SlideShare uma empresa Scribd logo
SCRUMETES
Uma Comunidade de Prática
Ester Lima de Campos, Paula Nascimento e Ana Luiz Dallora
.: O papel do Scrum Master é cuidar do processo
Scrum Master cuida ....
.: Mas quem cuida do Scrum Master?
.: Mas quem cuida do Scrum Master?
A gente sentiu a necessidade de
ter um ponto de apoio para
compartilhar ideias e aprender
com as experiências de outros
Scrum Masters da empresa.
.: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes?
Nome: Ester
Experiência:
Situação: Scrum Master de diversos projetos,
além de exercer outras atividades na empresa
.: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes?
Nome: Ester
Experiência:
Situação: Scrum Master de um projeto, além de
exercer outras atividades na empresa
Nome: Paula
Experiência:
Situação: Scrum Master de um projeto
.: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes?
Nome: Ester
Experiência:
Situação: Scrum Master de alguns projetos,
além de exercer outras atividades na empresa
Nome: Paula
Experiência:
Situação: Scrum Master de um projeto, além de
exercer outras atividades na empresa
Nome: Ana
Experiência:
Situação: Scrum Master de um projeto
.: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes?
Nome: Ester
Experiência:
Situação: Scrum Master de alguns projetos,
além de exercer outras atividades na empresa
Nome: Paula
Experiência:
Situação: Scrum Master de um projeto, além de
exercer outras atividades na empresa
Nome: Ana
Experiência:
Situação: Scrum Master de um projeto
.: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes?
Nome: Ester
Experiência:
Situação: Scrum Master de alguns projetos,
além de exercer outras atividades na empresa
Nome: Paula
Experiência:
Situação: Scrum Master de um projeto, além de
exercer outras atividades na empresa
Nome: Ana
Experiência:
Situação: Scrum Master de um projeto
A gente precisava de uma
comunidade de prática
.: Por que uma comunidade de prática?
• Deve existir foco em um determinado assunto e, portanto, os participantes devem estar envolvidos e
ter algum conhecimento com o tópico em questão;
• O objetivo é realizar atividades em conjunto, discutir questões, ajudar um ao outro e compartilhar
conhecimento;
• Esses grupos compartilham a prática sobre o assunto, criando um conjunto de recursos composto por
experiências, histórias, ferramentas e formas de lidar com problemas já conhecidos.
• A ideia é compartilhar conhecimento, problemas e soluções para aprender e crescer juntos.
“Comunidades de prática são grupos de pessoas que compartilham um interesse ou uma paixão por algo que
fazem e aprendem a fazer melhor a medida que interagem regularmente.”
Etienne Wenger-Trayner
.: Como as Scrumetes trabalham?
Reuniões quinzenais onde:
• Partilhamos e discutimos os desafios que temos em nossas equipes;
• Testamos técnicas novas antes de repassarmos para nossas equipes;
• Realizamos leituras e discutimos assuntos para aumentar o conhecimento do grupo sobre agilidade;
• Fazemos coaching de quem está iniciando o trabalho como Scrum Master;
• Conhecemos melhor a dinâmica de trabalho das outras equipes da empresa;
• Discutimos questões que envolvem mais de uma equipe;
• Falamos também sobre roupas, sapatos, viagens etc...
.: O que já alcançamos?
• Desenvolver trabalhos de motivação com todas as equipes da empresa;
• Desenvolver, na prática, competências individuais;
• Solucionar problemas de cada equipe;
• Elevar o conhecimento sobre técnicas e conceitos ágeis;
• Formar novos Scrum Masters.
.: Como criar uma comunidade de prática na sua empresa?
• Crie o estímulo para que as pessoas façam reuniões curtas sobre assuntos e/ou problemas
específicos de interesse delas;
• É importante que estas reuniões sejam frequentes, para que os pontos discutidos evoluam;
• O clima da reunião deve ser informal, de descoberta e de colaboração para que as pessoas se
sintam à vontade para colocar suas opiniões e realmente sintam que aquele grupo é um ponto de apoio;
• O ideal é deixar que os temas surjam. Com o tempo as pessoas começarão a trazer novas ideias, novos
problemas, novos conceitos que eles querem discutir;
• A participação não deve ser mandatória e sim voluntária. As pessoas precisam perceber que o grupo
trará benefícios para que elas realmente se envolvam com a ideia.
Obrigada!
myscrumhalf.com
teamscrumhalf.com
@scrumhalf_gpe
Ester Lima de Campos
@estercasado
esterlima@gpetec.com.br
Paula Nascimento Aguas
@paulacnascime
Ana Luiza Dallora
ana.dallora@gmail.com

