SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 33
Baixar para ler offline
ELEMENTOS DA DIDÁTICA DO
ONLINE:
Algumas reflexões
Profa. Dra. Diene Eire de Mello
Universidade Estadual de Londrina – UEL – Paraná – Brasil
diene.eire.mello@gmail.com
Didática do Online
(didática do assíncrono)
OBJETO DE NVESTIGAÇÃO
?Como pensar uma didática
do online?
Como pensar
processos de ensinar e
aprender nos cenários
emergentes para a educação
formal e informal?
CONTEXTUALIZANDO
ESTÁGIO POSDOUTORAL
Uab - Lisboa
Profa. Dra. Daniela Melaré Vieira Barros
TRAJETÓRIA PROFISSIONAL
• Professora alfabetizadora
• Pedagoga
• Docente – Formação de Professores
Quatro tópicos
Conceito de didática
Estado da Arte
Didática do Online
Diálogos Possíveis
• Brasil – Europa (tentativa)
• O que dizem as pesquisas no campo de
estudo?
• Características
• Reconfiguração dos elementos
didáticos
NOVOS PARADIGMAS
•Manuel Castells
•Pierre Lévy
•AlvinTofler
• Lojkine
“Estamos de novo perplexos, perdemos a confiança
epistemológica;
instalou-se em nós uma sensação de perda
irreparável tanto mais estranha quanto não
sabemos ao certo o que estamos em vias de perder.”
Palestra, proferida por Boaventura Santos, em já em 1985, sobre os novos paradigmas da
ciência, fazia a seguinte afirmação
MUDANÇA DE PARADIGMA
sociedade
Desafios da didática e Práticas de Ensino
SIMULTANEAMENTE
Didática
O que é?
senso comum + Conhecimento científico = síntese
O professor x tem
muito conhecimento,
mas ele não
didática....
Ele não sabe explicar.
Falta didática na aula do
professor...
A ORIGEM DA DIDÁTICA MODERNA
A proa e a popa da nossa Didática será investigar e descobrir o
método segundo o qual os professores ensinem menos e os
estudantes aprendam mais; nas escolas, haja menos barulho,
menos enfado, menos trabalho inútil, e, ao contrário, haja
mais recolhimento, mais atrativo e mais sólido progresso.
Ratke em 1617 – Introdução geral à didática ou arte ensinar
Comenio em 1629 escreve a Didática Tcheca – que traduzida para o latim em
1633 consagra o termo Didática. A obra é publicada somente em 1657.
A DIDÁTICA NO CONTEXTO BRASILEIRO
PEDAGOGIA
ciência da Educação
DIDÁTICA
ciência do ensino
RETROSPECTIVA HISTÓRICA DA DIDÁTICA NO BRASIL
(Veiga, 2004)
De 1549 a 1930 – Primórdios da didática - intuitiva
1930 a 1945 – Movimento do Pioneiros/ 31 e 32 Ref. Francisco
Campos
1939 - instituída como curso e disciplina c/ duração de 01 ano (3
+ 1)
De 1945 a 1960 – em 1946 o esquema 3 + 1 foi extinto
O período pós 64 – Tecnicismo – Acordo MEC-USAID
Década de 80 – concepção crítica – a denúncia
A Didática cuida dos objetivos, condições e
modos de realização do processo de ensino.
(Libâneo, 2001)
Didática é a reflexão sistemática sobre o
processo ensino e aprendizagem que acontece
na escola e na aula, buscando alternativas para
os problemas da prática pedagógica.
(Masetto, 1994)
Didática é um processo dialético – teórico-prático – que parte do
ensino do professor, é contrastado pela aprendizagem dos alunos e
se concretiza na ensinagem do professor e dos alunos, uma vez que
todos ensinamos e aprendemos tanto em aulas presenciais quanto a
distância.
Ensinar, do latim “insignare” significa: fazer sinais, marcas, distinções,
tornar diferente.
Aprender, do latim “apprehendere”, quer dizer: agarrar, apanhar,
segurar, receber, apoderar-se.
Ensinagem, unindo “insignare” e “apprehendere” temos uma síntese
do trabalho do professor e dos alunos que deve refletir-se em sua
prática escolar e extraescolar (Gasparin, 2015).
Didática é uma disciplina de natureza pedagógica,
orientada para as finalidades educativas e
comprometida com a compreensão e
transformação permanente dos processos sócio-
comunicativos, buscando desenvolver o processo
de ensino e aprendizagem (Medina Rivilla, 2009).
O ensino é o processo de tentar promover o
desenvolvimento dos alunos.
(Arends, 2008)
Criação do triangulo pedagógico (professor,
aluno e conhecimento)
JEAN HOUSSAYE
A aprendizagem implica, necessariamente,
método. O método define o modo de
gestão das relações entre os alunos, o
professor e o saber da turma.
PHILIPPE MEIRIEU
Para onde caminha Didática?
Encontra-se mais negada do que reconhecida – a didática como
disciplina pedagógica[...]sendo assim considerada por professores
universitários como irrelevante. sua rejeição chega ao cúmulo de
verdadeira ojeriza, quando além disso, ainda teme que ela poderá
“pedagogizar” o ensino científico.
(Otto Peters, 2001, p.23)
O que dizem as pesquisas no campo da didática
da Online?
RCAAP
(Repositório de
Pesquisa de Portugal)
Scielo
(Scientific Electronic
Library Online)
Palavras chave
•Educação a distancia + didática
•Distance education + didática
•E-learning and didática
•E-learning and teaching
•Distance education and teaching
•Distance learning and didática
PROCEDIMENTOS
RESULTADOS - Scielo e Google Acadêmico
(parte 1)
