SlideShare uma empresa Scribd logo
ATENDIMENTO E CUIDADOS
COM PACIENTES
DIABÉTICOS
EXTRA MURO
PROFESSORA: NÁDIA
ALUNAS: GABRIELLA, OLENE E OYARA
DIABETES MELLITUS
• DOENÇA CRÔNICA, METABÓLICA;
• DEFICIÊNCIA NA PRODUÇÃO DE INSULINA;
• HIPERGLICEMIA
JEJUM: 126 mg/dL
OCASIONAL: 200 mg/dL
• HIPOGLICEMIA
JEJUM OU OCASIONAL: 70 mg/dL
• DIABETES MELLITUS TIPO 1
• DIABETES MELLITUS TIPO 2
• DIABETES MELLITUS GESTACIONAL
DIABETES MELLITUS TIPO 1
• PÂNCREAS NÃO CONSEGUE PRODUZIR INSULINA ESSENCIAL À
SOBREVIVÊNCIA
• CRIANÇAS E ADOLESCENTES
• 10%
DIABETES MELLITUS TIPO 2
• INABILIDADE DO ORGNISMO PARA RESPONDER À AÇÃO DA
INSULINA PRODUZIDA PELO PÂNCREAS
• ADULTOS E ADOLESCENTES
• 90%
DIABETES MELLITUS
GESTACIONAL
• HIPERGLICEMIA NA GRAVIDEZ
• RESOLVE-SE PÓS-PARTO OU ANOS DEPOIS
• 7% DAS GESTANTES(OBESAS)
• RECÉM NASCIDO ACIMA DE 4.5 KG- PODE DESENVOLVER A
DOENÇA FUTURAMENTE
FATORES DE RISCO
DM1
• INTRODUÇÃO PRECOCE
DO LEITE DE VACA
• IMUNIZAÇÕES NA
INFÂNCIA: DIFTERIA,
COQUELUCHE, TÉTANO E
HAENOPHILLIS
INFLUENZAE
DM2
• HEREDITARIEDADE
• SOBREPESO
• IDADE AVANÇADA
• HIPERTENSÃO ARTERIAL
• ESTRESSE
• SEDENTARISMO
• OBESIDADE
GRUPOS DE RISCOS
DM1
• CRIANÇAS DE 5 A 15
ANOS
• PICO: 5 A 7 E 10 A 14
ANOS
DM2
• PESSOAS QUE APRESENTAM
FATORES DE RISCO- ACIMA DE 45
ANOS
• ANTECEDENTE FAMILIAR DE DM1
OU DM2
• HDL MENOR OU IGUAL A 35
mg/dL
• TRIGLICERÍDEOS MAIOR OU
IGUAL A 150 mg/dL
• DIABETES GESTACIONAL
• SÍNDROME DE OVÁRIOS
POLICÍSTICOS
• DOENÇA CARDIOVASCULAR,
CEREBROVASCULAR OU
VASCULAR PERIFÉRICA DEFINIDA
DIAGNÓSTICO E
COMPLICAÇÕES
DIAGNÓSTICO BASEADO NOS NÍVEIS GLICÊMICOS:
• GLICOSE PLASMÁTICA EM JEJUM MAIOR OU IGUAL A 126
mg/dL
• GLICOSE PLASMÁTICA OCASIONAL OU EM JEJUM, APÓS 2
HORAS DE INGESTÃO DE GLICOSE , MAIOR OU IGUAL A 200
mg/dL
AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DA HEMOGLOBINA GLICOLISADA
• NORMAL: MENOR OU IGUAL A 5,6 %
• PRÉ- DIABÉTICO: 5,7 A 6,4%
• DIABÉTICO: MAIOR OU IGUAL A 6,5%
SINAIS CLÁSSICOS
DM1
• PERDA AUDITIVA
• POLIÚRIA
• POLIDIPSIA
• POLIFAGIA
• PERDA DE PESO
• CETOCIDOSE DIABÉTICA
DM2
• PODE SER ASSINTOMÁTICA
• TURVAÇÃO DA VISÃO
• SONOLÊNCIA
• DORES
• CÂIMBRAS,
FORMIGAMENTOS E
DORMÊNCIA
• INDISPOSIÇÃO
• DISFUNÇÃO ERÉTIL
• HÁLITO CETÔNICO
NEFROPATIA DIABÉTICA,RETINOPATIA DIABÉTICA,PÉ EM RISCO DE
ÚLCERA(AMPUTAÇÕES)
TRATAMENTO E CONTROLE
• INCURÁVEL
• DIETA
• ATIVIDADE FÍSICA
• EDUCAÇÃO
• APOIO PSICOSSOCIAL
• MEDICAMENTOS PARA CONTROLE DA HIPERGLICEMIA
• TIPO 1: INSULINOTERAPIA,AUTOCONTROLE E AVALIAÇÃO
TRIMESTRAL DA HEMOGLOBINA GLICOLISADA
CONDUTA CLÍNICA-
ODONTOLÓGICA
• 3 A 4 % DOS PACIENTES SÃO DIABÉTICOS
• ANAMNESE E EXAME CLÍNICO:
 GRAU DE CONTROLE DA DOENÇA-OCORRÊNCIA DE HIPOGLICEMIA
 HISTÓRIA DE HOSPITALIZAÇÃO
 CONTATO COM O MÉDICO
• AVALIAÇÃO INICIAL:
 DETERMINAR TIPO DE DIABETES
 CLASSIFICAR O PACIENTE DE ACORDO COM O GRAU DE RISCO PARA A CONDUTA
ODONTOLÓGICA
• PACIENTE BEM CONTROLADO: PODE SER TRATADO DE FORMA
SIMILAR AO NÃO-DIABÉTICO
PRINCIPAIS MANIFESTAÇÕES
BUCAIS
• DOENÇA PERIODONTAL
• CANDIDÍASE BUCAL
• XEROSTOMIA
• ABSCESSOS RECORRENTES
• HIPOPLASIA DE ESMALTE
• DISTÚRBIOS DE GUSTAÇÃO
• LÍQUEN PLANO
• PERDA ÓSSEA ALVEOLAR
DM1: CANDIDÍASE BUCAL,QUEILITE ANGULAR,GENGIVITE CRÔNICA,ÚLCERA TRAUMÁTICA E
HIPERPLASIA GENGIVAL.
DM2: PERIODONTITE CRÔNICA AVANÇADA,CANDIDÍASE BUCAL.QUEILITE ANGULAR,ÚLCERA
TRAUMÁTICA, HIPERPLASIA GENGIVAL E GENGIVITE.
DMG: HIPERTROFIA DAS PAPILAS FILIFORMES,CANDIDÍASE,CÁRIE INCIPIENTE E
AVANÇADA,GENGIVITE CRÔNICA E PERIODONTITE GENERALIZADA.
SOLICITAÇÃO DE EXAMES
• HEMOGRAMA COMPLETO
• NÍVEL DE GLICEMIA EM JEJUM
• COAGULOGRAMA
• EXAME RADIOGRÁFICO ANUAL : DETECTAR FOCOS
INFECCIOSOS
• RADIOGRAFIAS PERIAPICAIS
USO DE ANESTÉSICO
• NÃO USAR EPINEFRINA
• NÃO USAR ADRENALINA
• EVITAR VASOCONSTRICTOR DO GRUPO DAS
CETECOLAMINAS(EPINEFRINA,NOREPINEFRINA E
NEOCOBEFRINA)
• UTILIZAR SOLUÇÃO ANESTÉSICA QUE CONTENHA
FELIPRESSINA- PRILOCAÍNA 3%
PRESCRIÇÃO
MEDICAMENTOSA
• ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO- ESTEROIDAIS : COMPETIR COM
HIPOGLICEMIANTES,CAUSAR HIPOGLICEMIA, NÃO UTILIZAR.
• TROCAR INFORMAÇÕES COM O MÉDICO
• ANTIINFLAMATÓRIOS INDICADOS: BENZIDOMINA E
DICLOFENACO
• ANALGÉSICOS INDICADOS: DIPIRONA OU PARACETAMOL E
BETAMETASONA OU DEXAMETASONA
• ANTIBIÓTICOS INDICADOS: PENICILINAS,CEFALOSPORINAS E
ERITROMICINA
EMERGÊNCIAS E URGÊNCIAS
HIPOGLICEMIA
• FRAQUEZA
• PALPITAÇÕES
• SUDORESE
• FOME
• NERVOSISMO
• CEFALÉIA
• CONFUSÃO MENTAL E PERTURBAÇÕES VISUAIS
TRATAMENTO DO PACIENTE CONSCIENTE: ADMINISTRAR
ALIMENTO COM CARBOIDRATO DE ABSORÇÃO RÁPIDA
TRATAMENTO DO PACIENTE INCONSCIENTE: GLICOSE
ENDOVENOSA
EMERGÊNCIAS E URGÊNCIAS
HIPERGLICEMIA
• PREVALÊNCIA NO DIABETES TIPO 1
• SONOLÊNCIA
• HÁLITO CETÔNICO
• POLIDIPSIA
• FADIGA
• VISÃO TURVA
• NÁUSEAS
TRATAMENTO: INTERROMPER PROCEDIMENTO
ODONTOLÓGICO,DEIXAR O PACIENTE CONFORTÁVEL ,
MONITORAR VIAS AÉREAS, AFERIR PA E PULSO.
ADMINISTRAR INSULINA E OXIGÊNIO( CETONÚRIA A 20%).
CONCLUSÃO
• É DE SUMA IMPORTÂNCIA QUE O CIRURGIÃO DENTISTA
TENHA CONHECIMENTOS A RESPEITO DA ETIOLOGIA,
PATOGENIA , EPIDEMIOLOGIA E PARTE CLÍNICA DA DOENÇA
PARA QUE DESSA FORMA POSSA OFERECER ATENDIMENTO
ADEQUADO E EFICAZ, DE FORMA SEGURA.
REFERÊNCIAS
BIBLIOGRÁFICAS
• ARTIGO : “O paciente diabético e suas implicações para
conduta odontológica” NETO,J.N.C et al-Revista Dentística on
line – ano 11, número 23 (2012) ISSN 1518-4889 –
www.gbpd.com.br
• ARTIGO: “CONDUTA ODONTOLÓGICA NO ATENDIMENTO A
PORTADORES DE DIABETES MELLITUS” YARID,S.D et al-
Rev.Saúde.Com 2010; 6(1): 74-85
Atendimento e cuidados com pacientes diabéticos

