SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
TOXOPLASMOSE
- Douglas Hudson
- Maria Carolina
- Maria da Penha
- Nayara
- Rosilene
- Thiala
TÉCNICO EM ENFERMAGEM
Prof. Kelli Christina.
➢INTRODUÇÃO
● A toxoplasmose é uma infecção causada por um protozoário chamado “Toxoplasma Gondii”,
encontrado nas fezes de gatos e outros felinos, que pode se hospedar em humanos e outros
animais. É causada pela ingestão de água ou alimentos contaminados, e, é uma das zoonoses
(doenças transmitidas por animais) mais comuns em todo o mundo.
➢O QUE É?
A toxoplasmose é uma doença causada pelo protozoário (Toxoplasma gondii) que pode ser encontrada nas
fezes do gato, na água ou em carne mal cozida como porco ou cordeiro, contaminados com o protozoário. Na
maioria das vezes, a toxoplasmose não causa sintomas, porém no caso de pessoas com o sistema imunológico
mais frágil, é possível que sejam notados sintomas como ínguas, febre e dor muscular
➢TIPOS
1. Toxoplasmose ocular
2. Toxoplasmose congênita
3. Toxoplasmose cerebrospinal ou meningoencefálica
➢ TOXOPLASMOSE OCULAR
A toxoplasmose ocular acontece quando o parasita atinge o olho e afeta a retina, causando uma
inflamação que pode levar à cegueira se não for tratada a tempo. Essa doença pode afetar os dois
olhos, e os prejuízos na visão podem ser diferentes para cada olho, podendo ocorrer diminuição
da visão, vermelhidão ou dor no olho.
➢ TOXOPLASMOSE CONGÊNITA
A toxoplasmose na gravidez provoca a toxoplasmose congênita, que é quando o bebê é infectado
por essa doença ainda no útero da mãe. A toxoplasmose na gravidez pode levar a consequências
graves, como malformações do feto, baixo peso ao nascer, parto prematuro, aborto ou morte do
bebê ao nascer.
➢ TOXOPLASMOSE MENINGOENCEFÁLICA
toxoplasmose é mais frequente em pessoas diagnosticadas com AIDS e normalmente está
relacionada com a reativação dos cistos de T. gondii em pessoas que possuem a infecção
latente, ou seja, que foram diagnosticadas e tratadas
➢ TOXOPLASMOSE OCULAR
➢ TOXOPLASMOSE CONGÊNITA
A1 – Fase pré-contraste da tomografia computadorizada. A2 – Fase pós-contraste da
tomografia computadorizada. Em ambas, nota-se a lesão frontal hipoatenuante (seta),
➢ TOXOPLASMOSE MENINGOENCEFÁLICA
➢CAUSAS
A toxoplasmose é transmitida
principalmente pela ingestão de alimentos
contaminados pelos cistos do parasita ou
por meio do contato com as fezes de gatos
infectados. Além disso, a toxoplasmose
pode ser transmitida de mãe para filho, no
entanto isso só acontece quando a doença
não é diagnosticada durante a gravidez ou o
tratamento não é feito corretamente.
➢SINTOMAS
● Ínguas pelo corpo, principalmente na região do pescoço;
● Febre;
● Dor muscular ou nas articulações;
● Cansaço;
● Dor de cabeça e de garganta;
● Manchas vermelhas pelo corpo;
● Dificuldade para enxergar;
➢DIAGNÓSTICO
O diagnóstico da toxoplasmose é feito pelo clínico geral ou infectologista através da avaliação dos sintomas e da
realização do exame de sangue para detectar a presença de anticorpos produzidos pelo corpo contra o protozoário
responsável pela doença. que são produzidos para combater o protozoário causador da doença.
No caso de mulheres grávidas com resultado positivo para os anticorpos da toxoplasmose, o obstetra pode recomendar
uma amniocentese após 15 semanas de gravidez para confirmar se a toxoplasmose foi transmitida da mãe para o bebê.
Além disso, embora não sirva para diagnosticar a toxoplasmose no feto, o médico deve solicitar um ultrassom para verificar
se o bebê possui alterações causadas pela toxoplasmose, como hidrocefalia, por exemplo.
➢TRATAMENTO
A toxoplasmose normalmente evolui sem sequelas em pessoas com imunidade adequada, desta forma não se recomenda tratamento específico,
apenas tratamento para combater os sintomas. Pacientes com imunidade comprometida ou que já tenham desenvolvido complicações da doença
(cegueira, diminuição auditiva) são encaminhados para acompanhamento médico especializado.
O tratamento e acompanhamento da doença estão disponíveis, de forma integral e gratuita, no Sistema Único de Saúde. Em caso de toxoplasmose
na gravidez, é importante o acompanhamento no pré-natal e a prática das orientações que forem repassadas pelas equipes de saúde.
Para gestantes e crianças, o Ministério da Saúde publicou protocolos com recomendações a serem seguidas, caso a caso.
➢PREVENÇÃO
● Consumir água potável, filtrada ou mineral;
● Cozinhar bem as carnes e evitar o consumo de carnes mal passadas em restaurantes;
● Lavar bem os utensílios da cozinha em água quente e sabão, como tábuas de corte ou facas, depois de temperar ou
cortar carne crua, para evitar a contaminação de outros alimentos;
● Usar luvas ao fazer jardinagem ou cuidar de plantas;
● Evitar o contato com fezes do gato e usar uma luva e máscara ao limpar a caixa de areia e ao recolher as fezes;
➢FONTES
https://slideplayer.com.br/amp/3256916/
https://www.gov.br/saude/pt-br/assuntos/saude-de-a-a-z/t/toxoplasmose
https://www.tuasaude.com/toxoplasmose/
https://andreiatorres.com/blog/2019/5/21/toxoplasmose-e-neuroinflamao
https://donatoholhos.com/category/retina/

