SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 23
Componentes do grupo:
Álvaro,Laura Ramos,Milena e
Yahn.
Resistência do Ar
A resistência do ar consiste na força que
é oposta pelo ar ao movimento de
objetos que o atravessam por efeito do
atrito(fricção).
A resistência do ar é uma força de
restrição ao movimento de um corpo.
Gravidade
A gravidade é a força
de atração mútua que
os corpos materiais
exercem uns sobre os
outros. Classicamente,
é descrita pela lei de
Newton da gravitação
universal. Foi
descoberta
primeiramente pelo
físico inglês Isaac
Newton e desenvolvida
e estudada ao longo
dos anos.
Do ponto de vista prático, a atração gravitacional da Terra
confere peso aos objetos e faz com que caiam ao chão quando
são soltos no ar. Logo, a gravitação é o motivo pelo qual a
Terra, o Sol e outros corpos celestiais existem: sem ela, a
matéria não se teria aglutinado para formar aqueles corpos e
a vida como a entendemos não teria surgido.
Queda-livre
Basicamente, queda-livre
é o movimento vertical,
próximo a superfície da
terra. É a queda de um
corpo sem a resistência
do ar, ou seja, no vácuo.
Ao abandonar da mesma
altura dois corpos, de
massas diferentes e livres
da resistência do ar (no
vácuo), é possível
observar que o tempo de
queda é igual para
ambos.
Lançamento
Vertical
Quando um corpo é arremessado para cima ou para
baixo, com uma velocidade inicial não nula, chamamos o
movimento de Lançamento vertical. Esse movimento
também é um movimento uniformemente variado como
na queda livre, em que a aceleração é a da gravidade.
Lançamento
vertical para cima
Ao observarmos tal situação, concluímos que existe
um instante no qual a velocidade da bola cessa (V = 0),
que no caso, é o ponto mais alto que objeto alcança.
Como a velocidade é decrescente, o movimento
descrito é uniformemente retardado, pois sua
velocidade decresce à medida que varia sua posição.
Como o lançamento vertical é um movimento
uniformemente variado, a aceleração do móvel é
constante.
Função horária da posição
Função horária da velocidade
Equação de Torricelli
Problema
A aluna de ginástica Berenice, ao pular em uma
cama elástica, alcança 1m. Considere que a cama
elástica está a 19cm do chão e despreze a
resistência do ar. Adote g = 10 m/s², e determine:
A) a velocidade inicial;
B) o tempo que ela levou para atingir o ponto
mais alto;
C) o tempo que ela levou para atingir o solo;
D) a velocidade no ponto mais alto;
E) o tipo de movimento na subida;
F) o tipo de movimento na descida.
Resolução
- O que sabemos a respeito do
problema:
ho=0,19m
hf=1,19m
g=-10m/s²
A) v²-=vo²+2.g.sf-so
0=vo²+2.-10.1,19-0,19
0=vo²-20.1,19-0,19
0=vo²-23,8-0,19
0=vo²-23,99
vo=4,89m/s B) V = Vo + a.t
0=4,89-10.t
10t=4,89
t=4,89/10
t=0,489s
Velocidade
inicial
Tempo p/ ponto
mais alto
C. O mesmo tempo que ela levou para
atingir o ponto mais alto.
D. É zero.
E. Movimento desacelerado.
F. Movimento acelerado.
Tempo p/ atingir
solo
Velocidade
ponto mais alto
Movimento
Subida
Movimento
Descida
solo
REFERÊNCIAS:
• Curso e Aulas - http://www.cursoseaulas.com.br/?goto=form_fisica
(acesso em 15/09/2013)
• Só Física -
http://www.sofisica.com.br/conteudos/Mecanica/Cinematica/mvert
.php (acesso em 14/09/2013)
• SlideShare - http://www.slideshare.net/fisicaboulanger/frmulas-de-
cinemtica (acesso em 14/09/2013)
• You Tube “Me Salva” -
http://www.youtube.com/watch?v=dCnrm0mAPMk (acesso em
13/09/2013)
• You Tube “A Torre” -
http://www.youtube.com/watch?v=wD63RaFl5j8 (acesso em
13/09/2013)
• Brasil Escola - http://www.brasilescola.com/fisica/lancamento-
vertical.htm (acesso 12/09/2013)
• Física e Vestibular –
http://www.fisicaevestibular.com.br/cinematica9.htm

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Movimento retilíeno uniformemente variado - MRUV
Movimento retilíeno uniformemente variado - MRUVMovimento retilíeno uniformemente variado - MRUV
Movimento retilíeno uniformemente variado - MRUV
O mundo da FÍSICA
 
