SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 3
Oficina de Formação
PRÁTICAS E MODELOS DE AUTO-AVALIAÇÃO DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES

Formadoras:

     Dr.ª Elsa Conde
     Dr.ª Paula Correia


Formanda:

     Sílvia Maria Passos Baltazar

                                              Outubro/Dezembro de 2009



                               Unidade 7

                               Workshop


Objectivo da sessão:

- Examinar a operacionalização do modelo de auto-avaliação no que se refere
à utilização da linguagem, em contexto de avaliação e de planificação de
acções para a melhoria.


Actividades:

     ACTIVIDADE 2 – distinguir enunciados gerais de enunciados específicos
                      (a desenvolver no Fórum 2)


1- Analisar os enunciados 3 e 4, apontando as suas fragilidades e propondo
eventuais alterações que os transformem em enunciados específicos e que
concretizem hipóteses reais de acções para a melhoria.




                                                                             1
Enunciados:




                                 Enunciado 3

                        Reforçar o trabalho articulado.




Este enunciado é muito geral, pois não sugere qualquer acção concreta de
melhoria, limitando-se a reconhecer uma necessidade, a de reforçar o trabalho
articulado.



Proposta de acção de melhoria

No início do ano lectivo, participar na reunião do Departamento Curricular de
Línguas, levando a esta reunião um documento/mensagem inicial que expresse a
missão da BE em termos de articulação curricular, especificamente com este
Departamento, e a sua disponibilidade em termos de recursos físicos e humanos
para articular com o mesmo.

Em sede de reunião de Área Disciplinar, identificar momentos-chave de
articulação possível: Natal, Semana da Leitura, Dia da Poesia, …

Exemplo: Na reunião da Área Disciplinar de Língua Portuguesa, apresentar aos
professores um documento de planificação que permita agendar os momentos
de utilização das obras recomendadas para leitura orientada, no âmbito do
Plano Nacional de Leitura, para que se averigúe a disponibilidade dos conjuntos
de obras e se articulem as turmas que podem, simultaneamente, ler a mesma
obra.




                                                                             2
Enunciado 4

    Reforçar a produção de instrumentos de apoio a serem utilizados por
                          professores e alunos.




Este enunciado é muito geral, pois também não sugere qualquer acção
concreta de melhoria, limitando-se a reconhecer uma necessidade, a de reforçar
a produção de instrumentos de apoio a serem utilizados por professores e alunos.



Proposta de acção de melhoria

Produzir um documento, um pequeno questionário, por exemplo, que permita
auscultar, junto dos professores e alunos, as suas maiores dificuldades nas áreas
relacionadas com a leitura e literacia, como por exemplo: no
ensino/aprendizagem da leitura, no ensino/aprendizagem da escrita, na
interpretação de textos escritos, na produção de textos a partir de um tema, …

Depois de auscultadas as dificuldades e necessidades de alunos e professores,
realizar um cruzamento simples das informações recolhidas, verificando
coincidências e listando as dificuldades apontadas.

Realizar, com os professores de Língua Portuguesa, uma reunião para
comunicação dos resultados da auscultação e para definição de um conjunto
de estratégias, entre as quais, a concepção de documentos de apoio a serem
utilizados por professores e alunos, como por exemplo:
- Fichas de leitura;
- Organização de concursos literários;
- Organização de passatempos ou campeonatos de ortografia, de leitura, etc.
- Dinamização de oficinas de escrita criativa ou de escrita para apropriação de
modelos e técnicas;
- Elaboração de um instrumento de avaliação das actividades realizadas (para
alunos e para professores);
-…




                 A Formanda: Sílvia Maria Passos Baltazar



                 São Brás de Alportel, 20 de Dezembro de 2009
                                                                               3

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Tpp 1 um novo olhar literatura em sala de aula
Tpp 1  um novo olhar literatura em sala de aulaTpp 1  um novo olhar literatura em sala de aula
Tpp 1 um novo olhar literatura em sala de aulaCarminda Lomba
 
