SlideShare uma empresa Scribd logo
Apresentação....................................................................................................2
1. Perfil dos Participantes da Pesquisa ..........................................................3
2. Como as organizações estão adotando o BPM ........................................... 4
2.1. Como as organizações entendem o conceito de BPM?................................ 4
2.2. Quais as motivações para a adoção de iniciativas de BPM? ........................ 6
2.3. Como é tratada a responsabilidade pela gestão das iniciativas de BPM?..... 6
2.4. Quais as iniciativas de BPM priorizadas para 2008?.................................. 8
2.5. Quais as ferramentas de modelagem de processos adotadas pelas
organizações? .................................................................................................. 8
2.6. Quais as plataformas tecnológicas adotadas pelas organizações? .............. 9
2.7. Quais as soluções de Business Process Management System (BPMS)
adotadas pelas organizações?..........................................................................10
2.8. Como as empresas estão investindo em BPM?.......................................... 11
3. Considerações finais ............................................................................... 13
Pesquisa sobre
Iniciativas em BPM
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 2
Apresentação
Prezado Congressista,
É com grande satisfação que encaminhamos a você os resultados da Pesquisa sobre
Iniciativas em BPM, realizada ao longo dos dias 22, 23 e 24 de janeiro de 2008,
durante o evento “Gestão por Processos”, promovido pelo IQPC.
Antes de mais nada, somos muito gratos a você e aos demais 90 profissionais que
responderam este questionário, permitindo criar o primeiro estudo sobre a adoção de
BPM nas organizações brasileiras. Acreditamos que esta é uma contribuição marcante
para a evolução e amadurecimento de BPM em nosso país.
Nas próximas seções, apresentaremos os dados relativos a cada uma das questões
presentes na pesquisa que você preencheu. No entanto, além de apresentar os dados
numéricos, realizamos uma reflexão sobre cada um dos resultados, buscando um
entendimento profundo sobre as causas e efeitos de cada resposta. Esperamos que
nossas observações possam ser úteis para ampliar a compreensão sobre este fascinante
mundo.
Desde já nos colocamos a sua total disposição.
Um grande abraço e boa leitura!
Leandro Jesus
Sócio-Diretor
leandro.jesus@elogroup.com.br
Vinícius Amaral
Diretor de Negócios e Tecnologia
vinicius.amaral@iprocess.com.br
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 3
1. Perfil dos Participantes da Pesquisa
A presente pesquisa contou com profissionais de diferentes indústrias como siderurgia,
energia, etc., conforme mostrado no Gráfico 1, e de natureza tanto pública quanto
privada, como pode ser visto no Gráfico 2.
Gráfico 1: Setores das Organizações da Pesquisa
Gráfico 2: Natureza das Organizações (Pública ou Privada)
Manufatura;
28%
Transportes;
12%
Engenharia/
Construção;
12%
Serviços/
Tecnologia;
12%
Mercado
Fianceiro;
10%
Energia;
8%
Comunicação;
6%
Forn. Matéria-
Prima;
4%
Consultoria;
4%
Outros;
4%
Privada; 84%
Pública; 16%
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 4
Quanto ao perfil dos profissionais respondentes, destaca-se que profissionais com
origem em diferentes áreas (Gráfico 3) estão envolvidos com o tema, o que reforça a
característica da gestão de processos como uma disciplina que suporta diferentes
iniciativas em uma mesma empresa.
Gráfico 3: Distribuição em relação às áreas da organização
2. Como as organizações estão adotando o BPM
2.1. Como as organizações entendem o conceito de BPM?
O conceito de Business Process Management (BPM), apesar de muito difundido, passa
por inúmeros entendimentos e é adotado de diferentes maneiras. Esta heterogeneidade
acaba por gerar um conjunto de problemas que acabam por limitar os ganhos
potenciais com tal iniciativa e, muitas vezes, quebra de expectativas em relação aos
resultados.
Um típico exemplo destas limitações é o desenvolvimento de projetos de redesenho de
processos desconectados dos aspectos de implementação dos processos, tais como os
sistemas de informação a serem utilizados, o que irá afetar, entre outros, a viabilidade
e/ou o controle de execução dos novos processos.
Processos;
22%
TI;
15%
Qualidade;
12%
Planejamentoe
Gestão;
12%
Operacional;
10%
Projetos;
8%
Administrativo;
5%
RH;
3%
Outros; 11%
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 5
Outro exemplo é o entendimento de BPM unicamente como ferramenta de tecnologia.
Há diversos cenários onde a aplicação da tecnologia diretamente sobre os processos
não trará os resultados desejados, havendo, inclusive, o risco de se reforçar
desconexões existentes.
Como se pode perceber no Gráfico 4, mesmo entre os participantes do evento, este
entendimento heterogêneo sobre BPM se confirma.
Gráfico 4: Entendimentos para o termo BPM
0% 10% 20% 30% 40% 50% 60%
Outro.
Um conjunto de tecnologias que apóiam TI no
desenvolvimento e monitoração de processos
de workflow e aplicativos;
Uma iniciativa focada em redução de custos e
aumento de produtividade de fluxo de trabalho
e processos específicos;
Uma metodologia top-down projetada para
organizar, gerenciar e avaliar uma organização
baseada em seus processos centrais;
Uma abordagem sistemática para
análise, redesenho, melhoria e gestão de um
processo específico;
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 6
2.2. Quais as motivações para a adoção de iniciativas de
BPM?
Em relação aos principais motivadores para a adoção de iniciativas de BPM pode-se
perceber também uma razoável amplitude de alternativas, como mostra o Gráfico 5.
Neste caso, cabe destacar uma diferença entre as iniciativas que possuem escopo mais
amplo, como programas de melhoria de produtividade e custos, e as iniciativas focadas
em um objetivo específico, como o suporte a uma fusão ou implantação do compliance
com a SOX. Estas últimas tendem a ter um caráter mais imediato e em muitas vezes
desconsideram os ganhos do BPM como suporte a outras iniciativas.
Gráfico 5: Motivações para a adoção de iniciativas de BPM
2.3. Como é tratada a responsabilidade pela gestão das
iniciativas de BPM?
Outra questão que vem recebendo muita atenção atualmente é a forma de inserção da
responsabilidade pelas atividades de BPM. Devo criar um Escritório de Processos?
Posso atribuir essa responsabilidade ao Project Management Office - PMO? Em que
0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70%
Necessidade oriunda de um evento específico
(fusão, aquisição, outsourcing, etc);
Outro
Necessidade de compliance com regulações ou requisitos do
negócio (Sarbanes-Oxley, ISO 9000,etc.);
Necessidade de melhoria da gestão dos recursos de TI
(aplicações ERP, desenvolvimento e gestão de sistemas, etc.);
Necessidade de melhoria dos produtos existentes, criação de
novos produtos ou entrada de novas linhas de negócio;
Necessidade de melhoria da satisfação do cliente;
Necessidade de redução de custos e/ou aumento de
produtividade;
Necessidade de melhoria da estrutura de gestão, coordenação e
agilidade para mudanças da organização;
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 7
área da minha organização o Escritório de Processos deve estar alocado? São perguntas
recorrentes na definição da forma de gestão e suporte ao BPM.