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Assisterncia enfermagem traqueostomia ok
Assisterncia  enfermagem traqueostomia  okAssisterncia  enfermagem traqueostomia  ok
Assisterncia enfermagem traqueostomia ok
Quézia Barcelar
 
HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA - 2016
HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA - 2016HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA - 2016
HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA - 2016
Maycon Silva
 
Instrumentais Cirúrgicos AULA 6
Instrumentais Cirúrgicos AULA 6Instrumentais Cirúrgicos AULA 6
Instrumentais Cirúrgicos AULA 6
Aline Bandeira
 
Estudo de Caso - Diagnóstico de Enfermagem
Estudo de Caso - Diagnóstico de EnfermagemEstudo de Caso - Diagnóstico de Enfermagem
Estudo de Caso - Diagnóstico de Enfermagem
Yasmin Casini
 
Anotações de enfermagem
Anotações de enfermagem   Anotações de enfermagem
Anotações de enfermagem
universitária
 
Estudo de caso SAE
Estudo de caso SAEEstudo de caso SAE
Estudo de caso SAE
Luana Santos
 
Aula Insuficiência Renal Crônica
Aula Insuficiência Renal CrônicaAula Insuficiência Renal Crônica
Aula Insuficiência Renal Crônica
Jucie Vasconcelos
 
Anti-hipertensivos
Anti-hipertensivosAnti-hipertensivos
Anti-hipertensivos
resenfe2013
 
Hipertensão o que é isso?
Hipertensão o que é isso?Hipertensão o que é isso?
Hipertensão o que é isso?
Professor Robson
 
CUIDADOS DE ENFERMAGEM COM SONDA NASOENTERAL ( SNE, SNG, GTT).pptx
CUIDADOS DE ENFERMAGEM COM SONDA NASOENTERAL ( SNE, SNG, GTT).pptxCUIDADOS DE ENFERMAGEM COM SONDA NASOENTERAL ( SNE, SNG, GTT).pptx
CUIDADOS DE ENFERMAGEM COM SONDA NASOENTERAL ( SNE, SNG, GTT).pptx
Rafaela Amanso
 