O PAPEL DO ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DE AULAS NO CONTEXTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO
O PAPEL DO ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DE AULAS NO CONTEXTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADOO PAPEL DO ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DE AULAS NO CONTEXTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO
O PAPEL DO ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DE AULAS NO CONTEXTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADOProfessorPrincipiante
 
Site ot língua_portuguesa_daniel
Site ot língua_portuguesa_danielSite ot língua_portuguesa_daniel
Site ot língua_portuguesa_danieldiretoriabragpta
 
Cronograma de atividades turma 81
Cronograma de atividades turma 81Cronograma de atividades turma 81
Cronograma de atividades turma 81infoeac
 
caderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professorcaderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professoranamuges
 
Planos de aula mat 5º ano
Planos de aula mat   5º anoPlanos de aula mat   5º ano
Planos de aula mat 5º anoEunice Rodrigues
 
Avaliação de aprendizagem em processo professores 20132
Avaliação de aprendizagem em processo   professores  20132Avaliação de aprendizagem em processo   professores  20132
Avaliação de aprendizagem em processo professores 20132diretoriabragpta
 
Apresentação 12 turma mista
Apresentação 12 turma mistaApresentação 12 turma mista
Apresentação 12 turma mistaTatiana Schiavon
 
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapaRelatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapaGivanildo Sousa oliveira
 
Atividades permanentes na alfabetização
Atividades permanentes na alfabetizaçãoAtividades permanentes na alfabetização
Atividades permanentes na alfabetizaçãoProalfacabofrio
 
Pauta e operacionalização para os estudos de texto ou atividades
Pauta e operacionalização para os estudos de texto ou atividadesPauta e operacionalização para os estudos de texto ou atividades
Pauta e operacionalização para os estudos de texto ou atividadespactoensinomedioufu
 

Mais procurados (17)

Tarefa 7 2ª Parte
Tarefa 7  2ª ParteTarefa 7  2ª Parte
Tarefa 7 2ª Parte
 
Tpp 1 um novo olhar literatura em sala de aula
Tpp 1  um novo olhar literatura em sala de aulaTpp 1  um novo olhar literatura em sala de aula
Tpp 1 um novo olhar literatura em sala de aula
 
O PAPEL DO ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DE AULAS NO CONTEXTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO
O PAPEL DO ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DE AULAS NO CONTEXTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADOO PAPEL DO ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DE AULAS NO CONTEXTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO
O PAPEL DO ROTEIRO DE OBSERVAÇÃO DE AULAS NO CONTEXTO DO ESTÁGIO SUPERVISIONADO
 
Workshop Tarefa 2 Mv If
Workshop Tarefa 2 Mv IfWorkshop Tarefa 2 Mv If
Workshop Tarefa 2 Mv If
 
Site ot língua_portuguesa_daniel
Site ot língua_portuguesa_danielSite ot língua_portuguesa_daniel
Site ot língua_portuguesa_daniel
 
Cronograma de atividades turma 81
Cronograma de atividades turma 81Cronograma de atividades turma 81
Cronograma de atividades turma 81
 
Minicurso "Gêneros Acadêmicos": Resumo
Minicurso "Gêneros Acadêmicos": ResumoMinicurso "Gêneros Acadêmicos": Resumo
Minicurso "Gêneros Acadêmicos": Resumo
 
caderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professorcaderno-de-apoio-ao-professor
caderno-de-apoio-ao-professor
 
sabores da leitura
sabores da leiturasabores da leitura
sabores da leitura
 
10º testes leya
10º testes leya10º testes leya
10º testes leya
 
Planos de aula mat 5º ano
Planos de aula mat   5º anoPlanos de aula mat   5º ano
Planos de aula mat 5º ano
 
Avaliação de aprendizagem em processo professores 20132
Avaliação de aprendizagem em processo   professores  20132Avaliação de aprendizagem em processo   professores  20132
Avaliação de aprendizagem em processo professores 20132
 
Apresentação 12 turma mista
Apresentação 12 turma mistaApresentação 12 turma mista
Apresentação 12 turma mista
 
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapaRelatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
Relatorio de formmacao_de_1o_mes_da_4a_etapa
 
