a Substituição da TJLP pela TLP...
Apresentação – MP 777: Mitos e Verdades sobre a Substituição da TJLP pela TLP...Ministério da Economia
 
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (14/07/2017)
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (14/07/2017)Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (14/07/2017)
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (14/07/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – TLP: mudança estruturante (12/07/2017)
Apresentação – TLP: mudança estruturante (12/07/2017)Apresentação – TLP: mudança estruturante (12/07/2017)
Apresentação – TLP: mudança estruturante (12/07/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)Ministério da Economia
 
Apresentação – Diagnóstico Fies (06/07/2017)
Apresentação – Diagnóstico Fies (06/07/2017)Apresentação – Diagnóstico Fies (06/07/2017)
Apresentação – Diagnóstico Fies (06/07/2017)Ministério da Economia
 
Carf recebe certificação internacional de qualidade
Carf recebe certificação internacional de qualidadeCarf recebe certificação internacional de qualidade
Carf recebe certificação internacional de qualidadeMinistério da Economia
 

Mais de Ministério da Economia (20)

Apresentação – Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) sobre o impac...
Apresentação – Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) sobre o impac...Apresentação – Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) sobre o impac...
Apresentação – Estudo da Secretaria de Política Econômica (SPE) sobre o impac...
 
Cadastro positivo - Novo cadastro vai aumentar a privacidade dos dados
Cadastro positivo - Novo cadastro vai aumentar a privacidade dos dadosCadastro positivo - Novo cadastro vai aumentar a privacidade dos dados
Cadastro positivo - Novo cadastro vai aumentar a privacidade dos dados
 
Apresentação – Proposta do Brasil de REDD+ para o GCF (em espanhol) (06/03/2018)
Apresentação – Proposta do Brasil de REDD+ para o GCF (em espanhol) (06/03/2018)Apresentação – Proposta do Brasil de REDD+ para o GCF (em espanhol) (06/03/2018)
Apresentação – Proposta do Brasil de REDD+ para o GCF (em espanhol) (06/03/2018)
 
Apresentação do Tesouro sobre o Decreto 9.292/18 (26/02/2018)
Apresentação do Tesouro sobre o Decreto 9.292/18 (26/02/2018)Apresentação do Tesouro sobre o Decreto 9.292/18 (26/02/2018)
Apresentação do Tesouro sobre o Decreto 9.292/18 (26/02/2018)
 
Reforma do Fies: o velho e o novo - 21/02/2018
Reforma do Fies: o velho e o novo - 21/02/2018Reforma do Fies: o velho e o novo - 21/02/2018
Reforma do Fies: o velho e o novo - 21/02/2018
 
Apresentação – Aula magna da secretária Ana Paula Vescovi para alunos do Insp...
Apresentação – Aula magna da secretária Ana Paula Vescovi para alunos do Insp...Apresentação – Aula magna da secretária Ana Paula Vescovi para alunos do Insp...
Apresentação – Aula magna da secretária Ana Paula Vescovi para alunos do Insp...
 
Apresentação – Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
Apresentação – Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)Apresentação – Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
Apresentação – Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
 
Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
Grade de parâmetros macroeconômicos (14/12/2017)
 
Apresentação – Orçamento de Subsídios da União (31/10/2017)
Apresentação – Orçamento de Subsídios da União (31/10/2017)Apresentação – Orçamento de Subsídios da União (31/10/2017)
Apresentação – Orçamento de Subsídios da União (31/10/2017)
 
Apresentação – Ajuste fiscal e crescimento econômico (31/10/2017)
Apresentação – Ajuste fiscal e crescimento econômico (31/10/2017)Apresentação – Ajuste fiscal e crescimento econômico (31/10/2017)
Apresentação – Ajuste fiscal e crescimento econômico (31/10/2017)
 
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
Apresentação – Cadastro Positivo: mitos e verdades (24/10/2017)
 
Apresentação – A Inserção do Brasil na Ordem Econômica Global (19/10/2017)
Apresentação – A Inserção do Brasil na Ordem Econômica Global (19/10/2017)Apresentação – A Inserção do Brasil na Ordem Econômica Global (19/10/2017)
Apresentação – A Inserção do Brasil na Ordem Econômica Global (19/10/2017)
 
Apresentação – Programação fiscal 2017-2018 (15/08/2017)
Apresentação – Programação fiscal 2017-2018 (15/08/2017)Apresentação – Programação fiscal 2017-2018 (15/08/2017)
Apresentação – Programação fiscal 2017-2018 (15/08/2017)
 
Apresentação – Perspectivas Fiscais e o Processo de Desinflação (15/08/2017)
Apresentação – Perspectivas Fiscais e o Processo de Desinflação (15/08/2017)Apresentação – Perspectivas Fiscais e o Processo de Desinflação (15/08/2017)
Apresentação – Perspectivas Fiscais e o Processo de Desinflação (15/08/2017)
 
Apresentação – MP 777: Mitos e Verdades sobre a Substituição da TJLP pela TLP...
Apresentação – MP 777: Mitos e Verdades sobre a Substituição da TJLP pela TLP...Apresentação – MP 777: Mitos e Verdades sobre a Substituição da TJLP pela TLP...
Apresentação – MP 777: Mitos e Verdades sobre a Substituição da TJLP pela TLP...
 
