SlideShare uma empresa Scribd logo
Anotações do Aluno
uvb



   Aula Nº 15 – Decisões utilizando
   a Margem de Contribuição
Objetivos da aula:
Já deu para você perceber, pelo que foi visto até aqui, a importância do
conceito de Margem de Contribuição para o gerenciamento de qualquer
negócio. Veremos, nesta aula, um modelo de decisão, utilizando a margem
de contribuição para vários produtos diferentes sendo produzidos e
vendidos por uma mesma empresa.


Apresentaremos, também, exemplos para ilustrar seu desenvolvimento e
utilização pelas empresas.


Tenha uma ótima aula!




                                                                                             Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição
Introdução
Dificilmente, uma empresa produz e vende um único produto ou serviço.
Portanto, é necessário construir um modelo de decisão de margem de
contribuição para múltiplos produtos e serviços. Este também deve conter
os mesmos elementos fundamentais do modelo básico, ou seja, os volumes
e os dados unitários, no formato de demonstração de resultados de um
período. Faremos a apresentação de um modelo decisório de margem de
contribuição para dois ou mais produtos e serviços.


1. Modelo de decisão de margem de contribuição
                                                                            Custo Contábil




- Múltiplos produtos


                                Faculdade On-Line UVB
                                                                                     114
Anotações do Aluno
uvb


                               Produto A Produto B Produto N
Quantidade                     625       250       N
P.venda – unitário             1.700,00 3.750,00 N
Custos Variáveis – unitário    696,00    1.512,00 N
Despesas Variáveis – unitário  204,00    450,00    N
Margem Contribuição – unitária 800,00    1.788,00 N
Vendas Totais                  1.062.500 937.500 -           2.000.000
Custos Variáveis Totais        (435.000) (378.000) -         (813.000)
Despesas Variáveis totais      (127.500) (112.500) -         (240.000)
Margem ContribuiçãoTotal       500.000 447.000 -             947.000
Margem Contribuição Percentual 47,1%     47,7%               47,4%
(-) Custos e Despesas Fixas                                  (560.000)
Lucro Operacional Total                                      387.000
Margem Operacional Percentual                                19,4%
Part.Prods.Contribuição        52,8%     47,2%               100%


2. Utilização do Modelo de Decisão da Margem de
Contribuição para Maximização do Lucro



                                                                                            Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição
Todos os componentes do modelo poderão ser trabalhados de forma
a elevar o resultado líquido total da empresa. Cada um deles permite ao
administrador financeiro um estudo aprofundado e políticas estruturadas
ou aplicações momentâneas, possibilitando alterações de modo a aumentar
o lucro da companhia.


Estes são os fatores que afetam o estudo da margem de contribuição e a
alavancagem operacional:


1. Preços dos produtos.
2. Quantidade vendida / produzida ou nível de atividade.
                                                                           Custo Contábil




3. Custos variáveis por unidade.
4. Total dos custos fixos.
5. Mix dos produtos vendidos.
6. Produtividade.



                                 Faculdade On-Line UVB
                                                                                    115
Anotações do Aluno
uvb


Alterações em qualquer uma das variáveis do modelo provocarão alterações
no resultado líquido da companhia, para mais ou para menos. O parâmetro
decisório sugerido pelo modelo é econômico, mensurado pelo resultado
total da empresa. Comparando-se o resultado obtido de um curso alternativo
de ação com o resultado total anterior, a decisão será pelo resultado maior.


Sabemos que uma decisão empresarial, não necessariamente, deve ser
tomada apenas pelo resultado econômico. Outras variáveis podem ser
consideradas e, em determinados momentos, podem até ter mais significância
que o resultado econômico. Variáveis como qualidade, concorrência,
participação no mercado, novos mercados, tecnologias emergentes etc.
poderão fazer com que a decisão não se paute, exclusivamente, pelo
resultado econômico.


O modelo de decisão da margem de contribuição é um modelo de
mensuração econômica e é o indicado para esse aspecto da decisão.


3. Exemplo de utilização do modelo e suas variáveis



                                                                                                 Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição
Após pesquisa de mercado, a empresa identificou a possibilidade de
lançar um produto de preço e funções intermediárias, entre o Produto A
e o Produto B - o que poderia trazer um maior valor agregado. Esse novo
produto, o Produto C, poderia ser vendido por $ 2.500,00, desde que o
Produto A fosse vendido a um preço 10% menor do que o atual, para que
o cliente percebesse a diferença de valor. A comissão sobre vendas seria a
mesma dos demais produtos, ou seja, 12% do preço de venda unitário.


A empresa imagina que deixará de vender 250 unidades do Produto A e
que venderá 230 unidades do novo Produto C. O custo variável unitário
do Produto C seria 30% maior do que o do produto A. Para efetivar essa
                                                                                Custo Contábil




modificação do mix de venda dos produtos, a empresa necessitará incorrer
em $ 30.000 de despesas fixas anuais de publicidade. Note-se que esse
exemplo provoca alterações em todas as variáveis:


a) altera-se o preço do Produto A;


                                  Faculdade On-Line UVB
                                                                                         116
Anotações do Aluno
uvb


b) altera-se a quantidade vendida do Produto A e incorpora-se a quantidade
do Produto Q;
c) incorpora-se o custo variável do Produto C e altera-se a despesa variável
do Produto A, já que, reduzindo-se seu preço, reduz-se, também, a
comissão unitária;
d) os gastos fixos são alterados, pois há um aumento de $ 30.000;
e) a produtividade é alterada, pois haverá diminuição de quantidade de
produto final, já que serão trocadas 250 unidades do Produto A por 230
do Produto C.


