SlideShare uma empresa Scribd logo
Maratona BPM
Desenho de Processos
Brasília, 23/10/2012
 Guido Augusto Prantoni Junior, RUP, CBPP, PMP
– Consultor de processos de negócio, especialista em
Qualidade e Engenharia de Software
– Currículo detalhado vide
http://br.linkedin.com/in/guidoprantoni
– E-mail de contato: guido.prantoni@plano.inf.br
Sobre o Palestrante
 Conceitos
 Atividades Básicas
 Princípios
 Fatores-Chave de Sucesso
Desenho de Processos
Desenho de Processos – Contexto BPM CBOK
 Conceitos
 Atividades Básicas
 Princípios
 Fatores-Chave de Sucesso
Desenho de Processos
 Especificações para um novo processo de negócio, garantindo:
– que informações geradas sejam usadas
– eficácia, eficiência e agilidade dos processos
– qualidade e precisão da planta baixa do processo.
 Aplicação do resultado gerado na Análise do Processo
Desenho de Processo
 Fluxo de trabalho
 Desempenho desejado
 Recursos de dados
 Plataformas tecnológicas
 Controles financeiros e operacionais
 Integração com processos internos e externos
 Desenho lógico – que atividades são executadas
 Desenho físico – como as atividades são executadas
Desenho de Processo Deve Descrever
 Conceitos
 Atividades Básicas
 Princípios
 Fatores-Chave de Sucesso
Desenho de Processos
 Definir o novo processo
 Definir atividades dentro do processo
 Analisar intervalos e comparações
 Criar o desenho físico
 Analisar e desenhar a infraestrutura de TI
 Criar um plano de implementação
 Simular, testar e aceitar o modelo
Atividades Básicas no Desenho de Processos
 Conceitos
 Atividades Básicas
 Princípios
 Fatores-Chave de Sucesso
Desenho de Processos
 Interações com clientes
 Atividades com adição de valor
 Redução de handoff
 Trabalho onde faz mais sentido
 SPC
 Fluxo Contínuo
 Desenhar, depois automatizar
 Processos padronizados
 Regras de negócio
 Conformidade
Princípios do Desenho de Processos
 Equipes unidas para questões complexas
 Terceirização
 Qualidade no início
 Envolver o menor número de pessoas
 Reduzir tamanho do lote
 Antecipar necessidades de informação no fluxo
 do processo
 Criar processo separado para cada grupo
Outros Princípios de Desenho de Processos
 Conceitos
 Atividades Básicas
 Princípios
 Fatores-Chave de Sucesso
Desenho de Processos
 Envolvimento direto e liderança da equipe executiva
 Colocar a responsabilidade pelo sucesso da iniciativa
nos ombros do dono do processo
 Criação de programas de incentivo e recompensas
 Participação efetiva das pessoas envolvidas no
processo que tomam decisões-chave
 Desenho de processo deve ser de melhoria contínua
 Liderança deve fazer o investimento necessário para
assegurar que o projeto de processo de negócio seja
bem sucedido
 Entendimento da estratégia de negócio
 Conhecer as necessidades do cliente
Fatores-Chave de Sucesso
OBRIGADO!
PlanoPro2
SRTVS Qd. 701, Ed. Multiempresarial, Salas 708/711
Brasília-DF, 70040-020
Fones: (61) 3322-1010 (61) 3964-9404 Fax: (61) 3964.9403
www.planopro2.com.br

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPPCap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
EloGroup
 
Gart BPM
Gart BPMGart BPM
Gart BPM
EloGroup
 
Fundamentos de BPM e sua Integração com a Gestão de Projetos
Fundamentos de BPM e sua Integração com a Gestão de ProjetosFundamentos de BPM e sua Integração com a Gestão de Projetos
Fundamentos de BPM e sua Integração com a Gestão de Projetos
Maria Angelica Castellani
 
Gestão e aplicação de análise de negócio
Gestão e aplicação de análise de negócioGestão e aplicação de análise de negócio
Gestão e aplicação de análise de negócio
Alexsandra Sousóliver
 
Gestão processo BMP
Gestão processo BMPGestão processo BMP
Gestão processo BMP
Armando Ferreira Alvferreira
 
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
EloGroup
 
Webinar sobre Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) e as Certificações ...
Webinar sobre Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) e as Certificações ...Webinar sobre Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) e as Certificações ...
Webinar sobre Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) e as Certificações ...
Mauricio Bitencourt
 
Apresentação deloitte
Apresentação deloitteApresentação deloitte
Apresentação deloitte
EloGroup
 
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
EloGroup
 
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael RosemannCriando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
EloGroup
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
Faberson M.S.
 
