SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 22
Baixar para ler offline
BUSCANDO O SIGNIFICADO
DA DIDÁTICA
Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG
Faculdade de Educação – FaE
Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino – DMTE
Disciplina: Didática do Ensino Superior
Profa. Dra. Suzana dos Santos Gomes
Daquilo que eu sei – Ivan Lins
Daquilo que eu sei
Nem tudo me deu clareza
Nem tudo me foi permitido
Nem tudo me deu certeza
Daquilo que eu sei
Nem tudo foi proibido
Nem tudo me foi possívelNem tudo me foi possível
Nem tudo foi concebido
Não fechei os olhos
Não tapei os ouvidos
Cheirei, toquei, provei
Ah! Eu usei todos os sentidos
Só não lavei as mãos
E por isso é que eu me sinto
Cada vez mais limpo.... (Bis)
Contribuição ao Estudo da
História da Didática no Brasil
Castanho & Castanho (2005)
Virada instrucional = “forma escolar”;Virada instrucional = “forma escolar”;
Passagem de um ambiente de aprendizagem para um
ambiente de instrução;
A escola/a universidade são fenômenos modernos.
A Didática surge na modernidade
para racionalizar o processo de
transmissão dos saberes
elementares.
RACIONALIDADE ESCOLAR
1. Passagem da fase de aprendizagem para a fase
instrucional no âmbito educacional, implicando um
forte acento da heteroformação em detrimento da
autoformação da fase anterior;
2. Formação de agentes educativos com características2. Formação de agentes educativos com características
funcionais específicas, os professores, responsáveis
pela condução do processo instrucional;
3. Criação de dispositivos pedagógicos formais: o
plano de estudo, o currículo, a classe, docência
subordinante e a discência subordinada;
4. A Didática surge na modernidade, fazendo parte da
“maquinaria escolar”.
RACIONALIDADE ESCOLAR
1549 – 1759: A didática jesuíta em construção;
1759 – 1882: Da didática pombalina do Alvará Régio de
1759 aos Pareceres de Rui Barbosa em 1882;
1882 – 1932: Da didática cientificista do método intuitivo
até o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova;até o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova;
1932 – 1996: Da didática liberal-cientificista e
alunocêntrica do escolanovismo, passando pela
proposta histórico-crítica e pela crise do
programacionismo e chegando ao construtivismo,
até à lei 9.394/96;
De 1996 aos dias atuais: a didática individualista
vinculada à “pedagogia das competências”.
CONCEPÇÕES E PENSAMENTO
DIDÁTICO
O que é Didática ?
De que assuntos ela trata?
Qual a sua contribuição para processo de ensino ?Qual a sua contribuição para processo de ensino ?
Saberes de Referência
Transposição
Saberes ensinado
SIGNIFICADO DA DIDÁTICA
Termo conhecido desde a Grécia Antiga cujo
significado era: ensinar, instruir, fazer
aprender;
Ponto de vista epistemológico: Didaktiké
Século 17
Comênio escreveu a Didática Magna: tratado
sobre o ensino;
Marco significativo da Didática como um
campo de estudos e de práticas cujo objeto
de trabalho é o processo de ensino.
COMÊNIO
(Alemanha, Morávia - 1592 a 1670)
Fundador da Didática – em 1633, definida como
“Arte de ensinar tudo a todos”.
Princípios Comenianos
Gradação no ensino da infância à juventude;Gradação no ensino da infância à juventude;
Valorização do interesse do educando;
Escola atrativa que despertasse o desejo do aprendiz;
Diversificação do material didático.
“Ensinar é a arte de todas as artes”
Comênio, Didática Magna (1633)
De Comênio até o princípio do Século 19
Preocupação com as finalidades da educação e do
ensino e dos conteúdos culturais a serem dominados
pelos homens.
Perspectiva Histórica da Didática
Pontos Centrais
Do Século 19 até a Primeira Metade do Século 20
O conteúdo da Didática vai pouco a pouco reduzindo-
se a métodos e técnicas para ensinar e apresentar
