SlideShare uma empresa Scribd logo
Uma Cortesia da Sua Academia VAP!
O Poder do Design
Thinking Para
Alavancar Suas
Vendas
Elaborado por
Ernesto Costa Santos
Conteúdo
Title of the book
2
3
4
4
5
6
8
10
11
Entenda Melhor o Poder do Design Thinking................
Fundamentos do Design Thinking.................................
Design Thinking Segundo os Especialistas…………….
Características dos Processos de Design Thinking...........
Ouvir / Criar / Agir...........................................................
Um Roteiro Simplificado para a Área Comercial............
Conclusões – Como Implementar..................................
Referências/ Fale Conosco............................................
3
O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
Entenda Melhor o Poder do Design
Thinking (Pensar como os Designers)
Design Thinking é uma metodologia utilizada por designers para resolver desafios mais complexos e
encontrar soluções desejáveis ​​para seus clientes. Portanto, ela não é focada no problema, mas sim
na solução e na ação orientada à solução desejada.
O uso sistematizado e eficaz do Design Thinking numa Organização e, em especial, na sua área
comercial, se baseia tanto na imaginação e intuição, como na lógica e no raciocínio sistêmico, para
criar os resultados desejados para seus clientes.
Quando esses princípios de design são devidamente incorporados à estratégia e aos processos em
geral, a taxa de sucesso para a inovação melhora drasticamente. Foi o que aconteceu com
empresas como a Apple, Coca-Cola, IBM, Nike, Procter & Gamble e Whirlpool.
Devido à essa mesma taxa de sucesso nas empresas que o utilizam, o design evoluiu para
além da criação de objetos. Organizações agora querem aprender a pensar como os designers, e
aplicar os princípios de design para o próprio local de trabalho. Assim, o Design Thinking se
apresenta como o cerne do desenvolvimento de uma estratégia eficaz de mudança organizacional.
O termo existia anteriormente, mas foi popularizado por Tim Brown, CEO da IDEO, notável
empresa norte americana especializada em design. Na visão dele, todos deveriam pensar como
designers, ainda que não sejam especialistas nessa área, para conquistar um nível de inovação
radical nas empresas e na vida. Exageros à parte, já pensou o quanto essa mentalidade é
importante numa área comercial?
O Design Thinking descreve
um processo repetitivo
(sistematizável e escalável),
empregando técnicas
originais e criativas que
produzem resultados que
normalmente superam as
expectativas iniciais. Esses
resultados extraordinários o
tornam uma metodologia tão
atraente, dinâmica e
importante para as empresas
nos dias de hoje.
Design Thinking é visto como um conjunto de práticas e processos, um método que propõe uma
nova abordagem aos problemas. Isto se relaciona à obtenção de informações, sua análise e as
consequentes soluções propostas a partir do conhecimento gerado.
Da mesma forma que um profissional do design enxerga de forma holística o mundo ao seu redor,
observando aspectos cognitivos, emocionais e estéticos que afetam as experiências humanas,
empreendedores e executivos de vendas precisam olhar seus desafios de forma mais ampla, num
contexto que inclui empatia, curiosidade, criatividade e colaboração, a fim de identificar problemas a
serem solucionados, bem como criar respostas verdadeiramente inovadoras para seus negócios.
O foco passa a ser a experiência do consumidor ou do público-alvo, na busca por respostas aos
problemas encontrados através do Design Thinking. E o grande diferencial deste método é que ele
parte da solução, do projeto, e não necessariamente de todos os parâmetros do problema, como é
comum no método científico.
4
A observação da vida humana gera insights quanto ao que as
pessoas querem ou precisam, e o desafio do Design Thinking é
responder criativamente a tais necessidades e desejos, prioritariamente
através de trabalho colaborativo que reúna profissionais de vendas e de
outras áreas da Organização.
A colaboração com o próprio consumidor na hora de criar projetos
e soluções é também uma característica dos “Design Thinkers”. Tim
Brown acredita que a próxima geração de designers trabalhará em
conjunto com o público, de forma que eventualmente o próprio
consumidor terá condições de pensar como designer, elaborando, ele
mesmo, projetos que melhorem sua experiência.
Como um profissional comprometido com a melhor entrega de
valor possível aos seus Clientes, você certamente acredita que ser
criativo e inovador são pontos essenciais para quem quer desenvolver
novos produtos e serviços de acordo com as expectativas de seus
clientes.
Sabendo que essas mesmas expectativas mudam a todo instante,
é necessário inovar e redesenhar seu negócio, acompanhando as
mudanças de comportamento, novos hábitos, gostos e preferências de
seus clientes. Isso, além de poder resolver seus problemas com
eficiência e solucionar de fato suas necessidades. Portanto, inovação é
quando uma ideia atende ao mercado e a viável financeiramente.
Dessa forma, Design Thinking nada mais é do que usar o modo de
pensar dos designers para solucionar problemas nas nossas vendas e
na nossa empresa no nosso dia-a-dia.
"Design Thinking pode ser descrito como uma disciplina que usa sensibilidade e
métodos do designer para corresponder às necessidades das pessoas, com o que é
tecnologica e economicamente viável, para gerar valor para o cliente e se tornar uma
boa oportunidade de mercado."
- Tim Brown, IDEO
"A maioria das pessoas comete o erro de pensar que Design Thinking é como as
coisas se parecem. As pessoas pensam que é este verniz – Algo como uma caixa que
é entregue aos designers, a quem pedimos “Faça ela parecer bonita com esse verniz”.
Isso não é o que pensamos que o Design Thinking é. Não é apenas com o que algo se
parece e como nos sentimos com ele. O design é como ele funciona! "
- Steve Jobs, APPLE
O Que Pensam Os Especialistas
Os Fundamentos do Design Thinking
O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
5
Características Fundamentais Dos
Processos de Design Thinking
Três características são fundamentais em processos de Design Thinking de sucesso:
1) Ele é centrado nas pessoas e permite que você desenvolva soluções baseadas no que as
pessoas de fato esperam e pensam;
2) Ele é colaborativo, ou seja, quanto mais profissionais estiverem envolvidos em todo o
processo de desenvolvimento das soluções melhor, porque muitas mentes juntas funcionam melhor;
E por último:
3) Ele é experimental e permite que as pessoas desenvolvam livremente suas ideias e avancem
com o melhor delas em direção à solução final.
5 O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
6
O processo de Design Thinking
começa com algum desafio
estratégico e essas
características fundamentais
evoluem em três momentos:
Ouvir primeiro, depois:
Criar e, em seguida:
Agir ou Implementar.
No meio desse processo
surgem os “Protótipos” sob a
forma mais comum de Objetos
Físicos, ou Story Boards (Vide
mais adiante) ou ainda,
Dramatizações feitas pelos
colaboradores.
Fase 1: Ouça
Traduzindo, para projetar soluções inovadoras você precisa entender os problemas, desejos e
expectativas do seu público-alvo, certo?
Nesta fase, os colaboradores devem definir, listar os problemas que envolvam seus clientes,
fornecedores, colaboradores, parceiros em geral, e até mesmo a comunidade na qual a Organização
está instalada.
Em seguida, deve-se reduzir essa lista a um único desafio, reescrevendo a lista original. Para
facilitar, comece com a frase “Como podemos” Exemplo: Como podemos aumentar nossas vendas
atuais (de determinado produto, categoria ou segmento) sem grandes investimentos.
Crie um espaço onde possam ser colocadas imagens, fotos, notas de pesquisas, comentários em
geral dos colaboradores sobre essa pesquisa. Reflita sobre o que já sabemos antes de sair a campo e
descreva aquilo que você e a sua equipe já sabem sobre o desafio e o que precisam saber
prioritariamente. Identifique claramente seu público ligado a este desafio.
No campo, observe de perto aqueles públicos que tem muito a ver com seu desafio, mas também
observe outros que não têm nada a ver com esse desafio. Por quê? Para despertar uma visão
diferenciada sobre o problema, ou uma abordagem diferenciada para solucioná-lo.
Algumas das muitas formas de aprender são as entrevistas individuais, entrevistas em grupo ou
simplesmente observações sobre as pessoas e como elas se comportam em determinadas situações.
Ao pesquisar, prepare um roteiro com perguntas abertas, tire fotos, faças anotações e