PALAVRAS CHAVE Scielo Google
acadêmico
Educação a distância 249 125.000
Educação a distância + didática 07 17
Distance education 518 295
Distance education + didática 09 0
E-learning 4.153 414.000
E-learning + didática 122 0
E-learning and teaching 2334 691
Scielo Google
acadêmico
Distance education and teaching 157 121
Distance learning 318 351.000
Distance learning and didática 06 0
Online education 402 67.400
Online education + didática 05 0
RESULTADOS - ScieloRESULTADOS Scielo e Google Acadêmico
(parte 2)
RESULTADOS - RCAAP
Tese de
doutoramento
Dissertação
de Mestrado
Artigos Documentos
de referência
outros Total
Didática do online 11 67 36 07 06 139
E-learning and teaching 22 178 114 158 36 532
Didática and e-learning
01 19 4 3 0 32
Distance educaction and
teaching
39 134 123 129 291 757
Distance education 88 334 405 282 825 2004
Análise Parcial
• Existe uma tendência a privilegiar um ou outro elemento da didática
• Plataforma
• Avaliação
• Interação
• Atividades : fórum, wiki, etc.
• Os textos são convergentes nos aspectos teóricos:
• Pierre Lévy e Castels
• Escassez de discussões teóricas mais aprofundadas
• Predominância da área de educação (forte tendência na área de saúde)
CONSTRUÇÃO DE MODELOS PEDAGÓGICOS
(Behar, 2004, p.04)
PRESSUPOSTOS TEÓRICOS
(Base epistemológica)
MODELO DIDÁTICO
DESIGN DO CURSO
(cenários,
estratégias, recursos,
materiais, avaliação)
Educação Online não é disponibilização
de materiais em plataforma e atividades
reprodutivas a serem cobradas dos
estudantes.
É propor intencionalmente a partir do
referencial de homem, mulher, cidadão e
cidadã, desafios que potencializem a
criatividade, a autonomia, a reflexão, a
co-criação e a partilha.
“[...] a tecnologia é só um reagente: se faz o seu dever,
desestabiliza as estruturas calcificadas da escola, cria as
condições para que se reflita sobre as práticas e para que
aceitem modificá-las. Caso contrário, é só um álibi,
demagogia”
(Rivoltella, 2013).
As ações chaves no atual contexto das tecnologias e
dos dispositivos móveis: entrar em contato com as
informações (buscar/pesquisar/encontrar); apropriar-
se criticamente (compreender); produzir informações e
críticas (elaborar/desconstruir/reorganizar/agir);
refletir (metacognição); e compartilhar (Rivoltella,
2013)
A cultura digital e seus dispositivos
(laptop, celulares,
smartphones,tablets) juntamente
com a conectividade sem fio
modificou o significado da
aprendizagem móvel e permitiu
reconfigurar didática a distância e
em presença.
(Fantin, 2014).
10 DIRETRIZES PARA A DIDÁTICA DO ONLINE
Dias (2013), Lévy (1999), Castells (1999), Garrison (2000), Rivoltella (2012)
• No espaço das redes hoje as estratégias didáticas devem convergir para o
desenvolvimento de comunidades.
• Uma comunidade a aprendizagem é um processo cognitivo e social obtido
com as práticas. Para isso a didática deve privilegiar espaços de atuação
práticos.
• A didática deve criar cenários suportes para discussões, partilhas e
interesses a partir do interdisciplinar e intercultural.
• As redes não tem barreiras no formal ou informal. A didática está além do currículo
oficialmente estabelecido, deve criar espaços de ensino e aprendizagem informais
com intencionalidade pedagógica.
• Os nós das redes são a representação mais forte e devem ser entendidas
pela diversidade de opções da didática com várias estratégias que facilitam
os diferentes estilos de aprendizagem.
• A inovação está nos processos de criatividade, sendo assim a didática
oferece espaços de criação, estimulando incentivando e desafiando os
estudantes.
• A experiência é uma necessidade, a literacy do virtual pressupõe uma
dinámica sem limites entre o formal e o informal.
10 DIRETRIZES PARA A DIDÁTICA DO ONLINE
Dias (2013), Lévy (1999), Castells (1999), Garrison (2000), Rivoltella (2012)
• As comunidades transformam o processo de interação em
aprendizagem portanto a didática da comunicação deve estar
atenta as novas competências de comunicação para os formadores
em especial.
• Pedagogia da participação, liderança partilhada, mudança
conceitual, sustentabilidade pedagógica, usabilidade pedagógica e
coaprendizagem são as novas abordagens para o pensamento
didático.
• A mediação didática no virtual em seus diferentes momentos e
interfaces e cenários representam uma direção intencional a fim de
possibilitar forte presença cognitiva dos estudantes.
10 DIRETRIZES PARA A DIDÁTICA DO ONLINE
Dias (2013), Lévy (1999), Castells (1999), Garrison (2000), Rivoltella (2012)
PARA FINALIZAR
Educação seja presencial, a
distância, totalmente online ou
não se faz com pessoas, com
gente. É preciso olhar o
aprendente para além de uma tela
de computador. É preciso propor,
dispor, disponilizar, interagir,
desafiar e tentar ao máximo a
partir uma intencionalidade
pedagógica contribuir com o
desenvolvimento das
potencialidades das pessoas.
