SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS
 Os Parâmetros Curriculares Nacionais- PCN- São referências para os Ensinos
Fundamentais e Médio de todo o país.
 Os PCNs foram elaborados a partir de 700 propostas feitas por especialistas em
educação. Aprovados pelo CNE ( Conselho Nacional de Educação) Eles foram
transformados nos livros que foram enviados aos professores.
 Foram divulgados e classificados pelo Presidente Fernando Henrique no dia 15, de
outubro de 1997.
 Quando os professores receberam os PCNs, foi acompanhado pela carta do senhor
Presidente.
CONTEXTO HISTÓRICO
PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS
1 ª A 4 ª SÉRIE
VOLUME 1 - INTRODUÇÃO AOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS.
VOLUME 2 – LÍNGUA PORTUGUESA.
VOLUME 3 – MATEMÁTICA.
VOLUME 4 – CIÊNCIAS NATURAIS.
VOLUME 5 - HISTÓRIA E GEOGRAFIA.
VOLUME 6 – ARTE.
VOLUME 7 – EDUCAÇÃO FÍSICA.
VOLUME 8- APRESENTAÇÃO DOS TEMAS TRANSVERSAIS E ÉTICA.
VOLUME 9 – MEIO AMBIENTE E SAÚDE.
VOLUME 10 – PLURALIDADE CULTURAL E ORIENTAÇÃO SEXUAL.
OS TEMAS TRANVERSAIS
OS “TEMAS TRANSVERSAIS” DIZEM RESPEITO A CONTEÚDOS DE CARATER SOCIAL, QUE DEVEM SER INCLUÍDOS NO
CURRÍCULO DO ENSINO FUNDAMENTAL, FORMA TRANSVERSAL, FORAM SELECIONADOS:
1. ÉTICA.
2. MEIO AMBIENTE.
3. SAÚDE.
4. PLURALIDADE CULTURAL.
5. ORIENTAÇÃO SEXUAL.
6. TEMAS LOCAIS.
ÉTICA
CONSTITUI UM DOS TEMAS TRANSVERSAIS PROPOSTOS NOS PCNs E REFLETE A PREOCUPAÇÃO PARA QUE A ESCOLA REALIZE UM
TRABALHO QUE INCENTIVE A AUTONOMIA NA CONSTITUIÇÃO DE VALORES DE CADA ALUNO, AJUDANDO-O A SE POSICIONAR NAS
RELAÇÕES SOCIAIS DENTRO DA ESCOLA E DA COMUNIDADE COMO UM TODO.
SÃO QUATRO BLOCOS TEMÁTICOS PRINCIPAIS:
RESPEITO MÚTUO JUSTIÇA
DIÁLOGO SOLIDARIEDADE
RESPEITO MÚTUO
o O TEMA RESPEITO MUTUO É CENTRAL NA MORALIDADE.
o A criança ( de até sete ou oito anos em média) concebe o respeito como unilateral.
o Os seguintes contéudos devem ser trabalhados para que o aluno evolua em sua formação, de acordo
com os objetivos propostos:
1. O RESPEITO A PRIVACIDADE COMO DIREITO DE TODOS.
2. O ZELO PELO BOM ESTADO DAS DEPENDÊNCIAS DA ESCOLA.
3. A VALORIZAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL E O ZELO POR SUA CONSERVAÇÃO.
4. A IDENTIFICAÇÃO DE SITUAÇÕES EM QUE É FERIA A DIGNIDADE DO SER HUMANO.
5. O RESPEITO AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS.
6. A COORDENAÇÃO DAS PRÓPRIAS AÇÕES COM OS OUTROS, POR MEIO DE TRABALHO EM GRUPO.
7. A COMPREENSÃO DE LUGAR PÚBLICO COMO PATRIMONIO DE TODOS, CUJO ZELO É DEVER DE TODOS.
