SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 13
Baixar para ler offline
OBJETIVOS:
•Eleger a observação de sala de aula como
estratégia para formação de professores.
•Adotar essa prática na rotina escolar, planejando
ações antes, durante e depois da observação.
•Diagnosticar necessidades dos professores no
ensino da competência leitora e escritora com a
contribuição desta ferramenta.
Das tarefas na escola com foco na
formação docente, você já pensou em
quais são as mais eficazes? Quais são as
ações na rotina escolar que objetivam a
reflexão da prática do professor?
Historicamente, a ação de observar a aula
tinha como função a fiscalização do
trabalho docente, distante de constituir-se
como uma estratégia para formação do
professor.
“Por sua própria especificidade, a observação
em sala de aula é a estratégia que mais
dados nos fornece para a intervenção junto
aos professores em processo de formação,
pois nela não se verifica o desenvolvimento
do trabalho exclusivamente no plano do
discurso falado ou escrito, mas
essencialmente no plano das interações,
atitudes, valores, objetivos e intervenções,
tendo, por isso um papel fundamental no
processo de transformação da prática.”
(SCARPA, 1998, p. 95)
Cada um de nós pode realizar
interpretações diferentes, dependendo de
como olhamos, do quanto olhamos e do
que conhecemos sobre o contexto da
imagem. Na observação da sala de aula,
não é diferente.
É necessário sempre planejar a
observação, tendo muito cuidado com a
interpretação que se faz da aula, a partir
das intervenções do professor, pois o
tempo de observação e o conhecimento
que já se tem sobre o professor ou seu
espaço de trabalho podem influenciar nos
resultados.
Algumas vezes vemos feedback aos
professores com interpretações
inadequadas, descaracterizando o
papel da observação de sala de aula.
Ao observar, deve-se lembrar que a
aula observada é um recorte de várias
situações que a antecederam e que é
preciso se distanciar dos valores,
preconceitos e subjetividade que
podem vir à tona no momento de
observação.
Uma imagem pode representar coisas
diferentes para cada indivíduo, pois cada
pessoa faz sua interpretação de acordo
com sua subjetividade e suas vivências.
Para que a observação da sala de aula
ocorra de forma eficaz, é necessário
planejar. Somente com um bom
planejamento esta ação será uma boa
estratégia para auxiliar os professores na
reflexão sobre sua prática. A este
procedimento chamaremos de Protocolo
de Observação.
Segundo Reis (2011), existem três
momentos da metodologia de
observação: antes, durante e depois, e
é um processo colaborativo entre gestor e
1- ANTES:
 Definir foco;
 Criar coletivamente o protocolo com indicadores;
 Planejar: dia, horário e como ocorrerá a entrada
em sala de aula.
2- DURANTE:
 Registrar as observações;
 Intervir com os alunos, se combinado antes;
 Atenção ao foco de observação.
3- DEPOIS:
 Feedback para os professores, escrito e
presencial;
 Socializar pontos fortes e fracos observados;
 Compartilhar sugestões para as próximas aulas.
Devemos realizar a observação com
cuidado para não corrermos o risco dos
professores acharem que é mais uma
forma de fiscalizá-los e vigiá-los.
Os professores devem entender que a
observação existe para maximizar o
seu próprio potencial em sala de aula.
Embora a observação deva se dar em todas as
áreas do conhecimento, neste momento serão
observados apenas os professores de Matemática e
Língua Portuguesa do Ensino Fundamental II que
também estão participando desta formação: Melhor
Gestão, Melhor Ensino.
A observação é responsabilidade do Professor
Coordenador, mas que deve ser compartilhada com
o resto da equipe gestora, inclusive com você, para
definir as melhores estratégias para o dia a dia dos
professores.
O seu papel na formação da equipe gestora é
essencial! Com qual periodicidade você pode se
reunir com eles para acompanhar e discutir a
repercussão das ações?
Então, como conseguir isso?
1. Dialogando:
Os gestores devem conversar com toda a equipe,
esclarecendo que o objetivo é montar uma pauta
de apoio aos professores, a partir das
necessidades de ensino e conhecer boas práticas
que podem ser compartilhadas com o corpo
docente.
2. Focando:
É interessante eleger o foco de observação a partir
do trabalho ou tema que já estão trabalhando nas
reuniões coletivas na escola. Por exemplo, se
estão trabalhando como envolver a leitura e
escrita em todas as áreas do conhecimento, esse
deve ser o foco da observação das aulas.
Os gestores podem elaborar o protocolo de
observação junto com os professores.
Assim, os docentes se sentirão mais
confortáveis e comprometidos para vivenciar
o processo.
Perguntas que podem ajudar na organização
dessa rotina na escola:
Para a formação da equipe gestora:
 Como organizarão o espaço para
acompanhar esse processo?
 Que estratégias utilizarão para a formação
da equipe gestora?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaClaudia Elisabete Silva
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolarAnanda Lima
 
Pauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aulaPauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aulaGelson Rocha
 
PPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores CoordenadoresPPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores CoordenadoresGiani de Cássia Santana
 
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasMarily Oliveira
 
OBSERVAÇÃO SALA DE AULA_ METODOLOGIAS ATIVAS_ OFICINA_FINAL 2022 (1).pptx
OBSERVAÇÃO SALA DE AULA_ METODOLOGIAS ATIVAS_ OFICINA_FINAL 2022 (1).pptxOBSERVAÇÃO SALA DE AULA_ METODOLOGIAS ATIVAS_ OFICINA_FINAL 2022 (1).pptx
OBSERVAÇÃO SALA DE AULA_ METODOLOGIAS ATIVAS_ OFICINA_FINAL 2022 (1).pptxDANIELEAGNERBEDIN
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Ricardo Silva
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Joao Balbi
 
Ações do professor coordenador
Ações do professor coordenadorAções do professor coordenador
Ações do professor coordenadorsitedcoeste
 
Conselho de classe - slides
Conselho de classe - slidesConselho de classe - slides
Conselho de classe - slidesLuziete Leite
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolarJoao Balbi
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOEdlauva Santos
 

Mais procurados (20)

Gestão de sala de aula
Gestão de sala de aulaGestão de sala de aula
Gestão de sala de aula
 
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de AulaATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
ATPC Como Espaço de Formação - Gestão da Sala de Aula
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
Conselho de classe
Conselho de classeConselho de classe
Conselho de classe
 
Pauta
PautaPauta
Pauta
 
Pauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aulaPauta formativa e observação sala de aula
Pauta formativa e observação sala de aula
 
PPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores CoordenadoresPPT encontro com Professores Coordenadores
PPT encontro com Professores Coordenadores
 
Planejamento pedagógico
Planejamento pedagógicoPlanejamento pedagógico
Planejamento pedagógico
 
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
 
OBSERVAÇÃO SALA DE AULA_ METODOLOGIAS ATIVAS_ OFICINA_FINAL 2022 (1).pptx
OBSERVAÇÃO SALA DE AULA_ METODOLOGIAS ATIVAS_ OFICINA_FINAL 2022 (1).pptxOBSERVAÇÃO SALA DE AULA_ METODOLOGIAS ATIVAS_ OFICINA_FINAL 2022 (1).pptx
OBSERVAÇÃO SALA DE AULA_ METODOLOGIAS ATIVAS_ OFICINA_FINAL 2022 (1).pptx
 
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
Aula nota 10 - 49 técnicas para ser um professor nota 10
 
Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2Planejamento e ação docente 2
Planejamento e ação docente 2
 
Pei slides programa de acao
Pei slides programa de acaoPei slides programa de acao
Pei slides programa de acao
 
Ações do professor coordenador
Ações do professor coordenadorAções do professor coordenador
Ações do professor coordenador
 
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
Plano de ação pedagógica 2009   anandreiaPlano de ação pedagógica 2009   anandreia
Plano de ação pedagógica 2009 anandreia
 
Conselho de classe - slides
Conselho de classe - slidesConselho de classe - slides
Conselho de classe - slides
 
Planejamento escolar
Planejamento escolarPlanejamento escolar
Planejamento escolar
 