Gosto de ser gente porque, inacabado,
sei que sou um ser condicionado mas,
consciente do inacabamento, sei que
posso ir mais além dele. Esa é a
diferença profunda entre o ser
condicionado e o ser determinado.
(Paulo Freire)
Referências
Anderson, T.& Elooumi, F.(eds) (2003).The Theory and Practice of Online Learning. Canada: Athabasca University.
Arends, R.(2008). Aprender a ensinar. 7. ed. Madri, Mcgrawhill.
Amarilla Filho, P. (2011). Educação a distância: uma abordagem metodológica e didática a partir dos ambientes virtuais. Educ. rev. [online]. vol.27, n.2
[cited 2014-09-23], pp. 41-72 . Em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982011000200004&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0102-
4698. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982011000200004.
Barros, D.M.V. (2008). Reflexões de base para a educação a distância: o virtual como novo espaço educativo. Revista Udesc virtu@l. V. 1, N. 2, em
http://revistas.udesc.br/index.php/udescvirtual/article/view/1650.
Behar, Patricia A & cols. Modelos pedagógicos em educação a distância. Porto Alegre: Artmed, 2009.
Bruno, A. R.(2007). A aprendizagem do educador: estratégias para a construção de uma didática online. Programa de Pós-Graduação em educação: Currículo.
Tese de doutorado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Em: www.sapientia.pucsp.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4377
Castells, M. (1999). A sociedade em rede. São Paulo: Paz e terra.
Castells, M. (2000). La era de la información: La sociedad en red. Madrid: Alianza Editorial.
Comenius, J.A. Didactica Magna. (1621-1657). [Online], em:
http://www.vdl.ufc.br/solar/aula_link/llpt/A_a_H/didatica_I/aula_01/imagens/04/didactica_magna.pdf.
Dias, P. (2013). Comunidades de educação e inovação na sociedade digital. Educação, Formação & Tecnologias (dezembro, 2012), 5 (2), 4‐10, em:
http://eft.educom.pt
Dias, P. (2013). Inovação pedagógica para a sustentabilidade da educação aberta e em rede. Educação, Formação & Tecnologias, 6 (2), 4-14, em:
http://eft.educom.pt.
Fantin, Monica (2014).Novos paradigmas da didática e e a proposta metodológica dos Episódios de aprendizagem Situada.EAS. Educação e Realidade. Porto Alegre.
Disponível em: <http://www.ufrgs.br/edu_realidade>
Garrison, R. & Anderson, T. (2003). E-Learning in the 21 st Century. London: Routledge Falmer.
Garrison, R. (2000). Theoretical Challenges for Distance Education in the 21st Century: A Shift from Structural to Transactional Issues. International Review of
Research in Open and Distance Learning, 1, (1), 1-17.Em: Anhttp://www.ebah.com.br/content/ABAAAAU54AC/transposicao-didatica.
Houssaye, Jean. (1988). Le triangle pédagogique. Berne. Peter Lang.
Referências
Gasparin, João Luiz. Uma didática para a pedagogia histórico-crítica. 5.ed. Campinas, SP: Autores associados, 2009. (Coleção educação contemporânea).
_______. A Elaboração dos conceitos científicos em sala de aula. In: Anair Altoé. (Org.). Temas de Educação Contemporânea. 1º ed. Cascavel: Edunioeste, 2008.
_______. Didática. O que é. Arquivo pessoal. 2015.
Joi L. Moore a, Camille Dickson-Deane b, Krista Galyen b. (2011).E-Learning, online learning, and distance learning environments: Are they the same? In: Internet and
Higher Education, 14, 129–135.
Libaneo. J. C. (2001).O essencial da didática e o trabalho de professor – em busca de novos caminhos. Em:
http://www.ucg.br/site_docente/edu/libaneo/pdf/didaticadoprof.pdf. Acesso em agosto de 2013.
Lévy, P.(2009). Cibercultura. (Trad. Carlos Irineu da Costa). São Paulo: Editora 34, 2009.
Levy, Pierre (1996). O que é o virtual? São Paulo: Editora 34.
Medina Riivilla. A. e Mata, F. S.(2009). Didáctica geral. Madri: Pearson education.
Meirieu, Philippe(19998). Aprender sim...,mas como?Porto Alegre, Artmed.
_____2009 (coord.). Innovación de la educación y de la docência. Editorial universitária Ramon Areces, Madri, 2009.
Okada, A., Barros, D.M.V.: Ambientes virtuais de aprendizagem aberta: bases para uma nova tendência. Revista Digital de Tecnologias Cognitivas. (2010),
http://oro.open.ac.uk/29310/1/teccogs_n3_2010_04_artigo_OKADA&BARROS.pdf, (2010b).
Oliveira, Diene Eire M. B. (2010). Educação a Distância: A reconfiguração dos elementos didáticos. Tese de Doutorado. Universidade Estadual de Maringá. Maringá.
[Online], disponível a partir de: http://www.ppe.uem.br/SITE%20PPE%202010/teses/2010-Diene.pdf
Perrenoud, P. (1999) Construir as competências desde a escola. Porto Alegre, Artmed.
RIVOLTELLA, Pier Cesare; ROSSI, Pier Giuseppe (2012) (Org.). L’Agire Didattico. Manuale per L´insegnante. Brescia: La scuola,.
Santos, E. & Silva, M. O desenho didático interativo na educação online. Revista Iberoamericana de Educación, n.49, enero a abril de 2009, em:
http://www.rieoei.org/rie49a11.htmhttp://www.rieoei.org/rie49a11.htm

