SlideShare uma empresa Scribd logo
IFAL – CAMPUS MACEIÓ
DE/DATP - COORDENAÇÃO DE QUÍMICA
CURSO TÉCNICO EM QUÍMICA
INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL
ALINE MARIA
AGATHA PRADO
JOÃO ALBERTO
KRYZIA KALINNE
LARISSA OLIVEIRA
RAFAEL PEDRO
WILLIAN GABRIEL
Em 1930 Arnold O. Beckman, quimico e engenheiro quimico americano
desenvolveu um pHmetro utilizando um tubo de vacuo amplificado integrado
aos medidores eletrodos já utilizados. Em 1935 passou a ser comercializado o
primeiro phmetro bem sucessido, inspirado no trabalho de L. W. Elder e W. H.
Wright, professores do departamento de quimica da universidade de Illinois,
Os primeiros a sugerir que as medidas fossem realizadas com eletrodos de
vidro e potenciometro de tubo de vacuo. A junção dos conceitos de quimica em
solução aquosa eletroquimica e eletronica que tornou possivel a concretização
do aparelho.
 Grandeza físico-química que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade
de uma solução aquosa;
 Concentração de íon Hidrogênio (H+
);
 Quanto menor o pH maior a concentração de íos H+
na solução;
 pH = - log [H+
]
 Escala de pH varia de 0 (ácido) a 14 (básico);
 Medidores de pH;
 Soluções indicadoras de pH;
 Papel de tornassol;
 Eletrodo do tipo íon seletivo (eletrodo de vidro);
 Milivoltímetro;
 Conversão de tensão em pH;
Os phmetros são equipamentos indicados em campo ou em laboratorios
quimicos de controle de qualidade, monitoramento do pH,mV e temperatura.
Por utilizar software de ultima geração, ser facilmente operado a apresentar
medições rápidas, o pHmetro é um equipamento muito comum na indústria
quimica, farmaceutica, cosmética, universidades e instuições de pesquisas.
•Phmetro de bancada
•Phmetro portatil
•Phmetro de bolso
•Phmetro digital
Eletrodos
 Limpeza anterior e posterior ao uso.
 Inspeção periódica do bulbo do eletrodo de vidro.
 Abertura, antes do uso, do respiro para equilíbrio
da pressão interna com a atmosfera.
 Calibração feita com controle de temperatura.
 Calibração com 2 ou 3 pontos de medidas de pH.
Erros de medição
 Erros dos padrões de calibração
 Erro do sódio
 Erro do ácido
 Erro de hidratação do vidro
 Erro de temperatura
 Componentes utilizados:
◦ Circuito Integrado TL084;
◦ Eletrodo de vidro;
◦ Baterias de 9V;
◦ Chave de duas posições;
◦ Conector BNC fêmea;
◦ Led;
◦ Resistor de 100 Ohms;
◦ Multímetro;
 medidor-de-ph

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Titulação potenciométrica
Titulação potenciométricaTitulação potenciométrica
Titulação potenciométrica
Lucas Wallace Sousa Alves
 
PH e pOH
  PH  e pOH  PH  e pOH
Reações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
Reações de Ácidos Carboxílicos e DerivadosReações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
Reações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
José Nunes da Silva Jr.
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
José Nunes da Silva Jr.
 
Titulação Potenciométrica
Titulação PotenciométricaTitulação Potenciométrica
Titulação Potenciométrica
Priscila Siqueira
 
Aula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - ÓxidosAula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - Óxidos
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃORELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
Ezequias Guimaraes
 
Coeficiente de atividade
Coeficiente de atividadeCoeficiente de atividade
Coeficiente de atividade
Josemar Pereira da Silva
 
P h
P hP h
Slide - Aula teórica densidade
Slide - Aula teórica densidadeSlide - Aula teórica densidade
Slide - Aula teórica densidade
Dibiela
 
Solução tampão
Solução tampãoSolução tampão
Solução tampão
Adrianne Mendonça
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
Deivide Henrique
 
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de EliminaçãoReações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
José Nunes da Silva Jr.
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICARELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
Ezequias Guimaraes
 
Reações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e CetonasReações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e Cetonas
José Nunes da Silva Jr.
 
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e BasesAula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Nelson Virgilio Carvalho Filho
 
Concentração das soluções
Concentração  das soluçõesConcentração  das soluções
Concentração das soluções
Adrianne Mendonça
 
Reações de Eliminação
Reações de EliminaçãoReações de Eliminação
Reações de Eliminação
José Nunes da Silva Jr.
 
