SlideShare uma empresa Scribd logo
Pré socráticos slides
Os pré-socráticos
• Filósofos que antecederam a Sócrates, estes
tiveram grande influência na construção do
pensamento filosófico.
• Este período se caracterizou pela busca
constante da principal origem do homem e
consequentemente da terra.
• Outro fato que caracteriza este período é a
evolução do pensamento humano, sem
portanto perder a fé nos deuses.
No estudo da história da filosofia, os primeiros filósofos
são chamados de pré-socráticos. Apesar de passar a
ideia de que existiram antes de Sócrates, o termo pré-
socrático indica uma tendência de pensamento, estando
relacionado também com filósofos que viveram na
mesma época de Sócrates e até mesmo depois dele.
FILÓSOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS
Aquilo que une os filósofos pré-socráticos é a
preocupação em perguntar e compreender a
natureza do mundo (a physis). Queriam entender
a origem, o que originou todas as coisas, o
princípio delas. Por isso observavam o mundo e
buscavam explicações lógicas (racionais) para
compreendê-lo. Essas explicações se
contrapunham ao conhecimento religioso
comumente aceito pelos gregos antigos.
TALES DE MILETO
Tales aparece como o iniciador da filosofia, deu o
primeiro impulso para que ela se desenvolvesse ao buscar
uma explicação racional para entender a realidade. Para
Tales o elemento da natureza que origina todas as coisas é
a água.
ANAXIMANDRO DE MILETO
FOI MATEMÁTICO,
ASTRÔNOMO
E FILÓSOFO
ANAXIMANDRO FOI DISCÍPULO DE TALES, MAS
QUESTIONAVA AS RESPOSTA DE SEU MESTRE.
DIAZIA QUE O PRINCÍPIO DE TODAS AS COISAS NÃO
PODE SER UMA COISA DETERMINADA COMO A ÁGUA OU
O FOGO.
A ORIGEM DE TUDO DEVE SER ALGO
INETERMINADO E INDEFIDO: O ÁPEIRON
ÁPEIRON SIGNIFICA INFINITO E REPRESENTA A IDEIA
DE QUE A TOTALIDADE DA EXISTÊNCIA É COMPOSTA
DE SEUS CONTRÁRIOS (QUENTE-FRIO, BEM-MAL, SECO-
ÚMIDO)
Pré socráticos slides
ANAXÍMENES DE MILETO
Anaxímenes também foi astrônomo e foi
o primeiro a afirmar que a luz da Lua
vinha do Sol
Dizia que o princípio de todas as coisas é o
Ar.
O Ar está eternamente em movimento
A alma humana é feita de Ar.
Anaxímenes concordava com Anaximandro
quanto ao ápeiron, mas postulava que o
infinito do ápeiron se encontrava na
existência do Ar.
DEMÓCRITO DE ABDERA
DEMÓCRITO FOI O MAIOR EXPOENTE DA TEORIA
ATÓMICA OU ATOMISMO
TUDO QUE EXISTE É COMPOSTO DE ELEMENTOS
INDIVISÍVEIS (do grego, "a", negação e "tomo",
divisível. Átomo= indivisível)
