SlideShare uma empresa Scribd logo
Workshop Rio Agile Talks
 Ester Lima de Campos
             Março, 2013
Learning 3.0
Trabalho de Alexandre Magno
Apresentado no: Agile Brazil 2012




  “It’s my contribution to the Management 3.0 model,
  suggesting some concepts and practices to improve the
“Develop Competences” view. It’s about emergent learning.”
                                         Alexandre Magno
Vamos revisitar a complexidade?
Cynefin Model




http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
“Best Practices”
                                   “Process Based”
Dizendo “o que deve ser feito”
Exemplos:
  – Lojas franquiadas




                             http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
“Good Practices”
                                             Expert Based
Consultorias
Eventos de “venda” de ideias e práticas
Palestras de “Gurus”
Conferências




                            http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
“Emergent Practices”
                                “Hypotesis Based”
Open-spaces
Corredores de conferências
Hackathon




                             http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
“Novel Practices”




               Filme: Um dia de Fúria
Emergent Learning




            http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
Learning 3.0
Participantes:
          Asker – Dono do problema
          Sharer – Dono da(s) experiência(s) anterior(es)
          Thinker – Dono da ideia para o problema. Um Sharer pode ser um Thinker
Learning 3.0
Learning 3.0
Learning 3.0
Learning 3.0
Vamos praticar?
Obrigada!
Referências
Learning 3.0 Developing Competences in Complex Systems
  http://axmagno.com/


Learning 3.0R Aprendendo      para a Complexidade
  http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30

Management 3.0 – Jurgen Appelo
  Leading Agile Developers, Developing Agile Leaders
Contatos
  esterlima@gmail.com
  @estercasado
  Blog.myscrumhalf.com
  Ester Lima de Campos
  esterlimadecampos
Ester Lima de Campos
é Mestre em Engenharia de Sistemas de Computação pela COPPE/UFRJ,
graduada em Engenharia Eletrônica e Computação pela UFRJ.

Há mais de 9 anos trabalha na área de desenvolvimento de software e há 5
anos vem se especializando em Metodologias ágeis.

Desempenha o papel de Scrum Master na GPE, no projeto de desenvolvimento
do ScrumHalf (www.myscrumhalf.com), além de ministrar treinamentos e dar
consultoria para empresas em Scrum.

É Certified Scrum Master (CSM) e Certified Scrum Product Owner (CSPO) pela
Scrum Alliance. É também professora do MBA da Poli/UFRJ na disciplina de
Metodologias Ágeis e Qualidade.
                                                                Março 2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O Método Ágil e a Certificação Scrum Master
O Método Ágil e a Certificação Scrum MasterO Método Ágil e a Certificação Scrum Master
O Método Ágil e a Certificação Scrum Master
Marco Rodrigues
 
Experiencias Endomarketing
Experiencias EndomarketingExperiencias Endomarketing
Experiencias Endomarketing
Carlos Tesore
 
T@rget trust metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
T@rget trust   metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...T@rget trust   metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
T@rget trust metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
Targettrust
 
Scrum em 10 Minutos
Scrum em 10 MinutosScrum em 10 Minutos
Scrum em 10 Minutos
OmnesCoin
 
Criar apresentações em ppt e apresentar
Criar apresentações em ppt e apresentarCriar apresentações em ppt e apresentar
Criar apresentações em ppt e apresentar
Wagner Gonsalez
 
Carreiras em TI
Carreiras em TICarreiras em TI
Carreiras em TI
Alexandre Malavasi
 
Como fazer um powerpoint
Como fazer um powerpointComo fazer um powerpoint
Slides na escola
Slides na escolaSlides na escola
Slides na escola
Mônix Sousa
 
03 dicas práticas de como começar a utilizar métodos ágeis na sua organização
03 dicas práticas de como começar a utilizar métodos ágeis na sua organização03 dicas práticas de como começar a utilizar métodos ágeis na sua organização
03 dicas práticas de como começar a utilizar métodos ágeis na sua organização
Vitor Massari
 
Carreira em Agilidade
Carreira em AgilidadeCarreira em Agilidade
Carreira em Agilidade
Luiz Duarte
 
A importancia do Powerpoint em sala de aula
A importancia do Powerpoint em sala de aulaA importancia do Powerpoint em sala de aula
A importancia do Powerpoint em sala de aula
Prof Sergio Dias Docente do Ensino Medio tecnico e Superior
 

