SlideShare uma empresa Scribd logo

Aula prática 2 evidências de reações químicas

Aula prática - evidências de reações químicas

1 de 6
Baixar para ler offline
CIÊNCIAS – 8º Ano do Ensino Fundamental
Professoras: Luciana Cardinali e Ludmila Olandim
Nome: __________________________________________________ Nº. _____ Turma:_____ Data: ___/___/___
ATIVIDADE PRÁTICA:
Observando evidências de reações químicas
A) OBJETIVO
 Observar as evidências de uma reação química.
B) MATERIAIS
Solução de sulfato ferroso (FeSO4)
Solução de hidróxido de sódio (NaOH) - diluída
Solução de tiocianato de potássio (KSCN) – diluída
Solução de ácido clorídrico (HCℓ) - diluída
Bicarbonato de sódio (NaHCO3)
Água oxigenada (H2O2)
Cloreto férrico – FeCl3
Tubos de ensaio
Estante para tubos de ensaio
Pipeta plástica
Espátula plástica
C) PROCEDIMENTO 1
1. COLOQUE, com o auxílio de uma pipeta plástica, no tubo de ensaio 1, 1 mL de solução de sulfato ferroso.
2. ADICIONE no tubo 1, com o auxílio de pipetas plásticas, 1 mL de solução de hidróxido de sódio e 1 mL de
água oxigenada.
3. OBSERVE e ANOTE as características dos materiais antes e depois das transformações ocorridas nos tubos.
TUBO ESTADO INICIAL ESTADO FINAL
1
Sulfato ferroso – amarelado
Hidróxido de sódio – incolor
Água oxigenada - incolor
Mudança de cor – reação entre sulfato
ferroso + hidróxido de sódio
Liberação de gás, mudança de cor e
formação de um sólido (precipitado) –
reação entre sulfato ferroso e hidróxido
de sódio + peróxido de hidrogênio.
Hidróxido de sódio – soda cáustica – Fabricação de papel, tecidos, desobstruir
encanamentos (dissolve gorduras).
PROCEDIMENTO 2
1. COLOQUE, com o auxílio de uma pipeta plástica, no tubo de ensaio 2, 1 mL de solução de cloreto férrico.
2. ACRESCENTE, no tubo 2, 3 gotas de solução de tiocianato de potássio.
3. OBSERVE e ANOTE as características dos materiais antes e depois das transformações ocorridas nos tubos.
TUBO ESTADO INICIAL ESTADO FINAL
2
Cloreto férrico – amarelado
Ticionato de potássio - incolor
Mudança de cor - vermelho sangue.
Ticionato de potássio – utilizado como teste químico para a presença de Fe;
Cloreto férrico – aplicação na área ambiental – tratamento da água – aglutinam partículas
sólidas e impurezas – aderem ao composto de ferro formado.
PROCEDIMENTO 3
1. COLOQUE, com o auxílio de uma pipeta plástica, no tubo de ensaio 3, 1 mL de ácido clorídrico.
2. ADICIONE a medida de uma espátula de bicarbonato de sódio no tubo.
3. OBSERVE e ANOTE as características dos materiais antes e depois das transformações ocorridas nos tubos.
TUBO ESTADO INICIAL ESTADO FINAL
3
Ácido clorídrico – incolor
Bicarbonato de sódio – sólido
branco
Liberação de um gás – CO2
Formação sólido (precipitado) - NaCl
REAÇÃO QUÍMICA:
NaHCO3 + HCl → NaCl(s) + H20(l) + CO2 (g)
Reação comum quando temos azia e ingerimos antiácidos;
O bicarbonato de sódio neutraliza a acidez do ácido clorídrico;
Liberação do CO2 – produção do arroto;
Pacientes com pressão alta – recomendação de dieta com pouco sal – uso controlado de
antiácidos;
D) DISCUSSÃO
a) HOUVE reação química nos três sistemas? JUSTIFIQUE.
Ocorreu reação química em todos os sistemas, pois houve formação de novas substâncias,
isto é, substâncias com propriedades diferentes das iniciais.
b) QUAIS das observações podem ser consideradas evidências da formação de novo(s) material(is)?
Experimento 1: Mudança de cor, formação de sólido (precipitado), liberação de gás.
Experimento 2: Mudança de cor
Experimento 3: Formação de sólido (precipitado) e liberação de gás.
Vídeo - http://www.coletiva.org/site/index.php?option=com_hwdvideoshare&task=viewvideo&Itemid=71&video_id=11
Liberação de gás
Não ocorre uma reação química.
Trata-se de uma transformação
física.