Apresentamos as variáveis modificadas e seus respectivos cálculos:

 Novo preço de venda unitário do Produto A = $ 1.530,00 ($ 1.700,00 -
10%.
 Comissão (despesa variável) do Produto A = $ 183,60 (12% x $ 1.530,00).
 Comissão (despesa variável) do Produto C = $ 300,00 (12% x $2.500,00).
 Custo variável do Produto C = $ 904,80 ($ 696,00 x 1,30).
 Nova quantidade do Produto A = 375 unidades (625 - 250).
 Novo total de custos e despesas fixas = $ 590.000 ($ 560.000 +




                                                                                                        Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição
$30.000).


Utilização do modelo de decisão de margem de contribuição

                                    Produto A Produto B Produto C


Quantidade                              375             250      230
Preço de venda - unitário           1.530,00        3.750,00   2.500,00
Custos variáveis - unitário            696,00       1.512,00    904,80
Despesas variáveis - unitário         183,60         450,00    300,00
Margem de contribuição - unitária     650,40       1.788,00    1.295,20     Total
                                                                                       Custo Contábil




Vendas totais                        573.750        937.500    575.000    2.086.250
Custos variáveis totais             (261.000) (378.000) (208.104)         (847.104)
Despesas variáveis totais            (68.850) (112.500)        (69.000)   (250.350)
Margem de contribuição total          243.900       447.000    297.896    988.796
Margem de contribuição percentual     42,5%           47,7%     51,8%      47,4%


                                    Faculdade On-Line UVB
                                                                                                117
Anotações do Aluno
uvb


(-) Custos e despesas fixas totais                                           (590.000)
Lucro operacional total                                                      398.796
Margem operacional percentual                                                  19,1%
Participação dos produtos
na Margem de contribuição total              24,7%           45,2%   30,1%   100%1


Os dados levantados dentro do modelo evidenciam informações
importantes, comparando-se com os dados constantes do modelo inicial,
com apenas dois produtos:


 A nova alternativa propiciou aumento da receita total de vendas, de $
2.000.000 para $ 2.086.250.
 O novo mix não alterou, significativamente, a margem de contribuição
percentual média da empresa, que continuou em 47,4%.
 A margem de contribuição do Produto A diminuiu de 47,1% para 42,5%,
pois houve redução em 10% no preço de venda unitário.
 0 novo Produto C traz um valor agregado maior, evidenciado pela maior
margem de contribuição percentual, que é de 51,8%, a maior dos três
produtos.




                                                                                                           Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição
 Os custos fixos aumentaram, porém a margem de contribuição total com
o novo mix e o novo produto é maior, resultando em um lucro operacional
total maior, passando de $ 387.000 para $ 398.796.
 A margem operacional percentual total média diminuiu de 19,4%
para 19,1%. Esse dado que, analisado isoladamente é ruim, não deve ser
considerado como relevante, pois o valor absoluto do lucro operacional
total aumentou. Como nas premissas não houve investimentos em ativos
imobilizados, a rentabilidade dos ativos aumenta como conseqüência.
 Pelos dados evidenciados no modelo decisório, essa alternativa deverá
ser aceita, pois, economicamente, o lucro total é superior ao da situação
anterior.
                                                                                          Custo Contábil




                                     Faculdade On-Line UVB
                                                                                                   118
Anotações do Aluno
uvb


4. Margem de Contribuição e Fatores Limitativos
O modelo de decisão de margem de contribuição deve ter sua utilização
complementada com o conceito de fatores limitativos ou restritivos. Uma
série de variáveis, internas ou externas, pode afetar o fluxo operacional da
empresa, impondo restrições à produção e à venda dos produtos.


Quando essas restrições afetam o volume de vendas a ser produzido ou
vendido, de um ou mais produtos, devem ser incorporadas ao modelo. O
conceito adequado é avaliar a margem de contribuição de cada produto,
não mais de forma isolada, mas em relação à restrição ou às restrições
encontradas, como fizemos nas aulas anteriores. As restrições mais comuns
que podem afetar as variáveis do modelo são:


 Utilização dos equipamentos: temporariamente, os equipamentos
não têm mais capacidade de atender ao acréscimo de produção.


 Distribuição e logística: os distribuidores dos produtos não têm




                                                                                                 Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição
condições de aumentar, de imediato, a capacidade de distribuição dos
produtos.


 Investimentos: as instalações operacionais, em seu conjunto, estão
trabalhando no limite da capacidade e só um novo investimento em novas
fábricas e escritórios possibilitará atender ao aumento da demanda e da
produção prevista.


