SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 62
Monitorização Neurológica Avançada  à beira do leito
Monitorização da Pressão Intracraniana (PIC) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Histórico ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Histórico – Conceitos Básicos ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Concluindo conceito... ,[object Object]
Distorção cerebral ,[object Object]
Variáveis controladoras do Fluxo Sanguíneo Cerebral (FSC) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Hemodinâmica Cerebral ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Causas de HIC ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização da PIC –  Indicações ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
HIC secundária a TCE Fisiopatologia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Traumatismo Cranioencefálico (TCE) ,[object Object]
Tecnologia de Monitoração da PIC ,[object Object]
Monitorização da PIC - Técnicas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Técnicas de monitorização da PIC * Boa precisão nos primeiros 4-5 dias  Monitorização com cateteres em posição subdural, epidural ou subaracnóidea é considerada como de menor precisão. Posição Classificação (relação custo / eficácia) Método Drenagem de  líquor Precisão Recalibração Custo Ventricular 1 CF Sim +++ Sim + 2 FO Sim +++ Sim ++++ Parenquimatosa 3 FO Não ++* Não +++ Subaracnóidea 4 CF Não + Sim + Subdural 5 FO Não + Não +++ 6 CF Não + Sim +
Monitorização Intraventricular Drenagem de líquor ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização da PIC
 
Monitorização da PIC –  Interpretação dos Formatos de Onda ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização da PIC –  Interpretação de valores ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
PIC - Valores Normais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
PIC - Valores Normais ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização da PIC –  Interpretação das variações ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização da PIC - Complicações ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Manejo da PIC e da PPC: “Goals” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Sedação ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Drenagem de líquor ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Tratamento Osmolar ,[object Object],[object Object]
Hipotermia ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Corticosteróides? ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Albumina? ,[object Object],[object Object],[object Object]
Medidas na HIC refratária ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Medidas Cirúrgicas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Prognóstico ,[object Object]
Conclusão
Pacientes Neurológicos Criticamente Enfermos: Recomendações
Hipertensão Intracraniana
 
 
Monitorização da Perfusão e Oxigenação Cerebral ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização Global – Pressão de Perfusão Cerebral ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
Monitorização Global – Saturação Venosa Jugular (SjvO 2 ) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
SjvO 2 ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
SjvO 2 ,[object Object],[object Object],[object Object]
SjvO 2  > 75% DESLOCAMENTO INFERIOR DO CATÉTER? VERIFICAR PIC REPOSICIONAR PIC < 25mmHg PIC > 25 mmHg VERIFICAR OBSTRUÇÃO DO PESCOÇO E OBSTRUÇÃO VENOSA NENHUMA CONDUTA ESPECÍFICA ATENÇÃO COM A VELOCIDADE DE ASPIRAÇÃO DO SANGUE! NÃO SIM
SjvO 2  55 - 75% PAM < 80 mmHg VERIFICAR PAM PAM > 80 mmHg Volume se PVC ou PCAP baixos Aminas vasopressoras se PVC ou PCAP elevados Nenhuma conduta específica Examinar pupilas Avaliar paCO 2 Considerar TCC Considerar cirurgia
SjvO 2  < 55% CONFIRMAR AMOSTRA DE SANGUE E POSIÇÃO DO CATÉTER SaO 2  < 90% PIC elevada PaCO 2  < 25 mmHg Aumento da CMRO2 (hipertermia ou convulsão) Vasoespasmo Hto < 30% Causas sistêmicas Causas cerebrais PAM < 80 mmHg ou PPC < 70 mmHg Volume ou aminas N N N N N N
 
Monitorização Regional –  Doppler Transcraniano ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
 
 
 
 
Monitorização Regional – Pressão Parcial de O 2  tecidual (PbtO 2 ) ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização Regional –  Outros métodos ,[object Object],[object Object]
 
Monitorização do Metabolismo Cerebral ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização da “Atividade Elétrica” ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Outras monitorizações não-neurológicas... ...porém relacionadas ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
Monitorização  Neurológica Multimodal na UCI ,[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object],[object Object]
FIM...