Recomendados

Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.
Relatório - Volumetria de Complexação: determinação de dureza da água.Dhion Meyg Fernandes
 
Propriedades coligativas
Propriedades coligativasPropriedades coligativas
Propriedades coligativasLucas Tardim
 
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do VinagreRelatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do Vinagre
Relatorio de Química Analítica II - Determinação da Acidez total do VinagreDhion Meyg Fernandes
 
Relatório - Volumetria de Precipitação
Relatório - Volumetria de PrecipitaçãoRelatório - Volumetria de Precipitação
Relatório - Volumetria de PrecipitaçãoDhion Meyg Fernandes
 
Funções químicas inorgânicas
Funções químicas inorgânicas Funções químicas inorgânicas
Funções químicas inorgânicas Daniela Dameto
 
Bioquimica. agua
Bioquimica. aguaBioquimica. agua
Bioquimica. aguaNaisa Leal
 

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Mais procurados (20)

Pilhas - eletroquímica
Pilhas - eletroquímicaPilhas - eletroquímica
Pilhas - eletroquímica
 
Reações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e CetonasReações de Aldeídos e Cetonas
Reações de Aldeídos e Cetonas
 
Proteinas
ProteinasProteinas
Proteinas
 
Aula fermentação
Aula fermentaçãoAula fermentação
Aula fermentação
 
Hidrólise Ácida do Amido
Hidrólise Ácida do AmidoHidrólise Ácida do Amido
Hidrólise Ácida do Amido
 
Lipidios
Lipidios Lipidios
Lipidios
 
Acidos e bases (1)
Acidos e bases (1)Acidos e bases (1)
Acidos e bases (1)
 
Mecanismos de reação sn1 e sn2
Mecanismos de reação sn1 e sn2Mecanismos de reação sn1 e sn2
Mecanismos de reação sn1 e sn2
 
Determinação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTADeterminação da dureza total de água com EDTA
Determinação da dureza total de água com EDTA
 
Lipídios
LipídiosLipídios
Lipídios
 
1 quimica carboidratos
1   quimica carboidratos1   quimica carboidratos
1 quimica carboidratos
 
Acidez do leite
Acidez do leiteAcidez do leite
Acidez do leite
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICARELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: SOLUBILIDADE DOS COMPOSTOS ORGÂNICA
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃORELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: PREPARO DE SOLUÇÃO
 
Aula Proteinas
Aula ProteinasAula Proteinas
Aula Proteinas
 
9 solubilidade
9 solubilidade9 solubilidade
9 solubilidade
 
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕESQuimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO  E PADRONIZAÇÃO  DE SOLUÇÕES
Quimica experimental - Relatorio PREPARAÇÃO E PADRONIZAÇÃO DE SOLUÇÕES
 
Relatório prática 1 volumetria de neutralização
Relatório prática 1 volumetria de neutralizaçãoRelatório prática 1 volumetria de neutralização
Relatório prática 1 volumetria de neutralização
 
Ácidos e Bases
Ácidos e BasesÁcidos e Bases
Ácidos e Bases
 
Carboidratos
CarboidratosCarboidratos
Carboidratos
 

Semelhante a Aula prática 2 evidências de reações químicas

Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e SaisQuímica Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e SaisLucas Valente
 
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscinaRelatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscinaarceariane87
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOSRELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOSEzequias Guimaraes
 
Reações de precipitação
Reações de precipitaçãoReações de precipitação
Reações de precipitaçãoDeolinda Lopes
 
Laboratórios Agrária.pdf Desenvolvimento
Laboratórios Agrária.pdf DesenvolvimentoLaboratórios Agrária.pdf Desenvolvimento
Laboratórios Agrária.pdf DesenvolvimentoLuciliaPereira15
 
Série Eletroquímica: O Caso dos Metais
Série Eletroquímica: O Caso dos MetaisSérie Eletroquímica: O Caso dos Metais
Série Eletroquímica: O Caso dos MetaisVitor Peixoto
 
