SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 27
Baixar para ler offline
A concepção
didática da aula
no ERE:
planejamento,
mediação e avaliação
Prof. Leonardo Severo
Profa. Jeane Félix
Depto. de Habilitações Pedagógicas e Programa de Pós-
Graduação em Educação da Universidade Federal da
Paraíba
Onde nossas experiências se cruzam?
• O Ensino Remoto Emergencial (ERE) na Universidade
Federal da Paraíba (UFPB);
• Entre (im)possibilidades e apostas: o ideal, o viável e o
vivido;
• O que pode ser a Universidade em tempos de pandemia?
• Ocupar a Pedagogia Universitária de novas (e velhas)
questões sobre a formação humana no século XXI.
Universidade e ensino remoto
•Vivendo em tempos de Covid-19: isolamento físico, novas aprendizagem
sobre as formas de ser e estar no mundo, novas formas de organização do
trabalho docente;
•Mudanças na “(a)normalidade”: com implicações diretas nos modos de
organização de nossas atividades formativas;
•Mistura da vida pública e da vida privada;
•Com o ensino remoto: sobrecarga do/no trabalho docente e no trabalho
doméstico (especialmente para as mães).
Universidade e ensino remoto
● Mesmo antes da Pandemia: tempos de urgência(s) ou de
prioridade(s)?
● Como pensamos que será possível desenvolver nossos
processos educativos remotamente e depois (pós pandemia de
Covid-19)?
● Quais docências precisam ser mobilizadas nesses tempos de
isolamento físico?
● Novas competências profissionais demandadas dos/as
professores/as: como dar conta desses desafios?
Com a palavra, os
professores...
Normalidade didática e Ensino Presencial:
indagando padrões e inventando respostas?
• Uma “nova” Didática para o ERE?
• Por quê é importante recuperar nossas práticas habituais? De que vírus padecemos em
nossas salas de aula?
- Corrosão do sentido emancipatório de educação;
- Instrumentalização do Ensino Superior para fins utilitaristas;
- Baixo estatuto profissional da docência no Ensino Superior;
- Níveis indesejados de engajamento discente;
- Muitas demandas, condições quase nunca ideais.
• Agir na incerteza é uma condição da profissionalidade docente (ref): que caminhos são
possíveis no ERE?
Apostas: ocupar as margens
• Instituir sentido para o que somos/fazemos no campo da
Didática: assumir-se formador(a);
• Produzir uma relação mais orgânica entre o que ensinamos e
o contexto do qual emergem nossas relações com o mundo:
saber-se no/com o mundo;
• Implicar saberes de modo trans, pluri e interdisciplinar em
torno de problemáticas socialmente referenciadas: mobilizar
e produzir redes de saberes para pesquisar e projetar
soluções;
• Construir agendas institucionais mais integradoras e colaborativas:
partilhar e produzir experiências coletivizantes;
• Desenvolver uma Pedagogia sensível à diversidade e de incentivo a
autorias individuais e coletivas: diversificar para incluir e promover
a atividade do sujeito que aprende;
• Integrar diferentes meios e recursos de comunicação e criação
colaborativa ao ensino: investir em novas linguagens e novas formas
de interação com o auxílio de tecnologias.
Como o ERE pode abrir um cenário para essas experimentações criativas e criadoras de novas
possibilidades de ação docente?
Apostas: ocupar as margens
Organizadores conceituais prévios
Didática Ensino Educação Online
Campo disciplinar da Ciência
Pedagógica de caráter
teórico-prático que assume o
ensino como objeto de
estudo. Nesse campo, se
produzem os sentidos sobre
o ensino como ato
intencional de mediação do
desenvolvimento humano.
(FRANCO; PIMENTA, 2016)
Prática social que constitui
sujeitos culturais por meio da
mediação intencional do(a)
educador(a). Em uma
concepção crítica de
Didática, é um ato relacional
entre sujeitos epistêmicos
que produzem e socializam
saberes.
