SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 9
Baixar para ler offline
Toxoplasmose
INTRODUÇÃO
• A toxoplasmose é uma doença infecciosa causada pelo
protozoário Toxoplasma gondii. Este protozoário é facilmente
encontrado na natureza e pode causar infecção em diversos
animais e em seres humanos.
• É uma doença geralmente assintomática, principalmente em
pacientes cuja imunidade é normal.
• Em indivíduos imunodeprimidos (com as defesas imunológicas
diminuídas) em decorrência de gestação, AIDS, doenças crônicas
ou transplantes pode ocorrer a manifestação de diversos
sintomas.
CAUSAS
• A doença também é adquirida por transmissão intrauterina da
gestante contaminada para o feto, por ingestão de carne de
animais infectados, contato com fezes, particularmente de
gatos, que geralmente estão presentes no solo em que o animal
transita.
SINTOMAS
Cerca de 10 % dos pacientes com imunidade normal
(imunocompetentes) apresentam sintomas, entre eles:
 aumento de gânglios linfáticos;
 febre;
 dores nos músculos e articulações.
Nos imunodeprimidos são sujeitos a manifestações
cerebrais, pulmonares, nos olhos e no coração.
DIAGNÓSTICO
• O diagnóstico é feito pelo exame de sangue, que detecta a
presença de anticorpos contra o Toxoplasma gondii.
• Este exame deve ser solicitado após coleta da história clínica e
exame físico, caso estes levem a uma suspeita do diagnóstico de
toxoplasmose.
TRATAMENTO
• Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é
fundamental para a indicação do melhor tratamento para cada
caso.
• Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação
aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.
• A necessidade e o tempo de tratamento da toxoplasmose são
determinados pelas manifestações, pelo local de acometimento e,
principalmente, pelo estado imunológico do paciente.
• Em geral, pacientes imunocompetentes e com comprometimento
ganglionar , não requerem tratamento específico. Apenas
analgésicos e antitérmicos para aliviar os sintomas.
• Gestante com infecção aguda exige tratamento diferenciado, com
vigilância intensiva e deve ser orientada quanto ao risco de
transmissão para o feto.
TRATAMENTO
PREVENÇÃO
Como a principal forma de contaminação é a via oral, a prevenção
deve ser feita evitando a ingestão de carnes cruas ou mal
cozidas, contato com fezes de gato e comer apenas vegetais e
frutas bem lavadas.
Procure sempre o seu médico.
Fontes:
Mayo Clinic. http://wwwmayoclinic.com.
Manual Merck, Biblioteca Online.
Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ)
Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados (20)

Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Leishmaniose
LeishmanioseLeishmaniose
Leishmaniose
 
Aula n° 6 toxoplasma
Aula n° 6   toxoplasmaAula n° 6   toxoplasma
Aula n° 6 toxoplasma
 
Tricomoníase
TricomoníaseTricomoníase
Tricomoníase
 
Toxoplasmose
Toxoplasmose Toxoplasmose
Toxoplasmose
 
Trichuris trichiura
Trichuris trichiuraTrichuris trichiura
Trichuris trichiura
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
Aula n° 4 leishmaniose
Aula n° 4   leishmanioseAula n° 4   leishmaniose
Aula n° 4 leishmaniose
 
Toxoplasmose
ToxoplasmoseToxoplasmose
Toxoplasmose
 
Parasitas
ParasitasParasitas
Parasitas
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
Ascaris lumbricoides
Ascaris lumbricoidesAscaris lumbricoides
Ascaris lumbricoides
 
Doença de Chagas
Doença de ChagasDoença de Chagas
Doença de Chagas
 
Toxoplasmose e a gravidez
Toxoplasmose e a gravidezToxoplasmose e a gravidez
Toxoplasmose e a gravidez
 
Parasitologia
ParasitologiaParasitologia
Parasitologia
 
Caso clínico leishmaniose visceral
Caso clínico leishmaniose visceralCaso clínico leishmaniose visceral
Caso clínico leishmaniose visceral
 
Trabalho de parasitologia: Toxoplasma gondii.
Trabalho de parasitologia: Toxoplasma gondii.Trabalho de parasitologia: Toxoplasma gondii.
Trabalho de parasitologia: Toxoplasma gondii.
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita Toxoplasmose congênita
Toxoplasmose congênita
 