EMPÉDOCLES DE AGRIGENTO
EMPÉDOCLES FOI FILÓSOFO, MÉDICO, LEGISLADOR, PROFESSOR E
PROFETA.
DEFENDIA A IDEIA DE QUE O MUNDO É CONSTRUIDIO A PARTIR DA
RELAÇÃO DE QUATRO ELEMENTOS: ÁGUA, TERRA, FOGO E AR
VIAJOU PARA MUITOS LUGARES E FOI UM GARNDE DEFENSOR DA
DEMOCRACIA
HERÁCLITO DE ÉFESO
HERÁCLITO MANIFESTOU SEU DESPRESO CONTRA OS FILÓSOFOS DE SEU
TEMPO E OS POETAS
PARA HERÁCLITO E ELEMENTO PRIMORDIAL É O FOGO
PARTE DO PRINCÍPIO DE QUE TUDO ESTÁ EM CONSTANTE MOVIMENTO, NADA
PODE PERMANECER ESTÁTICO
A MUDANÇA QUE ACONTECE EM TODAS AS COISAS É UMA GUERRA ENTRE OS
OPOSTOS ( O QUENTE PODE SE TRANFORMAR EM FRIO, A SAÚDE PODE
VIRAR DOENÇA, A VIDA CAMINHA PARA A MORTE, O DIA SE
TRANSFORMA EM NOITE )
HERÁCLITO ERA CONHECIDO COMO FILÓSOFO
“OBSCURO” E NO FIM DE SUA VIA SE ISOLOU NAS
MONTANHAS E SE ALIMENTAVA SÓ DE FRUTAS
PAMÉNIDES DE ELÉIA
PARMÉNIDES FOI ADMIRADO POR SEUS COMPORÂNEOS POR LEVAR
UMA VIDA REGRADA E EXEMPLAR. ESTEVE EM ATENAS AOS 65 ANOS E
TORNOU-SE AMIGO DO JOVEM SÓCRATES
ELE PROPOS QUE TUDO O QUE EXISTE É ETERNO, IMUTÁVEL E
INDESTRUTÍVEL
O CONHECIMENTO GENUÍNO DAS COISAS PODE SER CONQUISTADO
ATRAVÉS DA PERCEPÇÃO QUE PODEMOS TER DAS COISAS
USANDO A MENTE E A REFLEXÃO.
AO CONTRÁRIO DA MAIORIA DOS FILÓSOFOS QUE ESCREVIAM
EM PROSA, PARMENIDES ESCREVAU SUA GRANDE OBRA “DA NATUREZA”
EM FORMA DE POEMA.
A MENTE HUMANA É CAPAZ DE
ALCANÇAR A UNIDADE DE TODAS AS
COISAS...
PITÁGORAS DE SAMOS
PITÁGORAS FOI FILÓSOFO E MATEMÁTICO, FUNDOU A ESCOLA
PITAGÓRIACA NA CIDADE DE CROTONA. A ESCOLA FOI FUNDAMENTAL PARA A
EVOLUÇÃO DA MATEMÁTICA.
DE ACORCO COM SEU PENSAMENTO, O COSMOS É REGIDO POR RELAÇÕES
MATEMÁTICAS, SENDO O NÚMERO A ESSÊNCIA E O PRINCÍPIO DE TODAS AS
COISAS.
TAMBÉM SE DEDICOU AO ESTUDO DA GEOMETRIA DOS TRIÂNGULOS.
FORMULOU O FAMOSO TEOREMA DE PITÁGORA: “EM TODO TRIÂNGULO
RETÂNGULO, A SOMA DO QUADRADO DOS CATETOS É IGUAL AO
QUADRADO DA HIPOTENUSA”
PENSAMENTOS DE PITÁGORAS:
- EDUCAI AS CRIANÇAS E NÃO SERÁ PRECISO PUNIR OS JOVENS;
- NÃO É LIVRE QUEM NÃO TEM DOMÍNIO SOBRE SI
- TODAS AS COISAS SÃO NÚMEROS
- A EVOLUÇÃO É A LEI DA VIDA, O NÚMERO É A LEI DO UNIVERSO, A
UNIDADE É A LEI DE DEUS
- A SABEDORIA PLENA E COMPLETA PERTENCE A DEUS, MAS OS
HOMENS PODEM DESEJÁ-LA E AMÁ-LA TORNANDO-SE FILÓSOFOS
ANIMA-TE POR TERES DE SUPORTAR AS
INJUSTIÇAS; A VERDADEIRA DESGRAÇA
ESTÁ EM COMETÊ-LAS
Aula completa disponível em:
http://passadosetempos.blogspot.com.br/2012/06/os-filosofos-pre-socraticos.html