Como se pode observar no Gráfico 6, quase metade dos profissionais consultados não
possuem um grupo formal de BPM em sua organização. Já na outra metade, dos que
possuem um grupo formal, é possível perceber uma grande heterogeneidade de
inserções para tal grupo.
Vale ressaltar que a inserção deste tipo de grupo nas empresas normalmente não é
resultado de um trabalho de projeto organizacional estruturado, e sim, relacionado ao
histórico de motivadores e iniciativas de BPM já realizadas. Uma empresa que iniciou
atividades de BPM para suportar a implantação de um ERP tende a ter seu Escritório
de Processos na área de TI. Por outro lado, aquela que começou o BPM em função de
garantir o compliance com a SOX tende a aproximar o Escritório da área de controles
internos, e assim por diante. Repare que a inserção do Escritório em uma área
especifica normalmente acaba por focá-lo naquele tema (p.ex. compliance) e reduzir o
suporte aos demais temas.
Um ponto que destacamos como crítico nesta discussão é o projeto da forma de
governança que suporta a inserção do Escritório de Processos, de forma a garantir que
este efetivamente possa realizar o alinhamento entre as múltiplas iniciativas que a visão
de processos pode suportar.
Gráfico 6: Distribuição do Grupo de BPM nas organizações
Minha empresa
não possui um
grupo formal de
BPM
49%
No nível
Executivo
6%
No nível de
Diretoriaou
Departamento
12%
Na área de TI
10%
Na área
de RH
6%
Na área de
Finanças
0%
Na área de
Qualidade
3%
Na área de
Riscos e
Controles
1%
Outro
13%
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 8
2.4. Quais as iniciativas de BPM priorizadas para 2008?
Dentre as iniciativas que as organizações estão priorizando para 2008, apresentadas no
Gráfico 7, pode-se perceber que muito esforço ainda está sendo realizado no sentido de
se criar uma cultura e uma identidade de processos para a organização. Isso é
demonstrado pelo grande número de respostas relacionadas ao desenvolvimento de
arquitetura de processos, redesenho de macro processos e treinamento e difusão da
visão de processos junto aos gestores.
Outras iniciativa que será prioritária nas agendas das organizações participantes para
2008 será a elaboração de Balanced Scorecards e o conseqüente alinhamento dos
processos organizacionais a objetivos estratégicos.
Gráfico 7: Iniciativas de BPM priorizadas para 2008
2.5. Quais as ferramentas de modelagem de processos
adotadas pelas organizações?
Dentre as principais ferramentas adotadas pelas empresas participantes da pesquisa, o
ARIS aparece com maior destaque, sendo utilizado por 34% dos respondentes. Mesmo
assim, muitas organizações ainda usam ferramentas do MS Office (Excel, PowerPoint e
Word) para a modelagem de seus processos (22% dos respondentes).
0% 10% 20% 30% 40% 50% 60%
Desenvolvimento de aplicativo paramonitoraçãodos
processosem tempo real (BAM);
Desenvolvimentode sistemas de regrasde negócio;
Redesenho de processos a partir de modelos de
referência(SCOR, ITIL);
Automação dos principais processos da organização;
ProjetosSix Sigma de melhoria de processos;
Treinamentos em análise e redesenho de processos
e de gestores;
Desenvolvimentoda arquiteturade processos da
organização;
Balanced Scorecard;
Redesenho dos principais macroprocessosda
organização;
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 9
Ressalta-se também que este mercado vem passando por grandes transformações, com
uma tendência a uma maior concentração em função das inúmeras aquisições que estão
ocorrendo. Uma tendência importante é a crescente incorporação das ferramentas com
foco na modelagem pelas ferramentas de automação, com vistas a fornecer uma solução
completa para o projeto, execução e controle dos processos.
Gráfico 8: Ferramentas de modelagem adotadas pelas organizações
2.6. Quais as plataformas tecnológicas adotadas pelas
organizações?
Os dados obtidos na pesquisa em relação à utilização de plataformas tecnológicas nas
empresas,mostram uma distribuição heterogênea.
Os números indicam a plataforma SAP como a mais utilizada (39%), seguida pelas
plataformas Oracle e Microsoft (22 e 21%). Os resultados podem ser visualizados no
Gráfico 9.
Minha empresa
não possui
solução deste
tipo; 10%
Microsoft Visio;
26%
Microsoft Office
(Excel, PowerPoi
nt, Word); 22%
IDS Scheer /
ARIS; 34%
IBM Websphere
Business
Modeler; 0%
Outro; 8%
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 10
Gráfico 9: Plataformas Tecnológicas utilizadas pelas organizações
2.7. Quais as soluções de Business Process Management
System (BPMS) adotadas pelas organizações?
De forma consistente com as iniciativas priorizadas, pode-se perceber que quase 70%
das empresas não possuem solução de BPMS instaladas, o que permite inferir que as
organizações ainda estão em estágios anteriores relacionados ao entendimento e
melhoria de processos, sendo a adoção de tais ferramentas uma iniciativa que tende a
crescer nos próximos anos.
Dentre as soluções adotadas, o SAP Netweaver aparece com maior destaque, como
pode ser visualizado no Gráfico 10.
SAP; 39%
IBM; 6%
BEA; 4%
Oracle; 22%
Microsoft; 21%
Outro; 7%
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 11
Gráfico 10: Soluções de BPMS nas organizações
2.8. Como as empresas estão investindo em BPM?
Comparando-se os investimentos realizados em 2007, Gráfico 11, com os investimentos
previstos para 2008, Gráfico 12, fica claro que as empresas estão expandindo suas
iniciativas em BPM e aumentando o nível de comprometimento destes investimentos.
Ao se analisar o perfil de investimentos em 2007, percebe-se que a grande maioria,
quase 70%, realizou investimentos inferiores a R$ 200.000,00 que representam
principalmente programas de treinamento e projetos piloto.
Já na previsão para 2008, pode-se perceber que ocorre um razoável aumento dos
investimentos entre R$ 200 mil e R$ 500 mil, o que indica uma maior expansão das
atividades nas empresas.
Minha empresa
não possui
solução de
BPMS; 69%
Intalio; 0%
Oracle
BPEL;
4%
SAP Netweaver;
20%
IBM Filenet; 1%
Agiles; 0% Tibco; 4% Fuego /
Aqualogic /
BEA; 3%
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 12
Gráfico 11: Quanto as empresas investiram em BPM em 2007
Gráfico 12: Quanto as empresas pensam em investir em BPM em 2008
0 a 200 mil;
67%
201 mil a
500 mil; 0%
501 mil a 2
milhões; 17%
mais de 2
milhões; 17%
0 a 200 mil;
44%
201 mil a 500
mil; 33%
501 mil a 2
milhões; 0%
mais de 2
milhões; 22%
Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
© Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 13
3. Considerações finais
Esta pesquisa, aplicada junto aos participantes do evento Gestão Por Processos, apesar
de ter seu escopo reduzido e contemplando uma amostra de 91 respondentes, permite
uma identificação de como as empresas brasileiras estão atuando em suas iniciativas
relacionadas a BPM. Este levantamento permite algumas inferências sobre o mercado e
sobre a evolução desta temática no Brasil.
Em caso de dúvidas ou comentários sobre os resultados dessa pesquisa, pedimos que
entrem em contato conosco através dos emails contato@elogroup.com.br ou
info@iprocess.com.br.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Elo Group O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
Elo Group   O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...Elo Group   O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
Elo Group O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
EloGroup
 
