SlideShare uma empresa Scribd logo
Agile UX
Projetando a
User Experience
no Mundo Ágil
Diogo Riker
Diogo Riker
Interaction Designer na FPF Tech,
Scrum Master (Scrum Alliance),
Apaixonado por Gamification,
Métodos Ágeis, Facilitação e
User Experience
O que vamos ver
nessa palestra?
O que vamos ver
nessa palestra?
Design Thinking
O que vamos ver
nessa palestra?
Design Thinking Lean UX
O que vamos ver
nessa palestra?
Design Thinking Lean UX Agile UX
O que vamos ver
nessa palestra?
Design Thinking Lean UX Agile UX Agile UX na FPF
Tech
Design Thinking
Foi buscando novos caminhos para
inovação que se criou hoje o que é
conhecido como ‘Design Thinking’:
uma abordagem focada no ser
humano que vê na
multidisciplinaridade, colaboração e
tangibilização de pensamentos e
processos, caminhos que levam a
soluções inovadoras para negócios.
Viana. Et. Al (2012, p. 12)
Entender o usuário de uma forma
completa:
Sua cultura, sua experiência, suas
emoções, seus comportamentos,
etc.
Lean UX
- Baseado nos princípios e valores do Lean
Thinking e Lean Startup
- Apesar de ser um conceito bem difundido
nas fábricas e montadoras, essa ideia foi
trazida para a área de desenvolvimento de
software por David J. Anderson e Don
Reinerstsen
- Lydia Waldmann (SAP) destaca os três
principios mais importantes que são
utilizados na área de desenvolvimento
- Eliminação de desperdício, onde todo
desperdício é um processo extra, defeitos,
funcionalidades extras, etc
- Desperdício é definido como qualquer
coisa que não produz valor para o
consumidor
- Designs e protótipos não são úteis para
o consumidor: eles apenas têm valor
quando um produto novo é entregue
“Os princípios Lean são subjacentes do
Lean Startup, aplicados no Lean UX de três
maneiras: Em primeiro lugar, eles ajudam-
nos a remover desperdícios do nosso
processo de UX design. Em segundo lugar,
eles nos guiam para a harmonizar nosso
“sistema” de designers, desenvolvedores,
gerentes de produto, engenheiros de
qualidade, profissionais de marketing e
outros em uma colaboração transparente
multifuncional que trazem não designers
para dentro do processo de design. Por
último, e talvez o mais importante, é a
mudança da mentalidade que ganhamos
com a adoção de um modelo baseado em
experimentação.” (GOTHELF, 2013. p.13,
Tradução Nossa)
“Os princípios Lean são subjacentes do
Lean Startup, aplicados no Lean UX de três
maneiras: Em primeiro lugar, eles ajudam-
nos a remover desperdícios do nosso
processo de UX design. Em segundo
lugar, eles nos guiam para a harmonizar
nosso “sistema” de designers,
desenvolvedores, gerentes de produto,
engenheiros de qualidade, profissionais de
marketing e outros em uma colaboração
transparente multifuncional que trazem
não designers para dentro do processo de
design. Por último, e talvez o mais
importante, é a mudança da mentalidade
que ganhamos com a adoção de um
modelo baseado em experimentação.”
(GOTHELF, 2013. p.13, Tradução Nossa)
“Os princípios Lean são subjacentes do
Lean Startup, aplicados no Lean UX de três
maneiras: Em primeiro lugar, eles ajudam-
nos a remover desperdícios do nosso
processo de UX design. Em segundo
lugar, eles nos guiam para a harmonizar
nosso “sistema” de designers,
desenvolvedores, gerentes de produto,
engenheiros de qualidade, profissionais de
marketing e outros em uma colaboração
transparente multifuncional que trazem
não designers para dentro do processo
de design. Por último, e talvez o mais
importante, é a mudança da mentalidade
que ganhamos com a adoção de um
modelo baseado em experimentação.”
(GOTHELF, 2013. p.13, Tradução Nossa)
“Os princípios Lean são subjacentes do
Lean Startup, aplicados no Lean UX de três
maneiras: Em primeiro lugar, eles ajudam-
nos a remover desperdícios do nosso
processo de UX design. Em segundo
lugar, eles nos guiam para a harmonizar
nosso “sistema” de designers,
desenvolvedores, gerentes de produto,
engenheiros de qualidade, profissionais de
marketing e outros em uma colaboração
transparente multifuncional que trazem
não designers para dentro do processo
de design. Por último, e talvez o mais
importante, é a mudança da mentalidade
que ganhamos com a adoção de um
modelo baseado em experimentação.”
(GOTHELF, 2013. p.13, Tradução Nossa)
Learning Loops (Build – Measure – Learning)
- Utilização dos princípios do design thinking,
aperfeiçoando-o com o pensamento de Lean
Startup
- Baseado nisso, Gothelf (2013) determina
alguns princípios que servem como base
para o método
- Times multifuncionais
- Pequeno, dedicado e posicionado
Progresso = Resultados (E não saídas)
Time focado no problema
Remoção de desperdícios
Desenvolver em pequenos pacotes
Descobertas Contínuas
GOOB (get out of the building)
Compartilhar os entendimentos e Anti-
Pattern: Rockstars, Gurus, and Ninjas
Externalize seu trabalho
Fazer ao invés de analisar
Conhecer antes de escalonar
Permissão para falhar
Evitar documentações extensas
Agile UX
- Resumidamente falando, é a maior aproximação
do usuário final com processos de desenvolvimento
de software
- Participação de todos os stakeholders no
processo de criação
- Agregar mais valor na entrega para o cliente
- É preciso levar em consideração alguns
aspectos característicos do processo e como
as distintas áreas irão comunicar-se
Desireé Sy (2007)
Jeff Gothelf (2013)
Agile UX na FPF Tech
fpftech.com
- Trabalha com scrum e outros métodos
ágeis há 8 anos
+ de 30 Times (Liga da Justiça, Tartarugas
Ninjas, Papaléguas, wexTerminators, entre
outros)
Wexterminators
Kasem Abou Ali
Developer
Rafaela Cavalcante
Developer
Diogo Riker
Designer / CSM
Alexandre Amorim
P.O.
Envolvimento de outras áreas são bastantes
enriquecedoras e agregam muito mais valor
para o usuário final e, consequentemente, o
cliente
Utilizando técnicas muito difundidas da área
de Design, foi possível fazer com que os
usuários participem mais do processo de
desenvolvimento, minimizando o retrabalho
Inicialmente, esse método gerou bastante
desconforto para o time, pois a afinidade
entre seus membros era frágil e a cultura ágil
não fazia parte do cotidiano de todos os
integrantes
Porém, quando o time tornou-se mais
efetivo com esse método, as entregas
resultaram em mais feedbacks positivos,
aumentando o retorno de investimento.
O senso de responsabilidade pelo produto
aumentou tanto por parte do time como por
parte do cliente, pois todos participaram do
processo de criação.
O processo mostrou-se bastante flexível,
podendo ser aplicado de várias formas e
técnicas
OBRIGADO!!!
http://behance.net/driker
https://br.linkedin.com/pub/diogo-riker/59/809/187
@DS_Riker
diogo.riker@gmail.com / diogo.riker@fpftech.com
http://pt.slideshare.net/DiogoRiker