Soluções e Solubilidade
Soluções e SolubilidadeSoluções e Solubilidade
Soluções e Solubilidade
Luana Salgueiro
 
Precipitação.ppt
 Precipitação.ppt  Precipitação.ppt
Precipitação.ppt
Paulinha Aninha
 

Mais procurados (20)

Titulação potenciométrica
Titulação potenciométricaTitulação potenciométrica
Titulação potenciométrica
 
PH e pOH
  PH  e pOH  PH  e pOH
PH e pOH
 
Reações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
Reações de Ácidos Carboxílicos e DerivadosReações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
Reações de Ácidos Carboxílicos e Derivados
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
 
Titulação Potenciométrica
Titulação PotenciométricaTitulação Potenciométrica
Titulação Potenciométrica
 
Aula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - ÓxidosAula Digital de Química - Óxidos
Aula Digital de Química - Óxidos
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃORELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
 
Coeficiente de atividade
Coeficiente de atividadeCoeficiente de atividade
Coeficiente de atividade
 
P h
P hP h
P h
 
Slide - Aula teórica densidade
Slide - Aula teórica densidadeSlide - Aula teórica densidade
Slide - Aula teórica densidade
 
Solução tampão
Solução tampãoSolução tampão
Solução tampão
 
Eletroquímica
EletroquímicaEletroquímica
Eletroquímica
 
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de EliminaçãoReações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
Reações de Substituição Nucleofílica e de Eliminação
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICARELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
 
Reações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e CetonasReações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e Cetonas
 
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e BasesAula Digital de Química - Ácidos e Bases
Aula Digital de Química - Ácidos e Bases
 
Concentração das soluções
Concentração  das soluçõesConcentração  das soluções
Concentração das soluções
 
Reações de Eliminação
Reações de EliminaçãoReações de Eliminação
Reações de Eliminação
 
Soluções e Solubilidade
Soluções e SolubilidadeSoluções e Solubilidade
Soluções e Solubilidade
 
Precipitação.ppt
 Precipitação.ppt  Precipitação.ppt
Precipitação.ppt
 

Destaque

Ácidos, Bases e pH - 11ºano FQ A
Ácidos, Bases e pH - 11ºano FQ AÁcidos, Bases e pH - 11ºano FQ A
Ácidos, Bases e pH - 11ºano FQ A
adelinoqueiroz
 
Oxidos (3)
Oxidos (3)Oxidos (3)
O ph da água
O ph da águaO ph da água
Solução tampão
Solução tampãoSolução tampão
Solução tampão
Wendell Moura
 
Universidade Federal de Mato Grosso
Universidade Federal de Mato GrossoUniversidade Federal de Mato Grosso
Universidade Federal de Mato Grosso
Silva Célia
 
Espectrofotometria: Análises em UV e infravermelho
Espectrofotometria: Análises em UV e infravermelhoEspectrofotometria: Análises em UV e infravermelho
Espectrofotometria: Análises em UV e infravermelho
Aldy Paula
 
Potenciometria
PotenciometriaPotenciometria
Potenciometria
Márcia Anjos
 
pH de soluções
pH de soluçõespH de soluções
pH de soluções
Antonio Almeida
 
Trabalho de química 2º ano - turma 201
Trabalho de química   2º ano - turma 201Trabalho de química   2º ano - turma 201
Trabalho de química 2º ano - turma 201
Lucas Carvalho
 
Ácidos - Química
Ácidos - QuímicaÁcidos - Química
Ácidos - Química
Viviane Dilkin Endler
 
Potenciometria E Condutometria
Potenciometria E CondutometriaPotenciometria E Condutometria
Potenciometria E Condutometria
Bruno Cortez
 
Sistemas tampão
Sistemas tampãoSistemas tampão
Sistemas tampão
Rafael Carvalho Lott
 
Espectrofotometria uv visivel
Espectrofotometria uv visivelEspectrofotometria uv visivel
Espectrofotometria uv visivel
Raquel Gonçalves
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Métodos Instrumentais de Análise
Métodos Instrumentais de AnáliseMétodos Instrumentais de Análise
Métodos Instrumentais de Análise
Paulo Cumbane
 
Aula 05 Espectrofotometria Uv Vis
Aula 05   Espectrofotometria Uv VisAula 05   Espectrofotometria Uv Vis
Aula 05 Espectrofotometria Uv Vis
Bruno Cortez
 