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃOINSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
INSTRUMENTOS E CRITÉRIOS DE AVALIAÇÃO
 
Aprendizagem significativa 1
Aprendizagem significativa   1Aprendizagem significativa   1
Aprendizagem significativa 1
 
Rotina escolar
Rotina escolarRotina escolar
Rotina escolar
 

Destaque

Observação da sala de aula - Roteiro de obervação
Observação da sala de aula - Roteiro de obervaçãoObservação da sala de aula - Roteiro de obervação
Observação da sala de aula - Roteiro de obervaçãositedcoeste
 
Observacao coordenador-sala-de-aula
Observacao coordenador-sala-de-aulaObservacao coordenador-sala-de-aula
Observacao coordenador-sala-de-aulaCremilda Carmem
 
Observação sala de aula pedro reis
Observação sala de aula pedro reisObservação sala de aula pedro reis
Observação sala de aula pedro reissitedcoeste
 
Observação de sala de aula
Observação de sala de aulaObservação de sala de aula
Observação de sala de aulaClaudio Ribeiro
 
Observação de aulas em parceria - uma experiência de formação
Observação de aulas em parceria - uma experiência de formação Observação de aulas em parceria - uma experiência de formação
Observação de aulas em parceria - uma experiência de formação Alexandra Carneiro
 
Ficha de avaliação (professor)
Ficha de avaliação (professor)Ficha de avaliação (professor)
Ficha de avaliação (professor)Péricles Penuel
 
Fichas Registo Observacao Coordenador (Documento de Trabalho)
Fichas Registo Observacao Coordenador (Documento de Trabalho)Fichas Registo Observacao Coordenador (Documento de Trabalho)
Fichas Registo Observacao Coordenador (Documento de Trabalho)Maria André
 
Pesquisa de observação
Pesquisa de observaçãoPesquisa de observação
Pesquisa de observaçãoLuciane Chiodi
 
A observação como técnica científica de coleta e análise de dados
A observação como técnica científica de coleta e análise de dadosA observação como técnica científica de coleta e análise de dados
A observação como técnica científica de coleta e análise de dadosPaulinha2011
 
Ficha auto-avaliacao
Ficha auto-avaliacaoFicha auto-avaliacao
Ficha auto-avaliacaoRute Almeida
 
Material auto avaliação ct
Material auto avaliação ctMaterial auto avaliação ct
Material auto avaliação ctImpactto Cursos
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observaçãoArte Tecnologia
 
ppt curso II
ppt curso IIppt curso II
ppt curso IIMa Ferale
 
Grupo de Referencia São Carlos
Grupo de Referencia  São CarlosGrupo de Referencia  São Carlos
Grupo de Referencia São Carloscamilaperez25
 
Estratégias - Araraquara
Estratégias - AraraquaraEstratégias - Araraquara
Estratégias - Araraquaracamilaperez25
 
Os movimentos sociais contemporâneos formatado revisado-20-5-2014-final
Os movimentos sociais contemporâneos formatado revisado-20-5-2014-finalOs movimentos sociais contemporâneos formatado revisado-20-5-2014-final
Os movimentos sociais contemporâneos formatado revisado-20-5-2014-finalRosane Domingues
 

Destaque (20)

Observação da sala de aula - Roteiro de obervação
Observação da sala de aula - Roteiro de obervaçãoObservação da sala de aula - Roteiro de obervação
Observação da sala de aula - Roteiro de obervação
 
Observacao coordenador-sala-de-aula
Observacao coordenador-sala-de-aulaObservacao coordenador-sala-de-aula
Observacao coordenador-sala-de-aula
 
Observação sala de aula pedro reis
Observação sala de aula pedro reisObservação sala de aula pedro reis
Observação sala de aula pedro reis
 
Observação de sala de aula
Observação de sala de aulaObservação de sala de aula
Observação de sala de aula
 
Observação de aulas em parceria - uma experiência de formação
Observação de aulas em parceria - uma experiência de formação Observação de aulas em parceria - uma experiência de formação
Observação de aulas em parceria - uma experiência de formação
 