Balanco hidrico
Balanco hidricoBalanco hidrico
Balanco hidrico
eduardo leao
 
Hipertensão
Hipertensão Hipertensão
Hipertensão
Nome Sobrenome
 
Manual de anotação de enfermagem hospital samaritano - 2005
Manual de anotação de enfermagem   hospital samaritano - 2005Manual de anotação de enfermagem   hospital samaritano - 2005
Manual de anotação de enfermagem hospital samaritano - 2005
Rodrigo Abreu
 
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
resenfe2013
 
Caso Clinico de Hipertensão Arterial
Caso Clinico de Hipertensão ArterialCaso Clinico de Hipertensão Arterial
Caso Clinico de Hipertensão Arterial
Professor Robson
 
Curvas de Crescimento: orientações para Profissionais de Saúde
Curvas de Crescimento: orientações para Profissionais de SaúdeCurvas de Crescimento: orientações para Profissionais de Saúde
Curvas de Crescimento: orientações para Profissionais de Saúde
Portal de Boas Práticas em Saúde da Mulher, da Criança e do Adolescente (IFF/Fiocruz)
 
Avaliação e o processo de Enfermagem
Avaliação e o processo de EnfermagemAvaliação e o processo de Enfermagem
Avaliação e o processo de Enfermagem
resenfe2013
 
Evolução de UTI
Evolução de UTIEvolução de UTI
Evolução de UTI
Daniel Valente
 
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Viviane da Silva
 
Edema Agudo de Pulmão
Edema Agudo de PulmãoEdema Agudo de Pulmão
Edema Agudo de Pulmão
resenfe2013
 

Mais procurados (20)

Assisterncia enfermagem traqueostomia ok
Assisterncia  enfermagem traqueostomia  okAssisterncia  enfermagem traqueostomia  ok
Assisterncia enfermagem traqueostomia ok
 
HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA - 2016
HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA - 2016HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA - 2016
HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA - 2016
 
Instrumentais Cirúrgicos AULA 6
Instrumentais Cirúrgicos AULA 6Instrumentais Cirúrgicos AULA 6
Instrumentais Cirúrgicos AULA 6
 
Estudo de Caso - Diagnóstico de Enfermagem
Estudo de Caso - Diagnóstico de EnfermagemEstudo de Caso - Diagnóstico de Enfermagem
Estudo de Caso - Diagnóstico de Enfermagem
 
Anotações de enfermagem
Anotações de enfermagem   Anotações de enfermagem
Anotações de enfermagem
 
Estudo de caso SAE
Estudo de caso SAEEstudo de caso SAE
Estudo de caso SAE
 
Aula Insuficiência Renal Crônica
Aula Insuficiência Renal CrônicaAula Insuficiência Renal Crônica
Aula Insuficiência Renal Crônica
 
Anti-hipertensivos
Anti-hipertensivosAnti-hipertensivos
Anti-hipertensivos
 
Hipertensão o que é isso?
Hipertensão o que é isso?Hipertensão o que é isso?
Hipertensão o que é isso?
 
CUIDADOS DE ENFERMAGEM COM SONDA NASOENTERAL ( SNE, SNG, GTT).pptx
CUIDADOS DE ENFERMAGEM COM SONDA NASOENTERAL ( SNE, SNG, GTT).pptxCUIDADOS DE ENFERMAGEM COM SONDA NASOENTERAL ( SNE, SNG, GTT).pptx
CUIDADOS DE ENFERMAGEM COM SONDA NASOENTERAL ( SNE, SNG, GTT).pptx
 
Balanco hidrico
Balanco hidricoBalanco hidrico
Balanco hidrico
 
Hipertensão
Hipertensão Hipertensão
Hipertensão
 
Manual de anotação de enfermagem hospital samaritano - 2005
Manual de anotação de enfermagem   hospital samaritano - 2005Manual de anotação de enfermagem   hospital samaritano - 2005
Manual de anotação de enfermagem hospital samaritano - 2005
 
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
Diagnósticos de Enfermagem: Uso das Taxonomias (NANDA, NIC, NOC e CIPE)
 
Caso Clinico de Hipertensão Arterial
Caso Clinico de Hipertensão ArterialCaso Clinico de Hipertensão Arterial
Caso Clinico de Hipertensão Arterial
 
Curvas de Crescimento: orientações para Profissionais de Saúde
Curvas de Crescimento: orientações para Profissionais de SaúdeCurvas de Crescimento: orientações para Profissionais de Saúde
Curvas de Crescimento: orientações para Profissionais de Saúde
 
Avaliação e o processo de Enfermagem
Avaliação e o processo de EnfermagemAvaliação e o processo de Enfermagem
Avaliação e o processo de Enfermagem
 
Evolução de UTI
Evolução de UTIEvolução de UTI
Evolução de UTI
 
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
Administração medicamentos: regras gerais e tipos de seringas
 
Edema Agudo de Pulmão
Edema Agudo de PulmãoEdema Agudo de Pulmão
Edema Agudo de Pulmão
 

Destaque

O CUIDADO DE ENFERMAGEM EM PACIENTES DIABÉTICOS: UM ENFOQUE NA NEUROPATIA PER...
O CUIDADO DE ENFERMAGEM EM PACIENTES DIABÉTICOS: UM ENFOQUE NA NEUROPATIA PER...O CUIDADO DE ENFERMAGEM EM PACIENTES DIABÉTICOS: UM ENFOQUE NA NEUROPATIA PER...
O CUIDADO DE ENFERMAGEM EM PACIENTES DIABÉTICOS: UM ENFOQUE NA NEUROPATIA PER...
Carla Regina de Lima Goés
 
Planejamento dos cuidados de enfermagem
Planejamento dos cuidados de enfermagemPlanejamento dos cuidados de enfermagem
Planejamento dos cuidados de enfermagem
Daniel Félix dos Santos
 
Diabetes ApresentaçãO
Diabetes ApresentaçãODiabetes ApresentaçãO
Diabetes ApresentaçãO
Jose Eduardo
 
Diabetes
DiabetesDiabetes
Diabetes
Marco Enomoto
 
Paciente diabético e hipoglicemia
Paciente diabético e hipoglicemiaPaciente diabético e hipoglicemia
Paciente diabético e hipoglicemia
Gabriella Lourenço
 
Diabetes x saude bucal
Diabetes x saude bucalDiabetes x saude bucal
Diabetes x saude bucal
Dessa Reis
 
