SlideShare uma empresa Scribd logo
Caderno 4
Organização do trabalho
escolar e os recursos
didáticos na alfabetização
PNAIC – BIGUAÇU
2016
Prof. Carmem Raymundi
Coordenadora local:
Kátia Bernadeth Silva
Orientadora de
estudos:
Solange Goulart de
Souza
Dia Cronograma de atividades do 1º encontro
Caderno 4 A organização do trabalho escolar e os recursos didáticos na
alfabetização
01e3denovembrode2016
Cargahorária4hscadaencontro
18: 15 Diário de bordo- Marineusa Goulart
18:25 Leitura deleite Quando a Escola é de Vidro
18: 45 Compartilhando a práxis pedagógica. Luana Marques Projeto Leitor na
Faixa , muitas histórias
19:00 Discussão dos textos:
• Diversos Jogos no ciclo de alfabetização: Usos e funções p. 58 a 68.
• Trabalhando com mídias e tecnologias digitais como instrumento de
alfabetização
• O ensino das línguas maternas Patoá e Português por meio do gênero mito
indígena
Direitos de aprendizagem de matemática e de língua portuguesa
Sistema de Escrita Alfabética Cadernos de 2012
Jogos de alfabetização: caixa do Centro de Estudos em Educação e
Linguagem (CEEL) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE)
Leituras Complementares:
Pró-Letramento: Alfabetização e Linguagem. O Lúdico na sala de aula: projetos e
jogos Fascículo 5 pagina 46
Ludicidade na sala Ano 1, Unidade 4, 2012
Vamos Brincar de construir as nossas e outras histórias Ano 2, Unidade 4, 2012.
Vamos brincar de reinventar histórias Ano 3, Unidade 4, 2012
Leitura deleite
Diário de bordo...
Marineusa Goulart
Compartilhando a práxis
pedagógica
Luana Marques
Projeto Leitor na Faixa ,
muitas histórias
EBM Fernando B. Viegas de
Amorim
Ao chegar à escola
A criança é um sujeito sócio-histórico e também por meio das
brincadeiras ela descobre que não são sujeitos únicos da ação, e
para que possam alcançar seus objetivos precisam levar em conta o
fato de que os outros também têm objetivos próprios que desejam
satisfazer (Neves, 2002)
Será que escola (nós) vivencia/mos conhecimentos e múltiplas
linguagens de forma significativa e assim fazendo relações com uso
social?
Bolinha de sabão.
Ivan Cruz
Para conhecer melhor
Clique aqui
Leitura do texto destacando:
Diversos jogos no ciclo de alfabetização:
uso e funções
(páginas 58 a 68, Caderno 4 , 2015)
 Práticas de letramento, exemplos de Projetos ( Brasil, Pró-letramento, 2012,
Fascículo 5 ( 1 a 37) clique aqui
 Benefícios sociais, cognitivos, físico e didático. Paradigma da Inclusão,
(Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 4, p. 7) e Mediação ( ibid. p.15) Direitos de
aprendizagem de aprendizagem matemática (ibid. 27) clique aqui
 O currículo no ciclo de alfabetização (Brasil, 2012, Ano 2, Unidade 1, p. 7)
clique aqui
 Jogos e brincadeiras nas diferentes áreas de conhecimento (Brasil, 2012,
Ano 2, Unidade 4, p. 19) Direitos de aprendizagem de matemática (ibid. p.33)
clique aqui
 Avaliação Diagnóstica, processual, descritiva e qualitativa, (Brasil, 2012, Ano 3,
Unidade 4, p.28) Direitos de aprendizagem de matemática (ibid. p. 33) clique
aqui Indicar a leitura da página 12, Ano 1 Unidade 3
Benefícios sociais, cognitivos, físico e didático. Paradigma da Inclusão,
(Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 4, p. 7) e Mediação ( ibid. p.15) Direitos de
aprendizagem de aprendizagem matemática (ibid. 27) clique aqui
O currículo no ciclo de alfabetização (Brasil, 2012,
Ano 2, Unidade 1, p. 7) clique aqui
Realidade da comunidade escolar
contribuindo com a ampliação dos
conhecimentos científicos
Intersubjetividades
Interações Comunicacionais
Não apenas pertencer ao grupo mas i
construir uma identidade com a
comunidade escolar.
Jogos e brincadeiras nas diferentes áreas de conhecimento
(Brasil, 2012, Ano 2, Unidade 4, p. 19) Direitos de aprendizagem
de matemática (ibid. p.33) clique aqui
Relatos das alfabetizadoras
sobre projetos e atividades
desenvolvidas entrelaçando lúdico
na sala de aula.
Sistema de Escrita Alfabética
 Letramento (Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 3, p.07 ) Clique aqui
 Alfabetizar e letrar ( Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 1, p. 20) Clique
aqui
 Sistema Notacional (Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 3, p.11) Clique
aqui
 Diagnóstico por meio das diferentes hipóteses ou explicações para
como a escrita alfabética funciona (Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 3,
p.12 a 17) Clique aqui
 Consciência fonológica (Brasil, 2012, Ano 3, Unidade 3, p. 11)
Clique aqui
 Atividades envolvendo a sistematização das correspondências
som-grafia ( Brasil, 2012, Educação do campo 3, p.31)
 Atividades envolvendo consciência fonológica ( Brasil, 2012,
Educação do campo 3, p. 31)