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo IIRelatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo IIErica Souza
 
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+Gabriela Begalli
 
Oxidação e redução
Oxidação e reduçãoOxidação e redução
Oxidação e reduçãoAline Andrade
 
Gabarito da segunda avaliação
Gabarito da segunda avaliaçãoGabarito da segunda avaliação
Gabarito da segunda avaliaçãoprofessoraludmila
 
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICASQuimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICASJessica Amaral
 
Al13 quimica 11_ano
Al13 quimica 11_anoAl13 quimica 11_ano
Al13 quimica 11_anoenoch8
 
8. R. Oxidação - Prof Sidney - UFPI
8. R. Oxidação  - Prof Sidney - UFPI8. R. Oxidação  - Prof Sidney - UFPI
8. R. Oxidação - Prof Sidney - UFPISidney Lima
 
Experiência química na obtenção do hidrogénio e sua
Experiência química na obtenção do hidrogénio e suaExperiência química na obtenção do hidrogénio e sua
Experiência química na obtenção do hidrogénio e suaCPG1996
 

Semelhante a Aula prática 2 evidências de reações químicas (20)

Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e SaisQuímica Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
Química Geral - Acidos, Hidroxidos e Sais
 
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscinaRelatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
Relatorio analitica 2 determinação de cloro ativo em produto para piscina
 
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOSRELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
RELATÓRIO DE AULA PRÁTICA: REAÇÕES DE HIDRÓXIDOS DOS METAIS ALCALINOS TERROSOS
 
Reações de precipitação
Reações de precipitaçãoReações de precipitação
Reações de precipitação
 
Lab3chemis
Lab3chemisLab3chemis
Lab3chemis
 
Laboratórios Agrária.pdf Desenvolvimento
Laboratórios Agrária.pdf DesenvolvimentoLaboratórios Agrária.pdf Desenvolvimento
Laboratórios Agrária.pdf Desenvolvimento
 
Aula16(2)
Aula16(2)Aula16(2)
Aula16(2)
 
Série Eletroquímica: O Caso dos Metais
Série Eletroquímica: O Caso dos MetaisSérie Eletroquímica: O Caso dos Metais
Série Eletroquímica: O Caso dos Metais
 
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo IIRelatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
Relatorio de Química analítica Qualitativa cátions grupo II
 
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+
Identificação dos cátions Cu2+ e Bi3+
 
O ciclo do cobre
O ciclo do cobreO ciclo do cobre
O ciclo do cobre
 
Oxidação e redução
Oxidação e reduçãoOxidação e redução
Oxidação e redução
 
Gabarito da segunda avaliação
Gabarito da segunda avaliaçãoGabarito da segunda avaliação
Gabarito da segunda avaliação
 
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICASQuimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES  QUIMÍCAS E FÍSICAS
Quimica Experimental - Relatorio TRANSFORMAÇÕES QUIMÍCAS E FÍSICAS
 
Exercícios de bases
Exercícios de basesExercícios de bases
Exercícios de bases
 
Relatorio n°12
Relatorio n°12Relatorio n°12
Relatorio n°12
 
Artigo pratica 7
Artigo pratica 7Artigo pratica 7
Artigo pratica 7
 
Al13 quimica 11_ano
Al13 quimica 11_anoAl13 quimica 11_ano
Al13 quimica 11_ano
 
8. R. Oxidação - Prof Sidney - UFPI
8. R. Oxidação  - Prof Sidney - UFPI8. R. Oxidação  - Prof Sidney - UFPI
8. R. Oxidação - Prof Sidney - UFPI
 
Experiência química na obtenção do hidrogénio e sua
Experiência química na obtenção do hidrogénio e suaExperiência química na obtenção do hidrogénio e sua
Experiência química na obtenção do hidrogénio e sua
 

Mais de professoraludmila (20)

A sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantasA sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantas
 
A sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantasA sexualidade nos animais e nas plantas
A sexualidade nos animais e nas plantas
 
Desafio 7
Desafio 7Desafio 7
Desafio 7
 
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodosLudmila   oitavo ano - atividade pontuada - métodos
Ludmila oitavo ano - atividade pontuada - métodos
 
Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6
 
Correção dos exercícios de luz e visão
Correção dos exercícios de luz e visãoCorreção dos exercícios de luz e visão
Correção dos exercícios de luz e visão
 
Desafio 7
Desafio 7Desafio 7
Desafio 7
 
Visão
VisãoVisão
Visão
 
Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6Desafio 5 e 6
Desafio 5 e 6
 
Avaliação 07.10 gabarito
Avaliação 07.10 gabaritoAvaliação 07.10 gabarito
Avaliação 07.10 gabarito
 
Desafio 4
Desafio 4Desafio 4
Desafio 4
 
Desafio 2 gabarito
Desafio 2   gabaritoDesafio 2   gabarito
Desafio 2 gabarito
 
Desafio 3
Desafio 3Desafio 3
Desafio 3
 
A sexualidade humana
A sexualidade humanaA sexualidade humana
A sexualidade humana
 
O controle da temperatura corpórea
O controle da temperatura corpóreaO controle da temperatura corpórea
O controle da temperatura corpórea
 
Desafio 2
Desafio 2Desafio 2
Desafio 2
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 
Gabaritos das avaliações 2 e 3
Gabaritos das avaliações 2 e 3Gabaritos das avaliações 2 e 3
Gabaritos das avaliações 2 e 3
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 
Desafio 1
Desafio 1Desafio 1
Desafio 1
 

Último

1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...azulassessoriaacadem3
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...manoelaarmani
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!Psyc company
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...azulassessoriaacadem3
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...excellenceeducaciona
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...azulassessoriaacadem3
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...azulassessoriaacadem3
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...azulassessoriaacadem3
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoPaula Meyer Piagentini
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...azulassessoriaacadem3
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...excellenceeducaciona
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...azulassessoriaacadem3
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...azulassessoriaacadem3
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...azulassessoriaacadem3
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...AaAssessoriadll
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...azulassessoriaacadem3
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxJean Carlos Nunes Paixão
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...azulassessoriaacadem3
 

Último (20)

1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
1) Cálculo completo e o resultado da densidade corporal da Carolina. Utilize ...
 
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
Emagreça em Casa, Treinos Simples e Eficazes Mesmo Não Tendo Equipamentos. Cu...
 
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
O Guia Definitivo para Investir em Bitcoin: Domine o Mercado Hoje!
 
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
5. ​Agora suponha que esse mesmo aluno é do sexo feminino, você irá utilizar ...
 
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptxSlides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
Slides Lição 8, Betel, Família, uma Obra em permanente construção, 1Tr24.pptx
 
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
Discorra sobre a classificação da interpretação jurídica quanto à sua origem ...
 
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
5. Na sua opinião, em que medida os princípios da ORT de Taylor ainda são rel...
 
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
Discuta as principais mudanças e desafios enfrentados pelos profissionais de ...
 
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
B) Discorra sobre o que contempla cada uma das cinco dimensões da sustentabil...
 
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e QuinhentismoTrovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
Trovadorismo, Humanismo, Classicismo e Quinhentismo
 
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptxSlides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
Slides Lição 9, CPAD, O Batismo – A Primeira Ordenança da Igreja, 1Tr24.pptx
 
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
2. Como o entrevistado descreve a gestão e execução dos principais processos ...
 
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
a. Cite e explique os três princípios básicos da progressão do treinamento de...
 
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
2. Considerando todas as informações que você obteve, descritas acima, sabend...
 
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
1. Solicitar ao entrevistado uma breve apresentação da organização, mencionan...
 
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
ATIVIDADE PROPOSTA: Considerando o "estudo de caso" apresentado na disciplina...
 
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
Quando iniciamos os estudos sobre a história da Educação de Jovens e Adultos,...
 
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
c) A fosforilação oxidativa é a etapa da respiração celular que mais produz A...
 
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docxCRUZADINA  E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
CRUZADINA E CAÇA-PALAVRAS SOBRE PATRIMONIO HISTÓRICO.docx
 
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
2) Descreva os princípios fundamentais para uma prescrição de exercícios físi...
 