informações para os alunos em sala de aula;
No Brasil, a partir da Segunda Metade do Século 20 –
críticas a esse modelo de Didática.
Perspectiva Histórica da Didática
Pontos Centrais
Décadas de 50 até a Primeira Metade da década de 70
São construídas propostas cuja preocupação central é
a ampliação do conteúdo da área;
Discussões de temas, como: planejamento, avaliação,Discussões de temas, como: planejamento, avaliação,
relação professor/aluno, objetivos, conteúdos, além
dos métodos e técnica de ensino;
Proposta crítica da Didática que defende uma maior
organicidade e coerência no conteúdo da área, que
deveria se basear em princípios considerados
científicos.
CONCEPÇÕES DE DIDÁTICA
Didática
Comeniana
Didática
Rogeriana
Didática Freireana
Didática
Vygotsquiana
Didática
Piagetiana
ENFOQUE DIDÁTICO
Ponto de Convergência: A DIDÁTICA é
concebida como uma TECNOLOGIA;
Ponto de Divergência: Foco Temático da
Didática;
Ampliação de conceitos e adoção de
princípios de outras áreas do
conhecimento para repensar o
processo de ensino.
Como didatizar o ensino ?
Como planejar aulas?
Como elaborar objetivos?
Como avaliar?
PENSAMENTO DIDÁTICO
A partir da Segunda Metade da Década de 70 - novas
críticas à Didática
Pelo seu caráter estritamente técnico;
Pela sua funcionalidade em relação ao papel que se
atribui ao ensino;atribui ao ensino;
Pela reprodução das relações sociais de produção
capitalista.
Década de 80 – NOVAS PROPOSTA DIDÁTICA
A concepção de ensino como prática social articulada
a outras práticas sociais na formação social brasileira.
PENSAMENTO DIDÁTICO
Década de 80
O compromisso com o ensino voltado para os
interesses das classes populares, com a
transformação das relações e com a democratização
da escola pública;
O entendimento da sala de aula como espaço do saberO entendimento da sala de aula como espaço do saber
didático-prático;
A definição da Didática como teoria pedagógica;
Teoria que busca prover respostas às demandas
apresentadas pela sociedade a área pedagógica, sobre
o desenvolvimento da prática docente em todos os
níveis de ensino.
A DIDÁTICA CRÍTICA
É o estudo das teorias de ensino e de aprendizagem aplicadas ao
processo educativo que se realiza na escola, nos diversos níveis de
ensino: fundamental, médio e superior bem como
dos resultados obtidos.
Várias áreas do conhecimento que pesquisam o desenvolvimento
humano: Filosofia, Sociologia, Psicologia, Antropologia, Biologia,
História, entre outras... estão presentes no estudo da Didática.História, entre outras... estão presentes no estudo da Didática.
Papel da DIDÁTICA: pensar e refletir sobre questões relacionadas à
docência e a prática de ensino:
• Como o aluno aprende ?
• Como se dá a prática docente em todas as áreas do conhecimento ?
• Como mobilizar os alunos para que se envolvam no processo de
ensino ?
• Como o professor pode mediar o processo ensino-aprendizagem?
1. Realizar planejamentos contextualizados;
2. Envolver os alunos no processo ensino-
aprendizagem, considerando interesses,
A DIDÁTICA CRÍTICA
aprendizagem, considerando interesses,
necessidades e perfil do aluno que se pretende
formar;
3. Diversificar as formas de ensinar, dialogando com
outras áreas do conhecimento;
4. Integrar teoria e prática;
5. Implementar um processo de avaliação formativo.
A MULTIDIMENSIONALIDADE DO PROCESSO
ENSINO- APRENDIZAGEM E AS DIMENSÕES
TÉCNICA, HUMANA E POLÍTICA
DIMENSÃO HUMANA
O processo de aprendizagem se realiza através do
relacionamento interpessoal entre alunos/professores
e alunos/alunos;e alunos/alunos;
O relacionamento interpessoal exerce influência na
aprendizagem e pode promover o sucesso ou o
fracasso escolar.
DIMENSÃO POLÍTICO-SOCIAL
O processo ensino-aprendizagem acontece em contexto
determinado, numa certa época histórica, que segue orientações