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
Gerdian Teixeira
 
03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar
Joao Balbi
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
Ananda Lima
 
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1   formação de professores princípios e estratégias formativasSlide 1   formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
Shirley Lauria
 
Projeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogicoProjeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogico
labteotonio
 

Mais procurados (20)

Didatica teórica e tendências
Didatica teórica e tendênciasDidatica teórica e tendências
Didatica teórica e tendências
 
Tipos de avaliacao
Tipos de avaliacaoTipos de avaliacao
Tipos de avaliacao
 
OPGEAENE AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolar
OPGEAENE  AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolarOPGEAENE  AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolar
OPGEAENE AULA 4: Planejamento, organização e gestão escolar
 
Aula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão EscolarAula 1- Gestão Escolar
Aula 1- Gestão Escolar
 
Interdisciplinaridade
InterdisciplinaridadeInterdisciplinaridade
Interdisciplinaridade
 
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicasSlides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
Slides Sextas inclusivas- práticas pedagógicas
 
Planejamento pedagógico
Planejamento pedagógicoPlanejamento pedagógico
Planejamento pedagógico
 
Gestão escolar
Gestão escolarGestão escolar
Gestão escolar
 
Ppt avaliação
Ppt avaliaçãoPpt avaliação
Ppt avaliação
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 
Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento Alfabetização e Letramento
Alfabetização e Letramento
 
Planejamento educacional
Planejamento educacionalPlanejamento educacional
Planejamento educacional
 
Currículo escolar
Currículo escolarCurrículo escolar
Currículo escolar
 
Pratica docente es
Pratica docente esPratica docente es
Pratica docente es
 
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e InovadorasEducação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
 
03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar03 dimensões da gestão escolar
03 dimensões da gestão escolar
 
Slides planejamento escolar
Slides planejamento escolarSlides planejamento escolar
Slides planejamento escolar
 
BNCC na prática
BNCC na práticaBNCC na prática
BNCC na prática
 
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1   formação de professores princípios e estratégias formativasSlide 1   formação de professores princípios e estratégias formativas
Slide 1 formação de professores princípios e estratégias formativas
 
Projeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogicoProjeto politico pedagogico
Projeto politico pedagogico
 

Destaque

Didatica e formação do professor parte1
Didatica e formação do professor parte1Didatica e formação do professor parte1
Didatica e formação do professor parte1
Naysa Taboada
 
Palestra "O locus da pedagogia"
Palestra "O locus da pedagogia"Palestra "O locus da pedagogia"
Palestra "O locus da pedagogia"
mcrisvilas
 
Filosofia e ciência no século xix pedagogia
Filosofia e ciência no século xix pedagogiaFilosofia e ciência no século xix pedagogia
Filosofia e ciência no século xix pedagogia
renanmedonho
 
Slide sobre Didática.
Slide sobre Didática.Slide sobre Didática.
Slide sobre Didática.
Thaís Boch
 
O papel da didática na formação de professores
O papel da didática na formação de professoresO papel da didática na formação de professores
O papel da didática na formação de professores
Ana Paula Azevedo
 
Pedagogia, O QUE É SER PEDAGOGO
Pedagogia, O QUE É SER PEDAGOGOPedagogia, O QUE É SER PEDAGOGO
Pedagogia, O QUE É SER PEDAGOGO
Mírian Barbosa
 

Destaque (17)

Didática
DidáticaDidática
Didática
 
Apostila de didatica
 Apostila de didatica Apostila de didatica
Apostila de didatica
 
Didatica e formação do professor parte1
Didatica e formação do professor parte1Didatica e formação do professor parte1
Didatica e formação do professor parte1
 
Aula 9 sedis filosofia da ciencia
Aula 9 sedis  filosofia da cienciaAula 9 sedis  filosofia da ciencia
Aula 9 sedis filosofia da ciencia
 
Palestra "O locus da pedagogia"
Palestra "O locus da pedagogia"Palestra "O locus da pedagogia"
Palestra "O locus da pedagogia"
 
apostila de didática
apostila de didáticaapostila de didática
apostila de didática
 
Didática uma retrospectiva histórica - Neidson Rodrigues
Didática uma retrospectiva histórica - Neidson RodriguesDidática uma retrospectiva histórica - Neidson Rodrigues
Didática uma retrospectiva histórica - Neidson Rodrigues
 
Filosofia e ciência no século xix pedagogia
Filosofia e ciência no século xix pedagogiaFilosofia e ciência no século xix pedagogia
Filosofia e ciência no século xix pedagogia
 
Didática De 1549 Ate Atualidade
Didática De 1549 Ate AtualidadeDidática De 1549 Ate Atualidade
Didática De 1549 Ate Atualidade
 
Slide sobre Didática.
Slide sobre Didática.Slide sobre Didática.
Slide sobre Didática.
 
O papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professorO papel da didática na formação do professor
O papel da didática na formação do professor
 
Slide de didática
Slide de didáticaSlide de didática
Slide de didática
 
O papel da didática na formação de professores
O papel da didática na formação de professoresO papel da didática na formação de professores
O papel da didática na formação de professores
 
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
Métodos de Ensino - Texto de Libâneo (1994)
 
Slide história da pedagogia
Slide   história da pedagogiaSlide   história da pedagogia
Slide história da pedagogia
 
Pedagogia, O QUE É SER PEDAGOGO
Pedagogia, O QUE É SER PEDAGOGOPedagogia, O QUE É SER PEDAGOGO
Pedagogia, O QUE É SER PEDAGOGO
 
Slide introduçao a pedagogia
Slide introduçao a pedagogiaSlide introduçao a pedagogia
Slide introduçao a pedagogia
 

Semelhante a Elementos da didática do online.Algumas reflexões. .