(ZABALZA, 2004)
Arranjo de situações
educativas que se dão em
ambientes virtuais de
aprendizagem (AVA).
Educação Online
Educação a Distância
Ensino Remoto
Ensino Híbrido
Modalidade de ensino que se ancora em princípios didático-
curriculares específicos, desenvolvendo-se a partir de um design
instrucional centrado nos ritmos individuais do(a) estudante.
Estratégia de transposição do ensino presencial em Ambientes Virtuais
de Aprendizagem, sob maior participação do(a) professor(a) e do
grupo/turma/classe.
Uso de Ambientes Virtuais de Aprendizagem e estratégias de
mediação pedagógica via tecnologias da informação e comunicação de
modo articulado a atividades presenciais.
Desafios do/no ensino remoto
•Acesso à internet e aos equipamentos para acompanhar as aulas;
•Organização do tempo da(s) atividade(s): considerando as
especificidades dos processos síncronos, assíncronos,
diferenciando-os das aulas presenciais;
•Um componente curricular presencial não pode simplesmente
migrar para um ambiente virtual de aprendizagem;
•Conhecer o ambiente virtual de aprendizagem que será utilizado,
suas funcionalidades, potencialidades e fragilidades
Definição de objetivos, habilidades,
sequências temáticas, estratégias de
ensino e avaliação, síncronas e
assíncronas.
Espaço de trocas e interações que sirvam
para acionar o potencial individual e
colaborativo dos sujeitos que, sob a
mediação do(a) professor(a), deve ser
convidativo e estimulante.
Criar contextos de integração entre sujeitos
e saberes, a partir da definição/organização
de objetivos e mapas de aprendizagem.
Aprender como desenvolvimento integral de
capacidades humanas para produzir e
socializar saberes, aperfeiçoando modos
coletivos de estar/ser no mundo. Em Ed.
Online pressupõe
Planejar o ensino remoto
Concepção de
aprendizagem
Papel do(a) professor
Ambiente Virtual de
Aprendizagem
Organização didático-
curricular
Organização didático-curricular de
uma atividade de ERE: os objetivos
• Objetivos de ensino refletem uma determinada
lógica de aprendizagem;
• Em que medida os objetivos de ensino formulados
se ajustam às possibilidades de aprendizagem no
âmbito da Educação Online?
• Que habilidades podem ser fomentadas?
Formulação didática de objetivos
Objetivo A
SaberesHabilidades
Dimensão didática do tempo
Articulação curricular vertical
Articulação curricular horizontal
Expressão e comunicação
Colaboratividade
Sistematização
Criação
Senso crítico
Como podemos promover
essas habilidades em
nossos
componentes/atividades?
Organização didático-curricular de
uma atividade de ERE: os conteúdos
• Conteúdos de ensino não possuem um fim em si
mesmos, pois são recursos para alcançar os
saberes e habilidades pressupostos nos objetivos;
• Importância de sequenciar conteúdos atentando
para condições concretas de aprendizagem em
ERE;
• Possibilidades de sequências didáticas
estruturadas por eixos integradores.
Integração curricular
• Ensino por problemas;
• Ensino por projetos;
• Ensino com pesquisa;
• Currículo modular;
• Etc.
Integrar para dar sentido
- A Pedagogia Ativa e o “sujeito epistêmico” (CHARLOT 2005);
- A pesquisa como eixo integrador de conhecimentos e
problematização da realidade;
- As facetas da realidade como ponto de partida (BEANE, 2003 );
- Construção de zonas de convergência para os conteúdos das
disciplinas;
- Importância do planejamento coletivo e aberto;
- Dimensão afetiva: necessidade de vínculos com os(as) estudantes.
Desafios didáticos (também) do ensino
remoto
• Superar a fragmentação curricular e de conteúdos;
• Articular os conteúdos abordados ao(s) contextos(s) dos/as
estudantes e ao(s) seu(s) futuro(s) campo(s) de atuação
profissional;
• Valorização da transposição didática como elemento
articulador dos processos de ensino e de aprendizagem.