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

DETALHES DO MACHISMO! COMO PERCEBER?
DETALHES DO MACHISMO! COMO PERCEBER?DETALHES DO MACHISMO! COMO PERCEBER?
DETALHES DO MACHISMO! COMO PERCEBER?
Mayra de Souza
 
Webinar Pré Agile Week | Team Building Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Team Building Workshop PocketWebinar Pré Agile Week | Team Building Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Team Building Workshop Pocket
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Iniciativas realizadas no ZAP POA 2017/ 2018
Iniciativas realizadas no ZAP POA 2017/ 2018Iniciativas realizadas no ZAP POA 2017/ 2018
Iniciativas realizadas no ZAP POA 2017/ 2018
Mayra de Souza
 
Trabalho de grupo
Trabalho de grupoTrabalho de grupo
Trabalho de grupo
biblioteca-alexandria
 
2º edição Agile Days IGTI | Estruturas Libertadoras para Agilistas - Impulsio...
2º edição Agile Days IGTI | Estruturas Libertadoras para Agilistas - Impulsio...2º edição Agile Days IGTI | Estruturas Libertadoras para Agilistas - Impulsio...
2º edição Agile Days IGTI | Estruturas Libertadoras para Agilistas - Impulsio...
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Discovery Week ZUP | Dicas de Facilitação!
Discovery Week ZUP | Dicas de Facilitação!Discovery Week ZUP | Dicas de Facilitação!
Discovery Week ZUP | Dicas de Facilitação!
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Portfolio Consultora Coletivo Ação | Mayra de Souza Machado
Portfolio Consultora Coletivo Ação | Mayra de Souza MachadoPortfolio Consultora Coletivo Ação | Mayra de Souza Machado
Portfolio Consultora Coletivo Ação | Mayra de Souza Machado
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Webinar Pré Agile Week | Facilitação Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Facilitação Workshop PocketWebinar Pré Agile Week | Facilitação Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Facilitação Workshop Pocket
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Webinar Pré Agile Week | Management 3.0 Fundamentals Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Management 3.0 Fundamentals Workshop PocketWebinar Pré Agile Week | Management 3.0 Fundamentals Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Management 3.0 Fundamentals Workshop Pocket
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Design thinking
Design thinkingDesign thinking
Design thinking
Denise Oliveira
 
tdc2018sp | Trilha Management - Kudobox: Um tipo de feedback leve e descompli...
tdc2018sp | Trilha Management - Kudobox: Um tipo de feedback leve e descompli...tdc2018sp | Trilha Management - Kudobox: Um tipo de feedback leve e descompli...
tdc2018sp | Trilha Management - Kudobox: Um tipo de feedback leve e descompli...
tdc-globalcode
 
Como sua organização inova? Como a gestão influencia?
Como sua organização inova? Como a gestão influencia?Como sua organização inova? Como a gestão influencia?
Como sua organização inova? Como a gestão influencia?
Mayra de Souza
 
TDC POA 2016 - Facilitação - Que momento o grupo se encontra?
TDC POA 2016 - Facilitação - Que momento o grupo se encontra?TDC POA 2016 - Facilitação - Que momento o grupo se encontra?
TDC POA 2016 - Facilitação - Que momento o grupo se encontra?
Mayra de Souza
 
