O slideshow foi denunciado.
Seu SlideShare está sendo baixado. ×

Plano de aula seminario

Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Anúncio
Próximos SlideShares
A importancia do plano de aula
A importancia do plano de aula
Carregando em…3
×

Confira estes a seguir

1 de 13 Anúncio
Anúncio

Mais Conteúdo rRelacionado

Diapositivos para si (20)

Semelhante a Plano de aula seminario (20)

Anúncio

Plano de aula seminario

  1. 1. Metodologia do Ensino Superior Planejamento de Aula Sua importância e aplicação Grupo: Danielle Paganoto Nubia Alves Priscila Souza Tatiane Monteiro
  2. 2. O que é Planejamento? • Segundo o "Aurélio", planejamento é o ato ou efeito de planejar. É o processo que leva ao estabelecimento de um conjunto coordenado de ações, visando à consecução de determinados objetivos. Planejar é elaborar um roteiro de ações para se atingir um determinado fim.
  3. 3. Planejamento Escolar • Segundo Libâneo (1994) é: “Um processo de racionalização, organização e coordenação da ação docente, articulando a atividade escolar e a problemática do contexto social”.
  4. 4. Planejamento ou Plano de Aula • O plano de aula funciona como um instrumento no qual o professor aborda de forma detalhada as atividades que pretende executar dentro da sala de aula, assim como a relação dos meios que ele utilizará para realização das mesmas. É uma previsão de tudo o que será feito dentro de classe em um período determinado.
  5. 5. Importância: •  Possibilita ao professor, manter a articulação da disciplina como um todo pela relação com o plano de ensino; • Permite uma auto-avaliação da aula ou uma avaliação cooperativa para orientar decisões futuras; • Proporciona uma permanente atitude reflexiva do professor para recriar e redirecionar ações sempre que novos interesses e necessidades imprevistas surgirem;
  6. 6. • Como resultado do processo de planejamento, permite ao professor distanciar-se de sua prática, sistematizá-la e tornar mais conscientes as opções para a organização da aula; • O plano documenta a experiência em suas intenções iniciais e permite o retorno a ela após o vivido para sua avaliação.
  7. 7. Características de um bom Plano de Aula • COERÊNCIA: as atividades planejadas devem manter perfeita coesão entre si de modo que não se dispersem em distintas direções, de sua unidade e correlação dependerá o alcance dos objetivos propostos. • SEQÜÊNCIA: deve existir uma linha ininterrupta que integre gradualmente as distintas atividades desde a primeira até a ultima de modo que nada fique jogado ao acaso.
  8. 8. • FLEXIBILIDADE: é outro pré-requisito importante que permite a inserção sobre a marcha de temas ocasionais, sub-temas não previstos e questões que enriqueçam os conteúdos por desenvolver, bem como permitir alteração, de acordo com as necessidades ou interesses dos alunos. • PRECISÃO E OBJETIVIDADE: os enunciados devem ser claros, precisos, objetivos e sintaticamente impecáveis. As indicações não podem ser objetos de dupla interpretação, as sugestões devem ser inequívocas.
  9. 9. Passo a passo • 1º Passo: Definir o objetivo • Definir as competências a serem desenvolvidas nos alunos. É a descrição clara do que se pretende alcançar como resultado da atividade. • 2º Passo: Definir o conteúdo • O ponto de partida é o conteúdo da aula. A sua escolha terá de ser de acordo com as necessidades didáticas da turma.
  10. 10. • 3º Passo: Problematização • A aula poderá ser introduzida através de uma situação-problema: o professor coloca um desafio frente aos alunos, para excitar sua curiosidade, incita-lhes a pensar, a procurar a solução. • 4º Passo: Metodologia (Citar qual estratégia ser utilizada na aula que conduza ao objetivo definido) • A definição da estratégia está relacionada com o desenvolvimento dos alunos.
  11. 11. • 5º Passo: Recursos (Pesquisar textos e material) • A ideia para uma aula, sobretudo, recomenda- se que o professor, na medida do possível, construa o seu próprio material de pesquisa, com recortes de jornais e revistas, livros, vídeos e outros. • 6º Passo: Avaliar a Aula • Avaliação é o processo pelo qual se determina o grau e a quantidade de resultados alcançados em relação aos objetivos, considerando o contexto das condições em que o trabalho foi desenvolvido.
  12. 12. “Precisamos distinguir a flexibilidade de frouxidão: é certo que o projeto não pode se tornar uma camisa de força, obrigando o professor a realizá-lo mesmo que as circunstâncias tenham mudado radicalmente, mas isto também não pode significar que por qualquer coisa o professor estará desprezando o que foi planejado.” Vasconcellos (2000)
  13. 13. Referências • <http://www.udemo.org.br/RevistaPP_01_01Planejamento.htm>, acesso em 23 de julho de 2012. • <http://portaldoprofessor.mec.gov.br/conteudoJornal.html? idConteudo=130>, acesso em 23 de julho de 2012. • <http://www.uems.br/na/discursividade/Arquivos/edicao04/pdf/05.pdf>, acesso em 23 de julho de 2012. • COARACY, Joana. O planejamento como processo. Revista Educação. 4º Ed., Brasília. 1972. • CUNHA, Maria Isabel: O bom professor e sua prática. Campinas, São Paulo, Papirus, 1989. • VASCONCELLOS, Celso dos S: Planejamento Projeto de Ensino- Aprendizagem e Projeto Político-Pedagógico Ladermos Libertad-1. 7º Ed. São Paulo, 2000.

×