Treinamento

12.303 visualizações

Publicada em

Publicada em: Educação, Negócios
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
12.303
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
1
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
267
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Treinamento

  1. 1. Processo do Treinamento O Treinamento é um processo cíclico, contínuo e de interação. Composto de 5 etapas, a saber: 1 - Diagnóstico 2 - Planejamento 3 - Programação 4 - Execução 5 - Avaliação
  2. 2. Boas e Más Notícias sobre Treinamento <ul><li>A revista Business Week: 500 empresas americanas gastaram 44 bilhões em treinamento ( 1997). </li></ul><ul><li>A revista Exame: 500 maiores empresas brasileiras gastaram na mesma época, 650 milhões de dólares. </li></ul><ul><li>O investimento per capita no treinamento de executivos vem crescendo, segundo Saratoga Institute: 1995- R$900,00 1996 - R$1.300,00 1997 - R$1.860,00 </li></ul><ul><li>Desperdício de Investimentos ( Treinamento comportamental) sem foco. </li></ul><ul><li>Programas de treinamento distanciados das estratégias organizacionais. </li></ul><ul><li>Excesso de teoria. </li></ul><ul><li>Falta de cultura interna ao aprendizado </li></ul><ul><li>Necessidade de participação da cúpula no conteúdo. </li></ul>
  3. 3. Diagnóstico <ul><li>O diagnóstico visa à satisfação das necessidades, que podem ter origem nos seguintes itens: </li></ul><ul><li>Objetivos da organização </li></ul><ul><li>Competências necessárias </li></ul><ul><li>Problemas de produção </li></ul><ul><li>Problemas de pessoal </li></ul><ul><li>Resultados da avaliação de desempenho. </li></ul>
  4. 4. Diagnóstico das Necessidades <ul><li>“ As necessidades nem sempre são muito claras e precisam ser diagnosticadas a partir de levantamentos e pesquisas internas. Necessidades de treinamento são as carências do preparo profissional das pessoas, ou seja, a diferença entre o que uma pessoa deveria saber e fazer e aquilo que ela realmente sabe e faz. Significam um descompasso entre o que deveria ser e o que realmente é.” </li></ul>
  5. 5. Métodos de levantamento de necessidades <ul><li>Avaliação do processo produtivo (produtos rejeitados, pontos fracos). </li></ul><ul><li>Retroação direta(informação, habilidade, atitudes). </li></ul><ul><li>Visão de futuro. </li></ul><ul><li>Desenvolvimento de produtos e serviços </li></ul>
  6. 6. Levantamento de necessidades de treinamento <ul><li>Análise organizacional (verificar aspectos de missão, visão e objetivos estratégicos) </li></ul><ul><li>Análise dos recursos humanos ( contribuição para o alcance dos objetivos estratégicos) </li></ul><ul><li>Análise da estrutura de cargos ( habilidades, destrezas e competências) </li></ul><ul><li>Análise do treinamento (objetivos e metas para obter eficiência e eficácia) </li></ul>
  7. 7. Indicadores de necessidades de treinamento <ul><li>A Priori </li></ul><ul><li>Expansão da empresa </li></ul><ul><li>Redução de pessoal </li></ul><ul><li>Mudança de métodos e processos de trabalho </li></ul><ul><li>Substituição, mudança de pessoal, faltas, licenças e férias. </li></ul><ul><li>Produção e comercialização de novos produtos ou serviços. </li></ul><ul><li>A Posteriori </li></ul><ul><li>Baixa qualidade, produtividade e avarias freqüentes. </li></ul><ul><li>Comunicação deficiente. </li></ul><ul><li>Elevado numero de acidentes no trabalho. </li></ul><ul><li>Mau aproveitamento de recursos </li></ul><ul><li>Relações interpessoais deficientes </li></ul><ul><li>Mau atendimento ao cliente, excessos de queixas, falta de cooperação. </li></ul>
  8. 8. Planejamento <ul><li>Neste momento acontece o planejamento das ações de treinamento. Ao se programar o treinamento, torna-se necessário se definir seis itens, a fim de se atingir os objetivos do treinamento. </li></ul><ul><li>Deve ser respondidas as seguintes perguntas sobre o treinamento: </li></ul><ul><li>Como </li></ul><ul><li>Em que </li></ul><ul><li>Por quem </li></ul><ul><li>Onde e </li></ul><ul><li>Quando. </li></ul>
  9. 9. Treinamento e Tecnologia <ul><li>Recursos audiovisuais </li></ul><ul><li>Teleconferência </li></ul><ul><li>Comunicações eletrônicas </li></ul><ul><li>Correio eletrônico </li></ul><ul><li>Tecnologia de multimídia </li></ul>
  10. 10. Planejamento <ul><li>Definições sobre o curso do treinamento são tomadas, a saber: </li></ul><ul><li>Caracterização da população-alvo </li></ul><ul><li>Fixação dos assuntos (plano) </li></ul><ul><li>Elaboração do conteúdo </li></ul><ul><li>Fixação dos objetivos finais do treinamento </li></ul><ul><li>Definição do sistema de avaliação </li></ul><ul><li>Prever os recursos que serão utilizados (Materiais, Humanos, Financeiros) </li></ul><ul><li>Encaminhar planejamento para avaliação. </li></ul>