Aumente a capacidade do seu Time com Team Building
Aumente a capacidade do seu Time com Team BuildingAumente a capacidade do seu Time com Team Building
Aumente a capacidade do seu Time com Team Building
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
1º CONAGILE | Inicie Business Agility com Strategic
1º CONAGILE | Inicie Business Agility com Strategic1º CONAGILE | Inicie Business Agility com Strategic
1º CONAGILE | Inicie Business Agility com Strategic
Mayra de Souza
 
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Inception custo ou desperdício? Como engajar os participantes?
Inception custo ou desperdício? Como engajar os participantes?Inception custo ou desperdício? Como engajar os participantes?
Inception custo ou desperdício? Como engajar os participantes?
Mayra de Souza
 
Agilidade solidária palestra team building
Agilidade solidária palestra team buildingAgilidade solidária palestra team building
Agilidade solidária palestra team building
Kleber Rodrigues
 
Potencialize as capacidades da sua organização com atividades colaborativas
Potencialize as capacidades da sua organização com atividades colaborativasPotencialize as capacidades da sua organização com atividades colaborativas
Potencialize as capacidades da sua organização com atividades colaborativas
Mayra de Souza
 
Scrum Gathering Rio 2021 | Como sua organização inova? Como a liderança influ...
Scrum Gathering Rio 2021 | Como sua organização inova? Como a liderança influ...Scrum Gathering Rio 2021 | Como sua organização inova? Como a liderança influ...
Scrum Gathering Rio 2021 | Como sua organização inova? Como a liderança influ...
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 

Mais procurados (20)

DETALHES DO MACHISMO! COMO PERCEBER?
DETALHES DO MACHISMO! COMO PERCEBER?DETALHES DO MACHISMO! COMO PERCEBER?
DETALHES DO MACHISMO! COMO PERCEBER?
 
Webinar Pré Agile Week | Team Building Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Team Building Workshop PocketWebinar Pré Agile Week | Team Building Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Team Building Workshop Pocket
 
Iniciativas realizadas no ZAP POA 2017/ 2018
Iniciativas realizadas no ZAP POA 2017/ 2018Iniciativas realizadas no ZAP POA 2017/ 2018
Iniciativas realizadas no ZAP POA 2017/ 2018
 
Trabalho de grupo
Trabalho de grupoTrabalho de grupo
Trabalho de grupo
 
2º edição Agile Days IGTI | Estruturas Libertadoras para Agilistas - Impulsio...
2º edição Agile Days IGTI | Estruturas Libertadoras para Agilistas - Impulsio...2º edição Agile Days IGTI | Estruturas Libertadoras para Agilistas - Impulsio...
2º edição Agile Days IGTI | Estruturas Libertadoras para Agilistas - Impulsio...
 
Discovery Week ZUP | Dicas de Facilitação!
Discovery Week ZUP | Dicas de Facilitação!Discovery Week ZUP | Dicas de Facilitação!
Discovery Week ZUP | Dicas de Facilitação!
 
Portfolio Consultora Coletivo Ação | Mayra de Souza Machado
Portfolio Consultora Coletivo Ação | Mayra de Souza MachadoPortfolio Consultora Coletivo Ação | Mayra de Souza Machado
Portfolio Consultora Coletivo Ação | Mayra de Souza Machado
 
Webinar Pré Agile Week | Facilitação Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Facilitação Workshop PocketWebinar Pré Agile Week | Facilitação Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Facilitação Workshop Pocket
 
Webinar Pré Agile Week | Management 3.0 Fundamentals Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Management 3.0 Fundamentals Workshop PocketWebinar Pré Agile Week | Management 3.0 Fundamentals Workshop Pocket
Webinar Pré Agile Week | Management 3.0 Fundamentals Workshop Pocket
 
Design thinking
Design thinkingDesign thinking
Design thinking
 
tdc2018sp | Trilha Management - Kudobox: Um tipo de feedback leve e descompli...
tdc2018sp | Trilha Management - Kudobox: Um tipo de feedback leve e descompli...tdc2018sp | Trilha Management - Kudobox: Um tipo de feedback leve e descompli...
tdc2018sp | Trilha Management - Kudobox: Um tipo de feedback leve e descompli...
 