(Brasil, 2012, Ano 2, Unidade 3, p.11) clique
aqui
Trabalhos feitos pelas alfabetizadoras e
discussões relevantes no PNAIC
 Quadro de rotina feito pelas professoras do 2º ano.
Clique aqui
 Quadro de rotina feito pelas professoras do 1º ano.
Clique aqui
 Sistema de escrita alfabética. Clique aqui
 Gêneros Textuais. Clique aqui
Tecnologias digitais
Entrelaçar com o nosso cotidiano em sala
de aula e em outros espaços.
(Brasil, 2015, Caderno 4, p. 69 a 80)
http://www.brincandocomarie.com.br/
http://matosmedeiros.blogspot.com.br/
http://www.escolagames.com.br/
http://www.jogosdaescola.com.br/
http://www.imagem.eti.br/
http://websmed.portoalegre.rs.gov.br/
http://www.jogoseducativos.hvirtua.com/?p=501
http://www.jogoseducativos.hvirtua.com/?p=347
http://www.jogoseducativos.hvirtua.com/?p=2349
http://www.educajogos.com.br/jogos-educativos/alfabetizacao/trilha-alfabetica/
https://prolujogos.wordpress.com/category/jogos-de-alfabetizacao/
http://www.letroca-game.com/
www.proativa.vdl.ufc.br/oa.php
acervo.novaescola.org.br/matematica/pratica-pedagogica/feche-caixa-428064.shtml
Desafio de lógica:
Obs: atividades de raciocínio lógico sem o uso de numerais
https://rachacuca.com.br/jogos/o-lobo-e-a-ovelha/
https://rachacuca.com.br/jogos/missionarios-e-canibais/
https://rachacuca.com.br/jogos/pinguins-numa-fria/
Sugestão de jogos pedagógicos online
O ensino das línguas maternas Patoá
e Português por meio do gênero mito
indígena
 Gêneros textuais
 Sequência didática
Tipo de suportes
OUTDOOR
QUADRO DE AVISOS
TELEFONE
REVISTA CIENTÍFICA
REVISTA
JORNAL
LIVRO DIDÁTICO
LIVRO
ENCARTE
FOLDER
LUMINOSOS
FAIXAS
EMBALAGENS
PARA-CHOQUES E
PARALAMAS DE
CAMINHÃO
ROUPAS
CORPO HUMANO
PAREDES
MUROS
PARADAS DE ÔNIBUS
ESTAÇÃO DE METRÔ
CALÇADA , FACHADAS
CORREIOS
PROGRAMA DE, E-MAIL
INTERNET
HOMAPAGE E SITE
PROCEDIMENTOS ENVOLVIDOS NO MODELO DAS SEQUÊNCIAS
DIDÁTICAS
1º Apresentação da proposta de
trabalho
2º Avaliando o conhecimento prévio
do aluno
3ºApresentando o gênero
4º Propor ao aluno a escrita do texto
6º Organizar e sistematizar o
conhecimento sobre o gênero
5º Ampliar o repertório do aluno
7º Fazer uma produção escrita
coletiva
8º Fazer uma produção escrita
individual
9º Fazer uma revisão e reescrever
individualmente
10º Socialização do conhecimento
MODALIDADE ESCRITA ESFERAS
DISCURSIVAS
Esfera escolar
Verbete de enciclopédia infantil;
Artigo de divulgação científica para
crianças.
Explicação; Exposição oral
Esfera jornalística
Manchete; Notícia; Entrevista;
Resenha; Artigo de opinião
Notícia televisiva e radiofônica;
Comentário de notícias; Relato de
acontecimento do cotidiano;
Entrevista
Esfera literária
Conto de repetição; Conto
Tradicional; Fábula; Lenda e Mito;
Canção; Cordel; Poema Visual;
Poema
Conto de repetição; Conto
Tradicional; Fábula; Lenda e Mito;
Canção; Cordel; Rap
Esfera cotidiana
Bilhete; Receita; Regras de jogos;
Carta, E-mail; Roteiro e mapa de
localização.
Recado; Receita; Regras de jogos;
Relato de experiências vividas;
Descrição de itinerário
Esfera da vida pública
Carta de solicitação e de
reclamação; Requerimento e carta
de solicitação, de reclamação;
Estatuto; Currículo
Debate; Solicitação, reclamação;
Debate regrado; Entrevista
profissional
Sua função social
 Para que serve este gênero?
 Como tomamos geralmente conhecimento desse
gênero?
 Onde se encontram escritos?
 Quem costuma ler textos desse gênero ?
 São textos que divertem ou ensinam? Como
percebemos isso
 ... Quando optamos pelo trabalho com os gêneros
textuais/discursivos que circulam socialmente?
 ... Quando nos desafiamos a dialogar com as várias
áreas do conhecimento?
Que concepções subjazem
às nossas falas...
Pensar a linguagem como interação para nossas
crianças significa “criar as bases” para a conquista de
uma sociedade mais justa, mais humana...
Como contribuir para suas vidas, para sua
formação humana como sujeito individual-
coletivo?
Planejamentos por meio de metodologias que
propiciem sentido para as crianças
 Nossas concepções de mundo, de ser humano, de
sociedade, de infância, de linguagem, de escola nos
desafiam a escolher caminhos que propiciem criar
sentidos junto com os estudantes e com a comunidade
educativa.
Os projetos e as sequências didáticas vêm
possibilitando a “ação entre sujeitos”, promovendo
o diálogo, a produção do conhecimento e
desafiando... ?
As discussões sobre gêneros discursivos
(a partir de Bakhtin) e com os desdobramentos para as
discussões dos gêneros textuais nos indicam que
precisam ser levados em conta:
produção (o quê?)
circulação (onde?)
recepção (para quem?)
Mediação não significa “facilitar”, mas desafiar, provocar
reflexões, assumir a autoridade de Professor que está
ali com uma função específica: ENSINAR.
O que é ensinar? Por que/Para que se ensina?
Para isso, suas lutas por condições de trabalho (horas
para planejar, salários dignos...) constituem-se como parte
da sua profissão e de sua atuação político-social.
O erro e a reflexão
Dia
Atividades feitas na sala e aplicadas à distancia03denovembrode2016
18:00 Leitura do diário de bordo Stela Maris Bion
18:20 Apresentação do trabalho de Sandra Maria dos Santos
A partir da leitura do Eixos temáticos e dos direitos de aprendizagem de língua
portuguesa e de matemática.
Construir atividades e compartilhar com as outras alfabetizadoras:
Será colocado todas as atividades numa pasta do Google Drive
https://drive.google.com/drive/u/0/folders/0B1syZocgzRz6S0VNWGpMdFBmRUE
No blog:
http://pnaicorientadorasolange.blogspot.com.br/
Diário de bordo...
STELA MARIS BION
Do dia
01/11/2016
Compartilhando a práxis
pedagógica
Sandra Maria dos Santos
EBM Célia Lisboa dos Santos
Enquanto os filhos das professoras
brincavam...
Atividades eram desenvolvidas pelas professoras
do 1º 2º e 3º ano
Referência
BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional
Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01: unidade 03. A aprendizagem do sistema de escrita
alfabética. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão
Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012.
______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional
Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01, Unidade 04. Ludicidade na sala de aula. Ministério da
Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília:
MEC, SEB, 2012.
______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional
Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01, Unidade 05. Os diferentes textos em salas de
alfabetização. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão
Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012.
______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional
Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01, Unidade 06. Planejando a alfabetização; integrando
diferentes áreas do conhecimento: projetos didáticos e sequências didáticas: Ministério da
Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília:
MEC, SEB, 2012
______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional
Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01, Unidade 07. Alfabetização para todos: diferentes
percursos, direitos iguais. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de
Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012
MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão.
São Paulo: Parábola, 2008. (Acervo do PNBE do Professor 2010).