Aula05 forças
Aula05 forçasAula05 forças
Aula05 forças
cristbarb
 
Princípios da Óptica Geométrica
Princípios da Óptica GeométricaPrincípios da Óptica Geométrica
Princípios da Óptica Geométrica
laizdiniz
 
Mru movimento retilineo uniforme
Mru   movimento retilineo uniformeMru   movimento retilineo uniforme
Mru movimento retilineo uniforme
Vlamir Gama Rocha
 

Mais procurados (20)

Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
 
Aula 1 velocidade média
Aula 1  velocidade médiaAula 1  velocidade média
Aula 1 velocidade média
 
Ondulatoria
OndulatoriaOndulatoria
Ondulatoria
 
Energia Cinética e Potencial
Energia Cinética e PotencialEnergia Cinética e Potencial
Energia Cinética e Potencial
 
Movimento retilíeno uniformemente variado - MRUV
Movimento retilíeno uniformemente variado - MRUVMovimento retilíeno uniformemente variado - MRUV
Movimento retilíeno uniformemente variado - MRUV
 
MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.MRU / MRUV - Slide de física.
MRU / MRUV - Slide de física.
 
Movimento uniforme
Movimento uniformeMovimento uniforme
Movimento uniforme
 
Movimento Circular Uniforme
Movimento Circular UniformeMovimento Circular Uniforme
Movimento Circular Uniforme
 
Temperatura e Calor
Temperatura e Calor Temperatura e Calor
Temperatura e Calor
 
Força e movimento
Força e movimentoForça e movimento
Força e movimento
 
Aula05 forças
Aula05 forçasAula05 forças
Aula05 forças
 
Aula Gravitação Universal
Aula Gravitação UniversalAula Gravitação Universal
Aula Gravitação Universal
 
Campo elétrico
Campo elétricoCampo elétrico
Campo elétrico
 
Leis De Newton
Leis De NewtonLeis De Newton
Leis De Newton
 
Trabalho e Energia Slide
Trabalho e Energia SlideTrabalho e Energia Slide
Trabalho e Energia Slide
 
Princípios da Óptica Geométrica
Princípios da Óptica GeométricaPrincípios da Óptica Geométrica
Princípios da Óptica Geométrica
 
Calor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latenteCalor sensivel e calor latente
Calor sensivel e calor latente
 
Mru movimento retilineo uniforme
Mru   movimento retilineo uniformeMru   movimento retilineo uniforme
Mru movimento retilineo uniforme
 
Corrente elétrica
Corrente elétricaCorrente elétrica
Corrente elétrica
 
Máquinas térmicas
Máquinas térmicasMáquinas térmicas
Máquinas térmicas
 

Destaque

Aula lançameto vertical e queda livre
Aula lançameto vertical e queda livreAula lançameto vertical e queda livre
Aula lançameto vertical e queda livre
Sergio Luis
 
Queda Livre
Queda LivreQueda Livre
Queda Livre
tiajeh
 
Movimento variado
Movimento variadoMovimento variado
Movimento variado
fisicaatual
 
Movimento uniformemente variado
Movimento uniformemente variadoMovimento uniformemente variado
Movimento uniformemente variado
sotonji
 
Apostila queda livre e l vertical
Apostila queda livre e l verticalApostila queda livre e l vertical
Apostila queda livre e l vertical
Anselmo Roxa
 
Artilharia nossa liga treloso
Artilharia nossa liga trelosoArtilharia nossa liga treloso
Artilharia nossa liga treloso
Nossa Liga
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (lançamento vertical)
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (lançamento vertical)Física 1º ano   prof. pedro ivo - (lançamento vertical)
Física 1º ano prof. pedro ivo - (lançamento vertical)
Pedro Ivo Andrade Sousa
 

Destaque (20)

Aula lançameto vertical e queda livre
Aula lançameto vertical e queda livreAula lançameto vertical e queda livre
Aula lançameto vertical e queda livre
 
Queda Livre
Queda LivreQueda Livre
Queda Livre
 
Queda livre
Queda livreQueda livre
Queda livre
 
Queda livre - Físico Química 11ºano
Queda livre - Físico Química 11ºanoQueda livre - Físico Química 11ºano
Queda livre - Físico Química 11ºano
 
AULA1
AULA1AULA1
AULA1
 
2.10.movimento vertical no vácuo
2.10.movimento vertical no vácuo2.10.movimento vertical no vácuo
2.10.movimento vertical no vácuo
 
Fisica Lançamento
Fisica LançamentoFisica Lançamento
Fisica Lançamento
 
Lançamento horizontal
Lançamento horizontalLançamento horizontal
Lançamento horizontal
 