Algumas estratégias
integradoras para o ensino
remoto
Ensino Remoto Síncrono e Assíncrono:
- Construção participativa e processual da aprendizagem
- Roteiros elaborados previamente, mas executados com flexibilidade
- Ênfase no acompanhamento das aprendizagens de cada estudante e
de cada grupo de estudantes
- Inspiração na Sala de Aula Invertida: atividades assíncronas
(pesquisas, orientações de leitura, roteiros de estudo, atividades
colaborativas e criativas) e atividades síncronas (apresentação dos
conteúdos, compartilhamento dos trabalhos em grupo,
esclarecimento de dúvidas)
(Moran, 2015)
Ensino Remoto: algumas pistas para o
planejamento
-O/A docente propõe o estudo de determinado tema;
-O/A estudante pesquisa, busca “informações na internet, assiste a
vídeos e animações e lê os textos que estão disponíveis na web ou na
biblioteca” da instituição;
-Acompanhamento do processo de aprendizagem dos/as estudantes:
apresentar três ou quatro questões sobre o tema estudado (para
diagnosticar pontos aprendidos e os que precisam ser melhor
abordados).
(Moran, 2015)
Ensino Remoto: algumas pistas para o
planejamento
-No encontro síncrono: o/a professor/a retoma o conteúdo,
relacionando-o com o contexto, trazendo situações reais que
envolvem o tema estudado;
-Ao final da atividade: os/as estudantes podem compartilhar suas
produções (em forma de vídeo, pôster eletrônico, apresentação digital
etc.) no AVA, em um perfil em rede social, no grupo de mensagens da
turma;
Dica: É interessante selecionar temas relacionados ao contexto
dos/as estudantes, com vistas à motivá-los/as a aprender e a
desenvolver autonomia para estudar fora do contexto de aula. (Moran,
2015)
Considerações: o que o ensino remoto
deve buscar?
- Desenvolver habilidades e valores;
- Contextualizar os conteúdos às possíveis realidades
profissionais do campo de formação;
- Utilizar pedagogias/metodologias ativas;
- Promover a aprendizagem coletiva e colaborativa;
- Acionar diferentes tecnologias virtuais e analógicas;
- Construir um currículo mais flexível, mobilizado por uma
organização espaço-temporal diferente
(Moran, 2015)
Referências
CHARLOT, Bernard. Relação com o saber: Formação dos professores e globalização.
Questões para a educação hoje. Porto Alegre: Artmed, 2005.
BEANE, James A. Integração curricular: a essência de uma escola democrática. Currículo sem
Fronteiras, v.3, n.2, pp. 91-110, Jul/Dez 2003
POSTIC, Marcel. A relação pedagógica. Coimbra: Coimbra Editora, 1990.
MORAN, José. Educação Híbrida: um conceito-chave para a educação, hoje. In: BACICH, Lilian;
TANZI NETO, Adolfo; TRAVISANI, Fernando de Mello (Orgs.). Ensino Híbrido: personalização e
tecnologia na Educação. Porto Alegre: Penso, 2012.
ZABALZA, Miguel A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre:
Artmed, 2004.
FRANCO, Maria Amélia Santoro; PIMENTA, Selma Garrido. Didática multidimensional: por uma
sistematização conceitual. Educ. Soc., Campinas, v. 37, nº. 135, p.539-553, abr.-jun., 2016
Roteiro para o ateliê - Atividade 1
Proposta: (re)formulação de objetivos, habilidades e
conteúdos de ensino
Questões para avaliar objetivos:
- Traduzem a especificidade da ementa?
- Sinalizam saberes e habilidades?
- Esses saberes e habilidades se associam a uma
concepção de aprendizagem dinâmica e
colaborativa?
- Contemplam conexões com outros campos de
conhecimento?
Roteiro para o ateliê - Atividade 1
Questões para avaliar a sistematização de conteúdos:
- Os aspectos de sequenciamento e extensão são
equilibrados ao tempo/ritmo do ERE?
- Os conteúdos se organizam a partir de algum
elemento integrador (questão, problema, projeto,
etc.)?
- Foram incorporadas conexões entre os
conteúdos e os contextos e problemáticas
contemporâneas?