Modelagem de Processos com BPM
Modelagem de Processos com BPMModelagem de Processos com BPM
Modelagem de Processos com BPM
Cláudio Leopoldino
 
BPM
BPMBPM
cbg_03-2014_mapeamento_processo
cbg_03-2014_mapeamento_processocbg_03-2014_mapeamento_processo
cbg_03-2014_mapeamento_processo
Fabrícia Carla Sobral
 
Seminário 2009 apresentação michael rosemann
Seminário 2009   apresentação michael rosemannSeminário 2009   apresentação michael rosemann
Seminário 2009 apresentação michael rosemann
EloGroup
 
BPM Sucesu BA 2013
BPM Sucesu BA 2013BPM Sucesu BA 2013
BPM Sucesu BA 2013
ejedelmal
 

Mais procurados (16)

Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPPCap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
 
Gart BPM
Gart BPMGart BPM
Gart BPM
 
Fundamentos de BPM e sua Integração com a Gestão de Projetos
Fundamentos de BPM e sua Integração com a Gestão de ProjetosFundamentos de BPM e sua Integração com a Gestão de Projetos
Fundamentos de BPM e sua Integração com a Gestão de Projetos
 
Gestão e aplicação de análise de negócio
Gestão e aplicação de análise de negócioGestão e aplicação de análise de negócio
Gestão e aplicação de análise de negócio
 
Gestão processo BMP
Gestão processo BMPGestão processo BMP
Gestão processo BMP
 
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 
Webinar sobre Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) e as Certificações ...
Webinar sobre Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) e as Certificações ...Webinar sobre Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) e as Certificações ...
Webinar sobre Gerenciamento de Processos de Negócio (BPM) e as Certificações ...
 
Apresentação deloitte
Apresentação deloitteApresentação deloitte
Apresentação deloitte
 
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
[Café com BPM - Setor Privado] Como implantar transformações organizacionais ...
 
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael RosemannCriando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
Criando Processos de Negócio com Sucesso (ENGAJAR) - Michael Rosemann
 
Mapeamento de Processos
Mapeamento de ProcessosMapeamento de Processos
Mapeamento de Processos
 
Modelagem de Processos com BPM
Modelagem de Processos com BPMModelagem de Processos com BPM
Modelagem de Processos com BPM
 
BPM
BPMBPM
BPM
 
cbg_03-2014_mapeamento_processo
cbg_03-2014_mapeamento_processocbg_03-2014_mapeamento_processo
cbg_03-2014_mapeamento_processo
 
Seminário 2009 apresentação michael rosemann
Seminário 2009   apresentação michael rosemannSeminário 2009   apresentação michael rosemann
Seminário 2009 apresentação michael rosemann
 
BPM Sucesu BA 2013
BPM Sucesu BA 2013BPM Sucesu BA 2013
BPM Sucesu BA 2013
 

Semelhante a Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP

Apresentação- transformação organizacional com bpm
Apresentação-  transformação organizacional com bpmApresentação-  transformação organizacional com bpm
Apresentação- transformação organizacional com bpm
Celebroni BPM
 
Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010
Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010
Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010
Celebroni BPM
 
Pensando processos(1)
Pensando processos(1)Pensando processos(1)
Pensando processos(1)
Ze Roberto Seners
 
Bpm Novo Paradigma
Bpm   Novo ParadigmaBpm   Novo Paradigma
Bpm Novo Paradigma
caraujotibness
 
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e DecisõesTDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
Mauricio Bitencourt, CBPP
 
Antes de automatizar processos e regras de negócio com BPMS e SOA: otimizar o...
Antes de automatizar processos e regras de negócio com BPMS e SOA: otimizar o...Antes de automatizar processos e regras de negócio com BPMS e SOA: otimizar o...
Antes de automatizar processos e regras de negócio com BPMS e SOA: otimizar o...
Mauricio Bitencourt, CBPP
 
09.bpm (1)
09.bpm (1)09.bpm (1)
09.bpm (1)
Filipe Quelhas
 
Bpm gestao de processos empresariais apresentação executiva - 20101215-semcase
Bpm gestao de processos empresariais   apresentação executiva - 20101215-semcaseBpm gestao de processos empresariais   apresentação executiva - 20101215-semcase
Bpm gestao de processos empresariais apresentação executiva - 20101215-semcase
PATH ITTS - DATA GOVERNANCE INNOVATION
 
Seminário 2009 apresentação michael rosemann
Seminário 2009 apresentação michael rosemannSeminário 2009 apresentação michael rosemann
Seminário 2009 apresentação michael rosemann
EloGroup
 