experiências em outros locais. Buscar contextos diferentes também pode trazer ideias interessantes.
Por exemplo, você já pensou que uma companhia aérea pode melhorar seu Check In observando
como ele é feito na recepção de um hotel?
Ouvir – Criar - Agir
O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
7
Fase 2: Crie
Utilize os dois hemisférios do cérebro do seu time - O lógico e o criativo, para criar soluções e convertê-
las em protótipos. Liste todas os insights, pois eles são propulsores para novas ideias. Formule
perguntas em torno desses insights, começando com “Como podemos”. Selecione até cinco perguntas
para a sessão de Ideação, ou criação de ideias, ou brainstorming.
Para essa geração de novas ideias a partir de um tema ser efetiva, utilize uma lousa, parede ou mesas
com vários papéis coloridos, coloque as perguntas e peça que os colaboradores coloquem suas ideias.
Depois, agrupe as semelhantes e selecione as mais promissoras. Tenha como limite até três ideias.
Na primeira fase da Ideação, foque na quantidade e não na qualidade das ideias: Quanto mais ideias,
mais chances de inovar. Também evite julgar algumas ideias como melhores que outras, suprimindo
qualquer uma delas nessa fase. Ao invés disso, encoraje ideias melhores. Também combine ideias,
pois elas podem ser adaptadas e transformadas em outras depois.
Transformar ideias em realidade construindo protótipos pode ser feito através de modelos físicos de um
produto, com um Story Board (a história de consumo pelo cliente contada por meio de fotos, imagens
em geral, desenhos ou textos), ou através de uma encenação da experiência emocional de compra e
uso, feita pela equipe de vendas atuando como consumidores.
Fase 3: Implemente
Na fase três, uma vez que você encontrou várias possíveis soluções, é hora de entender como torná-las
viáveis, agregando um modelo de receita. Pense em quanto e como os seus clientes pagarão pela sua
proposta de valor. Elaborar um modelo piloto é uma maneira de continuar aprendendo antes de uma
implementação completa.
Elabore um plano de ação, pois essa fase de implementação requer recursos como dinheiro, tempo e
pessoal.
Elabore também uma lista de tarefas, defina prazos e responsáveis e faça reuniões regulares informais
para acompanhamento e para compartilhar ideias.
Use o poder da criatividade a favor do seu negócio: Saia da zona de conforto e esteja aberto a
experimentar!
Ouvir – Criar – Agir (Continuação)
O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
8
Qualquer profissão ou atividade profissional, seja ela medicina, direito, engenharia ou vendas de alta
performance pode se beneficiar e alcançar melhores resultados, através do emprego de conceitos e
ferramentas de design.
Embora o design seja mais frequentemente usado para descrever um objeto ou resultado final, ele, em
sua forma mais eficaz é um processo, uma ação, um verbo e não um substantivo. Um protocolo para a
resolução de problemas e descoberta de novas oportunidades.
As técnicas e ferramentas podem ser diferentes e a eficácia de cada uma pode ser discutível, mas o
núcleo do processo permanece o mesmo.
Basicamente, Design Thinking aplicado à Área Comercial é composto por quatro etapas-chave:
1: Defina o Problema
Parece simples, mas muitas vezes eu, Ernesto, percebo que algumas empresas têm dificuldade em
definir precisamente qual é o problema a ser resolvido. A aplicação adequada do Design Thinking em
seu negócio requer uma equipe antenada, engajada e sempre disposta a descobrir, pesquisar e
destrinchar os problemas a serem resolvidos.
Nesta fase, é necessário discernir o que as pessoas realmente fazem, daquilo que sua equipe acha
que eles fazem. Pense fora da caixa e envolva-se no processo, produto e experiência de compra: Não
se muda a vida de ninguém com uma simples apresentação de PowerPoint.
O Design Thinking bem aplicado requer questionamentos constantes e implacáveis, como os de uma
criança pequena: Por quê? Por quê? Por quê? Até que, finalmente, as verdadeiras causas ou dores
são reveladas. Evite qualquer pré-julgamento para poder definir melhor a declaração do problema. O
que falamos pode ser muito diferente do que queremos dizer. As palavras certas são importantes. Por
exemplo, pode não ser "baixar nossos preços", mas "ajustar nossos preços à nossa entrega de valor",
ou “por que mexer nos preços? ”.
Design Thinking: Um Roteiro Simplificado
Para a Sua Área Comercial
O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
9
2: Crie considerando muitas Opções
Mesmo as equipes comerciais mais talentosas caem na armadilha de querer resolver um problema da
mesma forma todas as vezes. Ou de generalizar os problemas e agrupá-los, como se fossem, de fato,
semelhantes. Especialmente quando há bons resultados e o tempo é curto. Design Thinking requer
atenção ao fato de que, não importa o quão óbvia a solução possa parecer, muitas soluções são
criadas por mera suposição.
O Design Thinking sugere que as melhores respostas acontecem quando 5 pessoas trabalham
debruçadas na solução de um problema por um dia, do que uma pessoa durante cinco dias. Designers
têm uma vantagem no uso de suas ferramentas tridimensionais para demonstrar soluções e novas
ideias, pois essas ferramentas são, quase sempre, muito mais eficazes para demonstrar o que se
entende, do que suas palavras.
3: Quantidade antes da Qualidade
Um punhado de possíveis resultados promissores precisam ser abraçados e alimentados. Cuidado com
os assassinos de boas ideias. Mesmo a mais forte dentre as novas ideias pode ser frágil na sua
infância. Para praticar o Design Thinking, promova a criação dentro de um ambiente propício ao
surgimento de ideias, experimentação, tolerância a erros, e cooperação, a fim de se alcançar o sucesso
a partir do esforço comum.
Nesta fase, muitas vezes, algumas opções terão de ser combinadas e ideias menores incluídas. Por
tudo isso, as etapas 2 e 3 podem ser repetidas até que as respostas mais adequadas apareçam.
4: Escolhida a ideia vencedora, parta para a Ação
Neste ponto da estrada, uma distância suficiente já foi percorrida para se garantir o sucesso. É o
momento de comprometer recursos para alcançar os primeiros objetivos. Protótipos de soluções são
criados e os testes tornam-se mais críticos e intensos. No final desse estágio, estará resolvido o
problema ou novas possibilidades são totalmente descobertas.
Design Thinking: Um Roteiro Simplificado
Para a Sua Área Comercial ( Continuação)
O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
10
Olá, aqui é o Ernesto. Espero que tenha gostado deste E-Book.
Agora, clique sobre o vídeo e assista às sacadas que preparei para
você sobre outro Super Tema. Ao final, deixe seu gostei/ não gostei,
inscreva-se em nosso Canal no Youtube e em nossa Academia VAP!
de Vendas de Alta Performance e receba conteúdos gratuitos toda
semana.
Boas Vendas!
Um Diferencial de Competitividade Extraordinário!
Conclusão: Design Thinking Traduz-se
Em Inovação Centrada no Ser Humano
Clique Para Falar Com o Ernesto
A inovação como diferencial estratégico para sua empresa e para sua equipe comercial é aquela
centrada no ser humano. Ela começa com uma compreensão precisa das necessidades não
satisfeitas ou não identificadas em seus clientes ou consumidores. É aí que reside uma das fontes
mais seguras de novas ideias que têm verdadeira vantagem competitiva e, consequentemente,
margens de lucratividade mais altas.
Design Thinking minimiza a incerteza e o risco presentes na inovação, envolvendo clientes ou
usuários através de uma série de protótipos para aprender, testar e refinar conceitos.
Desenvolver Design Thinking desperta novas capacidades em sua organização: Aprender fazendo;
Aprender a usar um conjunto de ferramentas de designers e artistas para inovar constantemente;
Descobrir como se conectar mais profundamente com os clientes para descobrir oportunidades de
inovação; Romper barreiras que mantiveram a equipe comercial presa a resultados insatisfatórios.
Além disso, o Design Thinking serve para desenvolver novas competências como: Geração de
ideias; Melhor pensamento crítico; Maior agilidade e precisão na solução de problemas e
prototipagem mais rápida.
11
Palestrante e Coach de estilo simples,
carismático e com métodos eficazes em
seus trabalhos por todo o Brasil.
Quem é o Ernesto
Métodos com resultados comprovados
em diversas Organizações:
Multinacionais e PMEs que querem se
tornar Líderes.
FALE CONOSCO
Rua Marília de Dirceu, 215 São Paulo-SP
Tel.: 11-5034.8632 ou Direto: 11-96266.1900
www.vendasdealtaperformance.com.br
Por Que o Ernesto
Milhares de Profissionais Atendidos
em Diversas Organizações pelo Brasil