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumoniaCuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Manoela Correia
 
Cuidados de Enfermagem pre e pos operatorios
Cuidados de Enfermagem pre e pos operatoriosCuidados de Enfermagem pre e pos operatorios
Cuidados de Enfermagem pre e pos operatorios
Eduardo Bernardino
 
Manejo da paciente gestante na odontologia - CO2 - FAMAM - Prof. Ícaro Augusto
Manejo da paciente gestante na odontologia - CO2 - FAMAM - Prof. Ícaro AugustoManejo da paciente gestante na odontologia - CO2 - FAMAM - Prof. Ícaro Augusto
Manejo da paciente gestante na odontologia - CO2 - FAMAM - Prof. Ícaro Augusto
Icaro Soares
 
Diabetes e hipertensao
Diabetes e hipertensaoDiabetes e hipertensao
Diabetes e hipertensao
LiryLima
 
Diabetes
DiabetesDiabetes
Diabetes
guest30e4af
 
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASOCUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
Jonathan Sampaio
 
Saúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para criançasSaúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para crianças
Mayara Fontinele
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagem
Danilo Nunes Anunciação
 
Plano assistencial, prescrições, evolução e prognóstico
Plano assistencial, prescrições, evolução e prognósticoPlano assistencial, prescrições, evolução e prognóstico
Plano assistencial, prescrições, evolução e prognóstico
Selma Silva
 
Assistencia enfermagem icc)
Assistencia enfermagem icc)Assistencia enfermagem icc)
Assistencia enfermagem icc)
sylvaniapaiva
 
Apresentação Desafios da Rede Hiperdia - Dr. Ailton Cezário Alves Júnior - Ses
Apresentação Desafios da Rede Hiperdia - Dr. Ailton Cezário Alves Júnior - SesApresentação Desafios da Rede Hiperdia - Dr. Ailton Cezário Alves Júnior - Ses
Apresentação Desafios da Rede Hiperdia - Dr. Ailton Cezário Alves Júnior - Ses
Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG)
 
Diabetes mellitus bioquimica e fisiopatologia Cuidados de enfermagem
Diabetes mellitus bioquimica e fisiopatologia Cuidados de enfermagemDiabetes mellitus bioquimica e fisiopatologia Cuidados de enfermagem
Diabetes mellitus bioquimica e fisiopatologia Cuidados de enfermagem
Mayza De Jesus Milhomem
 
Saude da gestante
Saude da gestanteSaude da gestante
Saude da gestante
Dessa Reis
 
Diabetes
DiabetesDiabetes

Destaque (20)

O CUIDADO DE ENFERMAGEM EM PACIENTES DIABÉTICOS: UM ENFOQUE NA NEUROPATIA PER...
O CUIDADO DE ENFERMAGEM EM PACIENTES DIABÉTICOS: UM ENFOQUE NA NEUROPATIA PER...O CUIDADO DE ENFERMAGEM EM PACIENTES DIABÉTICOS: UM ENFOQUE NA NEUROPATIA PER...
O CUIDADO DE ENFERMAGEM EM PACIENTES DIABÉTICOS: UM ENFOQUE NA NEUROPATIA PER...
 
Planejamento dos cuidados de enfermagem
Planejamento dos cuidados de enfermagemPlanejamento dos cuidados de enfermagem
Planejamento dos cuidados de enfermagem
 
Diabetes ApresentaçãO
Diabetes ApresentaçãODiabetes ApresentaçãO
Diabetes ApresentaçãO
 
Diabetes
DiabetesDiabetes
Diabetes
 
Paciente diabético e hipoglicemia
Paciente diabético e hipoglicemiaPaciente diabético e hipoglicemia
Paciente diabético e hipoglicemia
 
Diabetes x saude bucal
Diabetes x saude bucalDiabetes x saude bucal
Diabetes x saude bucal
 
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumoniaCuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
Cuidados de enfermagem ao paciente com pneumonia
 
Cuidados de Enfermagem pre e pos operatorios
Cuidados de Enfermagem pre e pos operatoriosCuidados de Enfermagem pre e pos operatorios
Cuidados de Enfermagem pre e pos operatorios
 
Manejo da paciente gestante na odontologia - CO2 - FAMAM - Prof. Ícaro Augusto
Manejo da paciente gestante na odontologia - CO2 - FAMAM - Prof. Ícaro AugustoManejo da paciente gestante na odontologia - CO2 - FAMAM - Prof. Ícaro Augusto
Manejo da paciente gestante na odontologia - CO2 - FAMAM - Prof. Ícaro Augusto
 
Diabetes e hipertensao
Diabetes e hipertensaoDiabetes e hipertensao
Diabetes e hipertensao
 
Diabetes
DiabetesDiabetes
Diabetes
 
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASOCUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
CUIDADOS DE ENFERMAGEM AO PACIENTE ONCOLÓGICO: RELATO DE CASO
 
Saúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para criançasSaúde Bucal para crianças
Saúde Bucal para crianças
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagem
 
Plano assistencial, prescrições, evolução e prognóstico
Plano assistencial, prescrições, evolução e prognósticoPlano assistencial, prescrições, evolução e prognóstico
Plano assistencial, prescrições, evolução e prognóstico
 
Assistencia enfermagem icc)
Assistencia enfermagem icc)Assistencia enfermagem icc)
Assistencia enfermagem icc)
 
Apresentação Desafios da Rede Hiperdia - Dr. Ailton Cezário Alves Júnior - Ses
Apresentação Desafios da Rede Hiperdia - Dr. Ailton Cezário Alves Júnior - SesApresentação Desafios da Rede Hiperdia - Dr. Ailton Cezário Alves Júnior - Ses
Apresentação Desafios da Rede Hiperdia - Dr. Ailton Cezário Alves Júnior - Ses
 
Diabetes mellitus bioquimica e fisiopatologia Cuidados de enfermagem
Diabetes mellitus bioquimica e fisiopatologia Cuidados de enfermagemDiabetes mellitus bioquimica e fisiopatologia Cuidados de enfermagem
Diabetes mellitus bioquimica e fisiopatologia Cuidados de enfermagem
 
Saude da gestante
Saude da gestanteSaude da gestante
Saude da gestante
 
Diabetes
DiabetesDiabetes
Diabetes
 

Semelhante a Atendimento e cuidados com pacientes diabéticos

Iatrogenia nos idosos
Iatrogenia nos idososIatrogenia nos idosos
Iatrogenia nos idosos
Eli Oliveira
 
