SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 15
FILOSOFIA
PROFª : Silmara
Etmologia da palavra
Filosofia – palavra de origem grega;
Phílos – amigo/ amante
Sophía – sabedoria
Portanto: Amigo do saber.
Saber o que?
• Pensar filosoficamente é, portanto, refletir
sobre os mais diversos problemas e
situações
• Partindo do zero
• Sem aceitar automaticamente os
conhecimentos recebidos.
Os filósofos faziam da
filosofia sua profissão , seu
modo de viver.
Elaboravam pensamentos tais
como : O que é Felicidade?, O
que é Democracia?
Reelaboravam conceitos
pensados de outros filósofos
levantando questões que
contrapõem o pensamento.
Grécia antiga séc. VIII a V a.C.
• Nunca formou um império centralizado;
• Se organizou em cidades-Estado, cada
uma com seu próprio governo e suas
próprias leis.
• Na mesma época haviam outros impérios:
Egípcios, Persas e Chineses – saber era
monopólio dos sacerdotes e pessoas
ligadas a ele.
Primeiros filósofos do mundo grego
625 – 556 a.C.
Considerado primeiro filósofo (jônia – Turquia)
Há um princípio universal do qual as coisas derivam
(arkhé) – água.
TALES DE MILETO
PITÁGORAS
570 – 497 a.C.
Defendia que o universo (kósmos) era regido por
princípios matemáticos, sendo o número o
fundamento de todas as coisas.
O princípio de todas as coisas é o
fogo e não os números
Tudo se organiza e se ordena para a
composição do Kósmos.
HERÁCLITO DE ÉFESO
535 – 475 a.C.
Sócrates 469 – 399 a.C.
“ Tudo que sei é que nada sei!”
A Grécia nos séculos VII e VI a. C.
• A Civilização grega antiga formou uma cultura
plurarista – jônios, Dórios e Eólicos – desenv.
Teatro, literatura, arquitetura e escultura.
Atenas em 438 a. C.
Homenagem a deusa Atena (sabedoria)
14 m
Utilizado como templo para práticas
religiosas
Arquitetura de ordem Dórica
• A Filosofia é o resultado,
portanto, da confluência da
interação de diferentes povos e
culturas que encontram na pólis
ateniense o terreno propício
para o seu desenvolvimento
intelectual. (Gallo: 2013)
• Alguns filósofos se recusavam a escrever
suas ideias considerando a escrita inimiga da
memória;
• Sócrates era uma deles; fazia perguntas que
levavam o outro a cair em contradição.
• Esse método ficou conhecido como
MAIÊUTICA (parto das ideias)
Platão - 427 – 347 a. C.
Nascido em Atenas – filho de família
aristocrática
Sua contribuição mais importante foi a
construção da teoria das ideias.
Crítico do regime democrático.
Somente por meio de diálogos seria
possível chegar a um refinamento das
ideias (perguntas e respostas) para se
chegar a um conhecimento verdadeiro.
Esse método ficou conhecido como
Dialética
Filosofia e opinião
• Qual a sua opinião sobre política?
• O que você pensa sobre liberdade?
• O que é uma amizade verdadeira?
• Que método você utiliza para respondê-las?
A Filosofia parte da opinião,
mas a recusa como verdade
absoluta.
Busca a reflexão mais sólida
e fundamentada, por meio da qual
o ser humano se realize em sua
capacidade racional.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Os pré-socráticos
Os pré-socráticosOs pré-socráticos
Os pré-socráticos
 
Filósofos Pré socráticos
Filósofos Pré socráticosFilósofos Pré socráticos
Filósofos Pré socráticos
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
 
História da filosofia antiga
História da filosofia antigaHistória da filosofia antiga
História da filosofia antiga
 
Existencialismo
ExistencialismoExistencialismo
Existencialismo
 
Sócrates
SócratesSócrates
Sócrates
 
Razão filosofia
Razão   filosofiaRazão   filosofia
Razão filosofia
 
Slide a origem da filosofia1
Slide a origem da filosofia1Slide a origem da filosofia1
Slide a origem da filosofia1
 