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Aula 05 gestão da qualidade iv causa e efeito
Aula 05   gestão da qualidade iv causa e efeitoAula 05   gestão da qualidade iv causa e efeito
Aula 05 gestão da qualidade iv causa e efeito
joaofelipeafilhado
 
Organização do trabalho
Organização do trabalhoOrganização do trabalho
Organização do trabalho
Marcelo Vianello
 
Código de conduta ética
Código de conduta éticaCódigo de conduta ética
Código de conduta ética
Gilson Betta Sevilha
 
Organizaçao pessoal e gestao de tempo
Organizaçao pessoal e gestao de tempoOrganizaçao pessoal e gestao de tempo
Organizaçao pessoal e gestao de tempo
Millor Machado
 
Missão, visão e valores - conceitos
Missão, visão e valores - conceitosMissão, visão e valores - conceitos
Missão, visão e valores - conceitos
Robson Costa
 
Marketing Pessoal e Planejamento de Carreira
Marketing Pessoal e Planejamento de CarreiraMarketing Pessoal e Planejamento de Carreira
Marketing Pessoal e Planejamento de Carreira
Miguel Mazzoni
 
Aula - Linguagem no ambiente de trabalho.pptx
Aula - Linguagem no ambiente de trabalho.pptxAula - Linguagem no ambiente de trabalho.pptx
Aula - Linguagem no ambiente de trabalho.pptx
Universidade Estadual de Maringá - UEM
 
Negociação
NegociaçãoNegociação
Negociação
pedrot13
 
Fundamentos da Administração
Fundamentos da AdministraçãoFundamentos da Administração
Fundamentos da Administração
alemartins10
 
Gestão do Tempo
Gestão do TempoGestão do Tempo
Gestão do Tempo
Antonino Silva
 
Indicadores de Desempenho - Ferramenta da Qualidade
Indicadores de Desempenho - Ferramenta da QualidadeIndicadores de Desempenho - Ferramenta da Qualidade
Indicadores de Desempenho - Ferramenta da Qualidade
Ideia Consultoria
 
Empregado e empregador.
Empregado e empregador.Empregado e empregador.
Empregado e empregador.
elisabatista7
 
Ética no cotidiano profissional
Ética no cotidiano profissionalÉtica no cotidiano profissional
Ética no cotidiano profissional
Docente Ilen Marzocca
 
Melhorando a comunicação no ambiente de trabalho
Melhorando a comunicação no ambiente de trabalhoMelhorando a comunicação no ambiente de trabalho
Melhorando a comunicação no ambiente de trabalho
Denise Varela
 
Mercado de trabalho na área de administração
Mercado de trabalho na área de administraçãoMercado de trabalho na área de administração
Mercado de trabalho na área de administração
Eduarte Oliveira
 
Administração de tempo
Administração de tempoAdministração de tempo
Administração de tempo
Ernandes Rodrigues Do Nascimento
 
Funil de Vendas - Como Funciona o Funil de Vendas Completo
Funil de Vendas - Como Funciona o Funil de Vendas CompletoFunil de Vendas - Como Funciona o Funil de Vendas Completo
Funil de Vendas - Como Funciona o Funil de Vendas Completo
Segredos da Audiência
 
Avaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho pptAvaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho ppt
Estevam Pires
 
Netiqueta
Netiqueta Netiqueta
Netiqueta
Sandra Duarte
 
Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01
Milton Henrique do Couto Neto
 

Mais procurados (20)

Aula 05 gestão da qualidade iv causa e efeito
Aula 05   gestão da qualidade iv causa e efeitoAula 05   gestão da qualidade iv causa e efeito
Aula 05 gestão da qualidade iv causa e efeito
 
Organização do trabalho
Organização do trabalhoOrganização do trabalho
Organização do trabalho
 
Código de conduta ética
Código de conduta éticaCódigo de conduta ética
Código de conduta ética
 
Organizaçao pessoal e gestao de tempo
Organizaçao pessoal e gestao de tempoOrganizaçao pessoal e gestao de tempo
Organizaçao pessoal e gestao de tempo
 
Missão, visão e valores - conceitos
Missão, visão e valores - conceitosMissão, visão e valores - conceitos
Missão, visão e valores - conceitos
 
Marketing Pessoal e Planejamento de Carreira
Marketing Pessoal e Planejamento de CarreiraMarketing Pessoal e Planejamento de Carreira
Marketing Pessoal e Planejamento de Carreira
 
Aula - Linguagem no ambiente de trabalho.pptx
Aula - Linguagem no ambiente de trabalho.pptxAula - Linguagem no ambiente de trabalho.pptx
Aula - Linguagem no ambiente de trabalho.pptx
 
Negociação
NegociaçãoNegociação
Negociação
 
Fundamentos da Administração
Fundamentos da AdministraçãoFundamentos da Administração
Fundamentos da Administração
 
Gestão do Tempo
Gestão do TempoGestão do Tempo
Gestão do Tempo
 
Indicadores de Desempenho - Ferramenta da Qualidade
Indicadores de Desempenho - Ferramenta da QualidadeIndicadores de Desempenho - Ferramenta da Qualidade
Indicadores de Desempenho - Ferramenta da Qualidade
 
Empregado e empregador.
Empregado e empregador.Empregado e empregador.
Empregado e empregador.
 