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Guia de aprendizagem 3ª série do ensino médio janice lp 3º bi
Guia de aprendizagem 3ª série do ensino médio janice lp 3º biGuia de aprendizagem 3ª série do ensino médio janice lp 3º bi
Guia de aprendizagem 3ª série do ensino médio janice lp 3º biCEPI-INDEPENDENCIA
 
Fichas de acompanhamento de estágio em letras lingua portuguesa e suas liter...
Fichas de acompanhamento de estágio em letras lingua portuguesa e suas liter...Fichas de acompanhamento de estágio em letras lingua portuguesa e suas liter...
Fichas de acompanhamento de estágio em letras lingua portuguesa e suas liter...LOCIMAR MASSALAI
 
Folder encontro pedagógico
Folder   encontro pedagógicoFolder   encontro pedagógico
Folder encontro pedagógicoAlekson Morais
 
Apresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagioApresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagioMiguel Farinha
 
Modelo de plano de aula
Modelo de plano de aulaModelo de plano de aula
Modelo de plano de aulaDenise
 
Modelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aulaModelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aulacdelmiro
 
Como problematizar o tema da pesquisa
Como problematizar o tema da pesquisaComo problematizar o tema da pesquisa
Como problematizar o tema da pesquisaAntenor Casagrande
 
Capa do relatorio final
Capa do relatorio finalCapa do relatorio final
Capa do relatorio finalEu2012eugenio
 
Roteiro seminário
Roteiro seminárioRoteiro seminário
Roteiro seminárioAlda JS
 
Plano de tutoria e avaliacao grupo debora castanha, michelle siquet, paloma...
Plano de tutoria e avaliacao grupo debora castanha,   michelle siquet, paloma...Plano de tutoria e avaliacao grupo debora castanha,   michelle siquet, paloma...
Plano de tutoria e avaliacao grupo debora castanha, michelle siquet, paloma...micsquize
 
Roteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaRoteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaGraça Sousa
 
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.Manoela_93
 
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.André Fernandes Passos
 
Plano de aula - Brasil império
  Plano de aula - Brasil império  Plano de aula - Brasil império
Plano de aula - Brasil impérioPIBID HISTÓRIA
 
Apresentação tcc power point
Apresentação tcc power pointApresentação tcc power point
Apresentação tcc power pointKizzy Ørberg
 
Exemplo PCT 5º ano
Exemplo PCT 5º anoExemplo PCT 5º ano
Exemplo PCT 5º anoAna Ferreira
 

Mais procurados (20)

Guia de aprendizagem 3ª série do ensino médio janice lp 3º bi
Guia de aprendizagem 3ª série do ensino médio janice lp 3º biGuia de aprendizagem 3ª série do ensino médio janice lp 3º bi
Guia de aprendizagem 3ª série do ensino médio janice lp 3º bi
 
Fichas de acompanhamento de estágio em letras lingua portuguesa e suas liter...
Fichas de acompanhamento de estágio em letras lingua portuguesa e suas liter...Fichas de acompanhamento de estágio em letras lingua portuguesa e suas liter...
Fichas de acompanhamento de estágio em letras lingua portuguesa e suas liter...
 
Linha do Tempo - Currículo
Linha do Tempo - CurrículoLinha do Tempo - Currículo
Linha do Tempo - Currículo
 
Folder encontro pedagógico
Folder   encontro pedagógicoFolder   encontro pedagógico
Folder encontro pedagógico
 
Apresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagioApresentação do relatorio de estagio
Apresentação do relatorio de estagio
 
Modelo de plano de aula
Modelo de plano de aulaModelo de plano de aula
Modelo de plano de aula
 
Modelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aulaModelo para elaboração de plano de aula
Modelo para elaboração de plano de aula
 
Como problematizar o tema da pesquisa
Como problematizar o tema da pesquisaComo problematizar o tema da pesquisa
Como problematizar o tema da pesquisa
 
Capa do relatorio final
Capa do relatorio finalCapa do relatorio final
Capa do relatorio final
 
Roteiro seminário
Roteiro seminárioRoteiro seminário
Roteiro seminário
 
Plano de tutoria e avaliacao grupo debora castanha, michelle siquet, paloma...
Plano de tutoria e avaliacao grupo debora castanha,   michelle siquet, paloma...Plano de tutoria e avaliacao grupo debora castanha,   michelle siquet, paloma...
Plano de tutoria e avaliacao grupo debora castanha, michelle siquet, paloma...
 
Roteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de AulaRoteiro para Plano de Aula
Roteiro para Plano de Aula
 
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
Coll, césar e outros. o construtivismo na sala de aula.
 
Resumo aula nota 10
Resumo   aula nota 10Resumo   aula nota 10
Resumo aula nota 10
 
Serie aula nota_10 , de Doug Lemov.
Serie aula nota_10 , de Doug Lemov.Serie aula nota_10 , de Doug Lemov.
Serie aula nota_10 , de Doug Lemov.
 
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
Relatorio estagio supervisionado I Historia 52 pag.
 