 Capital de giro: a empresa está sem caixa para financiar o capital de giro
necessário para o aumento de produção e vendas.


 Financiamento externo: o mercado financeiro não tem linhas de crédito
                                                                                Custo Contábil




para financiar um aumento das vendas dos produtos da empresa.




                                  Faculdade On-Line UVB
                                                                                         119
Anotações do Aluno
uvb


Síntese
Nesta aula, vimos mais uma utilidade do conceito de Margem de
Contribuição, por meio da qual conseguimos saber quanto a empresa
deverá produzir e vender para manter-se em equilíbrio. Esse equilíbrio
pode ser com lucro zero, com um certo lucro desejado pelo empresário
ou com uma folga de caixa.


Podemos, então, planejar o volume de produção e vendas para que a
empresa possa produzir determinado volume de lucro ou para que consiga
pagar seus custos, despesas e dívidas.


Na próxima aula, estudaremos Decisões Utilizando a Margem de
Contribuição.


Não perca!


Referências



                                                                                            Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição
CREPALDI, Silvio Aparecido. Curso Básico de Contabilidade de Custos.
São Paulo: Atlas, 2005.


LEONE, George S. G. Curso de Contabilidade de Custos. São Paulo: Atlas,
1997.

MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. São Paulo: Atlas, 2003.
                                                                           Custo Contábil




                                Faculdade On-Line UVB
                                                                                    120

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Capitulo 2 conceitos básicos de custos
Capitulo 2   conceitos básicos de custosCapitulo 2   conceitos básicos de custos
Capitulo 2 conceitos básicos de custos
Daniel Moura
 
Gestão de custos terminologia básica livre
Gestão de custos   terminologia básica livreGestão de custos   terminologia básica livre
Gestão de custos terminologia básica livre
Haralan Mucelini
 
Entendendo Custos, Despesas e Formação do Preço de Venda
Entendendo Custos, Despesas e Formação do Preço de VendaEntendendo Custos, Despesas e Formação do Preço de Venda
Entendendo Custos, Despesas e Formação do Preço de Venda
Wandick Rocha de Aquino
 
Custo volume lucro
Custo volume lucroCusto volume lucro
Custo volume lucro
simuladocontabil
 
Contabil esquema basico de custos
Contabil esquema basico de custosContabil esquema basico de custos
Contabil esquema basico de custos
simuladocontabil
 
Contabilidade de Custos - Classificação dos Custos - Parte 2
Contabilidade de Custos - Classificação dos Custos - Parte 2Contabilidade de Custos - Classificação dos Custos - Parte 2
Contabilidade de Custos - Classificação dos Custos - Parte 2
Diego Lopes
 
Palestra Entendendo Custos, Despesas e Preço de Venda
Palestra Entendendo Custos, Despesas e Preço de VendaPalestra Entendendo Custos, Despesas e Preço de Venda
Palestra Entendendo Custos, Despesas e Preço de Venda
sebraeleste1
 
Custos de Produção
Custos de ProduçãoCustos de Produção
Custos de Produção
Luciano Pires
 
Aula 02 custeio
Aula 02 custeioAula 02 custeio
Aula 02 custeio
LILIANA MACEDO
 
Apostila de topicos vi custos ii
Apostila de topicos vi   custos iiApostila de topicos vi   custos ii
Apostila de topicos vi custos ii
zeramento contabil
 
Aula02 calcula
Aula02 calculaAula02 calcula
Aula02 calcula
razonetecontabil
 
Acvl
AcvlAcvl
Cco aula11 custos
Cco aula11 custosCco aula11 custos
Cco aula11 custos
albumina
 
Analise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de EquilibrioAnalise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de Equilibrio
Filipe Mello
 
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 5 e 6
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 5 e 6Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 5 e 6
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 5 e 6
Wandick Rocha de Aquino
 
Custos conjuntos teoria a
Custos conjuntos  teoria  aCustos conjuntos  teoria  a
Custos conjuntos teoria a
Claudio Parra
 
Custos metodos de custeio
Custos metodos de custeioCustos metodos de custeio
Custos metodos de custeio
custos contabil
 
Custos padrão e meta grupo 5
Custos padrão e meta   grupo 5Custos padrão e meta   grupo 5
Custos padrão e meta grupo 5
Universidade Federal de Viçosa
 
Apostila de analise_de_custos
Apostila de analise_de_custosApostila de analise_de_custos
Apostila de analise_de_custos
Mayara Maciel
 
O custeio por_absorcao_e_o_custeio_variavel[1]
O custeio por_absorcao_e_o_custeio_variavel[1]O custeio por_absorcao_e_o_custeio_variavel[1]
O custeio por_absorcao_e_o_custeio_variavel[1]
Elaine SA
 

Mais procurados (20)

Capitulo 2 conceitos básicos de custos
Capitulo 2   conceitos básicos de custosCapitulo 2   conceitos básicos de custos
Capitulo 2 conceitos básicos de custos
 
Gestão de custos terminologia básica livre
Gestão de custos   terminologia básica livreGestão de custos   terminologia básica livre
Gestão de custos terminologia básica livre
 