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoLeandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
EloGroup
 
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
EloGroup
 
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
EloGroup
 
Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz Takada, CBPP Recurso
Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz Takada, CBPP RecursoCap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz Takada, CBPP Recurso
Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz Takada, CBPP Recurso
EloGroup
 
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
EloGroup
 
Investigando o papel da gestão por processos nos sistemas verdes
 Investigando o papel da gestão por processos nos sistemas verdes Investigando o papel da gestão por processos nos sistemas verdes
Investigando o papel da gestão por processos nos sistemas verdes
EloGroup
 
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso 2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
EloGroup
 
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
EloGroup
 
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
EloGroup
 
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
EloGroup
 
Tcc Adolfo Stochiero - BPM - Business Process Management
Tcc Adolfo Stochiero - BPM - Business Process ManagementTcc Adolfo Stochiero - BPM - Business Process Management
Tcc Adolfo Stochiero - BPM - Business Process Management
Adolfo Stochiero de Assis Mates
 
Introdução à gestão de processos de trabalho (guia do STJ)
Introdução à gestão de processos de trabalho (guia do STJ)Introdução à gestão de processos de trabalho (guia do STJ)
Introdução à gestão de processos de trabalho (guia do STJ)
Superior Tribunal de Justiça
 
Apostila Comparativo Entre Itil E Cobit
Apostila Comparativo Entre Itil E CobitApostila Comparativo Entre Itil E Cobit
Apostila Comparativo Entre Itil E Cobit
Fernando Palma
 
Monografia bpm
Monografia bpmMonografia bpm
Monografia bpm
Fernando Palma
 
Metodologia de gestão de projetos do STJ
Metodologia de gestão de projetos do STJMetodologia de gestão de projetos do STJ
Metodologia de gestão de projetos do STJ
Superior Tribunal de Justiça
 
Pin 2020
Pin 2020Pin 2020
Pin 2020
Fabio Felix
 
Pim III e IV - UNIP - Gestão de Tecnologia da Informação
Pim III e IV - UNIP - Gestão de Tecnologia da InformaçãoPim III e IV - UNIP - Gestão de Tecnologia da Informação
Pim III e IV - UNIP - Gestão de Tecnologia da Informação
Diego Curumim
 

Mais procurados (18)

Elo Group O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
Elo Group   O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...Elo Group   O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
Elo Group O EscritóRio De Processos Mecanismo De GovernançA E InovaçãO Orga...
 
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia RecursoLeandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
Leandro Jesus_Processos como um elo entre a TI e a estratégia Recurso
 
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...Elo Group   EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
Elo Group EscritóRio De Processos Vs EscritóRio De Projetos DiferençAs E Te...
 
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
2011| ELO Group – Apreentação São Paulo Recurso Curitiba_ELOGROUP
 
Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz Takada, CBPP Recurso
Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz Takada, CBPP RecursoCap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz Takada, CBPP Recurso
Cap 9 – Gerenciamento de Processos corporativos – Luiz Takada, CBPP Recurso
 
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Curitiba Recurso
 
Investigando o papel da gestão por processos nos sistemas verdes
 Investigando o papel da gestão por processos nos sistemas verdes Investigando o papel da gestão por processos nos sistemas verdes
Investigando o papel da gestão por processos nos sistemas verdes
 
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso 2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
2011| ELO Group – Apresentação Belo Horizonte Recurso
 
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
Michael Rosemann - Os Cinco Domínio da Governança de BPM
 
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no BrasilAvaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
Avaliação de 10 anos de operação de escritórios de processos no Brasil
 
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...Elo Group   Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
Elo Group Implantando Um EscritóRio De Processos Alinhado àS VisõEs De Gove...
 