Como sua organização inova? Como a gestão influencia?
Como sua organização inova? Como a gestão influencia?Como sua organização inova? Como a gestão influencia?
Como sua organização inova? Como a gestão influencia?
 
TDC POA 2016 - Facilitação - Que momento o grupo se encontra?
TDC POA 2016 - Facilitação - Que momento o grupo se encontra?TDC POA 2016 - Facilitação - Que momento o grupo se encontra?
TDC POA 2016 - Facilitação - Que momento o grupo se encontra?
 
Aumente a capacidade do seu Time com Team Building
Aumente a capacidade do seu Time com Team BuildingAumente a capacidade do seu Time com Team Building
Aumente a capacidade do seu Time com Team Building
 
1º CONAGILE | Inicie Business Agility com Strategic
1º CONAGILE | Inicie Business Agility com Strategic1º CONAGILE | Inicie Business Agility com Strategic
1º CONAGILE | Inicie Business Agility com Strategic
 
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
 
Inception custo ou desperdício? Como engajar os participantes?
Inception custo ou desperdício? Como engajar os participantes?Inception custo ou desperdício? Como engajar os participantes?
Inception custo ou desperdício? Como engajar os participantes?
 
Agilidade solidária palestra team building
Agilidade solidária palestra team buildingAgilidade solidária palestra team building
Agilidade solidária palestra team building
 
Potencialize as capacidades da sua organização com atividades colaborativas
Potencialize as capacidades da sua organização com atividades colaborativasPotencialize as capacidades da sua organização com atividades colaborativas
Potencialize as capacidades da sua organização com atividades colaborativas
 
Scrum Gathering Rio 2021 | Como sua organização inova? Como a liderança influ...
Scrum Gathering Rio 2021 | Como sua organização inova? Como a liderança influ...Scrum Gathering Rio 2021 | Como sua organização inova? Como a liderança influ...
Scrum Gathering Rio 2021 | Como sua organização inova? Como a liderança influ...
 

Semelhante a Scrumetes: Uma Comunidade de Prática

Group Coaching - Uma opção possível
Group Coaching - Uma opção possívelGroup Coaching - Uma opção possível
Group Coaching - Uma opção possível
Antonio Azevedo
 
Trabalho Colaborativo
Trabalho ColaborativoTrabalho Colaborativo
Trabalho Colaborativo
Márcia Castilho de Sales
 
Holocracia
HolocraciaHolocracia
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Caio Cestari
 
Learning Loops_fev2015
Learning Loops_fev2015Learning Loops_fev2015
Learning Loops_fev2015
Pilar Braz
 
Prática de Team Building | Baseado Team Building Workshop | Professional Team...
Prática de Team Building | Baseado Team Building Workshop | Professional Team...Prática de Team Building | Baseado Team Building Workshop | Professional Team...
Prática de Team Building | Baseado Team Building Workshop | Professional Team...
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
Trabalho colaborativo
Trabalho colaborativoTrabalho colaborativo
Trabalho colaborativo
Marcelo Paulino Costa
 
9 Formas de Tornar o Trabalho de Equipa Menos Stressante
9 Formas de Tornar o Trabalho de Equipa Menos Stressante9 Formas de Tornar o Trabalho de Equipa Menos Stressante
9 Formas de Tornar o Trabalho de Equipa Menos Stressante
Filipe Vieira
 
Design Centrado no Ser Humano
Design Centrado no Ser HumanoDesign Centrado no Ser Humano
Design Centrado no Ser Humano
Juliana Feitosa Andrade
 
Trabalho Colaborativo
Trabalho ColaborativoTrabalho Colaborativo
Trabalho Colaborativo
Márcia Castilho de Sales
 