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (14/07/2017)
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (14/07/2017)Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (14/07/2017)
Apresentação – Retomada do crescimento e reformas estruturais (14/07/2017)
 
Apresentação – TLP: mudança estruturante (12/07/2017)
Apresentação – TLP: mudança estruturante (12/07/2017)Apresentação – TLP: mudança estruturante (12/07/2017)
Apresentação – TLP: mudança estruturante (12/07/2017)
 
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
Apresentação - Novo Fies - Juro zero para quem mais precisa (06/07/2017)
 
Apresentação – Diagnóstico Fies (06/07/2017)
Apresentação – Diagnóstico Fies (06/07/2017)Apresentação – Diagnóstico Fies (06/07/2017)
Apresentação – Diagnóstico Fies (06/07/2017)
 
Carf recebe certificação internacional de qualidade
Carf recebe certificação internacional de qualidadeCarf recebe certificação internacional de qualidade
Carf recebe certificação internacional de qualidade
 

Apresentação - Resultado do Regime Geral de Previdência Social - RGPS 2016

  • 1. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA RESULTADO DO REGIME GERAL DE PREVIDÊNCIA SOCIAL – RGPS 2016 Brasília, Janeiro de 2017
  • 2. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA ARRECADAÇÃO LÍQUIDA, DESPESA COM BENEFÍCIOS E RESULTADO PREVIDENCIÁRIO URBANO
  • 3. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – URBANO Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões de Dezembro/2016 (INPC) Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. Nota: De 2011 a 2015, ocorreu superávit na área urbana; Em 2016, ocorreu déficit. 170,1 186,4 204,5 225,7 246,4 268,9 287,0 318,5 347,1 369,4 387,3 401,5 380,9 355,9 189,0 210,7 231,0 251,4 269,3 271,3 284,6 306,0 317,7 336,1 356,3 370,8 375,1 402,8 19,0 24,4 26,5 25,7 22,8 2,4 2,4 12,5 29,4 33,3 31,0 30,7 5,8 46,8 -100,0 -50,0 0,0 50,0 100,0 150,0 200,0 250,0 300,0 350,0 400,0 450,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida Urbana Benefícios Previdenciários Urbano Resultado Previdenciário Urbano
  • 4. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – URBANO Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões nominais Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. Nota: De 2011 a 2015, ocorreu superávit na área urbana; Em 2016, ocorreu déficit. 77,8 90,6 105,1 119,7 136,2 158,4 177,4 207,2 240,5 270,0 301,0 330,8 343,2 350,2 86,6 102,5 118,7 133,3 148,7 159,7 175,8 198,8 220,0 245,5 276,6 305,5 338,0 396,6 8,7 11,9 13,6 13,6 12,5 1,3 1,6 8,4 20,5 24,5 24,3 25,3 5,1 46,3 -100,0 -50,0 0,0 50,0 100,0 150,0 200,0 250,0 300,0 350,0 400,0 450,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida Urbana Benefícios Previdenciários Urbano Resultado Previdenciário Urbano
  • 5. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário em relação ao PIB (Em %) – 2003 a 2016 – URBANO Nota: PIB 2016 estimado de acordo com a Grade de Parâmetros da SPE/MF de 11/2016. Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV.– Elaboração: SPPS/MPS. Nota: De 2003 a 2008 e em 2016, ocorreu déficit na área urbana. De 2009 a 2015, ocorreu superávit na área urbana; 4,5 4,6 4,8 5,0 5,0 5,1 5,3 5,3 5,5 5,6 5,7 5,8 5,8 5,6 5,0 5,2 5,5 5,5 5,5 5,1 5,3 5,1 5,0 5,1 5,2 5,4 5,7 6,4 -0,5 -0,6 -0,6 -0,6 -0,5 -0,04 0,0 0,2 0,5 0,5 0,5 0,4 0,1 -0,7 -2,0 -1,0 0,0 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 7,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida Urbana / PIB Benefícios Previdenciários Urbano / PIB Resultado Previdenciário Urbano / PIB