PROEJA-FIC - PROEJA-FIC em Salvador do Sul: Uma Experiência de Construção Col...
PROEJA-FIC - PROEJA-FIC em Salvador do Sul: Uma Experiência de Construção Col...PROEJA-FIC - PROEJA-FIC em Salvador do Sul: Uma Experiência de Construção Col...
PROEJA-FIC - PROEJA-FIC em Salvador do Sul: Uma Experiência de Construção Col...
Alexandre da Rosa
 

Semelhante a Elementos da didática do online.Algumas reflexões. . (20)

Princípios conceitos e contribuição das tic na educação
Princípios conceitos e contribuição das tic na educaçãoPrincípios conceitos e contribuição das tic na educação
Princípios conceitos e contribuição das tic na educação
 
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...
Educação a Distância (EAD) e Educação Online (EOL): notas de um pesquisador-d...
 
Palestra sobre Metodologias Ativas de Aprendizagem aplicadas à instrução de C...
Palestra sobre Metodologias Ativas de Aprendizagem aplicadas à instrução de C...Palestra sobre Metodologias Ativas de Aprendizagem aplicadas à instrução de C...
Palestra sobre Metodologias Ativas de Aprendizagem aplicadas à instrução de C...
 
Pacto caderno ciencias da natureza
Pacto caderno ciencias da natureza Pacto caderno ciencias da natureza
Pacto caderno ciencias da natureza
 
Aula 1 unidade 1
Aula 1 unidade 1Aula 1 unidade 1
Aula 1 unidade 1
 
Cultura da escola saberes e competencias
Cultura da escola  saberes e competenciasCultura da escola  saberes e competencias
Cultura da escola saberes e competencias
 
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
 
PROEJA-FIC - PROEJA-FIC em Salvador do Sul: Uma Experiência de Construção Col...
PROEJA-FIC - PROEJA-FIC em Salvador do Sul: Uma Experiência de Construção Col...PROEJA-FIC - PROEJA-FIC em Salvador do Sul: Uma Experiência de Construção Col...
PROEJA-FIC - PROEJA-FIC em Salvador do Sul: Uma Experiência de Construção Col...
 
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...
UM PROCESSO REFLEXIVO A PARTIR DO ESTÁGIO DOCENTE NA EDUCAÇÃO INFANTIL: A UTI...
 
Livro Prática Docente - Maria Alice Proença.pdf
Livro Prática Docente - Maria Alice Proença.pdfLivro Prática Docente - Maria Alice Proença.pdf
Livro Prática Docente - Maria Alice Proença.pdf
 
Didática e Ensino Remoto: planejamento
Didática e Ensino Remoto: planejamento Didática e Ensino Remoto: planejamento
Didática e Ensino Remoto: planejamento
 
Bases Teóricas e Abordagens Inovadoras.pdf
Bases Teóricas e Abordagens Inovadoras.pdfBases Teóricas e Abordagens Inovadoras.pdf
Bases Teóricas e Abordagens Inovadoras.pdf
 
20140519 palestra salvador novas formas de pensar a ead redes de aprendizagem...
20140519 palestra salvador novas formas de pensar a ead redes de aprendizagem...20140519 palestra salvador novas formas de pensar a ead redes de aprendizagem...
20140519 palestra salvador novas formas de pensar a ead redes de aprendizagem...
 
Artigo solange vilarim de araujo o papel e desafios do tutor
Artigo solange vilarim de araujo o papel e desafios do tutorArtigo solange vilarim de araujo o papel e desafios do tutor
Artigo solange vilarim de araujo o papel e desafios do tutor
 
53210519 e-book-completo
53210519 e-book-completo53210519 e-book-completo
53210519 e-book-completo
 
ApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
ApresentaçãO Tcc Fernanda RibeiroApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
ApresentaçãO Tcc Fernanda Ribeiro
 
Teofanis eja
Teofanis ejaTeofanis eja
Teofanis eja
 
Inovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
Inovações Pedagógicas no Ensino de BiologiaInovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
Inovações Pedagógicas no Ensino de Biologia
 
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciênciasI uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
I uabce abordagen didático pedagógica para o ensino de ciências
 
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.pptconhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
 

Último

Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
anapsuls
 

Último (20)

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.pptAula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
Aula 5 - Fluxo de matéria e energia nos ecossistemas.ppt
 
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdfanálise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
análise obra Nós matamos o cão Tinhoso.pdf
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Plano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola públicaPlano de aula ensino fundamental escola pública
Plano de aula ensino fundamental escola pública
 
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptxCONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio  ead.pptx
CONCORDÂNCIA NOMINAL atividade ensino médio ead.pptx
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdfExercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
Exercícios de Clima no brasil e no mundo.pdf
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
Slides Lição 8, Central Gospel, Os 144 Mil Que Não Se Curvarão Ao Anticristo....
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
04_GuiaDoCurso_Neurociência, Psicologia Positiva e Mindfulness.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sociedade_Cultura_e_Contemporaneidade_(ED70200).pdf
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 

Elementos da didática do online.Algumas reflexões. .