Cromatografia liquida
Cromatografia liquidaCromatografia liquida
Cromatografia liquida
Adrianne Mendonça
 
Enzimas (powerpoint)
Enzimas (powerpoint)Enzimas (powerpoint)
Enzimas (powerpoint)
isabelalexandrapinto
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
Catir
 
Tipos de ph documento
Tipos de  ph documentoTipos de  ph documento
Tipos de ph documento
Yadirithap
 

Destaque (20)

Ácidos, Bases e pH - 11ºano FQ A
Ácidos, Bases e pH - 11ºano FQ AÁcidos, Bases e pH - 11ºano FQ A
Ácidos, Bases e pH - 11ºano FQ A
 
Oxidos (3)
Oxidos (3)Oxidos (3)
Oxidos (3)
 
O ph da água
O ph da águaO ph da água
O ph da água
 
Solução tampão
Solução tampãoSolução tampão
Solução tampão
 
Universidade Federal de Mato Grosso
Universidade Federal de Mato GrossoUniversidade Federal de Mato Grosso
Universidade Federal de Mato Grosso
 
Espectrofotometria: Análises em UV e infravermelho
Espectrofotometria: Análises em UV e infravermelhoEspectrofotometria: Análises em UV e infravermelho
Espectrofotometria: Análises em UV e infravermelho
 
Potenciometria
PotenciometriaPotenciometria
Potenciometria
 
pH de soluções
pH de soluçõespH de soluções
pH de soluções
 
Trabalho de química 2º ano - turma 201
Trabalho de química   2º ano - turma 201Trabalho de química   2º ano - turma 201
Trabalho de química 2º ano - turma 201
 
Ácidos - Química
Ácidos - QuímicaÁcidos - Química
Ácidos - Química
 
Potenciometria E Condutometria
Potenciometria E CondutometriaPotenciometria E Condutometria
Potenciometria E Condutometria
 
Sistemas tampão
Sistemas tampãoSistemas tampão
Sistemas tampão
 
Espectrofotometria uv visivel
Espectrofotometria uv visivelEspectrofotometria uv visivel
Espectrofotometria uv visivel
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
 
Métodos Instrumentais de Análise
Métodos Instrumentais de AnáliseMétodos Instrumentais de Análise
Métodos Instrumentais de Análise
 
Aula 05 Espectrofotometria Uv Vis
Aula 05   Espectrofotometria Uv VisAula 05   Espectrofotometria Uv Vis
Aula 05 Espectrofotometria Uv Vis
 
Cromatografia liquida
Cromatografia liquidaCromatografia liquida
Cromatografia liquida
 
Enzimas (powerpoint)
Enzimas (powerpoint)Enzimas (powerpoint)
Enzimas (powerpoint)
 
Enzimas
EnzimasEnzimas
Enzimas
 
Tipos de ph documento
Tipos de  ph documentoTipos de  ph documento
Tipos de ph documento
 

Semelhante a medidor-de-ph

controlo de qualidade da água tratamento.pptx
controlo de qualidade da água tratamento.pptxcontrolo de qualidade da água tratamento.pptx
controlo de qualidade da água tratamento.pptx
adao18
 
Apostila pratica
Apostila praticaApostila pratica
Apostila pratica
Ivaldo Nascimento
 
Tratamento de Águas Residuárias II
Tratamento de Águas Residuárias IITratamento de Águas Residuárias II
Tratamento de Águas Residuárias II
Alan Delamaykon
 
Artigo Sobre Águas Residuárias!
Artigo Sobre Águas Residuárias!Artigo Sobre Águas Residuárias!
Artigo Sobre Águas Residuárias!
Alan Delamaykon
 
Apresentação Toxilab Laboratório de Análises
Apresentação Toxilab Laboratório de AnálisesApresentação Toxilab Laboratório de Análises
Apresentação Toxilab Laboratório de Análises
adribender
 
SENSOR QUÍMICO, PROCESSO DE FABRICAÇÃO E SEU USO NA MEDIÇÃO DE PH EM SISTEMAS...
SENSOR QUÍMICO, PROCESSO DE FABRICAÇÃO E SEU USO NA MEDIÇÃO DE PH EM SISTEMAS...SENSOR QUÍMICO, PROCESSO DE FABRICAÇÃO E SEU USO NA MEDIÇÃO DE PH EM SISTEMAS...
SENSOR QUÍMICO, PROCESSO DE FABRICAÇÃO E SEU USO NA MEDIÇÃO DE PH EM SISTEMAS...
USP
 