Business Process Management - (Disciplina: Gerência da Informação - Ciência d...
Business Process Management - (Disciplina: Gerência da Informação - Ciência d...Business Process Management - (Disciplina: Gerência da Informação - Ciência d...
Business Process Management - (Disciplina: Gerência da Informação - Ciência d...
Jennifer Carolinne
 
Melhores serviços com a modelagem e a automação de decisões
Melhores serviços com a modelagem e a automação de decisõesMelhores serviços com a modelagem e a automação de decisões
Melhores serviços com a modelagem e a automação de decisões
Mauricio Bitencourt, CBPP
 
Desafios de um projeto de BPM [Webinares iProcess 2015]
Desafios de um projeto de BPM [Webinares iProcess 2015]Desafios de um projeto de BPM [Webinares iProcess 2015]
Desafios de um projeto de BPM [Webinares iProcess 2015]
iProcess Soluções em BPM e RPA
 
A Democratização da Arquitetura de Processos como fator chave para Inovação [...
A Democratização da Arquitetura de Processos como fator chave para Inovação [...A Democratização da Arquitetura de Processos como fator chave para Inovação [...
A Democratização da Arquitetura de Processos como fator chave para Inovação [...
Kelly Sganderla
 
[BPM Day Porto Alegre 2014] Maurício Bitencourt – Como o iBPM e as tecnologi...
 [BPM Day Porto Alegre 2014] Maurício Bitencourt – Como o iBPM e as tecnologi... [BPM Day Porto Alegre 2014] Maurício Bitencourt – Como o iBPM e as tecnologi...
[BPM Day Porto Alegre 2014] Maurício Bitencourt – Como o iBPM e as tecnologi...
EloGroup
 
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
EloGroup
 
Relacionamento entre Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento de Processos d...
Relacionamento entre Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento de Processos d...Relacionamento entre Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento de Processos d...
Relacionamento entre Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento de Processos d...
Iris Nunes, PMP®, PSM I
 
BPM Day 2017 Mato Grosso - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
BPM Day 2017 Mato Grosso - Transformação Digital de Processos, Casos e DecisõesBPM Day 2017 Mato Grosso - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
BPM Day 2017 Mato Grosso - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
Mauricio Bitencourt, CBPP
 
Bpm office escritorio de processos
Bpm office   escritorio de processosBpm office   escritorio de processos
Bpm office escritorio de processos
Giovani Gomes
 
Introdução ao BPM - André Venâncio
Introdução ao BPM - André VenâncioIntrodução ao BPM - André Venâncio
Introdução ao BPM - André Venâncio
André Venâncio
 
Leandro Jesus – 4º Encontro ABPMP CBPP – Brasília – Como criar valor com BPM ...
Leandro Jesus – 4º Encontro ABPMP CBPP – Brasília – Como criar valor com BPM ...Leandro Jesus – 4º Encontro ABPMP CBPP – Brasília – Como criar valor com BPM ...
Leandro Jesus – 4º Encontro ABPMP CBPP – Brasília – Como criar valor com BPM ...
EloGroup
 

Semelhante a Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP (20)

Apresentação- transformação organizacional com bpm
Apresentação-  transformação organizacional com bpmApresentação-  transformação organizacional com bpm
Apresentação- transformação organizacional com bpm
 
Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010
Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010
Apresentação Institucional Celebroni BPM 2010
 
Pensando processos(1)
Pensando processos(1)Pensando processos(1)
Pensando processos(1)
 
Bpm Novo Paradigma
Bpm   Novo ParadigmaBpm   Novo Paradigma
Bpm Novo Paradigma
 
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e DecisõesTDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
TDC 2017 Porto Alegre - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
 
Antes de automatizar processos e regras de negócio com BPMS e SOA: otimizar o...
Antes de automatizar processos e regras de negócio com BPMS e SOA: otimizar o...Antes de automatizar processos e regras de negócio com BPMS e SOA: otimizar o...
Antes de automatizar processos e regras de negócio com BPMS e SOA: otimizar o...
 
09.bpm (1)
09.bpm (1)09.bpm (1)
09.bpm (1)
 
Bpm gestao de processos empresariais apresentação executiva - 20101215-semcase
Bpm gestao de processos empresariais   apresentação executiva - 20101215-semcaseBpm gestao de processos empresariais   apresentação executiva - 20101215-semcase
Bpm gestao de processos empresariais apresentação executiva - 20101215-semcase
 
Seminário 2009 apresentação michael rosemann
Seminário 2009 apresentação michael rosemannSeminário 2009 apresentação michael rosemann
Seminário 2009 apresentação michael rosemann
 
Business Process Management - (Disciplina: Gerência da Informação - Ciência d...
Business Process Management - (Disciplina: Gerência da Informação - Ciência d...Business Process Management - (Disciplina: Gerência da Informação - Ciência d...
Business Process Management - (Disciplina: Gerência da Informação - Ciência d...
 