Tcc Adolfo Stochiero - BPM - Business Process Management
Tcc Adolfo Stochiero - BPM - Business Process ManagementTcc Adolfo Stochiero - BPM - Business Process Management
Tcc Adolfo Stochiero - BPM - Business Process Management
 
Introdução à gestão de processos de trabalho (guia do STJ)
Introdução à gestão de processos de trabalho (guia do STJ)Introdução à gestão de processos de trabalho (guia do STJ)
Introdução à gestão de processos de trabalho (guia do STJ)
 
Apostila Comparativo Entre Itil E Cobit
Apostila Comparativo Entre Itil E CobitApostila Comparativo Entre Itil E Cobit
Apostila Comparativo Entre Itil E Cobit
 
Monografia bpm
Monografia bpmMonografia bpm
Monografia bpm
 
Metodologia de gestão de projetos do STJ
Metodologia de gestão de projetos do STJMetodologia de gestão de projetos do STJ
Metodologia de gestão de projetos do STJ
 
Pin 2020
Pin 2020Pin 2020
Pin 2020
 
Pim III e IV - UNIP - Gestão de Tecnologia da Informação
Pim III e IV - UNIP - Gestão de Tecnologia da InformaçãoPim III e IV - UNIP - Gestão de Tecnologia da Informação
Pim III e IV - UNIP - Gestão de Tecnologia da Informação
 

Destaque

Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
EloGroup
 
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiz...
 Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiz... Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiz...
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiz...
Lecom Tecnologia
 
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010 [IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
EloGroup
 
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia RecursoRoad Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
EloGroup
 
[BPM DAY RJ 2013] Globosat – Negociação e desenvolvimento do conceito e da co...
[BPM DAY RJ 2013] Globosat – Negociação e desenvolvimento do conceito e da co...[BPM DAY RJ 2013] Globosat – Negociação e desenvolvimento do conceito e da co...
[BPM DAY RJ 2013] Globosat – Negociação e desenvolvimento do conceito e da co...
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
EloGroup
 
[Café com BPM Setor Público] Estratégia
[Café com BPM Setor Público] Estratégia[Café com BPM Setor Público] Estratégia
[Café com BPM Setor Público] Estratégia
EloGroup
 
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
EloGroup
 
[Café com BPM] Suprimentos
[Café com BPM] Suprimentos  [Café com BPM] Suprimentos
[Café com BPM] Suprimentos
EloGroup
 
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiza...
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiza...Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiza...
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiza...
Lecom Tecnologia
 
BPM Day Campinas - Renova Energia
BPM Day Campinas - Renova EnergiaBPM Day Campinas - Renova Energia
BPM Day Campinas - Renova Energia
Lecom Tecnologia
 
Insights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidasInsights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidas
EloGroup
 
BPM Day Campinas - Unicamp Digital - Elo Group - Pedro
BPM Day Campinas - Unicamp Digital - Elo Group - PedroBPM Day Campinas - Unicamp Digital - Elo Group - Pedro
BPM Day Campinas - Unicamp Digital - Elo Group - Pedro
Lecom Tecnologia
 
Webinar Business Process Transformation
Webinar Business Process TransformationWebinar Business Process Transformation
Webinar Business Process Transformation
Lecom Tecnologia
 
BPM Day Campinas - Escritório de Processos - Adiel
BPM Day Campinas - Escritório de Processos - AdielBPM Day Campinas - Escritório de Processos - Adiel
BPM Day Campinas - Escritório de Processos - Adiel
Lecom Tecnologia
 
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoComo utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
EloGroup
 
BPM & Transformação Digital
BPM & Transformação Digital BPM & Transformação Digital
BPM & Transformação Digital
EloGroup
 
Case Produtividade - Airton Caetano
Case Produtividade - Airton CaetanoCase Produtividade - Airton Caetano
Case Produtividade - Airton Caetano
Lecom Tecnologia
 
BPM Day Campinas - Euro - Amsted Maxion
BPM Day Campinas - Euro - Amsted MaxionBPM Day Campinas - Euro - Amsted Maxion
BPM Day Campinas - Euro - Amsted Maxion
Lecom Tecnologia
 
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - NicholasBPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
Lecom Tecnologia
 

Destaque (20)

Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por ProcessosIntegrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
Integrando o diagnóstico financeiro à Gestão por Processos
 
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiz...
 Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiz... Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiz...
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiz...
 
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010 [IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM –  2010
[IQPC] 3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2010
 
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia RecursoRoad Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
Road Show _Oracle BPM Suite Do Negócio à Tecnologia Recurso
 
[BPM DAY RJ 2013] Globosat – Negociação e desenvolvimento do conceito e da co...
[BPM DAY RJ 2013] Globosat – Negociação e desenvolvimento do conceito e da co...[BPM DAY RJ 2013] Globosat – Negociação e desenvolvimento do conceito e da co...
[BPM DAY RJ 2013] Globosat – Negociação e desenvolvimento do conceito e da co...
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2013
 
[Café com BPM Setor Público] Estratégia
[Café com BPM Setor Público] Estratégia[Café com BPM Setor Público] Estratégia
[Café com BPM Setor Público] Estratégia
 
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
[IQPC] 4ª Pesquisa de Iniciativas de BPM – 2011
 
[Café com BPM] Suprimentos
[Café com BPM] Suprimentos  [Café com BPM] Suprimentos
[Café com BPM] Suprimentos
 
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiza...
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiza...Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiza...
Erros, aprendizados e boas práticas na implantação de transformações organiza...
 
BPM Day Campinas - Renova Energia
BPM Day Campinas - Renova EnergiaBPM Day Campinas - Renova Energia
BPM Day Campinas - Renova Energia
 
Insights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidasInsights e lições aprendidas
Insights e lições aprendidas
 
BPM Day Campinas - Unicamp Digital - Elo Group - Pedro
BPM Day Campinas - Unicamp Digital - Elo Group - PedroBPM Day Campinas - Unicamp Digital - Elo Group - Pedro
BPM Day Campinas - Unicamp Digital - Elo Group - Pedro
 
Webinar Business Process Transformation
Webinar Business Process TransformationWebinar Business Process Transformation
Webinar Business Process Transformation
 
BPM Day Campinas - Escritório de Processos - Adiel
BPM Day Campinas - Escritório de Processos - AdielBPM Day Campinas - Escritório de Processos - Adiel
BPM Day Campinas - Escritório de Processos - Adiel
 
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organizaçãoComo utilizar a visão por processos para transformar a organização
Como utilizar a visão por processos para transformar a organização
 