Tratamento diabetes mellitus
Tratamento diabetes mellitusTratamento diabetes mellitus
Tratamento diabetes mellitus
Isadora Ribeiro
 
Assistência de enfermagem nas doenças do sistema digestivo prof graziela
Assistência de enfermagem nas doenças do sistema digestivo prof grazielaAssistência de enfermagem nas doenças do sistema digestivo prof graziela
Assistência de enfermagem nas doenças do sistema digestivo prof graziela
Wekanan Moura
 
Aula 9 - Hiperglicemia e Hipoglicemia.pdf
Aula 9 - Hiperglicemia e Hipoglicemia.pdfAula 9 - Hiperglicemia e Hipoglicemia.pdf
Aula 9 - Hiperglicemia e Hipoglicemia.pdf
lica301
 
aula dm vanielle novafapi.pdf
aula dm vanielle novafapi.pdfaula dm vanielle novafapi.pdf
aula dm vanielle novafapi.pdf
FranciscoFlorencio6
 
Aula Anorexígenos Na Obesidade
Aula Anorexígenos Na ObesidadeAula Anorexígenos Na Obesidade
Aula Anorexígenos Na Obesidade
Fernanda Melo
 
Diabetes e glaucoma hiperdia
Diabetes e glaucoma  hiperdiaDiabetes e glaucoma  hiperdia
Diabetes e glaucoma hiperdia
Raquelrenno
 
SEMIOLOGIA DIABETES MELLITUS
SEMIOLOGIA DIABETES MELLITUSSEMIOLOGIA DIABETES MELLITUS
SEMIOLOGIA DIABETES MELLITUS
ERALDO DOS SANTOS
 
Aula sobre DIABETES MELLITUS complicações e tratamento pptx
Aula sobre DIABETES MELLITUS complicações e tratamento pptxAula sobre DIABETES MELLITUS complicações e tratamento pptx
Aula sobre DIABETES MELLITUS complicações e tratamento pptx
KarineRibeiro57
 
Tumor de Hipófise / Adenoma de Hipófise
Tumor de Hipófise / Adenoma de Hipófise Tumor de Hipófise / Adenoma de Hipófise
Tumor de Hipófise / Adenoma de Hipófise
Dr. Peterson Xavier @drpetersonxavier
 
Obesidade
Obesidade Obesidade
Obesidade
Nutriline SRL
 
Analgésicos e antitérmicos (slide)
Analgésicos e antitérmicos (slide)Analgésicos e antitérmicos (slide)
Analgésicos e antitérmicos (slide)
Guilherme Barbosa
 
Samuel_Complicações_agudas
Samuel_Complicações_agudasSamuel_Complicações_agudas
Samuel_Complicações_agudas
comunidadedepraticas
 
Anticonvulsivantes na profilaxia de enxaqueca
Anticonvulsivantes na profilaxia de enxaquecaAnticonvulsivantes na profilaxia de enxaqueca
Anticonvulsivantes na profilaxia de enxaqueca
Dr. Rafael Higashi
 
Bb dm – extra
Bb dm – extraBb dm – extra
Bb dm – extra
Inaiara Bragante
 
Aula sedacao.pptx
Aula sedacao.pptxAula sedacao.pptx
Aula sedacao.pptx
FrancielleConstantin
 
Diabetes no Idoso
Diabetes no IdosoDiabetes no Idoso
Diabetes no Idoso
Amanda Thomé
 
Antiepiléticos - Caso Clínico
Antiepiléticos - Caso ClínicoAntiepiléticos - Caso Clínico
Antiepiléticos - Caso Clínico
Margarida Fernandes
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOSANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
Leonardo Souza
 
Tontura no idoso e doença de Ménière
Tontura no idoso e doença de MénièreTontura no idoso e doença de Ménière
Tontura no idoso e doença de Ménière
Dario Hart
 

Semelhante a Atendimento e cuidados com pacientes diabéticos (20)

Iatrogenia nos idosos
Iatrogenia nos idososIatrogenia nos idosos
Iatrogenia nos idosos
 
Tratamento diabetes mellitus
Tratamento diabetes mellitusTratamento diabetes mellitus
Tratamento diabetes mellitus
 
Assistência de enfermagem nas doenças do sistema digestivo prof graziela
Assistência de enfermagem nas doenças do sistema digestivo prof grazielaAssistência de enfermagem nas doenças do sistema digestivo prof graziela
Assistência de enfermagem nas doenças do sistema digestivo prof graziela
 
Aula 9 - Hiperglicemia e Hipoglicemia.pdf
Aula 9 - Hiperglicemia e Hipoglicemia.pdfAula 9 - Hiperglicemia e Hipoglicemia.pdf
Aula 9 - Hiperglicemia e Hipoglicemia.pdf
 
aula dm vanielle novafapi.pdf
aula dm vanielle novafapi.pdfaula dm vanielle novafapi.pdf
aula dm vanielle novafapi.pdf
 
Aula Anorexígenos Na Obesidade
Aula Anorexígenos Na ObesidadeAula Anorexígenos Na Obesidade
Aula Anorexígenos Na Obesidade
 
Diabetes e glaucoma hiperdia
Diabetes e glaucoma  hiperdiaDiabetes e glaucoma  hiperdia
Diabetes e glaucoma hiperdia
 
SEMIOLOGIA DIABETES MELLITUS
SEMIOLOGIA DIABETES MELLITUSSEMIOLOGIA DIABETES MELLITUS
SEMIOLOGIA DIABETES MELLITUS
 
Aula sobre DIABETES MELLITUS complicações e tratamento pptx
Aula sobre DIABETES MELLITUS complicações e tratamento pptxAula sobre DIABETES MELLITUS complicações e tratamento pptx
Aula sobre DIABETES MELLITUS complicações e tratamento pptx
 
Tumor de Hipófise / Adenoma de Hipófise
Tumor de Hipófise / Adenoma de Hipófise Tumor de Hipófise / Adenoma de Hipófise
Tumor de Hipófise / Adenoma de Hipófise
 
Obesidade
Obesidade Obesidade
Obesidade
 
Analgésicos e antitérmicos (slide)
Analgésicos e antitérmicos (slide)Analgésicos e antitérmicos (slide)
Analgésicos e antitérmicos (slide)
 