8. AS FORMAS LEGAIS DE LUTAR CONTRA O PRECONCEITO.
JUSTIÇA
 O TEMA JUSTIÇA SEMPRE ATRAIU TODOS AQUELES QUE PENSARAM SOBRE A MORALIDADE. ESSE TEMA ENCANTA E
INQUIETA TODOS AQUELES QUE SE PREOCUPAM COM A PERGUNTA “ COMO DEVO AGIR PERANTE OS OUTROS ?”.
 O CONSEITO DE JUSTIÇA VAI MUITO ALÉM DA DIMENSÃO LEGALISTA.
 A IMPORTÂNCIA DO VALOR JUSTIÇA PARA A FORMAÇÃO DO CIDADÃO É EVIDENTE.
CONTEÚDOS QUE DEVEM SER TRABALHADOS:
1. A ATITUDE DE JUSTIÇA PARA COM TODAS AS PESSOAS E RESPEITO AOS SEU LEGÍTIMOS DIREITOS.
2. O RECONHECIMENTO SE SITUAÇÕES EM QUE A IGUALDADE REPRESENTE JUSTIÇA.
3. A IDENTIFICAÇÃO DE SITUAÇÕES EM QUE A INJUSTIÇA SE FAZ PRESENTE, REPÚDIO à INJUSTIÇA.
4. O RECONHECIMENTO DE SITUAÇÕES EM QUE A EQUIDADE REPRESENTE JUSTIÇA.
5. A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE DE LEIS QUE DEFINEM DIREITOS E DEVERES.
DIÁLOGO
A COMUNICAÇÃO ENTRE OS HOMENS PODE SER PRATICADA EM VÁRIAS DIMENSÕES, QUE VÃO DESDE A CULTURA
COMO UM TODO, ATÉ A CONVERSA AMENA ENTRE DUAS PESSOAS.
DIALOGAR PEDE CAPACIDADE DE OUVIR O OUTRO E DE SE FAZER ENTENDER. SENDO A DEMOCRACIA COMPOSTA DE
CIDADÃOS, CADA UM DELES DEVEM VALORIZAR O DIALÓGO COMO FORMA DE ESCLARECER CONFLITOS E TAMBÉM,
SABER DIALOGAR.
CONTEÚDOS A SEREM TRABALHADOS:
1. O USO E A VALORIZAÇÃO DO DIÁLOGO COMO INSTRUMENTO PARA ESCLARECER CONFLITOS.
2. O ATO DE ESCUTAR O OUTRO POR MEIO DO ESFORÇO DE COMPREENSÃO DO SENTIDO PRECISO DA FALA DO OUTRO.
3. A FORMULAÇÃO DE PERGUNTAS QUE AJUDEM A REFERIDA COMPREENSÃO.
4. A EXPRESSÃO CLARA E PRECISA DE IDÉIAS, OPINIÕES, E ARGUMENTOS, DE FORMA A SER CORRETAMENTE
COMPREENDIDO PELAS OUTRAS PESSOAS.
SOLIDARIEDADE
 A PALAVRA SOLEDARIEDADE PODE SER ENGANOSA.
 O ENFOQUE A SER DADO PARA O TEMA SOLIDARIEDADE É MUITO PRÓXIMO DA IDÉIA DE “GENEROSIDADE” :
DOAR-SE A ALGUÉM, AJUDAR DESINTERESSADAMENTE.
 POR TANTO EM SE TRATANDO DE SOLIDARIEDADE DEVE-SE LEVAR OS ALUNOS A PRATICÁ-LA E A PENSAR SOBRE ELA
EM CONJUNTO COM OS OUTROS VALORES.
CONTEÚDOS A SEREM TRABALHADOS:
1. IDENTIFICAÇÃO DE SITUAÇÕES EM QUE A SOLIDARIEDADE SE FAZ NECESSARIA.
2. A SENSIBILIDADE E A DISPOSIÇÃO PARA AJUDAR AS OUTRAS PESSOAS, QUANDO ISSO FOR POSSÍVEL E DESEJÁVEL.
3. AS PROVIDÊNCIAS CORRETAS, COMO ALGUNS PROCEDIMENTOS DE PRIMEIROS SOCORROS PARA PROBLEMAS QUE
NECESSITAM DE AJUDAESPECÍFICA.
4. O CONHECIMENTO DA POSSIBILIDADE DE USO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS EXISTENTES.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