  • 6. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – URBANO Dezembro/2015, Novembro e Dezembro de 2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) – Em R$ milhões de dezembro/2016 (INPC) Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano ( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016 1. Arrecadação Líquida Urbana Total 51.115,9 27.983,1 46.032,6 64,5 (9,9) 380.882,5 355.944,0 (6,5) 1.1 Arrecadação Urbana 44.512,4 27.014,2 44.919,9 66,3 0,9 352.638,8 337.955,2 (4,2) 1.2 Comprev 4,8 - - - (100,0) 46,0 1,4 (97,0) 1.3 Compensação Desoneração da Folha de Pagamento 6.598,7 968,9 1.112,8 14,9 (83,1) 28.197,7 17.987,4 (36,2) 2. Renúncias Previdenciárias 5.013,0 2.987,7 4.842,3 62,1 (3,4) 38.697,8 36.768,4 (5,0) 2.1 Simples Nacional 3.165,4 1.933,6 3.058,2 58,2 (3,4) 24.951,9 23.529,7 (5,7) 2.2 Entidades Filantrópicas 1.684,9 891,6 1.627,8 82,6 (3,4) 11.878,0 11.205,3 (5,7) 2.3 Microempreendedor Individual - MEI 131,4 125,1 127,0 1,5 (3,4) 1.560,8 1.470,1 (5,8) 2.4 Outros 31,3 37,4 29,3 (21,7) (6,3) 307,1 563,3 83,4 3. Despesa com Benefícios Previdenciários Urbano Total 38.970,5 35.840,1 43.300,8 20,8 11,1 375.055,0 402.783,3 7,4 3.1 Benefício Previdenciário Urbano 38.618,9 32.319,5 42.353,9 31,0 9,7 365.038,2 391.362,9 7,2 3.2 Passivo Judicial Urbano 116,8 3.353,7 648,3 (80,7) 454,9 8.069,6 9.045,6 12,1 3.3 Comprev 234,7 166,9 298,6 78,9 27,2 1.947,2 2.374,8 22,0 4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) 17.158,4 (4.869,4) 7.574,1 (255,5) (55,9) 44.525,3 (10.070,8) (122,6) 5. Resultado Previdenciário (1 - 3) 12.145,4 (7.857,0) 2.731,8 (134,8) (77,5) 5.827,5 (46.839,2) (903,8) Item Var. %
  • 7. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – URBANO Dezembro/2015, Novembro e Dezembro de 2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) – Em R$ milhões nominais Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano Var. % ( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016 ( B / A ) 1. Arrecadação Líquida Urbana Total 47.960,1 27.943,9 46.032,6 64,7 (4,0) 343.190,7 350.217,0 2,0 1.1 Arrecadação Líquida Urbana 41.764,3 26.976,4 44.919,9 66,5 7,6 317.741,8 332.622,3 4,7 1.2 Comprev 4,5 - - - (100,0) 41,9 1,3 (96,8) 1.3 Compensação Desoneração da Folha de Pagamento 6.191,3 967,5 1.112,8 15,0 (82,0) 25.407,0 17.593,3 (30,8) 2. Renúncias Previdenciárias 4.703,5 2.983,5 4.842,3 62,3 3,0 34.890,8 36.196,8 3,7 2.1 Simples Nacional 2.970,0 1.930,9 3.058,2 58,4 3,0 22.494,6 23.162,9 3,0 2.2 Entidades Filantrópicas 1.580,9 890,3 1.627,8 82,8 3,0 10.715,0 11.033,4 3,0 2.3 Microempreendedor Individual - MEI 123,3 124,9 127,0 1,6 3,0 1.404,1 1.445,9 3,0 2.4 Outros 29,3 37,4 29,3 (21,6) (0,1) 277,0 554,7 100,2 3. Despesa com Benefícios Previdenciários Urbano Total 36.564,5 35.790,0 43.300,8 21,0 18,4 338.049,3 396.561,0 17,3 3.1 Benefício Previdenciário Urbano 36.234,7 32.274,3 42.353,9 31,2 16,9 328.960,9 385.276,5 17,1 3.2 Passivo Judicial Urbano 109,6 3.349,0 648,3 (80,6) 491,4 7.335,2 8.945,2 21,9 3.3 Comprev 220,2 166,7 298,6 79,2 35,6 1.753,2 2.339,3 33,4 4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) 16.099,0 (4.862,6) 7.574,1 (255,8) (53,0) 40.032,2 (10.147,2) (125,3) 5. Resultado Previdenciário (1 - 3) 11.395,6 (7.846,1) 2.731,8 (134,8) (76,0) 5.141,4 (46.344,0) (1.001,4) Item
  • 8. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA ARRECADAÇÃO LÍQUIDA, DESPESA COM BENEFÍCIOS E RESULTADO PREVIDENCIÁRIO RURAL
  • 9. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – RURAL Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões de dezembro/2016 (INPC) 6,3 6,5 6,5 7,2 7,7 8,5 7,4 7,4 7,7 7,9 7,9 8,1 7,9 8,0 44,9 47,8 53,1 60,9 66,2 67,8 79,4 86,4 88,7 97,4 103,5 107,7 108,8 113,1 -38,6 -41,3 -46,6 -53,7 -58,5 -59,4 -72,0 -78,9 -81,0 -89,6 -95,6 -99,6 -100,9 -105,0 -150,0 -100,0 -50,0 0,0 50,0 100,0 150,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida Rural Benefícios Previdenciários Rural Resultado Previdenciário Rural
  • 10. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – RURAL Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões nominais 2,9 3,2 3,3 3,8 4,2 5,0 4,6 4,8 5,4 5,8 6,2 6,7 7,1 7,9 20,6 23,3 27,3 32,3 36,6 39,9 49,0 56,1 61,4 71,1 80,4 88,7 98,0 111,3 -17,7 -20,1 -24,0 -28,5 -32,3 -34,9 -44,5 -51,3 -56,1 -65,4 -74,2 -82,0 -91,0 -103,4 -150,0 -100,0 -50,0 0,0 50,0 100,0 150,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida Rural Benefícios Previdenciários Rural Resultado Previdenciário