Samuel_Complicações_agudas
Samuel_Complicações_agudasSamuel_Complicações_agudas
Samuel_Complicações_agudas
 
Anticonvulsivantes na profilaxia de enxaqueca
Anticonvulsivantes na profilaxia de enxaquecaAnticonvulsivantes na profilaxia de enxaqueca
Anticonvulsivantes na profilaxia de enxaqueca
 
Bb dm – extra
Bb dm – extraBb dm – extra
Bb dm – extra
 
Aula sedacao.pptx
Aula sedacao.pptxAula sedacao.pptx
Aula sedacao.pptx
 
Diabetes no Idoso
Diabetes no IdosoDiabetes no Idoso
Diabetes no Idoso
 
Antiepiléticos - Caso Clínico
Antiepiléticos - Caso ClínicoAntiepiléticos - Caso Clínico
Antiepiléticos - Caso Clínico
 
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOSANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
ANTI-INFLAMATÓRIOS e ANALGÉSICOS
 
Tontura no idoso e doença de Ménière
Tontura no idoso e doença de MénièreTontura no idoso e doença de Ménière
Tontura no idoso e doença de Ménière
 

Mais de Oyara Mello

Planejamento das instalações do consultório odontológico
Planejamento das instalações do consultório odontológico Planejamento das instalações do consultório odontológico
Planejamento das instalações do consultório odontológico
Oyara Mello
 
PROMOÇÃO DE SAÚDE (TRA, CARIOSTÁTICO E FLÚOR VERNIZ)
PROMOÇÃO DE SAÚDE (TRA, CARIOSTÁTICO E FLÚOR VERNIZ)PROMOÇÃO DE SAÚDE (TRA, CARIOSTÁTICO E FLÚOR VERNIZ)
PROMOÇÃO DE SAÚDE (TRA, CARIOSTÁTICO E FLÚOR VERNIZ)
Oyara Mello
 
Orientação em Saúde Bucal
Orientação em Saúde BucalOrientação em Saúde Bucal
Orientação em Saúde Bucal
Oyara Mello
 
Introdução Acidental de 3° Molar Superior No Seio Maxilar
Introdução Acidental de 3° Molar Superior No Seio Maxilar Introdução Acidental de 3° Molar Superior No Seio Maxilar
Introdução Acidental de 3° Molar Superior No Seio Maxilar
Oyara Mello
 
Terapia fotodinâmica em Periodntia
Terapia fotodinâmica em PeriodntiaTerapia fotodinâmica em Periodntia
Terapia fotodinâmica em Periodntia
Oyara Mello
 
PROTOCOLO CLÍNICO-ODONTOLÓGICO EM PACIENTES TRANSPLANTADOS RENAIS
PROTOCOLO CLÍNICO-ODONTOLÓGICO EM PACIENTES TRANSPLANTADOS RENAIS PROTOCOLO CLÍNICO-ODONTOLÓGICO EM PACIENTES TRANSPLANTADOS RENAIS
PROTOCOLO CLÍNICO-ODONTOLÓGICO EM PACIENTES TRANSPLANTADOS RENAIS
Oyara Mello
 
Manifestações orais de doenças sistêmicas
Manifestações orais de doenças sistêmicasManifestações orais de doenças sistêmicas
Manifestações orais de doenças sistêmicas
Oyara Mello
 
Sucesso das técnicas anestésicas locais em odontologia
Sucesso das técnicas anestésicas locais em odontologiaSucesso das técnicas anestésicas locais em odontologia
Sucesso das técnicas anestésicas locais em odontologia
Oyara Mello
 
Microbiologia da cárie
Microbiologia da cárieMicrobiologia da cárie
Microbiologia da cárie
Oyara Mello
 
Periodontia
PeriodontiaPeriodontia
Periodontia
Oyara Mello
 
Relações nutricionais com disfunções dentárias
Relações nutricionais com disfunções dentárias Relações nutricionais com disfunções dentárias
Relações nutricionais com disfunções dentárias
Oyara Mello
 
slot vertical e horizontal-Mondelli
slot vertical e horizontal-Mondellislot vertical e horizontal-Mondelli
slot vertical e horizontal-Mondelli
Oyara Mello
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
Oyara Mello
 
RELACIONAMENTOS-CRONOLOGIA
RELACIONAMENTOS-CRONOLOGIARELACIONAMENTOS-CRONOLOGIA
RELACIONAMENTOS-CRONOLOGIA
Oyara Mello
 
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOSBIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
Oyara Mello
 

Mais de Oyara Mello (15)

Planejamento das instalações do consultório odontológico
Planejamento das instalações do consultório odontológico Planejamento das instalações do consultório odontológico
Planejamento das instalações do consultório odontológico
 
PROMOÇÃO DE SAÚDE (TRA, CARIOSTÁTICO E FLÚOR VERNIZ)
PROMOÇÃO DE SAÚDE (TRA, CARIOSTÁTICO E FLÚOR VERNIZ)PROMOÇÃO DE SAÚDE (TRA, CARIOSTÁTICO E FLÚOR VERNIZ)
PROMOÇÃO DE SAÚDE (TRA, CARIOSTÁTICO E FLÚOR VERNIZ)
 
Orientação em Saúde Bucal
Orientação em Saúde BucalOrientação em Saúde Bucal
Orientação em Saúde Bucal
 
Introdução Acidental de 3° Molar Superior No Seio Maxilar
Introdução Acidental de 3° Molar Superior No Seio Maxilar Introdução Acidental de 3° Molar Superior No Seio Maxilar
Introdução Acidental de 3° Molar Superior No Seio Maxilar
 
Terapia fotodinâmica em Periodntia
Terapia fotodinâmica em PeriodntiaTerapia fotodinâmica em Periodntia
Terapia fotodinâmica em Periodntia
 
PROTOCOLO CLÍNICO-ODONTOLÓGICO EM PACIENTES TRANSPLANTADOS RENAIS
PROTOCOLO CLÍNICO-ODONTOLÓGICO EM PACIENTES TRANSPLANTADOS RENAIS PROTOCOLO CLÍNICO-ODONTOLÓGICO EM PACIENTES TRANSPLANTADOS RENAIS
PROTOCOLO CLÍNICO-ODONTOLÓGICO EM PACIENTES TRANSPLANTADOS RENAIS
 