5 queda livre
5  queda livre5  queda livre
5 queda livre
 
Movimento variado
Movimento variadoMovimento variado
Movimento variado
 
Movimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
Movimento Uniformemente Variado - Equação de TorricelliMovimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
Movimento Uniformemente Variado - Equação de Torricelli
 
Movimento uniformemente variado
Movimento uniformemente variadoMovimento uniformemente variado
Movimento uniformemente variado
 
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicosNormas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
Normas ABNT Apresentação de trabalhos acadêmicos
 
Apostila queda livre e l vertical
Apostila queda livre e l verticalApostila queda livre e l vertical
Apostila queda livre e l vertical
 
História do páraquedismo
História do páraquedismoHistória do páraquedismo
História do páraquedismo
 
Artilharia nossa liga treloso
Artilharia nossa liga trelosoArtilharia nossa liga treloso
Artilharia nossa liga treloso
 
6 paraquedismo
6  paraquedismo6  paraquedismo
6 paraquedismo
 
Fundamentos a ciências exatas
Fundamentos a ciências exatasFundamentos a ciências exatas
Fundamentos a ciências exatas
 
Física 1º ano prof. pedro ivo - (lançamento vertical)
Física 1º ano   prof. pedro ivo - (lançamento vertical)Física 1º ano   prof. pedro ivo - (lançamento vertical)
Física 1º ano prof. pedro ivo - (lançamento vertical)
 
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Movimento Circular
www.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Movimento Circularwww.aulasdefisicaapoio.com - Física -  Movimento Circular
www.aulasdefisicaapoio.com - Física - Movimento Circular
 

Semelhante a Física - Lançamento Vertical (20)

Movimentos à superfície da terra
Movimentos à superfície da terraMovimentos à superfície da terra
Movimentos à superfície da terra
 
Leis de newton 1 e 2
Leis de newton 1 e 2Leis de newton 1 e 2
Leis de newton 1 e 2
 
9 ano leis de newton
9 ano leis de newton9 ano leis de newton
9 ano leis de newton
 
Lista 6 leis de newton
Lista 6 leis de newtonLista 6 leis de newton
Lista 6 leis de newton
 
dinâmica leis de newton leis de newton leis
dinâmica leis de newton leis de newton leisdinâmica leis de newton leis de newton leis
dinâmica leis de newton leis de newton leis
 
revisão leis de newton
revisão leis de newtonrevisão leis de newton
revisão leis de newton
 
Dinãmica- Leis de Newton
Dinãmica- Leis de NewtonDinãmica- Leis de Newton
Dinãmica- Leis de Newton
 
Mecânica dinâmica
Mecânica dinâmicaMecânica dinâmica
Mecânica dinâmica
 
8a série as leis de newton
8a série   as leis de newton8a série   as leis de newton
8a série as leis de newton
 
LEIS DE NEWTON.ppt
LEIS DE NEWTON.pptLEIS DE NEWTON.ppt
LEIS DE NEWTON.ppt
 
Queda livre dos corpos
Queda livre dos corposQueda livre dos corpos
Queda livre dos corpos
 
Queda livre dos corpos
Queda livre dos corposQueda livre dos corpos
Queda livre dos corpos
 
Dinâmica
DinâmicaDinâmica
Dinâmica
 
As Leis de Newton
As Leis de NewtonAs Leis de Newton
As Leis de Newton
 
Porque os corpos não caem para a terra
Porque os corpos não caem para a terraPorque os corpos não caem para a terra
Porque os corpos não caem para a terra
 
Queda livre
Queda livreQueda livre
Queda livre
 
Queda livre
Queda livreQueda livre
Queda livre
 
Parte Bruta
Parte BrutaParte Bruta
Parte Bruta
 
Inérciaforçadeatrito
InérciaforçadeatritoInérciaforçadeatrito
Inérciaforçadeatrito
 
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
05 11-2010-lista-de-exercicios-1o-ano
 

Último

História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
GisellySobral
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
GisellySobral
 

Último (20)

Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentesMaio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
Maio Laranja - Combate à violência sexual contra crianças e adolescentes
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
425416820-Testes-7º-Ano-Leandro-Rei-Da-Heliria-Com-Solucoes.pdf
 
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.pptAs teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
As teorias de Lamarck e Darwin para alunos de 8ano.ppt
 
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na ÁfricaPeriodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
Periodo da escravidAo O Brasil tem seu corpo na América e sua alma na África
 
Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja Poema - Maio Laranja
Poema - Maio Laranja
 
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autoresModelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
Modelos de Inteligencia Emocional segundo diversos autores
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantilPower Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
Power Point sobre as etapas do Desenvolvimento infantil
 
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigasPeça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
Peça de teatro infantil: A cigarra e as formigas
 
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdfHistória concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
História concisa da literatura brasileira- Alfredo Bosi..pdf
 
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - GeoprocessamentoDados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
Dados espaciais em R - 2023 - UFABC - Geoprocessamento
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
472037515-Coelho-Nelly-Novaes-Literatura-Infantil-teoria-analise-e-didatica-p...
 