  • 11. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Nota: PIB 2016 estimado de acordo com a Grade de Parâmetros da SPE/MF de 11/2016. Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário em relação ao PIB (Em %) – 2003 a 2016 – RURAL 0,2 0,2 0,2 0,2 0,2 0,2 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 0,1 1,2 1,2 1,3 1,3 1,3 1,3 1,5 1,4 1,4 1,5 1,5 1,6 1,7 1,8 -1,0 -1,0 -1,1 -1,2 -1,2 -1,1 -1,3 -1,3 -1,3 -1,4 -1,4 -1,4 -1,5 -1,7 -2,0 -1,8 -1,6 -1,4 -1,2 -1,0 -0,8 -0,6 -0,4 -0,2 0,0 0,2 0,4 0,6 0,8 1,0 1,2 1,4 1,6 1,8 2,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida Rural / PIB Benefícios Previdenciários Rural / PIB Resultado Previdenciário Rural / PIB
  • 12. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – RURAL Dezembro/2015, Novembro e Dezembro de 2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) – Em R$ milhões de dezembro/2016 (INPC) Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano ( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016 1. Arrecadação Líquida Rural 783,7 620,4 776,9 25,2 (0,9) 7.858,9 8.049,9 2,4 2. Renúncias Previdenciárias 470,1 472,9 536,4 13,4 14,1 6.605,2 7.343,6 11,2 2.1 Exportação da Produção Rural - EC nº33 470,1 472,9 536,4 13,4 14,1 6.605,2 7.343,6 11,2 3. Despesa com Benefícios Previdenciários Rural Total 9.687,1 11.756,2 10.380,6 (11,7) 7,2 108.803,5 113.079,8 3,9 3.1 Benefício Rural 9.657,9 10.651,0 10.224,1 (4,0) 5,9 106.291,5 110.399,2 3,9 3.2 Passivo Judicial Rural 29,2 1.105,2 156,5 (85,8) 435,6 2.512,1 2.680,6 6,7 4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) (8.433,3) (10.662,9) (9.067,4) (15,0) 7,5 (94.339,4) (97.686,3) 3,5 5. Resultado Previdenciário (1 - 3) (8.903,4) (11.135,9) (9.603,7) (13,8) 7,9 (100.944,6) (105.029,9) 4,0 Item Var. %
  • 13. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário – RURAL Dezembro/2015, Novembro e Dezembro de 2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) – Em R$ milhões nominais Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano ( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016 1. Arrecadação Líquida Rural 735,3 619,5 776,9 25,4 5,7 7.081,3 7.920,3 11,8 2. Renúncias Previdenciárias 441,1 472,3 536,4 13,6 21,6 5.940,7 7.223,8 21,6 2.1 Exportação da Produção Rural - EC nº33 441,1 472,3 536,4 13,6 21,6 5.940,7 7.223,8 21,6 3. Despesa com Benefícios Previdenciários Rural Total 9.089,1 11.739,8 10.380,6 (11,6) 14,2 98.040,8 111.310,3 13,5 3.1 Benefício Rural 9.061,6 10.636,1 10.224,1 (3,9) 12,8 95.754,2 108.658,7 13,5 3.2 Passivo Judicial Rural 27,4 1.103,7 156,5 (85,8) 470,8 2.286,5 2.651,6 16,0 4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) (7.912,7) (10.648,0) (9.067,4) (14,8) 14,6 (85.018,8) (96.166,1) 13,1 5. Resultado Previdenciário (1 - 3) (8.353,8) (11.120,3) (9.603,7) (13,6) 15,0 (90.959,5) (103.389,9) 13,7 Item Var. %
  • 14. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA RESULTADO DO RGPS
  • 15. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário Acumulado de Janeiro a Dezembro (2003 a 2016) – Em R$ Bilhões de dezembro/2016 (INPC) Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. 176,4 192,9 211,0 232,9 254,1 277,4 294,4 325,9 354,8 377,3 395,3 409,6 388,7 364,0 233,9 258,6 284,1 312,3 335,5 339,2 364,0 392,4 406,4 433,6 459,8 478,5 483,9 515,9 -57,5 -65,7 -73,1 -79,4 -81,4 -61,8 -69,6 -66,5 -51,6 -56,2 -64,6 -68,9 -95,1 -151,9 -200,0 -100,0 0,0 100,0 200,0 300,0 400,0 500,0 600,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida Benefícios Previdenciários Resultado Previdenciário
  • 16. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário Acumulado de Janeiro a Dezembro (2011 a 2016) – Em R$ Bilhões nominais 80,7 93,8 108,4 123,5 140,4 163,4 182,0 212,0 245,9 275,8 307,1 337,5 350,3 358,1 107,1 125,8 146,0 165,6 185,3 199,6 224,9 254,9 281,4 316,6 357,0 394,2 436,1 507,9 -26,4 -32,0 -37,6 -42,1 -44,9 -36,2 -42,9 -42,9 -35,5 -40,8 -49,9 -56,7 -85,8 -149,7 -200,0 -100,0 0,0 100,0 200,0 300,0 400,0 500,0 600,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida Benefícios Previdenciários Resultado Previdenciário
  • 17. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Nota: PIB 2016 estimado de acordo com a Grade de Parâmetros da SPE/MF de 11/2016. Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. Arrecadação Líquida, Despesa com Benefícios e Resultado Previdenciário em relação ao PIB (Em %) – 2003 a 2016 4,7 4,8 5,0 5,1 5,2 5,3 5,5 5,5 5,6 5,7 5,8 5,9 5,9 5,8 6,2 6,4 6,7 6,9 6,8 6,4 6,7 6,6 6,4 6,6 6,7 6,9 7,4 8,2 -1,5 -1,6 -1,7 -1,7 -1,6 -1,2 -1,3 -1,1 -0,8 -0,8 -0,9 -1,0 -1,5 -2,4 -4,0 -2,0 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Arrecadação Líquida / PIB Benefícios Previdenciários / PIB Resultado Previdenciário / PIB