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Sócrates
SócratesSócrates
Sócrates
Péricles Penuel
 
Aulas de filosofia platão
Aulas de filosofia platãoAulas de filosofia platão
Aulas de filosofia platão
Péricles Penuel
 
ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA
Silmara Vedoveli
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
rafaforte
 
Filosofia Socrática
Filosofia SocráticaFilosofia Socrática
Filosofia Socrática
Juliana Corvino de Araújo
 
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofia
Raniery Braga
 
Teoria do conhecimento kant
Teoria do conhecimento   kantTeoria do conhecimento   kant
Teoria do conhecimento kant
João Paulo Rodrigues
 
Filosofia
Filosofia Filosofia
Filosofia
Erica Frau
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
Professor Marcelo
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
Alison Nunes
 
Filosofia moderna
Filosofia modernaFilosofia moderna
Filosofia moderna
Alexandre Misturini
 
Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: SócratesAula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Leandro Nazareth Souto
 
O que é Filosofia?
O que é Filosofia?O que é Filosofia?
O que é Filosofia?
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Aula02 - Metafísica
Aula02 - MetafísicaAula02 - Metafísica
Aula02 - Metafísica
William Ananias
 
Patristica e escolastica
Patristica e escolasticaPatristica e escolastica
Patristica e escolastica
Over Lane
 
Renascimento - Filosofia
Renascimento - FilosofiaRenascimento - Filosofia
Renascimento - Filosofia
Carson Souza
 
Filosofia moderna
Filosofia moderna Filosofia moderna
Filosofia moderna
Over Lane
 
1 introdução à reflexão filosofica
1 introdução à reflexão filosofica1 introdução à reflexão filosofica
1 introdução à reflexão filosofica
Daniele Rubim
 
Aula 21 filosofia da ciência
Aula 21   filosofia da ciênciaAula 21   filosofia da ciência
Aula 21 filosofia da ciência
professorleo1989
 
Filosofia Renascentista
Filosofia  RenascentistaFilosofia  Renascentista
Filosofia Renascentista
Juliana Corvino de Araújo
 

Mais procurados (20)

Sócrates
SócratesSócrates
Sócrates
 
Aulas de filosofia platão
Aulas de filosofia platãoAulas de filosofia platão
Aulas de filosofia platão
 
ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA ORIGEM DA FILOSOFIA
ORIGEM DA FILOSOFIA
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
Filosofia Socrática
Filosofia SocráticaFilosofia Socrática
Filosofia Socrática
 
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofia
 
Teoria do conhecimento kant
Teoria do conhecimento   kantTeoria do conhecimento   kant
Teoria do conhecimento kant
 
Filosofia
Filosofia Filosofia
Filosofia
 
Introdução à filosofia
Introdução à filosofiaIntrodução à filosofia
Introdução à filosofia
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
 
Filosofia moderna
Filosofia modernaFilosofia moderna
Filosofia moderna
 
Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: SócratesAula de filosofia antiga, tema: Sócrates
Aula de filosofia antiga, tema: Sócrates
 
O que é Filosofia?
O que é Filosofia?O que é Filosofia?
O que é Filosofia?
 
Aula02 - Metafísica
Aula02 - MetafísicaAula02 - Metafísica
Aula02 - Metafísica
 
Patristica e escolastica
Patristica e escolasticaPatristica e escolastica
Patristica e escolastica
 
Renascimento - Filosofia
Renascimento - FilosofiaRenascimento - Filosofia
Renascimento - Filosofia
 
Filosofia moderna
Filosofia moderna Filosofia moderna
Filosofia moderna
 
1 introdução à reflexão filosofica
1 introdução à reflexão filosofica1 introdução à reflexão filosofica
1 introdução à reflexão filosofica
 
Aula 21 filosofia da ciência
Aula 21   filosofia da ciênciaAula 21   filosofia da ciência
Aula 21 filosofia da ciência
 