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Trabalho eepp iv completo
Trabalho eepp iv completoTrabalho eepp iv completo
Trabalho eepp iv completo
Thamires Bernardo
 
Dez importantes-questoes-rosaura-soligo
Dez importantes-questoes-rosaura-soligoDez importantes-questoes-rosaura-soligo
Dez importantes-questoes-rosaura-soligo
Naysa Taboada
 
Unidade 8 avaliação e organização do trabalho docente
Unidade 8   avaliação e organização do trabalho docenteUnidade 8   avaliação e organização do trabalho docente
Unidade 8 avaliação e organização do trabalho docente
Naysa Taboada
 
Formação 2 ciclo alfabetização
Formação 2 ciclo alfabetização Formação 2 ciclo alfabetização
Formação 2 ciclo alfabetização
weleslima
 
Pnaic 2º encontro
Pnaic 2º encontroPnaic 2º encontro
Pnaic 2º encontro
Naysa Taboada
 
Unidade 1 avaliação
Unidade 1 avaliaçãoUnidade 1 avaliação
Unidade 1 avaliação
Naysa Taboada
 
Unidade 3 2º encontro os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Unidade 3 2º encontro   os conhecimentos sobre o sea (versão final)Unidade 3 2º encontro   os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Unidade 3 2º encontro os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Naysa Taboada
 
Apresentacao pnaic 2014
Apresentacao pnaic 2014Apresentacao pnaic 2014
Apresentacao pnaic 2014
Wilma Freire
 
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de ApresentaçaoPNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
ElieneDias
 
Unidade 2 planejamento
Unidade 2 planejamentoUnidade 2 planejamento
Unidade 2 planejamento
Naysa Taboada
 
Slides Unidade 8
Slides Unidade 8Slides Unidade 8
Slides Unidade 8
Bete Feliciano
 
Currículo no ciclo de alfabetização
 Currículo no ciclo de alfabetização Currículo no ciclo de alfabetização
Currículo no ciclo de alfabetização
Bete Feliciano
 
Apresentação pnaic
Apresentação   pnaicApresentação   pnaic
Apresentação pnaic
Aline Caixeta
 
PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfab...
PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfab...PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfab...
PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfab...
ElieneDias
 
Unidade 5 - parte 1
Unidade 5 - parte 1Unidade 5 - parte 1
Unidade 5 - parte 1
Bete Feliciano
 
PNAIC Ano 02 unidde 07
PNAIC Ano 02 unidde 07PNAIC Ano 02 unidde 07
PNAIC Ano 02 unidde 07
ElieneDias
 
Slide 6encontro
Slide 6encontroSlide 6encontro
Slide 6encontro
Naysa Taboada
 
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESADIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
Aprender com prazer
 

Mais procurados (18)

Trabalho eepp iv completo
Trabalho eepp iv completoTrabalho eepp iv completo
Trabalho eepp iv completo
 
Dez importantes-questoes-rosaura-soligo
Dez importantes-questoes-rosaura-soligoDez importantes-questoes-rosaura-soligo
Dez importantes-questoes-rosaura-soligo
 
Unidade 8 avaliação e organização do trabalho docente
Unidade 8   avaliação e organização do trabalho docenteUnidade 8   avaliação e organização do trabalho docente
Unidade 8 avaliação e organização do trabalho docente
 
Formação 2 ciclo alfabetização
Formação 2 ciclo alfabetização Formação 2 ciclo alfabetização
Formação 2 ciclo alfabetização
 
Pnaic 2º encontro
Pnaic 2º encontroPnaic 2º encontro
Pnaic 2º encontro
 
Unidade 1 avaliação
Unidade 1 avaliaçãoUnidade 1 avaliação
Unidade 1 avaliação
 
Unidade 3 2º encontro os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Unidade 3 2º encontro   os conhecimentos sobre o sea (versão final)Unidade 3 2º encontro   os conhecimentos sobre o sea (versão final)
Unidade 3 2º encontro os conhecimentos sobre o sea (versão final)
 
Apresentacao pnaic 2014
Apresentacao pnaic 2014Apresentacao pnaic 2014
Apresentacao pnaic 2014
 
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de ApresentaçaoPNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
PNAIC - Matemática - Caderno de Apresentaçao
 
Unidade 2 planejamento
Unidade 2 planejamentoUnidade 2 planejamento
Unidade 2 planejamento
 
Slides Unidade 8
Slides Unidade 8Slides Unidade 8
Slides Unidade 8
 
Currículo no ciclo de alfabetização
 Currículo no ciclo de alfabetização Currículo no ciclo de alfabetização
Currículo no ciclo de alfabetização
 
Apresentação pnaic
Apresentação   pnaicApresentação   pnaic
Apresentação pnaic
 
PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfab...
PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfab...PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfab...
PNAIC 2015 - Uma experiência com os textos da tradição oral no ciclo de alfab...
 