[Material] Desafios e Hipóteses | Material de Apoio e Ferramentas - 2º Modulo
[Material] Desafios e Hipóteses |  Material de Apoio e Ferramentas - 2º Modulo[Material] Desafios e Hipóteses |  Material de Apoio e Ferramentas - 2º Modulo
[Material] Desafios e Hipóteses | Material de Apoio e Ferramentas - 2º Modulo
TalmanyLeite
 
O que é um Agile Coach
O que é um Agile CoachO que é um Agile Coach
O que é um Agile Coach
Elias Nogueira
 
Projetos centrados no usuário
Projetos centrados no usuárioProjetos centrados no usuário
Projetos centrados no usuário
talkitbr
 
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxTrabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
lindalva da cruz
 
Framework de Design Thinking
Framework de Design ThinkingFramework de Design Thinking
Mundo da Agilidade
Mundo da AgilidadeMundo da Agilidade
Mundo da Agilidade
Tatiana Rocha
 
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptxmanual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
Raquel Peixoto
 
Potencializando a cultura de feedbacks horizontais através de SpeedWraps
Potencializando a cultura de feedbacks horizontais  através de SpeedWrapsPotencializando a cultura de feedbacks horizontais  através de SpeedWraps
Potencializando a cultura de feedbacks horizontais através de SpeedWraps
Tadeu Marinho
 
Startup weekend guia do participante
Startup weekend guia do participante Startup weekend guia do participante
Startup weekend guia do participante
Raoni Pereira
 
Fui contratado como Agile Coach e agora? O que vem depois?
Fui contratado como Agile Coach e agora? O que vem depois?Fui contratado como Agile Coach e agora? O que vem depois?
Fui contratado como Agile Coach e agora? O que vem depois?
Vladson Freire
 

Semelhante a Scrumetes: Uma Comunidade de Prática (20)

Group Coaching - Uma opção possível
Group Coaching - Uma opção possívelGroup Coaching - Uma opção possível
Group Coaching - Uma opção possível
 
Trabalho Colaborativo
Trabalho ColaborativoTrabalho Colaborativo
Trabalho Colaborativo
 
Holocracia
HolocraciaHolocracia
Holocracia
 
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
Usando o Agile Coaching Competency Framework para evoluir na carreira de Agil...
 
Learning Loops_fev2015
Learning Loops_fev2015Learning Loops_fev2015
Learning Loops_fev2015
 
Prática de Team Building | Baseado Team Building Workshop | Professional Team...
Prática de Team Building | Baseado Team Building Workshop | Professional Team...Prática de Team Building | Baseado Team Building Workshop | Professional Team...
Prática de Team Building | Baseado Team Building Workshop | Professional Team...
 
Trabalho colaborativo
Trabalho colaborativoTrabalho colaborativo
Trabalho colaborativo
 
9 Formas de Tornar o Trabalho de Equipa Menos Stressante
9 Formas de Tornar o Trabalho de Equipa Menos Stressante9 Formas de Tornar o Trabalho de Equipa Menos Stressante
9 Formas de Tornar o Trabalho de Equipa Menos Stressante
 
Design Centrado no Ser Humano
Design Centrado no Ser HumanoDesign Centrado no Ser Humano
Design Centrado no Ser Humano
 
Trabalho Colaborativo
Trabalho ColaborativoTrabalho Colaborativo
Trabalho Colaborativo
 
[Material] Desafios e Hipóteses | Material de Apoio e Ferramentas - 2º Modulo
[Material] Desafios e Hipóteses |  Material de Apoio e Ferramentas - 2º Modulo[Material] Desafios e Hipóteses |  Material de Apoio e Ferramentas - 2º Modulo
[Material] Desafios e Hipóteses | Material de Apoio e Ferramentas - 2º Modulo
 
O que é um Agile Coach
O que é um Agile CoachO que é um Agile Coach
O que é um Agile Coach
 
Projetos centrados no usuário
Projetos centrados no usuárioProjetos centrados no usuário
Projetos centrados no usuário
 