Atividades permanentes na alfabetização
Atividades permanentes na alfabetizaçãoAtividades permanentes na alfabetização
Atividades permanentes na alfabetização
 
Planejamento fazer.doc
Planejamento fazer.docPlanejamento fazer.doc
Planejamento fazer.doc
 
Pauta e operacionalização para os estudos de texto ou atividades
Pauta e operacionalização para os estudos de texto ou atividadesPauta e operacionalização para os estudos de texto ou atividades
Pauta e operacionalização para os estudos de texto ou atividades
 

Destaque

Power point tema 1 ana ramos solera no compatible
Power point tema 1 ana ramos solera no compatiblePower point tema 1 ana ramos solera no compatible
Power point tema 1 ana ramos solera no compatibleanaramossolera
 
Informativo Hipasiano 04 MatemáTica & Artes & HistóRia Infantil
Informativo Hipasiano 04   MatemáTica & Artes & HistóRia InfantilInformativo Hipasiano 04   MatemáTica & Artes & HistóRia Infantil
Informativo Hipasiano 04 MatemáTica & Artes & HistóRia Infantilguestd42782
 
Creacion de un blog
Creacion de un blogCreacion de un blog
Creacion de un blogsandram26
 
Hojas de vida y constancia de acepatación de participación
Hojas de vida y constancia de acepatación de participaciónHojas de vida y constancia de acepatación de participación
Hojas de vida y constancia de acepatación de participaciónBraulio Angulo
 
Tr convocatoria csha 2012 vf
Tr convocatoria csha 2012 vfTr convocatoria csha 2012 vf
Tr convocatoria csha 2012 vfBraulio Angulo
 
Nando work
Nando workNando work
Nando worknando_7
 
Portatiles
PortatilesPortatiles
Portatilesmaxy317
 
ಅಲ್ಲಾಹನ ಹೊರತು ಅನ್ಯ ಆರಾದ್ಯರಾರು ಇಲ್ಲ
ಅಲ್ಲಾಹನ ಹೊರತು ಅನ್ಯ ಆರಾದ್ಯರಾರು ಇಲ್ಲಅಲ್ಲಾಹನ ಹೊರತು ಅನ್ಯ ಆರಾದ್ಯರಾರು ಇಲ್ಲ
ಅಲ್ಲಾಹನ ಹೊರತು ಅನ್ಯ ಆರಾದ್ಯರಾರು ಇಲ್ಲFAHIM AKTHAR ULLAL
 
Nando work
Nando workNando work
Nando worknando_7
 
Presentación2
Presentación2Presentación2
Presentación2darymary
 
Advising is Teaching Handout
Advising is Teaching HandoutAdvising is Teaching Handout
Advising is Teaching HandoutJames Hardin
 

Destaque (20)

Power point tema 1 ana ramos solera no compatible
Power point tema 1 ana ramos solera no compatiblePower point tema 1 ana ramos solera no compatible
Power point tema 1 ana ramos solera no compatible
 
Informativo Hipasiano 04 MatemáTica & Artes & HistóRia Infantil
Informativo Hipasiano 04   MatemáTica & Artes & HistóRia InfantilInformativo Hipasiano 04   MatemáTica & Artes & HistóRia Infantil
Informativo Hipasiano 04 MatemáTica & Artes & HistóRia Infantil
 
Licencias cc
Licencias ccLicencias cc
Licencias cc
 
Cria de cerdos
Cria de cerdosCria de cerdos
Cria de cerdos
 
Creacion de un blog
Creacion de un blogCreacion de un blog
Creacion de un blog
 
Blogger
BloggerBlogger
Blogger
 
Hojas de vida y constancia de acepatación de participación
Hojas de vida y constancia de acepatación de participaciónHojas de vida y constancia de acepatación de participación
Hojas de vida y constancia de acepatación de participación
 
Proseso tecnologico de l as psp
Proseso tecnologico de l as pspProseso tecnologico de l as psp
Proseso tecnologico de l as psp
 