Ética no cotidiano profissional
Ética no cotidiano profissionalÉtica no cotidiano profissional
Ética no cotidiano profissional
 
Melhorando a comunicação no ambiente de trabalho
Melhorando a comunicação no ambiente de trabalhoMelhorando a comunicação no ambiente de trabalho
Melhorando a comunicação no ambiente de trabalho
 
Mercado de trabalho na área de administração
Mercado de trabalho na área de administraçãoMercado de trabalho na área de administração
Mercado de trabalho na área de administração
 
Administração de tempo
Administração de tempoAdministração de tempo
Administração de tempo
 
Funil de Vendas - Como Funciona o Funil de Vendas Completo
Funil de Vendas - Como Funciona o Funil de Vendas CompletoFunil de Vendas - Como Funciona o Funil de Vendas Completo
Funil de Vendas - Como Funciona o Funil de Vendas Completo
 
Avaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho pptAvaliação de desempenho ppt
Avaliação de desempenho ppt
 
Netiqueta
Netiqueta Netiqueta
Netiqueta
 
Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01Processo administrativo 2012_01
Processo administrativo 2012_01
 

Destaque

Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
Géssica Bastos
 
mazars-rep
mazars-repmazars-rep
mazars-rep
futurecurio
 
گلہوبل وارمنگ
گلہوبل وارمنگگلہوبل وارمنگ
گلہوبل وارمنگ
Ruqaiya Shaikh
 
Ansiedade e Espiritualidade
Ansiedade e EspiritualidadeAnsiedade e Espiritualidade
Ansiedade e Espiritualidade
CEENA_SS
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo II - Vinde a Mim...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo II - Vinde a Mim...Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo II - Vinde a Mim...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo II - Vinde a Mim...
Cynthia Castro
 
Excel 2016
Excel 2016Excel 2016
Excel 2016
David Jimenez
 
RT50 specs report
RT50 specs reportRT50 specs report
RT50 specs report
argee martinez
 
Dwr explanation
Dwr explanationDwr explanation
Dwr explanation
Arun Maharana
 
书目用RDF词表和本体概况:以CNMARC转关联数据为目标
书目用RDF词表和本体概况:以CNMARC转关联数据为目标书目用RDF词表和本体概况:以CNMARC转关联数据为目标
书目用RDF词表和本体概况:以CNMARC转关联数据为目标
catwizard
 
Marea
MareaMarea
Marea
cnsg1552
 
Perfil psicológico de una película mi nombre es kham
Perfil psicológico de una película mi nombre es khamPerfil psicológico de una película mi nombre es kham
Perfil psicológico de una película mi nombre es kham
lucia Quispe Ormeño
 
How governance drives your information and security architecture
How governance drives your information and security architectureHow governance drives your information and security architecture
How governance drives your information and security architecture
Randy Williams
 
Shanghai Conservatory of Music Booklet
Shanghai Conservatory of Music BookletShanghai Conservatory of Music Booklet
Shanghai Conservatory of Music Booklet
Lim Teik Chuan
 
Urbanization in Asia
Urbanization in AsiaUrbanization in Asia
Urbanization in Asia
Jorge Carrillo
 
Arquitetura ARM - Raspberry Pi
Arquitetura ARM - Raspberry PiArquitetura ARM - Raspberry Pi
Arquitetura ARM - Raspberry Pi
Juliane Silva
 
Apresentação Fundação Lar de Eurípedes (Sacramento-MG, 2007)
Apresentação Fundação Lar de Eurípedes (Sacramento-MG, 2007)Apresentação Fundação Lar de Eurípedes (Sacramento-MG, 2007)
Apresentação Fundação Lar de Eurípedes (Sacramento-MG, 2007)
cak_sacramento
 
O valor do tempo
O valor do tempoO valor do tempo
O valor do tempo
grupodepaisceb
 
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Marcio Augusto Guariente
 
مفهوم تاب آوری و کاربرد آن در مباحث تغییرات اقلیمی شهری
مفهوم  تاب آوری  و کاربرد آن در مباحث تغییرات اقلیمی شهریمفهوم  تاب آوری  و کاربرد آن در مباحث تغییرات اقلیمی شهری
مفهوم تاب آوری و کاربرد آن در مباحث تغییرات اقلیمی شهری
Hosseinieh Ershad Public Library
 

Destaque (19)

Sustentabilidade
SustentabilidadeSustentabilidade
Sustentabilidade
 
mazars-rep
mazars-repmazars-rep
mazars-rep
 
گلہوبل وارمنگ
گلہوبل وارمنگگلہوبل وارمنگ
گلہوبل وارمنگ
 
Ansiedade e Espiritualidade
Ansiedade e EspiritualidadeAnsiedade e Espiritualidade
Ansiedade e Espiritualidade
 
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo II - Vinde a Mim...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo II - Vinde a Mim...Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo II - Vinde a Mim...
Seminário Memórias de Um Suicida - Terceira Parte - Capítulo II - Vinde a Mim...
 
Excel 2016
Excel 2016Excel 2016
Excel 2016
 
RT50 specs report
RT50 specs reportRT50 specs report
RT50 specs report
 
Dwr explanation
Dwr explanationDwr explanation
Dwr explanation
 
书目用RDF词表和本体概况:以CNMARC转关联数据为目标
书目用RDF词表和本体概况:以CNMARC转关联数据为目标书目用RDF词表和本体概况:以CNMARC转关联数据为目标
书目用RDF词表和本体概况:以CNMARC转关联数据为目标
 
Marea
MareaMarea
Marea
 
Perfil psicológico de una película mi nombre es kham
Perfil psicológico de una película mi nombre es khamPerfil psicológico de una película mi nombre es kham
Perfil psicológico de una película mi nombre es kham
 
How governance drives your information and security architecture
How governance drives your information and security architectureHow governance drives your information and security architecture
How governance drives your information and security architecture
 
Shanghai Conservatory of Music Booklet
Shanghai Conservatory of Music BookletShanghai Conservatory of Music Booklet
Shanghai Conservatory of Music Booklet
 
Urbanization in Asia
Urbanization in AsiaUrbanization in Asia
Urbanization in Asia
 
Arquitetura ARM - Raspberry Pi
Arquitetura ARM - Raspberry PiArquitetura ARM - Raspberry Pi
Arquitetura ARM - Raspberry Pi
 
Apresentação Fundação Lar de Eurípedes (Sacramento-MG, 2007)
Apresentação Fundação Lar de Eurípedes (Sacramento-MG, 2007)Apresentação Fundação Lar de Eurípedes (Sacramento-MG, 2007)
Apresentação Fundação Lar de Eurípedes (Sacramento-MG, 2007)
 