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Toxoplasmose e a gravidez
Toxoplasmose e a gravidezToxoplasmose e a gravidez
Toxoplasmose e a gravidez
 
Toxoplasmose Congenita
Toxoplasmose CongenitaToxoplasmose Congenita
Toxoplasmose Congenita
 
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose
 
Trabalho de parasitologia: Toxoplasma gondii.
Trabalho de parasitologia: Toxoplasma gondii.Trabalho de parasitologia: Toxoplasma gondii.
Trabalho de parasitologia: Toxoplasma gondii.
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Amebíase
AmebíaseAmebíase
Amebíase
 
Toxoplasmose Congênita
Toxoplasmose CongênitaToxoplasmose Congênita
Toxoplasmose Congênita
 
Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita
 
Teniase e cisticercose
Teniase e cisticercoseTeniase e cisticercose
Teniase e cisticercose
 
Parasitologia: Amebíase
Parasitologia: AmebíaseParasitologia: Amebíase
Parasitologia: Amebíase
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
Amebíase
AmebíaseAmebíase
Amebíase
 
Aula 1° fecundação, embriologia e anexos embrionários
Aula 1° fecundação, embriologia e anexos embrionáriosAula 1° fecundação, embriologia e anexos embrionários
Aula 1° fecundação, embriologia e anexos embrionários
 
Aula toxoplasmose
Aula toxoplasmoseAula toxoplasmose
Aula toxoplasmose
 
Parasitas
ParasitasParasitas
Parasitas
 
Toxoplasmose e Rúbeola
Toxoplasmose e RúbeolaToxoplasmose e Rúbeola
Toxoplasmose e Rúbeola
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Tétano - Trabalho de microbiologia slides
Tétano - Trabalho de microbiologia slidesTétano - Trabalho de microbiologia slides
Tétano - Trabalho de microbiologia slides
 

Semelhante a TOXOPLASMOSE.pptx

Aspectos gerais e características da Doença de Chagas
Aspectos gerais e características da Doença de ChagasAspectos gerais e características da Doença de Chagas
Aspectos gerais e características da Doença de ChagasDiegoOliveira520215
 
Sistema pancreático endócrino.pptx
Sistema pancreático endócrino.pptxSistema pancreático endócrino.pptx
Sistema pancreático endócrino.pptxAlanaFagundes
 