SEGURANÇA Em laboratório- Dilson-Questionario.pdf
SEGURANÇA Em laboratório- Dilson-Questionario.pdfSEGURANÇA Em laboratório- Dilson-Questionario.pdf
SEGURANÇA Em laboratório- Dilson-Questionario.pdf
Ivan892373
 
Colilert Num Laboratorio De Pequena DimensãO
Colilert Num Laboratorio De Pequena DimensãOColilert Num Laboratorio De Pequena DimensãO
Colilert Num Laboratorio De Pequena DimensãO
zarzaragoza
 
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
muskarya
 
Poster
PosterPoster
Efluentes minerai industriais estação.pptx
Efluentes minerai industriais estação.pptxEfluentes minerai industriais estação.pptx
Efluentes minerai industriais estação.pptx
adao18
 
adventech_paulonunes
adventech_paulonunesadventech_paulonunes
adventech_paulonunes
CWSJM
 
1Trabalho_MapasDeRisco_Final Instituto federal.pdf
1Trabalho_MapasDeRisco_Final Instituto federal.pdf1Trabalho_MapasDeRisco_Final Instituto federal.pdf
1Trabalho_MapasDeRisco_Final Instituto federal.pdf
tgbcarvalho2009
 
Tratamento de águas residuárias
Tratamento de águas residuárias Tratamento de águas residuárias
Tratamento de águas residuárias
FATEC Cariri
 
Tratamento de águas residuárias raimunda
Tratamento de águas residuárias raimundaTratamento de águas residuárias raimunda
Tratamento de águas residuárias raimunda
FATEC Cariri
 
1 aula.pptx
1 aula.pptx1 aula.pptx
1 aula.pptx
helilmapinheiroufma
 
LGBioq
LGBioqLGBioq
LGBioq
Hugo Fialho
 
Anuário de Patentes USP 2016
Anuário de Patentes USP 2016Anuário de Patentes USP 2016
Anuário de Patentes USP 2016
USP
 
Biossensores EnzimáTicos
Biossensores EnzimáTicosBiossensores EnzimáTicos
Biossensores EnzimáTicos
Janaina Villanova
 
Agricultura orgânica e Análise físico-química dos diferentes tipos de agua.
Agricultura orgânica e Análise físico-química dos diferentes tipos de agua.Agricultura orgânica e Análise físico-química dos diferentes tipos de agua.
Agricultura orgânica e Análise físico-química dos diferentes tipos de agua.
Fagner Aquino
 

Semelhante a medidor-de-ph (20)

controlo de qualidade da água tratamento.pptx
controlo de qualidade da água tratamento.pptxcontrolo de qualidade da água tratamento.pptx
controlo de qualidade da água tratamento.pptx
 
Apostila pratica
Apostila praticaApostila pratica
Apostila pratica
 
Tratamento de Águas Residuárias II
Tratamento de Águas Residuárias IITratamento de Águas Residuárias II
Tratamento de Águas Residuárias II
 
Artigo Sobre Águas Residuárias!
Artigo Sobre Águas Residuárias!Artigo Sobre Águas Residuárias!
Artigo Sobre Águas Residuárias!
 
Apresentação Toxilab Laboratório de Análises
Apresentação Toxilab Laboratório de AnálisesApresentação Toxilab Laboratório de Análises
Apresentação Toxilab Laboratório de Análises
 
SENSOR QUÍMICO, PROCESSO DE FABRICAÇÃO E SEU USO NA MEDIÇÃO DE PH EM SISTEMAS...
SENSOR QUÍMICO, PROCESSO DE FABRICAÇÃO E SEU USO NA MEDIÇÃO DE PH EM SISTEMAS...SENSOR QUÍMICO, PROCESSO DE FABRICAÇÃO E SEU USO NA MEDIÇÃO DE PH EM SISTEMAS...
SENSOR QUÍMICO, PROCESSO DE FABRICAÇÃO E SEU USO NA MEDIÇÃO DE PH EM SISTEMAS...
 