O valor do tempo
O valor do tempoO valor do tempo
O valor do tempo
 
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2Palestra depressão  uma visão espírita - palestra resumida2
Palestra depressão uma visão espírita - palestra resumida2
 
مفهوم تاب آوری و کاربرد آن در مباحث تغییرات اقلیمی شهری
مفهوم  تاب آوری  و کاربرد آن در مباحث تغییرات اقلیمی شهریمفهوم  تاب آوری  و کاربرد آن در مباحث تغییرات اقلیمی شهری
مفهوم تاب آوری و کاربرد آن در مباحث تغییرات اقلیمی شهری
 

Semelhante a E- book 6 - Design Thinking em Vendas

Inovação 100 limites
Inovação 100 limitesInovação 100 limites
Inovação 100 limites
Agatha Garibe
 
Design Thinking para Empreendedores
Design Thinking para EmpreendedoresDesign Thinking para Empreendedores
Design Thinking para Empreendedores
Marcelo Guerra
 
Startup Sorocaba: Design Thinking para Startups
Startup Sorocaba: Design Thinking para StartupsStartup Sorocaba: Design Thinking para Startups
Startup Sorocaba: Design Thinking para Startups
Startup Sorocaba
 
O que e design thinking e como e usado
O que e design thinking e como e usadoO que e design thinking e como e usado
O que e design thinking e como e usado
Luiz Alberto Alberto
 
Guia modelagem-negocios
Guia modelagem-negociosGuia modelagem-negocios
Guia modelagem-negocios
Pedro de Oliveira
 
Weme School | Design Thinking
Weme School | Design ThinkingWeme School | Design Thinking
Weme School | Design Thinking
Fernanda Bisso
 
Como criar um MVP de alto impacto
Como criar um MVP de alto impactoComo criar um MVP de alto impacto
Como criar um MVP de alto impacto
Natali Garcia
 
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
Jefferson Affonso - PMP®, ITIL®, MCTS®, MBA
 
Design thinkingl
Design thinkinglDesign thinkingl
Design thinkingl
Nuno Tasso de Figueiredo
 
Artigo designthinking
Artigo designthinkingArtigo designthinking
Artigo designthinking
Gustavo de Boer
 
Design thinking: uma nova abordagem para inovação
Design thinking: uma nova abordagem para inovaçãoDesign thinking: uma nova abordagem para inovação
Design thinking: uma nova abordagem para inovação
Luiz Bonini
 
A metodologia do design thinking passo a passo
A metodologia do design thinking passo a passoA metodologia do design thinking passo a passo
A metodologia do design thinking passo a passo
Eliel Duarte
 
Google Design Sprint
Google Design SprintGoogle Design Sprint
Google Design Sprint
Pedro Prá
 
Me analise oportunidades
Me analise oportunidadesMe analise oportunidades
Me analise oportunidades
André França
 
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdfDesign Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Valter6
 
Design thinking - Oficina COALTI 2015
Design thinking   - Oficina COALTI 2015Design thinking   - Oficina COALTI 2015
Design thinking - Oficina COALTI 2015
Débora Brauhardt
 
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design SprintUI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
UI Lab
 
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do DesignSão Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
Coletivo Mola
 
Ideação na Prática
Ideação na PráticaIdeação na Prática
Ideação na Prática
globantbr
 
Inovação e Criatividade
Inovação e CriatividadeInovação e Criatividade
Inovação e Criatividade
Andrea Costa
 

Semelhante a E- book 6 - Design Thinking em Vendas (20)

Inovação 100 limites
Inovação 100 limitesInovação 100 limites
Inovação 100 limites
 
Design Thinking para Empreendedores
Design Thinking para EmpreendedoresDesign Thinking para Empreendedores
Design Thinking para Empreendedores
 
Startup Sorocaba: Design Thinking para Startups
Startup Sorocaba: Design Thinking para StartupsStartup Sorocaba: Design Thinking para Startups
Startup Sorocaba: Design Thinking para Startups
 
O que e design thinking e como e usado
O que e design thinking e como e usadoO que e design thinking e como e usado
O que e design thinking e como e usado
 
Guia modelagem-negocios
Guia modelagem-negociosGuia modelagem-negocios
Guia modelagem-negocios
 
Weme School | Design Thinking
Weme School | Design ThinkingWeme School | Design Thinking
Weme School | Design Thinking
 
Como criar um MVP de alto impacto
Como criar um MVP de alto impactoComo criar um MVP de alto impacto
Como criar um MVP de alto impacto
 
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
GP4US - Inovação e criatividade através do Design Thinking: Em busca de novas...
 
Design thinkingl
Design thinkinglDesign thinkingl
Design thinkingl
 
Artigo designthinking
Artigo designthinkingArtigo designthinking
Artigo designthinking
 
Design thinking: uma nova abordagem para inovação
Design thinking: uma nova abordagem para inovaçãoDesign thinking: uma nova abordagem para inovação
Design thinking: uma nova abordagem para inovação
 
A metodologia do design thinking passo a passo
A metodologia do design thinking passo a passoA metodologia do design thinking passo a passo
A metodologia do design thinking passo a passo
 
Google Design Sprint
Google Design SprintGoogle Design Sprint
Google Design Sprint
 
Me analise oportunidades
Me analise oportunidadesMe analise oportunidades
Me analise oportunidades
 
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdfDesign Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
Design Thinking - a inovação criativa e colaborativa.pdf
 
Design thinking - Oficina COALTI 2015
Design thinking   - Oficina COALTI 2015Design thinking   - Oficina COALTI 2015
Design thinking - Oficina COALTI 2015
 
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design SprintUI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
UI Lab Experience - Como Utilizar a Metodologia Google Design Sprint
 
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do DesignSão Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
São Paulo Tech Week - Melhorando o Mundo Através do Design
 
Ideação na Prática
Ideação na PráticaIdeação na Prática
Ideação na Prática
 
Inovação e Criatividade
Inovação e CriatividadeInovação e Criatividade
Inovação e Criatividade
 

Mais de Ernesto Costa Santos

Modelos Mentais de Sucesso
Modelos Mentais de SucessoModelos Mentais de Sucesso
Modelos Mentais de Sucesso
Ernesto Costa Santos
 
Fiesp Megatendências 2020-2030
Fiesp Megatendências 2020-2030Fiesp Megatendências 2020-2030
Fiesp Megatendências 2020-2030
Ernesto Costa Santos
 
Capacitação da Força de Vendas
Capacitação da Força de VendasCapacitação da Força de Vendas
Capacitação da Força de Vendas
Ernesto Costa Santos
 
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
Ernesto Costa Santos
 
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
Ernesto Costa Santos
 
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 4
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 4Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 4
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 4
Ernesto Costa Santos
 
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 3
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 3Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 3
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 3
Ernesto Costa Santos
 
Ferramentas Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance 1 e 2
Ferramentas  Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance 1 e 2Ferramentas  Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance 1 e 2
Ferramentas Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance 1 e 2
Ernesto Costa Santos
 
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 2
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 2Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 2
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 2
Ernesto Costa Santos
 
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 1
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 1Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 1
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 1
Ernesto Costa Santos
 
Os 4 Melhores Métodos de Vendas
Os 4 Melhores Métodos de VendasOs 4 Melhores Métodos de Vendas
Os 4 Melhores Métodos de Vendas
Ernesto Costa Santos
 