Aula DoençA De Chagas
 Aula DoençA De Chagas Aula DoençA De Chagas
Aula DoençA De Chagas
 

Semelhante a Apresentação toxoplasmose

TOXOPLASMOSE.pptx
TOXOPLASMOSE.pptxTOXOPLASMOSE.pptx
TOXOPLASMOSE.pptxHudson46808
 
Aspectos gerais e características da Doença de Chagas
Aspectos gerais e características da Doença de ChagasAspectos gerais e características da Doença de Chagas
Aspectos gerais e características da Doença de ChagasDiegoOliveira520215
 
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose Enfº Ícaro Araújo
 
Sistema pancreático endócrino.pptx
Sistema pancreático endócrino.pptxSistema pancreático endócrino.pptx
Sistema pancreático endócrino.pptxAlanaFagundes
 
Esquema conceitual de imunologia
Esquema conceitual de imunologiaEsquema conceitual de imunologia
Esquema conceitual de imunologiaFranciskelly
 
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIOTuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIOIsmael Costa
 
Doencas em geral
Doencas em geralDoencas em geral
Doencas em geralescola
 
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...Pelo Siro
 
Citomegalovírus: Patologia
Citomegalovírus: PatologiaCitomegalovírus: Patologia
Citomegalovírus: PatologiaRaphael Machado
 

Semelhante a Apresentação toxoplasmose (20)

TOXOPLASMOSE.pptx
TOXOPLASMOSE.pptxTOXOPLASMOSE.pptx
TOXOPLASMOSE.pptx
 
Aspectos gerais e características da Doença de Chagas
Aspectos gerais e características da Doença de ChagasAspectos gerais e características da Doença de Chagas
Aspectos gerais e características da Doença de Chagas
 
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose
Doenças na Gestação - Rubéola e Toxoplasmose
 
Trabalho da feira da cultura centro oeste (801)
Trabalho da feira da cultura centro  oeste (801)Trabalho da feira da cultura centro  oeste (801)
Trabalho da feira da cultura centro oeste (801)
 
Sistema pancreático endócrino.pptx
Sistema pancreático endócrino.pptxSistema pancreático endócrino.pptx
Sistema pancreático endócrino.pptx
 
Esquema conceitual de imunologia
Esquema conceitual de imunologiaEsquema conceitual de imunologia
Esquema conceitual de imunologia
 
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIOTuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
Tuberculose, Hanseníase, Meningites - 2016 - UNIRIO
 
Viroses
VirosesViroses
Viroses
 
Doencas em geral
Doencas em geralDoencas em geral
Doencas em geral
 
Apresentação rubéola
Apresentação rubéolaApresentação rubéola
Apresentação rubéola
 
Apresentação rubéola
Apresentação rubéolaApresentação rubéola
Apresentação rubéola
 
Botulismo
BotulismoBotulismo
Botulismo
 
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
1188746976 saude reprodutiva-doencas_infecciosas_e_gravidez_orientacoes_tecni...
 
Apresentação pneumonia
Apresentação pneumoniaApresentação pneumonia
Apresentação pneumonia
 
Febre amarela
Febre amarelaFebre amarela
Febre amarela
 
Doença de chagas
Doença de chagasDoença de chagas
Doença de chagas
 
Apresentação mononucleose
Apresentação mononucleoseApresentação mononucleose
Apresentação mononucleose
 
Apresentação mononucleose
Apresentação mononucleoseApresentação mononucleose
Apresentação mononucleose
 
Apresentação pneumonia
Apresentação pneumoniaApresentação pneumonia
Apresentação pneumonia
 
Citomegalovírus: Patologia
Citomegalovírus: PatologiaCitomegalovírus: Patologia
Citomegalovírus: Patologia
 

Mais de Laboratório Sérgio Franco

Mais de Laboratório Sérgio Franco (20)

Mudamos!
Mudamos!Mudamos!
Mudamos!
 