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

AGILE UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
AGILE UX: Projetando a User Experience no Mundo ÁgilAGILE UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
AGILE UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
Diogo Riker
 
UX UI para Programadores
UX UI para Programadores UX UI para Programadores
UX UI para Programadores
Monica Mesquita
 
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshopapresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
Paulo Floriano
 
UX + ágil
UX + ágilUX + ágil
UX + ágil
Andressa Vieira
 
Ux design/Experiência do Usuário - Conexão KingHost 2015
Ux design/Experiência do Usuário - Conexão KingHost 2015Ux design/Experiência do Usuário - Conexão KingHost 2015
Ux design/Experiência do Usuário - Conexão KingHost 2015
Luisa Ambros
 
Workshop • UX design •
Workshop • UX design •  Workshop • UX design •
Workshop • UX design •
Suzi Sarmento
 
Agile e Design Thinking - Fazendo o Certo da Melhor Forma
Agile e Design Thinking - Fazendo o Certo da Melhor FormaAgile e Design Thinking - Fazendo o Certo da Melhor Forma
Agile e Design Thinking - Fazendo o Certo da Melhor Forma
AppStartup
 
Maturidade UX nas Empresas
Maturidade UX nas EmpresasMaturidade UX nas Empresas
Maturidade UX nas Empresas
Marconi Pacheco
 
UX Design
UX DesignUX Design
UX Design
Vitor Garcia
 
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
Samantha Rosa
 
UX.. Vale a pena?
UX.. Vale a pena?UX.. Vale a pena?
UX.. Vale a pena?
Everaldo Coelho
 
UI e UX no Material Design
UI e UX no Material DesignUI e UX no Material Design
UI e UX no Material Design
Gustavo Gobbi
 
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Alessandra Rosa
 
Ux design como estrategia conquistar clientes impactar negocios
Ux design como estrategia conquistar clientes impactar negociosUx design como estrategia conquistar clientes impactar negocios
Ux design como estrategia conquistar clientes impactar negocios
tdc-globalcode
 