O que é toxoplasmose ocular
O que é toxoplasmose ocularO que é toxoplasmose ocular
O que é toxoplasmose ocularWil Costa
 
Tenias e teníases resumo
Tenias e teníases   resumoTenias e teníases   resumo
Tenias e teníases resumoElderENF
 
A toxoplasmose é uma parasitose amplamente disseminada na natureza.docx
A toxoplasmose é uma parasitose amplamente disseminada na natureza.docxA toxoplasmose é uma parasitose amplamente disseminada na natureza.docx
A toxoplasmose é uma parasitose amplamente disseminada na natureza.docxCidaLaignier1
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagascrishmuler
 
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...Pelo Siro
 
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte ii
3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte ii3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte ii
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte iiLurdesmartins17
 
Trabalho biologia
Trabalho biologiaTrabalho biologia
Trabalho biologia2° PD
 
Trabalho biologia
Trabalho biologiaTrabalho biologia
Trabalho biologia2° PD
 
Doenças causadas por bactérias
Doenças causadas por bactériasDoenças causadas por bactérias
Doenças causadas por bactériasCharles Carvalho
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis (o melhor é prevenir)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (o melhor é prevenir)Doenças Sexualmente Transmissíveis (o melhor é prevenir)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (o melhor é prevenir)Adilson P Motta Motta
 

Semelhante a TOXOPLASMOSE.pptx (20)

Aspectos gerais e características da Doença de Chagas
Aspectos gerais e características da Doença de ChagasAspectos gerais e características da Doença de Chagas
Aspectos gerais e características da Doença de Chagas
 
Sistema pancreático endócrino.pptx
Sistema pancreático endócrino.pptxSistema pancreático endócrino.pptx
Sistema pancreático endócrino.pptx
 
Apresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmoseApresentação toxoplasmose
Apresentação toxoplasmose
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
O que é toxoplasmose ocular
O que é toxoplasmose ocularO que é toxoplasmose ocular
O que é toxoplasmose ocular
 
Toxoplasmose folder
Toxoplasmose folderToxoplasmose folder
Toxoplasmose folder
 
Tenias e teníases resumo
Tenias e teníases   resumoTenias e teníases   resumo
Tenias e teníases resumo
 
Trabalho da feira da cultura centro oeste (801)
Trabalho da feira da cultura centro  oeste (801)Trabalho da feira da cultura centro  oeste (801)
Trabalho da feira da cultura centro oeste (801)
 
Toxoplasmose na Gestação
Toxoplasmose na GestaçãoToxoplasmose na Gestação
Toxoplasmose na Gestação
 
Amebíase e toxoplasmose
Amebíase e toxoplasmoseAmebíase e toxoplasmose
Amebíase e toxoplasmose
 
A toxoplasmose é uma parasitose amplamente disseminada na natureza.docx
A toxoplasmose é uma parasitose amplamente disseminada na natureza.docxA toxoplasmose é uma parasitose amplamente disseminada na natureza.docx
A toxoplasmose é uma parasitose amplamente disseminada na natureza.docx
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
 
Toxoplasmose. mácyo
Toxoplasmose. mácyoToxoplasmose. mácyo
Toxoplasmose. mácyo
 
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte ii
3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte ii3  a importancia da vigilancia da saude materna   parte ii
3 a importancia da vigilancia da saude materna parte ii
 
Trabalho biologia
Trabalho biologiaTrabalho biologia
Trabalho biologia
 
Trabalho biologia
Trabalho biologiaTrabalho biologia
Trabalho biologia
 
apresentação toxoplasmose.pptx
apresentação toxoplasmose.pptxapresentação toxoplasmose.pptx
apresentação toxoplasmose.pptx
 
Doenças causadas por bactérias
Doenças causadas por bactériasDoenças causadas por bactérias
Doenças causadas por bactérias
 
Doenças Sexualmente Transmissíveis (o melhor é prevenir)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (o melhor é prevenir)Doenças Sexualmente Transmissíveis (o melhor é prevenir)
Doenças Sexualmente Transmissíveis (o melhor é prevenir)
 