SEGURANÇA Em laboratório- Dilson-Questionario.pdf
SEGURANÇA Em laboratório- Dilson-Questionario.pdfSEGURANÇA Em laboratório- Dilson-Questionario.pdf
SEGURANÇA Em laboratório- Dilson-Questionario.pdf
 
Colilert Num Laboratorio De Pequena DimensãO
Colilert Num Laboratorio De Pequena DimensãOColilert Num Laboratorio De Pequena DimensãO
Colilert Num Laboratorio De Pequena DimensãO
 
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
Apresentação PAP (prova de aptidão profissional) Técnico de analises laborato...
 
Poster
PosterPoster
Poster
 
Efluentes minerai industriais estação.pptx
Efluentes minerai industriais estação.pptxEfluentes minerai industriais estação.pptx
Efluentes minerai industriais estação.pptx
 
adventech_paulonunes
adventech_paulonunesadventech_paulonunes
adventech_paulonunes
 
1Trabalho_MapasDeRisco_Final Instituto federal.pdf
1Trabalho_MapasDeRisco_Final Instituto federal.pdf1Trabalho_MapasDeRisco_Final Instituto federal.pdf
1Trabalho_MapasDeRisco_Final Instituto federal.pdf
 
Tratamento de águas residuárias
Tratamento de águas residuárias Tratamento de águas residuárias
Tratamento de águas residuárias
 
Tratamento de águas residuárias raimunda
Tratamento de águas residuárias raimundaTratamento de águas residuárias raimunda
Tratamento de águas residuárias raimunda
 
1 aula.pptx
1 aula.pptx1 aula.pptx
1 aula.pptx
 
LGBioq
LGBioqLGBioq
LGBioq
 
Anuário de Patentes USP 2016
Anuário de Patentes USP 2016Anuário de Patentes USP 2016
Anuário de Patentes USP 2016
 
Biossensores EnzimáTicos
Biossensores EnzimáTicosBiossensores EnzimáTicos
Biossensores EnzimáTicos
 
Agricultura orgânica e Análise físico-química dos diferentes tipos de agua.
Agricultura orgânica e Análise físico-química dos diferentes tipos de agua.Agricultura orgânica e Análise físico-química dos diferentes tipos de agua.
Agricultura orgânica e Análise físico-química dos diferentes tipos de agua.
 

Último

Muro Auto de Infração Sec. Patrimônio da União.pdf
Muro Auto de Infração Sec. Patrimônio da União.pdfMuro Auto de Infração Sec. Patrimônio da União.pdf
Muro Auto de Infração Sec. Patrimônio da União.pdf
Marco Zero Conteúdo
 
Melhoramento animal genética e estatística
Melhoramento animal genética e estatísticaMelhoramento animal genética e estatística
Melhoramento animal genética e estatística
tyciavilela
 
Apostila FEV-2008 - Micromorfologia de Solos.pdf
Apostila FEV-2008 - Micromorfologia de Solos.pdfApostila FEV-2008 - Micromorfologia de Solos.pdf
Apostila FEV-2008 - Micromorfologia de Solos.pdf
Ademir36
 
Muro Relatório de Fiscalização SPU 2024.pdf
Muro Relatório de Fiscalização SPU 2024.pdfMuro Relatório de Fiscalização SPU 2024.pdf
Muro Relatório de Fiscalização SPU 2024.pdf
Marco Zero Conteúdo
 
Manejo de insetos-pragas sugadores .pptx
Manejo de insetos-pragas sugadores .pptxManejo de insetos-pragas sugadores .pptx
Manejo de insetos-pragas sugadores .pptx
Geagra UFG
 
CIGAROSS DRA_SANDRA_DA_SILVA_MARQUES.pdf
CIGAROSS DRA_SANDRA_DA_SILVA_MARQUES.pdfCIGAROSS DRA_SANDRA_DA_SILVA_MARQUES.pdf
CIGAROSS DRA_SANDRA_DA_SILVA_MARQUES.pdf
viictorrkk
 
Economia Circular na Produção de Filmes e Revestimentos Comestíveis.pdf
Economia Circular na Produção de Filmes e Revestimentos Comestíveis.pdfEconomia Circular na Produção de Filmes e Revestimentos Comestíveis.pdf
Economia Circular na Produção de Filmes e Revestimentos Comestíveis.pdf
DeboraGomes73
 

Último (7)

Muro Auto de Infração Sec. Patrimônio da União.pdf
Muro Auto de Infração Sec. Patrimônio da União.pdfMuro Auto de Infração Sec. Patrimônio da União.pdf
Muro Auto de Infração Sec. Patrimônio da União.pdf
 
Melhoramento animal genética e estatística
Melhoramento animal genética e estatísticaMelhoramento animal genética e estatística
Melhoramento animal genética e estatística
 