Cancer de próstata
Cancer de próstataCancer de próstata
Cancer de próstata
 
Apresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profundaApresentação trombose venosa profunda
Apresentação trombose venosa profunda
 
Apresentação tétano
Apresentação tétanoApresentação tétano
Apresentação tétano
 
Apresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefróticaApresentação síndrome nefrótica
Apresentação síndrome nefrótica
 
Apresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólicaApresentação síndrome metabólica
Apresentação síndrome metabólica
 
Apresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgicaApresentação rinite alérgica
Apresentação rinite alérgica
 
Apresentação retocolite
Apresentação retocoliteApresentação retocolite
Apresentação retocolite
 
Apresentação miocardite
Apresentação miocarditeApresentação miocardite
Apresentação miocardite
 
Apresentação micose
Apresentação micoseApresentação micose
Apresentação micose
 
Apresentação miastenia
Apresentação miasteniaApresentação miastenia
Apresentação miastenia
 
Apresentação meningite
Apresentação meningiteApresentação meningite
Apresentação meningite
 
Apresentação lupus
Apresentação lupusApresentação lupus
Apresentação lupus
 
Apresentação leucemia
Apresentação leucemiaApresentação leucemia
Apresentação leucemia
 
Apresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônicaApresentação insuficiência renal crônica
Apresentação insuficiência renal crônica
 
Apresentação infarto
Apresentação infartoApresentação infarto
Apresentação infarto
 
Apresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringeApresentação hpv na laringe
Apresentação hpv na laringe
 
Apresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúriaApresentação homocistinúria
Apresentação homocistinúria
 
Apresentação hipertensão
Apresentação hipertensãoApresentação hipertensão
Apresentação hipertensão
 
Apresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemiaApresentação hipercolesterolemia
Apresentação hipercolesterolemia
 

Apresentação toxoplasmose

  • 2. INTRODUÇÃO • A toxoplasmose é uma doença infecciosa causada pelo protozoário Toxoplasma gondii. Este protozoário é facilmente encontrado na natureza e pode causar infecção em diversos animais e em seres humanos. • É uma doença geralmente assintomática, principalmente em pacientes cuja imunidade é normal. • Em indivíduos imunodeprimidos (com as defesas imunológicas diminuídas) em decorrência de gestação, AIDS, doenças crônicas ou transplantes pode ocorrer a manifestação de diversos sintomas.
  • 3. CAUSAS • A doença também é adquirida por transmissão intrauterina da gestante contaminada para o feto, por ingestão de carne de animais infectados, contato com fezes, particularmente de gatos, que geralmente estão presentes no solo em que o animal transita.
  • 4. SINTOMAS Cerca de 10 % dos pacientes com imunidade normal (imunocompetentes) apresentam sintomas, entre eles:  aumento de gânglios linfáticos;  febre;  dores nos músculos e articulações. Nos imunodeprimidos são sujeitos a manifestações cerebrais, pulmonares, nos olhos e no coração.
  • 5. DIAGNÓSTICO • O diagnóstico é feito pelo exame de sangue, que detecta a presença de anticorpos contra o Toxoplasma gondii. • Este exame deve ser solicitado após coleta da história clínica e exame físico, caso estes levem a uma suspeita do diagnóstico de toxoplasmose.
  • 6. TRATAMENTO • Procurar um médico aos primeiros sinais da doença é fundamental para a indicação do melhor tratamento para cada caso. • Somente o especialista poderá orientar o paciente em relação aos procedimentos adequados e ao uso de remédios.
  • 7. • A necessidade e o tempo de tratamento da toxoplasmose são determinados pelas manifestações, pelo local de acometimento e, principalmente, pelo estado imunológico do paciente. • Em geral, pacientes imunocompetentes e com comprometimento ganglionar , não requerem tratamento específico. Apenas analgésicos e antitérmicos para aliviar os sintomas. • Gestante com infecção aguda exige tratamento diferenciado, com vigilância intensiva e deve ser orientada quanto ao risco de transmissão para o feto. TRATAMENTO
  • 8. PREVENÇÃO Como a principal forma de contaminação é a via oral, a prevenção deve ser feita evitando a ingestão de carnes cruas ou mal cozidas, contato com fezes de gato e comer apenas vegetais e frutas bem lavadas.
  • 9. Procure sempre o seu médico. Fontes: Mayo Clinic. http://wwwmayoclinic.com. Manual Merck, Biblioteca Online. Editora médica: Dra. Anna Gabriela Fuks (615039-RJ) Jornalista responsável: Roberto Maggessi (31.250 RJ)