Entendendo Custos, Despesas e Formação do Preço de Venda
Entendendo Custos, Despesas e Formação do Preço de VendaEntendendo Custos, Despesas e Formação do Preço de Venda
Entendendo Custos, Despesas e Formação do Preço de Venda
 
Custo volume lucro
Custo volume lucroCusto volume lucro
Custo volume lucro
 
Contabil esquema basico de custos
Contabil esquema basico de custosContabil esquema basico de custos
Contabil esquema basico de custos
 
Contabilidade de Custos - Classificação dos Custos - Parte 2
Contabilidade de Custos - Classificação dos Custos - Parte 2Contabilidade de Custos - Classificação dos Custos - Parte 2
Contabilidade de Custos - Classificação dos Custos - Parte 2
 
Palestra Entendendo Custos, Despesas e Preço de Venda
Palestra Entendendo Custos, Despesas e Preço de VendaPalestra Entendendo Custos, Despesas e Preço de Venda
Palestra Entendendo Custos, Despesas e Preço de Venda
 
Custos de Produção
Custos de ProduçãoCustos de Produção
Custos de Produção
 
Aula 02 custeio
Aula 02 custeioAula 02 custeio
Aula 02 custeio
 
Apostila de topicos vi custos ii
Apostila de topicos vi   custos iiApostila de topicos vi   custos ii
Apostila de topicos vi custos ii
 
Aula02 calcula
Aula02 calculaAula02 calcula
Aula02 calcula
 
Acvl
AcvlAcvl
Acvl
 
Cco aula11 custos
Cco aula11 custosCco aula11 custos
Cco aula11 custos
 
Analise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de EquilibrioAnalise de Ponto de Equilibrio
Analise de Ponto de Equilibrio
 
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 5 e 6
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 5 e 6Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 5 e 6
Práticas Financeiras e Contábeis - Aulas 5 e 6
 
Custos conjuntos teoria a
Custos conjuntos  teoria  aCustos conjuntos  teoria  a
Custos conjuntos teoria a
 
Custos metodos de custeio
Custos metodos de custeioCustos metodos de custeio
Custos metodos de custeio
 
Custos padrão e meta grupo 5
Custos padrão e meta   grupo 5Custos padrão e meta   grupo 5
Custos padrão e meta grupo 5
 
Apostila de analise_de_custos
Apostila de analise_de_custosApostila de analise_de_custos
Apostila de analise_de_custos
 
O custeio por_absorcao_e_o_custeio_variavel[1]
O custeio por_absorcao_e_o_custeio_variavel[1]O custeio por_absorcao_e_o_custeio_variavel[1]
O custeio por_absorcao_e_o_custeio_variavel[1]
 

Destaque

Cco aula04 custos
Cco aula04 custosCco aula04 custos
Cco aula04 custos
albumina
 
Ind albumina
Ind albuminaInd albumina
Ind albumina
Rafael Baleeiro
 
Cco aula13 custos
Cco aula13 custosCco aula13 custos
Cco aula13 custos
albumina
 
Novas regras de contabilidade
Novas regras de contabilidadeNovas regras de contabilidade
Novas regras de contabilidade
albumina
 
Cco aula07 custos
Cco aula07 custosCco aula07 custos
Cco aula07 custos
albumina
 
Cco aula03 custos
Cco aula03 custosCco aula03 custos
Cco aula03 custos
albumina
 
Cco aula12 custos
Cco aula12 custosCco aula12 custos
Cco aula12 custos
albumina
 
Cco aula10 custos
Cco aula10 custosCco aula10 custos
Cco aula10 custos
albumina
 
Cco aula01 custos
Cco aula01 custosCco aula01 custos
Cco aula01 custos
contacontabil
 
Cco aula06 custos
Cco aula06 custosCco aula06 custos
Cco aula06 custos
albumina
 
Cco aula08 custos
Cco aula08 custosCco aula08 custos
Cco aula08 custos
albumina
 
Cco aula02 custos
Cco aula02 custosCco aula02 custos
Cco aula02 custos
contacontabil
 
Cco aula05 custos
Cco aula05 custosCco aula05 custos
Cco aula05 custos
albumina
 
Ajustes demonstrações contábeis
Ajustes demonstrações contábeisAjustes demonstrações contábeis
Ajustes demonstrações contábeis
albumina
 
Conceitos de contas contábeis
Conceitos de contas contábeisConceitos de contas contábeis
Conceitos de contas contábeis
albumina
 
Cco aula09 custos
Cco aula09 custosCco aula09 custos
Cco aula09 custos
albumina
 
Princípios contábeis
Princípios contábeisPrincípios contábeis
Princípios contábeis
albumina
 

Destaque (17)

Cco aula04 custos
Cco aula04 custosCco aula04 custos
Cco aula04 custos
 
Ind albumina
Ind albuminaInd albumina
Ind albumina
 
Cco aula13 custos
Cco aula13 custosCco aula13 custos
Cco aula13 custos
 
Novas regras de contabilidade
Novas regras de contabilidadeNovas regras de contabilidade
Novas regras de contabilidade
 