Unidade 5 - parte 1
Unidade 5 - parte 1Unidade 5 - parte 1
Unidade 5 - parte 1
 
PNAIC Ano 02 unidde 07
PNAIC Ano 02 unidde 07PNAIC Ano 02 unidde 07
PNAIC Ano 02 unidde 07
 
Slide 6encontro
Slide 6encontroSlide 6encontro
Slide 6encontro
 
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESADIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
DIREITOS DE APRENDIZAGEM DE LÍNGUA PORTUGUESA
 

Destaque

Proposta de trabalho feita pelas professoras de 1º e 2º ano
Proposta de trabalho feita pelas professoras de  1º e  2º ano Proposta de trabalho feita pelas professoras de  1º e  2º ano
Proposta de trabalho feita pelas professoras de 1º e 2º ano
Soleducador1
 
Pnaic caderno 4
Pnaic caderno 4Pnaic caderno 4
Pnaic caderno 4
Daniela Menezes
 
Pnaic 17 novembro
Pnaic 17 novembroPnaic 17 novembro
Pnaic 17 novembro
Naysa Taboada
 
Alfabetização
Alfabetização Alfabetização
Alfabetização
Leonarda Macedo
 
Licencias creative commons
Licencias creative commonsLicencias creative commons
Licencias creative commons
Mayra Pulla
 
As políticas públicas em EaD no Brasil
As políticas públicas em EaD no BrasilAs políticas públicas em EaD no Brasil
As políticas públicas em EaD no Brasil
Norton Guimarães
 
Planejamento e organização de sistemas de ead
Planejamento e organização de sistemas de eadPlanejamento e organização de sistemas de ead
Planejamento e organização de sistemas de ead
Norton Guimarães
 
Sistema Solar: viajando pelo espaço
Sistema Solar: viajando pelo espaçoSistema Solar: viajando pelo espaço
Sistema Solar: viajando pelo espaço
Lucimara Lopes França
 
Tecnologia na educação 2.0
Tecnologia na educação 2.0Tecnologia na educação 2.0
Tecnologia na educação 2.0
Norton Guimarães
 
1 leitura deleite A Professora D. Fofa
1 leitura deleite A Professora D. Fofa1 leitura deleite A Professora D. Fofa
1 leitura deleite A Professora D. Fofa
Professora Cida
 
menina palavra
menina palavramenina palavra
menina palavra
josicleide cabral
 
Uma chapeuzinho vermelho
Uma chapeuzinho vermelhoUma chapeuzinho vermelho
Uma chapeuzinho vermelho
AnaPaula1967
 
Coisas que nao_tem_preco
Coisas que nao_tem_precoCoisas que nao_tem_preco
Coisas que nao_tem_preco
Bete Feliciano
 
Livro o menino que aprendeu a ver.
Livro o menino que aprendeu a ver.Livro o menino que aprendeu a ver.
Livro o menino que aprendeu a ver.
Bete Feliciano
 
Bruxa bruxa...
Bruxa bruxa...Bruxa bruxa...
Bruxa bruxa...
Bete Feliciano
 
10º encontro pnaic 2014 vânia ok
10º encontro pnaic 2014 vânia ok   10º encontro pnaic 2014 vânia ok
10º encontro pnaic 2014 vânia ok
Wanya Castro
 
Pnaic fotos do 1º encontro de formação de professores
Pnaic   fotos do 1º encontro de formação de professoresPnaic   fotos do 1º encontro de formação de professores
Pnaic fotos do 1º encontro de formação de professores
Deborah Martinez Griebler
 
Branca de Neve e os Sete Anões
Branca de Neve e os Sete AnõesBranca de Neve e os Sete Anões
Branca de Neve e os Sete Anões
Bete Feliciano
 
Asa de Papel
Asa de PapelAsa de Papel
Asa de Papel
Bete Feliciano
 

Destaque (20)

Proposta de trabalho feita pelas professoras de 1º e 2º ano
Proposta de trabalho feita pelas professoras de  1º e  2º ano Proposta de trabalho feita pelas professoras de  1º e  2º ano
Proposta de trabalho feita pelas professoras de 1º e 2º ano
 
Pnaic caderno 4
Pnaic caderno 4Pnaic caderno 4
Pnaic caderno 4
 
Pnaic 17 novembro
Pnaic 17 novembroPnaic 17 novembro
Pnaic 17 novembro
 
Alfabetização
Alfabetização Alfabetização
Alfabetização
 
1A Sant vicenç
1A Sant vicenç1A Sant vicenç
1A Sant vicenç
 
Licencias creative commons
Licencias creative commonsLicencias creative commons
Licencias creative commons
 
As políticas públicas em EaD no Brasil
As políticas públicas em EaD no BrasilAs políticas públicas em EaD no Brasil
As políticas públicas em EaD no Brasil
 
Planejamento e organização de sistemas de ead
Planejamento e organização de sistemas de eadPlanejamento e organização de sistemas de ead
Planejamento e organização de sistemas de ead
 
Sistema Solar: viajando pelo espaço
Sistema Solar: viajando pelo espaçoSistema Solar: viajando pelo espaço
Sistema Solar: viajando pelo espaço
 
Tecnologia na educação 2.0
Tecnologia na educação 2.0Tecnologia na educação 2.0
Tecnologia na educação 2.0
 
1 leitura deleite A Professora D. Fofa
1 leitura deleite A Professora D. Fofa1 leitura deleite A Professora D. Fofa
1 leitura deleite A Professora D. Fofa
 
menina palavra
menina palavramenina palavra
menina palavra
 
Uma chapeuzinho vermelho
Uma chapeuzinho vermelhoUma chapeuzinho vermelho
Uma chapeuzinho vermelho
 
Coisas que nao_tem_preco
Coisas que nao_tem_precoCoisas que nao_tem_preco
Coisas que nao_tem_preco
 
Livro o menino que aprendeu a ver.
Livro o menino que aprendeu a ver.Livro o menino que aprendeu a ver.
Livro o menino que aprendeu a ver.
 
Bruxa bruxa...
Bruxa bruxa...Bruxa bruxa...
Bruxa bruxa...
 
10º encontro pnaic 2014 vânia ok
10º encontro pnaic 2014 vânia ok   10º encontro pnaic 2014 vânia ok
10º encontro pnaic 2014 vânia ok
 
Pnaic fotos do 1º encontro de formação de professores
Pnaic   fotos do 1º encontro de formação de professoresPnaic   fotos do 1º encontro de formação de professores
Pnaic fotos do 1º encontro de formação de professores
 
Branca de Neve e os Sete Anões
Branca de Neve e os Sete AnõesBranca de Neve e os Sete Anões
Branca de Neve e os Sete Anões
 
Asa de Papel
Asa de PapelAsa de Papel
Asa de Papel
 

Semelhante a Encontro do dia 1 e 3 de novembro de 2016 PNAIC- Município de Biguaçu

Formação PNAIC-2016 Biguaçu
Formação PNAIC-2016 Biguaçu Formação PNAIC-2016 Biguaçu
Formação PNAIC-2016 Biguaçu
Soleducador1
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Solange Goulart
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julhoEncontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
Solange Goulart
 
direitos de aprendizagem HISTÓRIA
direitos de aprendizagem HISTÓRIAdireitos de aprendizagem HISTÓRIA
direitos de aprendizagem HISTÓRIA
Aprender com prazer
 