  • 18. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA RESULTADO DO RGPS – Em R$ milhões de Dezembro de 2016 (INPC) Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano ( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016 1. Arrecadação Líquida Total 51.899,6 28.603,4 46.809,5 63,6 (9,8) 388.741,3 363.993,9 (6,4) 1.1 Arrecadação Líquida Urbana 44.512,4 27.014,2 44.919,9 66,3 0,9 352.638,8 337.955,2 (4,2) 1.2 Arrecadação Líquida Rural 783,7 620,4 776,9 25,2 (0,9) 7.858,9 8.049,9 2,4 1.3 Comprev 4,8 - - - (100,0) 46,0 1,4 (97,0) 1.4 Compensação Desoneração da Folha de Pagamento 6.598,7 968,9 1.112,8 14,9 (83,1) 28.197,7 17.987,4 (36,2) 2. Renúncias Previdenciárias 5.483,1 3.460,6 5.378,7 55,4 (1,9) 45.303,0 44.112,0 (2,6) 2.1 Simples Nacional 3.165,4 1.933,6 3.058,2 58,2 (3,4) 24.951,9 23.529,7 (5,7) 2.2 Entidades Filantrópicas 1.684,9 891,6 1.627,8 82,6 (3,4) 11.878,0 11.205,3 (5,7) 2.3 Microempreendedor Individual - MEI 131,4 125,1 127,0 1,5 (3,4) 1.560,8 1.470,1 (5,8) 2.4 Exportação da Produção Rural - EC nº 33 470,1 472,9 536,4 13,4 14,1 6.605,2 7.343,6 11,2 2.5 Outros 31,3 37,4 29,3 (21,7) (6,3) 307,1 563,3 83,4 3. Despesa com Benefícios 48.657,6 47.596,4 53.681,4 12,8 10,3 483.858,5 515.863,0 6,6 3.1 Benefícios Previdenciários 48.276,8 42.970,5 52.578,1 22,4 8,9 471.329,7 501.762,1 6,5 3.1.1 Urbano 38.618,9 32.319,5 42.353,9 31,0 9,7 365.038,2 391.362,9 7,2 3.1.2 Rural 9.657,9 10.651,0 10.224,1 (4,0) 5,9 106.291,5 110.399,2 3,9 3.2 Passivo Judicial 146,1 4.458,9 804,8 (82,0) 451,0 10.581,7 11.726,2 10,8 3.2.1 Urbano 116,8 3.353,7 648,3 (80,7) 454,9 8.069,6 9.045,6 12,1 3.2.2 Rural 29,2 1.105,2 156,5 (85,8) 435,6 2.512,1 2.680,6 6,7 3.3 Comprev 234,7 166,9 298,6 78,9 27,2 1.947,2 2.374,8 22,0 4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) 8.725,1 (15.532,3) (1.493,3) (90,4) (117,1) (49.814,1) (107.757,1) 116,3 5. Resultado Previdenciário (1 - 3) 3.242,0 (18.992,9) (6.872,0) (63,8) (312,0) (95.117,2) (151.869,1) 59,7 Item Var. %
  • 19. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA RESULTADO DO RGPS – Em R$ milhões nominais Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acumulado no ano ( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) 2015 2016 1. Arrecadação Líquida Total 48.695,4 28.563,4 46.809,5 63,9 (3,9) 350.272,0 358.137,3 2,2 1.1 Arrecadação Líquida Urbana 41.764,3 26.976,4 44.919,9 66,5 7,6 317.741,8 332.622,3 4,7 1.2 Arrecadação Líquida Rural 735,3 619,5 776,9 25,4 5,7 7.081,3 7.920,3 11,8 1.3 Comprev 4,5 - - - (100,0) 41,9 1,3 (96,8) 1.4 Compensação Desoneração da Folha de Pagamento 6.191,3 967,5 1.112,8 15,0 (82,0) 25.407,0 17.593,3 (30,8) 2. Renúncias Previdenciárias 5.144,6 3.455,7 5.378,7 55,6 4,6 40.831,5 43.420,6 6,3 2.1 Simples Nacional 2.970,0 1.930,9 3.058,2 58,4 3,0 22.494,6 23.162,9 3,0 2.2 Entidades Filantrópicas 1.580,9 890,3 1.627,8 82,8 3,0 10.715,0 11.033,4 3,0 2.3 Microempreendedor Individual - MEI 123,3 124,9 127,0 1,6 3,0 1.404,1 1.445,9 3,0 2.4 Exportação da Produção Rural - EC nº 33 441,1 472,3 536,4 13,6 21,6 5.940,7 7.223,8 21,6 2.5 Outros 29,3 37,4 29,3 (21,6) (0,1) 277,0 554,7 100,2 3. Despesa com Benefícios 45.653,6 47.529,8 53.681,4 12,9 17,6 436.090,1 507.871,3 16,5 3.1 Benefícios Previdenciários 45.296,3 42.910,4 52.578,1 22,5 16,1 424.715,2 493.935,1 16,3 3.1.1 Urbano 36.234,7 32.274,3 42.353,9 31,2 16,9 328.960,9 385.276,5 17,1 3.1.2 Rural 9.061,6 10.636,1 10.224,1 (3,9) 12,8 95.754,2 108.658,7 13,5 3.2 Passivo Judicial 137,0 4.452,7 804,8 (81,9) 487,3 9.621,7 11.596,8 20,5 3.2.1 Urbano 109,6 3.349,0 648,3 (80,6) 491,4 7.335,2 8.945,2 21,9 3.2.2 Rural 27,4 1.103,7 156,5 (85,8) 470,8 2.286,5 2.651,6 16,0 3.3 Comprev 220,2 166,7 298,6 79,2 35,6 1.753,2 2.339,3 33,4 4. Resultado Previdenciário e Renúncias (1 + 2 - 3) 8.186,4 (15.510,6) (1.493,3) (90,4) (118,2) (44.986,6) (106.313,3) 136,3 5. Resultado Previdenciário (1 - 3) 3.041,8 (18.966,4) (6.872,0) (63,8) (325,9) (85.818,1) (149.733,9) 74,5 Item Var. %