e diretrizes de profissionais da Educação e das políticas
AS TRÊS DIMENSÕES DO PROCESSO ENSINO-
APRENDIZAGEM E A DIDÁTICA
e diretrizes de profissionais da Educação e das políticas
governamentais;
Professores, pesquisadores, autores de livros didáticos vivem
num tempo e cultura específica, têm posições políticas e sociais
que são transmitidas em seus trabalhos e nas suas relações com
a escola;
O objetivo da educação é formar cidadãos críticos, participantes
da sociedade, contribuindo para seu progresso e
desenvolvimento.
DIMENSÃO TÉCNICA
A aprendizagem é um processo intencional, orientado por
objetivos a serem alcançados por seus participantes;
Organização das condições apropriadas para que o aluno aprenda
AS TRÊS DIMENSÕES DO PROCESSO DE
APRENDIZAGEM CONSIDERADOS PELA
DIDÁTICA
Organização das condições apropriadas para que o aluno aprenda
o que se propõem;
Núcleo da dimensão técnica do processo de aprendizagem:
planejamento, definição de objetivos, seleção de conteúdos,
técnicas e recursos de ensino, organização do processo de
avaliação, etc.
Como a DIDÁTICA pode ajudar o professor
em sua prática docente ?
A CONTRIBUIÇÃO DA DIDÁTICA
NA PRÁTICA DOCENTE
• Incentiva o professor a pesquisar os problemas e
desafios que afetam a sua prática;
• Coloca ao alcance do professor as pesquisas e os
conhecimentos produzidos no campo do ensino;
• Toma o ensino como objeto de estudo;
• Repensa formas para a transposição do saber de
referência para o saber ensinado.
SABER CIENTÍFICO – SABER A ENSINAR – SABER ENSINADO
TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA
A DIDÁTICA A PARTIR DOS ANOS 90
• A DIDÁTICA e a PRÁTICA DE ENSINO se fortalecem,
passando a ser tema de grande interesse de
pesquisas voltadas para o interior da sala de aula;
• Maior preocupação com o fazer pedagógico.
DESAFIODESAFIO
Estabelecimento de nexos entre o que está sendo
produzido, em termos de conhecimento didático
pelos pesquisadores, com os saberes pedagógicos
materializados, na prática, pelos professores, de
forma a possibilitar a estes a apropriação de
conhecimentos a partir da reflexão de sua prática,
efetivada no processo de elaboração e
reelaboração dos seus saberes.
ANDRÉ, Marli E. D. A , Maria Rita Neto S. Oliveira (orgs.). Alternativas no ensino de didática. 4 ed.
Campinas, S. P: Papirus, 2002.
BRANDÃO, Zaia. Abordagens alternativas para o ensino da didática. In: A didática em questão. 23
ed. Petrópolis, Vozes, 2004, p. 55-65.
CANDAU, Vera Maria. A didática em questão. 23 ed. Petrópolis: Vozes, 2004.
CANDAU, Vera Maria. Rumo a uma nova didática. 12 ed. Petrópolis, R.J: Vozes, 2001.
CANDAU, Vera Maria. A Didática hoje: uma agenda de trabalho. In: CANDAU, Vera Maria. Didática,
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
CANDAU, Vera Maria. A Didática hoje: uma agenda de trabalho. In: CANDAU, Vera Maria. Didática,
currículo e saberes escolares. 2 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002, p. 149-160.
CANIATO, Rodolfo. Ato de fé ou conquista do conhecimento? In: Revista Educação e Sociedade, 7
(21):83-91, 1985.
CASTANHO, Maria Eugênia L.M. A criatividade na sala de aula universitária. IN: VEIGA, Ilma
Passos Alencastro e CASTANHO, Maria Eugênia L. M. (orgs.). Pedagogia Universitária: a aula
em foco. Campinas, S. P: Papirus, 2000, p. 75-89.
GOMES, Suzana dos Santos. Professores do 3º Ciclo do ensino fundamental: práticas docentes e
processos de formação continuada no cotidiano do trabalho escolar. 27ª Reunião Anual da
Anped, GT 04, Didática, Caxambu, 21 a 24 de novembro de 2004.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Estágio: diferentes concepções
Estágio: diferentes concepções Estágio: diferentes concepções
Estágio: diferentes concepções Lílian Reis
 