Ano 3 unidade_5
Ano 3 unidade_5Ano 3 unidade_5
Ano 3 unidade_5
Daniela Menezes
 
PNAIC - Educação do campo unidade 6
PNAIC - Educação do campo unidade 6PNAIC - Educação do campo unidade 6
PNAIC - Educação do campo unidade 6
ElieneDias
 
Ano 3 unidade_5_miolo
Ano 3 unidade_5_mioloAno 3 unidade_5_miolo
Ano 3 unidade_5_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
Educacao no campo_unidade_3_miolo
Educacao no campo_unidade_3_mioloEducacao no campo_unidade_3_miolo
Educacao no campo_unidade_3_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² GraçaProfª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
Graça Sousa
 
Pacto lp 4º encontro
Pacto lp   4º encontroPacto lp   4º encontro
Pacto lp 4º encontro
Aprender com prazer
 
Pnaic encontro 1 20
Pnaic encontro 1 20Pnaic encontro 1 20
A importância da ludicidade na educação infanti – pedagogia semestres 3º e 4º...
A importância da ludicidade na educação infanti – pedagogia semestres 3º e 4º...A importância da ludicidade na educação infanti – pedagogia semestres 3º e 4º...
A importância da ludicidade na educação infanti – pedagogia semestres 3º e 4º...
HELENO FAVACHO
 
Monografia Luciana Pedagogia 2012
Monografia Luciana Pedagogia 2012Monografia Luciana Pedagogia 2012
Monografia Luciana Pedagogia 2012
Biblioteca Campus VII
 
Projeto interdisciplinar fund.ed._infantil
Projeto interdisciplinar fund.ed._infantilProjeto interdisciplinar fund.ed._infantil
Projeto interdisciplinar fund.ed._infantil
Christiane Maria Costa Carneiro Penha
 
17º encontro
17º encontro17º encontro
17º encontro
Naysa Taboada
 
Estratégias de ensino para escolas integrais.
Estratégias de ensino para escolas integrais.Estratégias de ensino para escolas integrais.
Estratégias de ensino para escolas integrais.
Everardo Rocha
 
Ano 3 unidade_7_miolo
Ano 3 unidade_7_mioloAno 3 unidade_7_miolo
Ano 3 unidade_7_miolo
Fabiana Barbom Mendes
 
Ano 3 unidade_7
Ano 3 unidade_7Ano 3 unidade_7
Ano 3 unidade_7
Daniela Menezes
 
A eficiência do método
A eficiência do método A eficiência do método
A eficiência do método
Adriana Albuquerque Rodrigues
 
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º anoSEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
Iolanda Sá
 

Semelhante a Encontro do dia 1 e 3 de novembro de 2016 PNAIC- Município de Biguaçu (20)

Formação PNAIC-2016 Biguaçu
Formação PNAIC-2016 Biguaçu Formação PNAIC-2016 Biguaçu
Formação PNAIC-2016 Biguaçu
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho PNAIC
 
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julhoEncontro do dia 30 de junho e 07de julho
Encontro do dia 30 de junho e 07de julho
 
direitos de aprendizagem HISTÓRIA
direitos de aprendizagem HISTÓRIAdireitos de aprendizagem HISTÓRIA
direitos de aprendizagem HISTÓRIA
 
Ano 3 unidade_5
Ano 3 unidade_5Ano 3 unidade_5
Ano 3 unidade_5
 
PNAIC - Educação do campo unidade 6
PNAIC - Educação do campo unidade 6PNAIC - Educação do campo unidade 6
PNAIC - Educação do campo unidade 6
 
Ano 3 unidade_5_miolo
Ano 3 unidade_5_mioloAno 3 unidade_5_miolo
Ano 3 unidade_5_miolo
 
Educacao no campo_unidade_3_miolo
Educacao no campo_unidade_3_mioloEducacao no campo_unidade_3_miolo
Educacao no campo_unidade_3_miolo
 
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² GraçaProfª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
Profª Graça:PNAIC 2014 - Apresentação 1º encontro - Orientadora :Prof² Graça
 
Pacto lp 4º encontro
Pacto lp   4º encontroPacto lp   4º encontro
Pacto lp 4º encontro
 
Pnaic encontro 1 20
Pnaic encontro 1 20Pnaic encontro 1 20
Pnaic encontro 1 20
 
A importância da ludicidade na educação infanti – pedagogia semestres 3º e 4º...
A importância da ludicidade na educação infanti – pedagogia semestres 3º e 4º...A importância da ludicidade na educação infanti – pedagogia semestres 3º e 4º...
A importância da ludicidade na educação infanti – pedagogia semestres 3º e 4º...
 
Monografia Luciana Pedagogia 2012
Monografia Luciana Pedagogia 2012Monografia Luciana Pedagogia 2012
Monografia Luciana Pedagogia 2012
 
Projeto interdisciplinar fund.ed._infantil
Projeto interdisciplinar fund.ed._infantilProjeto interdisciplinar fund.ed._infantil
Projeto interdisciplinar fund.ed._infantil
 
17º encontro
17º encontro17º encontro
17º encontro
 
Estratégias de ensino para escolas integrais.
Estratégias de ensino para escolas integrais.Estratégias de ensino para escolas integrais.
Estratégias de ensino para escolas integrais.
 