Plano de aula - Brasil império
  Plano de aula - Brasil império  Plano de aula - Brasil império
Plano de aula - Brasil império
 
05 construtivismo - concurso
05  construtivismo - concurso05  construtivismo - concurso
05 construtivismo - concurso
 
Apresentação tcc power point
Apresentação tcc power pointApresentação tcc power point
Apresentação tcc power point
 
Exemplo PCT 5º ano
Exemplo PCT 5º anoExemplo PCT 5º ano
Exemplo PCT 5º ano
 

Semelhante a Concepção didática da aula no ERE

Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parceriasDesign didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parceriasjuroanny
 
Apresentacao iv forum_pedagogia
Apresentacao iv forum_pedagogiaApresentacao iv forum_pedagogia
Apresentacao iv forum_pedagogiaAndré Silva
 
José Viegas T1 1200100
José Viegas T1 1200100José Viegas T1 1200100
José Viegas T1 1200100Faria Viegas
 
Desenho didático de materiais digitais para educação a
Desenho didático de materiais digitais para educação aDesenho didático de materiais digitais para educação a
Desenho didático de materiais digitais para educação aClinger Cleir
 
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...Universidade Federal de Pernambuco
 
O professor como imigrante digital
O professor como imigrante digitalO professor como imigrante digital
O professor como imigrante digitalAna Paula
 
Blended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesBlended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesInge Suhr
 
Educação a Distância: Panorama e Tendências
Educação a Distância: Panorama e TendênciasEducação a Distância: Panorama e Tendências
Educação a Distância: Panorama e TendênciasMarcelo Sabbatini
 
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...ProfessorPrincipiante
 
Articulacao curricular ariana cosme
Articulacao curricular ariana cosmeArticulacao curricular ariana cosme
Articulacao curricular ariana cosmeSílvia Carneiro
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.valmirsouto
 
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas PedreiraApresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreiravalmirsouto
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.valmirsouto
 

Semelhante a Concepção didática da aula no ERE (20)

Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parceriasDesign didático construindo um caminhar desvelando parcerias
Design didático construindo um caminhar desvelando parcerias
 
Apresentacao iv forum_pedagogia
Apresentacao iv forum_pedagogiaApresentacao iv forum_pedagogia
Apresentacao iv forum_pedagogia
 
José Viegas T1 1200100
José Viegas T1 1200100José Viegas T1 1200100
José Viegas T1 1200100
 
Aula 04 100 horas 2011
Aula 04  100 horas 2011Aula 04  100 horas 2011
Aula 04 100 horas 2011
 
97
9797
97
 
Dez competências para ensinar
Dez competências para ensinarDez competências para ensinar
Dez competências para ensinar
 
Desenho didático de materiais digitais para educação a
Desenho didático de materiais digitais para educação aDesenho didático de materiais digitais para educação a
Desenho didático de materiais digitais para educação a
 
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação na Formação de Professores d...
 
Apresenta..r
Apresenta..rApresenta..r
Apresenta..r
 
Paula coelho pais ppt
Paula coelho pais pptPaula coelho pais ppt
Paula coelho pais ppt
 
Ecossistema Conhecimento Conectado
Ecossistema Conhecimento ConectadoEcossistema Conhecimento Conectado
Ecossistema Conhecimento Conectado
 
O professor como imigrante digital
O professor como imigrante digitalO professor como imigrante digital
O professor como imigrante digital
 
Blended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as iesBlended learning caminho natural para as ies
Blended learning caminho natural para as ies
 
Educação a Distância: Panorama e Tendências
Educação a Distância: Panorama e TendênciasEducação a Distância: Panorama e Tendências
Educação a Distância: Panorama e Tendências
 
Apresentaçãocurso
ApresentaçãocursoApresentaçãocurso
Apresentaçãocurso
 
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
CONTRIBUIÇÕES DE UM PROGRAMA ONLINE PARA FORMAÇÃO DE PROFESSORES DA ESCOLA BÁ...
 
Articulacao curricular ariana cosme
Articulacao curricular ariana cosmeArticulacao curricular ariana cosme
Articulacao curricular ariana cosme
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas PedreiraApresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
Apresentação - Prof. Dr. José Lucas Pedreira
 
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
Apresentação - Prof. José Lucas Pedreira Bueno, Dr.
 