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)Questoes de filosofia  com descritores   ensino médio (1)
Questoes de filosofia com descritores ensino médio (1)
 
Filosofia Política
Filosofia PolíticaFilosofia Política
Filosofia Política
 
Filosofia Grécia
Filosofia GréciaFilosofia Grécia
Filosofia Grécia
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
4 filosofia e senso comum
4 filosofia e senso comum 4 filosofia e senso comum
4 filosofia e senso comum
 
Platão
PlatãoPlatão
Platão
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
 
Filosofia e Mito
Filosofia e MitoFilosofia e Mito
Filosofia e Mito
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
 
Aula02 - Metafísica
Aula02 - MetafísicaAula02 - Metafísica
Aula02 - Metafísica
 

Destaque

Slide a origem da filosofia
Slide a origem da filosofiaSlide a origem da filosofia
Slide a origem da filosofiairanildespm
 
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaRaniery Braga
 
A Origem Da Filosofia
A Origem Da FilosofiaA Origem Da Filosofia
A Origem Da FilosofiaJorge Miklos
 
O Que é Filosofia?
O Que é Filosofia?O Que é Filosofia?
O Que é Filosofia?Rene Lins
 
Aula revisão - Filosofia
Aula revisão - FilosofiaAula revisão - Filosofia
Aula revisão - Filosofiaerickxk
 
Trabalho de filosofia ensino médio
Trabalho de filosofia ensino médioTrabalho de filosofia ensino médio
Trabalho de filosofia ensino médioWANDERSON JONER
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticosrafaforte
 
História e cultura da colômbia
História e cultura da colômbiaHistória e cultura da colômbia
História e cultura da colômbiaPedro Andretta
 
O SURGIMENTO DA FILOSOFIA ( ADAPTADO)
O SURGIMENTO DA FILOSOFIA ( ADAPTADO)O SURGIMENTO DA FILOSOFIA ( ADAPTADO)
O SURGIMENTO DA FILOSOFIA ( ADAPTADO)Isabel Aguiar
 
Filosofia surgimento
Filosofia surgimentoFilosofia surgimento
Filosofia surgimentoluizbraz5555
 
Nascimento da filosofia
Nascimento da filosofiaNascimento da filosofia
Nascimento da filosofiaFilazambuja
 
Exercicio de filosofia
Exercicio de filosofiaExercicio de filosofia
Exercicio de filosofiaMarcio
 
Atividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano - IV bimestre
Atividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano  -  IV bimestreAtividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano  -  IV bimestre
Atividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano - IV bimestreMary Alvarenga
 

Destaque (20)

Origem Da Filosofia
Origem Da FilosofiaOrigem Da Filosofia
Origem Da Filosofia
 
Slide a origem da filosofia
Slide a origem da filosofiaSlide a origem da filosofia
Slide a origem da filosofia
 
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofia
 
A Origem Da Filosofia
A Origem Da FilosofiaA Origem Da Filosofia
A Origem Da Filosofia
 
Aula de filosofia
Aula de filosofia Aula de filosofia
Aula de filosofia
 
O Que é Filosofia?
O Que é Filosofia?O Que é Filosofia?
O Que é Filosofia?
 
Filosofia
FilosofiaFilosofia
Filosofia
 
Aula revisão - Filosofia
Aula revisão - FilosofiaAula revisão - Filosofia
Aula revisão - Filosofia
 
Trabalho de filosofia ensino médio
Trabalho de filosofia ensino médioTrabalho de filosofia ensino médio
Trabalho de filosofia ensino médio
 
O nascimento da filosofia
O nascimento da filosofiaO nascimento da filosofia
O nascimento da filosofia
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
Aula A origem da filosofia
Aula  A origem da filosofia Aula  A origem da filosofia
Aula A origem da filosofia
 
História e cultura da colômbia
História e cultura da colômbiaHistória e cultura da colômbia
História e cultura da colômbia
 
O SURGIMENTO DA FILOSOFIA ( ADAPTADO)
O SURGIMENTO DA FILOSOFIA ( ADAPTADO)O SURGIMENTO DA FILOSOFIA ( ADAPTADO)
O SURGIMENTO DA FILOSOFIA ( ADAPTADO)
 