Ano 3 unidade_7_miolo
Ano 3 unidade_7_mioloAno 3 unidade_7_miolo
Ano 3 unidade_7_miolo
 
Ano 3 unidade_7
Ano 3 unidade_7Ano 3 unidade_7
Ano 3 unidade_7
 
A eficiência do método
A eficiência do método A eficiência do método
A eficiência do método
 
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º anoSEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
SEQUÊNCIA DIDÁTICA DO 1º 2º 3º ano
 

Mais de Soleducador1

Eleição e construção de partidos pelas crianças do terceiro ano.
Eleição e construção de partidos pelas crianças do terceiro ano.Eleição e construção de partidos pelas crianças do terceiro ano.
Eleição e construção de partidos pelas crianças do terceiro ano.
Soleducador1
 
1ª reunião de pais na escola G.E.M Professora Ruth Faria dos Reis
1ª reunião de pais na escola G.E.M Professora Ruth Faria dos Reis 1ª reunião de pais na escola G.E.M Professora Ruth Faria dos Reis
1ª reunião de pais na escola G.E.M Professora Ruth Faria dos Reis
Soleducador1
 
Pacto Nacional pela Alfabetizaçao na Idade Certa
Pacto Nacional pela Alfabetizaçao na Idade CertaPacto Nacional pela Alfabetizaçao na Idade Certa
Pacto Nacional pela Alfabetizaçao na Idade Certa
Soleducador1
 
6 construindo e ampliando conceitos sobre a horta a
6 construindo e ampliando conceitos sobre a horta a6 construindo e ampliando conceitos sobre a horta a
6 construindo e ampliando conceitos sobre a horta a
Soleducador1
 
3 apresentação da primeira visita da orientadora de estudo solange
3 apresentação da primeira visita da orientadora de estudo solange3 apresentação da primeira visita da orientadora de estudo solange
3 apresentação da primeira visita da orientadora de estudo solange
Soleducador1
 
Visitas às escolas
Visitas às escolas Visitas às escolas
Visitas às escolas
Soleducador1
 
A árvore.
A árvore.A árvore.
A árvore.
Soleducador1
 
Cie a+joaninha
Cie a+joaninhaCie a+joaninha
Cie a+joaninha
Soleducador1
 
Apresentação poesia1
Apresentação poesia1Apresentação poesia1
Apresentação poesia1
Soleducador1
 
História do numeral maia
História do numeral maiaHistória do numeral maia
História do numeral maia
Soleducador1
 
O meio ambiente slides
O meio ambiente slidesO meio ambiente slides
O meio ambiente slides
Soleducador1
 
Biguaçu
BiguaçuBiguaçu
Biguaçu
Soleducador1
 
Famílias em varias épocas
Famílias em varias épocasFamílias em varias épocas
Famílias em varias épocas
Soleducador1
 
Eu sou ruth rocha
Eu sou ruth rochaEu sou ruth rocha
Eu sou ruth rocha
Soleducador1
 
Orgãos dos sentidos
Orgãos dos sentidosOrgãos dos sentidos
Orgãos dos sentidos
Soleducador1
 

Mais de Soleducador1 (15)

Eleição e construção de partidos pelas crianças do terceiro ano.
Eleição e construção de partidos pelas crianças do terceiro ano.Eleição e construção de partidos pelas crianças do terceiro ano.
Eleição e construção de partidos pelas crianças do terceiro ano.
 
1ª reunião de pais na escola G.E.M Professora Ruth Faria dos Reis
1ª reunião de pais na escola G.E.M Professora Ruth Faria dos Reis 1ª reunião de pais na escola G.E.M Professora Ruth Faria dos Reis
1ª reunião de pais na escola G.E.M Professora Ruth Faria dos Reis
 
Pacto Nacional pela Alfabetizaçao na Idade Certa
Pacto Nacional pela Alfabetizaçao na Idade CertaPacto Nacional pela Alfabetizaçao na Idade Certa
Pacto Nacional pela Alfabetizaçao na Idade Certa
 
6 construindo e ampliando conceitos sobre a horta a
6 construindo e ampliando conceitos sobre a horta a6 construindo e ampliando conceitos sobre a horta a
6 construindo e ampliando conceitos sobre a horta a
 
3 apresentação da primeira visita da orientadora de estudo solange
3 apresentação da primeira visita da orientadora de estudo solange3 apresentação da primeira visita da orientadora de estudo solange
3 apresentação da primeira visita da orientadora de estudo solange
 
Visitas às escolas
Visitas às escolas Visitas às escolas
Visitas às escolas
 
A árvore.
A árvore.A árvore.
A árvore.
 
Cie a+joaninha
Cie a+joaninhaCie a+joaninha
Cie a+joaninha
 
Apresentação poesia1
Apresentação poesia1Apresentação poesia1
Apresentação poesia1
 
História do numeral maia
História do numeral maiaHistória do numeral maia
História do numeral maia
 
O meio ambiente slides
O meio ambiente slidesO meio ambiente slides
O meio ambiente slides
 
Biguaçu
BiguaçuBiguaçu
Biguaçu
 
Famílias em varias épocas
Famílias em varias épocasFamílias em varias épocas
Famílias em varias épocas
 
Eu sou ruth rocha
Eu sou ruth rochaEu sou ruth rocha
Eu sou ruth rocha
 
Orgãos dos sentidos
Orgãos dos sentidosOrgãos dos sentidos
Orgãos dos sentidos
 

Último

- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
MarcosPaulo777883
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
enpfilosofiaufu
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
cmeioctaciliabetesch
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
Mary Alvarenga
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Danielle Fernandes Amaro dos Santos
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Mary Alvarenga
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
djincognito
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
edivirgesribeiro1
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 

Último (20)

- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptxTreinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
Treinamento NR 38 - CORPO PRINCIPAL da NORMA.pptx
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdfCaderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
Caderno de Resumos XVIII ENPFil UFU, IX EPGFil UFU E VII EPFEM.pdf
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdflivro ciclo da agua educação infantil.pdf
livro ciclo da agua educação infantil.pdf
 
Sinais de pontuação
Sinais de pontuaçãoSinais de pontuação
Sinais de pontuação
 
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptxForças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
Forças e leis de Newton 2024 - parte 1.pptx
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.Atividade letra da música - Espalhe  Amor, Anavitória.
Atividade letra da música - Espalhe Amor, Anavitória.
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
Funções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prismaFunções e Progressões - Livro completo prisma
Funções e Progressões - Livro completo prisma
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptxAula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
Aula história , caracteristicas e esteriótipos em relação a DANÇA DE SALAO.pptx
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 