Remuneração da Força de Vendas
Remuneração da Força de VendasRemuneração da Força de Vendas
Remuneração da Força de Vendas
Ernesto Costa Santos
 
Visao Cliente - Negócios de Alta Performance
Visao Cliente - Negócios de Alta PerformanceVisao Cliente - Negócios de Alta Performance
Visao Cliente - Negócios de Alta Performance
Ernesto Costa Santos
 
Conteúdo de projeto de consultoria vap! vendas de alta performance
Conteúdo de projeto de consultoria   vap! vendas de alta performanceConteúdo de projeto de consultoria   vap! vendas de alta performance
Conteúdo de projeto de consultoria vap! vendas de alta performance
Ernesto Costa Santos
 
Vap! Amostra de Slides
Vap! Amostra de SlidesVap! Amostra de Slides
Vap! Amostra de Slides
Ernesto Costa Santos
 
Treinamento de líderes estratégia do oceano azul
Treinamento de líderes estratégia do oceano azulTreinamento de líderes estratégia do oceano azul
Treinamento de líderes estratégia do oceano azul
Ernesto Costa Santos
 
Pipeline de vendas de alta performance
Pipeline de vendas de alta performancePipeline de vendas de alta performance
Pipeline de vendas de alta performance
Ernesto Costa Santos
 
Metodologia de gestão comercial de alta performance
Metodologia de gestão comercial de alta performanceMetodologia de gestão comercial de alta performance
Metodologia de gestão comercial de alta performance
Ernesto Costa Santos
 
O cenário negocial e a metodologia dos 7 a´s ®
O cenário negocial e a metodologia dos 7 a´s ®O cenário negocial e a metodologia dos 7 a´s ®
O cenário negocial e a metodologia dos 7 a´s ®
Ernesto Costa Santos
 
Utilização de Agentes de Alta Performance na Multiplicação do Conhecimento
Utilização de Agentes de Alta Performance na Multiplicação do ConhecimentoUtilização de Agentes de Alta Performance na Multiplicação do Conhecimento
Utilização de Agentes de Alta Performance na Multiplicação do Conhecimento
Ernesto Costa Santos
 

Mais de Ernesto Costa Santos (20)

Modelos Mentais de Sucesso
Modelos Mentais de SucessoModelos Mentais de Sucesso
Modelos Mentais de Sucesso
 
Fiesp Megatendências 2020-2030
Fiesp Megatendências 2020-2030Fiesp Megatendências 2020-2030
Fiesp Megatendências 2020-2030
 
Capacitação da Força de Vendas
Capacitação da Força de VendasCapacitação da Força de Vendas
Capacitação da Força de Vendas
 
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
 
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
E-Book 9 - Utilização de Vendedores de Alta Performance na Multiplicação do C...
 
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 4
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 4Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 4
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 4
 
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 3
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 3Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 3
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 3
 
Ferramentas Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance 1 e 2
Ferramentas  Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance 1 e 2Ferramentas  Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance 1 e 2
Ferramentas Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance 1 e 2
 
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 2
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 2Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 2
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 2
 
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 1
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 1Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 1
Master Class de Coaching de Vendas de Alta Performance - Aula 1
 
Os 4 Melhores Métodos de Vendas
Os 4 Melhores Métodos de VendasOs 4 Melhores Métodos de Vendas
Os 4 Melhores Métodos de Vendas
 
Remuneração da Força de Vendas
Remuneração da Força de VendasRemuneração da Força de Vendas
Remuneração da Força de Vendas
 
Visao Cliente - Negócios de Alta Performance
Visao Cliente - Negócios de Alta PerformanceVisao Cliente - Negócios de Alta Performance
Visao Cliente - Negócios de Alta Performance
 
Conteúdo de projeto de consultoria vap! vendas de alta performance
Conteúdo de projeto de consultoria   vap! vendas de alta performanceConteúdo de projeto de consultoria   vap! vendas de alta performance
Conteúdo de projeto de consultoria vap! vendas de alta performance
 
Vap! Amostra de Slides
Vap! Amostra de SlidesVap! Amostra de Slides
Vap! Amostra de Slides
 
Treinamento de líderes estratégia do oceano azul
Treinamento de líderes estratégia do oceano azulTreinamento de líderes estratégia do oceano azul
Treinamento de líderes estratégia do oceano azul
 
Pipeline de vendas de alta performance
Pipeline de vendas de alta performancePipeline de vendas de alta performance
Pipeline de vendas de alta performance
 
Metodologia de gestão comercial de alta performance
Metodologia de gestão comercial de alta performanceMetodologia de gestão comercial de alta performance
Metodologia de gestão comercial de alta performance
 
O cenário negocial e a metodologia dos 7 a´s ®
O cenário negocial e a metodologia dos 7 a´s ®O cenário negocial e a metodologia dos 7 a´s ®
O cenário negocial e a metodologia dos 7 a´s ®
 
Utilização de Agentes de Alta Performance na Multiplicação do Conhecimento
Utilização de Agentes de Alta Performance na Multiplicação do ConhecimentoUtilização de Agentes de Alta Performance na Multiplicação do Conhecimento
Utilização de Agentes de Alta Performance na Multiplicação do Conhecimento
 