Filosofia surgimento
Filosofia surgimentoFilosofia surgimento
Filosofia surgimento
 
Nascimento da filosofia
Nascimento da filosofiaNascimento da filosofia
Nascimento da filosofia
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
Exercicio de filosofia
Exercicio de filosofiaExercicio de filosofia
Exercicio de filosofia
 
Atividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano - IV bimestre
Atividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano  -  IV bimestreAtividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano  -  IV bimestre
Atividade de Filosofia -1º, 2º e 3º ano - IV bimestre
 
AFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASILAFRICANOS NO BRASIL
AFRICANOS NO BRASIL
 

Semelhante a ORIGEM DA FILOSOFIA

As Origens da Filosofia.pptx
As Origens da Filosofia.pptxAs Origens da Filosofia.pptx
As Origens da Filosofia.pptxAdilma Torres
 
Filosofia e democracia da grécia
Filosofia e democracia da gréciaFilosofia e democracia da grécia
Filosofia e democracia da gréciaLuis Carlos
 
Contexto da origem da filosofia
Contexto da origem da filosofiaContexto da origem da filosofia
Contexto da origem da filosofiaJoseney Mattos
 
A origem e o nascimento da Filosofia e.pptx
A origem e o nascimento da Filosofia e.pptxA origem e o nascimento da Filosofia e.pptx
A origem e o nascimento da Filosofia e.pptxLaryssaMendes17
 
Trabalho de história filosofia grega
Trabalho de história  filosofia gregaTrabalho de história  filosofia grega
Trabalho de história filosofia gregaCarolina Alves
 
I definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
I   definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)I   definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
I definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)AidaCunha73
 
I definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
I   definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)I   definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
I definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)Aida Cunha
 
A filosofia antiga clássica greco_romana
A filosofia antiga clássica greco_romanaA filosofia antiga clássica greco_romana
A filosofia antiga clássica greco_romanaAldenei Barros
 
5.0 PERÍODOS E CAMPOS DA INVESTIGAÇÃO GREGA.ppt
5.0 PERÍODOS E CAMPOS DA INVESTIGAÇÃO GREGA.ppt5.0 PERÍODOS E CAMPOS DA INVESTIGAÇÃO GREGA.ppt
5.0 PERÍODOS E CAMPOS DA INVESTIGAÇÃO GREGA.pptSilvio Gomes
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaMary Alvarenga
 
Profª karoline quinzena 07 - 14.04 a 25.04 - filosofia - 1º ano
Profª karoline   quinzena 07 - 14.04 a 25.04 - filosofia - 1º anoProfª karoline   quinzena 07 - 14.04 a 25.04 - filosofia - 1º ano
Profª karoline quinzena 07 - 14.04 a 25.04 - filosofia - 1º anoKaroline Rodrigues de Melo
 
Socrates e o nascimento da filosofia
Socrates e o nascimento da filosofiaSocrates e o nascimento da filosofia
Socrates e o nascimento da filosofiaSilvia Cintra
 
AULAS FILOSOFIA.pdf SOCRATES E PLATAO E ARISTOTELES
AULAS FILOSOFIA.pdf SOCRATES E PLATAO E ARISTOTELESAULAS FILOSOFIA.pdf SOCRATES E PLATAO E ARISTOTELES
AULAS FILOSOFIA.pdf SOCRATES E PLATAO E ARISTOTELESluluzivania
 

Semelhante a ORIGEM DA FILOSOFIA (20)

As Origens da Filosofia.pptx
As Origens da Filosofia.pptxAs Origens da Filosofia.pptx
As Origens da Filosofia.pptx
 
Antropologia modificado
Antropologia modificadoAntropologia modificado
Antropologia modificado
 
Antropologia modificado
Antropologia modificadoAntropologia modificado
Antropologia modificado
 
Antropologia
Antropologia Antropologia
Antropologia
 
Filosofia e democracia da grécia
Filosofia e democracia da gréciaFilosofia e democracia da grécia
Filosofia e democracia da grécia
 