Apostila FEV-2008 - Micromorfologia de Solos.pdf
Apostila FEV-2008 - Micromorfologia de Solos.pdfApostila FEV-2008 - Micromorfologia de Solos.pdf
Apostila FEV-2008 - Micromorfologia de Solos.pdf
 
Muro Relatório de Fiscalização SPU 2024.pdf
Muro Relatório de Fiscalização SPU 2024.pdfMuro Relatório de Fiscalização SPU 2024.pdf
Muro Relatório de Fiscalização SPU 2024.pdf
 
Manejo de insetos-pragas sugadores .pptx
Manejo de insetos-pragas sugadores .pptxManejo de insetos-pragas sugadores .pptx
Manejo de insetos-pragas sugadores .pptx
 
CIGAROSS DRA_SANDRA_DA_SILVA_MARQUES.pdf
CIGAROSS DRA_SANDRA_DA_SILVA_MARQUES.pdfCIGAROSS DRA_SANDRA_DA_SILVA_MARQUES.pdf
CIGAROSS DRA_SANDRA_DA_SILVA_MARQUES.pdf
 
Economia Circular na Produção de Filmes e Revestimentos Comestíveis.pdf
Economia Circular na Produção de Filmes e Revestimentos Comestíveis.pdfEconomia Circular na Produção de Filmes e Revestimentos Comestíveis.pdf
Economia Circular na Produção de Filmes e Revestimentos Comestíveis.pdf
 

medidor-de-ph

  • 1. IFAL – CAMPUS MACEIÓ DE/DATP - COORDENAÇÃO DE QUÍMICA CURSO TÉCNICO EM QUÍMICA INSTRUMENTAÇÃO INDUSTRIAL ALINE MARIA AGATHA PRADO JOÃO ALBERTO KRYZIA KALINNE LARISSA OLIVEIRA RAFAEL PEDRO WILLIAN GABRIEL
  • 2. Em 1930 Arnold O. Beckman, quimico e engenheiro quimico americano desenvolveu um pHmetro utilizando um tubo de vacuo amplificado integrado aos medidores eletrodos já utilizados. Em 1935 passou a ser comercializado o primeiro phmetro bem sucessido, inspirado no trabalho de L. W. Elder e W. H. Wright, professores do departamento de quimica da universidade de Illinois, Os primeiros a sugerir que as medidas fossem realizadas com eletrodos de vidro e potenciometro de tubo de vacuo. A junção dos conceitos de quimica em solução aquosa eletroquimica e eletronica que tornou possivel a concretização do aparelho.
  • 3.  Grandeza físico-química que indica a acidez, neutralidade ou alcalinidade de uma solução aquosa;  Concentração de íon Hidrogênio (H+ );  Quanto menor o pH maior a concentração de íos H+ na solução;  pH = - log [H+ ]  Escala de pH varia de 0 (ácido) a 14 (básico);
  • 4.  Medidores de pH;  Soluções indicadoras de pH;  Papel de tornassol;
  • 5.  Eletrodo do tipo íon seletivo (eletrodo de vidro);  Milivoltímetro;  Conversão de tensão em pH;
  • 6. Os phmetros são equipamentos indicados em campo ou em laboratorios quimicos de controle de qualidade, monitoramento do pH,mV e temperatura. Por utilizar software de ultima geração, ser facilmente operado a apresentar medições rápidas, o pHmetro é um equipamento muito comum na indústria quimica, farmaceutica, cosmética, universidades e instuições de pesquisas. •Phmetro de bancada •Phmetro portatil •Phmetro de bolso •Phmetro digital
  • 8.  Limpeza anterior e posterior ao uso.  Inspeção periódica do bulbo do eletrodo de vidro.  Abertura, antes do uso, do respiro para equilíbrio da pressão interna com a atmosfera.  Calibração feita com controle de temperatura.  Calibração com 2 ou 3 pontos de medidas de pH.
  • 9. Erros de medição  Erros dos padrões de calibração  Erro do sódio  Erro do ácido  Erro de hidratação do vidro  Erro de temperatura
  • 10.  Componentes utilizados: ◦ Circuito Integrado TL084; ◦ Eletrodo de vidro; ◦ Baterias de 9V; ◦ Chave de duas posições; ◦ Conector BNC fêmea; ◦ Led; ◦ Resistor de 100 Ohms; ◦ Multímetro;