UX Design para Desenvolvedores
UX Design para DesenvolvedoresUX Design para Desenvolvedores
UX Design para Desenvolvedores
Anderson Façanha
 
Como designers e desenvolvedores podem trabalhar juntos para fazer produtos m...
Como designers e desenvolvedores podem trabalhar juntos para fazer produtos m...Como designers e desenvolvedores podem trabalhar juntos para fazer produtos m...
Como designers e desenvolvedores podem trabalhar juntos para fazer produtos m...
Patricia De Cia
 
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
DEXCONF
 
Lean UX
Lean UXLean UX
Lean UX + Scrum: Aplicado em projetos Mobile
Lean UX + Scrum: Aplicado em projetos MobileLean UX + Scrum: Aplicado em projetos Mobile
Lean UX + Scrum: Aplicado em projetos Mobile
Luiz Reolon, PMP, PSD
 
Experiência do usuário
Experiência do usuárioExperiência do usuário
Experiência do usuário
Victor Rubens
 

Mais procurados (20)

AGILE UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
AGILE UX: Projetando a User Experience no Mundo ÁgilAGILE UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
AGILE UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil
 
UX UI para Programadores
UX UI para Programadores UX UI para Programadores
UX UI para Programadores
 
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshopapresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
apresentação 21212 Aceleradora — Lean UX Workshop
 
UX + ágil
UX + ágilUX + ágil
UX + ágil
 
Ux design/Experiência do Usuário - Conexão KingHost 2015
Ux design/Experiência do Usuário - Conexão KingHost 2015Ux design/Experiência do Usuário - Conexão KingHost 2015
Ux design/Experiência do Usuário - Conexão KingHost 2015
 
Workshop • UX design •
Workshop • UX design •  Workshop • UX design •
Workshop • UX design •
 
Agile e Design Thinking - Fazendo o Certo da Melhor Forma
Agile e Design Thinking - Fazendo o Certo da Melhor FormaAgile e Design Thinking - Fazendo o Certo da Melhor Forma
Agile e Design Thinking - Fazendo o Certo da Melhor Forma
 
Maturidade UX nas Empresas
Maturidade UX nas EmpresasMaturidade UX nas Empresas
Maturidade UX nas Empresas
 
UX Design
UX DesignUX Design
UX Design
 
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
UX para desenvolvedores - UX Conf BR 2015
 
UX.. Vale a pena?
UX.. Vale a pena?UX.. Vale a pena?
UX.. Vale a pena?
 
UI e UX no Material Design
UI e UX no Material DesignUI e UX no Material Design
UI e UX no Material Design
 
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
Interação e relacionamento PO com equipe de UX e Designers do Instituto de Pe...
 
Ux design como estrategia conquistar clientes impactar negocios
Ux design como estrategia conquistar clientes impactar negociosUx design como estrategia conquistar clientes impactar negocios
Ux design como estrategia conquistar clientes impactar negocios
 
UX Design para Desenvolvedores
UX Design para DesenvolvedoresUX Design para Desenvolvedores
UX Design para Desenvolvedores
 
Como designers e desenvolvedores podem trabalhar juntos para fazer produtos m...
Como designers e desenvolvedores podem trabalhar juntos para fazer produtos m...Como designers e desenvolvedores podem trabalhar juntos para fazer produtos m...
Como designers e desenvolvedores podem trabalhar juntos para fazer produtos m...
 
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
Mamãe, Polícia!” — As interfaces conversacionais e seus desafios criativos pa...
 
Lean UX
Lean UXLean UX
Lean UX
 
Lean UX + Scrum: Aplicado em projetos Mobile
Lean UX + Scrum: Aplicado em projetos MobileLean UX + Scrum: Aplicado em projetos Mobile
Lean UX + Scrum: Aplicado em projetos Mobile
 
Experiência do usuário
Experiência do usuárioExperiência do usuário
Experiência do usuário
 

Destaque

UXCampDC 2010 - Agile UX
UXCampDC 2010 - Agile UXUXCampDC 2010 - Agile UX
UXCampDC 2010 - Agile UX
Patrick Sheridan
 
O Pensamento Ágil
O Pensamento ÁgilO Pensamento Ágil
O Pensamento Ágil
SEA Tecnologia
 
Gerenciamento Ágil de Projetos
Gerenciamento Ágil de ProjetosGerenciamento Ágil de Projetos
Gerenciamento Ágil de Projetos
Daniel de Amaral
 