  • 1. ELEMENTOS DA DIDÁTICA DO ONLINE: Algumas reflexões Profa. Dra. Diene Eire de Mello Universidade Estadual de Londrina – UEL – Paraná – Brasil diene.eire.mello@gmail.com
  • 2. Didática do Online (didática do assíncrono) OBJETO DE NVESTIGAÇÃO ?Como pensar uma didática do online? Como pensar processos de ensinar e aprender nos cenários emergentes para a educação formal e informal?
  • 3. CONTEXTUALIZANDO ESTÁGIO POSDOUTORAL Uab - Lisboa Profa. Dra. Daniela Melaré Vieira Barros TRAJETÓRIA PROFISSIONAL • Professora alfabetizadora • Pedagoga • Docente – Formação de Professores
  • 4. Quatro tópicos Conceito de didática Estado da Arte Didática do Online Diálogos Possíveis • Brasil – Europa (tentativa) • O que dizem as pesquisas no campo de estudo? • Características • Reconfiguração dos elementos didáticos
  • 5. NOVOS PARADIGMAS •Manuel Castells •Pierre Lévy •AlvinTofler • Lojkine
  • 6. “Estamos de novo perplexos, perdemos a confiança epistemológica; instalou-se em nós uma sensação de perda irreparável tanto mais estranha quanto não sabemos ao certo o que estamos em vias de perder.” Palestra, proferida por Boaventura Santos, em já em 1985, sobre os novos paradigmas da ciência, fazia a seguinte afirmação
  • 8. Desafios da didática e Práticas de Ensino SIMULTANEAMENTE
  • 9. Didática O que é? senso comum + Conhecimento científico = síntese O professor x tem muito conhecimento, mas ele não didática.... Ele não sabe explicar. Falta didática na aula do professor...
  • 10. A ORIGEM DA DIDÁTICA MODERNA A proa e a popa da nossa Didática será investigar e descobrir o método segundo o qual os professores ensinem menos e os estudantes aprendam mais; nas escolas, haja menos barulho, menos enfado, menos trabalho inútil, e, ao contrário, haja mais recolhimento, mais atrativo e mais sólido progresso. Ratke em 1617 – Introdução geral à didática ou arte ensinar Comenio em 1629 escreve a Didática Tcheca – que traduzida para o latim em 1633 consagra o termo Didática. A obra é publicada somente em 1657.
  • 11. A DIDÁTICA NO CONTEXTO BRASILEIRO PEDAGOGIA ciência da Educação DIDÁTICA ciência do ensino
  • 12. RETROSPECTIVA HISTÓRICA DA DIDÁTICA NO BRASIL (Veiga, 2004) De 1549 a 1930 – Primórdios da didática - intuitiva 1930 a 1945 – Movimento do Pioneiros/ 31 e 32 Ref. Francisco Campos 1939 - instituída como curso e disciplina c/ duração de 01 ano (3 + 1) De 1945 a 1960 – em 1946 o esquema 3 + 1 foi extinto O período pós 64 – Tecnicismo – Acordo MEC-USAID Década de 80 – concepção crítica – a denúncia
  • 13. A Didática cuida dos objetivos, condições e modos de realização do processo de ensino. (Libâneo, 2001) Didática é a reflexão sistemática sobre o processo ensino e aprendizagem que acontece na escola e na aula, buscando alternativas para os problemas da prática pedagógica. (Masetto, 1994)
  • 14. Didática é um processo dialético – teórico-prático – que parte do ensino do professor, é contrastado pela aprendizagem dos alunos e se concretiza na ensinagem do professor e dos alunos, uma vez que todos ensinamos e aprendemos tanto em aulas presenciais quanto a distância. Ensinar, do latim “insignare” significa: fazer sinais, marcas, distinções, tornar diferente. Aprender, do latim “apprehendere”, quer dizer: agarrar, apanhar, segurar, receber, apoderar-se. Ensinagem, unindo “insignare” e “apprehendere” temos uma síntese do trabalho do professor e dos alunos que deve refletir-se em sua prática escolar e extraescolar (Gasparin, 2015).
  • 15. Didática é uma disciplina de natureza pedagógica, orientada para as finalidades educativas e comprometida com a compreensão e transformação permanente dos processos sócio- comunicativos, buscando desenvolver o processo de ensino e aprendizagem (Medina Rivilla, 2009). O ensino é o processo de tentar promover o desenvolvimento dos alunos. (Arends, 2008)
  • 16. Criação do triangulo pedagógico (professor, aluno e conhecimento) JEAN HOUSSAYE A aprendizagem implica, necessariamente, método. O método define o modo de gestão das relações entre os alunos, o professor e o saber da turma. PHILIPPE MEIRIEU
  • 17. Para onde caminha Didática? Encontra-se mais negada do que reconhecida – a didática como disciplina pedagógica[...]sendo assim considerada por professores universitários como irrelevante. sua rejeição chega ao cúmulo de verdadeira ojeriza, quando além disso, ainda teme que ela poderá “pedagogizar” o ensino científico. (Otto Peters, 2001, p.23)
  • 18. O que dizem as pesquisas no campo da didática da Online? RCAAP (Repositório de Pesquisa de Portugal) Scielo (Scientific Electronic Library Online) Palavras chave •Educação a distancia + didática •Distance education + didática •E-learning and didática •E-learning and teaching •Distance education and teaching •Distance learning and didática PROCEDIMENTOS