Encontro do dia 1 e 3 de novembro de 2016 PNAIC- Município de Biguaçu

  • 1. Caderno 4 Organização do trabalho escolar e os recursos didáticos na alfabetização PNAIC – BIGUAÇU 2016 Prof. Carmem Raymundi Coordenadora local: Kátia Bernadeth Silva Orientadora de estudos: Solange Goulart de Souza
  • 2. Dia Cronograma de atividades do 1º encontro Caderno 4 A organização do trabalho escolar e os recursos didáticos na alfabetização 01e3denovembrode2016 Cargahorária4hscadaencontro 18: 15 Diário de bordo- Marineusa Goulart 18:25 Leitura deleite Quando a Escola é de Vidro 18: 45 Compartilhando a práxis pedagógica. Luana Marques Projeto Leitor na Faixa , muitas histórias 19:00 Discussão dos textos: • Diversos Jogos no ciclo de alfabetização: Usos e funções p. 58 a 68. • Trabalhando com mídias e tecnologias digitais como instrumento de alfabetização • O ensino das línguas maternas Patoá e Português por meio do gênero mito indígena Direitos de aprendizagem de matemática e de língua portuguesa Sistema de Escrita Alfabética Cadernos de 2012 Jogos de alfabetização: caixa do Centro de Estudos em Educação e Linguagem (CEEL) da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) Leituras Complementares: Pró-Letramento: Alfabetização e Linguagem. O Lúdico na sala de aula: projetos e jogos Fascículo 5 pagina 46 Ludicidade na sala Ano 1, Unidade 4, 2012 Vamos Brincar de construir as nossas e outras histórias Ano 2, Unidade 4, 2012. Vamos brincar de reinventar histórias Ano 3, Unidade 4, 2012
  • 5. Compartilhando a práxis pedagógica Luana Marques Projeto Leitor na Faixa , muitas histórias EBM Fernando B. Viegas de Amorim
  • 6. Ao chegar à escola A criança é um sujeito sócio-histórico e também por meio das brincadeiras ela descobre que não são sujeitos únicos da ação, e para que possam alcançar seus objetivos precisam levar em conta o fato de que os outros também têm objetivos próprios que desejam satisfazer (Neves, 2002) Será que escola (nós) vivencia/mos conhecimentos e múltiplas linguagens de forma significativa e assim fazendo relações com uso social? Bolinha de sabão. Ivan Cruz Para conhecer melhor Clique aqui
  • 7. Leitura do texto destacando: Diversos jogos no ciclo de alfabetização: uso e funções (páginas 58 a 68, Caderno 4 , 2015)  Práticas de letramento, exemplos de Projetos ( Brasil, Pró-letramento, 2012, Fascículo 5 ( 1 a 37) clique aqui  Benefícios sociais, cognitivos, físico e didático. Paradigma da Inclusão, (Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 4, p. 7) e Mediação ( ibid. p.15) Direitos de aprendizagem de aprendizagem matemática (ibid. 27) clique aqui  O currículo no ciclo de alfabetização (Brasil, 2012, Ano 2, Unidade 1, p. 7) clique aqui  Jogos e brincadeiras nas diferentes áreas de conhecimento (Brasil, 2012, Ano 2, Unidade 4, p. 19) Direitos de aprendizagem de matemática (ibid. p.33) clique aqui  Avaliação Diagnóstica, processual, descritiva e qualitativa, (Brasil, 2012, Ano 3, Unidade 4, p.28) Direitos de aprendizagem de matemática (ibid. p. 33) clique aqui Indicar a leitura da página 12, Ano 1 Unidade 3
  • 8. Benefícios sociais, cognitivos, físico e didático. Paradigma da Inclusão, (Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 4, p. 7) e Mediação ( ibid. p.15) Direitos de aprendizagem de aprendizagem matemática (ibid. 27) clique aqui
  • 9. O currículo no ciclo de alfabetização (Brasil, 2012, Ano 2, Unidade 1, p. 7) clique aqui Realidade da comunidade escolar contribuindo com a ampliação dos conhecimentos científicos Intersubjetividades Interações Comunicacionais Não apenas pertencer ao grupo mas i construir uma identidade com a comunidade escolar.
  • 10. Jogos e brincadeiras nas diferentes áreas de conhecimento (Brasil, 2012, Ano 2, Unidade 4, p. 19) Direitos de aprendizagem de matemática (ibid. p.33) clique aqui Relatos das alfabetizadoras sobre projetos e atividades desenvolvidas entrelaçando lúdico na sala de aula.
  • 11. Sistema de Escrita Alfabética  Letramento (Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 3, p.07 ) Clique aqui  Alfabetizar e letrar ( Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 1, p. 20) Clique aqui  Sistema Notacional (Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 3, p.11) Clique aqui  Diagnóstico por meio das diferentes hipóteses ou explicações para como a escrita alfabética funciona (Brasil, 2012, Ano 1, Unidade 3, p.12 a 17) Clique aqui  Consciência fonológica (Brasil, 2012, Ano 3, Unidade 3, p. 11) Clique aqui  Atividades envolvendo a sistematização das correspondências som-grafia ( Brasil, 2012, Educação do campo 3, p.31)  Atividades envolvendo consciência fonológica ( Brasil, 2012, Educação do campo 3, p. 31) 
  • 12. (Brasil, 2012, Ano 2, Unidade 3, p.11) clique aqui
  • 13. Trabalhos feitos pelas alfabetizadoras e discussões relevantes no PNAIC  Quadro de rotina feito pelas professoras do 2º ano. Clique aqui  Quadro de rotina feito pelas professoras do 1º ano. Clique aqui  Sistema de escrita alfabética. Clique aqui  Gêneros Textuais. Clique aqui
  • 14. Tecnologias digitais Entrelaçar com o nosso cotidiano em sala de aula e em outros espaços. (Brasil, 2015, Caderno 4, p. 69 a 80)
  • 15. http://www.brincandocomarie.com.br/ http://matosmedeiros.blogspot.com.br/ http://www.escolagames.com.br/ http://www.jogosdaescola.com.br/ http://www.imagem.eti.br/ http://websmed.portoalegre.rs.gov.br/ http://www.jogoseducativos.hvirtua.com/?p=501 http://www.jogoseducativos.hvirtua.com/?p=347 http://www.jogoseducativos.hvirtua.com/?p=2349 http://www.educajogos.com.br/jogos-educativos/alfabetizacao/trilha-alfabetica/ https://prolujogos.wordpress.com/category/jogos-de-alfabetizacao/ http://www.letroca-game.com/ www.proativa.vdl.ufc.br/oa.php acervo.novaescola.org.br/matematica/pratica-pedagogica/feche-caixa-428064.shtml Desafio de lógica: Obs: atividades de raciocínio lógico sem o uso de numerais https://rachacuca.com.br/jogos/o-lobo-e-a-ovelha/ https://rachacuca.com.br/jogos/missionarios-e-canibais/ https://rachacuca.com.br/jogos/pinguins-numa-fria/ Sugestão de jogos pedagógicos online