Tr convocatoria csha 2012 vf
Tr convocatoria csha 2012 vfTr convocatoria csha 2012 vf
Tr convocatoria csha 2012 vf
 
Colombia
ColombiaColombia
Colombia
 
Manual sirinc
Manual sirincManual sirinc
Manual sirinc
 
Nando work
Nando workNando work
Nando work
 
Portatiles
PortatilesPortatiles
Portatiles
 
Asesinos en serie
Asesinos en serieAsesinos en serie
Asesinos en serie
 
Michael Geffert: Sonne, Mond und Sterne für alle
Michael Geffert: Sonne, Mond und Sterne für alleMichael Geffert: Sonne, Mond und Sterne für alle
Michael Geffert: Sonne, Mond und Sterne für alle
 
ಅಲ್ಲಾಹನ ಹೊರತು ಅನ್ಯ ಆರಾದ್ಯರಾರು ಇಲ್ಲ
ಅಲ್ಲಾಹನ ಹೊರತು ಅನ್ಯ ಆರಾದ್ಯರಾರು ಇಲ್ಲಅಲ್ಲಾಹನ ಹೊರತು ಅನ್ಯ ಆರಾದ್ಯರಾರು ಇಲ್ಲ
ಅಲ್ಲಾಹನ ಹೊರತು ಅನ್ಯ ಆರಾದ್ಯರಾರು ಇಲ್ಲ
 
Nando work
Nando workNando work
Nando work
 
Recapitulación 31
Recapitulación 31Recapitulación 31
Recapitulación 31
 
Presentación2
Presentación2Presentación2
Presentación2
 
Advising is Teaching Handout
Advising is Teaching HandoutAdvising is Teaching Handout
Advising is Teaching Handout
 

Semelhante a Autoavaliação de bibliotecas escolares

E. Gerais E EspecíFicos,
E. Gerais E EspecíFicos,E. Gerais E EspecíFicos,
E. Gerais E EspecíFicos,Julita Silva
 
Distinguir enunciados GERAIS de ESPECÍFICOS
Distinguir enunciados GERAIS de ESPECÍFICOSDistinguir enunciados GERAIS de ESPECÍFICOS
Distinguir enunciados GERAIS de ESPECÍFICOSbonifvieira
 
Modalidades didáticas(25jun09)
Modalidades didáticas(25jun09)Modalidades didáticas(25jun09)
Modalidades didáticas(25jun09)franiris
 
Tarefa 7 FóRum 2
Tarefa 7 FóRum 2Tarefa 7 FóRum 2
Tarefa 7 FóRum 2guest39be69
 
Proposta de Workshop (MAABE)
Proposta de Workshop (MAABE)Proposta de Workshop (MAABE)
Proposta de Workshop (MAABE)Suzana Marquês
 
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática PedagógicaReflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática PedagógicaLuluroque
 
Oficina-de-Escrita_Leya
Oficina-de-Escrita_LeyaOficina-de-Escrita_Leya
Oficina-de-Escrita_Leyac_maria
 
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdfFrancisco Sá
 
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1claudinapires
 
PNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoPNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoElieneDias
 
Aspectos fundamentais do currículo do estado de são paulo e seus materiais de...
Aspectos fundamentais do currículo do estado de são paulo e seus materiais de...Aspectos fundamentais do currículo do estado de são paulo e seus materiais de...
Aspectos fundamentais do currículo do estado de são paulo e seus materiais de...Fernanda Rezende Pedroza
 
Atividades de português
Atividades de português Atividades de português
Atividades de português Rita Fernandes
 
Pnaic caderno de_apresentacao
Pnaic caderno de_apresentacaoPnaic caderno de_apresentacao
Pnaic caderno de_apresentacaoClaudio Pessoa
 

Semelhante a Autoavaliação de bibliotecas escolares (20)

E. Gerais E EspecíFicos,
E. Gerais E EspecíFicos,E. Gerais E EspecíFicos,
E. Gerais E EspecíFicos,
 
Oficina alfabetizacao
Oficina alfabetizacaoOficina alfabetizacao
Oficina alfabetizacao
 