Cco aula07 custos
Cco aula07 custosCco aula07 custos
Cco aula07 custos
 
Cco aula03 custos
Cco aula03 custosCco aula03 custos
Cco aula03 custos
 
Cco aula12 custos
Cco aula12 custosCco aula12 custos
Cco aula12 custos
 
Cco aula10 custos
Cco aula10 custosCco aula10 custos
Cco aula10 custos
 
Cco aula01 custos
Cco aula01 custosCco aula01 custos
Cco aula01 custos
 
Cco aula06 custos
Cco aula06 custosCco aula06 custos
Cco aula06 custos
 
Cco aula08 custos
Cco aula08 custosCco aula08 custos
Cco aula08 custos
 
Cco aula02 custos
Cco aula02 custosCco aula02 custos
Cco aula02 custos
 
Cco aula05 custos
Cco aula05 custosCco aula05 custos
Cco aula05 custos
 
Ajustes demonstrações contábeis
Ajustes demonstrações contábeisAjustes demonstrações contábeis
Ajustes demonstrações contábeis
 
Conceitos de contas contábeis
Conceitos de contas contábeisConceitos de contas contábeis
Conceitos de contas contábeis
 
Cco aula09 custos
Cco aula09 custosCco aula09 custos
Cco aula09 custos
 
Princípios contábeis
Princípios contábeisPrincípios contábeis
Princípios contábeis
 

Semelhante a Cco aula15 custos

Adm5 contabilidade de_custos_teleaula_7_tema_8
Adm5 contabilidade de_custos_teleaula_7_tema_8Adm5 contabilidade de_custos_teleaula_7_tema_8
Adm5 contabilidade de_custos_teleaula_7_tema_8
Sheyanne Silva
 
Alavancagem Operacional para empresas diversas
Alavancagem Operacional para empresas diversasAlavancagem Operacional para empresas diversas
Alavancagem Operacional para empresas diversas
Ricardo Ribeiro
 
Aula 7 - Fundamentos de Custos e Métodos de Custeio
Aula 7 - Fundamentos de Custos e Métodos de CusteioAula 7 - Fundamentos de Custos e Métodos de Custeio
Aula 7 - Fundamentos de Custos e Métodos de Custeio
MestredaContabilidade
 
SISTEMAS DE CUSTEIO.pptx
SISTEMAS DE CUSTEIO.pptxSISTEMAS DE CUSTEIO.pptx
SISTEMAS DE CUSTEIO.pptx
JefersonCarvalho49
 
Apostila iv margem de contribuicao
Apostila iv   margem de contribuicaoApostila iv   margem de contribuicao
Apostila iv margem de contribuicao
zeramento contabil
 
Four Solution - Caso 1
Four Solution - Caso 1Four Solution - Caso 1
Four Solution - Caso 1
BiancaNakamura
 

Semelhante a Cco aula15 custos (6)

Adm5 contabilidade de_custos_teleaula_7_tema_8
Adm5 contabilidade de_custos_teleaula_7_tema_8Adm5 contabilidade de_custos_teleaula_7_tema_8
Adm5 contabilidade de_custos_teleaula_7_tema_8
 
Alavancagem Operacional para empresas diversas
Alavancagem Operacional para empresas diversasAlavancagem Operacional para empresas diversas
Alavancagem Operacional para empresas diversas
 
Aula 7 - Fundamentos de Custos e Métodos de Custeio
Aula 7 - Fundamentos de Custos e Métodos de CusteioAula 7 - Fundamentos de Custos e Métodos de Custeio
Aula 7 - Fundamentos de Custos e Métodos de Custeio
 
SISTEMAS DE CUSTEIO.pptx
SISTEMAS DE CUSTEIO.pptxSISTEMAS DE CUSTEIO.pptx
SISTEMAS DE CUSTEIO.pptx
 
Apostila iv margem de contribuicao
Apostila iv   margem de contribuicaoApostila iv   margem de contribuicao
Apostila iv margem de contribuicao
 
Four Solution - Caso 1
Four Solution - Caso 1Four Solution - Caso 1
Four Solution - Caso 1
 

Mais de albumina

D f c 0001
D f c 0001D f c 0001
D f c 0001
albumina
 
D f c 0000
D f c 0000D f c 0000
D f c 0000
albumina
 
Origens aplicações – demonstrações financeiras
Origens aplicações – demonstrações financeirasOrigens aplicações – demonstrações financeiras
Origens aplicações – demonstrações financeiras
albumina
 
Auditoria
AuditoriaAuditoria
Auditoria
albumina
 
Fluxo de caixa 0001
Fluxo de caixa 0001Fluxo de caixa 0001
Fluxo de caixa 0001
albumina
 
Analise de balancos resumo
Analise de balancos resumoAnalise de balancos resumo
Analise de balancos resumo
albumina
 
Fluxo de caixa 0000
Fluxo de caixa 0000Fluxo de caixa 0000
Fluxo de caixa 0000
albumina
 
Teoria concursos
Teoria concursosTeoria concursos
Teoria concursos
albumina
 
Apostila contabilidade tributaria 0000
Apostila contabilidade tributaria 0000Apostila contabilidade tributaria 0000
Apostila contabilidade tributaria 0000
albumina
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
albumina
 