  • 16. O ensino das línguas maternas Patoá e Português por meio do gênero mito indígena  Gêneros textuais  Sequência didática
  • 17. Tipo de suportes OUTDOOR QUADRO DE AVISOS TELEFONE REVISTA CIENTÍFICA REVISTA JORNAL LIVRO DIDÁTICO LIVRO ENCARTE FOLDER LUMINOSOS FAIXAS EMBALAGENS PARA-CHOQUES E PARALAMAS DE CAMINHÃO ROUPAS CORPO HUMANO PAREDES MUROS PARADAS DE ÔNIBUS ESTAÇÃO DE METRÔ CALÇADA , FACHADAS CORREIOS PROGRAMA DE, E-MAIL INTERNET HOMAPAGE E SITE
  • 18.
  • 19.
  • 20. PROCEDIMENTOS ENVOLVIDOS NO MODELO DAS SEQUÊNCIAS DIDÁTICAS 1º Apresentação da proposta de trabalho 2º Avaliando o conhecimento prévio do aluno 3ºApresentando o gênero 4º Propor ao aluno a escrita do texto 6º Organizar e sistematizar o conhecimento sobre o gênero 5º Ampliar o repertório do aluno 7º Fazer uma produção escrita coletiva 8º Fazer uma produção escrita individual 9º Fazer uma revisão e reescrever individualmente 10º Socialização do conhecimento
  • 21. MODALIDADE ESCRITA ESFERAS DISCURSIVAS Esfera escolar Verbete de enciclopédia infantil; Artigo de divulgação científica para crianças. Explicação; Exposição oral Esfera jornalística Manchete; Notícia; Entrevista; Resenha; Artigo de opinião Notícia televisiva e radiofônica; Comentário de notícias; Relato de acontecimento do cotidiano; Entrevista Esfera literária Conto de repetição; Conto Tradicional; Fábula; Lenda e Mito; Canção; Cordel; Poema Visual; Poema Conto de repetição; Conto Tradicional; Fábula; Lenda e Mito; Canção; Cordel; Rap Esfera cotidiana Bilhete; Receita; Regras de jogos; Carta, E-mail; Roteiro e mapa de localização. Recado; Receita; Regras de jogos; Relato de experiências vividas; Descrição de itinerário Esfera da vida pública Carta de solicitação e de reclamação; Requerimento e carta de solicitação, de reclamação; Estatuto; Currículo Debate; Solicitação, reclamação; Debate regrado; Entrevista profissional
  • 22. Sua função social  Para que serve este gênero?  Como tomamos geralmente conhecimento desse gênero?  Onde se encontram escritos?  Quem costuma ler textos desse gênero ?  São textos que divertem ou ensinam? Como percebemos isso
  • 23.  ... Quando optamos pelo trabalho com os gêneros textuais/discursivos que circulam socialmente?  ... Quando nos desafiamos a dialogar com as várias áreas do conhecimento? Que concepções subjazem às nossas falas...
  • 24. Pensar a linguagem como interação para nossas crianças significa “criar as bases” para a conquista de uma sociedade mais justa, mais humana... Como contribuir para suas vidas, para sua formação humana como sujeito individual- coletivo?
  • 25. Planejamentos por meio de metodologias que propiciem sentido para as crianças  Nossas concepções de mundo, de ser humano, de sociedade, de infância, de linguagem, de escola nos desafiam a escolher caminhos que propiciem criar sentidos junto com os estudantes e com a comunidade educativa. Os projetos e as sequências didáticas vêm possibilitando a “ação entre sujeitos”, promovendo o diálogo, a produção do conhecimento e desafiando... ?
  • 26. As discussões sobre gêneros discursivos (a partir de Bakhtin) e com os desdobramentos para as discussões dos gêneros textuais nos indicam que precisam ser levados em conta: produção (o quê?) circulação (onde?) recepção (para quem?)
  • 27. Mediação não significa “facilitar”, mas desafiar, provocar reflexões, assumir a autoridade de Professor que está ali com uma função específica: ENSINAR. O que é ensinar? Por que/Para que se ensina? Para isso, suas lutas por condições de trabalho (horas para planejar, salários dignos...) constituem-se como parte da sua profissão e de sua atuação político-social.
  • 28. O erro e a reflexão
  • 29. Dia Atividades feitas na sala e aplicadas à distancia03denovembrode2016 18:00 Leitura do diário de bordo Stela Maris Bion 18:20 Apresentação do trabalho de Sandra Maria dos Santos A partir da leitura do Eixos temáticos e dos direitos de aprendizagem de língua portuguesa e de matemática. Construir atividades e compartilhar com as outras alfabetizadoras: Será colocado todas as atividades numa pasta do Google Drive https://drive.google.com/drive/u/0/folders/0B1syZocgzRz6S0VNWGpMdFBmRUE No blog: http://pnaicorientadorasolange.blogspot.com.br/
  • 30. Diário de bordo... STELA MARIS BION Do dia 01/11/2016
  • 31. Compartilhando a práxis pedagógica Sandra Maria dos Santos EBM Célia Lisboa dos Santos
  • 32. Enquanto os filhos das professoras brincavam...
  • 33. Atividades eram desenvolvidas pelas professoras do 1º 2º e 3º ano
  • 34. Referência BRASIL. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01: unidade 03. A aprendizagem do sistema de escrita alfabética. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012. ______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01, Unidade 04. Ludicidade na sala de aula. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012. ______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01, Unidade 05. Os diferentes textos em salas de alfabetização. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012. ______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01, Unidade 06. Planejando a alfabetização; integrando diferentes áreas do conhecimento: projetos didáticos e sequências didáticas: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012 ______. Secretaria de Educação Básica. Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Pacto Nacional Pela Alfabetização na Idade Certa. Ano 01, Unidade 07. Alfabetização para todos: diferentes percursos, direitos iguais. Ministério da Educação, Secretaria de Educação Básica, Diretoria de Apoio à Gestão Educacional. Brasília: MEC, SEB, 2012
  • 35. MARCUSCHI, Luiz Antônio. Produção textual, análise de gêneros e compreensão. São Paulo: Parábola, 2008. (Acervo do PNBE do Professor 2010).