Contexto da origem da filosofia
Contexto da origem da filosofiaContexto da origem da filosofia
Contexto da origem da filosofia
 
A origem e o nascimento da Filosofia e.pptx
A origem e o nascimento da Filosofia e.pptxA origem e o nascimento da Filosofia e.pptx
A origem e o nascimento da Filosofia e.pptx
 
VisãO Geral da Filosofia
VisãO Geral da FilosofiaVisãO Geral da Filosofia
VisãO Geral da Filosofia
 
Trabalho de história filosofia grega
Trabalho de história  filosofia gregaTrabalho de história  filosofia grega
Trabalho de história filosofia grega
 
I definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
I   definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)I   definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
I definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
 
I definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
I   definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)I   definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
I definição de filosofia, breve contextualização e disciplinas (3)
 
A filosofia antiga clássica greco_romana
A filosofia antiga clássica greco_romanaA filosofia antiga clássica greco_romana
A filosofia antiga clássica greco_romana
 
5.0 PERÍODOS E CAMPOS DA INVESTIGAÇÃO GREGA.ppt
5.0 PERÍODOS E CAMPOS DA INVESTIGAÇÃO GREGA.ppt5.0 PERÍODOS E CAMPOS DA INVESTIGAÇÃO GREGA.ppt
5.0 PERÍODOS E CAMPOS DA INVESTIGAÇÃO GREGA.ppt
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
 
Profª karoline quinzena 07 - 14.04 a 25.04 - filosofia - 1º ano
Profª karoline   quinzena 07 - 14.04 a 25.04 - filosofia - 1º anoProfª karoline   quinzena 07 - 14.04 a 25.04 - filosofia - 1º ano
Profª karoline quinzena 07 - 14.04 a 25.04 - filosofia - 1º ano
 
Aula 1 fls em
Aula 1 fls emAula 1 fls em
Aula 1 fls em
 
2a. apostila-de-filosofia
2a. apostila-de-filosofia2a. apostila-de-filosofia
2a. apostila-de-filosofia
 
Filosofia clássica 1
Filosofia clássica 1Filosofia clássica 1
Filosofia clássica 1
 
Socrates e o nascimento da filosofia
Socrates e o nascimento da filosofiaSocrates e o nascimento da filosofia
Socrates e o nascimento da filosofia
 
AULAS FILOSOFIA.pdf SOCRATES E PLATAO E ARISTOTELES
AULAS FILOSOFIA.pdf SOCRATES E PLATAO E ARISTOTELESAULAS FILOSOFIA.pdf SOCRATES E PLATAO E ARISTOTELES
AULAS FILOSOFIA.pdf SOCRATES E PLATAO E ARISTOTELES
 

Mais de Silmara Vedoveli

Continente Europeu todos os aspectos
Continente Europeu todos os aspectosContinente Europeu todos os aspectos
Continente Europeu todos os aspectosSilmara Vedoveli
 
Noções básicas de climatologia
Noções básicas de climatologiaNoções básicas de climatologia
Noções básicas de climatologiaSilmara Vedoveli
 
Noções básicas de geologia cursinho
Noções básicas de geologia   cursinhoNoções básicas de geologia   cursinho
Noções básicas de geologia cursinhoSilmara Vedoveli
 
Regionalização do território brasileiro cursinho
Regionalização do território brasileiro   cursinhoRegionalização do território brasileiro   cursinho
Regionalização do território brasileiro cursinhoSilmara Vedoveli
 
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficasCartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficasSilmara Vedoveli
 
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do BrasilCoordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do BrasilSilmara Vedoveli
 
Módulo 1 – Ordens mundiais
Módulo 1 – Ordens mundiais Módulo 1 – Ordens mundiais
Módulo 1 – Ordens mundiais Silmara Vedoveli
 
Elementos básicos de cartografia aula
Elementos básicos de cartografia   aulaElementos básicos de cartografia   aula
Elementos básicos de cartografia aulaSilmara Vedoveli
 
Delimitação e formação do território brasileiro
Delimitação e formação do território brasileiroDelimitação e formação do território brasileiro
Delimitação e formação do território brasileiroSilmara Vedoveli
 