Filosofia Renascentista
Filosofia  RenascentistaFilosofia  Renascentista
Filosofia Renascentista
 

Destaque

Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e SócratesIntrodução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Diego Sampaio
 
Os pré socráticos
Os pré socráticosOs pré socráticos
Os pré socráticos
Marina Leite
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
Gustavo Cuin
 
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
Tiago Kestering Pereira
 
Sofistas e socrates
Sofistas e socratesSofistas e socrates
Sofistas e socrates
UNESC
 
Sofistas
SofistasSofistas
Sofistas
mluisavalente
 
Os Sofistas
Os SofistasOs Sofistas
Os Sofistas
daysefaro
 

Destaque (7)

Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e SócratesIntrodução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
 
Os pré socráticos
Os pré socráticosOs pré socráticos
Os pré socráticos
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
2. sócrates, sofistas, platão e aristóteles
 
Sofistas e socrates
Sofistas e socratesSofistas e socrates
Sofistas e socrates
 
Sofistas
SofistasSofistas
Sofistas
 
Os Sofistas
Os SofistasOs Sofistas
Os Sofistas
 

Semelhante a Pré socráticos slides

Aula 04 e 05 - Os Pré-Socráticos
Aula 04 e 05 - Os Pré-SocráticosAula 04 e 05 - Os Pré-Socráticos
Aula 04 e 05 - Os Pré-Socráticos
Claudio Henrique Ramos Sales
 
VisãO Geral da Filosofia
VisãO Geral da FilosofiaVisãO Geral da Filosofia
VisãO Geral da Filosofia
ProfMario De Mori
 
Periodo Naturalista ou Pre-socratica
Periodo Naturalista ou Pre-socraticaPeriodo Naturalista ou Pre-socratica
Periodo Naturalista ou Pre-socratica
Bruno Miguel
 
1 aula - fil. impressão.pptx
1 aula - fil. impressão.pptx1 aula - fil. impressão.pptx
1 aula - fil. impressão.pptx
josuelsilva19
 
Filosofia i
Filosofia iFilosofia i
Filosofia i
Felipe Hiago
 
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros FilósofosFilosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Diego Bian Filo Moreira
 
Origem e divisão da filosofia
Origem e divisão da filosofiaOrigem e divisão da filosofia
Origem e divisão da filosofia
Colégio Tiradentes III
 
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição HumanaEvolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Iuri Guedes
 
Trabalho de antropologia
Trabalho de antropologiaTrabalho de antropologia
Trabalho de antropologia
PSIFCA
 
Pré-Socráticos - Os Primeiros Filósofos
Pré-Socráticos - Os Primeiros FilósofosPré-Socráticos - Os Primeiros Filósofos
Pré-Socráticos - Os Primeiros Filósofos
Bruno Carrasco
 
Slides de antropologia principal(1)
Slides de antropologia   principal(1)Slides de antropologia   principal(1)
Slides de antropologia principal(1)
Ivison Kauê
 
Slides de antropologia principal(1)
Slides de antropologia   principal(1)Slides de antropologia   principal(1)
Slides de antropologia principal(1)
Ivison Kauê
 
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOSOS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
Isabel Aguiar
 
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOSOS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
Isabel Aguiar
 
Slides de antropologia principal
Slides de antropologia   principalSlides de antropologia   principal
Slides de antropologia principal
Ivison Kauê
 
Slides de antropologia principal
Slides de antropologia   principalSlides de antropologia   principal
Slides de antropologia principal
Ivison Kauê
 
Mundo de Sofia Resumo
Mundo de Sofia ResumoMundo de Sofia Resumo
Mundo de Sofia Resumo
Luci Bonini
 
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
Cap 2   os filosofos da natureza - postarCap 2   os filosofos da natureza - postar
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
José Ferreira Júnior
 