Último

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdfProfGleide
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresaulasgege
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoSilvaDias3
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISVitor Vieira Vasconcelos
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPanandatss1
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbyasminlarissa371
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfdio7ff
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfaulasgege
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...LuizHenriquedeAlmeid6
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESpatriciasofiacunha18
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdfDemetrio Ccesa Rayme
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxconcelhovdragons
 

Último (20)

QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdfPLANEJAMENTO anual do  3ANO fundamental 1 MG.pdf
PLANEJAMENTO anual do 3ANO fundamental 1 MG.pdf
 
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autoresSociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
Sociologia Contemporânea - Uma Abordagem dos principais autores
 
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basicoPRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
PRIMEIRO---RCP - DEA - BLS estudos - basico
 
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptxSlides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
Slides Lição 4, CPAD, Como se Conduzir na Caminhada, 2Tr24.pptx
 
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGISPrática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
Prática de interpretação de imagens de satélite no QGIS
 
Educação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SPEducação São Paulo centro de mídias da SP
Educação São Paulo centro de mídias da SP
 
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbv19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
v19n2s3a25.pdfgcbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbbb
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdfHABILIDADES ESSENCIAIS  - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
HABILIDADES ESSENCIAIS - MATEMÁTICA 4º ANO.pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
Slides Lição 3, Betel, Ordenança para congregar e prestar culto racional, 2Tr...
 
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕESPRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
PRÉ-MODERNISMO - GUERRA DE CANUDOS E OS SERTÕES
 
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
Geometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdfGeometria  5to Educacion Primaria EDU  Ccesa007.pdf
Geometria 5to Educacion Primaria EDU Ccesa007.pdf
 
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptxSlide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
Slide de exemplo sobre o Sítio do Pica Pau Amarelo.pptx
 