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

22ª aula trauma de crânio Silvio
22ª aula   trauma de crânio Silvio22ª aula   trauma de crânio Silvio
22ª aula trauma de crânio Silvio
Prof Silvio Rosa
 
Trauma crânio-encefálico (TCE)
Trauma crânio-encefálico (TCE)Trauma crânio-encefálico (TCE)
Trauma crânio-encefálico (TCE)
Renato Almeida
 

Mais procurados (20)

Ventilação mecânica em neonatologia e pediatria
Ventilação mecânica em neonatologia e pediatriaVentilação mecânica em neonatologia e pediatria
Ventilação mecânica em neonatologia e pediatria
 
TCE e TRM
TCE e TRMTCE e TRM
TCE e TRM
 
Ventilação mecânica invasiva em pacientes neurocirúrgicos
Ventilação mecânica invasiva em pacientes neurocirúrgicosVentilação mecânica invasiva em pacientes neurocirúrgicos
Ventilação mecânica invasiva em pacientes neurocirúrgicos
 
22ª aula trauma de crânio Silvio
22ª aula   trauma de crânio Silvio22ª aula   trauma de crânio Silvio
22ª aula trauma de crânio Silvio
 
T C E - Anatomia
T C E - AnatomiaT C E - Anatomia
T C E - Anatomia
 
AVC Hemorragico
AVC HemorragicoAVC Hemorragico
AVC Hemorragico
 
Assincronias Ventilatórias
Assincronias VentilatóriasAssincronias Ventilatórias
Assincronias Ventilatórias
 
Processo de Desmame Ventilatório e Extubação
Processo de Desmame Ventilatório e ExtubaçãoProcesso de Desmame Ventilatório e Extubação
Processo de Desmame Ventilatório e Extubação
 
Avaliacao neurologica
Avaliacao neurologicaAvaliacao neurologica
Avaliacao neurologica
 
Neurofisiologia e edema cerebral COPA 13.04.pptx
Neurofisiologia e edema cerebral  COPA 13.04.pptxNeurofisiologia e edema cerebral  COPA 13.04.pptx
Neurofisiologia e edema cerebral COPA 13.04.pptx
 
Tce
TceTce
Tce
 
Trauma Cranioencefálico - Urgência & Emergência
Trauma Cranioencefálico - Urgência & EmergênciaTrauma Cranioencefálico - Urgência & Emergência
Trauma Cranioencefálico - Urgência & Emergência
 
Trauma crânio-encefálico (TCE)
Trauma crânio-encefálico (TCE)Trauma crânio-encefálico (TCE)
Trauma crânio-encefálico (TCE)
 
Princípios da Ventilação Invasiva
Princípios da Ventilação InvasivaPrincípios da Ventilação Invasiva
Princípios da Ventilação Invasiva
 
Estudo de caso clinico
Estudo de caso clinicoEstudo de caso clinico
Estudo de caso clinico
 
Monitorização do paciente na UTI
Monitorização do paciente na UTIMonitorização do paciente na UTI
Monitorização do paciente na UTI
 
89897115-ANESTESIA-GERAL.ppt
89897115-ANESTESIA-GERAL.ppt89897115-ANESTESIA-GERAL.ppt
89897115-ANESTESIA-GERAL.ppt
 
Sara
SaraSara
Sara
 
Nervos Cranianos: Exame físico Neurológico
Nervos Cranianos: Exame físico NeurológicoNervos Cranianos: Exame físico Neurológico
Nervos Cranianos: Exame físico Neurológico
 
Craniofaringeoma
CraniofaringeomaCraniofaringeoma
Craniofaringeoma
 

Destaque

Assistência de enfermagem ao homem vítima
Assistência de enfermagem ao homem vítimaAssistência de enfermagem ao homem vítima
Assistência de enfermagem ao homem vítima
Juliana Santos
 
Traumatismo craniano encefálico
Traumatismo craniano encefálicoTraumatismo craniano encefálico
Traumatismo craniano encefálico
Sidnei Carvalho
 
Edema
EdemaEdema
Edema
hugo
 
Edema Agudo de Pulmão - EAP
 Edema Agudo de Pulmão - EAP Edema Agudo de Pulmão - EAP
Edema Agudo de Pulmão - EAP
Marcos Figueiredo
 
Aula nutrição enteral e parenteral
Aula nutrição enteral e parenteralAula nutrição enteral e parenteral
Aula nutrição enteral e parenteral
natybortoletto
 
Edema agudo de pulmão 1
Edema agudo de pulmão 1Edema agudo de pulmão 1
Edema agudo de pulmão 1
Tharles Müller
 
Cateterismo vesical
Cateterismo vesicalCateterismo vesical
Cateterismo vesical
resenfe2013
 
Fisiopatología del TCE
Fisiopatología del TCEFisiopatología del TCE
Fisiopatología del TCE
Osimar Juarez
 

Destaque (20)

Assistência de enfermagem ao homem vítima
Assistência de enfermagem ao homem vítimaAssistência de enfermagem ao homem vítima
Assistência de enfermagem ao homem vítima
 