Tendências da educação e componentes curriculares
Tendências da educação e componentes curricularesTendências da educação e componentes curriculares
Tendências da educação e componentes curricularesVinicius O Resiliente
 
Didática do ensino superior
Didática do ensino superiorDidática do ensino superior
Didática do ensino superiorMarcio Moura
 
Avaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slideAvaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slideSoares Junior
 
Formação continuada de professores
Formação continuada de professoresFormação continuada de professores
Formação continuada de professoresditadoida
 
O papel da didática na formação de professores
O papel da didática na formação de professoresO papel da didática na formação de professores
O papel da didática na formação de professoresAna Paula Azevedo
 
Fundamentos da Didática
Fundamentos da DidáticaFundamentos da Didática
Fundamentos da DidáticaUNICEP
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoElicio Lima
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPHebert Arcanjo
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemGerdian Teixeira
 

Mais procurados (20)

Estágio: diferentes concepções
Estágio: diferentes concepções Estágio: diferentes concepções
Estágio: diferentes concepções
 
Zabala
ZabalaZabala
Zabala
 
Curso didática geral em um arqujivo unesp
Curso didática geral em um arqujivo   unespCurso didática geral em um arqujivo   unesp
Curso didática geral em um arqujivo unesp
 
Metodologias Ativas
Metodologias AtivasMetodologias Ativas
Metodologias Ativas
 
Tendências da educação e componentes curriculares
Tendências da educação e componentes curricularesTendências da educação e componentes curriculares
Tendências da educação e componentes curriculares
 
Didática do ensino superior
Didática do ensino superiorDidática do ensino superior
Didática do ensino superior
 
Conhecendo a didática
Conhecendo a didáticaConhecendo a didática
Conhecendo a didática
 
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e InovadorasEducação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
Educação 5.0 e Metodologias Ativas e Inovadoras
 
Avaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slideAvaliacao na educacao slide
Avaliacao na educacao slide
 
Formação continuada de professores
Formação continuada de professoresFormação continuada de professores
Formação continuada de professores
 
Gestão Escolar
Gestão EscolarGestão Escolar
Gestão Escolar
 
O papel da didática na formação de professores
O papel da didática na formação de professoresO papel da didática na formação de professores
O papel da didática na formação de professores
 
Planejamento pedagógico
Planejamento pedagógicoPlanejamento pedagógico
Planejamento pedagógico
 
Metodologias ativas
Metodologias ativas Metodologias ativas
Metodologias ativas
 
Fundamentos da Didática
Fundamentos da DidáticaFundamentos da Didática
Fundamentos da Didática
 
Vasconcellos
VasconcellosVasconcellos
Vasconcellos
 
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógicoModelo de proposta para trabalho pedagógico
Modelo de proposta para trabalho pedagógico
 
Projeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPPProjeto Político Pedagógico - PPP
Projeto Político Pedagógico - PPP
 
Teorias do curriculo
Teorias do curriculoTeorias do curriculo
Teorias do curriculo
 
Avaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagemAvaliação da aprendizagem
Avaliação da aprendizagem
 

Destaque

Igor e lucas
Igor e lucasIgor e lucas
Igor e lucasAdriVCA
 
Trabalho de Metodologia do ensino de Língua Inglesa - Adriana Yuri Takamori S...
Trabalho de Metodologia do ensino de Língua Inglesa - Adriana Yuri Takamori S...Trabalho de Metodologia do ensino de Língua Inglesa - Adriana Yuri Takamori S...
Trabalho de Metodologia do ensino de Língua Inglesa - Adriana Yuri Takamori S...Adriana Takamori
 
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori SeichiMetodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori SeichiAdriana Takamori
 
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NETCONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NETCristina Ferreira
 
Alive highoverview
Alive highoverviewAlive highoverview
Alive highoverviewVera Menezes
 
Unidade 3 aula_com_material_digital_angela
Unidade 3 aula_com_material_digital_angelaUnidade 3 aula_com_material_digital_angela
Unidade 3 aula_com_material_digital_angelaAngela Enns Torres
 
Cefet mg - 2013 - métodos e tecnicas de ensino na ept
Cefet   mg - 2013 - métodos e tecnicas de ensino na eptCefet   mg - 2013 - métodos e tecnicas de ensino na ept
Cefet mg - 2013 - métodos e tecnicas de ensino na eptEduardo Barbosa
 
Metodologias Para O Ensino De LíNguas
Metodologias Para O Ensino De LíNguasMetodologias Para O Ensino De LíNguas
Metodologias Para O Ensino De LíNguasEduardo Borges
 
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveisNovas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveisSimpósio Hipertexto
 
Curso BáSico De InglêS Como Estudar
Curso BáSico De InglêS Como EstudarCurso BáSico De InglêS Como Estudar
Curso BáSico De InglêS Como EstudarSpeaking in English
 
A transposição didática
A transposição didáticaA transposição didática
A transposição didáticaPedagogiasoft
 

Destaque (20)

DidáTica Volume 1 2 e 3
DidáTica   Volume 1 2 e 3DidáTica   Volume 1 2 e 3
DidáTica Volume 1 2 e 3
 
Didatica teórica e tendências
Didatica teórica e tendênciasDidatica teórica e tendências
Didatica teórica e tendências
 
Slide de didática
Slide de didáticaSlide de didática
Slide de didática
 
Eradigital[1]
Eradigital[1]Eradigital[1]
Eradigital[1]
 
Igor e lucas
Igor e lucasIgor e lucas
Igor e lucas
 
Trabalho de Metodologia do ensino de Língua Inglesa - Adriana Yuri Takamori S...
Trabalho de Metodologia do ensino de Língua Inglesa - Adriana Yuri Takamori S...Trabalho de Metodologia do ensino de Língua Inglesa - Adriana Yuri Takamori S...
Trabalho de Metodologia do ensino de Língua Inglesa - Adriana Yuri Takamori S...
 