Último

AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxEnfaVivianeCampos
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfmarrudo64
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfEduardoSilva185439
 
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTOPROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTOvilcielepazebem
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfGiza Carla Nitz
 
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdfAULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdfLviaParanaguNevesdeL
 
Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoDjalmadeAndrade2
 
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfAULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfLviaParanaguNevesdeL
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfRodrigoSimonato2
 
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfNutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfThiagoAlmeida458596
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfamaroalmeida74
 
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....TharykBatatinha
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfGiza Carla Nitz
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAndersonMoreira538200
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdfGiza Carla Nitz
 
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdfAULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdfLviaParanaguNevesdeL
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfGiza Carla Nitz
 

Último (17)

AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptxAULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
AULA 12 DESENVOLVIMENTO FETAL E MUDANÇAS NO CORPO DA MULHER.pptx
 
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdfAula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
Aula 2 - Sistemas de Informação em Saúde.pdf
 
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdfDengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
Dengue aspectos clinicos sintomas e forma de prevenir.pdf
 
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTOPROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
PROCESSOS PSICOLOGICOS LINGUAGEM E PENSAMENTO
 
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdfAula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
Aula 7 - Tempos Cirurgicos - A Cirurgia Passo A Passo - PARTE 1.pdf
 
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdfAULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
AULA_08 SAÚDE E ALIMENTAÇÃO DO IDOSO.pdf
 
Primeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalhoPrimeiros socorros segurança do trabalho
Primeiros socorros segurança do trabalho
 
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdfAULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
AULA_11 PRINCIPAIS DOENÇAS DO ENVELHECIMENTO.pdf
 
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdfControle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
Controle-da-população-microbiana-antibióticos-e-resistência-ENF.pdf
 
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdfNutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
Nutrição Enteral e parenteral para enfermagem .pdf
 
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdfGlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
GlicolÃ_se -MEDICINA GERAL PIAGET-2023-2024 - AULA 2 -ESTUDANTE.pdf
 
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
ELETIVA ensino médio / corpo e saude....
 
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdfAula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
Aula 8 - Primeiros Socorros - IAM- INFARTO AGUDO DO MIOCARDIO.pdf
 
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptxAula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
Aula de Anatomia e fisiologia socorrista .pptx
 
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdfAula 02 -Biologia Celular -  Células Procariontes e  Eucariontes .pdf
Aula 02 -Biologia Celular - Células Procariontes e Eucariontes .pdf
 
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdfAULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
AULA__04_Sinais_Vitais CUIDADOR DE IDOSOS.pdf
 
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdfAula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
Aula 5 - Sistema Muscular- Anatomia Humana.pdf
 