Pre socraticos à Aristóteles
Pre socraticos à AristótelesPre socraticos à Aristóteles
Pre socraticos à Aristóteles
Alan
 
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humana
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humanaEvolução histórica da reflexão sobre a condição humana
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humana
19121992
 

Semelhante a Pré socráticos slides (20)

Aula 04 e 05 - Os Pré-Socráticos
Aula 04 e 05 - Os Pré-SocráticosAula 04 e 05 - Os Pré-Socráticos
Aula 04 e 05 - Os Pré-Socráticos
 
VisãO Geral da Filosofia
VisãO Geral da FilosofiaVisãO Geral da Filosofia
VisãO Geral da Filosofia
 
Periodo Naturalista ou Pre-socratica
Periodo Naturalista ou Pre-socraticaPeriodo Naturalista ou Pre-socratica
Periodo Naturalista ou Pre-socratica
 
1 aula - fil. impressão.pptx
1 aula - fil. impressão.pptx1 aula - fil. impressão.pptx
1 aula - fil. impressão.pptx
 
Filosofia i
Filosofia iFilosofia i
Filosofia i
 
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros FilósofosFilosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
Filosofia 01 - Do mito aos Primeiros Filósofos
 
Origem e divisão da filosofia
Origem e divisão da filosofiaOrigem e divisão da filosofia
Origem e divisão da filosofia
 
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição HumanaEvolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
 
Trabalho de antropologia
Trabalho de antropologiaTrabalho de antropologia
Trabalho de antropologia
 
Pré-Socráticos - Os Primeiros Filósofos
Pré-Socráticos - Os Primeiros FilósofosPré-Socráticos - Os Primeiros Filósofos
Pré-Socráticos - Os Primeiros Filósofos
 
Slides de antropologia principal(1)
Slides de antropologia   principal(1)Slides de antropologia   principal(1)
Slides de antropologia principal(1)
 
Slides de antropologia principal(1)
Slides de antropologia   principal(1)Slides de antropologia   principal(1)
Slides de antropologia principal(1)
 
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOSOS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
 
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOSOS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
 
Slides de antropologia principal
Slides de antropologia   principalSlides de antropologia   principal
Slides de antropologia principal
 
Slides de antropologia principal
Slides de antropologia   principalSlides de antropologia   principal
Slides de antropologia principal
 
Mundo de Sofia Resumo
Mundo de Sofia ResumoMundo de Sofia Resumo
Mundo de Sofia Resumo
 
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
Cap 2   os filosofos da natureza - postarCap 2   os filosofos da natureza - postar
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
 
Pre socraticos à Aristóteles
Pre socraticos à AristótelesPre socraticos à Aristóteles
Pre socraticos à Aristóteles
 
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humana
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humanaEvolução histórica da reflexão sobre a condição humana
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humana
 

Mais de Colégio Tiradentes III

Aula turma direito_m_do_e_j
Aula turma direito_m_do_e_jAula turma direito_m_do_e_j
Aula turma direito_m_do_e_j
Colégio Tiradentes III
 
Aula revisão
Aula revisãoAula revisão
Aula dia 06 08
Aula dia 06 08Aula dia 06 08
Aula dia 06 08
Colégio Tiradentes III
 
Aula 9 e 10
Aula 9 e 10Aula 9 e 10
Aula 05 e 06
Aula 05 e 06Aula 05 e 06
Aula 03 e 04
Aula 03 e 04Aula 03 e 04
Aula 01 e 02
Aula 01 e 02Aula 01 e 02
Aula 09
Aula 09Aula 09
Aula 02
Aula 02Aula 02
Aula 1 24-01
Aula 1   24-01Aula 1   24-01
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula sociologia
Aula sociologiaAula sociologia
Aula sociologia
Colégio Tiradentes III
 
Aula dia 29 01
Aula dia 29 01Aula dia 29 01
Aula dia 29 01
Colégio Tiradentes III
 