Urbanização brasileira aulão enem
Urbanização brasileira   aulão enemUrbanização brasileira   aulão enem
Urbanização brasileira aulão enemSilmara Vedoveli
 
O espaço agrário brasileiro aulão enem [salvo automaticamente]
O espaço agrário brasileiro aulão   enem [salvo automaticamente]O espaço agrário brasileiro aulão   enem [salvo automaticamente]
O espaço agrário brasileiro aulão enem [salvo automaticamente]Silmara Vedoveli
 
Globalização Aulão - ENEM
Globalização   Aulão - ENEMGlobalização   Aulão - ENEM
Globalização Aulão - ENEMSilmara Vedoveli
 
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi GalileuQuestões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi GalileuSilmara Vedoveli
 
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmaraConflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmaraSilmara Vedoveli
 
A importância da floresta em pé
A importância da floresta em pé   A importância da floresta em pé
A importância da floresta em pé Silmara Vedoveli
 
Educação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidadeEducação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidadeSilmara Vedoveli
 
A ocupação existencial do mundo mestradoi seminario
A ocupação existencial do mundo  mestradoi seminarioA ocupação existencial do mundo  mestradoi seminario
A ocupação existencial do mundo mestradoi seminarioSilmara Vedoveli
 

Mais de Silmara Vedoveli (20)

Continente Europeu todos os aspectos
Continente Europeu todos os aspectosContinente Europeu todos os aspectos
Continente Europeu todos os aspectos
 
Tensões e Conflitos
Tensões e ConflitosTensões e Conflitos
Tensões e Conflitos
 
Noções básicas de climatologia
Noções básicas de climatologiaNoções básicas de climatologia
Noções básicas de climatologia
 
Hidrografia do Brasil
Hidrografia do Brasil   Hidrografia do Brasil
Hidrografia do Brasil
 
Noções básicas de geologia cursinho
Noções básicas de geologia   cursinhoNoções básicas de geologia   cursinho
Noções básicas de geologia cursinho
 
Regionalização do território brasileiro cursinho
Regionalização do território brasileiro   cursinhoRegionalização do território brasileiro   cursinho
Regionalização do território brasileiro cursinho
 
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficasCartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
Cartografia: Elementos básicos de cartografia e projeções cartográficas
 
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do BrasilCoordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
Coordenadas geográficas, Fuso Horário do Brasil
 
Módulo 1 – Ordens mundiais
Módulo 1 – Ordens mundiais Módulo 1 – Ordens mundiais
Módulo 1 – Ordens mundiais
 
Elementos básicos de cartografia aula
Elementos básicos de cartografia   aulaElementos básicos de cartografia   aula
Elementos básicos de cartografia aula
 
Delimitação e formação do território brasileiro
Delimitação e formação do território brasileiroDelimitação e formação do território brasileiro
Delimitação e formação do território brasileiro
 
Urbanização brasileira aulão enem
Urbanização brasileira   aulão enemUrbanização brasileira   aulão enem
Urbanização brasileira aulão enem
 
O espaço agrário brasileiro aulão enem [salvo automaticamente]
O espaço agrário brasileiro aulão   enem [salvo automaticamente]O espaço agrário brasileiro aulão   enem [salvo automaticamente]
O espaço agrário brasileiro aulão enem [salvo automaticamente]
 
Globalização Aulão - ENEM
Globalização   Aulão - ENEMGlobalização   Aulão - ENEM
Globalização Aulão - ENEM
 
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi GalileuQuestões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
Questões Ambientais - ENEM 2016 Maxi Galileu
 
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmaraConflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
Conflitos Árabes - Israelenses - aula silmara
 
A importância da floresta em pé
A importância da floresta em pé   A importância da floresta em pé
A importância da floresta em pé
 
Educação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidadeEducação ambiental e sustentabilidade
Educação ambiental e sustentabilidade
 
A ocupação existencial do mundo mestradoi seminario
A ocupação existencial do mundo  mestradoi seminarioA ocupação existencial do mundo  mestradoi seminario
A ocupação existencial do mundo mestradoi seminario
 