Aula prática 2 evidências de reações químicas

  • 1. CIÊNCIAS – 8º Ano do Ensino Fundamental Professoras: Luciana Cardinali e Ludmila Olandim Nome: __________________________________________________ Nº. _____ Turma:_____ Data: ___/___/___ ATIVIDADE PRÁTICA: Observando evidências de reações químicas A) OBJETIVO  Observar as evidências de uma reação química. B) MATERIAIS Solução de sulfato ferroso (FeSO4) Solução de hidróxido de sódio (NaOH) - diluída Solução de tiocianato de potássio (KSCN) – diluída Solução de ácido clorídrico (HCℓ) - diluída Bicarbonato de sódio (NaHCO3) Água oxigenada (H2O2) Cloreto férrico – FeCl3 Tubos de ensaio Estante para tubos de ensaio Pipeta plástica Espátula plástica
  • 2. C) PROCEDIMENTO 1 1. COLOQUE, com o auxílio de uma pipeta plástica, no tubo de ensaio 1, 1 mL de solução de sulfato ferroso. 2. ADICIONE no tubo 1, com o auxílio de pipetas plásticas, 1 mL de solução de hidróxido de sódio e 1 mL de água oxigenada. 3. OBSERVE e ANOTE as características dos materiais antes e depois das transformações ocorridas nos tubos. TUBO ESTADO INICIAL ESTADO FINAL 1 Sulfato ferroso – amarelado Hidróxido de sódio – incolor Água oxigenada - incolor Mudança de cor – reação entre sulfato ferroso + hidróxido de sódio Liberação de gás, mudança de cor e formação de um sólido (precipitado) – reação entre sulfato ferroso e hidróxido de sódio + peróxido de hidrogênio. Hidróxido de sódio – soda cáustica – Fabricação de papel, tecidos, desobstruir encanamentos (dissolve gorduras).
  • 3. PROCEDIMENTO 2 1. COLOQUE, com o auxílio de uma pipeta plástica, no tubo de ensaio 2, 1 mL de solução de cloreto férrico. 2. ACRESCENTE, no tubo 2, 3 gotas de solução de tiocianato de potássio. 3. OBSERVE e ANOTE as características dos materiais antes e depois das transformações ocorridas nos tubos. TUBO ESTADO INICIAL ESTADO FINAL 2 Cloreto férrico – amarelado Ticionato de potássio - incolor Mudança de cor - vermelho sangue. Ticionato de potássio – utilizado como teste químico para a presença de Fe; Cloreto férrico – aplicação na área ambiental – tratamento da água – aglutinam partículas sólidas e impurezas – aderem ao composto de ferro formado.
  • 4. PROCEDIMENTO 3 1. COLOQUE, com o auxílio de uma pipeta plástica, no tubo de ensaio 3, 1 mL de ácido clorídrico. 2. ADICIONE a medida de uma espátula de bicarbonato de sódio no tubo. 3. OBSERVE e ANOTE as características dos materiais antes e depois das transformações ocorridas nos tubos. TUBO ESTADO INICIAL ESTADO FINAL 3 Ácido clorídrico – incolor Bicarbonato de sódio – sólido branco Liberação de um gás – CO2 Formação sólido (precipitado) - NaCl REAÇÃO QUÍMICA: NaHCO3 + HCl → NaCl(s) + H20(l) + CO2 (g) Reação comum quando temos azia e ingerimos antiácidos; O bicarbonato de sódio neutraliza a acidez do ácido clorídrico; Liberação do CO2 – produção do arroto; Pacientes com pressão alta – recomendação de dieta com pouco sal – uso controlado de antiácidos;
  • 5. D) DISCUSSÃO a) HOUVE reação química nos três sistemas? JUSTIFIQUE. Ocorreu reação química em todos os sistemas, pois houve formação de novas substâncias, isto é, substâncias com propriedades diferentes das iniciais. b) QUAIS das observações podem ser consideradas evidências da formação de novo(s) material(is)? Experimento 1: Mudança de cor, formação de sólido (precipitado), liberação de gás. Experimento 2: Mudança de cor Experimento 3: Formação de sólido (precipitado) e liberação de gás.
  • 6. Vídeo - http://www.coletiva.org/site/index.php?option=com_hwdvideoshare&task=viewvideo&Itemid=71&video_id=11 Liberação de gás Não ocorre uma reação química. Trata-se de uma transformação física.