Episteme do mito a razão
Episteme do mito a razãoEpisteme do mito a razão
Episteme do mito a razão
Colégio Tiradentes III
 
Aula dia 14 09
Aula dia 14 09Aula dia 14 09
Aula dia 14 09
Colégio Tiradentes III
 
Aula 31 08
Aula 31 08Aula 31 08
Aula dia 03 08-16
Aula dia 03 08-16Aula dia 03 08-16
Aula dia 03 08-16
Colégio Tiradentes III
 
Como fazer uma resenha
Como fazer uma resenhaComo fazer uma resenha
Como fazer uma resenha
Colégio Tiradentes III
 
Para prova 2
Para prova 2Para prova 2
Como fazer uma resenha
Como fazer uma resenhaComo fazer uma resenha
Como fazer uma resenha
Colégio Tiradentes III
 

Mais de Colégio Tiradentes III (20)

Aula turma direito_m_do_e_j
Aula turma direito_m_do_e_jAula turma direito_m_do_e_j
Aula turma direito_m_do_e_j
 
Aula revisão
Aula revisãoAula revisão
Aula revisão
 
Aula dia 06 08
Aula dia 06 08Aula dia 06 08
Aula dia 06 08
 
Aula 9 e 10
Aula 9 e 10Aula 9 e 10
Aula 9 e 10
 
Aula 05 e 06
Aula 05 e 06Aula 05 e 06
Aula 05 e 06
 
Aula 03 e 04
Aula 03 e 04Aula 03 e 04
Aula 03 e 04
 
Aula 01 e 02
Aula 01 e 02Aula 01 e 02
Aula 01 e 02
 
Aula 09
Aula 09Aula 09
Aula 09
 
Aula 02
Aula 02Aula 02
Aula 02
 
Aula 1 24-01
Aula 1   24-01Aula 1   24-01
Aula 1 24-01
 
Aula 01
Aula 01Aula 01
Aula 01
 
Aula sociologia
Aula sociologiaAula sociologia
Aula sociologia
 
Aula dia 29 01
Aula dia 29 01Aula dia 29 01
Aula dia 29 01
 
Episteme do mito a razão
Episteme do mito a razãoEpisteme do mito a razão
Episteme do mito a razão
 
Aula dia 14 09
Aula dia 14 09Aula dia 14 09
Aula dia 14 09
 
Aula 31 08
Aula 31 08Aula 31 08
Aula 31 08
 
Aula dia 03 08-16
Aula dia 03 08-16Aula dia 03 08-16
Aula dia 03 08-16
 
Como fazer uma resenha
Como fazer uma resenhaComo fazer uma resenha
Como fazer uma resenha
 
Para prova 2
Para prova 2Para prova 2
Para prova 2
 
Como fazer uma resenha
Como fazer uma resenhaComo fazer uma resenha
Como fazer uma resenha
 

Último

Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Mary Alvarenga
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
SupervisoEMAC
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
shirleisousa9166
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
felipescherner
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
jetroescola
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
marcos oliveira
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
LeilaVilasboas
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
shirleisousa9166
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
DirceuSilva26
 

Último (20)

Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.Atividade Dias dos Pais -  Meu Pai, Razão da Minha História.
Atividade Dias dos Pais - Meu Pai, Razão da Minha História.
 
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdfCaderno 1 -  Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
Caderno 1 - Módulo Água JMS 2024 (1).pdf
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdfCaderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
Caderno_de_referencias_Ocupacaohumana_IV_FlaviaCoelho_compressed.pdf
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docxreconquista sobre a guerra de ibérica.docx
reconquista sobre a guerra de ibérica.docx
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2020 CENSIPAM.pdf
 
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptxLicao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
Licao de adultos Topico 1 CPAD edit.pptx
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdfTrabalho Colaborativo na educação especial.pdf
Trabalho Colaborativo na educação especial.pdf
 
