5 replanejamento 2013 simone1-avaliação diagnostica2

2.334 visualizações

Publicada em

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.334
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1.032
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
47
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

5 replanejamento 2013 simone1-avaliação diagnostica2

  1. 1. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica GOVERNO DO ESTADO DE SÃO PAULO SECRETARIA DE ESTADO DA EDUCAÇÃO DIRETORIA DE ENSINO – REGIÃO DE SÃO JOSÉ DOS CAMPOS 1 Avaliação Diagnóstica
  2. 2. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 2 Perfil profissional de todo educador: - Objetivos propostos em busca de resultados positivos para os alunos. A avaliação entendida como um processo contínuo. Necessidade: Ensinar os conteúdos de forma satisfatória.
  3. 3. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 3 O que identificamos – O que foi aprendido e este ou aquele aluno que não conseguiu atingir as expectativas esperadas. Necessidades - Rever técnicas, didáticas, metodologias de forma a atender a todos. Função da Avaliação – Verificar o processo de ensino x aprendizagem
  4. 4. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 4 Nesse momento, o ato de avaliar torna-se muito mais complexo, é preciso nortear e traçar suas metas, seu rumo ao objetivo almejado.
  5. 5. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 5 Qual o correto uso desse instrumento? Não pode ser: instrumento de punição, De classificação ... Deve ser vista: como análise de desempenho em relação ao processo ensino x aprendizagem. A V A L I A Ç Ã O A V A L I A Ç Ã O A primeira de todas... Avaliação diagnóstica Objetivo? avaliar o nível de conhecimento da turma em relação aos conteúdos já ministrados.
  6. 6. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 6 Identifica... •As habilidades já atingidas, •As dificuldades apresentadas, •O domínio dos pré-requisitos para a aquisição de novos conhecimentos... Avaliação Diagnóstica Quem aplica a avaliação diagnóstica? Todas as disciplinas! Pois esta deve ser o ponto de partida do plano de ensino. Deve fazer parte do trabalho de planejar e replanejar.
  7. 7. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 7 Ai então vou “ajustar meus passos”: •selecionar meus materiais, •Adequar ao currículo oficial e as competências para o ano série em questão, • considerar se as competências já desenvolvidas anteriormente foram atendidas, se não, retomar!
  8. 8. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 8 • Registro - Tabulação ou outra forma de registro que permita identificar as habilidades avaliadas e as dificuldades apresentadas. •Trabalho direcionado – o registro, me possibilita uma visão ampla das dificuldades apresentadas por cada classe e ainda das específicas de cada aluno. Mas depois da aplicação... O que fazer? Precisamos e podemos ir mais longe, para utilizar melhor esses resultados, então devemos considerar a importância do:
  9. 9. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 9 Importância do registro: análise x retomada/continuidade x comparar x verificar... A.D. GEOGRAFIA Q1 Q2 Q3 Q4 Q5 Q6 Q7 Total Nota 1. Ana Maria X X X X X X 6 8,6 2. Beatriz X X X 3 4,3 3. Carlos X 1 1,4 4. Denilson X X X X X X 6 8,6 Quais as habilidades solicitadas? Quais eram essas questões?
  10. 10. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 10 E agora? Após identificados e registrados os resultados da avaliação diagnóstica... como atuar? Não importa a disciplina avaliada, é preciso sempre: • Verificar as questões não dominadas e as possíveis causas, • retomar a habilidade, buscando novas estratégias, •Saber quais são os problemas da classe e quais são as dificuldades específicas de cada aluno, •Reavaliar >> reanalisar >> Ajustar o plano de ensino.
  11. 11. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 11 Este é um dos assunto de replanejamento: “Como atuar num grande trabalho em grupo a fim de atender as necessidades do aluno e os objetivos e metas da escola (SARESP, IDESP)?” Trabalho unificado com as demais disciplinas Buscar a aprendizagem “ampla” do aluno Desenvolver competências e habilidades
  12. 12. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 12 Precisamos criar na escola, a “cultura” da avaliação diagnóstica, como ocorreu com a AAP ao longo de um período e utilizarmo-nos de todos os seus recursos em busca do objetivo comum: efetiva aprendizagem do aluno. Fonte de pesquisa: http://educador.brasilescola.com/sugestoes-pais- professores/a-avaliacao-entendida-como-um-processo-continuo.htm
  13. 13. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 13
  14. 14. SECRETARIA DA EDUCAÇÃO Coordenadoria de Gestão da Educação Básica Slide 14 Aprendizagem do aluno Todo o restante são “ferramentas”... Que devem ser utilizadas em continuidade, que não podem ser descartadas, na intenção de atingir esse objetivo. Objetivo MGME

×