Concepção didática da aula no ERE

  • 1. A concepção didática da aula no ERE: planejamento, mediação e avaliação Prof. Leonardo Severo Profa. Jeane Félix Depto. de Habilitações Pedagógicas e Programa de Pós- Graduação em Educação da Universidade Federal da Paraíba
  • 2. Onde nossas experiências se cruzam? • O Ensino Remoto Emergencial (ERE) na Universidade Federal da Paraíba (UFPB); • Entre (im)possibilidades e apostas: o ideal, o viável e o vivido; • O que pode ser a Universidade em tempos de pandemia? • Ocupar a Pedagogia Universitária de novas (e velhas) questões sobre a formação humana no século XXI.
  • 3. Universidade e ensino remoto •Vivendo em tempos de Covid-19: isolamento físico, novas aprendizagem sobre as formas de ser e estar no mundo, novas formas de organização do trabalho docente; •Mudanças na “(a)normalidade”: com implicações diretas nos modos de organização de nossas atividades formativas; •Mistura da vida pública e da vida privada; •Com o ensino remoto: sobrecarga do/no trabalho docente e no trabalho doméstico (especialmente para as mães).
  • 4. Universidade e ensino remoto ● Mesmo antes da Pandemia: tempos de urgência(s) ou de prioridade(s)? ● Como pensamos que será possível desenvolver nossos processos educativos remotamente e depois (pós pandemia de Covid-19)? ● Quais docências precisam ser mobilizadas nesses tempos de isolamento físico? ● Novas competências profissionais demandadas dos/as professores/as: como dar conta desses desafios?
  • 5. Com a palavra, os professores...
  • 6. Normalidade didática e Ensino Presencial: indagando padrões e inventando respostas? • Uma “nova” Didática para o ERE? • Por quê é importante recuperar nossas práticas habituais? De que vírus padecemos em nossas salas de aula? - Corrosão do sentido emancipatório de educação; - Instrumentalização do Ensino Superior para fins utilitaristas; - Baixo estatuto profissional da docência no Ensino Superior; - Níveis indesejados de engajamento discente; - Muitas demandas, condições quase nunca ideais. • Agir na incerteza é uma condição da profissionalidade docente (ref): que caminhos são possíveis no ERE?
  • 7. Apostas: ocupar as margens • Instituir sentido para o que somos/fazemos no campo da Didática: assumir-se formador(a); • Produzir uma relação mais orgânica entre o que ensinamos e o contexto do qual emergem nossas relações com o mundo: saber-se no/com o mundo; • Implicar saberes de modo trans, pluri e interdisciplinar em torno de problemáticas socialmente referenciadas: mobilizar e produzir redes de saberes para pesquisar e projetar soluções;
  • 8. • Construir agendas institucionais mais integradoras e colaborativas: partilhar e produzir experiências coletivizantes; • Desenvolver uma Pedagogia sensível à diversidade e de incentivo a autorias individuais e coletivas: diversificar para incluir e promover a atividade do sujeito que aprende; • Integrar diferentes meios e recursos de comunicação e criação colaborativa ao ensino: investir em novas linguagens e novas formas de interação com o auxílio de tecnologias. Como o ERE pode abrir um cenário para essas experimentações criativas e criadoras de novas possibilidades de ação docente? Apostas: ocupar as margens
  • 9. Organizadores conceituais prévios Didática Ensino Educação Online Campo disciplinar da Ciência Pedagógica de caráter teórico-prático que assume o ensino como objeto de estudo. Nesse campo, se produzem os sentidos sobre o ensino como ato intencional de mediação do desenvolvimento humano. (FRANCO; PIMENTA, 2016) Prática social que constitui sujeitos culturais por meio da mediação intencional do(a) educador(a). Em uma concepção crítica de Didática, é um ato relacional entre sujeitos epistêmicos que produzem e socializam saberes. (ZABALZA, 2004) Arranjo de situações educativas que se dão em ambientes virtuais de aprendizagem (AVA).
  • 10. Educação Online Educação a Distância Ensino Remoto Ensino Híbrido Modalidade de ensino que se ancora em princípios didático- curriculares específicos, desenvolvendo-se a partir de um design instrucional centrado nos ritmos individuais do(a) estudante. Estratégia de transposição do ensino presencial em Ambientes Virtuais de Aprendizagem, sob maior participação do(a) professor(a) e do grupo/turma/classe. Uso de Ambientes Virtuais de Aprendizagem e estratégias de mediação pedagógica via tecnologias da informação e comunicação de modo articulado a atividades presenciais.
  • 11. Desafios do/no ensino remoto •Acesso à internet e aos equipamentos para acompanhar as aulas; •Organização do tempo da(s) atividade(s): considerando as especificidades dos processos síncronos, assíncronos, diferenciando-os das aulas presenciais; •Um componente curricular presencial não pode simplesmente migrar para um ambiente virtual de aprendizagem; •Conhecer o ambiente virtual de aprendizagem que será utilizado, suas funcionalidades, potencialidades e fragilidades
  • 12. Definição de objetivos, habilidades, sequências temáticas, estratégias de ensino e avaliação, síncronas e assíncronas. Espaço de trocas e interações que sirvam para acionar o potencial individual e colaborativo dos sujeitos que, sob a mediação do(a) professor(a), deve ser convidativo e estimulante. Criar contextos de integração entre sujeitos e saberes, a partir da definição/organização de objetivos e mapas de aprendizagem. Aprender como desenvolvimento integral de capacidades humanas para produzir e socializar saberes, aperfeiçoando modos coletivos de estar/ser no mundo. Em Ed. Online pressupõe Planejar o ensino remoto Concepção de aprendizagem Papel do(a) professor Ambiente Virtual de Aprendizagem Organização didático- curricular