Caderno 3 ano lp vol 1
Caderno 3 ano lp   vol 1Caderno 3 ano lp   vol 1
Caderno 3 ano lp vol 1
 
Distinguir enunciados GERAIS de ESPECÍFICOS
Distinguir enunciados GERAIS de ESPECÍFICOSDistinguir enunciados GERAIS de ESPECÍFICOS
Distinguir enunciados GERAIS de ESPECÍFICOS
 
SessãO 8 FóRum2 Grupo3
SessãO 8 FóRum2 Grupo3SessãO 8 FóRum2 Grupo3
SessãO 8 FóRum2 Grupo3
 
SessãO 8 FóRum2 Grupo3
SessãO 8 FóRum2 Grupo3SessãO 8 FóRum2 Grupo3
SessãO 8 FóRum2 Grupo3
 
Modalidades didáticas(25jun09)
Modalidades didáticas(25jun09)Modalidades didáticas(25jun09)
Modalidades didáticas(25jun09)
 
Registro
RegistroRegistro
Registro
 
Eunice
EuniceEunice
Eunice
 
Tarefa 7 FóRum 2
Tarefa 7 FóRum 2Tarefa 7 FóRum 2
Tarefa 7 FóRum 2
 
1363970315927(1)
1363970315927(1)1363970315927(1)
1363970315927(1)
 
Proposta de Workshop (MAABE)
Proposta de Workshop (MAABE)Proposta de Workshop (MAABE)
Proposta de Workshop (MAABE)
 
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática PedagógicaReflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
Reflexões : O ato de registrar e Aprender com a prática Pedagógica
 
Oficina-de-Escrita_Leya
Oficina-de-Escrita_LeyaOficina-de-Escrita_Leya
Oficina-de-Escrita_Leya
 
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
7-dicas-para-planejar-a-aula-a-partir-do-livro-didatico-Linguagens.pdf
 
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
Sintese Turma2 Drec Sessao2 Formadoras 15 Nov 1
 
PNAIC - Avaliação
PNAIC - AvaliaçãoPNAIC - Avaliação
PNAIC - Avaliação
 
Aspectos fundamentais do currículo do estado de são paulo e seus materiais de...
Aspectos fundamentais do currículo do estado de são paulo e seus materiais de...Aspectos fundamentais do currículo do estado de são paulo e seus materiais de...
Aspectos fundamentais do currículo do estado de são paulo e seus materiais de...
 
Atividades de português
Atividades de português Atividades de português
Atividades de português
 
Pnaic caderno de_apresentacao
Pnaic caderno de_apresentacaoPnaic caderno de_apresentacao
Pnaic caderno de_apresentacao
 

Mais de Sílvia Baltazar (20)

Facto e opinião
Facto e opiniãoFacto e opinião
Facto e opinião
 
Lição nº 83
Lição nº 83Lição nº 83
Lição nº 83
 
Lição nº 82
Lição nº 82Lição nº 82
Lição nº 82
 
Lição nº 81
Lição nº 81Lição nº 81
Lição nº 81
 
Lição nº 78, 79 e 80
Lição nº 78, 79 e  80Lição nº 78, 79 e  80
Lição nº 78, 79 e 80
 
Fábulas
FábulasFábulas
Fábulas
 
Lição nº 77
Lição nº 77Lição nº 77
Lição nº 77
 
Lição nº 76
Lição nº 76Lição nº 76
Lição nº 76
 
Lição nº 74
Lição nº 74Lição nº 74
Lição nº 74
 
Lição nº 73
Lição nº 73Lição nº 73
Lição nº 73
 
Lição nº 72
Lição nº 72Lição nº 72
Lição nº 72
 
Ficha sobre os quantificadores1
Ficha sobre os quantificadores1Ficha sobre os quantificadores1
Ficha sobre os quantificadores1
 