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptxSlide para aplicação  da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
Slide para aplicação da AVAL. FLUÊNCIA.pptx
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
apresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacionalapresentação metodologia terapia ocupacional
apresentação metodologia terapia ocupacional
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
Auxiliar Adolescente 2024 3 trimestre 24
 

Pré socráticos slides

  • 2. Os pré-socráticos • Filósofos que antecederam a Sócrates, estes tiveram grande influência na construção do pensamento filosófico. • Este período se caracterizou pela busca constante da principal origem do homem e consequentemente da terra. • Outro fato que caracteriza este período é a evolução do pensamento humano, sem portanto perder a fé nos deuses.
  • 3. No estudo da história da filosofia, os primeiros filósofos são chamados de pré-socráticos. Apesar de passar a ideia de que existiram antes de Sócrates, o termo pré- socrático indica uma tendência de pensamento, estando relacionado também com filósofos que viveram na mesma época de Sócrates e até mesmo depois dele. FILÓSOFOS PRÉ-SOCRÁTICOS
  • 4. Aquilo que une os filósofos pré-socráticos é a preocupação em perguntar e compreender a natureza do mundo (a physis). Queriam entender a origem, o que originou todas as coisas, o princípio delas. Por isso observavam o mundo e buscavam explicações lógicas (racionais) para compreendê-lo. Essas explicações se contrapunham ao conhecimento religioso comumente aceito pelos gregos antigos.
  • 6. Tales aparece como o iniciador da filosofia, deu o primeiro impulso para que ela se desenvolvesse ao buscar uma explicação racional para entender a realidade. Para Tales o elemento da natureza que origina todas as coisas é a água.
  • 7. ANAXIMANDRO DE MILETO FOI MATEMÁTICO, ASTRÔNOMO E FILÓSOFO
  • 8. ANAXIMANDRO FOI DISCÍPULO DE TALES, MAS QUESTIONAVA AS RESPOSTA DE SEU MESTRE. DIAZIA QUE O PRINCÍPIO DE TODAS AS COISAS NÃO PODE SER UMA COISA DETERMINADA COMO A ÁGUA OU O FOGO. A ORIGEM DE TUDO DEVE SER ALGO INETERMINADO E INDEFIDO: O ÁPEIRON ÁPEIRON SIGNIFICA INFINITO E REPRESENTA A IDEIA DE QUE A TOTALIDADE DA EXISTÊNCIA É COMPOSTA DE SEUS CONTRÁRIOS (QUENTE-FRIO, BEM-MAL, SECO- ÚMIDO)
  • 11. Anaxímenes também foi astrônomo e foi o primeiro a afirmar que a luz da Lua vinha do Sol Dizia que o princípio de todas as coisas é o Ar. O Ar está eternamente em movimento A alma humana é feita de Ar.
  • 12. Anaxímenes concordava com Anaximandro quanto ao ápeiron, mas postulava que o infinito do ápeiron se encontrava na existência do Ar.