BPM & Transformação Digital
BPM & Transformação Digital BPM & Transformação Digital
BPM & Transformação Digital
 
Case Produtividade - Airton Caetano
Case Produtividade - Airton CaetanoCase Produtividade - Airton Caetano
Case Produtividade - Airton Caetano
 
BPM Day Campinas - Euro - Amsted Maxion
BPM Day Campinas - Euro - Amsted MaxionBPM Day Campinas - Euro - Amsted Maxion
BPM Day Campinas - Euro - Amsted Maxion
 
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - NicholasBPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
BPM Day Campinas - Introdução ao BPM CBOK - Nicholas
 

Semelhante a [IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008

3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2010
3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 20103ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2010
3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2010
EloGroup
 
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de ProcessosIQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
EloGroup
 
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009 [IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
EloGroup
 
2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2009
2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 20092ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2009
2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2009
EloGroup
 
Pensando processos(1)
Pensando processos(1)Pensando processos(1)
Pensando processos(1)
Ze Roberto Seners
 
Portais Corporativos e Estratégia Empresarial
Portais Corporativos e Estratégia EmpresarialPortais Corporativos e Estratégia Empresarial
Portais Corporativos e Estratégia Empresarial
Marcelo Pimenta (menta90)
 
Gestão da TI (26/02/2015)
Gestão da TI (26/02/2015)Gestão da TI (26/02/2015)
Gestão da TI (26/02/2015)
Alessandro Almeida
 
Como Implementar Escritório de Processos
Como Implementar Escritório de Processos Como Implementar Escritório de Processos
Como Implementar Escritório de Processos
Rildo (@rildosan) Santos
 
Apresentação Petic
Apresentação PeticApresentação Petic
Apresentação Petic
Kharylim Machado Sea
 
ApresentaçãO Petic
ApresentaçãO PeticApresentaçãO Petic
ApresentaçãO Petic
guestb6d0707
 
ITIL no Setor Público: Uma análise do emprego do ITIL no Setor Público Brasil...
ITIL no Setor Público: Uma análise do emprego do ITIL no Setor Público Brasil...ITIL no Setor Público: Uma análise do emprego do ITIL no Setor Público Brasil...
ITIL no Setor Público: Uma análise do emprego do ITIL no Setor Público Brasil...
luizfelipemz
 
Gestão da TI (25/02/2015)
Gestão da TI (25/02/2015)Gestão da TI (25/02/2015)
Gestão da TI (25/02/2015)
Alessandro Almeida
 
Pim iii unip interativa
Pim iii unip interativa Pim iii unip interativa
Pim iii unip interativa
thiroman
 
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
Fernando Palma
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
EloGroup
 
Michael Rosemann & ELO Group – Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
Michael Rosemann & ELO Group – Um Framework para Operação do Escritório de Pr...Michael Rosemann & ELO Group – Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
Michael Rosemann & ELO Group – Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
EloGroup
 
Michael Rosemann & ELO Group - Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
Michael Rosemann & ELO Group - Um Framework para Operação do Escritório de Pr...Michael Rosemann & ELO Group - Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
Michael Rosemann & ELO Group - Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
EloGroup
 
Aula 5 Governança de TI
Aula 5   Governança de TIAula 5   Governança de TI
Aula 5 Governança de TI
Alexandre Afonso
 
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdfUFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
ssusere9e7d1
 

Semelhante a [IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008 (20)

3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2010
3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 20103ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2010
3ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2010
 
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de ProcessosIQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
IQPC Workshop Implantando a Governança de BPM com o Escritório de Processos
 
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009 [IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
[IQPC] 2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2009
 
2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2009
2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 20092ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2009
2ª Pesquisa Iniciativas em BPM – Evento IQPC 2009
 
Pensando processos(1)
Pensando processos(1)Pensando processos(1)
Pensando processos(1)
 
Portais Corporativos e Estratégia Empresarial
Portais Corporativos e Estratégia EmpresarialPortais Corporativos e Estratégia Empresarial
Portais Corporativos e Estratégia Empresarial
 
Gestão da TI (26/02/2015)
Gestão da TI (26/02/2015)Gestão da TI (26/02/2015)
Gestão da TI (26/02/2015)
 
Como Implementar Escritório de Processos
Como Implementar Escritório de Processos Como Implementar Escritório de Processos
Como Implementar Escritório de Processos
 
Apresentação Petic
Apresentação PeticApresentação Petic
Apresentação Petic
 
ApresentaçãO Petic
ApresentaçãO PeticApresentaçãO Petic
ApresentaçãO Petic
 
ITIL no Setor Público: Uma análise do emprego do ITIL no Setor Público Brasil...
ITIL no Setor Público: Uma análise do emprego do ITIL no Setor Público Brasil...ITIL no Setor Público: Uma análise do emprego do ITIL no Setor Público Brasil...
ITIL no Setor Público: Uma análise do emprego do ITIL no Setor Público Brasil...
 
Gestão da TI (25/02/2015)
Gestão da TI (25/02/2015)Gestão da TI (25/02/2015)
Gestão da TI (25/02/2015)
 
Pim iii unip interativa
Pim iii unip interativa Pim iii unip interativa
Pim iii unip interativa
 
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
PDTI - Plano Diretor de Tecnologia da Informação (modelo)
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2009
 
Michael Rosemann & ELO Group – Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
Michael Rosemann & ELO Group – Um Framework para Operação do Escritório de Pr...Michael Rosemann & ELO Group – Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
Michael Rosemann & ELO Group – Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
 
Michael Rosemann & ELO Group - Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
Michael Rosemann & ELO Group - Um Framework para Operação do Escritório de Pr...Michael Rosemann & ELO Group - Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
Michael Rosemann & ELO Group - Um Framework para Operação do Escritório de Pr...
 