Ficha de avaliação (professor)
Ficha de avaliação (professor)Ficha de avaliação (professor)
Ficha de avaliação (professor)
 
Fichas Registo Observacao Coordenador (Documento de Trabalho)
Fichas Registo Observacao Coordenador (Documento de Trabalho)Fichas Registo Observacao Coordenador (Documento de Trabalho)
Fichas Registo Observacao Coordenador (Documento de Trabalho)
 
Observação
ObservaçãoObservação
Observação
 
Pesquisa de observação
Pesquisa de observaçãoPesquisa de observação
Pesquisa de observação
 
A observação como técnica científica de coleta e análise de dados
A observação como técnica científica de coleta e análise de dadosA observação como técnica científica de coleta e análise de dados
A observação como técnica científica de coleta e análise de dados
 
02 - Observacao
02 - Observacao02 - Observacao
02 - Observacao
 
Ficha auto-avaliacao
Ficha auto-avaliacaoFicha auto-avaliacao
Ficha auto-avaliacao
 
Material auto avaliação ct
Material auto avaliação ctMaterial auto avaliação ct
Material auto avaliação ct
 
Relatório de observação
Relatório de observaçãoRelatório de observação
Relatório de observação
 
ppt curso II
ppt curso IIppt curso II
ppt curso II
 
Grupo de Referencia São Carlos
Grupo de Referencia  São CarlosGrupo de Referencia  São Carlos
Grupo de Referencia São Carlos
 
Estratégias - Araraquara
Estratégias - AraraquaraEstratégias - Araraquara
Estratégias - Araraquara
 
Os movimentos sociais contemporâneos formatado revisado-20-5-2014-final
Os movimentos sociais contemporâneos formatado revisado-20-5-2014-finalOs movimentos sociais contemporâneos formatado revisado-20-5-2014-final
Os movimentos sociais contemporâneos formatado revisado-20-5-2014-final
 
Grelh Aa
Grelh AaGrelh Aa
Grelh Aa
 
Formação ppt ane
Formação ppt aneFormação ppt ane
Formação ppt ane
 

Semelhante a Observacao sala aula

IDESP - Intervenção - Observação Sala de Aula
IDESP - Intervenção - Observação Sala de AulaIDESP - Intervenção - Observação Sala de Aula
IDESP - Intervenção - Observação Sala de Aulasitedcoeste
 
TURTORIA ESCOLA PROGRAMA TEMPO INTEGRAL I
TURTORIA ESCOLA PROGRAMA TEMPO INTEGRAL ITURTORIA ESCOLA PROGRAMA TEMPO INTEGRAL I
TURTORIA ESCOLA PROGRAMA TEMPO INTEGRAL Issuser7f18d8
 
documento-orientador-protocolo-de-observao-em-sala-de-aula.pdf
documento-orientador-protocolo-de-observao-em-sala-de-aula.pdfdocumento-orientador-protocolo-de-observao-em-sala-de-aula.pdf
documento-orientador-protocolo-de-observao-em-sala-de-aula.pdfAparecidadeArajoSilv
 
Observação de aula desafios
Observação de aula desafiosObservação de aula desafios
Observação de aula desafiosSolangedme
 
Classroom observation
Classroom observationClassroom observation
Classroom observationAndreia121
 
ATPCG - PAUTA 28 04 2023.pptx
ATPCG - PAUTA 28 04 2023.pptxATPCG - PAUTA 28 04 2023.pptx
ATPCG - PAUTA 28 04 2023.pptxSheilaSilverio3
 
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática PedagógicaReflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática PedagógicaLuluroque
 
A atuação do coordenador pedagógico
A atuação do coordenador pedagógicoA atuação do coordenador pedagógico
A atuação do coordenador pedagógicoIvaneide B S
 
Aula 2 didatica do ensino supeior copia
Aula 2 didatica do ensino supeior   copiaAula 2 didatica do ensino supeior   copia
Aula 2 didatica do ensino supeior copiaMarluce Filipe
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Magda Marques
 
Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticosmarisa liotti
 
Apresentação 2 planejamento
Apresentação 2   planejamentoApresentação 2   planejamento
Apresentação 2 planejamentoLídia Lourinho
 