2008 china market entry analysis for us firms
2008 china market entry analysis for us firms2008 china market entry analysis for us firms
2008 china market entry analysis for us firms
Patrick Sheridan
 
Georgetown IEMBA China Market Entry Report 2008
Georgetown IEMBA China Market Entry Report 2008Georgetown IEMBA China Market Entry Report 2008
Georgetown IEMBA China Market Entry Report 2008
Patrick Sheridan
 
Open Kanban - Discover the Power of Kanban
Open Kanban - Discover the Power of KanbanOpen Kanban - Discover the Power of Kanban
Open Kanban - Discover the Power of Kanban
Joseph Hurtado
 
UX Iteration Planning
UX Iteration PlanningUX Iteration Planning
UX Iteration Planning
Patrick Sheridan
 
Treinamento de Requisitos Ágeis com Design Thinking
Treinamento de Requisitos Ágeis com Design ThinkingTreinamento de Requisitos Ágeis com Design Thinking
Treinamento de Requisitos Ágeis com Design Thinking
Victor Gonçalves
 
Visões sobre Lean & Agile - Victor Hugo & Manoel Pimentel
Visões sobre Lean & Agile -  Victor Hugo & Manoel PimentelVisões sobre Lean & Agile -  Victor Hugo & Manoel Pimentel
Visões sobre Lean & Agile - Victor Hugo & Manoel Pimentel
Manoel Pimentel Medeiros
 
Workshop TPM
Workshop TPMWorkshop TPM
Gestão do Conhecimento Ágil - Agile in Rio 2013 - Time ScrumHalf
Gestão do Conhecimento Ágil - Agile in Rio 2013 - Time ScrumHalfGestão do Conhecimento Ágil - Agile in Rio 2013 - Time ScrumHalf
Gestão do Conhecimento Ágil - Agile in Rio 2013 - Time ScrumHalf
José A. Rodrigues Nt.
 
Gestao Agil
Gestao AgilGestao Agil
Gestao Agil
SEA Tecnologia
 
Gestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de ProjetosGestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de Projetos
InaniaVerba
 
Gestão ágil de projetos 2015
Gestão ágil de projetos 2015Gestão ágil de projetos 2015
Gestão ágil de projetos 2015
InaniaVerba
 
Agilidade Na Pratica
Agilidade Na PraticaAgilidade Na Pratica
Agilidade Na Pratica
SEA Tecnologia
 
Front end, back end, full stack. onde vivem o que comem hoje na uni_granrio
Front end, back end, full stack.  onde vivem  o que comem   hoje na uni_granrioFront end, back end, full stack.  onde vivem  o que comem   hoje na uni_granrio
Front end, back end, full stack. onde vivem o que comem hoje na uni_granrio
Anna Cruz
 
Backbone.js + Rails - Front-end e back-end conectados
Backbone.js + Rails - Front-end e back-end conectadosBackbone.js + Rails - Front-end e back-end conectados
Backbone.js + Rails - Front-end e back-end conectados
Henrique Gogó
 
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula06
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula06WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula06
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula06
Leandro Alves
 
User Interface (UI) x User Experience (UX)
User Interface (UI) x User Experience (UX)User Interface (UI) x User Experience (UX)
User Interface (UI) x User Experience (UX)
Gustavo Gobbi
 
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula04
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula04WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula04
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula04
Leandro Alves
 

Destaque (20)

UXCampDC 2010 - Agile UX
UXCampDC 2010 - Agile UXUXCampDC 2010 - Agile UX
UXCampDC 2010 - Agile UX
 
O Pensamento Ágil
O Pensamento ÁgilO Pensamento Ágil
O Pensamento Ágil
 
Gerenciamento Ágil de Projetos
Gerenciamento Ágil de ProjetosGerenciamento Ágil de Projetos
Gerenciamento Ágil de Projetos
 
2008 china market entry analysis for us firms
2008 china market entry analysis for us firms2008 china market entry analysis for us firms
2008 china market entry analysis for us firms
 
Georgetown IEMBA China Market Entry Report 2008
Georgetown IEMBA China Market Entry Report 2008Georgetown IEMBA China Market Entry Report 2008
Georgetown IEMBA China Market Entry Report 2008
 
Open Kanban - Discover the Power of Kanban
Open Kanban - Discover the Power of KanbanOpen Kanban - Discover the Power of Kanban
Open Kanban - Discover the Power of Kanban
 
UX Iteration Planning
UX Iteration PlanningUX Iteration Planning
UX Iteration Planning
 
Treinamento de Requisitos Ágeis com Design Thinking
Treinamento de Requisitos Ágeis com Design ThinkingTreinamento de Requisitos Ágeis com Design Thinking
Treinamento de Requisitos Ágeis com Design Thinking
 