Curso online fundamentos do texto em lingua inglesa i
Curso online fundamentos do texto em lingua inglesa iCurso online fundamentos do texto em lingua inglesa i
Curso online fundamentos do texto em lingua inglesa i
 
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori SeichiMetodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
Metodologia do ensino de lingua inglesa avaliação - Adriana Yuri Takamori Seichi
 
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NETCONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
CONHECENDO A DIDATICA. ENCONTREI NA NET
 
Presente simples
Presente simplesPresente simples
Presente simples
 
Trabalho profgilberto (1)
Trabalho profgilberto (1)Trabalho profgilberto (1)
Trabalho profgilberto (1)
 
Alive highoverview
Alive highoverviewAlive highoverview
Alive highoverview
 
Manual do Instrutor
Manual do InstrutorManual do Instrutor
Manual do Instrutor
 
Unidade 3 aula_com_material_digital_angela
Unidade 3 aula_com_material_digital_angelaUnidade 3 aula_com_material_digital_angela
Unidade 3 aula_com_material_digital_angela
 
Cefet mg - 2013 - métodos e tecnicas de ensino na ept
Cefet   mg - 2013 - métodos e tecnicas de ensino na eptCefet   mg - 2013 - métodos e tecnicas de ensino na ept
Cefet mg - 2013 - métodos e tecnicas de ensino na ept
 
Metodologias Para O Ensino De LíNguas
Metodologias Para O Ensino De LíNguasMetodologias Para O Ensino De LíNguas
Metodologias Para O Ensino De LíNguas
 
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveisNovas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
Novas metodologias para aprendizagem com tecnologias móveis
 
Curso BáSico De InglêS Como Estudar
Curso BáSico De InglêS Como EstudarCurso BáSico De InglêS Como Estudar
Curso BáSico De InglêS Como Estudar
 
Perfil Do Instrutor
Perfil Do InstrutorPerfil Do Instrutor
Perfil Do Instrutor
 
A transposição didática
A transposição didáticaA transposição didática
A transposição didática
 

Semelhante a Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes

conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.pptconhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.pptThaisJussara
 
Apresentação aula 1.pptx
Apresentação aula 1.pptxApresentação aula 1.pptx
Apresentação aula 1.pptxDrikaSato
 
Apresentação
Apresentação Apresentação
Apresentação DrikaSato
 
Guia da disciplina Didática
Guia da disciplina DidáticaGuia da disciplina Didática
Guia da disciplina DidáticaRosiane Freitas
 
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 02 - Evoluç...
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 02 - Evoluç...FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 02 - Evoluç...
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 02 - Evoluç...Jordano Santos Cerqueira
 
Pos didatica aula 1 unidade i presencial[1]
Pos didatica aula 1 unidade i presencial[1]Pos didatica aula 1 unidade i presencial[1]
Pos didatica aula 1 unidade i presencial[1]Carlos Alberto Bonatto
 
Didática Modular I
Didática Modular I  Didática Modular I
Didática Modular I Karina Tafre
 
OT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
OT Habilidades na Aula de História - Ensino MédioOT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
OT Habilidades na Aula de História - Ensino MédioClaudia Elisabete Silva
 
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01Graça Barros
 
Otm normal médio núcleo de formação prática
Otm normal médio   núcleo de formação práticaOtm normal médio   núcleo de formação prática
Otm normal médio núcleo de formação práticaFlávia Maria
 
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhgg
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhggDidactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhgg
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhggAntnioManuelAgdoma
 

Semelhante a Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes (20)

Aula 1 unidade 1
Aula 1 unidade 1Aula 1 unidade 1
Aula 1 unidade 1
 
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.pptconhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
conhecendoadidtica_um estudo inicial.ppt
 
Didatica
DidaticaDidatica
Didatica
 
Apresentação aula 1.pptx
Apresentação aula 1.pptxApresentação aula 1.pptx
Apresentação aula 1.pptx
 
Apresentação
Apresentação Apresentação
Apresentação
 
Didática final
Didática finalDidática final
Didática final
 
Didática final
Didática finalDidática final
Didática final
 
Guia da disciplina Didática
Guia da disciplina DidáticaGuia da disciplina Didática
Guia da disciplina Didática
 
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 02 - Evoluç...
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 02 - Evoluç...FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 02 - Evoluç...
FACELI - Disciplina Especial - Didática com Márcia Perini Valle - 02 - Evoluç...
 