Custos
CustosCustos
Custos
albumina
 
Doar 0000
Doar 0000Doar 0000
Doar 0000
albumina
 
Aula 001 finanças
Aula 001 finançasAula 001 finanças
Aula 001 finanças
albumina
 
Exel
ExelExel
Exel
albumina
 
Contabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentosContabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentos
albumina
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
albumina
 
Estudarei contabilidade ate passar
Estudarei contabilidade ate passarEstudarei contabilidade ate passar
Estudarei contabilidade ate passar
albumina
 
Comercio exterior
Comercio exteriorComercio exterior
Comercio exterior
albumina
 

Mais de albumina (18)

D f c 0001
D f c 0001D f c 0001
D f c 0001
 
D f c 0000
D f c 0000D f c 0000
D f c 0000
 
Origens aplicações – demonstrações financeiras
Origens aplicações – demonstrações financeirasOrigens aplicações – demonstrações financeiras
Origens aplicações – demonstrações financeiras
 
Auditoria
AuditoriaAuditoria
Auditoria
 
Fluxo de caixa 0001
Fluxo de caixa 0001Fluxo de caixa 0001
Fluxo de caixa 0001
 
Analise de balancos resumo
Analise de balancos resumoAnalise de balancos resumo
Analise de balancos resumo
 
Fluxo de caixa 0000
Fluxo de caixa 0000Fluxo de caixa 0000
Fluxo de caixa 0000
 
Teoria concursos
Teoria concursosTeoria concursos
Teoria concursos
 
Apostila contabilidade tributaria 0000
Apostila contabilidade tributaria 0000Apostila contabilidade tributaria 0000
Apostila contabilidade tributaria 0000
 
Teoria
TeoriaTeoria
Teoria
 
Custos
CustosCustos
Custos
 
Doar 0000
Doar 0000Doar 0000
Doar 0000
 
Aula 001 finanças
Aula 001 finançasAula 001 finanças
Aula 001 finanças
 
Exel
ExelExel
Exel
 
Contabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentosContabilidade lançamentos
Contabilidade lançamentos
 
Contabilidade
ContabilidadeContabilidade
Contabilidade
 
Estudarei contabilidade ate passar
Estudarei contabilidade ate passarEstudarei contabilidade ate passar
Estudarei contabilidade ate passar
 
Comercio exterior
Comercio exteriorComercio exterior
Comercio exterior
 

Último

Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
MariaJooSilva58
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
AntHropológicas Visual PPGA-UFPE
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
Sandra Pratas
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
Sandra Pratas
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
Espanhol Online
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
valdeci17
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
marcos oliveira
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Luzia Gabriele
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mary Alvarenga
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Instituto Walter Alencar
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
Falcão Brasil
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
LeideLauraCenturionL
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
orquestrasinfonicaam
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
principeandregalli
 

Último (20)

Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosasFotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
Fotossíntese e respiração: conceitos e trocas gasosas
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
O processo da farinhada no Assentamento lagoa de Dentro, Zona Rural de Várzea...
 
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
FILMES DE ABRIL_BECRE D. CARLOS I_2023_24
 
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
EBOOK_HORA DO CONTO_O MONSTRO DAS CORES_ANGELINA & MÓNICA_22_23
 
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
A experiência do professor. Publicado EM 08.07.2024
 
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdfIntrodução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
Introdução ao filme Divertida Mente 2 em pdf
 
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdfquadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
quadro de rotina semanal da coord.docx.pdf
 
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsxNoite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
Noite Alva! José Ernesto Ferraresso.ppsx
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História. Mini livro  sanfona - Minha Escola Tem História.
Mini livro sanfona - Minha Escola Tem História.
 
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos ConjuntosMatemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
Matemática para Concursos - Teoria dos Conjuntos
 
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO                .
FOTOS_AS CIÊNCIAS EM AÇÃO .
 
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdfA Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
A Industria Brasileira de Defesa - Situação Atual e Perspectivas de Evolução.pdf
 
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdfHistória das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
História das ideias pedagógicas no Brasil - Demerval Saviani.pdf
 
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptxAPA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
APA fonoaudiologia Pratica Trabalho Prontos.pptx
 
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .TALENTOS DA NOSSA ESCOLA                .
TALENTOS DA NOSSA ESCOLA .
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptxSlides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
Slides Lição 3, Betel, A relevância da Igreja no cumprimento de sua Missão.pptx
 
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
Guia Genealógico da Principesca e Ducal Casa de Mesolcina, 2024
 