Lição nº 71
Lição nº 71Lição nº 71
Lição nº 71
 
Lição nº 69 e 70
Lição nº 69 e 70Lição nº 69 e 70
Lição nº 69 e 70
 
Lição nº 68
Lição nº 68Lição nº 68
Lição nº 68
 
Lição nº 68
Lição nº 68Lição nº 68
Lição nº 68
 
Lição nº 66
Lição nº 66Lição nº 66
Lição nº 66
 
Lição nº 67
Lição nº 67Lição nº 67
Lição nº 67
 
Lição nº 65
Lição nº 65Lição nº 65
Lição nº 65
 
Lição nº 64
Lição nº 64Lição nº 64
Lição nº 64
 

Autoavaliação de bibliotecas escolares

  • 1. Oficina de Formação PRÁTICAS E MODELOS DE AUTO-AVALIAÇÃO DAS BIBLIOTECAS ESCOLARES Formadoras: Dr.ª Elsa Conde Dr.ª Paula Correia Formanda: Sílvia Maria Passos Baltazar Outubro/Dezembro de 2009 Unidade 7 Workshop Objectivo da sessão: - Examinar a operacionalização do modelo de auto-avaliação no que se refere à utilização da linguagem, em contexto de avaliação e de planificação de acções para a melhoria. Actividades: ACTIVIDADE 2 – distinguir enunciados gerais de enunciados específicos (a desenvolver no Fórum 2) 1- Analisar os enunciados 3 e 4, apontando as suas fragilidades e propondo eventuais alterações que os transformem em enunciados específicos e que concretizem hipóteses reais de acções para a melhoria. 1
  • 2. Enunciados: Enunciado 3 Reforçar o trabalho articulado. Este enunciado é muito geral, pois não sugere qualquer acção concreta de melhoria, limitando-se a reconhecer uma necessidade, a de reforçar o trabalho articulado. Proposta de acção de melhoria No início do ano lectivo, participar na reunião do Departamento Curricular de Línguas, levando a esta reunião um documento/mensagem inicial que expresse a missão da BE em termos de articulação curricular, especificamente com este Departamento, e a sua disponibilidade em termos de recursos físicos e humanos para articular com o mesmo. Em sede de reunião de Área Disciplinar, identificar momentos-chave de articulação possível: Natal, Semana da Leitura, Dia da Poesia, … Exemplo: Na reunião da Área Disciplinar de Língua Portuguesa, apresentar aos professores um documento de planificação que permita agendar os momentos de utilização das obras recomendadas para leitura orientada, no âmbito do Plano Nacional de Leitura, para que se averigúe a disponibilidade dos conjuntos de obras e se articulem as turmas que podem, simultaneamente, ler a mesma obra. 2
  • 3. Enunciado 4 Reforçar a produção de instrumentos de apoio a serem utilizados por professores e alunos. Este enunciado é muito geral, pois também não sugere qualquer acção concreta de melhoria, limitando-se a reconhecer uma necessidade, a de reforçar a produção de instrumentos de apoio a serem utilizados por professores e alunos. Proposta de acção de melhoria Produzir um documento, um pequeno questionário, por exemplo, que permita auscultar, junto dos professores e alunos, as suas maiores dificuldades nas áreas relacionadas com a leitura e literacia, como por exemplo: no ensino/aprendizagem da leitura, no ensino/aprendizagem da escrita, na interpretação de textos escritos, na produção de textos a partir de um tema, … Depois de auscultadas as dificuldades e necessidades de alunos e professores, realizar um cruzamento simples das informações recolhidas, verificando coincidências e listando as dificuldades apontadas. Realizar, com os professores de Língua Portuguesa, uma reunião para comunicação dos resultados da auscultação e para definição de um conjunto de estratégias, entre as quais, a concepção de documentos de apoio a serem utilizados por professores e alunos, como por exemplo: - Fichas de leitura; - Organização de concursos literários; - Organização de passatempos ou campeonatos de ortografia, de leitura, etc. - Dinamização de oficinas de escrita criativa ou de escrita para apropriação de modelos e técnicas; - Elaboração de um instrumento de avaliação das actividades realizadas (para alunos e para professores); -… A Formanda: Sílvia Maria Passos Baltazar São Brás de Alportel, 20 de Dezembro de 2009 3