Pos didatica aula 1 unidade i presencial[1]
Pos didatica aula 1 unidade i presencial[1]Pos didatica aula 1 unidade i presencial[1]
Pos didatica aula 1 unidade i presencial[1]
 
Didática Modular I
Didática Modular I  Didática Modular I
Didática Modular I
 
Didática Ensino Superior
Didática Ensino SuperiorDidática Ensino Superior
Didática Ensino Superior
 
Oficio Professor
Oficio ProfessorOficio Professor
Oficio Professor
 
OT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
OT Habilidades na Aula de História - Ensino MédioOT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
OT Habilidades na Aula de História - Ensino Médio
 
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
Conhecendoadidtica 09-120506132149-phpapp01
 
didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3didatica no ensino superios 3
didatica no ensino superios 3
 
Otm normal médio núcleo de formação prática
Otm normal médio   núcleo de formação práticaOtm normal médio   núcleo de formação prática
Otm normal médio núcleo de formação prática
 
DIDÁTICA GERAL.ppt
DIDÁTICA GERAL.pptDIDÁTICA GERAL.ppt
DIDÁTICA GERAL.ppt
 
Didatica geral
Didatica geralDidatica geral
Didatica geral
 
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhgg
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhggDidactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhgg
Didactica Geral gggfgfgfgfffdggggggfffhhgg
 