Melhores serviços com a modelagem e a automação de decisões
Melhores serviços com a modelagem e a automação de decisõesMelhores serviços com a modelagem e a automação de decisões
Melhores serviços com a modelagem e a automação de decisões
 
Desafios de um projeto de BPM [Webinares iProcess 2015]
Desafios de um projeto de BPM [Webinares iProcess 2015]Desafios de um projeto de BPM [Webinares iProcess 2015]
Desafios de um projeto de BPM [Webinares iProcess 2015]
 
A Democratização da Arquitetura de Processos como fator chave para Inovação [...
A Democratização da Arquitetura de Processos como fator chave para Inovação [...A Democratização da Arquitetura de Processos como fator chave para Inovação [...
A Democratização da Arquitetura de Processos como fator chave para Inovação [...
 
[BPM Day Porto Alegre 2014] Maurício Bitencourt – Como o iBPM e as tecnologi...
 [BPM Day Porto Alegre 2014] Maurício Bitencourt – Como o iBPM e as tecnologi... [BPM Day Porto Alegre 2014] Maurício Bitencourt – Como o iBPM e as tecnologi...
[BPM Day Porto Alegre 2014] Maurício Bitencourt – Como o iBPM e as tecnologi...
 
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
[BPM Day Porto Alegre] Maurício Bitencourt - Como o iBPM e as tecnologias mai...
 
Relacionamento entre Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento de Processos d...
Relacionamento entre Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento de Processos d...Relacionamento entre Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento de Processos d...
Relacionamento entre Gerenciamento de Projetos e Gerenciamento de Processos d...
 
BPM Day 2017 Mato Grosso - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
BPM Day 2017 Mato Grosso - Transformação Digital de Processos, Casos e DecisõesBPM Day 2017 Mato Grosso - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
BPM Day 2017 Mato Grosso - Transformação Digital de Processos, Casos e Decisões
 
Bpm office escritorio de processos
Bpm office   escritorio de processosBpm office   escritorio de processos
Bpm office escritorio de processos
 
Introdução ao BPM - André Venâncio
Introdução ao BPM - André VenâncioIntrodução ao BPM - André Venâncio
Introdução ao BPM - André Venâncio
 
Leandro Jesus – 4º Encontro ABPMP CBPP – Brasília – Como criar valor com BPM ...
Leandro Jesus – 4º Encontro ABPMP CBPP – Brasília – Como criar valor com BPM ...Leandro Jesus – 4º Encontro ABPMP CBPP – Brasília – Como criar valor com BPM ...
Leandro Jesus – 4º Encontro ABPMP CBPP – Brasília – Como criar valor com BPM ...
 

Mais de EloGroup

Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei   Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei
EloGroup
 
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
EloGroup
 
Sistemas case ERP
Sistemas case ERP Sistemas case ERP
Sistemas case ERP
EloGroup
 
Insights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidasInsights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidas
EloGroup
 
Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas
EloGroup
 
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
EloGroup
 
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010 [IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
EloGroup
 
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
EloGroup
 
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2008 [IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2008
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008
EloGroup
 
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009 [IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
EloGroup
 
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
EloGroup
 
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
EloGroup
 
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoComo utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
EloGroup
 
Evolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSPEvolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSP
EloGroup
 
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia RecursoRoad Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
EloGroup
 
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoLeandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
EloGroup
 
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM RecursoRoad Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
EloGroup
 
Road Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de métodoRoad Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de método
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
EloGroup
 

Mais de EloGroup (20)

Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei   Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei
 
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
 
Sistemas case ERP
Sistemas case ERP Sistemas case ERP
Sistemas case ERP
 
Insights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidasInsights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidas
 
Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas
 
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
Pesquisa Nacional em Gerenciamento de Processos de Negócio – 2013
 
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010 [IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
 
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
 
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2008 [IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2008
[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008
 
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009 [IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
 
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
 
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
 
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoComo utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
 
Evolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSPEvolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSP
 
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia RecursoRoad Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
 
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoLeandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
 
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM RecursoRoad Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
 
Road Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de métodoRoad Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de método
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
 