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco LeiteReligiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
Religiosidade de Assaré - Prof. Francisco Leite
 
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
Proposta de redação Soneto de texto do gênero poema para a,usos do 9 ano do e...
 

Física - Lançamento Vertical

  • 1. Componentes do grupo: Álvaro,Laura Ramos,Milena e Yahn.
  • 3. A resistência do ar consiste na força que é oposta pelo ar ao movimento de objetos que o atravessam por efeito do atrito(fricção). A resistência do ar é uma força de restrição ao movimento de um corpo.
  • 5. A gravidade é a força de atração mútua que os corpos materiais exercem uns sobre os outros. Classicamente, é descrita pela lei de Newton da gravitação universal. Foi descoberta primeiramente pelo físico inglês Isaac Newton e desenvolvida e estudada ao longo dos anos.
  • 6. Do ponto de vista prático, a atração gravitacional da Terra confere peso aos objetos e faz com que caiam ao chão quando são soltos no ar. Logo, a gravitação é o motivo pelo qual a Terra, o Sol e outros corpos celestiais existem: sem ela, a matéria não se teria aglutinado para formar aqueles corpos e a vida como a entendemos não teria surgido.
  • 8. Basicamente, queda-livre é o movimento vertical, próximo a superfície da terra. É a queda de um corpo sem a resistência do ar, ou seja, no vácuo. Ao abandonar da mesma altura dois corpos, de massas diferentes e livres da resistência do ar (no vácuo), é possível observar que o tempo de queda é igual para ambos.
  • 10. Quando um corpo é arremessado para cima ou para baixo, com uma velocidade inicial não nula, chamamos o movimento de Lançamento vertical. Esse movimento também é um movimento uniformemente variado como na queda livre, em que a aceleração é a da gravidade.
  • 12. Ao observarmos tal situação, concluímos que existe um instante no qual a velocidade da bola cessa (V = 0), que no caso, é o ponto mais alto que objeto alcança. Como a velocidade é decrescente, o movimento descrito é uniformemente retardado, pois sua velocidade decresce à medida que varia sua posição. Como o lançamento vertical é um movimento uniformemente variado, a aceleração do móvel é constante.
  • 13.
  • 14.
  • 15. Função horária da posição Função horária da velocidade Equação de Torricelli
  • 17. A aluna de ginástica Berenice, ao pular em uma cama elástica, alcança 1m. Considere que a cama elástica está a 19cm do chão e despreze a resistência do ar. Adote g = 10 m/s², e determine: A) a velocidade inicial; B) o tempo que ela levou para atingir o ponto mais alto; C) o tempo que ela levou para atingir o solo; D) a velocidade no ponto mais alto; E) o tipo de movimento na subida; F) o tipo de movimento na descida.
  • 18. Resolução - O que sabemos a respeito do problema: ho=0,19m hf=1,19m g=-10m/s²
  • 19. A) v²-=vo²+2.g.sf-so 0=vo²+2.-10.1,19-0,19 0=vo²-20.1,19-0,19 0=vo²-23,8-0,19 0=vo²-23,99 vo=4,89m/s B) V = Vo + a.t 0=4,89-10.t 10t=4,89 t=4,89/10 t=0,489s Velocidade inicial Tempo p/ ponto mais alto
  • 20. C. O mesmo tempo que ela levou para atingir o ponto mais alto. D. É zero. E. Movimento desacelerado. F. Movimento acelerado. Tempo p/ atingir solo Velocidade ponto mais alto Movimento Subida Movimento Descida
  • 21. solo
  • 22.
  • 23. REFERÊNCIAS: • Curso e Aulas - http://www.cursoseaulas.com.br/?goto=form_fisica (acesso em 15/09/2013) • Só Física - http://www.sofisica.com.br/conteudos/Mecanica/Cinematica/mvert .php (acesso em 14/09/2013) • SlideShare - http://www.slideshare.net/fisicaboulanger/frmulas-de- cinemtica (acesso em 14/09/2013) • You Tube “Me Salva” - http://www.youtube.com/watch?v=dCnrm0mAPMk (acesso em 13/09/2013) • You Tube “A Torre” - http://www.youtube.com/watch?v=wD63RaFl5j8 (acesso em 13/09/2013) • Brasil Escola - http://www.brasilescola.com/fisica/lancamento- vertical.htm (acesso 12/09/2013) • Física e Vestibular – http://www.fisicaevestibular.com.br/cinematica9.htm