Manifestações orais de doenças sistêmicas
Manifestações orais de doenças sistêmicasManifestações orais de doenças sistêmicas
Manifestações orais de doenças sistêmicas
 
Sucesso das técnicas anestésicas locais em odontologia
Sucesso das técnicas anestésicas locais em odontologiaSucesso das técnicas anestésicas locais em odontologia
Sucesso das técnicas anestésicas locais em odontologia
 
Microbiologia da cárie
Microbiologia da cárieMicrobiologia da cárie
Microbiologia da cárie
 
Periodontia
PeriodontiaPeriodontia
Periodontia
 
Relações nutricionais com disfunções dentárias
Relações nutricionais com disfunções dentárias Relações nutricionais com disfunções dentárias
Relações nutricionais com disfunções dentárias
 
slot vertical e horizontal-Mondelli
slot vertical e horizontal-Mondellislot vertical e horizontal-Mondelli
slot vertical e horizontal-Mondelli
 
Embriologia
EmbriologiaEmbriologia
Embriologia
 
RELACIONAMENTOS-CRONOLOGIA
RELACIONAMENTOS-CRONOLOGIARELACIONAMENTOS-CRONOLOGIA
RELACIONAMENTOS-CRONOLOGIA
 
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOSBIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
BIOÉTICA E SEUS PRINCÍPIOS
 

Último

ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdfALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
DentiKi
 
anomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologiaanomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologia
SmeladeOliveira1
 
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e TratamentosRejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Werberth Ladislau Rodrigues da Silveira
 
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docxCORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
bentosst
 
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptxNUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
RAILANELIMAGOMES
 
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional ChinesaDiagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Misael Rabelo de Martins Custódio
 

Último (6)

ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdfALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
ALOP-2020 revista de tratamiento odontopediatria.pdf
 
anomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologiaanomalias dentárias imaginologia odontologia
anomalias dentárias imaginologia odontologia
 
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e TratamentosRejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
Rejuvenescimento da Pele- Dicas e Tratamentos
 
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docxCORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
CORP SSMA PROC 01 Análise preliminar de riscos - APR revisada.docx
 
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptxNUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
NUTRIÇÃO E DIETETICA APLICADA A ENFERMAGEM grau tecnico.pptx
 
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional ChinesaDiagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
Diagnóstico de línga pela Medicina Tradicional Chinesa
 