  • 19. RESULTADOS - Scielo e Google Acadêmico (parte 1) PALAVRAS CHAVE Scielo Google acadêmico Educação a distância 249 125.000 Educação a distância + didática 07 17 Distance education 518 295 Distance education + didática 09 0 E-learning 4.153 414.000 E-learning + didática 122 0 E-learning and teaching 2334 691
  • 20. Scielo Google acadêmico Distance education and teaching 157 121 Distance learning 318 351.000 Distance learning and didática 06 0 Online education 402 67.400 Online education + didática 05 0 RESULTADOS - ScieloRESULTADOS Scielo e Google Acadêmico (parte 2)
  • 21. RESULTADOS - RCAAP Tese de doutoramento Dissertação de Mestrado Artigos Documentos de referência outros Total Didática do online 11 67 36 07 06 139 E-learning and teaching 22 178 114 158 36 532 Didática and e-learning 01 19 4 3 0 32 Distance educaction and teaching 39 134 123 129 291 757 Distance education 88 334 405 282 825 2004
  • 22. Análise Parcial • Existe uma tendência a privilegiar um ou outro elemento da didática • Plataforma • Avaliação • Interação • Atividades : fórum, wiki, etc. • Os textos são convergentes nos aspectos teóricos: • Pierre Lévy e Castels • Escassez de discussões teóricas mais aprofundadas • Predominância da área de educação (forte tendência na área de saúde)
  • 23. CONSTRUÇÃO DE MODELOS PEDAGÓGICOS (Behar, 2004, p.04)
  • 24. PRESSUPOSTOS TEÓRICOS (Base epistemológica) MODELO DIDÁTICO DESIGN DO CURSO (cenários, estratégias, recursos, materiais, avaliação)
  • 25. Educação Online não é disponibilização de materiais em plataforma e atividades reprodutivas a serem cobradas dos estudantes. É propor intencionalmente a partir do referencial de homem, mulher, cidadão e cidadã, desafios que potencializem a criatividade, a autonomia, a reflexão, a co-criação e a partilha.
  • 26. “[...] a tecnologia é só um reagente: se faz o seu dever, desestabiliza as estruturas calcificadas da escola, cria as condições para que se reflita sobre as práticas e para que aceitem modificá-las. Caso contrário, é só um álibi, demagogia” (Rivoltella, 2013). As ações chaves no atual contexto das tecnologias e dos dispositivos móveis: entrar em contato com as informações (buscar/pesquisar/encontrar); apropriar- se criticamente (compreender); produzir informações e críticas (elaborar/desconstruir/reorganizar/agir); refletir (metacognição); e compartilhar (Rivoltella, 2013)
  • 27. A cultura digital e seus dispositivos (laptop, celulares, smartphones,tablets) juntamente com a conectividade sem fio modificou o significado da aprendizagem móvel e permitiu reconfigurar didática a distância e em presença. (Fantin, 2014).
  • 28. 10 DIRETRIZES PARA A DIDÁTICA DO ONLINE Dias (2013), Lévy (1999), Castells (1999), Garrison (2000), Rivoltella (2012) • No espaço das redes hoje as estratégias didáticas devem convergir para o desenvolvimento de comunidades. • Uma comunidade a aprendizagem é um processo cognitivo e social obtido com as práticas. Para isso a didática deve privilegiar espaços de atuação práticos. • A didática deve criar cenários suportes para discussões, partilhas e interesses a partir do interdisciplinar e intercultural. • As redes não tem barreiras no formal ou informal. A didática está além do currículo oficialmente estabelecido, deve criar espaços de ensino e aprendizagem informais com intencionalidade pedagógica.
  • 29. • Os nós das redes são a representação mais forte e devem ser entendidas pela diversidade de opções da didática com várias estratégias que facilitam os diferentes estilos de aprendizagem. • A inovação está nos processos de criatividade, sendo assim a didática oferece espaços de criação, estimulando incentivando e desafiando os estudantes. • A experiência é uma necessidade, a literacy do virtual pressupõe uma dinámica sem limites entre o formal e o informal. 10 DIRETRIZES PARA A DIDÁTICA DO ONLINE Dias (2013), Lévy (1999), Castells (1999), Garrison (2000), Rivoltella (2012)
  • 30. • As comunidades transformam o processo de interação em aprendizagem portanto a didática da comunicação deve estar atenta as novas competências de comunicação para os formadores em especial. • Pedagogia da participação, liderança partilhada, mudança conceitual, sustentabilidade pedagógica, usabilidade pedagógica e coaprendizagem são as novas abordagens para o pensamento didático. • A mediação didática no virtual em seus diferentes momentos e interfaces e cenários representam uma direção intencional a fim de possibilitar forte presença cognitiva dos estudantes. 10 DIRETRIZES PARA A DIDÁTICA DO ONLINE Dias (2013), Lévy (1999), Castells (1999), Garrison (2000), Rivoltella (2012)
  • 31. PARA FINALIZAR Educação seja presencial, a distância, totalmente online ou não se faz com pessoas, com gente. É preciso olhar o aprendente para além de uma tela de computador. É preciso propor, dispor, disponilizar, interagir, desafiar e tentar ao máximo a partir uma intencionalidade pedagógica contribuir com o desenvolvimento das potencialidades das pessoas. Gosto de ser gente porque, inacabado, sei que sou um ser condicionado mas, consciente do inacabamento, sei que posso ir mais além dele. Esa é a diferença profunda entre o ser condicionado e o ser determinado. (Paulo Freire)