Palestra tce 2
Palestra tce 2Palestra tce 2
Palestra tce 2
 
Avaliação de Exames de Imagem - Enfermagem
Avaliação de Exames de Imagem - EnfermagemAvaliação de Exames de Imagem - Enfermagem
Avaliação de Exames de Imagem - Enfermagem
 
Traumatismo craniano encefálico
Traumatismo craniano encefálicoTraumatismo craniano encefálico
Traumatismo craniano encefálico
 
Edema
EdemaEdema
Edema
 
Condutas em AVE
Condutas em AVECondutas em AVE
Condutas em AVE
 
Neuroliga ave clínico
Neuroliga ave clínicoNeuroliga ave clínico
Neuroliga ave clínico
 
Acidente Vascular Encefálico
Acidente Vascular EncefálicoAcidente Vascular Encefálico
Acidente Vascular Encefálico
 
Cerebral oximetry
Cerebral oximetryCerebral oximetry
Cerebral oximetry
 
Neurointensivismo
NeurointensivismoNeurointensivismo
Neurointensivismo
 
Neuroimagem na prática neurológica
Neuroimagem na prática neurológicaNeuroimagem na prática neurológica
Neuroimagem na prática neurológica
 
Traumatismo crânioencefálico em pediatria
Traumatismo crânioencefálico em pediatriaTraumatismo crânioencefálico em pediatria
Traumatismo crânioencefálico em pediatria
 
Edema Agudo de Pulmão - EAP
 Edema Agudo de Pulmão - EAP Edema Agudo de Pulmão - EAP
Edema Agudo de Pulmão - EAP
 
Trauma cráneo encefálico (tce)
Trauma cráneo encefálico (tce)Trauma cráneo encefálico (tce)
Trauma cráneo encefálico (tce)
 
Edema 2012
Edema 2012Edema 2012
Edema 2012
 
Aula nutrição enteral e parenteral
Aula nutrição enteral e parenteralAula nutrição enteral e parenteral
Aula nutrição enteral e parenteral
 
Edema agudo de pulmão 1
Edema agudo de pulmão 1Edema agudo de pulmão 1
Edema agudo de pulmão 1
 
Acidente Vascular Encefálico (AVE)
Acidente Vascular Encefálico (AVE)Acidente Vascular Encefálico (AVE)
Acidente Vascular Encefálico (AVE)
 
Cateterismo vesical
Cateterismo vesicalCateterismo vesical
Cateterismo vesical
 
Fisiopatología del TCE
Fisiopatología del TCEFisiopatología del TCE
Fisiopatología del TCE
 

Semelhante a Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada

Pós operatório de cirurgia cardiovascular
Pós operatório de cirurgia cardiovascularPós operatório de cirurgia cardiovascular
Pós operatório de cirurgia cardiovascular
Paulo Sérgio
 
Acidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebralAcidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebral
Paulo Matias
 
Parada Cardiorrespiratória
Parada CardiorrespiratóriaParada Cardiorrespiratória
Parada Cardiorrespiratória
Paula Oliveira
 
Bases e Protocolos da Emergência em Cães e Gatos - Cópia.pptx
Bases e Protocolos da Emergência em Cães e Gatos - Cópia.pptxBases e Protocolos da Emergência em Cães e Gatos - Cópia.pptx
Bases e Protocolos da Emergência em Cães e Gatos - Cópia.pptx
CamilaCarvalhoDeSouz1
 
História ex e diag diferencial das cardiopatias na infância
História ex e diag diferencial das cardiopatias na infânciaHistória ex e diag diferencial das cardiopatias na infância
História ex e diag diferencial das cardiopatias na infância
gisa_legal
 
Fisiopatologia do Choque = conferência Módulo de Emergência - turma 2015.pptx
Fisiopatologia do Choque = conferência Módulo de Emergência - turma 2015.pptxFisiopatologia do Choque = conferência Módulo de Emergência - turma 2015.pptx
Fisiopatologia do Choque = conferência Módulo de Emergência - turma 2015.pptx
TarcisioRonacher
 

Semelhante a Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada (20)

Hipertensão intracraniana
Hipertensão intracranianaHipertensão intracraniana
Hipertensão intracraniana
 
cepeti-trauma-uti-cepeti-2169d9e6 (3).pptx
cepeti-trauma-uti-cepeti-2169d9e6 (3).pptxcepeti-trauma-uti-cepeti-2169d9e6 (3).pptx
cepeti-trauma-uti-cepeti-2169d9e6 (3).pptx
 
Curso 42 i ia
Curso 42 i iaCurso 42 i ia
Curso 42 i ia
 
Pós operatório de cirurgia cardiovascular
Pós operatório de cirurgia cardiovascularPós operatório de cirurgia cardiovascular
Pós operatório de cirurgia cardiovascular
 
Acidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebralAcidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebral
 
Acidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebralAcidente vascular cerebral
Acidente vascular cerebral
 
Parada Cardiorrespiratória
Parada CardiorrespiratóriaParada Cardiorrespiratória
Parada Cardiorrespiratória
 
Tratamento avc agudo
Tratamento avc agudoTratamento avc agudo
Tratamento avc agudo
 
Bases e Protocolos da Emergência em Cães e Gatos - Cópia.pptx
Bases e Protocolos da Emergência em Cães e Gatos - Cópia.pptxBases e Protocolos da Emergência em Cães e Gatos - Cópia.pptx
Bases e Protocolos da Emergência em Cães e Gatos - Cópia.pptx
 
Assistência ao Paciente Clínico Cirúrgico - revisão do conteúdo 1.pptx
Assistência ao Paciente Clínico Cirúrgico - revisão do conteúdo 1.pptxAssistência ao Paciente Clínico Cirúrgico - revisão do conteúdo 1.pptx
Assistência ao Paciente Clínico Cirúrgico - revisão do conteúdo 1.pptx
 
Crise Hipoxemica
Crise HipoxemicaCrise Hipoxemica
Crise Hipoxemica
 
Aula 05.pptxPACIENTES CRITICOS: UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO (UTI)
Aula 05.pptxPACIENTES CRITICOS: UNIDADE DE TRATAMENTO  INTENSIVO (UTI)Aula 05.pptxPACIENTES CRITICOS: UNIDADE DE TRATAMENTO  INTENSIVO (UTI)
Aula 05.pptxPACIENTES CRITICOS: UNIDADE DE TRATAMENTO INTENSIVO (UTI)
 
CASOS CLÍNICOS HM (1) ultimo.pptx
CASOS CLÍNICOS HM (1) ultimo.pptxCASOS CLÍNICOS HM (1) ultimo.pptx
CASOS CLÍNICOS HM (1) ultimo.pptx
 
História ex e diag diferencial das cardiopatias na infância
História ex e diag diferencial das cardiopatias na infânciaHistória ex e diag diferencial das cardiopatias na infância
História ex e diag diferencial das cardiopatias na infância
 
Aula PCR.pptx
Aula PCR.pptxAula PCR.pptx
Aula PCR.pptx
 
Fisiopatologia do Choque = conferência Módulo de Emergência - turma 2015.pptx
Fisiopatologia do Choque = conferência Módulo de Emergência - turma 2015.pptxFisiopatologia do Choque = conferência Módulo de Emergência - turma 2015.pptx
Fisiopatologia do Choque = conferência Módulo de Emergência - turma 2015.pptx
 
Caso clínico
Caso clínicoCaso clínico
Caso clínico
 
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuaisTratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
Tratamento AVC isquemico: perspectivas atuais
 
Embolia pulmonar
Embolia  pulmonarEmbolia  pulmonar
Embolia pulmonar
 
Choque
Choque Choque
Choque
 

Mais de ctisaolucascopacabana

O que temos feito para prevenir e tratar[1]
O que temos feito para prevenir e tratar[1]O que temos feito para prevenir e tratar[1]
O que temos feito para prevenir e tratar[1]
ctisaolucascopacabana
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
ctisaolucascopacabana
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
ctisaolucascopacabana
 
Ruptura de cisto hepático infectado para congresso
Ruptura de cisto hepático infectado para congressoRuptura de cisto hepático infectado para congresso
Ruptura de cisto hepático infectado para congresso
ctisaolucascopacabana
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
ctisaolucascopacabana
 
Iv curso teórico prático - aula hidroeletrol
Iv curso teórico prático - aula hidroeletrolIv curso teórico prático - aula hidroeletrol
Iv curso teórico prático - aula hidroeletrol
ctisaolucascopacabana
 
Iv curso teórico prático - aula ac bas
Iv curso teórico prático - aula ac basIv curso teórico prático - aula ac bas
Iv curso teórico prático - aula ac bas
ctisaolucascopacabana
 

Mais de ctisaolucascopacabana (20)

Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
Mercredi intensif 27 fevereiro 2013Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
Mercredi intensif 27 fevereiro 2013
 
Caso clinico
Caso clinicoCaso clinico
Caso clinico
 
Qual é o seu diagnostico 2
Qual é o seu diagnostico 2Qual é o seu diagnostico 2
Qual é o seu diagnostico 2
 
Sessão clínica do cti hsl 2 06
Sessão clínica do  cti hsl   2 06Sessão clínica do  cti hsl   2 06
Sessão clínica do cti hsl 2 06
 