Mais procurados (11)

O Método Ágil e a Certificação Scrum Master
O Método Ágil e a Certificação Scrum MasterO Método Ágil e a Certificação Scrum Master
O Método Ágil e a Certificação Scrum Master
 
Experiencias Endomarketing
Experiencias EndomarketingExperiencias Endomarketing
Experiencias Endomarketing
 
T@rget trust metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
T@rget trust   metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...T@rget trust   metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
T@rget trust metodologias ágeis - projetos ágeis com scrum - gestão e acomp...
 
Scrum em 10 Minutos
Scrum em 10 MinutosScrum em 10 Minutos
Scrum em 10 Minutos
 
Criar apresentações em ppt e apresentar
Criar apresentações em ppt e apresentarCriar apresentações em ppt e apresentar
Criar apresentações em ppt e apresentar
 
Carreiras em TI
Carreiras em TICarreiras em TI
Carreiras em TI
 
Como fazer um powerpoint
Como fazer um powerpointComo fazer um powerpoint
Como fazer um powerpoint
 
Slides na escola
Slides na escolaSlides na escola
Slides na escola
 
03 dicas práticas de como começar a utilizar métodos ágeis na sua organização
03 dicas práticas de como começar a utilizar métodos ágeis na sua organização03 dicas práticas de como começar a utilizar métodos ágeis na sua organização
03 dicas práticas de como começar a utilizar métodos ágeis na sua organização
 
Carreira em Agilidade
Carreira em AgilidadeCarreira em Agilidade
Carreira em Agilidade
 
A importancia do Powerpoint em sala de aula
A importancia do Powerpoint em sala de aulaA importancia do Powerpoint em sala de aula
A importancia do Powerpoint em sala de aula
 

Semelhante a Learning 3.0

Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
Rildo (@rildosan) Santos
 
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdfTutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Marcio Camargo
 
Ganho na Gestão através dos Processos de Negócios
Ganho na Gestão através dos Processos de NegóciosGanho na Gestão através dos Processos de Negócios
Ganho na Gestão através dos Processos de Negócios
CompanyWeb
 
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Rildo (@rildosan) Santos
 
Ferramentas e ritos
Ferramentas e ritosFerramentas e ritos
Ferramentas e ritos
Davidson Sales
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
fayrusm
 
Android DevConference - Learning 3.0 e métodos ageis no desenvolvimento de apps
Android DevConference - Learning 3.0 e métodos ageis no desenvolvimento de appsAndroid DevConference - Learning 3.0 e métodos ageis no desenvolvimento de apps
Android DevConference - Learning 3.0 e métodos ageis no desenvolvimento de apps
iMasters
 
Agile of Things - Treinamentos em 2016
Agile of Things - Treinamentos em 2016Agile of Things - Treinamentos em 2016
Agile of Things - Treinamentos em 2016
Jonas Beto Rompkovski
 
Cenários exploratórios da cadeia de valor
Cenários exploratórios da cadeia de valorCenários exploratórios da cadeia de valor
Cenários exploratórios da cadeia de valor
Guttenberg Ferreira Passos
 
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Coletivo AÇÃO | Criando ambientes colaborativos e criativos
 
A jornada do Agile Coach: O início, o fim e o meio - Agile Brazil 2018
A jornada do Agile Coach: O início, o fim e o meio - Agile Brazil 2018A jornada do Agile Coach: O início, o fim e o meio - Agile Brazil 2018
A jornada do Agile Coach: O início, o fim e o meio - Agile Brazil 2018
Mariana Graf
 
Manual do Professor de Empreendedorismo
Manual do Professor de EmpreendedorismoManual do Professor de Empreendedorismo
Manual do Professor de Empreendedorismo
josedornelas
 
O papel do Agile Coach na transição ágil
O papel do Agile Coach na transição ágilO papel do Agile Coach na transição ágil
O papel do Agile Coach na transição ágil
Annelise Gripp
 
Guia para a competição Ideation Sua Ideia na Prática Brasília
Guia para a competição Ideation Sua Ideia na Prática BrasíliaGuia para a competição Ideation Sua Ideia na Prática Brasília
Guia para a competição Ideation Sua Ideia na Prática Brasília
IdeationBrasil
 