Visões sobre Lean & Agile - Victor Hugo & Manoel Pimentel
Visões sobre Lean & Agile -  Victor Hugo & Manoel PimentelVisões sobre Lean & Agile -  Victor Hugo & Manoel Pimentel
Visões sobre Lean & Agile - Victor Hugo & Manoel Pimentel
 
Workshop TPM
Workshop TPMWorkshop TPM
Workshop TPM
 
Gestão do Conhecimento Ágil - Agile in Rio 2013 - Time ScrumHalf
Gestão do Conhecimento Ágil - Agile in Rio 2013 - Time ScrumHalfGestão do Conhecimento Ágil - Agile in Rio 2013 - Time ScrumHalf
Gestão do Conhecimento Ágil - Agile in Rio 2013 - Time ScrumHalf
 
Gestao Agil
Gestao AgilGestao Agil
Gestao Agil
 
Gestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de ProjetosGestão Ágil de Projetos
Gestão Ágil de Projetos
 
Gestão ágil de projetos 2015
Gestão ágil de projetos 2015Gestão ágil de projetos 2015
Gestão ágil de projetos 2015
 
Agilidade Na Pratica
Agilidade Na PraticaAgilidade Na Pratica
Agilidade Na Pratica
 
Front end, back end, full stack. onde vivem o que comem hoje na uni_granrio
Front end, back end, full stack.  onde vivem  o que comem   hoje na uni_granrioFront end, back end, full stack.  onde vivem  o que comem   hoje na uni_granrio
Front end, back end, full stack. onde vivem o que comem hoje na uni_granrio
 
Backbone.js + Rails - Front-end e back-end conectados
Backbone.js + Rails - Front-end e back-end conectadosBackbone.js + Rails - Front-end e back-end conectados
Backbone.js + Rails - Front-end e back-end conectados
 
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula06
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula06WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula06
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula06
 
User Interface (UI) x User Experience (UX)
User Interface (UI) x User Experience (UX)User Interface (UI) x User Experience (UX)
User Interface (UI) x User Experience (UX)
 
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula04
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula04WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula04
WPI – Pós Design de Interação IEC PUC Minas aula04
 

Semelhante a Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil

UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX DesignUX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
Lara Brito
 
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
MJV Technology & Innovation Brasil
 
Criatividade, Inovação e Métodos Ágeis - O que isso tem a ver com UX
Criatividade, Inovação e Métodos Ágeis - O que isso tem a ver com UXCriatividade, Inovação e Métodos Ágeis - O que isso tem a ver com UX
Criatividade, Inovação e Métodos Ágeis - O que isso tem a ver com UX
Ingrid Castro
 
UX e Métodos Ágeis: Adversários ou Parceiros?
UX e Métodos Ágeis: Adversários ou Parceiros?UX e Métodos Ágeis: Adversários ou Parceiros?
UX e Métodos Ágeis: Adversários ou Parceiros?
Carlos Rosemberg
 
Avaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaçAvaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaç
Bernardo Mattos
 
Princípios ágeis - UFRGS 2013
Princípios ágeis - UFRGS 2013Princípios ágeis - UFRGS 2013
Princípios ágeis - UFRGS 2013
Lourenco P Soares
 
Design Centrado no Usuário
Design Centrado no UsuárioDesign Centrado no Usuário
Design Centrado no Usuário
Davi Busanello
 
Planejamento de produtos digitais - 1
Planejamento de produtos digitais - 1Planejamento de produtos digitais - 1
Planejamento de produtos digitais - 1
Jornalismo Digital
 
Princípios Ágeis
Princípios ÁgeisPrincípios Ágeis
Princípios Ágeis
Lourenco P Soares
 
Desafios de UX, no Ágil e no Serpro
Desafios de UX, no Ágil e no SerproDesafios de UX, no Ágil e no Serpro
Desafios de UX, no Ágil e no Serpro
Felipe Dário
 
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
Diogo Cosentino
 
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
Coletivo Mola
 
Lean software
Lean software Lean software
Lean software
Sergio Crespo
 
Agile explicacao 18
Agile explicacao 18Agile explicacao 18
Agile explicacao 18
Júlio Ferreira
 
Cap 6 O Processo De Design De InteraçãO
Cap 6 O Processo De Design De InteraçãOCap 6 O Processo De Design De InteraçãO
Cap 6 O Processo De Design De InteraçãO
Marcelo Bitencourt
 
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de InformaçãoScrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Alessandro Novais
 
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuáriosMétodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Leandro Alves
 