  • 20. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA TENDÊNCIAS ARRECADAÇÃO, DESPESA E déficit
  • 21. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Arrecadação Líquida e Despesa com Benefícios Previdenciários, nos últimos 25 meses – Em R$ bilhões de dezembro/2016 - INPC – Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. 51,8 30,3 31,2 30,8 34,4 31,7 30,6 30,9 30,8 29,9 28,3 27,9 51,9 28,5 29,1 29,5 31,3 28,8 28,9 27,7 28,7 27,8 28,3 28,6 46,8 49,7 36,9 38,0 38,2 37,9 38,8 37,6 37,2 36,5 40,5 49,9 43,8 48,7 37,3 39,8 40,2 40,1 41,3 39,8 39,6 44,0 53,0 39,6 47,6 53,7 14,0 16,0 18,0 20,0 22,0 24,0 26,0 28,0 30,0 32,0 34,0 36,0 38,0 40,0 42,0 44,0 46,0 48,0 50,0 52,0 54,0 56,0 dez-14 jan-15 fev-15 mar-15 abr-15 mai-15 jun-15 jul-15 ago-15 set-15 out-15 nov-15 dez-15 jan-16 fev-16 mar-16 abr-16 mai-16 jun-16 jul-16 ago-16 set-16 out-16 nov-16 dez-16 R$Bilhões Arrecadação Líquida Média Móvel (12 meses) Despesa com Benefícios Previdenciários Média Móvel (12 meses)
  • 22. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Composição da Arrecadação Líquida Arrecadação Corrente, Recuperação de Créditos e Transferência a Terceiros, nos últimos 25 meses – Em R$ bilhões de dezembro/2016 - INPC Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. 52,2 33,2 31,7 31,3 31,9 31,5 31,1 31,0 31,0 30,4 30,6 30,0 47,6 30,8 29,6 29,8 30,0 29,8 29,8 29,4 29,6 28,9 29,3 29,8 47,6 1,7 1,0 1,1 0,9 1,1 1,0 0,8 0,9 0,8 0,8 0,9 0,9 0,9 0,9 0,8 1,0 1,0 1,0 0,8 0,1 1,0 0,8 0,9 0,8 1,1 -3,5 -5,9 -3,4 -3,3 -3,3 -3,2 -3,3 -3,3 -3,1 -3,4 -3,1 -3,0 -3,1 -5,3 -3,1 -3,1 -3,1 -3,0 -3,0 -3,0 -3,0 -3,0 -2,9 -3,0 -3,0 -6,0 -2,0 2,0 6,0 10,0 14,0 18,0 22,0 26,0 30,0 34,0 38,0 42,0 46,0 50,0 54,0 58,0 dez-14 jan-15 fev-15 mar-15 abr-15 mai-15 jun-15 jul-15 ago-15 set-15 out-15 nov-15 dez-15 jan-16 fev-16 mar-16 abr-16 mai-16 jun-16 jul-16 ago-16 set-16 out-16 nov-16 dez-16 R$Bilhões Arrecadação Corrente Recuperação de Créditos Transferência a Terceiros
  • 23. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Composição da Despesa com Benefícios Previdenciários Benefícios Pagos pelo INSS e Sentenças Judiciais nos últimos 25 meses – Em R$ bilhões de dezembro/2016 (INPC) Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. 49,0 36,0 37,7 37,8 37,3 38,2 36,9 36,5 36,0 40,0 48,9 39,5 48,5 36,4 39,5 39,8 39,5 40,5 39,1 38,7 43,6 52,1 38,9 43,1 52,9 0,7 0,9 0,3 0,4 0,6 0,5 0,7 0,7 0,5 0,6 0,9 4,3 0,1 1,0 0,3 0,4 0,6 0,8 0,6 0,9 0,5 0,9 0,7 4,5 0,8 0,0 5,0 10,0 15,0 20,0 25,0 30,0 35,0 40,0 45,0 50,0 55,0 60,0 dez-14 jan-15 fev-15 mar-15 abr-15 mai-15 jun-15 jul-15 ago-15 set-15 out-15 nov-15 dez-15 jan-16 fev-16 mar-16 abr-16 mai-16 jun-16 jul-16 ago-16 set-16 out-16 nov-16 dez-16 R$Bilhões Benefícios Pagos pelo INSS Sentenças Judiciais
  • 24. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Resultado da Previdência Social – nos últimos 25 meses Em R$ bilhões de dezembro/2016 - INPC Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. 2,1 6,6 6,8 7,4 3,5 7,1 7,0 6,3 5,7 10,6 21,5 15,9 3,2 8,9 10,7 10,6 8,8 12,5 10,9 11,9 15,4 25,2 11,3 19,0 6,9 0,0 1,0 2,0 3,0 4,0 5,0 6,0 7,0 8,0 9,0 10,0 11,0 12,0 13,0 14,0 15,0 16,0 17,0 18,0 19,0 20,0 21,0 22,0 23,0 24,0 25,0 26,0 27,0 dez-14 jan-15 fev-15 mar-15 abr-15 mai-15 jun-15 jul-15 ago-15 set-15 out-15 nov-15 dez-15 jan-16 fev-16 mar-16 abr-16 mai-16 jun-16 jul-16 ago-16 set-16 out-16 nov-16 dez-16 R$Bilhões Necessidade de Financiamento Média Móvel (12 meses) Superávit Superávit
  • 25. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Resultado do RGPS por Clientela – Média móvel de 12 meses (dezembro/2001 a dezembro/2016) – Em R$ milhões de dezembro/2016 - INPC Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. -14.000,00 -12.000,00 -10.000,00 -8.000,00 -6.000,00 -4.000,00 -2.000,00 0,00 2.000,00 4.000,00 6.000,00 jan/04 jun/04 nov/04 abr/05 set/05 fev/06 jul/06 dez/06 mai/07 out/07 mar/08 ago/08 jan/09 jun/09 nov/09 abr/10 set/10 fev/11 jul/11 dez/11 mai/12 out/12 mar/13 ago/13 jan/14 jun/14 nov/14 abr/15 set/15 fev/16 jul/16 dez/16 Urbano Rural Total