  • 13. Organização didático-curricular de uma atividade de ERE: os objetivos • Objetivos de ensino refletem uma determinada lógica de aprendizagem; • Em que medida os objetivos de ensino formulados se ajustam às possibilidades de aprendizagem no âmbito da Educação Online? • Que habilidades podem ser fomentadas?
  • 14. Formulação didática de objetivos Objetivo A SaberesHabilidades Dimensão didática do tempo Articulação curricular vertical Articulação curricular horizontal
  • 15. Expressão e comunicação Colaboratividade Sistematização Criação Senso crítico Como podemos promover essas habilidades em nossos componentes/atividades?
  • 16. Organização didático-curricular de uma atividade de ERE: os conteúdos • Conteúdos de ensino não possuem um fim em si mesmos, pois são recursos para alcançar os saberes e habilidades pressupostos nos objetivos; • Importância de sequenciar conteúdos atentando para condições concretas de aprendizagem em ERE; • Possibilidades de sequências didáticas estruturadas por eixos integradores.
  • 17. Integração curricular • Ensino por problemas; • Ensino por projetos; • Ensino com pesquisa; • Currículo modular; • Etc.
  • 18. Integrar para dar sentido - A Pedagogia Ativa e o “sujeito epistêmico” (CHARLOT 2005); - A pesquisa como eixo integrador de conhecimentos e problematização da realidade; - As facetas da realidade como ponto de partida (BEANE, 2003 ); - Construção de zonas de convergência para os conteúdos das disciplinas; - Importância do planejamento coletivo e aberto; - Dimensão afetiva: necessidade de vínculos com os(as) estudantes.
  • 19. Desafios didáticos (também) do ensino remoto • Superar a fragmentação curricular e de conteúdos; • Articular os conteúdos abordados ao(s) contextos(s) dos/as estudantes e ao(s) seu(s) futuro(s) campo(s) de atuação profissional; • Valorização da transposição didática como elemento articulador dos processos de ensino e de aprendizagem.
  • 21. Ensino Remoto Síncrono e Assíncrono: - Construção participativa e processual da aprendizagem - Roteiros elaborados previamente, mas executados com flexibilidade - Ênfase no acompanhamento das aprendizagens de cada estudante e de cada grupo de estudantes - Inspiração na Sala de Aula Invertida: atividades assíncronas (pesquisas, orientações de leitura, roteiros de estudo, atividades colaborativas e criativas) e atividades síncronas (apresentação dos conteúdos, compartilhamento dos trabalhos em grupo, esclarecimento de dúvidas) (Moran, 2015)
  • 22. Ensino Remoto: algumas pistas para o planejamento -O/A docente propõe o estudo de determinado tema; -O/A estudante pesquisa, busca “informações na internet, assiste a vídeos e animações e lê os textos que estão disponíveis na web ou na biblioteca” da instituição; -Acompanhamento do processo de aprendizagem dos/as estudantes: apresentar três ou quatro questões sobre o tema estudado (para diagnosticar pontos aprendidos e os que precisam ser melhor abordados). (Moran, 2015)
  • 23. Ensino Remoto: algumas pistas para o planejamento -No encontro síncrono: o/a professor/a retoma o conteúdo, relacionando-o com o contexto, trazendo situações reais que envolvem o tema estudado; -Ao final da atividade: os/as estudantes podem compartilhar suas produções (em forma de vídeo, pôster eletrônico, apresentação digital etc.) no AVA, em um perfil em rede social, no grupo de mensagens da turma; Dica: É interessante selecionar temas relacionados ao contexto dos/as estudantes, com vistas à motivá-los/as a aprender e a desenvolver autonomia para estudar fora do contexto de aula. (Moran, 2015)
  • 24. Considerações: o que o ensino remoto deve buscar? - Desenvolver habilidades e valores; - Contextualizar os conteúdos às possíveis realidades profissionais do campo de formação; - Utilizar pedagogias/metodologias ativas; - Promover a aprendizagem coletiva e colaborativa; - Acionar diferentes tecnologias virtuais e analógicas; - Construir um currículo mais flexível, mobilizado por uma organização espaço-temporal diferente (Moran, 2015)
  • 25. Referências CHARLOT, Bernard. Relação com o saber: Formação dos professores e globalização. Questões para a educação hoje. Porto Alegre: Artmed, 2005. BEANE, James A. Integração curricular: a essência de uma escola democrática. Currículo sem Fronteiras, v.3, n.2, pp. 91-110, Jul/Dez 2003 POSTIC, Marcel. A relação pedagógica. Coimbra: Coimbra Editora, 1990. MORAN, José. Educação Híbrida: um conceito-chave para a educação, hoje. In: BACICH, Lilian; TANZI NETO, Adolfo; TRAVISANI, Fernando de Mello (Orgs.). Ensino Híbrido: personalização e tecnologia na Educação. Porto Alegre: Penso, 2012. ZABALZA, Miguel A. O ensino universitário: seu cenário e seus protagonistas. Porto Alegre: Artmed, 2004. FRANCO, Maria Amélia Santoro; PIMENTA, Selma Garrido. Didática multidimensional: por uma sistematização conceitual. Educ. Soc., Campinas, v. 37, nº. 135, p.539-553, abr.-jun., 2016
  • 26. Roteiro para o ateliê - Atividade 1 Proposta: (re)formulação de objetivos, habilidades e conteúdos de ensino Questões para avaliar objetivos: - Traduzem a especificidade da ementa? - Sinalizam saberes e habilidades? - Esses saberes e habilidades se associam a uma concepção de aprendizagem dinâmica e colaborativa? - Contemplam conexões com outros campos de conhecimento?
  • 27. Roteiro para o ateliê - Atividade 1 Questões para avaliar a sistematização de conteúdos: - Os aspectos de sequenciamento e extensão são equilibrados ao tempo/ritmo do ERE? - Os conteúdos se organizam a partir de algum elemento integrador (questão, problema, projeto, etc.)? - Foram incorporadas conexões entre os conteúdos e os contextos e problemáticas contemporâneas?