  11. 11. Programação <ul><li>Nesta etapa dividi-se a atenção entre a elaboração do programa e o treinamento dos instrutores. </li></ul><ul><li>Elaboração do programa: </li></ul><ul><li>fixar a data do treinamento, </li></ul><ul><li>fazer a convocação dos treinandos. </li></ul><ul><li>Preparar instrumento de avaliação ( pré e pós teste ) ilustração e audio visuais, elaboração do manual do instrutor, redação do material didático, providenciar reservas em hotel/restaurantes, etc., se necessário. </li></ul>
  12. 12. Programação <ul><li>Treinamento dos instrutores: </li></ul><ul><li>revisão do conteúdo, </li></ul><ul><li>revisão didática, </li></ul><ul><li>reprodução e montagem do material. Trata-se da familiarização do material,por parte do instrutor. E de algumas modificações, quando necessárias, a fim de facilitar na explanação do tema. </li></ul>
  13. 13. Programação <ul><li>Técnicas para transmitir informações: </li></ul><ul><li>1. leitura, </li></ul><ul><li>2. instrução programada. </li></ul><ul><li>Técnicas para desenvolver habilidades: </li></ul><ul><li>I. treinamento no cargo, </li></ul><ul><li>II. técnicas de classe. </li></ul>
  14. 14. Programação <ul><li>Vantagens </li></ul><ul><li>1. É exposta uma quantidade máxima de informação dentro de um período relativamente curto de tempo. </li></ul><ul><li>2. Pode ser computadorizada e os treinandos aprendem em suas próprias casas, sabendo se estão certos ou errados. </li></ul><ul><li>Desvantagens </li></ul><ul><li>1. Mão-única, passividade dos treinandos Pouca oportunidade para prática, reforço, retroação, motivação. </li></ul><ul><li>2. Não apresenta respostas propícia ao tema e que possam surgir além da previsão do programa. </li></ul>
  15. 15. Programação <ul><li>I. Ministra: </li></ul><ul><li>Informação, </li></ul><ul><li>conhecimento e experiência relacionados ao cargo. </li></ul><ul><li>Pode incluir: </li></ul><ul><li>condução, rotação de cargos e atribuição de projetos especiais. </li></ul><ul><li>II. Utiliza sala de aula e instrutor para desenvolver habilidades, conhecimentos e experiências relacionadas ao cargo. </li></ul><ul><li>As habilidades podem ser: </li></ul><ul><li>técnicas </li></ul><ul><li>interpessoais. </li></ul>
  16. 16. Classificação da tecnologia educacional de treinamento <ul><li>Quanto ao uso: </li></ul><ul><li>orientadas para o conteúdo ( leitura, instrução programada, instrução assistida por computador) </li></ul><ul><li>orientadas para o processo ( dramatização, treinamento da sensitividade, desenvolvimento de grupos) </li></ul><ul><li>mistas - conteúdo e processo (estudo de casos, jogos e simulações, conferência, etc </li></ul>
  17. 17. Classificação da tecnologia educacional de treinamento <ul><li>Quanto ao tempo: </li></ul><ul><li>antes do ingresso na empresa ( programa de indução ou de integração à empresa) </li></ul><ul><li>após o ingresso na empresa ( que pode ser no local ou fora do local de trabalho) </li></ul><ul><li>Quanto ao local: </li></ul><ul><li>no local de trabalho ( treinamento em tarefas, rodízio de cargos, enriquecimento de cargos) </li></ul><ul><li>fora do local de trabalho ( aulas, filmes, painéis, casos, dramatização, debates, simulações, jogos) </li></ul>
  18. 18. Execução <ul><li>Conferir material, </li></ul><ul><li>preparar local, </li></ul><ul><li>instalar os equipamentos audio-visuais </li></ul><ul><li>recepcionar instrutor, </li></ul><ul><li>recepcionar treinandos ( utilizar registro de presença), </li></ul><ul><li>fazer abertura do curso, </li></ul><ul><li>acompanhar execução, </li></ul><ul><li>aplicar as avaliações de reação e aprendizagem, </li></ul><ul><li>fazer encerramento do curso. </li></ul>
  19. 19. Execução <ul><li>Após o treinamento: </li></ul><ul><li>encaminhar folha de frequência ao controle, </li></ul><ul><li>tabular e analisar os instrumentos de avaliação, </li></ul><ul><li>preparar relatório do curso e encaminhar para a área, </li></ul><ul><li>preparar pasta para arquivo. </li></ul>
  20. 20. É importante lembrar que: <ul><li>O treinando deve estar motivado e capacitado para aprender , </li></ul><ul><li>a aprendizagem requer retroação e reforço , </li></ul><ul><li>a aplicação prática aumenta o desempenho do treinamento, </li></ul><ul><li>o material do treinamento deve ser significativo, comunicado com eficácia e deve ser transferido para o trabalho. </li></ul>

×