9. as formas de planejar do professor
9. as formas de planejar do professor9. as formas de planejar do professor
9. as formas de planejar do professorClaudio Lima
 

Semelhante a Observacao sala aula (20)

dicas pedagogicadddddds ntppddddddds.pptx
dicas pedagogicadddddds ntppddddddds.pptxdicas pedagogicadddddds ntppddddddds.pptx
dicas pedagogicadddddds ntppddddddds.pptx
 
IDESP - Intervenção - Observação Sala de Aula
IDESP - Intervenção - Observação Sala de AulaIDESP - Intervenção - Observação Sala de Aula
IDESP - Intervenção - Observação Sala de Aula
 
Formação
FormaçãoFormação
Formação
 
TURTORIA ESCOLA PROGRAMA TEMPO INTEGRAL I
TURTORIA ESCOLA PROGRAMA TEMPO INTEGRAL ITURTORIA ESCOLA PROGRAMA TEMPO INTEGRAL I
TURTORIA ESCOLA PROGRAMA TEMPO INTEGRAL I
 
documento-orientador-protocolo-de-observao-em-sala-de-aula.pdf
documento-orientador-protocolo-de-observao-em-sala-de-aula.pdfdocumento-orientador-protocolo-de-observao-em-sala-de-aula.pdf
documento-orientador-protocolo-de-observao-em-sala-de-aula.pdf
 
Observação de aula desafios
Observação de aula desafiosObservação de aula desafios
Observação de aula desafios
 
Classroom observation
Classroom observationClassroom observation
Classroom observation
 
Feedback
FeedbackFeedback
Feedback
 
Formador de formadores
Formador de formadoresFormador de formadores
Formador de formadores
 
Formador de formadores
Formador de formadoresFormador de formadores
Formador de formadores
 
ATPCG - PAUTA 28 04 2023.pptx
ATPCG - PAUTA 28 04 2023.pptxATPCG - PAUTA 28 04 2023.pptx
ATPCG - PAUTA 28 04 2023.pptx
 
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática PedagógicaReflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
 
A atuação do coordenador pedagógico
A atuação do coordenador pedagógicoA atuação do coordenador pedagógico
A atuação do coordenador pedagógico
 
Aula 2 didatica do ensino supeior copia
Aula 2 didatica do ensino supeior   copiaAula 2 didatica do ensino supeior   copia
Aula 2 didatica do ensino supeior copia
 
Modulo 3
Modulo 3Modulo 3
Modulo 3
 
Minuta Projeto
Minuta ProjetoMinuta Projeto
Minuta Projeto
 
Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.Formação continuada de professores.
Formação continuada de professores.
 
Os projetos didáticos
Os projetos didáticosOs projetos didáticos
Os projetos didáticos
 
Apresentação 2 planejamento
Apresentação 2   planejamentoApresentação 2   planejamento
Apresentação 2 planejamento
 
9. as formas de planejar do professor
9. as formas de planejar do professor9. as formas de planejar do professor
9. as formas de planejar do professor
 

Mais de diretoriabragpta

Semana de diversidade sexual
Semana de diversidade sexualSemana de diversidade sexual
Semana de diversidade sexualdiretoriabragpta
 
Material da reunião dir ii crh
Material da reunião dir ii crhMaterial da reunião dir ii crh
Material da reunião dir ii crhdiretoriabragpta
 
Site ot língua_portuguesa_daniel
Site ot língua_portuguesa_danielSite ot língua_portuguesa_daniel
Site ot língua_portuguesa_danieldiretoriabragpta
 
Apresentação resolução 69-2013_-_ensino_médio[2]
Apresentação resolução 69-2013_-_ensino_médio[2]Apresentação resolução 69-2013_-_ensino_médio[2]
Apresentação resolução 69-2013_-_ensino_médio[2]diretoriabragpta
 
Orientação Técnica de 23/08/2013
Orientação Técnica de 23/08/2013Orientação Técnica de 23/08/2013
Orientação Técnica de 23/08/2013diretoriabragpta
 