Atendimento e cuidados com pacientes diabéticos

  • 1. ATENDIMENTO E CUIDADOS COM PACIENTES DIABÉTICOS EXTRA MURO PROFESSORA: NÁDIA ALUNAS: GABRIELLA, OLENE E OYARA
  • 2. DIABETES MELLITUS • DOENÇA CRÔNICA, METABÓLICA; • DEFICIÊNCIA NA PRODUÇÃO DE INSULINA; • HIPERGLICEMIA JEJUM: 126 mg/dL OCASIONAL: 200 mg/dL • HIPOGLICEMIA JEJUM OU OCASIONAL: 70 mg/dL • DIABETES MELLITUS TIPO 1 • DIABETES MELLITUS TIPO 2 • DIABETES MELLITUS GESTACIONAL
  • 3. DIABETES MELLITUS TIPO 1 • PÂNCREAS NÃO CONSEGUE PRODUZIR INSULINA ESSENCIAL À SOBREVIVÊNCIA • CRIANÇAS E ADOLESCENTES • 10%
  • 4. DIABETES MELLITUS TIPO 2 • INABILIDADE DO ORGNISMO PARA RESPONDER À AÇÃO DA INSULINA PRODUZIDA PELO PÂNCREAS • ADULTOS E ADOLESCENTES • 90%
  • 5. DIABETES MELLITUS GESTACIONAL • HIPERGLICEMIA NA GRAVIDEZ • RESOLVE-SE PÓS-PARTO OU ANOS DEPOIS • 7% DAS GESTANTES(OBESAS) • RECÉM NASCIDO ACIMA DE 4.5 KG- PODE DESENVOLVER A DOENÇA FUTURAMENTE
  • 6. FATORES DE RISCO DM1 • INTRODUÇÃO PRECOCE DO LEITE DE VACA • IMUNIZAÇÕES NA INFÂNCIA: DIFTERIA, COQUELUCHE, TÉTANO E HAENOPHILLIS INFLUENZAE DM2 • HEREDITARIEDADE • SOBREPESO • IDADE AVANÇADA • HIPERTENSÃO ARTERIAL • ESTRESSE • SEDENTARISMO • OBESIDADE
  • 7. GRUPOS DE RISCOS DM1 • CRIANÇAS DE 5 A 15 ANOS • PICO: 5 A 7 E 10 A 14 ANOS DM2 • PESSOAS QUE APRESENTAM FATORES DE RISCO- ACIMA DE 45 ANOS • ANTECEDENTE FAMILIAR DE DM1 OU DM2 • HDL MENOR OU IGUAL A 35 mg/dL • TRIGLICERÍDEOS MAIOR OU IGUAL A 150 mg/dL • DIABETES GESTACIONAL • SÍNDROME DE OVÁRIOS POLICÍSTICOS • DOENÇA CARDIOVASCULAR, CEREBROVASCULAR OU VASCULAR PERIFÉRICA DEFINIDA
  • 8. DIAGNÓSTICO E COMPLICAÇÕES DIAGNÓSTICO BASEADO NOS NÍVEIS GLICÊMICOS: • GLICOSE PLASMÁTICA EM JEJUM MAIOR OU IGUAL A 126 mg/dL • GLICOSE PLASMÁTICA OCASIONAL OU EM JEJUM, APÓS 2 HORAS DE INGESTÃO DE GLICOSE , MAIOR OU IGUAL A 200 mg/dL AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DA HEMOGLOBINA GLICOLISADA • NORMAL: MENOR OU IGUAL A 5,6 % • PRÉ- DIABÉTICO: 5,7 A 6,4% • DIABÉTICO: MAIOR OU IGUAL A 6,5%
  • 9. SINAIS CLÁSSICOS DM1 • PERDA AUDITIVA • POLIÚRIA • POLIDIPSIA • POLIFAGIA • PERDA DE PESO • CETOCIDOSE DIABÉTICA DM2 • PODE SER ASSINTOMÁTICA • TURVAÇÃO DA VISÃO • SONOLÊNCIA • DORES • CÂIMBRAS, FORMIGAMENTOS E DORMÊNCIA • INDISPOSIÇÃO • DISFUNÇÃO ERÉTIL • HÁLITO CETÔNICO NEFROPATIA DIABÉTICA,RETINOPATIA DIABÉTICA,PÉ EM RISCO DE ÚLCERA(AMPUTAÇÕES)
  • 10. TRATAMENTO E CONTROLE • INCURÁVEL • DIETA • ATIVIDADE FÍSICA • EDUCAÇÃO • APOIO PSICOSSOCIAL • MEDICAMENTOS PARA CONTROLE DA HIPERGLICEMIA • TIPO 1: INSULINOTERAPIA,AUTOCONTROLE E AVALIAÇÃO TRIMESTRAL DA HEMOGLOBINA GLICOLISADA
  • 11. CONDUTA CLÍNICA- ODONTOLÓGICA • 3 A 4 % DOS PACIENTES SÃO DIABÉTICOS • ANAMNESE E EXAME CLÍNICO:  GRAU DE CONTROLE DA DOENÇA-OCORRÊNCIA DE HIPOGLICEMIA  HISTÓRIA DE HOSPITALIZAÇÃO  CONTATO COM O MÉDICO • AVALIAÇÃO INICIAL:  DETERMINAR TIPO DE DIABETES  CLASSIFICAR O PACIENTE DE ACORDO COM O GRAU DE RISCO PARA A CONDUTA ODONTOLÓGICA • PACIENTE BEM CONTROLADO: PODE SER TRATADO DE FORMA SIMILAR AO NÃO-DIABÉTICO
  • 12. PRINCIPAIS MANIFESTAÇÕES BUCAIS • DOENÇA PERIODONTAL • CANDIDÍASE BUCAL • XEROSTOMIA • ABSCESSOS RECORRENTES • HIPOPLASIA DE ESMALTE • DISTÚRBIOS DE GUSTAÇÃO • LÍQUEN PLANO • PERDA ÓSSEA ALVEOLAR DM1: CANDIDÍASE BUCAL,QUEILITE ANGULAR,GENGIVITE CRÔNICA,ÚLCERA TRAUMÁTICA E HIPERPLASIA GENGIVAL. DM2: PERIODONTITE CRÔNICA AVANÇADA,CANDIDÍASE BUCAL.QUEILITE ANGULAR,ÚLCERA TRAUMÁTICA, HIPERPLASIA GENGIVAL E GENGIVITE. DMG: HIPERTROFIA DAS PAPILAS FILIFORMES,CANDIDÍASE,CÁRIE INCIPIENTE E AVANÇADA,GENGIVITE CRÔNICA E PERIODONTITE GENERALIZADA.
  • 13. SOLICITAÇÃO DE EXAMES • HEMOGRAMA COMPLETO • NÍVEL DE GLICEMIA EM JEJUM • COAGULOGRAMA • EXAME RADIOGRÁFICO ANUAL : DETECTAR FOCOS INFECCIOSOS • RADIOGRAFIAS PERIAPICAIS
  • 14. USO DE ANESTÉSICO • NÃO USAR EPINEFRINA • NÃO USAR ADRENALINA • EVITAR VASOCONSTRICTOR DO GRUPO DAS CETECOLAMINAS(EPINEFRINA,NOREPINEFRINA E NEOCOBEFRINA) • UTILIZAR SOLUÇÃO ANESTÉSICA QUE CONTENHA FELIPRESSINA- PRILOCAÍNA 3%
  • 15. PRESCRIÇÃO MEDICAMENTOSA • ANTIINFLAMATÓRIOS NÃO- ESTEROIDAIS : COMPETIR COM HIPOGLICEMIANTES,CAUSAR HIPOGLICEMIA, NÃO UTILIZAR. • TROCAR INFORMAÇÕES COM O MÉDICO • ANTIINFLAMATÓRIOS INDICADOS: BENZIDOMINA E DICLOFENACO • ANALGÉSICOS INDICADOS: DIPIRONA OU PARACETAMOL E BETAMETASONA OU DEXAMETASONA • ANTIBIÓTICOS INDICADOS: PENICILINAS,CEFALOSPORINAS E ERITROMICINA
  • 16. EMERGÊNCIAS E URGÊNCIAS HIPOGLICEMIA • FRAQUEZA • PALPITAÇÕES • SUDORESE • FOME • NERVOSISMO • CEFALÉIA • CONFUSÃO MENTAL E PERTURBAÇÕES VISUAIS TRATAMENTO DO PACIENTE CONSCIENTE: ADMINISTRAR ALIMENTO COM CARBOIDRATO DE ABSORÇÃO RÁPIDA TRATAMENTO DO PACIENTE INCONSCIENTE: GLICOSE ENDOVENOSA
  • 17. EMERGÊNCIAS E URGÊNCIAS HIPERGLICEMIA • PREVALÊNCIA NO DIABETES TIPO 1 • SONOLÊNCIA • HÁLITO CETÔNICO • POLIDIPSIA • FADIGA • VISÃO TURVA • NÁUSEAS TRATAMENTO: INTERROMPER PROCEDIMENTO ODONTOLÓGICO,DEIXAR O PACIENTE CONFORTÁVEL , MONITORAR VIAS AÉREAS, AFERIR PA E PULSO. ADMINISTRAR INSULINA E OXIGÊNIO( CETONÚRIA A 20%).
  • 18. CONCLUSÃO • É DE SUMA IMPORTÂNCIA QUE O CIRURGIÃO DENTISTA TENHA CONHECIMENTOS A RESPEITO DA ETIOLOGIA, PATOGENIA , EPIDEMIOLOGIA E PARTE CLÍNICA DA DOENÇA PARA QUE DESSA FORMA POSSA OFERECER ATENDIMENTO ADEQUADO E EFICAZ, DE FORMA SEGURA.
  • 19. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS • ARTIGO : “O paciente diabético e suas implicações para conduta odontológica” NETO,J.N.C et al-Revista Dentística on line – ano 11, número 23 (2012) ISSN 1518-4889 – www.gbpd.com.br • ARTIGO: “CONDUTA ODONTOLÓGICA NO ATENDIMENTO A PORTADORES DE DIABETES MELLITUS” YARID,S.D et al- Rev.Saúde.Com 2010; 6(1): 74-85