  • 32. Referências Anderson, T.& Elooumi, F.(eds) (2003).The Theory and Practice of Online Learning. Canada: Athabasca University. Arends, R.(2008). Aprender a ensinar. 7. ed. Madri, Mcgrawhill. Amarilla Filho, P. (2011). Educação a distância: uma abordagem metodológica e didática a partir dos ambientes virtuais. Educ. rev. [online]. vol.27, n.2 [cited 2014-09-23], pp. 41-72 . Em: <http://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0102-46982011000200004&lng=en&nrm=iso>. ISSN 0102- 4698. http://dx.doi.org/10.1590/S0102-46982011000200004. Barros, D.M.V. (2008). Reflexões de base para a educação a distância: o virtual como novo espaço educativo. Revista Udesc virtu@l. V. 1, N. 2, em http://revistas.udesc.br/index.php/udescvirtual/article/view/1650. Behar, Patricia A & cols. Modelos pedagógicos em educação a distância. Porto Alegre: Artmed, 2009. Bruno, A. R.(2007). A aprendizagem do educador: estratégias para a construção de uma didática online. Programa de Pós-Graduação em educação: Currículo. Tese de doutorado. Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Em: www.sapientia.pucsp.br/tde_busca/arquivo.php?codArquivo=4377 Castells, M. (1999). A sociedade em rede. São Paulo: Paz e terra. Castells, M. (2000). La era de la información: La sociedad en red. Madrid: Alianza Editorial. Comenius, J.A. Didactica Magna. (1621-1657). [Online], em: http://www.vdl.ufc.br/solar/aula_link/llpt/A_a_H/didatica_I/aula_01/imagens/04/didactica_magna.pdf. Dias, P. (2013). Comunidades de educação e inovação na sociedade digital. Educação, Formação & Tecnologias (dezembro, 2012), 5 (2), 4‐10, em: http://eft.educom.pt Dias, P. (2013). Inovação pedagógica para a sustentabilidade da educação aberta e em rede. Educação, Formação & Tecnologias, 6 (2), 4-14, em: http://eft.educom.pt. Fantin, Monica (2014).Novos paradigmas da didática e e a proposta metodológica dos Episódios de aprendizagem Situada.EAS. Educação e Realidade. Porto Alegre. Disponível em: <http://www.ufrgs.br/edu_realidade> Garrison, R. & Anderson, T. (2003). E-Learning in the 21 st Century. London: Routledge Falmer. Garrison, R. (2000). Theoretical Challenges for Distance Education in the 21st Century: A Shift from Structural to Transactional Issues. International Review of Research in Open and Distance Learning, 1, (1), 1-17.Em: Anhttp://www.ebah.com.br/content/ABAAAAU54AC/transposicao-didatica. Houssaye, Jean. (1988). Le triangle pédagogique. Berne. Peter Lang.
  • 33. Referências Gasparin, João Luiz. Uma didática para a pedagogia histórico-crítica. 5.ed. Campinas, SP: Autores associados, 2009. (Coleção educação contemporânea). _______. A Elaboração dos conceitos científicos em sala de aula. In: Anair Altoé. (Org.). Temas de Educação Contemporânea. 1º ed. Cascavel: Edunioeste, 2008. _______. Didática. O que é. Arquivo pessoal. 2015. Joi L. Moore a, Camille Dickson-Deane b, Krista Galyen b. (2011).E-Learning, online learning, and distance learning environments: Are they the same? In: Internet and Higher Education, 14, 129–135. Libaneo. J. C. (2001).O essencial da didática e o trabalho de professor – em busca de novos caminhos. Em: http://www.ucg.br/site_docente/edu/libaneo/pdf/didaticadoprof.pdf. Acesso em agosto de 2013. Lévy, P.(2009). Cibercultura. (Trad. Carlos Irineu da Costa). São Paulo: Editora 34, 2009. Levy, Pierre (1996). O que é o virtual? São Paulo: Editora 34. Medina Riivilla. A. e Mata, F. S.(2009). Didáctica geral. Madri: Pearson education. Meirieu, Philippe(19998). Aprender sim...,mas como?Porto Alegre, Artmed. _____2009 (coord.). Innovación de la educación y de la docência. Editorial universitária Ramon Areces, Madri, 2009. Okada, A., Barros, D.M.V.: Ambientes virtuais de aprendizagem aberta: bases para uma nova tendência. Revista Digital de Tecnologias Cognitivas. (2010), http://oro.open.ac.uk/29310/1/teccogs_n3_2010_04_artigo_OKADA&BARROS.pdf, (2010b). Oliveira, Diene Eire M. B. (2010). Educação a Distância: A reconfiguração dos elementos didáticos. Tese de Doutorado. Universidade Estadual de Maringá. Maringá. [Online], disponível a partir de: http://www.ppe.uem.br/SITE%20PPE%202010/teses/2010-Diene.pdf Perrenoud, P. (1999) Construir as competências desde a escola. Porto Alegre, Artmed. RIVOLTELLA, Pier Cesare; ROSSI, Pier Giuseppe (2012) (Org.). L’Agire Didattico. Manuale per L´insegnante. Brescia: La scuola,. Santos, E. & Silva, M. O desenho didático interativo na educação online. Revista Iberoamericana de Educación, n.49, enero a abril de 2009, em: http://www.rieoei.org/rie49a11.htmhttp://www.rieoei.org/rie49a11.htm