Último

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
ReinaldoSouza57
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
profesfrancleite
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
AntonioVieira539017
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
Suzy De Abreu Santana
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
analuisasesso
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
fernandacosta37763
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
DanielCastro80471
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Professor Belinaso
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Biblioteca UCS
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
DeuzinhaAzevedo
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
NatySousa3
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 

Último (20)

1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptxA dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
A dinâmica da população mundial de acordo com as teorias populacionais.pptx
 
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do AssaréFamílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
Famílias Que Contribuíram Para O Crescimento Do Assaré
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptxQUIZ - HISTÓRIA  9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
QUIZ - HISTÓRIA 9º ANO - PRIMEIRA REPÚBLICA_ERA VARGAS.pptx
 
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinhaatividade 8º ano entrevista - com tirinha
atividade 8º ano entrevista - com tirinha
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de CarvalhoO sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
O sentimento nacional brasiliero, segundo o historiador Jose Murlo de Carvalho
 
Atividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º anoAtividade de reforço de matemática 2º ano
Atividade de reforço de matemática 2º ano
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdfEspecialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
Especialidade - Animais Ameaçados de Extinção(1).pdf
 
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escolaIntrodução à Sociologia: caça-palavras na escola
Introdução à Sociologia: caça-palavras na escola
 
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
Sistema de Bibliotecas UCS - Chronica do emperador Clarimundo, donde os reis ...
 
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmenteeducação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
educação inclusiva na atualidade como ela se estabelece atualmente
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdfCADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
CADERNO DE CONCEITOS E ORIENTAÇÕES DO CENSO ESCOLAR 2024.pdf
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptxSlides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
Slides Lição 9, Betel, Ordenança para uma vida de santificação, 2Tr24.pptx
 

Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP

  • 1. Maratona BPM Desenho de Processos Brasília, 23/10/2012
  • 2.  Guido Augusto Prantoni Junior, RUP, CBPP, PMP – Consultor de processos de negócio, especialista em Qualidade e Engenharia de Software – Currículo detalhado vide http://br.linkedin.com/in/guidoprantoni – E-mail de contato: guido.prantoni@plano.inf.br Sobre o Palestrante
  • 3.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  • 4. Desenho de Processos – Contexto BPM CBOK
  • 5.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  • 6.  Especificações para um novo processo de negócio, garantindo: – que informações geradas sejam usadas – eficácia, eficiência e agilidade dos processos – qualidade e precisão da planta baixa do processo.  Aplicação do resultado gerado na Análise do Processo Desenho de Processo
  • 7.  Fluxo de trabalho  Desempenho desejado  Recursos de dados  Plataformas tecnológicas  Controles financeiros e operacionais  Integração com processos internos e externos  Desenho lógico – que atividades são executadas  Desenho físico – como as atividades são executadas Desenho de Processo Deve Descrever
  • 8.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  • 9.  Definir o novo processo  Definir atividades dentro do processo  Analisar intervalos e comparações  Criar o desenho físico  Analisar e desenhar a infraestrutura de TI  Criar um plano de implementação  Simular, testar e aceitar o modelo Atividades Básicas no Desenho de Processos
  • 10.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  • 11.  Interações com clientes  Atividades com adição de valor  Redução de handoff  Trabalho onde faz mais sentido  SPC  Fluxo Contínuo  Desenhar, depois automatizar  Processos padronizados  Regras de negócio  Conformidade Princípios do Desenho de Processos
  • 12.  Equipes unidas para questões complexas  Terceirização  Qualidade no início  Envolver o menor número de pessoas  Reduzir tamanho do lote  Antecipar necessidades de informação no fluxo  do processo  Criar processo separado para cada grupo Outros Princípios de Desenho de Processos
  • 13.  Conceitos  Atividades Básicas  Princípios  Fatores-Chave de Sucesso Desenho de Processos
  • 14.  Envolvimento direto e liderança da equipe executiva  Colocar a responsabilidade pelo sucesso da iniciativa nos ombros do dono do processo  Criação de programas de incentivo e recompensas  Participação efetiva das pessoas envolvidas no processo que tomam decisões-chave  Desenho de processo deve ser de melhoria contínua  Liderança deve fazer o investimento necessário para assegurar que o projeto de processo de negócio seja bem sucedido  Entendimento da estratégia de negócio  Conhecer as necessidades do cliente Fatores-Chave de Sucesso
  • 15. OBRIGADO! PlanoPro2 SRTVS Qd. 701, Ed. Multiempresarial, Salas 708/711 Brasília-DF, 70040-020 Fones: (61) 3322-1010 (61) 3964-9404 Fax: (61) 3964.9403 www.planopro2.com.br