PCN'S
PCN'SPCN'S
PCN'S
ufmt
 
Parâmetros curriculares nacionais grupo
Parâmetros curriculares nacionais grupoParâmetros curriculares nacionais grupo
Parâmetros curriculares nacionais grupo
Mayannarosa
 
Apresentação pcn e.m.
Apresentação pcn e.m.Apresentação pcn e.m.
Apresentação pcn e.m.
Fabiane Vargas
 
Diretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionaisDiretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionais
marcaocampos
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação de jovens
Diretrizes curriculares nacionais para a educação de jovensDiretrizes curriculares nacionais para a educação de jovens
Diretrizes curriculares nacionais para a educação de jovens
karlyapessoa
 
Currículo palestra unicentro
Currículo   palestra unicentroCurrículo   palestra unicentro
Currículo palestra unicentro
Elia Rejany
 

Mais procurados (19)

PCNs - Grupo: Keli, Priscila, Franciele e rRafael
PCNs - Grupo: Keli, Priscila, Franciele e rRafaelPCNs - Grupo: Keli, Priscila, Franciele e rRafael
PCNs - Grupo: Keli, Priscila, Franciele e rRafael
 
PCN'S
PCN'SPCN'S
PCN'S
 
Parâmetros curriculares nacionais grupo
Parâmetros curriculares nacionais grupoParâmetros curriculares nacionais grupo
Parâmetros curriculares nacionais grupo
 
Pcn Ensino Mdio
Pcn Ensino MdioPcn Ensino Mdio
Pcn Ensino Mdio
 
Pcn português
Pcn  portuguêsPcn  português
Pcn português
 
Apresentação pcn e.m.
Apresentação pcn e.m.Apresentação pcn e.m.
Apresentação pcn e.m.
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educaçãoDiretrizes curriculares nacionais para a educação
Diretrizes curriculares nacionais para a educação
 
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino FundamentalDiretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental
Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Fundamental
 
Pcns.
Pcns.Pcns.
Pcns.
 
Diretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionaisDiretrizes curriculares nacionais
Diretrizes curriculares nacionais
 
Ensino médio
Ensino médioEnsino médio
Ensino médio
 
orientações curriculares
 orientações curriculares orientações curriculares
orientações curriculares
 
Diretrizes curriculares nacionais para a educação de jovens
Diretrizes curriculares nacionais para a educação de jovensDiretrizes curriculares nacionais para a educação de jovens
Diretrizes curriculares nacionais para a educação de jovens
 
Pcn 10.1 Temas Transversais
Pcn   10.1   Temas TransversaisPcn   10.1   Temas Transversais
Pcn 10.1 Temas Transversais
 
A base comum curricular
A base comum curricularA base comum curricular
A base comum curricular
 
Base Nacional Comum Curricular
Base Nacional Comum CurricularBase Nacional Comum Curricular
Base Nacional Comum Curricular
 
Pcn 02 LíNgua Portuguesa
Pcn   02   LíNgua PortuguesaPcn   02   LíNgua Portuguesa
Pcn 02 LíNgua Portuguesa
 
Currículo palestra unicentro
Currículo   palestra unicentroCurrículo   palestra unicentro
Currículo palestra unicentro
 
Pcn história
Pcn históriaPcn história
Pcn história
 

Destaque

Prevupe - Introdução aos estudos históricos
Prevupe - Introdução aos estudos históricosPrevupe - Introdução aos estudos históricos
Prevupe - Introdução aos estudos históricos
Rodrigo Ferreira
 
PCN HISTÓRIA
PCN HISTÓRIAPCN HISTÓRIA
PCN HISTÓRIA
23568921
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 1.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 1.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 1.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 1.ppt
temastransversais
 
PCN de Geografia - Prof. Amábile
PCN de Geografia - Prof. AmábilePCN de Geografia - Prof. Amábile
PCN de Geografia - Prof. Amábile
Carmina Monteiro
 

Destaque (20)

Slide de didática
Slide de didáticaSlide de didática
Slide de didática
 
Dialogus 2011 v7 n1
Dialogus 2011 v7 n1Dialogus 2011 v7 n1
Dialogus 2011 v7 n1
 
Prevupe - Introdução aos estudos históricos
Prevupe - Introdução aos estudos históricosPrevupe - Introdução aos estudos históricos
Prevupe - Introdução aos estudos históricos
 
PCN HISTÓRIA
PCN HISTÓRIAPCN HISTÓRIA
PCN HISTÓRIA
 
exercícios de eletricidade.
exercícios de eletricidade.exercícios de eletricidade.
exercícios de eletricidade.
 