Buscando significado didatica_pos_suzana_gomes

  • 1. BUSCANDO O SIGNIFICADO DA DIDÁTICA Universidade Federal de Minas Gerais - UFMG Faculdade de Educação – FaE Departamento de Métodos e Técnicas de Ensino – DMTE Disciplina: Didática do Ensino Superior Profa. Dra. Suzana dos Santos Gomes
  • 2. Daquilo que eu sei – Ivan Lins Daquilo que eu sei Nem tudo me deu clareza Nem tudo me foi permitido Nem tudo me deu certeza Daquilo que eu sei Nem tudo foi proibido Nem tudo me foi possívelNem tudo me foi possível Nem tudo foi concebido Não fechei os olhos Não tapei os ouvidos Cheirei, toquei, provei Ah! Eu usei todos os sentidos Só não lavei as mãos E por isso é que eu me sinto Cada vez mais limpo.... (Bis)
  • 3. Contribuição ao Estudo da História da Didática no Brasil Castanho & Castanho (2005) Virada instrucional = “forma escolar”;Virada instrucional = “forma escolar”; Passagem de um ambiente de aprendizagem para um ambiente de instrução; A escola/a universidade são fenômenos modernos. A Didática surge na modernidade para racionalizar o processo de transmissão dos saberes elementares.
  • 4. RACIONALIDADE ESCOLAR 1. Passagem da fase de aprendizagem para a fase instrucional no âmbito educacional, implicando um forte acento da heteroformação em detrimento da autoformação da fase anterior; 2. Formação de agentes educativos com características2. Formação de agentes educativos com características funcionais específicas, os professores, responsáveis pela condução do processo instrucional; 3. Criação de dispositivos pedagógicos formais: o plano de estudo, o currículo, a classe, docência subordinante e a discência subordinada; 4. A Didática surge na modernidade, fazendo parte da “maquinaria escolar”.
  • 5. RACIONALIDADE ESCOLAR 1549 – 1759: A didática jesuíta em construção; 1759 – 1882: Da didática pombalina do Alvará Régio de 1759 aos Pareceres de Rui Barbosa em 1882; 1882 – 1932: Da didática cientificista do método intuitivo até o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova;até o Manifesto dos Pioneiros da Educação Nova; 1932 – 1996: Da didática liberal-cientificista e alunocêntrica do escolanovismo, passando pela proposta histórico-crítica e pela crise do programacionismo e chegando ao construtivismo, até à lei 9.394/96; De 1996 aos dias atuais: a didática individualista vinculada à “pedagogia das competências”.
  • 6. CONCEPÇÕES E PENSAMENTO DIDÁTICO O que é Didática ? De que assuntos ela trata? Qual a sua contribuição para processo de ensino ?Qual a sua contribuição para processo de ensino ? Saberes de Referência Transposição Saberes ensinado
  • 7. SIGNIFICADO DA DIDÁTICA Termo conhecido desde a Grécia Antiga cujo significado era: ensinar, instruir, fazer aprender; Ponto de vista epistemológico: Didaktiké Século 17 Comênio escreveu a Didática Magna: tratado sobre o ensino; Marco significativo da Didática como um campo de estudos e de práticas cujo objeto de trabalho é o processo de ensino.
  • 8. COMÊNIO (Alemanha, Morávia - 1592 a 1670) Fundador da Didática – em 1633, definida como “Arte de ensinar tudo a todos”. Princípios Comenianos Gradação no ensino da infância à juventude;Gradação no ensino da infância à juventude; Valorização do interesse do educando; Escola atrativa que despertasse o desejo do aprendiz; Diversificação do material didático. “Ensinar é a arte de todas as artes” Comênio, Didática Magna (1633)
  • 9. De Comênio até o princípio do Século 19 Preocupação com as finalidades da educação e do ensino e dos conteúdos culturais a serem dominados pelos homens. Perspectiva Histórica da Didática Pontos Centrais Do Século 19 até a Primeira Metade do Século 20 O conteúdo da Didática vai pouco a pouco reduzindo- se a métodos e técnicas para ensinar e apresentar informações para os alunos em sala de aula; No Brasil, a partir da Segunda Metade do Século 20 – críticas a esse modelo de Didática.
  • 10. Perspectiva Histórica da Didática Pontos Centrais Décadas de 50 até a Primeira Metade da década de 70 São construídas propostas cuja preocupação central é a ampliação do conteúdo da área; Discussões de temas, como: planejamento, avaliação,Discussões de temas, como: planejamento, avaliação, relação professor/aluno, objetivos, conteúdos, além dos métodos e técnica de ensino; Proposta crítica da Didática que defende uma maior organicidade e coerência no conteúdo da área, que deveria se basear em princípios considerados científicos.
  • 11. CONCEPÇÕES DE DIDÁTICA Didática Comeniana Didática Rogeriana Didática Freireana Didática Vygotsquiana Didática Piagetiana
  • 12. ENFOQUE DIDÁTICO Ponto de Convergência: A DIDÁTICA é concebida como uma TECNOLOGIA; Ponto de Divergência: Foco Temático da Didática; Ampliação de conceitos e adoção de princípios de outras áreas do conhecimento para repensar o processo de ensino. Como didatizar o ensino ? Como planejar aulas? Como elaborar objetivos? Como avaliar?
  • 13. PENSAMENTO DIDÁTICO A partir da Segunda Metade da Década de 70 - novas críticas à Didática Pelo seu caráter estritamente técnico; Pela sua funcionalidade em relação ao papel que se atribui ao ensino;atribui ao ensino; Pela reprodução das relações sociais de produção capitalista. Década de 80 – NOVAS PROPOSTA DIDÁTICA A concepção de ensino como prática social articulada a outras práticas sociais na formação social brasileira.