E- book 6 - Design Thinking em Vendas

  • 1. Uma Cortesia da Sua Academia VAP! O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas Elaborado por Ernesto Costa Santos
  • 2. Conteúdo Title of the book 2 3 4 4 5 6 8 10 11 Entenda Melhor o Poder do Design Thinking................ Fundamentos do Design Thinking................................. Design Thinking Segundo os Especialistas……………. Características dos Processos de Design Thinking........... Ouvir / Criar / Agir........................................................... Um Roteiro Simplificado para a Área Comercial............ Conclusões – Como Implementar.................................. Referências/ Fale Conosco............................................
  • 3. 3 O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas Entenda Melhor o Poder do Design Thinking (Pensar como os Designers) Design Thinking é uma metodologia utilizada por designers para resolver desafios mais complexos e encontrar soluções desejáveis ​​para seus clientes. Portanto, ela não é focada no problema, mas sim na solução e na ação orientada à solução desejada. O uso sistematizado e eficaz do Design Thinking numa Organização e, em especial, na sua área comercial, se baseia tanto na imaginação e intuição, como na lógica e no raciocínio sistêmico, para criar os resultados desejados para seus clientes. Quando esses princípios de design são devidamente incorporados à estratégia e aos processos em geral, a taxa de sucesso para a inovação melhora drasticamente. Foi o que aconteceu com empresas como a Apple, Coca-Cola, IBM, Nike, Procter & Gamble e Whirlpool. Devido à essa mesma taxa de sucesso nas empresas que o utilizam, o design evoluiu para além da criação de objetos. Organizações agora querem aprender a pensar como os designers, e aplicar os princípios de design para o próprio local de trabalho. Assim, o Design Thinking se apresenta como o cerne do desenvolvimento de uma estratégia eficaz de mudança organizacional. O termo existia anteriormente, mas foi popularizado por Tim Brown, CEO da IDEO, notável empresa norte americana especializada em design. Na visão dele, todos deveriam pensar como designers, ainda que não sejam especialistas nessa área, para conquistar um nível de inovação radical nas empresas e na vida. Exageros à parte, já pensou o quanto essa mentalidade é importante numa área comercial? O Design Thinking descreve um processo repetitivo (sistematizável e escalável), empregando técnicas originais e criativas que produzem resultados que normalmente superam as expectativas iniciais. Esses resultados extraordinários o tornam uma metodologia tão atraente, dinâmica e importante para as empresas nos dias de hoje. Design Thinking é visto como um conjunto de práticas e processos, um método que propõe uma nova abordagem aos problemas. Isto se relaciona à obtenção de informações, sua análise e as consequentes soluções propostas a partir do conhecimento gerado. Da mesma forma que um profissional do design enxerga de forma holística o mundo ao seu redor, observando aspectos cognitivos, emocionais e estéticos que afetam as experiências humanas, empreendedores e executivos de vendas precisam olhar seus desafios de forma mais ampla, num contexto que inclui empatia, curiosidade, criatividade e colaboração, a fim de identificar problemas a serem solucionados, bem como criar respostas verdadeiramente inovadoras para seus negócios. O foco passa a ser a experiência do consumidor ou do público-alvo, na busca por respostas aos problemas encontrados através do Design Thinking. E o grande diferencial deste método é que ele parte da solução, do projeto, e não necessariamente de todos os parâmetros do problema, como é comum no método científico.
  • 4. 4 A observação da vida humana gera insights quanto ao que as pessoas querem ou precisam, e o desafio do Design Thinking é responder criativamente a tais necessidades e desejos, prioritariamente através de trabalho colaborativo que reúna profissionais de vendas e de outras áreas da Organização. A colaboração com o próprio consumidor na hora de criar projetos e soluções é também uma característica dos “Design Thinkers”. Tim Brown acredita que a próxima geração de designers trabalhará em conjunto com o público, de forma que eventualmente o próprio consumidor terá condições de pensar como designer, elaborando, ele mesmo, projetos que melhorem sua experiência. Como um profissional comprometido com a melhor entrega de valor possível aos seus Clientes, você certamente acredita que ser criativo e inovador são pontos essenciais para quem quer desenvolver novos produtos e serviços de acordo com as expectativas de seus clientes. Sabendo que essas mesmas expectativas mudam a todo instante, é necessário inovar e redesenhar seu negócio, acompanhando as mudanças de comportamento, novos hábitos, gostos e preferências de seus clientes. Isso, além de poder resolver seus problemas com eficiência e solucionar de fato suas necessidades. Portanto, inovação é quando uma ideia atende ao mercado e a viável financeiramente. Dessa forma, Design Thinking nada mais é do que usar o modo de pensar dos designers para solucionar problemas nas nossas vendas e na nossa empresa no nosso dia-a-dia. "Design Thinking pode ser descrito como uma disciplina que usa sensibilidade e métodos do designer para corresponder às necessidades das pessoas, com o que é tecnologica e economicamente viável, para gerar valor para o cliente e se tornar uma boa oportunidade de mercado." - Tim Brown, IDEO "A maioria das pessoas comete o erro de pensar que Design Thinking é como as coisas se parecem. As pessoas pensam que é este verniz – Algo como uma caixa que é entregue aos designers, a quem pedimos “Faça ela parecer bonita com esse verniz”. Isso não é o que pensamos que o Design Thinking é. Não é apenas com o que algo se parece e como nos sentimos com ele. O design é como ele funciona! " - Steve Jobs, APPLE O Que Pensam Os Especialistas Os Fundamentos do Design Thinking O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
  • 5. 5 Características Fundamentais Dos Processos de Design Thinking Três características são fundamentais em processos de Design Thinking de sucesso: 1) Ele é centrado nas pessoas e permite que você desenvolva soluções baseadas no que as pessoas de fato esperam e pensam; 2) Ele é colaborativo, ou seja, quanto mais profissionais estiverem envolvidos em todo o processo de desenvolvimento das soluções melhor, porque muitas mentes juntas funcionam melhor; E por último: 3) Ele é experimental e permite que as pessoas desenvolvam livremente suas ideias e avancem com o melhor delas em direção à solução final. 5 O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
  • 6. 6 O processo de Design Thinking começa com algum desafio estratégico e essas características fundamentais evoluem em três momentos: Ouvir primeiro, depois: Criar e, em seguida: Agir ou Implementar. No meio desse processo surgem os “Protótipos” sob a forma mais comum de Objetos Físicos, ou Story Boards (Vide mais adiante) ou ainda, Dramatizações feitas pelos colaboradores. Fase 1: Ouça Traduzindo, para projetar soluções inovadoras você precisa entender os problemas, desejos e expectativas do seu público-alvo, certo? Nesta fase, os colaboradores devem definir, listar os problemas que envolvam seus clientes, fornecedores, colaboradores, parceiros em geral, e até mesmo a comunidade na qual a Organização está instalada. Em seguida, deve-se reduzir essa lista a um único desafio, reescrevendo a lista original. Para facilitar, comece com a frase “Como podemos” Exemplo: Como podemos aumentar nossas vendas atuais (de determinado produto, categoria ou segmento) sem grandes investimentos. Crie um espaço onde possam ser colocadas imagens, fotos, notas de pesquisas, comentários em geral dos colaboradores sobre essa pesquisa. Reflita sobre o que já sabemos antes de sair a campo e descreva aquilo que você e a sua equipe já sabem sobre o desafio e o que precisam saber prioritariamente. Identifique claramente seu público ligado a este desafio. No campo, observe de perto aqueles públicos que tem muito a ver com seu desafio, mas também observe outros que não têm nada a ver com esse desafio. Por quê? Para despertar uma visão diferenciada sobre o problema, ou uma abordagem diferenciada para solucioná-lo. Algumas das muitas formas de aprender são as entrevistas individuais, entrevistas em grupo ou simplesmente observações sobre as pessoas e como elas se comportam em determinadas situações. Ao pesquisar, prepare um roteiro com perguntas abertas, tire fotos, faças anotações e experiências em outros locais. Buscar contextos diferentes também pode trazer ideias interessantes. Por exemplo, você já pensou que uma companhia aérea pode melhorar seu Check In observando como ele é feito na recepção de um hotel? Ouvir – Criar - Agir O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