Replanejamento 2013.ppt [salvo automaticamente]
Replanejamento  2013.ppt [salvo automaticamente]Replanejamento  2013.ppt [salvo automaticamente]
Replanejamento 2013.ppt [salvo automaticamente]diretoriabragpta
 
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013diretoriabragpta
 
Verificações censo escolar2012_orientaçãotec
Verificações censo escolar2012_orientaçãotecVerificações censo escolar2012_orientaçãotec
Verificações censo escolar2012_orientaçãotecdiretoriabragpta
 
Verificações censo escolar2012_orientaçãotec
Verificações censo escolar2012_orientaçãotecVerificações censo escolar2012_orientaçãotec
Verificações censo escolar2012_orientaçãotecdiretoriabragpta
 

Mais de diretoriabragpta (20)

Calendário escolar 2015
Calendário escolar 2015Calendário escolar 2015
Calendário escolar 2015
 
Apres res se 73 14.ppt
Apres res se 73 14.pptApres res se 73 14.ppt
Apres res se 73 14.ppt
 
Semana de diversidade sexual
Semana de diversidade sexualSemana de diversidade sexual
Semana de diversidade sexual
 
Sara tutorial
Sara   tutorial Sara   tutorial
Sara tutorial
 
Gabaritos aap
Gabaritos aapGabaritos aap
Gabaritos aap
 
Sara tutorial
Sara   tutorial Sara   tutorial
Sara tutorial
 
Material da reunião dir ii crh
Material da reunião dir ii crhMaterial da reunião dir ii crh
Material da reunião dir ii crh
 
Cartão salim (4)
Cartão salim (4)Cartão salim (4)
Cartão salim (4)
 
Site ot língua_portuguesa_daniel
Site ot língua_portuguesa_danielSite ot língua_portuguesa_daniel
Site ot língua_portuguesa_daniel
 
Apresentação resolução 69-2013_-_ensino_médio[2]
Apresentação resolução 69-2013_-_ensino_médio[2]Apresentação resolução 69-2013_-_ensino_médio[2]
Apresentação resolução 69-2013_-_ensino_médio[2]
 
Ot 2013
Ot 2013Ot 2013
Ot 2013
 
Ot química
Ot químicaOt química
Ot química
 
Orientação Técnica de 23/08/2013
Orientação Técnica de 23/08/2013Orientação Técnica de 23/08/2013
Orientação Técnica de 23/08/2013
 
Manual pericia medica[1]
Manual pericia medica[1]Manual pericia medica[1]
Manual pericia medica[1]
 
Replanejamento 2013.ppt [salvo automaticamente]
Replanejamento  2013.ppt [salvo automaticamente]Replanejamento  2013.ppt [salvo automaticamente]
Replanejamento 2013.ppt [salvo automaticamente]
 
Ot replanejamento pc
Ot replanejamento pcOt replanejamento pc
Ot replanejamento pc
 
Ot pc replanejamento
Ot pc replanejamentoOt pc replanejamento
Ot pc replanejamento
 
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013Avaliação da aprendizagem em processo  (aap) julho 2013
Avaliação da aprendizagem em processo (aap) julho 2013
 
Verificações censo escolar2012_orientaçãotec
Verificações censo escolar2012_orientaçãotecVerificações censo escolar2012_orientaçãotec
Verificações censo escolar2012_orientaçãotec
 
Verificações censo escolar2012_orientaçãotec
Verificações censo escolar2012_orientaçãotecVerificações censo escolar2012_orientaçãotec
Verificações censo escolar2012_orientaçãotec
 