  • 26. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Resultado do RGPS – Média móvel de 12 meses (dezembro/2001 a dezembro/2016) Em R$ bilhões de dezembro/2016 (INPC) Fonte: Fluxo de Caixa INSS; Informar/DATAPREV. Elaboração: SPPS/MPS. 5,0 5,1 5,5 6,0 6,1 6,5 6,2 7,5 6,6 6,8 6,8 5,8 5,1 5,3 5,4 5,8 5,6 6,0 5,7 5,5 5,4 4,4 4,5 4,2 4,7 5,2 5,3 5,2 5,1 4,6 4,8 5,0 5,0 5,1 5,7 5,8 6,1 6,3 6,4 6,6 6,5 6,0 7,5 8,0 7,9 8,1 8,4 8,7 9,1 9,6 9,9 10,4 11,2 12,4 11,6 11,8 12,7 3,00 5,00 7,00 9,00 11,00 13,00 15,00 jan/04 jun/04 nov/04 abr/05 set/05 fev/06 jul/06 dez/06 mai/07 out/07 mar/08 ago/08 jan/09 jun/09 nov/09 abr/10 set/10 fev/11 jul/11 dez/11 mai/12 out/12 mar/13 ago/13 jan/14 jun/14 nov/14 abr/15 set/15 fev/16 jul/16 dez/16
  • 27. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA BENEFÍCIOS EMITIDOS (ESTOQUE)
  • 28. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Quantidade de Benefícios Emitidos – RGPS – Dezembro/2015, Novembro/2016 e Dezembro/2016 Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS. Elaboração: SPPS/MPS. Obs.: Os benefícios assistenciais, embora operacionalizados pelo INSS, estão sob a responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % ( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) TOTAL 32.701.562 33.694.282 33.755.917 0,2 3,2 PREVIDENCIÁRIOS + ACIDENTÁRIOS 28.276.347 29.132.623 29.183.383 0,2 3,2 PREVIDENCIÁRIOS 27.430.418 28.287.592 28.341.869 0,2 3,3 Aposentadorias 18.404.135 19.001.561 19.062.228 0,3 3,6 Idade 9.763.130 10.069.115 10.100.813 0,3 3,5 Invalidez 3.206.090 3.231.352 3.235.570 0,1 0,9 Tempo de Contribuição 5.434.915 5.701.094 5.725.845 0,4 5,4 Pensão por Morte 7.412.165 7.547.754 7.562.550 0,2 2,0 Auxílio-Doença 1.451.649 1.565.865 1.542.737 (1,5) 6,3 Salário-Maternidade 55.873 55.087 56.201 2,0 0,6 Outros 106.596 117.325 118.153 0,7 10,8 ACIDENTÁRIOS 845.929 845.031 841.514 (0,4) (0,5) Aposentadorias 201.124 205.724 206.171 0,2 2,5 Pensão por Morte 116.339 114.236 114.045 (0,2) (2,0) Auxílio-Doença 155.606 155.841 152.160 (2,4) (2,2) Auxílio-Acidente 317.664 321.734 322.182 0,1 1,4 Auxílio-Suplementar 55.196 47.496 46.956 (1,1) (14,9) ASSISTENCIAIS + EPU 4.425.215 4.561.659 4.572.534 0,2 3,3 ASSISTENCIAIS 4.403.154 4.540.526 4.551.501 0,2 3,4 Amparos Assistenciais - LOAS 4.242.726 4.399.186 4.411.550 0,3 4,0 Idoso 1.918.918 1.970.511 1.974.942 0,2 2,9 Portador de Deficiência 2.323.808 2.428.675 2.436.608 0,3 4,9 Rendas Mensais Vitalícias 160.428 141.340 139.951 (1,0) (12,8) Idade 27.968 22.027 21.624 (1,8) (22,7) Invalidez 132.460 119.313 118.327 (0,8) (10,7) ENCARGOS PREVIDENCIÁRIOS DA UNIÃO (EPU) (1) 22.061 21.133 21.033 (0,5) (4,7)
  • 29. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Entre dezembro de 2006 e dezembro de 2016, a quantidade de benefícios previdenciários e acidentários emitidos pela Previdência aumentou 34,8%, passando de 21,6 milhões para 29,2 milhões. Evolução da Quantidade de Benefícios Emitidos pela Previdência Social Em milhões de benefícios - 2006 a 2016 (dezembro) Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS. Elaboração: SPPS/MPS. Obs.: Os benefícios assistenciais, embora operacionalizados pelo INSS, estão sob a responsabilidade do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome 14,3 14,6 15,0 15,5 16,2 16,7 17,3 18,1 18,7 19,0 19,8 7,3 7,5 7,7 8,0 8,2 8,5 8,7 9,0 9,2 9,3 9,4 2,9 3,1 3,3 3,5 3,7 3,9 4,0 4,2 4,3 4,4 4,6 ,00 5,00 10,00 15,00 20,00 25,00 30,00 35,00 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Urbano Rural Assistencial 25,2 28,3 29,2 21,6 27,0 22,1 22,8 23,5 24,4 27,8 26,0
  • 30. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Valor Médio Real dos Benefícios Pagos pela Previdência Social (2009 a 2016) Média de Janeiro a Dezembro de cada ano – Em R$ de Dezembro/2016 (INPC) O valor médio real dos benefícios da Previdência Social atingiu R$ 1.283,93, na média de janeiro a dezembro de 2016, o que representou um crescimento de 10,8% em relação ao mesmo período de 2009. Variação: +10,8% Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS. Elaboração: SPPS/MPS. Obs.: Inclui apenas os benefícios previdenciários e acidentários 1.158,52 1.198,86 1.197,47 1.243,18 1.262,03 1.268,90 1.255,09 1.283,93 1.150,00 1.200,00 1.250,00 1.300,00 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 R$