UX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
UX e Tecnologia - Bianca BrancaleoneUX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
UX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
Byte Girl
 
D c u vivi zorzo
D c u vivi zorzoD c u vivi zorzo
D c u vivi zorzo
VivianiZorzo
 
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - SynergiaMATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
Karine Drumond
 

Semelhante a Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil (20)

UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX DesignUX Talks | Desafios na Prática de UX Design
UX Talks | Desafios na Prática de UX Design
 
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
[Pocket Content] Design Thinking e Ágil: inovação de ponta a ponta
 
Criatividade, Inovação e Métodos Ágeis - O que isso tem a ver com UX
Criatividade, Inovação e Métodos Ágeis - O que isso tem a ver com UXCriatividade, Inovação e Métodos Ágeis - O que isso tem a ver com UX
Criatividade, Inovação e Métodos Ágeis - O que isso tem a ver com UX
 
UX e Métodos Ágeis: Adversários ou Parceiros?
UX e Métodos Ágeis: Adversários ou Parceiros?UX e Métodos Ágeis: Adversários ou Parceiros?
UX e Métodos Ágeis: Adversários ou Parceiros?
 
Avaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaçAvaliação de maturidade das organizaç
Avaliação de maturidade das organizaç
 
Princípios ágeis - UFRGS 2013
Princípios ágeis - UFRGS 2013Princípios ágeis - UFRGS 2013
Princípios ágeis - UFRGS 2013
 
Design Centrado no Usuário
Design Centrado no UsuárioDesign Centrado no Usuário
Design Centrado no Usuário
 
Planejamento de produtos digitais - 1
Planejamento de produtos digitais - 1Planejamento de produtos digitais - 1
Planejamento de produtos digitais - 1
 
Princípios Ágeis
Princípios ÁgeisPrincípios Ágeis
Princípios Ágeis
 
Desafios de UX, no Ágil e no Serpro
Desafios de UX, no Ágil e no SerproDesafios de UX, no Ágil e no Serpro
Desafios de UX, no Ágil e no Serpro
 
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
 
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
A evolução do ux nas empresas (e como promovê-la)
 
Lean software
Lean software Lean software
Lean software
 
Agile explicacao 18
Agile explicacao 18Agile explicacao 18
Agile explicacao 18
 
Cap 6 O Processo De Design De InteraçãO
Cap 6 O Processo De Design De InteraçãOCap 6 O Processo De Design De InteraçãO
Cap 6 O Processo De Design De InteraçãO
 
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de InformaçãoScrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
Scrum - Introdução Interna para o Núcleo de Arquitetura de Informação
 
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuáriosMétodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
Métodos ágeis e boas práticas no design de sistemas centrado nos usuários
 
UX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
UX e Tecnologia - Bianca BrancaleoneUX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
UX e Tecnologia - Bianca Brancaleone
 
D c u vivi zorzo
D c u vivi zorzoD c u vivi zorzo
D c u vivi zorzo
 
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - SynergiaMATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
MATURIDADE DAS ORGANIZAÇÕES EM RELAÇÃO À USABILIDADE - Synergia
 

Mais de Diogo Riker

O Pensamento Lean na Área de UX
O Pensamento Lean na Área de UXO Pensamento Lean na Área de UX
O Pensamento Lean na Área de UX
Diogo Riker
 
Meu time nao pensa em UX. E agora?
Meu time nao pensa em UX. E agora?Meu time nao pensa em UX. E agora?
Meu time nao pensa em UX. E agora?
Diogo Riker
 
Combatendo times tarefeiros
Combatendo times tarefeirosCombatendo times tarefeiros
Combatendo times tarefeiros
Diogo Riker
 
Gamificação e Scrum: O que uma coisa tem haver com a outra?
Gamificação e Scrum: O que uma coisa tem haver com a outra?Gamificação e Scrum: O que uma coisa tem haver com a outra?
Gamificação e Scrum: O que uma coisa tem haver com a outra?
Diogo Riker
 
Gamification na prática: Meus primeiros 6 passos.
Gamification na prática: Meus primeiros 6 passos.Gamification na prática: Meus primeiros 6 passos.
Gamification na prática: Meus primeiros 6 passos.
Diogo Riker
 
Gamification - Você sabe o que isso realmente significa?
Gamification - Você sabe o que isso realmente significa?Gamification - Você sabe o que isso realmente significa?
Gamification - Você sabe o que isso realmente significa?
Diogo Riker
 
O Papel do Profissional de Design em uma Equipe de Criação e Desenvolvimento ...
O Papel do Profissional de Design em uma Equipe de Criação e Desenvolvimento ...O Papel do Profissional de Design em uma Equipe de Criação e Desenvolvimento ...
O Papel do Profissional de Design em uma Equipe de Criação e Desenvolvimento ...
Diogo Riker
 