Concuros público da prefeitura municipal de Campina Grande no Estado da Paraíba
Concuros público da prefeitura municipal de Campina Grande no Estado da ParaíbaConcuros público da prefeitura municipal de Campina Grande no Estado da Paraíba
Concuros público da prefeitura municipal de Campina Grande no Estado da Paraíba
 
Tipos de plano
Tipos de planoTipos de plano
Tipos de plano
 
Boa esperança.santa rita meio ambiente 1.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 1.pptBoa esperança.santa rita meio ambiente 1.ppt
Boa esperança.santa rita meio ambiente 1.ppt
 
Tipos de plano. cultura audiovisual. michael loor
Tipos de plano. cultura audiovisual. michael loorTipos de plano. cultura audiovisual. michael loor
Tipos de plano. cultura audiovisual. michael loor
 
Pc ns pibid
Pc ns   pibidPc ns   pibid
Pc ns pibid
 
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de MatemáticaParâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática
Parâmetros Curriculares Nacionais (PCN) de Matemática
 
Habilidades pcn +
Habilidades pcn +Habilidades pcn +
Habilidades pcn +
 
PCN de Geografia - Prof. Amábile
PCN de Geografia - Prof. AmábilePCN de Geografia - Prof. Amábile
PCN de Geografia - Prof. Amábile
 
Pcn história
Pcn históriaPcn história
Pcn história
 
Quadro síntese das tendências pedagógicas
Quadro síntese das tendências pedagógicasQuadro síntese das tendências pedagógicas
Quadro síntese das tendências pedagógicas
 
História,sujeito e fato histórico
História,sujeito e fato históricoHistória,sujeito e fato histórico
História,sujeito e fato histórico
 
Planejamento
PlanejamentoPlanejamento
Planejamento
 
"Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas""Tendências pedagógicas"
"Tendências pedagógicas"
 
Métodos e técnicas do ensino de história
Métodos e técnicas do ensino de históriaMétodos e técnicas do ensino de história
Métodos e técnicas do ensino de história
 
Temas Trasversais
Temas TrasversaisTemas Trasversais
Temas Trasversais
 

Semelhante a Pcn seminário

Resolucao 72010
Resolucao 72010Resolucao 72010
Resolucao 72010
tatagsilva
 
Parâmetros Curriculares Nacionais - Português Ensino Fundamental
Parâmetros Curriculares Nacionais - Português Ensino FundamentalParâmetros Curriculares Nacionais - Português Ensino Fundamental
Parâmetros Curriculares Nacionais - Português Ensino Fundamental
Pibid Letras Português Ufal
 
PCN Português
PCN PortuguêsPCN Português
PCN Português
23568921
 

Semelhante a Pcn seminário (20)

Ens fund9
Ens fund9Ens fund9
Ens fund9
 
Resolucao 72010
Resolucao 72010Resolucao 72010
Resolucao 72010
 
Dcnef 9 anos
Dcnef 9 anosDcnef 9 anos
Dcnef 9 anos
 
Trabalho das folgueiras
Trabalho das folgueirasTrabalho das folgueiras
Trabalho das folgueiras
 
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURAL
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURALPROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURAL
PROJETO EDUCAÇÃO: DIVERSIDADE CULTURAL
 
Direitos humanos cartilha
Direitos humanos cartilhaDireitos humanos cartilha
Direitos humanos cartilha
 
Acolhida Jovens protagonistas de 2024.pdf
Acolhida Jovens  protagonistas de 2024.pdfAcolhida Jovens  protagonistas de 2024.pdf
Acolhida Jovens protagonistas de 2024.pdf
 
Fesurv - Educação Básica LDB
Fesurv - Educação Básica LDBFesurv - Educação Básica LDB
Fesurv - Educação Básica LDB
 
Planejamento 6º ano
Planejamento 6º ano   Planejamento 6º ano
Planejamento 6º ano
 
Resolução 7/2010
Resolução 7/2010Resolução 7/2010
Resolução 7/2010
 
Plano de aula anual 7 história
Plano de  aula anual 7  históriaPlano de  aula anual 7  história
Plano de aula anual 7 história
 
Plano de aula patinho feio anexo
Plano de aula patinho feio anexoPlano de aula patinho feio anexo
Plano de aula patinho feio anexo
 
FORMAÇÃO GERAL
FORMAÇÃO GERALFORMAÇÃO GERAL
FORMAÇÃO GERAL
 
Projeto educação patrimonial espno pps
Projeto educação patrimonial espno ppsProjeto educação patrimonial espno pps
Projeto educação patrimonial espno pps
 
Libras .pptx
Libras .pptxLibras .pptx
Libras .pptx
 
Temas transversais
Temas transversaisTemas transversais
Temas transversais
 
Pcn
PcnPcn
Pcn
 
Temas transversais
Temas transversaisTemas transversais
Temas transversais
 
Parâmetros Curriculares Nacionais - Português Ensino Fundamental
Parâmetros Curriculares Nacionais - Português Ensino FundamentalParâmetros Curriculares Nacionais - Português Ensino Fundamental
Parâmetros Curriculares Nacionais - Português Ensino Fundamental
 