TOXOPLASMOSE.pptx

  • 1. TOXOPLASMOSE - Douglas Hudson - Maria Carolina - Maria da Penha - Nayara - Rosilene - Thiala TÉCNICO EM ENFERMAGEM Prof. Kelli Christina.
  • 2. ➢INTRODUÇÃO ● A toxoplasmose é uma infecção causada por um protozoário chamado “Toxoplasma Gondii”, encontrado nas fezes de gatos e outros felinos, que pode se hospedar em humanos e outros animais. É causada pela ingestão de água ou alimentos contaminados, e, é uma das zoonoses (doenças transmitidas por animais) mais comuns em todo o mundo.
  • 3. ➢O QUE É? A toxoplasmose é uma doença causada pelo protozoário (Toxoplasma gondii) que pode ser encontrada nas fezes do gato, na água ou em carne mal cozida como porco ou cordeiro, contaminados com o protozoário. Na maioria das vezes, a toxoplasmose não causa sintomas, porém no caso de pessoas com o sistema imunológico mais frágil, é possível que sejam notados sintomas como ínguas, febre e dor muscular ➢TIPOS 1. Toxoplasmose ocular 2. Toxoplasmose congênita 3. Toxoplasmose cerebrospinal ou meningoencefálica
  • 4. ➢ TOXOPLASMOSE OCULAR A toxoplasmose ocular acontece quando o parasita atinge o olho e afeta a retina, causando uma inflamação que pode levar à cegueira se não for tratada a tempo. Essa doença pode afetar os dois olhos, e os prejuízos na visão podem ser diferentes para cada olho, podendo ocorrer diminuição da visão, vermelhidão ou dor no olho. ➢ TOXOPLASMOSE CONGÊNITA A toxoplasmose na gravidez provoca a toxoplasmose congênita, que é quando o bebê é infectado por essa doença ainda no útero da mãe. A toxoplasmose na gravidez pode levar a consequências graves, como malformações do feto, baixo peso ao nascer, parto prematuro, aborto ou morte do bebê ao nascer. ➢ TOXOPLASMOSE MENINGOENCEFÁLICA toxoplasmose é mais frequente em pessoas diagnosticadas com AIDS e normalmente está relacionada com a reativação dos cistos de T. gondii em pessoas que possuem a infecção latente, ou seja, que foram diagnosticadas e tratadas
  • 7. A1 – Fase pré-contraste da tomografia computadorizada. A2 – Fase pós-contraste da tomografia computadorizada. Em ambas, nota-se a lesão frontal hipoatenuante (seta), ➢ TOXOPLASMOSE MENINGOENCEFÁLICA
  • 8. ➢CAUSAS A toxoplasmose é transmitida principalmente pela ingestão de alimentos contaminados pelos cistos do parasita ou por meio do contato com as fezes de gatos infectados. Além disso, a toxoplasmose pode ser transmitida de mãe para filho, no entanto isso só acontece quando a doença não é diagnosticada durante a gravidez ou o tratamento não é feito corretamente.
  • 9. ➢SINTOMAS ● Ínguas pelo corpo, principalmente na região do pescoço; ● Febre; ● Dor muscular ou nas articulações; ● Cansaço; ● Dor de cabeça e de garganta; ● Manchas vermelhas pelo corpo; ● Dificuldade para enxergar;
  • 10. ➢DIAGNÓSTICO O diagnóstico da toxoplasmose é feito pelo clínico geral ou infectologista através da avaliação dos sintomas e da realização do exame de sangue para detectar a presença de anticorpos produzidos pelo corpo contra o protozoário responsável pela doença. que são produzidos para combater o protozoário causador da doença. No caso de mulheres grávidas com resultado positivo para os anticorpos da toxoplasmose, o obstetra pode recomendar uma amniocentese após 15 semanas de gravidez para confirmar se a toxoplasmose foi transmitida da mãe para o bebê. Além disso, embora não sirva para diagnosticar a toxoplasmose no feto, o médico deve solicitar um ultrassom para verificar se o bebê possui alterações causadas pela toxoplasmose, como hidrocefalia, por exemplo.
  • 11. ➢TRATAMENTO A toxoplasmose normalmente evolui sem sequelas em pessoas com imunidade adequada, desta forma não se recomenda tratamento específico, apenas tratamento para combater os sintomas. Pacientes com imunidade comprometida ou que já tenham desenvolvido complicações da doença (cegueira, diminuição auditiva) são encaminhados para acompanhamento médico especializado. O tratamento e acompanhamento da doença estão disponíveis, de forma integral e gratuita, no Sistema Único de Saúde. Em caso de toxoplasmose na gravidez, é importante o acompanhamento no pré-natal e a prática das orientações que forem repassadas pelas equipes de saúde. Para gestantes e crianças, o Ministério da Saúde publicou protocolos com recomendações a serem seguidas, caso a caso.
  • 12. ➢PREVENÇÃO ● Consumir água potável, filtrada ou mineral; ● Cozinhar bem as carnes e evitar o consumo de carnes mal passadas em restaurantes; ● Lavar bem os utensílios da cozinha em água quente e sabão, como tábuas de corte ou facas, depois de temperar ou cortar carne crua, para evitar a contaminação de outros alimentos; ● Usar luvas ao fazer jardinagem ou cuidar de plantas; ● Evitar o contato com fezes do gato e usar uma luva e máscara ao limpar a caixa de areia e ao recolher as fezes;