Cco aula15 custos

  • 1. Anotações do Aluno uvb Aula Nº 15 – Decisões utilizando a Margem de Contribuição Objetivos da aula: Já deu para você perceber, pelo que foi visto até aqui, a importância do conceito de Margem de Contribuição para o gerenciamento de qualquer negócio. Veremos, nesta aula, um modelo de decisão, utilizando a margem de contribuição para vários produtos diferentes sendo produzidos e vendidos por uma mesma empresa. Apresentaremos, também, exemplos para ilustrar seu desenvolvimento e utilização pelas empresas. Tenha uma ótima aula! Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição Introdução Dificilmente, uma empresa produz e vende um único produto ou serviço. Portanto, é necessário construir um modelo de decisão de margem de contribuição para múltiplos produtos e serviços. Este também deve conter os mesmos elementos fundamentais do modelo básico, ou seja, os volumes e os dados unitários, no formato de demonstração de resultados de um período. Faremos a apresentação de um modelo decisório de margem de contribuição para dois ou mais produtos e serviços. 1. Modelo de decisão de margem de contribuição Custo Contábil - Múltiplos produtos Faculdade On-Line UVB 114
  • 2. Anotações do Aluno uvb Produto A Produto B Produto N Quantidade 625 250 N P.venda – unitário 1.700,00 3.750,00 N Custos Variáveis – unitário 696,00 1.512,00 N Despesas Variáveis – unitário 204,00 450,00 N Margem Contribuição – unitária 800,00 1.788,00 N Vendas Totais 1.062.500 937.500 - 2.000.000 Custos Variáveis Totais (435.000) (378.000) - (813.000) Despesas Variáveis totais (127.500) (112.500) - (240.000) Margem ContribuiçãoTotal 500.000 447.000 - 947.000 Margem Contribuição Percentual 47,1% 47,7% 47,4% (-) Custos e Despesas Fixas (560.000) Lucro Operacional Total 387.000 Margem Operacional Percentual 19,4% Part.Prods.Contribuição 52,8% 47,2% 100% 2. Utilização do Modelo de Decisão da Margem de Contribuição para Maximização do Lucro Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição Todos os componentes do modelo poderão ser trabalhados de forma a elevar o resultado líquido total da empresa. Cada um deles permite ao administrador financeiro um estudo aprofundado e políticas estruturadas ou aplicações momentâneas, possibilitando alterações de modo a aumentar o lucro da companhia. Estes são os fatores que afetam o estudo da margem de contribuição e a alavancagem operacional: 1. Preços dos produtos. 2. Quantidade vendida / produzida ou nível de atividade. Custo Contábil 3. Custos variáveis por unidade. 4. Total dos custos fixos. 5. Mix dos produtos vendidos. 6. Produtividade. Faculdade On-Line UVB 115
  • 3. Anotações do Aluno uvb Alterações em qualquer uma das variáveis do modelo provocarão alterações no resultado líquido da companhia, para mais ou para menos. O parâmetro decisório sugerido pelo modelo é econômico, mensurado pelo resultado total da empresa. Comparando-se o resultado obtido de um curso alternativo de ação com o resultado total anterior, a decisão será pelo resultado maior. Sabemos que uma decisão empresarial, não necessariamente, deve ser tomada apenas pelo resultado econômico. Outras variáveis podem ser consideradas e, em determinados momentos, podem até ter mais significância que o resultado econômico. Variáveis como qualidade, concorrência, participação no mercado, novos mercados, tecnologias emergentes etc. poderão fazer com que a decisão não se paute, exclusivamente, pelo resultado econômico. O modelo de decisão da margem de contribuição é um modelo de mensuração econômica e é o indicado para esse aspecto da decisão. 3. Exemplo de utilização do modelo e suas variáveis Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição Após pesquisa de mercado, a empresa identificou a possibilidade de lançar um produto de preço e funções intermediárias, entre o Produto A e o Produto B - o que poderia trazer um maior valor agregado. Esse novo produto, o Produto C, poderia ser vendido por $ 2.500,00, desde que o Produto A fosse vendido a um preço 10% menor do que o atual, para que o cliente percebesse a diferença de valor. A comissão sobre vendas seria a mesma dos demais produtos, ou seja, 12% do preço de venda unitário. A empresa imagina que deixará de vender 250 unidades do Produto A e que venderá 230 unidades do novo Produto C. O custo variável unitário do Produto C seria 30% maior do que o do produto A. Para efetivar essa Custo Contábil modificação do mix de venda dos produtos, a empresa necessitará incorrer em $ 30.000 de despesas fixas anuais de publicidade. Note-se que esse exemplo provoca alterações em todas as variáveis: a) altera-se o preço do Produto A; Faculdade On-Line UVB 116