  • 31. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Fontes: DATAPREV, SUB, SINTESE. Elaboração: SPPS/MPS. Obs.: A existência de benefícios com valores inferiores ao salário mínimo deve-se ao desmembramento de pensões e ao pagamento de benefícios como o salário-família, o auxílio suplementar, o auxílio acidente e o abono de permanência. Cerca de 68,6% dos benefícios pagos pelo INSS em dez/2016 possuíam o valor de até um salário mínimo, o que representa um contingente de 23,1 milhões de beneficiários. Distribuição de Benefícios Emitidos, segundo faixas de Valores Em Pisos Previdenciários (Posição em dezembro/2016) 0 5.000 10.000 15.000 20.000 25.000 < 1 = 1 1 -| 2 2 -| 3 3 -| 4 4 -| 5 5 -| 6 6 -| 7 7 -| 8 mais de 8 Milhares de benefícios Valores,emSaláriosMínimos < 1 = 1 1 -| 2 2 -| 3 3 -| 4 4 -| 5 5 -| 6 6 -| 7 7 -| 8 mais de 8 Urbanos 693,8 8.537,7 5.188,2 2.706,3 1.702,2 720,1 226,9 2,8 2,7 3,8 Rurais 75,6 9.282,8 52,3 6,6 1,8 0,5 0,1 0,0 - - Assistenciais 9,0 4.542,5 0,0 0,0 - - - - - - 38,18% 41,51% 20,31% 0,0% 0,0% 0,0% 0,7% 2,1% 5,0% 8,0% 15,5% 66,2% 2,3% – 778,4 mil pessoas: < 1 SM 22,4 milhões de pessoas: 1SM
  • 32. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA BENEFÍCIOS CONCEDIDOS (FLUXO)
  • 33. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Quantidade de Benefícios Concedidos – RGPS Dezembro/2015, Novembro/2016, Dezembro/2016 e Acumulado no ano (2015 e 2016) Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS. Elaboração: SPPS/MPS. dez/15 nov/16 dez/16 Var. % Var. % Acum. Jan. Acum. Jan. ( A ) ( B ) ( C ) ( C / B ) ( C / A ) dez/15 dez/16 TOTAL 331.034 425.052 363.903 (14,4) 9,9 4.344.701 5.132.451 18,1 PREVIDENCIÁRIOS + ACIDENTÁRIOS 309.029 396.776 338.703 (14,6) 9,6 4.065.490 4.784.307 17,7 Previdenciários 296.216 377.084 322.496 (14,5) 8,9 3.843.040 4.532.396 17,9 Aposentadorias 93.578 114.095 99.768 (12,6) 6,6 1.058.151 1.263.974 19,5 Idade 54.654 59.776 52.640 (11,9) (3,7) 575.841 662.366 15,0 Invalidez 8.852 15.747 12.529 (20,4) 41,5 161.850 169.575 4,8 Tempo de Contribuição 30.072 38.572 34.599 (10,3) 15,1 320.460 432.033 34,8 Pensão por Morte 34.441 36.940 30.889 (16,4) (10,3) 365.262 410.533 12,4 Auxílio-Doença 114.523 169.393 147.628 (12,8) 28,9 1.828.337 2.190.808 19,8 Salário-Maternidade 51.055 53.297 41.495 (22,1) (18,7) 561.451 631.287 12,4 Outros 2.619 3.359 2.716 (19,1) 3,7 29.839 35.794 20,0 Acidentários 12.813 19.692 16.207 (17,7) 26,5 222.450 251.911 13,2 Aposentadorias 422 836 641 (23,3) 51,9 8.782 9.220 5,0 Pensão por Morte 31 23 40 73,9 29,0 368 393 6,8 Auxílio-Doença 11.241 17.114 14.065 (17,8) 25,1 196.761 223.668 13,7 Auxílio-Acidente 1.104 1.713 1.459 (14,8) 32,2 16.399 18.513 12,9 Auxílio-Suplementar 15 6 2 (66,7) (86,7) 140 117 (16,4) ASSISTENCIAIS + EPU 22.005 28.276 25.200 (10,9) 14,5 279.211 348.144 24,7 Assistenciais 21.950 28.239 25.166 (10,9) 14,7 278.683 347.716 24,8 Amparos Assistenciais - LOAS 21.950 28.239 25.166 (10,9) 14,7 278.683 347.672 24,8 Idoso 13.082 13.659 12.686 (7,1) (3,0) 141.985 164.720 16,0 Portador de Deficiência 8.868 14.580 12.480 (14,4) 40,7 136.698 182.952 33,8 Rendas Mensais Vitalícias - - - - - - 44 0,0 Idade - - - - - - - 0,0 Invalidez - - - - - - 44 0,0 Encargos Previdenciários da União (EPU) 55 37 34 (8,1) (38,2) 528 428 (18,9) Var. %
  • 34. SECRETARIA DE PREVIDÊNCIA MINISTÉRIO DA FAZENDA Quantidade de Benefícios Concedidos pela Previdência Social (2008 a 2016) Acumulado de Janeiro a Dezembro de cada ano ( 2008 a 2016) – Em milhares de benefícios Fontes: Anuário Estatístico da Previdência Social - AEPS; Boletim Estatístico da Previdência Social – BEPS. Elaboração: SPPS/MPS. 3.030,9 3.026,6 3.188,6 3.395,5 3.594,6 3.814,7 3.871,2 3.267,7 3.897,5 1.053,0 1.084,7 1.074,4 1.029,9 1.035,7 1.037,7 996,2 798,3 887,3 377,8 362,6 376,8 327,3 327,3 355,2 343,7 278,7 347,7 0,0 500,0 1.000,0 1.500,0 2.000,0 2.500,0 3.000,0 3.500,0 4.000,0 4.500,0 5.000,0 5.500,0 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 2015 2016 Urbano Rural Assistencial 4.083,9 4.111,3 4.263,0 4.425,4 4.630,4 4.852,5 4.867,4 4.784,8 4.066,0