  • 14. PENSAMENTO DIDÁTICO Década de 80 O compromisso com o ensino voltado para os interesses das classes populares, com a transformação das relações e com a democratização da escola pública; O entendimento da sala de aula como espaço do saberO entendimento da sala de aula como espaço do saber didático-prático; A definição da Didática como teoria pedagógica; Teoria que busca prover respostas às demandas apresentadas pela sociedade a área pedagógica, sobre o desenvolvimento da prática docente em todos os níveis de ensino.
  • 15. A DIDÁTICA CRÍTICA É o estudo das teorias de ensino e de aprendizagem aplicadas ao processo educativo que se realiza na escola, nos diversos níveis de ensino: fundamental, médio e superior bem como dos resultados obtidos. Várias áreas do conhecimento que pesquisam o desenvolvimento humano: Filosofia, Sociologia, Psicologia, Antropologia, Biologia, História, entre outras... estão presentes no estudo da Didática.História, entre outras... estão presentes no estudo da Didática. Papel da DIDÁTICA: pensar e refletir sobre questões relacionadas à docência e a prática de ensino: • Como o aluno aprende ? • Como se dá a prática docente em todas as áreas do conhecimento ? • Como mobilizar os alunos para que se envolvam no processo de ensino ? • Como o professor pode mediar o processo ensino-aprendizagem?
  • 16. 1. Realizar planejamentos contextualizados; 2. Envolver os alunos no processo ensino- aprendizagem, considerando interesses, A DIDÁTICA CRÍTICA aprendizagem, considerando interesses, necessidades e perfil do aluno que se pretende formar; 3. Diversificar as formas de ensinar, dialogando com outras áreas do conhecimento; 4. Integrar teoria e prática; 5. Implementar um processo de avaliação formativo.
  • 17. A MULTIDIMENSIONALIDADE DO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM E AS DIMENSÕES TÉCNICA, HUMANA E POLÍTICA DIMENSÃO HUMANA O processo de aprendizagem se realiza através do relacionamento interpessoal entre alunos/professores e alunos/alunos;e alunos/alunos; O relacionamento interpessoal exerce influência na aprendizagem e pode promover o sucesso ou o fracasso escolar.
  • 18. DIMENSÃO POLÍTICO-SOCIAL O processo ensino-aprendizagem acontece em contexto determinado, numa certa época histórica, que segue orientações e diretrizes de profissionais da Educação e das políticas AS TRÊS DIMENSÕES DO PROCESSO ENSINO- APRENDIZAGEM E A DIDÁTICA e diretrizes de profissionais da Educação e das políticas governamentais; Professores, pesquisadores, autores de livros didáticos vivem num tempo e cultura específica, têm posições políticas e sociais que são transmitidas em seus trabalhos e nas suas relações com a escola; O objetivo da educação é formar cidadãos críticos, participantes da sociedade, contribuindo para seu progresso e desenvolvimento.
  • 19. DIMENSÃO TÉCNICA A aprendizagem é um processo intencional, orientado por objetivos a serem alcançados por seus participantes; Organização das condições apropriadas para que o aluno aprenda AS TRÊS DIMENSÕES DO PROCESSO DE APRENDIZAGEM CONSIDERADOS PELA DIDÁTICA Organização das condições apropriadas para que o aluno aprenda o que se propõem; Núcleo da dimensão técnica do processo de aprendizagem: planejamento, definição de objetivos, seleção de conteúdos, técnicas e recursos de ensino, organização do processo de avaliação, etc. Como a DIDÁTICA pode ajudar o professor em sua prática docente ?
  • 20. A CONTRIBUIÇÃO DA DIDÁTICA NA PRÁTICA DOCENTE • Incentiva o professor a pesquisar os problemas e desafios que afetam a sua prática; • Coloca ao alcance do professor as pesquisas e os conhecimentos produzidos no campo do ensino; • Toma o ensino como objeto de estudo; • Repensa formas para a transposição do saber de referência para o saber ensinado. SABER CIENTÍFICO – SABER A ENSINAR – SABER ENSINADO TRANSPOSIÇÃO DIDÁTICA
  • 21. A DIDÁTICA A PARTIR DOS ANOS 90 • A DIDÁTICA e a PRÁTICA DE ENSINO se fortalecem, passando a ser tema de grande interesse de pesquisas voltadas para o interior da sala de aula; • Maior preocupação com o fazer pedagógico. DESAFIODESAFIO Estabelecimento de nexos entre o que está sendo produzido, em termos de conhecimento didático pelos pesquisadores, com os saberes pedagógicos materializados, na prática, pelos professores, de forma a possibilitar a estes a apropriação de conhecimentos a partir da reflexão de sua prática, efetivada no processo de elaboração e reelaboração dos seus saberes.
  • 22. ANDRÉ, Marli E. D. A , Maria Rita Neto S. Oliveira (orgs.). Alternativas no ensino de didática. 4 ed. Campinas, S. P: Papirus, 2002. BRANDÃO, Zaia. Abordagens alternativas para o ensino da didática. In: A didática em questão. 23 ed. Petrópolis, Vozes, 2004, p. 55-65. CANDAU, Vera Maria. A didática em questão. 23 ed. Petrópolis: Vozes, 2004. CANDAU, Vera Maria. Rumo a uma nova didática. 12 ed. Petrópolis, R.J: Vozes, 2001. CANDAU, Vera Maria. A Didática hoje: uma agenda de trabalho. In: CANDAU, Vera Maria. Didática, REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS CANDAU, Vera Maria. A Didática hoje: uma agenda de trabalho. In: CANDAU, Vera Maria. Didática, currículo e saberes escolares. 2 ed. Rio de Janeiro: DP&A, 2002, p. 149-160. CANIATO, Rodolfo. Ato de fé ou conquista do conhecimento? In: Revista Educação e Sociedade, 7 (21):83-91, 1985. CASTANHO, Maria Eugênia L.M. A criatividade na sala de aula universitária. IN: VEIGA, Ilma Passos Alencastro e CASTANHO, Maria Eugênia L. M. (orgs.). Pedagogia Universitária: a aula em foco. Campinas, S. P: Papirus, 2000, p. 75-89. GOMES, Suzana dos Santos. Professores do 3º Ciclo do ensino fundamental: práticas docentes e processos de formação continuada no cotidiano do trabalho escolar. 27ª Reunião Anual da Anped, GT 04, Didática, Caxambu, 21 a 24 de novembro de 2004.