  • 14. DEMÓCRITO FOI O MAIOR EXPOENTE DA TEORIA ATÓMICA OU ATOMISMO TUDO QUE EXISTE É COMPOSTO DE ELEMENTOS INDIVISÍVEIS (do grego, "a", negação e "tomo", divisível. Átomo= indivisível)
  • 16. EMPÉDOCLES FOI FILÓSOFO, MÉDICO, LEGISLADOR, PROFESSOR E PROFETA. DEFENDIA A IDEIA DE QUE O MUNDO É CONSTRUIDIO A PARTIR DA RELAÇÃO DE QUATRO ELEMENTOS: ÁGUA, TERRA, FOGO E AR VIAJOU PARA MUITOS LUGARES E FOI UM GARNDE DEFENSOR DA DEMOCRACIA
  • 18. HERÁCLITO MANIFESTOU SEU DESPRESO CONTRA OS FILÓSOFOS DE SEU TEMPO E OS POETAS PARA HERÁCLITO E ELEMENTO PRIMORDIAL É O FOGO PARTE DO PRINCÍPIO DE QUE TUDO ESTÁ EM CONSTANTE MOVIMENTO, NADA PODE PERMANECER ESTÁTICO A MUDANÇA QUE ACONTECE EM TODAS AS COISAS É UMA GUERRA ENTRE OS OPOSTOS ( O QUENTE PODE SE TRANFORMAR EM FRIO, A SAÚDE PODE VIRAR DOENÇA, A VIDA CAMINHA PARA A MORTE, O DIA SE TRANSFORMA EM NOITE )
  • 19. HERÁCLITO ERA CONHECIDO COMO FILÓSOFO “OBSCURO” E NO FIM DE SUA VIA SE ISOLOU NAS MONTANHAS E SE ALIMENTAVA SÓ DE FRUTAS
  • 21. PARMÉNIDES FOI ADMIRADO POR SEUS COMPORÂNEOS POR LEVAR UMA VIDA REGRADA E EXEMPLAR. ESTEVE EM ATENAS AOS 65 ANOS E TORNOU-SE AMIGO DO JOVEM SÓCRATES ELE PROPOS QUE TUDO O QUE EXISTE É ETERNO, IMUTÁVEL E INDESTRUTÍVEL O CONHECIMENTO GENUÍNO DAS COISAS PODE SER CONQUISTADO ATRAVÉS DA PERCEPÇÃO QUE PODEMOS TER DAS COISAS USANDO A MENTE E A REFLEXÃO. AO CONTRÁRIO DA MAIORIA DOS FILÓSOFOS QUE ESCREVIAM EM PROSA, PARMENIDES ESCREVAU SUA GRANDE OBRA “DA NATUREZA” EM FORMA DE POEMA.
  • 22. A MENTE HUMANA É CAPAZ DE ALCANÇAR A UNIDADE DE TODAS AS COISAS...
  • 24. PITÁGORAS FOI FILÓSOFO E MATEMÁTICO, FUNDOU A ESCOLA PITAGÓRIACA NA CIDADE DE CROTONA. A ESCOLA FOI FUNDAMENTAL PARA A EVOLUÇÃO DA MATEMÁTICA. DE ACORCO COM SEU PENSAMENTO, O COSMOS É REGIDO POR RELAÇÕES MATEMÁTICAS, SENDO O NÚMERO A ESSÊNCIA E O PRINCÍPIO DE TODAS AS COISAS. TAMBÉM SE DEDICOU AO ESTUDO DA GEOMETRIA DOS TRIÂNGULOS. FORMULOU O FAMOSO TEOREMA DE PITÁGORA: “EM TODO TRIÂNGULO RETÂNGULO, A SOMA DO QUADRADO DOS CATETOS É IGUAL AO QUADRADO DA HIPOTENUSA”
  • 25. PENSAMENTOS DE PITÁGORAS: - EDUCAI AS CRIANÇAS E NÃO SERÁ PRECISO PUNIR OS JOVENS; - NÃO É LIVRE QUEM NÃO TEM DOMÍNIO SOBRE SI - TODAS AS COISAS SÃO NÚMEROS - A EVOLUÇÃO É A LEI DA VIDA, O NÚMERO É A LEI DO UNIVERSO, A UNIDADE É A LEI DE DEUS - A SABEDORIA PLENA E COMPLETA PERTENCE A DEUS, MAS OS HOMENS PODEM DESEJÁ-LA E AMÁ-LA TORNANDO-SE FILÓSOFOS
  • 26. ANIMA-TE POR TERES DE SUPORTAR AS INJUSTIÇAS; A VERDADEIRA DESGRAÇA ESTÁ EM COMETÊ-LAS
  • 27. Aula completa disponível em: http://passadosetempos.blogspot.com.br/2012/06/os-filosofos-pre-socraticos.html