Gamificando o SCRUM: A Influência de um Método Gamificado
Gamificando o SCRUM: A Influência de um Método GamificadoGamificando o SCRUM: A Influência de um Método Gamificado
Gamificando o SCRUM: A Influência de um Método Gamificado
Diogo Riker
 

Mais de Diogo Riker (8)

O Pensamento Lean na Área de UX
O Pensamento Lean na Área de UXO Pensamento Lean na Área de UX
O Pensamento Lean na Área de UX
 
Meu time nao pensa em UX. E agora?
Meu time nao pensa em UX. E agora?Meu time nao pensa em UX. E agora?
Meu time nao pensa em UX. E agora?
 
Combatendo times tarefeiros
Combatendo times tarefeirosCombatendo times tarefeiros
Combatendo times tarefeiros
 
Gamificação e Scrum: O que uma coisa tem haver com a outra?
Gamificação e Scrum: O que uma coisa tem haver com a outra?Gamificação e Scrum: O que uma coisa tem haver com a outra?
Gamificação e Scrum: O que uma coisa tem haver com a outra?
 
Gamification na prática: Meus primeiros 6 passos.
Gamification na prática: Meus primeiros 6 passos.Gamification na prática: Meus primeiros 6 passos.
Gamification na prática: Meus primeiros 6 passos.
 
Gamification - Você sabe o que isso realmente significa?
Gamification - Você sabe o que isso realmente significa?Gamification - Você sabe o que isso realmente significa?
Gamification - Você sabe o que isso realmente significa?
 
O Papel do Profissional de Design em uma Equipe de Criação e Desenvolvimento ...
O Papel do Profissional de Design em uma Equipe de Criação e Desenvolvimento ...O Papel do Profissional de Design em uma Equipe de Criação e Desenvolvimento ...
O Papel do Profissional de Design em uma Equipe de Criação e Desenvolvimento ...
 
Gamificando o SCRUM: A Influência de um Método Gamificado
Gamificando o SCRUM: A Influência de um Método GamificadoGamificando o SCRUM: A Influência de um Método Gamificado
Gamificando o SCRUM: A Influência de um Método Gamificado
 