Aula 5 Governança de TI
Aula 5   Governança de TIAula 5   Governança de TI
Aula 5 Governança de TI
 
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdfUFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
UFPE - Metodologia de Gestão de Processos_UFPE.pdf
 

Mais de EloGroup

Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei   Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei
EloGroup
 
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
EloGroup
 
Sistemas case ERP
Sistemas case ERP Sistemas case ERP
Sistemas case ERP
EloGroup
 
Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas
EloGroup
 
Evolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSPEvolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSP
EloGroup
 
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM RecursoRoad Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
EloGroup
 
Road Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de métodoRoad Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de método
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
EloGroup
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
EloGroup
 
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPPCap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
EloGroup
 
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoCap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
EloGroup
 
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPPCap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
EloGroup
 
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPPCap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
EloGroup
 
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP RecursoCap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
EloGroup
 
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPPCap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
EloGroup
 
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPPCap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
EloGroup
 

Mais de EloGroup (17)

Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei   Ementa produtividade sensei
Ementa produtividade sensei
 
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...Infográfico  -  Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
Infográfico - Perdas no varejo alimentício e como os processos podem ser ot...
 
Sistemas case ERP
Sistemas case ERP Sistemas case ERP
Sistemas case ERP
 
Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas Desperdicios case perdas
Desperdicios case perdas
 
Evolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSPEvolução na gestão por processos na CSP
Evolução na gestão por processos na CSP
 
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM RecursoRoad Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
Road Show_Abordagem da Oracle Consulting para BPM Recurso
 
Road Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de métodoRoad Show BPM_Uma questão de método
Road Show BPM_Uma questão de método
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2010
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2011
 
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
[IQPC] Apresentação - EloGroup 2012
 
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPPCap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
Cap 10 – Tecnologia BPM – Bruno Lima,CBPP
 
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP RecursoCap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
Cap 7 – Transformação – Monica Moreira, CBPP Recurso
 
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPPCap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
Cap 8 – Organização de Gerenciamento de Processos – Samyra Salomão, CBPP
 
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPPCap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
Cap 5 – Desenho – Guido Prantoni,CBPP
 
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP RecursoCap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
Cap 6 – Gerenciamento de desempenho – Nicir Chaves, CBPP Recurso
 
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPPCap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
Cap 3 – Modelagem de Processos – Antonio Braquehais, CBPP
 
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPPCap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
Cap 4 – Análise – Alexandre Guimarães, CBPP
 

Último

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
marcos oliveira
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
marcos oliveira
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
shirleisousa9166
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
felipescherner
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Colaborar Educacional
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Leonel Morgado
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
marcos oliveira
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
VictorEmanoel37
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CristviaFerreira
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
pattyhsilva271204
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
LuizHenriquedeAlmeid6
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
C4io99
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
Ligia Galvão
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
EduardoLealSilva
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Centro Jacques Delors
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Falcão Brasil
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Mary Alvarenga
 

Último (20)

A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptxA perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
A perspectiva colaborativa e as novas práticas de inclusão. (1).pptx
 
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdfoficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
oficia de construção de recursos para aluno DI.pdf
 
escrita criativa utilizada na arteterapia
escrita criativa   utilizada na arteterapiaescrita criativa   utilizada na arteterapia
escrita criativa utilizada na arteterapia
 
Guerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibéricaGuerra de reconquista da Península ibérica
Guerra de reconquista da Península ibérica
 
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2016 CENSIPAM.pdf
 
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores LocaisTemática – Projeto para Empreendedores Locais
Temática – Projeto para Empreendedores Locais
 
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e CaminhosAprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
Aprendizagem Imersiva: Conceitos e Caminhos
 
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2017 CENSIPAM.pdf
 
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
Folha de Atividades (Virei Super-Herói! Projeto de Edição de Fotos) com Grade...
 
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da químicaTEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
TEORIAS UECE.pdf química geral nome de cientistas famosos da química
 
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdfCALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
CALENDÁRIO GRADUAÇÃO 2024-07ddddd-04 (1).pdf
 
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdfApostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
Apostila em LIBRAS - Curso Básico ENAP 2019.pdf
 
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
Slides Lição 2, Betel, A Igreja e a relevância, para a adoração verdadeira no...
 
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. WeaverAs Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
As Ideias Têm Consequências - Richard M. Weaver
 
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _RECORDANDO BONS MOMENTOS!               _
RECORDANDO BONS MOMENTOS! _
 
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptxIV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
IV Jornada Nacional Tableau - Apresentações.pptx
 
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa CivilSeminário de Gestão Pública e Defesa Civil
Seminário de Gestão Pública e Defesa Civil
 
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UEInfografia | Presidência húngara do Conselho da UE
Infografia | Presidência húngara do Conselho da UE
 
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdfRelatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
Relatório de Atividades 2015 CENSIPAM.pdf
 
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
Caça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafosCaça - palavras  e cruzadinha   com  dígrafos
Caça - palavras e cruzadinha com dígrafos
 

