Gestao De Pessoas

95.968 visualizações

Publicada em

1º Aula da disciplina Gestao de Pessoas

Publicada em: Negócios, Carreiras
9 comentários
52 gostaram
Estatísticas
Notas
Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
95.968
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
587
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
3.624
Comentários
9
Gostaram
52
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Gestao De Pessoas

  1. 1. GESTÃO DE PESSOAS A CHAVE DO SUCESSO ORGANIZACIONAL Prof. Rogério Martins
  2. 2. SUMÁRIO RESUMIDO   PARTE I – OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO DE PESSOAS Cap. 1 – Introdução à Moderna Gestão de Pessoas Cap. 2 – A Gestão com Pessoas em um Ambiente Dinâmico e Competitivo Cap. 3 – Planejamento Estratégico da Gestão de Pessoas   PARTE II – AGREGANDO PESSOAS Cap. 4 – Recrutamento de Pessoas Cap. 5 – Seleção de Pessoas   PARTE III – APLICANDO PESSOAS Cap. 6 – Orientação das Pessoas Cap. 7 – Modelagem do Trabalho Cap. 8 – Avaliação do Desempenho Humano   PARTE IV – RECOMPENSANDO PESSOAS Cap. 9 - Remuneração Cap. 10 - Programas de Incentivos Cap. 11 - Benefícios e Serviços às Pessoas   PARTE V – DESENVOLVENDO PESSOAS Cap. 12 – Treinamento Cap. 13 – Desenvolvimento de Pessoas e de Organizações   PARTE VI – MANTENDO PESSOAS Cap. 14 – Relações com Empregados Cap. 15 – Higiene, Segurança e Qualidade de Vida   PARTE VII – MONITORANDO PESSOAS Cap. 16 – Banco de Dados e Sistemas de Informações de RH   PARTE VIII – O FUTURO DA GESTÃO DE PESSOAS Cap. 17 – Avaliação da Função de Gestão de Pessoas Prof. Rogério Martins
  3. 3. PARTE UM OS NOVOS DESAFIOS DA GESTÃO DE PESSOAS Capítulo 1: Introdução à Moderna Gestão de Pessoas Capítulo 2: A Gestão de Pessoas em um Ambiente Dinâmico e Competitivo Capítulo 3: Planejamento Estratégico da Gestão de Pessoas Prof. Rogério Martins
  4. 4. Significados do termo RH ou Gestão de Pessoas <ul><li>Discuta os significados do termo RH ou Gestão de Pessoas: </li></ul><ul><ul><li>RH como função ou departamento. </li></ul></ul><ul><ul><li>RH como práticas de recursos humanos. </li></ul></ul><ul><ul><li>RH como profissão. </li></ul></ul>Prof. Rogério Martins
  5. 5. O Contexto da Gestão de Pessoas Prof. Rogério Martins
  6. 6. Conceitos de RH ou de Gestão de Pessoas <ul><li>Diferentes autores têm diferentes conceitos sobre Gestão de Pessoas: </li></ul><ul><li>   Administração de Recursos Humanos (ARH) é o conjunto de políticas e práticas necessárias para conduzir os aspectos da posição gerencial relacionados com as “pessoas” ou recursos humanos, incluindo recrutamento, seleção, treinamento, recompensas e avaliação do desempenho (6). </li></ul><ul><li>   ARH é a função administrativa devotada à aquisição, treinamento, avaliação e remuneração dos empregados. Todos os gerentes são, em um certo sentido, gerentes de pessoas, porque todos eles estão envolvidos em atividades como recrutamento, entrevistas, seleção e treinamento (7). </li></ul><ul><li>   ARH é o conjunto de decisões integradas sobre as relações de emprego que influenciam a eficácia dos funcionários e das organizações (8). </li></ul><ul><li>   ARH é a função na organização que está relacionada com a provisão, treinamento, desenvolvimento, motivação e manutenção dos empregados (9). </li></ul>Prof. Rogério Martins