  • 7. 7 Fase 2: Crie Utilize os dois hemisférios do cérebro do seu time - O lógico e o criativo, para criar soluções e convertê- las em protótipos. Liste todas os insights, pois eles são propulsores para novas ideias. Formule perguntas em torno desses insights, começando com “Como podemos”. Selecione até cinco perguntas para a sessão de Ideação, ou criação de ideias, ou brainstorming. Para essa geração de novas ideias a partir de um tema ser efetiva, utilize uma lousa, parede ou mesas com vários papéis coloridos, coloque as perguntas e peça que os colaboradores coloquem suas ideias. Depois, agrupe as semelhantes e selecione as mais promissoras. Tenha como limite até três ideias. Na primeira fase da Ideação, foque na quantidade e não na qualidade das ideias: Quanto mais ideias, mais chances de inovar. Também evite julgar algumas ideias como melhores que outras, suprimindo qualquer uma delas nessa fase. Ao invés disso, encoraje ideias melhores. Também combine ideias, pois elas podem ser adaptadas e transformadas em outras depois. Transformar ideias em realidade construindo protótipos pode ser feito através de modelos físicos de um produto, com um Story Board (a história de consumo pelo cliente contada por meio de fotos, imagens em geral, desenhos ou textos), ou através de uma encenação da experiência emocional de compra e uso, feita pela equipe de vendas atuando como consumidores. Fase 3: Implemente Na fase três, uma vez que você encontrou várias possíveis soluções, é hora de entender como torná-las viáveis, agregando um modelo de receita. Pense em quanto e como os seus clientes pagarão pela sua proposta de valor. Elaborar um modelo piloto é uma maneira de continuar aprendendo antes de uma implementação completa. Elabore um plano de ação, pois essa fase de implementação requer recursos como dinheiro, tempo e pessoal. Elabore também uma lista de tarefas, defina prazos e responsáveis e faça reuniões regulares informais para acompanhamento e para compartilhar ideias. Use o poder da criatividade a favor do seu negócio: Saia da zona de conforto e esteja aberto a experimentar! Ouvir – Criar – Agir (Continuação) O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
  • 8. 8 Qualquer profissão ou atividade profissional, seja ela medicina, direito, engenharia ou vendas de alta performance pode se beneficiar e alcançar melhores resultados, através do emprego de conceitos e ferramentas de design. Embora o design seja mais frequentemente usado para descrever um objeto ou resultado final, ele, em sua forma mais eficaz é um processo, uma ação, um verbo e não um substantivo. Um protocolo para a resolução de problemas e descoberta de novas oportunidades. As técnicas e ferramentas podem ser diferentes e a eficácia de cada uma pode ser discutível, mas o núcleo do processo permanece o mesmo. Basicamente, Design Thinking aplicado à Área Comercial é composto por quatro etapas-chave: 1: Defina o Problema Parece simples, mas muitas vezes eu, Ernesto, percebo que algumas empresas têm dificuldade em definir precisamente qual é o problema a ser resolvido. A aplicação adequada do Design Thinking em seu negócio requer uma equipe antenada, engajada e sempre disposta a descobrir, pesquisar e destrinchar os problemas a serem resolvidos. Nesta fase, é necessário discernir o que as pessoas realmente fazem, daquilo que sua equipe acha que eles fazem. Pense fora da caixa e envolva-se no processo, produto e experiência de compra: Não se muda a vida de ninguém com uma simples apresentação de PowerPoint. O Design Thinking bem aplicado requer questionamentos constantes e implacáveis, como os de uma criança pequena: Por quê? Por quê? Por quê? Até que, finalmente, as verdadeiras causas ou dores são reveladas. Evite qualquer pré-julgamento para poder definir melhor a declaração do problema. O que falamos pode ser muito diferente do que queremos dizer. As palavras certas são importantes. Por exemplo, pode não ser "baixar nossos preços", mas "ajustar nossos preços à nossa entrega de valor", ou “por que mexer nos preços? ”. Design Thinking: Um Roteiro Simplificado Para a Sua Área Comercial O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
  • 9. 9 2: Crie considerando muitas Opções Mesmo as equipes comerciais mais talentosas caem na armadilha de querer resolver um problema da mesma forma todas as vezes. Ou de generalizar os problemas e agrupá-los, como se fossem, de fato, semelhantes. Especialmente quando há bons resultados e o tempo é curto. Design Thinking requer atenção ao fato de que, não importa o quão óbvia a solução possa parecer, muitas soluções são criadas por mera suposição. O Design Thinking sugere que as melhores respostas acontecem quando 5 pessoas trabalham debruçadas na solução de um problema por um dia, do que uma pessoa durante cinco dias. Designers têm uma vantagem no uso de suas ferramentas tridimensionais para demonstrar soluções e novas ideias, pois essas ferramentas são, quase sempre, muito mais eficazes para demonstrar o que se entende, do que suas palavras. 3: Quantidade antes da Qualidade Um punhado de possíveis resultados promissores precisam ser abraçados e alimentados. Cuidado com os assassinos de boas ideias. Mesmo a mais forte dentre as novas ideias pode ser frágil na sua infância. Para praticar o Design Thinking, promova a criação dentro de um ambiente propício ao surgimento de ideias, experimentação, tolerância a erros, e cooperação, a fim de se alcançar o sucesso a partir do esforço comum. Nesta fase, muitas vezes, algumas opções terão de ser combinadas e ideias menores incluídas. Por tudo isso, as etapas 2 e 3 podem ser repetidas até que as respostas mais adequadas apareçam. 4: Escolhida a ideia vencedora, parta para a Ação Neste ponto da estrada, uma distância suficiente já foi percorrida para se garantir o sucesso. É o momento de comprometer recursos para alcançar os primeiros objetivos. Protótipos de soluções são criados e os testes tornam-se mais críticos e intensos. No final desse estágio, estará resolvido o problema ou novas possibilidades são totalmente descobertas. Design Thinking: Um Roteiro Simplificado Para a Sua Área Comercial ( Continuação) O Poder do Design Thinking Para Alavancar Suas Vendas
  • 10. 10 Olá, aqui é o Ernesto. Espero que tenha gostado deste E-Book. Agora, clique sobre o vídeo e assista às sacadas que preparei para você sobre outro Super Tema. Ao final, deixe seu gostei/ não gostei, inscreva-se em nosso Canal no Youtube e em nossa Academia VAP! de Vendas de Alta Performance e receba conteúdos gratuitos toda semana. Boas Vendas! Um Diferencial de Competitividade Extraordinário! Conclusão: Design Thinking Traduz-se Em Inovação Centrada no Ser Humano Clique Para Falar Com o Ernesto A inovação como diferencial estratégico para sua empresa e para sua equipe comercial é aquela centrada no ser humano. Ela começa com uma compreensão precisa das necessidades não satisfeitas ou não identificadas em seus clientes ou consumidores. É aí que reside uma das fontes mais seguras de novas ideias que têm verdadeira vantagem competitiva e, consequentemente, margens de lucratividade mais altas. Design Thinking minimiza a incerteza e o risco presentes na inovação, envolvendo clientes ou usuários através de uma série de protótipos para aprender, testar e refinar conceitos. Desenvolver Design Thinking desperta novas capacidades em sua organização: Aprender fazendo; Aprender a usar um conjunto de ferramentas de designers e artistas para inovar constantemente; Descobrir como se conectar mais profundamente com os clientes para descobrir oportunidades de inovação; Romper barreiras que mantiveram a equipe comercial presa a resultados insatisfatórios. Além disso, o Design Thinking serve para desenvolver novas competências como: Geração de ideias; Melhor pensamento crítico; Maior agilidade e precisão na solução de problemas e prototipagem mais rápida.
  • 11. 11 Palestrante e Coach de estilo simples, carismático e com métodos eficazes em seus trabalhos por todo o Brasil. Quem é o Ernesto Métodos com resultados comprovados em diversas Organizações: Multinacionais e PMEs que querem se tornar Líderes. FALE CONOSCO Rua Marília de Dirceu, 215 São Paulo-SP Tel.: 11-5034.8632 ou Direto: 11-96266.1900 www.vendasdealtaperformance.com.br Por Que o Ernesto Milhares de Profissionais Atendidos em Diversas Organizações pelo Brasil