[IQPC] 1ª Pesquisa Iniciativas em BPM – 2008

  • 1. Apresentação....................................................................................................2 1. Perfil dos Participantes da Pesquisa ..........................................................3 2. Como as organizações estão adotando o BPM ........................................... 4 2.1. Como as organizações entendem o conceito de BPM?................................ 4 2.2. Quais as motivações para a adoção de iniciativas de BPM? ........................ 6 2.3. Como é tratada a responsabilidade pela gestão das iniciativas de BPM?..... 6 2.4. Quais as iniciativas de BPM priorizadas para 2008?.................................. 8 2.5. Quais as ferramentas de modelagem de processos adotadas pelas organizações? .................................................................................................. 8 2.6. Quais as plataformas tecnológicas adotadas pelas organizações? .............. 9 2.7. Quais as soluções de Business Process Management System (BPMS) adotadas pelas organizações?..........................................................................10 2.8. Como as empresas estão investindo em BPM?.......................................... 11 3. Considerações finais ............................................................................... 13 Pesquisa sobre Iniciativas em BPM
  • 2. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 2 Apresentação Prezado Congressista, É com grande satisfação que encaminhamos a você os resultados da Pesquisa sobre Iniciativas em BPM, realizada ao longo dos dias 22, 23 e 24 de janeiro de 2008, durante o evento “Gestão por Processos”, promovido pelo IQPC. Antes de mais nada, somos muito gratos a você e aos demais 90 profissionais que responderam este questionário, permitindo criar o primeiro estudo sobre a adoção de BPM nas organizações brasileiras. Acreditamos que esta é uma contribuição marcante para a evolução e amadurecimento de BPM em nosso país. Nas próximas seções, apresentaremos os dados relativos a cada uma das questões presentes na pesquisa que você preencheu. No entanto, além de apresentar os dados numéricos, realizamos uma reflexão sobre cada um dos resultados, buscando um entendimento profundo sobre as causas e efeitos de cada resposta. Esperamos que nossas observações possam ser úteis para ampliar a compreensão sobre este fascinante mundo. Desde já nos colocamos a sua total disposição. Um grande abraço e boa leitura! Leandro Jesus Sócio-Diretor leandro.jesus@elogroup.com.br Vinícius Amaral Diretor de Negócios e Tecnologia vinicius.amaral@iprocess.com.br
  • 3. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 3 1. Perfil dos Participantes da Pesquisa A presente pesquisa contou com profissionais de diferentes indústrias como siderurgia, energia, etc., conforme mostrado no Gráfico 1, e de natureza tanto pública quanto privada, como pode ser visto no Gráfico 2. Gráfico 1: Setores das Organizações da Pesquisa Gráfico 2: Natureza das Organizações (Pública ou Privada) Manufatura; 28% Transportes; 12% Engenharia/ Construção; 12% Serviços/ Tecnologia; 12% Mercado Fianceiro; 10% Energia; 8% Comunicação; 6% Forn. Matéria- Prima; 4% Consultoria; 4% Outros; 4% Privada; 84% Pública; 16%
  • 4. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 4 Quanto ao perfil dos profissionais respondentes, destaca-se que profissionais com origem em diferentes áreas (Gráfico 3) estão envolvidos com o tema, o que reforça a característica da gestão de processos como uma disciplina que suporta diferentes iniciativas em uma mesma empresa. Gráfico 3: Distribuição em relação às áreas da organização 2. Como as organizações estão adotando o BPM 2.1. Como as organizações entendem o conceito de BPM? O conceito de Business Process Management (BPM), apesar de muito difundido, passa por inúmeros entendimentos e é adotado de diferentes maneiras. Esta heterogeneidade acaba por gerar um conjunto de problemas que acabam por limitar os ganhos potenciais com tal iniciativa e, muitas vezes, quebra de expectativas em relação aos resultados. Um típico exemplo destas limitações é o desenvolvimento de projetos de redesenho de processos desconectados dos aspectos de implementação dos processos, tais como os sistemas de informação a serem utilizados, o que irá afetar, entre outros, a viabilidade e/ou o controle de execução dos novos processos. Processos; 22% TI; 15% Qualidade; 12% Planejamentoe Gestão; 12% Operacional; 10% Projetos; 8% Administrativo; 5% RH; 3% Outros; 11%
  • 5. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 5 Outro exemplo é o entendimento de BPM unicamente como ferramenta de tecnologia. Há diversos cenários onde a aplicação da tecnologia diretamente sobre os processos não trará os resultados desejados, havendo, inclusive, o risco de se reforçar desconexões existentes. Como se pode perceber no Gráfico 4, mesmo entre os participantes do evento, este entendimento heterogêneo sobre BPM se confirma. Gráfico 4: Entendimentos para o termo BPM 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% Outro. Um conjunto de tecnologias que apóiam TI no desenvolvimento e monitoração de processos de workflow e aplicativos; Uma iniciativa focada em redução de custos e aumento de produtividade de fluxo de trabalho e processos específicos; Uma metodologia top-down projetada para organizar, gerenciar e avaliar uma organização baseada em seus processos centrais; Uma abordagem sistemática para análise, redesenho, melhoria e gestão de um processo específico;
  • 6. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 6 2.2. Quais as motivações para a adoção de iniciativas de BPM? Em relação aos principais motivadores para a adoção de iniciativas de BPM pode-se perceber também uma razoável amplitude de alternativas, como mostra o Gráfico 5. Neste caso, cabe destacar uma diferença entre as iniciativas que possuem escopo mais amplo, como programas de melhoria de produtividade e custos, e as iniciativas focadas em um objetivo específico, como o suporte a uma fusão ou implantação do compliance com a SOX. Estas últimas tendem a ter um caráter mais imediato e em muitas vezes desconsideram os ganhos do BPM como suporte a outras iniciativas. Gráfico 5: Motivações para a adoção de iniciativas de BPM 2.3. Como é tratada a responsabilidade pela gestão das iniciativas de BPM? Outra questão que vem recebendo muita atenção atualmente é a forma de inserção da responsabilidade pelas atividades de BPM. Devo criar um Escritório de Processos? Posso atribuir essa responsabilidade ao Project Management Office - PMO? Em que 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% 70% Necessidade oriunda de um evento específico (fusão, aquisição, outsourcing, etc); Outro Necessidade de compliance com regulações ou requisitos do negócio (Sarbanes-Oxley, ISO 9000,etc.); Necessidade de melhoria da gestão dos recursos de TI (aplicações ERP, desenvolvimento e gestão de sistemas, etc.); Necessidade de melhoria dos produtos existentes, criação de novos produtos ou entrada de novas linhas de negócio; Necessidade de melhoria da satisfação do cliente; Necessidade de redução de custos e/ou aumento de produtividade; Necessidade de melhoria da estrutura de gestão, coordenação e agilidade para mudanças da organização;