PCN Português
PCN PortuguêsPCN Português
PCN Português
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
azulassessoria9
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
profbrunogeo95
 

Último (20)

Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São PauloCurrículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
Currículo Professor Pablo Ortellado - Universidade de São Paulo
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdfTema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
Tema de redação - A prática do catfish e seus perigos.pdf
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdfUFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
UFCD_10659_Ficheiros de recursos educativos_índice .pdf
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdfO que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
O que é literatura - Marisa Lajolo com.pdf
 
662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica662938.pdf aula digital de educação básica
662938.pdf aula digital de educação básica
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 

Pcn seminário

  • 1.
  • 2. PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS  Os Parâmetros Curriculares Nacionais- PCN- São referências para os Ensinos Fundamentais e Médio de todo o país.  Os PCNs foram elaborados a partir de 700 propostas feitas por especialistas em educação. Aprovados pelo CNE ( Conselho Nacional de Educação) Eles foram transformados nos livros que foram enviados aos professores.  Foram divulgados e classificados pelo Presidente Fernando Henrique no dia 15, de outubro de 1997.  Quando os professores receberam os PCNs, foi acompanhado pela carta do senhor Presidente. CONTEXTO HISTÓRICO
  • 3.
  • 4. PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS 1 ª A 4 ª SÉRIE VOLUME 1 - INTRODUÇÃO AOS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS. VOLUME 2 – LÍNGUA PORTUGUESA. VOLUME 3 – MATEMÁTICA. VOLUME 4 – CIÊNCIAS NATURAIS. VOLUME 5 - HISTÓRIA E GEOGRAFIA. VOLUME 6 – ARTE. VOLUME 7 – EDUCAÇÃO FÍSICA. VOLUME 8- APRESENTAÇÃO DOS TEMAS TRANSVERSAIS E ÉTICA. VOLUME 9 – MEIO AMBIENTE E SAÚDE. VOLUME 10 – PLURALIDADE CULTURAL E ORIENTAÇÃO SEXUAL.
  • 5. OS TEMAS TRANVERSAIS OS “TEMAS TRANSVERSAIS” DIZEM RESPEITO A CONTEÚDOS DE CARATER SOCIAL, QUE DEVEM SER INCLUÍDOS NO CURRÍCULO DO ENSINO FUNDAMENTAL, FORMA TRANSVERSAL, FORAM SELECIONADOS: 1. ÉTICA. 2. MEIO AMBIENTE. 3. SAÚDE. 4. PLURALIDADE CULTURAL. 5. ORIENTAÇÃO SEXUAL. 6. TEMAS LOCAIS.
  • 6. ÉTICA CONSTITUI UM DOS TEMAS TRANSVERSAIS PROPOSTOS NOS PCNs E REFLETE A PREOCUPAÇÃO PARA QUE A ESCOLA REALIZE UM TRABALHO QUE INCENTIVE A AUTONOMIA NA CONSTITUIÇÃO DE VALORES DE CADA ALUNO, AJUDANDO-O A SE POSICIONAR NAS RELAÇÕES SOCIAIS DENTRO DA ESCOLA E DA COMUNIDADE COMO UM TODO. SÃO QUATRO BLOCOS TEMÁTICOS PRINCIPAIS: RESPEITO MÚTUO JUSTIÇA DIÁLOGO SOLIDARIEDADE