Emergências oncologias
Emergências oncologiasEmergências oncologias
Emergências oncologias
 
O que temos feito para prevenir e tratar[1]
O que temos feito para prevenir e tratar[1]O que temos feito para prevenir e tratar[1]
O que temos feito para prevenir e tratar[1]
 
Scr bild
Scr bildScr bild
Scr bild
 
Ultrassonografia na uti
Ultrassonografia na utiUltrassonografia na uti
Ultrassonografia na uti
 
Sessão clinica
Sessão clinicaSessão clinica
Sessão clinica
 
Emergências oncologias
Emergências oncologiasEmergências oncologias
Emergências oncologias
 
Sessão trale
Sessão traleSessão trale
Sessão trale
 
Medicina transfusional _-_cti[1]
Medicina transfusional _-_cti[1]Medicina transfusional _-_cti[1]
Medicina transfusional _-_cti[1]
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
 
Ruptura de cisto hepático infectado para congresso
Ruptura de cisto hepático infectado para congressoRuptura de cisto hepático infectado para congresso
Ruptura de cisto hepático infectado para congresso
 
Sedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirioSedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirio
 
Ruptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectadoRuptura de cisto hepático infectado
Ruptura de cisto hepático infectado
 
Sedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirioSedação e analgesia e delirio
Sedação e analgesia e delirio
 
Iv curso teórico prático - aula hidroeletrol
Iv curso teórico prático - aula hidroeletrolIv curso teórico prático - aula hidroeletrol
Iv curso teórico prático - aula hidroeletrol
 
Iv curso teórico prático - aula ac bas
Iv curso teórico prático - aula ac basIv curso teórico prático - aula ac bas
Iv curso teórico prático - aula ac bas
 

Iv curso teórico prático - monitorização neurológica avançada

  • 2.
  • 3.
  • 4.
  • 5.
  • 6.
  • 7.
  • 8.
  • 9.
  • 10.
  • 11.
  • 12.
  • 13.
  • 14.
  • 15. Técnicas de monitorização da PIC * Boa precisão nos primeiros 4-5 dias Monitorização com cateteres em posição subdural, epidural ou subaracnóidea é considerada como de menor precisão. Posição Classificação (relação custo / eficácia) Método Drenagem de líquor Precisão Recalibração Custo Ventricular 1 CF Sim +++ Sim + 2 FO Sim +++ Sim ++++ Parenquimatosa 3 FO Não ++* Não +++ Subaracnóidea 4 CF Não + Sim + Subdural 5 FO Não + Não +++ 6 CF Não + Sim +
  • 16.
  • 18.  
  • 19.
  • 20.
  • 21.
  • 22.
  • 23.
  • 24.
  • 25.
  • 26.
  • 27.
  • 28.
  • 29.
  • 30.
  • 31.
  • 32.
  • 33.
  • 34.
  • 36. Pacientes Neurológicos Criticamente Enfermos: Recomendações
  • 38.  
  • 39.  
  • 40.
  • 41.
  • 42.  
  • 43.
  • 44.
  • 45.
  • 46. SjvO 2 > 75% DESLOCAMENTO INFERIOR DO CATÉTER? VERIFICAR PIC REPOSICIONAR PIC < 25mmHg PIC > 25 mmHg VERIFICAR OBSTRUÇÃO DO PESCOÇO E OBSTRUÇÃO VENOSA NENHUMA CONDUTA ESPECÍFICA ATENÇÃO COM A VELOCIDADE DE ASPIRAÇÃO DO SANGUE! NÃO SIM
  • 47. SjvO 2 55 - 75% PAM < 80 mmHg VERIFICAR PAM PAM > 80 mmHg Volume se PVC ou PCAP baixos Aminas vasopressoras se PVC ou PCAP elevados Nenhuma conduta específica Examinar pupilas Avaliar paCO 2 Considerar TCC Considerar cirurgia
  • 48. SjvO 2 < 55% CONFIRMAR AMOSTRA DE SANGUE E POSIÇÃO DO CATÉTER SaO 2 < 90% PIC elevada PaCO 2 < 25 mmHg Aumento da CMRO2 (hipertermia ou convulsão) Vasoespasmo Hto < 30% Causas sistêmicas Causas cerebrais PAM < 80 mmHg ou PPC < 70 mmHg Volume ou aminas N N N N N N
  • 49.  
  • 50.
  • 51.  
  • 52.  
  • 53.  
  • 54.  
  • 55.
  • 56.
  • 57.  
  • 58.
  • 59.
  • 60.
  • 61.