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxxTrabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
Trabalho em equipe.pptx xxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
 
Framework de Design Thinking
Framework de Design ThinkingFramework de Design Thinking
Framework de Design Thinking
 
Mundo da Agilidade
Mundo da AgilidadeMundo da Agilidade
Mundo da Agilidade
 
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptxmanual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
manual_gestao_de_equipas- ufcd 7844.pptx
 
Potencializando a cultura de feedbacks horizontais através de SpeedWraps
Potencializando a cultura de feedbacks horizontais  através de SpeedWrapsPotencializando a cultura de feedbacks horizontais  através de SpeedWraps
Potencializando a cultura de feedbacks horizontais através de SpeedWraps
 
Startup weekend guia do participante
Startup weekend guia do participante Startup weekend guia do participante
Startup weekend guia do participante
 
Fui contratado como Agile Coach e agora? O que vem depois?
Fui contratado como Agile Coach e agora? O que vem depois?Fui contratado como Agile Coach e agora? O que vem depois?
Fui contratado como Agile Coach e agora? O que vem depois?
 

Mais de Ester de Campos

O invisível da Retrospectiva
O invisível da RetrospectivaO invisível da Retrospectiva
O invisível da Retrospectiva
Ester de Campos
 
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose ContínuaResiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Ester de Campos
 
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do TimeFeedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Ester de Campos
 
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria ContínuaNo Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
Ester de Campos
 
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
Resiliência e Agilidade -  SGRio2014Resiliência e Agilidade -  SGRio2014
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
Ester de Campos
 
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicasDiversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Ester de Campos
 
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Ester de Campos
 
Atitudes de uma Equipe Auto Organizável
Atitudes de uma Equipe Auto OrganizávelAtitudes de uma Equipe Auto Organizável
Atitudes de uma Equipe Auto Organizável
Ester de Campos
 
Learning 3.0
Learning 3.0Learning 3.0
Learning 3.0
Ester de Campos
 

Mais de Ester de Campos (9)

O invisível da Retrospectiva
O invisível da RetrospectivaO invisível da Retrospectiva
O invisível da Retrospectiva
 
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose ContínuaResiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
 
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do TimeFeedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
 
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria ContínuaNo Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
 
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
Resiliência e Agilidade -  SGRio2014Resiliência e Agilidade -  SGRio2014
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
 
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicasDiversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
 
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
 
Atitudes de uma Equipe Auto Organizável
Atitudes de uma Equipe Auto OrganizávelAtitudes de uma Equipe Auto Organizável
Atitudes de uma Equipe Auto Organizável
 
Learning 3.0
Learning 3.0Learning 3.0
Learning 3.0
 

Último

- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
MessiasMarianoG
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AntonioVieira539017
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
soaresdesouzaamanda8
 

Último (20)

- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
759-fortaleza-resultado-definitivo-prova-objetiva-2024-05-28.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptxPP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
PP Slides Lição 11, Betel, Ordenança para exercer a fé, 2Tr24.pptx
 
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, CPAD, A Realidade Bíblica do Inferno, 2Tr24.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptxAVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
AVALIAÇÃO DIAGNÓSTICA - 8º ANO 2024.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdfCRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
CRONOGRAMA - PSC 2° ETAPA 2024.pptx (1).pdf
 