Workshops do Laboratório de Criatividade
Workshops do Laboratório de CriatividadeWorkshops do Laboratório de Criatividade
Workshops do Laboratório de Criatividade
Juliana Feitosa Andrade
 
Agil - artigo cientifico
Agil - artigo cientificoAgil - artigo cientifico
Agil - artigo cientifico
Klaus Fischer Gomes Santana
 
Gestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos ÁgeisGestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos Ágeis
Rildo (@rildosan) Santos
 
Apresentando a Área de Sucesso do Cliente
Apresentando a Área de Sucesso do ClienteApresentando a Área de Sucesso do Cliente
Apresentando a Área de Sucesso do Cliente
Blackboard Brasil
 
Lições aprendidas em Projetos
Lições aprendidas em ProjetosLições aprendidas em Projetos
Lições aprendidas em Projetos
Ernani Marques, MBA, PRINCE2, PgMP/PMP, CBAP
 
Práticas de Comunidade: os seus melhores professores estão ao seu lado
Práticas de Comunidade: os seus melhores professores estão ao seu ladoPráticas de Comunidade: os seus melhores professores estão ao seu lado
Práticas de Comunidade: os seus melhores professores estão ao seu lado
Geraldo B Farias
 

Semelhante a Learning 3.0 (20)

Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience Tutorial Scrum Experience
Tutorial Scrum Experience
 
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdfTutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
Tutorial Scrum Experience mai2019_v1.pdf
 
Ganho na Gestão através dos Processos de Negócios
Ganho na Gestão através dos Processos de NegóciosGanho na Gestão através dos Processos de Negócios
Ganho na Gestão através dos Processos de Negócios
 
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
Scrum Experience [O Tutorial Scrum]
 
Ferramentas e ritos
Ferramentas e ritosFerramentas e ritos
Ferramentas e ritos
 
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeisAplicando Scrum na prática para times ágeis
Aplicando Scrum na prática para times ágeis
 
Android DevConference - Learning 3.0 e métodos ageis no desenvolvimento de apps
Android DevConference - Learning 3.0 e métodos ageis no desenvolvimento de appsAndroid DevConference - Learning 3.0 e métodos ageis no desenvolvimento de apps
Android DevConference - Learning 3.0 e métodos ageis no desenvolvimento de apps
 
Agile of Things - Treinamentos em 2016
Agile of Things - Treinamentos em 2016Agile of Things - Treinamentos em 2016
Agile of Things - Treinamentos em 2016
 
Cenários exploratórios da cadeia de valor
Cenários exploratórios da cadeia de valorCenários exploratórios da cadeia de valor
Cenários exploratórios da cadeia de valor
 
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...Meetup Design Thinking - POA |  Práticas de design no ambiente digital: desaf...
Meetup Design Thinking - POA | Práticas de design no ambiente digital: desaf...
 
A jornada do Agile Coach: O início, o fim e o meio - Agile Brazil 2018
A jornada do Agile Coach: O início, o fim e o meio - Agile Brazil 2018A jornada do Agile Coach: O início, o fim e o meio - Agile Brazil 2018
A jornada do Agile Coach: O início, o fim e o meio - Agile Brazil 2018
 
Manual do Professor de Empreendedorismo
Manual do Professor de EmpreendedorismoManual do Professor de Empreendedorismo
Manual do Professor de Empreendedorismo
 
O papel do Agile Coach na transição ágil
O papel do Agile Coach na transição ágilO papel do Agile Coach na transição ágil
O papel do Agile Coach na transição ágil
 
Guia para a competição Ideation Sua Ideia na Prática Brasília
Guia para a competição Ideation Sua Ideia na Prática BrasíliaGuia para a competição Ideation Sua Ideia na Prática Brasília
Guia para a competição Ideation Sua Ideia na Prática Brasília
 
Workshops do Laboratório de Criatividade
Workshops do Laboratório de CriatividadeWorkshops do Laboratório de Criatividade
Workshops do Laboratório de Criatividade
 
Agil - artigo cientifico
Agil - artigo cientificoAgil - artigo cientifico
Agil - artigo cientifico
 
Gestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos ÁgeisGestão de Projetos Ágeis
Gestão de Projetos Ágeis
 