  • 7. RESPEITO MÚTUO o O TEMA RESPEITO MUTUO É CENTRAL NA MORALIDADE. o A criança ( de até sete ou oito anos em média) concebe o respeito como unilateral. o Os seguintes contéudos devem ser trabalhados para que o aluno evolua em sua formação, de acordo com os objetivos propostos: 1. O RESPEITO A PRIVACIDADE COMO DIREITO DE TODOS. 2. O ZELO PELO BOM ESTADO DAS DEPENDÊNCIAS DA ESCOLA. 3. A VALORIZAÇÃO DO PATRIMÔNIO CULTURAL E O ZELO POR SUA CONSERVAÇÃO. 4. A IDENTIFICAÇÃO DE SITUAÇÕES EM QUE É FERIA A DIGNIDADE DO SER HUMANO. 5. O RESPEITO AS MANIFESTAÇÕES CULTURAIS. 6. A COORDENAÇÃO DAS PRÓPRIAS AÇÕES COM OS OUTROS, POR MEIO DE TRABALHO EM GRUPO. 7. A COMPREENSÃO DE LUGAR PÚBLICO COMO PATRIMONIO DE TODOS, CUJO ZELO É DEVER DE TODOS. 8. AS FORMAS LEGAIS DE LUTAR CONTRA O PRECONCEITO.
  • 8. JUSTIÇA  O TEMA JUSTIÇA SEMPRE ATRAIU TODOS AQUELES QUE PENSARAM SOBRE A MORALIDADE. ESSE TEMA ENCANTA E INQUIETA TODOS AQUELES QUE SE PREOCUPAM COM A PERGUNTA “ COMO DEVO AGIR PERANTE OS OUTROS ?”.  O CONSEITO DE JUSTIÇA VAI MUITO ALÉM DA DIMENSÃO LEGALISTA.  A IMPORTÂNCIA DO VALOR JUSTIÇA PARA A FORMAÇÃO DO CIDADÃO É EVIDENTE. CONTEÚDOS QUE DEVEM SER TRABALHADOS: 1. A ATITUDE DE JUSTIÇA PARA COM TODAS AS PESSOAS E RESPEITO AOS SEU LEGÍTIMOS DIREITOS. 2. O RECONHECIMENTO SE SITUAÇÕES EM QUE A IGUALDADE REPRESENTE JUSTIÇA. 3. A IDENTIFICAÇÃO DE SITUAÇÕES EM QUE A INJUSTIÇA SE FAZ PRESENTE, REPÚDIO à INJUSTIÇA. 4. O RECONHECIMENTO DE SITUAÇÕES EM QUE A EQUIDADE REPRESENTE JUSTIÇA. 5. A COMPREENSÃO DA NECESSIDADE DE LEIS QUE DEFINEM DIREITOS E DEVERES.
  • 9. DIÁLOGO A COMUNICAÇÃO ENTRE OS HOMENS PODE SER PRATICADA EM VÁRIAS DIMENSÕES, QUE VÃO DESDE A CULTURA COMO UM TODO, ATÉ A CONVERSA AMENA ENTRE DUAS PESSOAS. DIALOGAR PEDE CAPACIDADE DE OUVIR O OUTRO E DE SE FAZER ENTENDER. SENDO A DEMOCRACIA COMPOSTA DE CIDADÃOS, CADA UM DELES DEVEM VALORIZAR O DIALÓGO COMO FORMA DE ESCLARECER CONFLITOS E TAMBÉM, SABER DIALOGAR. CONTEÚDOS A SEREM TRABALHADOS: 1. O USO E A VALORIZAÇÃO DO DIÁLOGO COMO INSTRUMENTO PARA ESCLARECER CONFLITOS. 2. O ATO DE ESCUTAR O OUTRO POR MEIO DO ESFORÇO DE COMPREENSÃO DO SENTIDO PRECISO DA FALA DO OUTRO. 3. A FORMULAÇÃO DE PERGUNTAS QUE AJUDEM A REFERIDA COMPREENSÃO. 4. A EXPRESSÃO CLARA E PRECISA DE IDÉIAS, OPINIÕES, E ARGUMENTOS, DE FORMA A SER CORRETAMENTE COMPREENDIDO PELAS OUTRAS PESSOAS.
  • 10. SOLIDARIEDADE  A PALAVRA SOLEDARIEDADE PODE SER ENGANOSA.  O ENFOQUE A SER DADO PARA O TEMA SOLIDARIEDADE É MUITO PRÓXIMO DA IDÉIA DE “GENEROSIDADE” : DOAR-SE A ALGUÉM, AJUDAR DESINTERESSADAMENTE.  POR TANTO EM SE TRATANDO DE SOLIDARIEDADE DEVE-SE LEVAR OS ALUNOS A PRATICÁ-LA E A PENSAR SOBRE ELA EM CONJUNTO COM OS OUTROS VALORES. CONTEÚDOS A SEREM TRABALHADOS: 1. IDENTIFICAÇÃO DE SITUAÇÕES EM QUE A SOLIDARIEDADE SE FAZ NECESSARIA. 2. A SENSIBILIDADE E A DISPOSIÇÃO PARA AJUDAR AS OUTRAS PESSOAS, QUANDO ISSO FOR POSSÍVEL E DESEJÁVEL. 3. AS PROVIDÊNCIAS CORRETAS, COMO ALGUNS PROCEDIMENTOS DE PRIMEIROS SOCORROS PARA PROBLEMAS QUE NECESSITAM DE AJUDAESPECÍFICA. 4. O CONHECIMENTO DA POSSIBILIDADE DE USO DOS SERVIÇOS PÚBLICOS EXISTENTES.