Agile UX: Projetando a User Experience no Mundo Ágil

  • 1. Agile UX Projetando a User Experience no Mundo Ágil Diogo Riker
  • 2. Diogo Riker Interaction Designer na FPF Tech, Scrum Master (Scrum Alliance), Apaixonado por Gamification, Métodos Ágeis, Facilitação e User Experience
  • 3. O que vamos ver nessa palestra?
  • 4. O que vamos ver nessa palestra? Design Thinking
  • 5. O que vamos ver nessa palestra? Design Thinking Lean UX
  • 6. O que vamos ver nessa palestra? Design Thinking Lean UX Agile UX
  • 7. O que vamos ver nessa palestra? Design Thinking Lean UX Agile UX Agile UX na FPF Tech
  • 9. Foi buscando novos caminhos para inovação que se criou hoje o que é conhecido como ‘Design Thinking’: uma abordagem focada no ser humano que vê na multidisciplinaridade, colaboração e tangibilização de pensamentos e processos, caminhos que levam a soluções inovadoras para negócios. Viana. Et. Al (2012, p. 12)
  • 10.
  • 11. Entender o usuário de uma forma completa: Sua cultura, sua experiência, suas emoções, seus comportamentos, etc.
  • 13. - Baseado nos princípios e valores do Lean Thinking e Lean Startup - Apesar de ser um conceito bem difundido nas fábricas e montadoras, essa ideia foi trazida para a área de desenvolvimento de software por David J. Anderson e Don Reinerstsen - Lydia Waldmann (SAP) destaca os três principios mais importantes que são utilizados na área de desenvolvimento
  • 14. - Eliminação de desperdício, onde todo desperdício é um processo extra, defeitos, funcionalidades extras, etc - Desperdício é definido como qualquer coisa que não produz valor para o consumidor - Designs e protótipos não são úteis para o consumidor: eles apenas têm valor quando um produto novo é entregue
  • 15. “Os princípios Lean são subjacentes do Lean Startup, aplicados no Lean UX de três maneiras: Em primeiro lugar, eles ajudam- nos a remover desperdícios do nosso processo de UX design. Em segundo lugar, eles nos guiam para a harmonizar nosso “sistema” de designers, desenvolvedores, gerentes de produto, engenheiros de qualidade, profissionais de marketing e outros em uma colaboração transparente multifuncional que trazem não designers para dentro do processo de design. Por último, e talvez o mais importante, é a mudança da mentalidade que ganhamos com a adoção de um modelo baseado em experimentação.” (GOTHELF, 2013. p.13, Tradução Nossa)
  • 16. “Os princípios Lean são subjacentes do Lean Startup, aplicados no Lean UX de três maneiras: Em primeiro lugar, eles ajudam- nos a remover desperdícios do nosso processo de UX design. Em segundo lugar, eles nos guiam para a harmonizar nosso “sistema” de designers, desenvolvedores, gerentes de produto, engenheiros de qualidade, profissionais de marketing e outros em uma colaboração transparente multifuncional que trazem não designers para dentro do processo de design. Por último, e talvez o mais importante, é a mudança da mentalidade que ganhamos com a adoção de um modelo baseado em experimentação.” (GOTHELF, 2013. p.13, Tradução Nossa)
  • 17. “Os princípios Lean são subjacentes do Lean Startup, aplicados no Lean UX de três maneiras: Em primeiro lugar, eles ajudam- nos a remover desperdícios do nosso processo de UX design. Em segundo lugar, eles nos guiam para a harmonizar nosso “sistema” de designers, desenvolvedores, gerentes de produto, engenheiros de qualidade, profissionais de marketing e outros em uma colaboração transparente multifuncional que trazem não designers para dentro do processo de design. Por último, e talvez o mais importante, é a mudança da mentalidade que ganhamos com a adoção de um modelo baseado em experimentação.” (GOTHELF, 2013. p.13, Tradução Nossa)
  • 18. “Os princípios Lean são subjacentes do Lean Startup, aplicados no Lean UX de três maneiras: Em primeiro lugar, eles ajudam- nos a remover desperdícios do nosso processo de UX design. Em segundo lugar, eles nos guiam para a harmonizar nosso “sistema” de designers, desenvolvedores, gerentes de produto, engenheiros de qualidade, profissionais de marketing e outros em uma colaboração transparente multifuncional que trazem não designers para dentro do processo de design. Por último, e talvez o mais importante, é a mudança da mentalidade que ganhamos com a adoção de um modelo baseado em experimentação.” (GOTHELF, 2013. p.13, Tradução Nossa)
  • 19. Learning Loops (Build – Measure – Learning)
  • 20. - Utilização dos princípios do design thinking, aperfeiçoando-o com o pensamento de Lean Startup - Baseado nisso, Gothelf (2013) determina alguns princípios que servem como base para o método
  • 21. - Times multifuncionais - Pequeno, dedicado e posicionado
  • 22. Progresso = Resultados (E não saídas)
  • 23. Time focado no problema
  • 27. GOOB (get out of the building)
  • 28. Compartilhar os entendimentos e Anti- Pattern: Rockstars, Gurus, and Ninjas
  • 30. Fazer ao invés de analisar
  • 31. Conhecer antes de escalonar
  • 35. - Resumidamente falando, é a maior aproximação do usuário final com processos de desenvolvimento de software - Participação de todos os stakeholders no processo de criação - Agregar mais valor na entrega para o cliente
  • 36. - É preciso levar em consideração alguns aspectos característicos do processo e como as distintas áreas irão comunicar-se
  • 37.
  • 38.
  • 41. Agile UX na FPF Tech
  • 43.
  • 44. - Trabalha com scrum e outros métodos ágeis há 8 anos + de 30 Times (Liga da Justiça, Tartarugas Ninjas, Papaléguas, wexTerminators, entre outros)
  • 46. Kasem Abou Ali Developer Rafaela Cavalcante Developer Diogo Riker Designer / CSM Alexandre Amorim P.O.
  • 47.
  • 48.
  • 49.
  • 50. Envolvimento de outras áreas são bastantes enriquecedoras e agregam muito mais valor para o usuário final e, consequentemente, o cliente
  • 51. Utilizando técnicas muito difundidas da área de Design, foi possível fazer com que os usuários participem mais do processo de desenvolvimento, minimizando o retrabalho
  • 52. Inicialmente, esse método gerou bastante desconforto para o time, pois a afinidade entre seus membros era frágil e a cultura ágil não fazia parte do cotidiano de todos os integrantes
  • 53. Porém, quando o time tornou-se mais efetivo com esse método, as entregas resultaram em mais feedbacks positivos, aumentando o retorno de investimento.
  • 54. O senso de responsabilidade pelo produto aumentou tanto por parte do time como por parte do cliente, pois todos participaram do processo de criação.
  • 55. O processo mostrou-se bastante flexível, podendo ser aplicado de várias formas e técnicas