Apresentando a Área de Sucesso do Cliente
Apresentando a Área de Sucesso do ClienteApresentando a Área de Sucesso do Cliente
Apresentando a Área de Sucesso do Cliente
 
Lições aprendidas em Projetos
Lições aprendidas em ProjetosLições aprendidas em Projetos
Lições aprendidas em Projetos
 
Práticas de Comunidade: os seus melhores professores estão ao seu lado
Práticas de Comunidade: os seus melhores professores estão ao seu ladoPráticas de Comunidade: os seus melhores professores estão ao seu lado
Práticas de Comunidade: os seus melhores professores estão ao seu lado
 

Mais de Ester de Campos

O invisível da Retrospectiva
O invisível da RetrospectivaO invisível da Retrospectiva
O invisível da Retrospectiva
Ester de Campos
 
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose ContínuaResiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Ester de Campos
 
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do TimeFeedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Ester de Campos
 
Scrumetes: Uma Comunidade de Prática
Scrumetes: Uma Comunidade de PráticaScrumetes: Uma Comunidade de Prática
Scrumetes: Uma Comunidade de Prática
Ester de Campos
 
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria ContínuaNo Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
Ester de Campos
 
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
Resiliência e Agilidade -  SGRio2014Resiliência e Agilidade -  SGRio2014
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
Ester de Campos
 
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicasDiversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Ester de Campos
 
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Ester de Campos
 
Atitudes de uma Equipe Auto Organizável
Atitudes de uma Equipe Auto OrganizávelAtitudes de uma Equipe Auto Organizável
Atitudes de uma Equipe Auto Organizável
Ester de Campos
 

Mais de Ester de Campos (9)

O invisível da Retrospectiva
O invisível da RetrospectivaO invisível da Retrospectiva
O invisível da Retrospectiva
 
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose ContínuaResiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
Resiliencia e Agilidade - Irmãs Gêmeas em Metamorfose Contínua
 
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do TimeFeedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
Feedback: A Comunicação em Favor da Construção do Time
 
Scrumetes: Uma Comunidade de Prática
Scrumetes: Uma Comunidade de PráticaScrumetes: Uma Comunidade de Prática
Scrumetes: Uma Comunidade de Prática
 
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria ContínuaNo Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
No Pain, No Change - A Gestão Visual Apoiando a Melhoria Contínua
 
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
Resiliência e Agilidade -  SGRio2014Resiliência e Agilidade -  SGRio2014
Resiliência e Agilidade - SGRio2014
 
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicasDiversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
Diversifique os Posts de seu Blog: #19 dicas
 
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
Equipe Auto Organizável: Utopia ou Realidade?
 
Atitudes de uma Equipe Auto Organizável
Atitudes de uma Equipe Auto OrganizávelAtitudes de uma Equipe Auto Organizável
Atitudes de uma Equipe Auto Organizável
 

Learning 3.0

  • 1. Workshop Rio Agile Talks Ester Lima de Campos Março, 2013
  • 2. Learning 3.0 Trabalho de Alexandre Magno Apresentado no: Agile Brazil 2012 “It’s my contribution to the Management 3.0 model, suggesting some concepts and practices to improve the “Develop Competences” view. It’s about emergent learning.” Alexandre Magno
  • 3. Vamos revisitar a complexidade?
  • 5. “Best Practices” “Process Based” Dizendo “o que deve ser feito” Exemplos: – Lojas franquiadas http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
  • 6. “Good Practices” Expert Based Consultorias Eventos de “venda” de ideias e práticas Palestras de “Gurus” Conferências http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
  • 7. “Emergent Practices” “Hypotesis Based” Open-spaces Corredores de conferências Hackathon http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
  • 8. “Novel Practices” Filme: Um dia de Fúria
  • 9. Emergent Learning http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30
  • 11. Participantes: Asker – Dono do problema Sharer – Dono da(s) experiência(s) anterior(es) Thinker – Dono da ideia para o problema. Um Sharer pode ser um Thinker
  • 18. Referências Learning 3.0 Developing Competences in Complex Systems http://axmagno.com/ Learning 3.0R Aprendendo para a Complexidade http://www.slideshare.net/amagno1976/learning30 Management 3.0 – Jurgen Appelo Leading Agile Developers, Developing Agile Leaders
  • 19. Contatos esterlima@gmail.com @estercasado Blog.myscrumhalf.com Ester Lima de Campos esterlimadecampos
  • 20. Ester Lima de Campos é Mestre em Engenharia de Sistemas de Computação pela COPPE/UFRJ, graduada em Engenharia Eletrônica e Computação pela UFRJ. Há mais de 9 anos trabalha na área de desenvolvimento de software e há 5 anos vem se especializando em Metodologias ágeis. Desempenha o papel de Scrum Master na GPE, no projeto de desenvolvimento do ScrumHalf (www.myscrumhalf.com), além de ministrar treinamentos e dar consultoria para empresas em Scrum. É Certified Scrum Master (CSM) e Certified Scrum Product Owner (CSPO) pela Scrum Alliance. É também professora do MBA da Poli/UFRJ na disciplina de Metodologias Ágeis e Qualidade. Março 2013