  • 4. Anotações do Aluno uvb b) altera-se a quantidade vendida do Produto A e incorpora-se a quantidade do Produto Q; c) incorpora-se o custo variável do Produto C e altera-se a despesa variável do Produto A, já que, reduzindo-se seu preço, reduz-se, também, a comissão unitária; d) os gastos fixos são alterados, pois há um aumento de $ 30.000; e) a produtividade é alterada, pois haverá diminuição de quantidade de produto final, já que serão trocadas 250 unidades do Produto A por 230 do Produto C. Apresentamos as variáveis modificadas e seus respectivos cálculos:  Novo preço de venda unitário do Produto A = $ 1.530,00 ($ 1.700,00 - 10%.  Comissão (despesa variável) do Produto A = $ 183,60 (12% x $ 1.530,00).  Comissão (despesa variável) do Produto C = $ 300,00 (12% x $2.500,00).  Custo variável do Produto C = $ 904,80 ($ 696,00 x 1,30).  Nova quantidade do Produto A = 375 unidades (625 - 250).  Novo total de custos e despesas fixas = $ 590.000 ($ 560.000 + Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição $30.000). Utilização do modelo de decisão de margem de contribuição Produto A Produto B Produto C Quantidade 375 250 230 Preço de venda - unitário 1.530,00 3.750,00 2.500,00 Custos variáveis - unitário 696,00 1.512,00 904,80 Despesas variáveis - unitário 183,60 450,00 300,00 Margem de contribuição - unitária 650,40 1.788,00 1.295,20 Total Custo Contábil Vendas totais 573.750 937.500 575.000 2.086.250 Custos variáveis totais (261.000) (378.000) (208.104) (847.104) Despesas variáveis totais (68.850) (112.500) (69.000) (250.350) Margem de contribuição total 243.900 447.000 297.896 988.796 Margem de contribuição percentual 42,5% 47,7% 51,8% 47,4% Faculdade On-Line UVB 117
  • 5. Anotações do Aluno uvb (-) Custos e despesas fixas totais (590.000) Lucro operacional total 398.796 Margem operacional percentual 19,1% Participação dos produtos na Margem de contribuição total 24,7% 45,2% 30,1% 100%1 Os dados levantados dentro do modelo evidenciam informações importantes, comparando-se com os dados constantes do modelo inicial, com apenas dois produtos:  A nova alternativa propiciou aumento da receita total de vendas, de $ 2.000.000 para $ 2.086.250.  O novo mix não alterou, significativamente, a margem de contribuição percentual média da empresa, que continuou em 47,4%.  A margem de contribuição do Produto A diminuiu de 47,1% para 42,5%, pois houve redução em 10% no preço de venda unitário.  0 novo Produto C traz um valor agregado maior, evidenciado pela maior margem de contribuição percentual, que é de 51,8%, a maior dos três produtos. Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição  Os custos fixos aumentaram, porém a margem de contribuição total com o novo mix e o novo produto é maior, resultando em um lucro operacional total maior, passando de $ 387.000 para $ 398.796.  A margem operacional percentual total média diminuiu de 19,4% para 19,1%. Esse dado que, analisado isoladamente é ruim, não deve ser considerado como relevante, pois o valor absoluto do lucro operacional total aumentou. Como nas premissas não houve investimentos em ativos imobilizados, a rentabilidade dos ativos aumenta como conseqüência.  Pelos dados evidenciados no modelo decisório, essa alternativa deverá ser aceita, pois, economicamente, o lucro total é superior ao da situação anterior. Custo Contábil Faculdade On-Line UVB 118
  • 6. Anotações do Aluno uvb 4. Margem de Contribuição e Fatores Limitativos O modelo de decisão de margem de contribuição deve ter sua utilização complementada com o conceito de fatores limitativos ou restritivos. Uma série de variáveis, internas ou externas, pode afetar o fluxo operacional da empresa, impondo restrições à produção e à venda dos produtos. Quando essas restrições afetam o volume de vendas a ser produzido ou vendido, de um ou mais produtos, devem ser incorporadas ao modelo. O conceito adequado é avaliar a margem de contribuição de cada produto, não mais de forma isolada, mas em relação à restrição ou às restrições encontradas, como fizemos nas aulas anteriores. As restrições mais comuns que podem afetar as variáveis do modelo são:  Utilização dos equipamentos: temporariamente, os equipamentos não têm mais capacidade de atender ao acréscimo de produção.  Distribuição e logística: os distribuidores dos produtos não têm Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição condições de aumentar, de imediato, a capacidade de distribuição dos produtos.  Investimentos: as instalações operacionais, em seu conjunto, estão trabalhando no limite da capacidade e só um novo investimento em novas fábricas e escritórios possibilitará atender ao aumento da demanda e da produção prevista.  Capital de giro: a empresa está sem caixa para financiar o capital de giro necessário para o aumento de produção e vendas.  Financiamento externo: o mercado financeiro não tem linhas de crédito Custo Contábil para financiar um aumento das vendas dos produtos da empresa. Faculdade On-Line UVB 119
  • 7. Anotações do Aluno uvb Síntese Nesta aula, vimos mais uma utilidade do conceito de Margem de Contribuição, por meio da qual conseguimos saber quanto a empresa deverá produzir e vender para manter-se em equilíbrio. Esse equilíbrio pode ser com lucro zero, com um certo lucro desejado pelo empresário ou com uma folga de caixa. Podemos, então, planejar o volume de produção e vendas para que a empresa possa produzir determinado volume de lucro ou para que consiga pagar seus custos, despesas e dívidas. Na próxima aula, estudaremos Decisões Utilizando a Margem de Contribuição. Não perca! Referências Aula 15 - Decisões utilizando a Margem de Contribuição CREPALDI, Silvio Aparecido. Curso Básico de Contabilidade de Custos. São Paulo: Atlas, 2005. LEONE, George S. G. Curso de Contabilidade de Custos. São Paulo: Atlas, 1997. MARTINS, Eliseu. Contabilidade de Custos. São Paulo: Atlas, 2003. Custo Contábil Faculdade On-Line UVB 120