  • 7. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 7 área da minha organização o Escritório de Processos deve estar alocado? São perguntas recorrentes na definição da forma de gestão e suporte ao BPM. Como se pode observar no Gráfico 6, quase metade dos profissionais consultados não possuem um grupo formal de BPM em sua organização. Já na outra metade, dos que possuem um grupo formal, é possível perceber uma grande heterogeneidade de inserções para tal grupo. Vale ressaltar que a inserção deste tipo de grupo nas empresas normalmente não é resultado de um trabalho de projeto organizacional estruturado, e sim, relacionado ao histórico de motivadores e iniciativas de BPM já realizadas. Uma empresa que iniciou atividades de BPM para suportar a implantação de um ERP tende a ter seu Escritório de Processos na área de TI. Por outro lado, aquela que começou o BPM em função de garantir o compliance com a SOX tende a aproximar o Escritório da área de controles internos, e assim por diante. Repare que a inserção do Escritório em uma área especifica normalmente acaba por focá-lo naquele tema (p.ex. compliance) e reduzir o suporte aos demais temas. Um ponto que destacamos como crítico nesta discussão é o projeto da forma de governança que suporta a inserção do Escritório de Processos, de forma a garantir que este efetivamente possa realizar o alinhamento entre as múltiplas iniciativas que a visão de processos pode suportar. Gráfico 6: Distribuição do Grupo de BPM nas organizações Minha empresa não possui um grupo formal de BPM 49% No nível Executivo 6% No nível de Diretoriaou Departamento 12% Na área de TI 10% Na área de RH 6% Na área de Finanças 0% Na área de Qualidade 3% Na área de Riscos e Controles 1% Outro 13%
  • 8. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 8 2.4. Quais as iniciativas de BPM priorizadas para 2008? Dentre as iniciativas que as organizações estão priorizando para 2008, apresentadas no Gráfico 7, pode-se perceber que muito esforço ainda está sendo realizado no sentido de se criar uma cultura e uma identidade de processos para a organização. Isso é demonstrado pelo grande número de respostas relacionadas ao desenvolvimento de arquitetura de processos, redesenho de macro processos e treinamento e difusão da visão de processos junto aos gestores. Outras iniciativa que será prioritária nas agendas das organizações participantes para 2008 será a elaboração de Balanced Scorecards e o conseqüente alinhamento dos processos organizacionais a objetivos estratégicos. Gráfico 7: Iniciativas de BPM priorizadas para 2008 2.5. Quais as ferramentas de modelagem de processos adotadas pelas organizações? Dentre as principais ferramentas adotadas pelas empresas participantes da pesquisa, o ARIS aparece com maior destaque, sendo utilizado por 34% dos respondentes. Mesmo assim, muitas organizações ainda usam ferramentas do MS Office (Excel, PowerPoint e Word) para a modelagem de seus processos (22% dos respondentes). 0% 10% 20% 30% 40% 50% 60% Desenvolvimento de aplicativo paramonitoraçãodos processosem tempo real (BAM); Desenvolvimentode sistemas de regrasde negócio; Redesenho de processos a partir de modelos de referência(SCOR, ITIL); Automação dos principais processos da organização; ProjetosSix Sigma de melhoria de processos; Treinamentos em análise e redesenho de processos e de gestores; Desenvolvimentoda arquiteturade processos da organização; Balanced Scorecard; Redesenho dos principais macroprocessosda organização;
  • 9. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 9 Ressalta-se também que este mercado vem passando por grandes transformações, com uma tendência a uma maior concentração em função das inúmeras aquisições que estão ocorrendo. Uma tendência importante é a crescente incorporação das ferramentas com foco na modelagem pelas ferramentas de automação, com vistas a fornecer uma solução completa para o projeto, execução e controle dos processos. Gráfico 8: Ferramentas de modelagem adotadas pelas organizações 2.6. Quais as plataformas tecnológicas adotadas pelas organizações? Os dados obtidos na pesquisa em relação à utilização de plataformas tecnológicas nas empresas,mostram uma distribuição heterogênea. Os números indicam a plataforma SAP como a mais utilizada (39%), seguida pelas plataformas Oracle e Microsoft (22 e 21%). Os resultados podem ser visualizados no Gráfico 9. Minha empresa não possui solução deste tipo; 10% Microsoft Visio; 26% Microsoft Office (Excel, PowerPoi nt, Word); 22% IDS Scheer / ARIS; 34% IBM Websphere Business Modeler; 0% Outro; 8%
  • 10. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 10 Gráfico 9: Plataformas Tecnológicas utilizadas pelas organizações 2.7. Quais as soluções de Business Process Management System (BPMS) adotadas pelas organizações? De forma consistente com as iniciativas priorizadas, pode-se perceber que quase 70% das empresas não possuem solução de BPMS instaladas, o que permite inferir que as organizações ainda estão em estágios anteriores relacionados ao entendimento e melhoria de processos, sendo a adoção de tais ferramentas uma iniciativa que tende a crescer nos próximos anos. Dentre as soluções adotadas, o SAP Netweaver aparece com maior destaque, como pode ser visualizado no Gráfico 10. SAP; 39% IBM; 6% BEA; 4% Oracle; 22% Microsoft; 21% Outro; 7%
  • 11. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 11 Gráfico 10: Soluções de BPMS nas organizações 2.8. Como as empresas estão investindo em BPM? Comparando-se os investimentos realizados em 2007, Gráfico 11, com os investimentos previstos para 2008, Gráfico 12, fica claro que as empresas estão expandindo suas iniciativas em BPM e aumentando o nível de comprometimento destes investimentos. Ao se analisar o perfil de investimentos em 2007, percebe-se que a grande maioria, quase 70%, realizou investimentos inferiores a R$ 200.000,00 que representam principalmente programas de treinamento e projetos piloto. Já na previsão para 2008, pode-se perceber que ocorre um razoável aumento dos investimentos entre R$ 200 mil e R$ 500 mil, o que indica uma maior expansão das atividades nas empresas. Minha empresa não possui solução de BPMS; 69% Intalio; 0% Oracle BPEL; 4% SAP Netweaver; 20% IBM Filenet; 1% Agiles; 0% Tibco; 4% Fuego / Aqualogic / BEA; 3%
  • 12. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 12 Gráfico 11: Quanto as empresas investiram em BPM em 2007 Gráfico 12: Quanto as empresas pensam em investir em BPM em 2008 0 a 200 mil; 67% 201 mil a 500 mil; 0% 501 mil a 2 milhões; 17% mais de 2 milhões; 17% 0 a 200 mil; 44% 201 mil a 500 mil; 33% 501 mil a 2 milhões; 0% mais de 2 milhões; 22%
  • 13. Pesquisa sobre Iniciativas em BPM © Fevereiro 2008. www.elogroup.com.br | www.iprocess.com.br Página 13 3. Considerações finais Esta pesquisa, aplicada junto aos participantes do evento Gestão Por Processos, apesar de ter seu escopo reduzido e contemplando uma amostra de 91 respondentes, permite uma identificação de como as empresas brasileiras estão atuando em suas iniciativas relacionadas a BPM. Este levantamento permite algumas inferências sobre o mercado e sobre a evolução desta temática no Brasil. Em caso de dúvidas ou comentários sobre os resultados dessa pesquisa, pedimos que entrem em contato conosco através dos emails contato@elogroup.com.br ou info@iprocess.com.br.