Poluição nuclear
Poluição nuclearPoluição nuclear
Poluição nuclear
 

Último

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é precisoMary Alvarenga
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfMaiteFerreira4
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfandreaLisboa7
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaHenrique Santos
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasMonizeEvellin2
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorialNeuroppIsnayaLciaMar
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxIlda Bicacro
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosFernanda Ledesma
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Mary Alvarenga
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....LuizHenriquedeAlmeid6
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persafelipescherner
 

Último (20)

prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Produção de poemas - Reciclar é preciso
Produção  de  poemas  -  Reciclar é precisoProdução  de  poemas  -  Reciclar é preciso
Produção de poemas - Reciclar é preciso
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número Multiplicação - Caça-número
Multiplicação - Caça-número
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persaConteúdo sobre a formação e expansão persa
Conteúdo sobre a formação e expansão persa
 

ORIGEM DA FILOSOFIA

  • 2. Etmologia da palavra Filosofia – palavra de origem grega; Phílos – amigo/ amante Sophía – sabedoria Portanto: Amigo do saber.
  • 4. • Pensar filosoficamente é, portanto, refletir sobre os mais diversos problemas e situações • Partindo do zero • Sem aceitar automaticamente os conhecimentos recebidos.
  • 5. Os filósofos faziam da filosofia sua profissão , seu modo de viver. Elaboravam pensamentos tais como : O que é Felicidade?, O que é Democracia? Reelaboravam conceitos pensados de outros filósofos levantando questões que contrapõem o pensamento.
  • 6. Grécia antiga séc. VIII a V a.C.
  • 7. • Nunca formou um império centralizado; • Se organizou em cidades-Estado, cada uma com seu próprio governo e suas próprias leis. • Na mesma época haviam outros impérios: Egípcios, Persas e Chineses – saber era monopólio dos sacerdotes e pessoas ligadas a ele.
  • 8. Primeiros filósofos do mundo grego 625 – 556 a.C. Considerado primeiro filósofo (jônia – Turquia) Há um princípio universal do qual as coisas derivam (arkhé) – água. TALES DE MILETO PITÁGORAS 570 – 497 a.C. Defendia que o universo (kósmos) era regido por princípios matemáticos, sendo o número o fundamento de todas as coisas.
  • 9. O princípio de todas as coisas é o fogo e não os números Tudo se organiza e se ordena para a composição do Kósmos. HERÁCLITO DE ÉFESO 535 – 475 a.C. Sócrates 469 – 399 a.C. “ Tudo que sei é que nada sei!”
  • 10. A Grécia nos séculos VII e VI a. C. • A Civilização grega antiga formou uma cultura plurarista – jônios, Dórios e Eólicos – desenv. Teatro, literatura, arquitetura e escultura. Atenas em 438 a. C. Homenagem a deusa Atena (sabedoria) 14 m Utilizado como templo para práticas religiosas Arquitetura de ordem Dórica
  • 11. • A Filosofia é o resultado, portanto, da confluência da interação de diferentes povos e culturas que encontram na pólis ateniense o terreno propício para o seu desenvolvimento intelectual. (Gallo: 2013)
  • 12. • Alguns filósofos se recusavam a escrever suas ideias considerando a escrita inimiga da memória; • Sócrates era uma deles; fazia perguntas que levavam o outro a cair em contradição. • Esse método ficou conhecido como MAIÊUTICA (parto das ideias)
  • 13. Platão - 427 – 347 a. C. Nascido em Atenas – filho de família aristocrática Sua contribuição mais importante foi a construção da teoria das ideias. Crítico do regime democrático. Somente por meio de diálogos seria possível chegar a um refinamento das ideias (perguntas e respostas) para se chegar a um conhecimento verdadeiro. Esse método ficou conhecido como Dialética
  • 14. Filosofia e opinião • Qual a sua opinião sobre política? • O que você pensa sobre liberdade? • O que é uma amizade verdadeira? • Que método você utiliza para respondê-las?
  • 15. A Filosofia parte da opinião, mas a recusa como verdade absoluta. Busca a reflexão mais sólida e fundamentada, por meio da qual o ser humano se realize em sua capacidade racional.