Notas do Editor

  1. Cynefin Model – Descreveumaperspectivadaevolução natural dos sistemascomplexosO framework foidesenvolvidoem 1999 no contextodagestão do conhecimento e estratégiaorganizacional, por Dan Snowedn(www.slideshare.net/amagno1976/learning30)
  2. Passo 1: Asker apresenta o tema do problema e cita como isto está lhe afetando ou afetando seu time/empresa.Ex: Tema: Comissionamento de equipe comercialProblemas:- Vendedores focam na performance individual- Vendedores seguram venda para próximo quarter quando a meta do atual já foi atingida- Vendedores tratam clientes como "seus" e não da empresa<<explica o problema e como funciona hoje >>
  3. Passo 2: Asker lista o que espera alcançar ao resolver seu problema.Ex: Um time de vendas que trabalhe de forma integrada e vestindo a camisa da organização. Um time que trabalha para atingir as metas mas sem 'sangrar' a empresa, sem ter motivação para sabotar a empresa.
  4. Passo 3: Sharers compartilham experiência positivas OU negativas, citando ações e resultados observados.Ex:Sharer 1: Estipulamos metas por time e bônus por time e não por indivíduo >> Ruído e brigas aumentaram, e aparentemente problemas permaneceram. (pessoa tem liberdade para contar a história e responder perguntas )Sharer 2: Equipe comercial sem comissionamento >> Não houve motivação para vender mais (pessoa tem liberdade para contar a história e responder perguntas)Sharer 2: Ao invés de comissionamento, participação nos lucros >> Funcionou muito bem, diminuiu em grande parte os problemas. (pessoa tem liberdade para contar a história e responder perguntas)Sharer 3: Gestão Comercial próxima (em cima) para evitar os problemas citados >> Resolveu questão da "posse dos clientes". Foco na produtividade individual nunca foi visto por nós como um problema, pois estimula concorrência. (pessoa tem liberdade para contar a história e responder perguntas)
  5. Passo 4: Thinkers, baseando-se nas experiências compartilhadas, leituras e estudos anteriores, insights, ou qualquer outra coisa, tem liberdade para propor hipóteses que acreditam ser úteis para resolver os problemas. Thinker 1: Todos vendem sem separação de vendas e compartilham todas as contas. Bônus é dividido e Gerente atua como um facilitador para não haver ruído.Thinker 2: Criar uma tabela de percentual para metas individuais e em equipe. Bônus só seria dado se ambas fossem atingidas.Thinker 3: Não haver comissão, mas pagar um salário acima da média do mercado para equipe comercial. Motiva-los com motivação intrínseca, e não extrínseca.
  6. Passo 5: Asker elabora qual(is) das sugestões irá levar para casa para tentar resolver seus problemas - isso se alguma das sugestões se mostrar útil. Asker pode inclusive colocar no Plano de Ação algo que não foi citado por nenhum Thinker/Sharer mas que surgiu como insight ao longo da dinâmica.- Conversarei com meus gestores para avaliar a possibiliade de trabalhar com participação de lucros- Gostei da ideia do Thinker3, e acho que ela pode ser combinada com a participação dos lucros.Portanto meu plano será tentar conseguir patrocínio para trabalhar com uma política de participação nos lucros para a equipe de vendas, motivando-os extrínsicamente assim; e estimular a gestão a trabalhar diariamente com seus motivadores intrínsecos para fazer o outro lado.