Scrumetes: Uma Comunidade de Prática

  • 1. SCRUMETES Uma Comunidade de Prática Ester Lima de Campos, Paula Nascimento e Ana Luiz Dallora
  • 2. .: O papel do Scrum Master é cuidar do processo Scrum Master cuida ....
  • 3. .: Mas quem cuida do Scrum Master?
  • 4. .: Mas quem cuida do Scrum Master? A gente sentiu a necessidade de ter um ponto de apoio para compartilhar ideias e aprender com as experiências de outros Scrum Masters da empresa.
  • 5. .: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes? Nome: Ester Experiência: Situação: Scrum Master de diversos projetos, além de exercer outras atividades na empresa
  • 6. .: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes? Nome: Ester Experiência: Situação: Scrum Master de um projeto, além de exercer outras atividades na empresa Nome: Paula Experiência: Situação: Scrum Master de um projeto
  • 7. .: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes? Nome: Ester Experiência: Situação: Scrum Master de alguns projetos, além de exercer outras atividades na empresa Nome: Paula Experiência: Situação: Scrum Master de um projeto, além de exercer outras atividades na empresa Nome: Ana Experiência: Situação: Scrum Master de um projeto
  • 8. .: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes? Nome: Ester Experiência: Situação: Scrum Master de alguns projetos, além de exercer outras atividades na empresa Nome: Paula Experiência: Situação: Scrum Master de um projeto, além de exercer outras atividades na empresa Nome: Ana Experiência: Situação: Scrum Master de um projeto
  • 9. .: Quem é e como surgiu o grupo Scrumetes? Nome: Ester Experiência: Situação: Scrum Master de alguns projetos, além de exercer outras atividades na empresa Nome: Paula Experiência: Situação: Scrum Master de um projeto, além de exercer outras atividades na empresa Nome: Ana Experiência: Situação: Scrum Master de um projeto A gente precisava de uma comunidade de prática
  • 10. .: Por que uma comunidade de prática? • Deve existir foco em um determinado assunto e, portanto, os participantes devem estar envolvidos e ter algum conhecimento com o tópico em questão; • O objetivo é realizar atividades em conjunto, discutir questões, ajudar um ao outro e compartilhar conhecimento; • Esses grupos compartilham a prática sobre o assunto, criando um conjunto de recursos composto por experiências, histórias, ferramentas e formas de lidar com problemas já conhecidos. • A ideia é compartilhar conhecimento, problemas e soluções para aprender e crescer juntos. “Comunidades de prática são grupos de pessoas que compartilham um interesse ou uma paixão por algo que fazem e aprendem a fazer melhor a medida que interagem regularmente.” Etienne Wenger-Trayner
  • 11. .: Como as Scrumetes trabalham? Reuniões quinzenais onde: • Partilhamos e discutimos os desafios que temos em nossas equipes; • Testamos técnicas novas antes de repassarmos para nossas equipes; • Realizamos leituras e discutimos assuntos para aumentar o conhecimento do grupo sobre agilidade; • Fazemos coaching de quem está iniciando o trabalho como Scrum Master; • Conhecemos melhor a dinâmica de trabalho das outras equipes da empresa; • Discutimos questões que envolvem mais de uma equipe; • Falamos também sobre roupas, sapatos, viagens etc...
  • 12. .: O que já alcançamos? • Desenvolver trabalhos de motivação com todas as equipes da empresa; • Desenvolver, na prática, competências individuais; • Solucionar problemas de cada equipe; • Elevar o conhecimento sobre técnicas e conceitos ágeis; • Formar novos Scrum Masters.
  • 13. .: Como criar uma comunidade de prática na sua empresa? • Crie o estímulo para que as pessoas façam reuniões curtas sobre assuntos e/ou problemas específicos de interesse delas; • É importante que estas reuniões sejam frequentes, para que os pontos discutidos evoluam; • O clima da reunião deve ser informal, de descoberta e de colaboração para que as pessoas se sintam à vontade para colocar suas opiniões e realmente sintam que aquele grupo é um ponto de apoio; • O ideal é deixar que os temas surjam. Com o tempo as pessoas começarão a trazer novas ideias, novos problemas, novos conceitos que eles querem discutir; • A participação não deve ser mandatória e sim voluntária. As pessoas precisam perceber que o grupo trará benefícios para que elas realmente se envolvam com a ideia.
  • 14. Obrigada! myscrumhalf.com teamscrumhalf.com @scrumhalf_gpe Ester Lima de Campos @estercasado esterlima@gpetec.com.br Paula Nascimento Aguas @paulacnascime Ana Luiza Dallora ana.dallora@gmail.com