  7. 7. Objetivos da Gestão de Pessoas <ul><li>Ajudar a organização a alcançar seus objetivos e realizar sua missão. </li></ul><ul><li>Proporcionar competitividade à organização. </li></ul><ul><li>Proporcionar à organização talentos bem treinados e motivados. </li></ul><ul><li>Aumentar a auto-atualização e a satisfação das pessoas no trabalho. </li></ul><ul><li>Desenvolver e manter qualidade de vida no trabalho. </li></ul><ul><li>Administrar a mudança. </li></ul><ul><li>Dê sua opinião a respeito. </li></ul>Prof. Rogério Martins
  8. 8. Os seis processos de Gestão de Pessoas Prof. Rogério Martins
  9. 9. O que é um processo?   Processo é um conjunto de atividades estruturadas e destinadas a resultar em um produto especificado para um determinado cliente. É uma ordenação específica das atividades de trabalho no tempo e no espaço, com um começo, um fim, e entradas e saídas claramente identificadas . O processo é entendido como uma série de atividades que fornecem valor a um cliente. O cliente do processo não é necessariamente um cliente externo da empresa. Ele pode estar dentro da empresa. É o chamado cliente interno. Prof. Rogério Martins
  10. 10. Organização tradicional do RH Prof. Rogério Martins
  11. 11. O movimento holístico na Gestão de Pessoas.   Com a abordagem sistêmica, a velha tradição cartesiana de dividir, segmentar e separar foi substituída por uma nova maneira de organizar a empresa. A ênfase agora está em juntar e não mais em separar. O foco não está mais nas tarefas – que são detalhes – mas nos processos que transitam de ponta a ponta. Não mais nos meios, mas nos fins e resultados. Não mais em cargos individualizados, separados e confinados, mas no trabalho conjunto feito em equipes autônomas e multidisciplinares. É o holismo : focar o todo e não as suas partes. Os movimentos de reorganização empresarial como a reengenharia e o downsizing , provocaram a substituição da organização funcional pela organização em rede de equipes focadas em processos. E isto também está ocorrendo na Gestão de Pessoas. Prof. Rogério Martins
  12. 12. Processos de GP Prof. Rogério Martins
  13. 13. ARH como Responsabilidade de Linha e Função de Staff Prof. Rogério Martins
  14. 14. Centralização da ARH <ul><li>Prós: </li></ul><ul><li>Reúne especialistas de RH em um só órgão. </li></ul><ul><li>Proporciona integração intradepartamental. </li></ul><ul><li>Delimita perfeitamente a área de RH. </li></ul><ul><li>Focaliza a função e as tarefas e atividades de RH. </li></ul><ul><li>Ideal para pequenas organizações. </li></ul><ul><li>Contras: </li></ul><ul><li>Concentra decisões e ações no staff de RH. </li></ul><ul><li>Monopólio e exclusividade das decisões e ações de RH no staff. </li></ul><ul><li>Homogeneização e padronização das práticas de RH. </li></ul><ul><li>Manutenção e conservação do status quo. </li></ul><ul><li>Órgão de RH torna-se operacional e burocrático. </li></ul><ul><li>Proporciona administração autoritária e autocrática. </li></ul>Prof. Rogério Martins
  15. 15. Descentralização da ARH <ul><li>Prós: </li></ul><ul><li>Delega decisões e ações de RH aos gerentes de linha. </li></ul><ul><li>Desmonopolização das decisões e ações de RH. </li></ul><ul><li>Adequação das práticas de RH às diferenças individuais das pessoas. </li></ul><ul><li>Órgão de RH torna-se consultor interno dos gerentes de linha. </li></ul><ul><li>Focalização no cliente interno. </li></ul><ul><li>Favorece a administração participativa. </li></ul><ul><li>Visão estratégica através das unidades estratégicas de RH. </li></ul><ul><li>Contras: </li></ul><ul><li>Órgão de RH perde suas fronteiras e limites. </li></ul><ul><li>Especialistas de RH se dispersam. </li></ul><ul><li>Necessidade de terceirização de atividades burocráticas de RH. </li></ul>Prof. Rogério Martins

×