Observacao sala aula

  • 1.
  • 2. OBJETIVOS: •Eleger a observação de sala de aula como estratégia para formação de professores. •Adotar essa prática na rotina escolar, planejando ações antes, durante e depois da observação. •Diagnosticar necessidades dos professores no ensino da competência leitora e escritora com a contribuição desta ferramenta.
  • 3. Das tarefas na escola com foco na formação docente, você já pensou em quais são as mais eficazes? Quais são as ações na rotina escolar que objetivam a reflexão da prática do professor? Historicamente, a ação de observar a aula tinha como função a fiscalização do trabalho docente, distante de constituir-se como uma estratégia para formação do professor.
  • 4. “Por sua própria especificidade, a observação em sala de aula é a estratégia que mais dados nos fornece para a intervenção junto aos professores em processo de formação, pois nela não se verifica o desenvolvimento do trabalho exclusivamente no plano do discurso falado ou escrito, mas essencialmente no plano das interações, atitudes, valores, objetivos e intervenções, tendo, por isso um papel fundamental no processo de transformação da prática.” (SCARPA, 1998, p. 95)
  • 5. Cada um de nós pode realizar interpretações diferentes, dependendo de como olhamos, do quanto olhamos e do que conhecemos sobre o contexto da imagem. Na observação da sala de aula, não é diferente. É necessário sempre planejar a observação, tendo muito cuidado com a interpretação que se faz da aula, a partir das intervenções do professor, pois o tempo de observação e o conhecimento que já se tem sobre o professor ou seu espaço de trabalho podem influenciar nos resultados.
  • 6. Algumas vezes vemos feedback aos professores com interpretações inadequadas, descaracterizando o papel da observação de sala de aula. Ao observar, deve-se lembrar que a aula observada é um recorte de várias situações que a antecederam e que é preciso se distanciar dos valores, preconceitos e subjetividade que podem vir à tona no momento de observação.
  • 7. Uma imagem pode representar coisas diferentes para cada indivíduo, pois cada pessoa faz sua interpretação de acordo com sua subjetividade e suas vivências.
  • 8. Para que a observação da sala de aula ocorra de forma eficaz, é necessário planejar. Somente com um bom planejamento esta ação será uma boa estratégia para auxiliar os professores na reflexão sobre sua prática. A este procedimento chamaremos de Protocolo de Observação. Segundo Reis (2011), existem três momentos da metodologia de observação: antes, durante e depois, e é um processo colaborativo entre gestor e
  • 9. 1- ANTES:  Definir foco;  Criar coletivamente o protocolo com indicadores;  Planejar: dia, horário e como ocorrerá a entrada em sala de aula. 2- DURANTE:  Registrar as observações;  Intervir com os alunos, se combinado antes;  Atenção ao foco de observação. 3- DEPOIS:  Feedback para os professores, escrito e presencial;  Socializar pontos fortes e fracos observados;  Compartilhar sugestões para as próximas aulas.
  • 10. Devemos realizar a observação com cuidado para não corrermos o risco dos professores acharem que é mais uma forma de fiscalizá-los e vigiá-los. Os professores devem entender que a observação existe para maximizar o seu próprio potencial em sala de aula.
  • 11. Embora a observação deva se dar em todas as áreas do conhecimento, neste momento serão observados apenas os professores de Matemática e Língua Portuguesa do Ensino Fundamental II que também estão participando desta formação: Melhor Gestão, Melhor Ensino. A observação é responsabilidade do Professor Coordenador, mas que deve ser compartilhada com o resto da equipe gestora, inclusive com você, para definir as melhores estratégias para o dia a dia dos professores. O seu papel na formação da equipe gestora é essencial! Com qual periodicidade você pode se reunir com eles para acompanhar e discutir a repercussão das ações?
  • 12. Então, como conseguir isso? 1. Dialogando: Os gestores devem conversar com toda a equipe, esclarecendo que o objetivo é montar uma pauta de apoio aos professores, a partir das necessidades de ensino e conhecer boas práticas que podem ser compartilhadas com o corpo docente. 2. Focando: É interessante eleger o foco de observação a partir do trabalho ou tema que já estão trabalhando nas reuniões coletivas na escola. Por exemplo, se estão trabalhando como envolver a leitura e escrita em todas as áreas do conhecimento, esse deve ser o foco da observação das aulas.
  • 13. Os gestores podem elaborar o protocolo de observação junto com os professores. Assim, os docentes se sentirão mais confortáveis e comprometidos para vivenciar o processo. Perguntas que podem ajudar na organização dessa rotina na escola: Para a formação da equipe gestora:  Como organizarão o espaço para acompanhar esse processo?  Que estratégias utilizarão para a formação da equipe gestora?