Educaçao infantil 3

2.709 visualizações

Publicada em

AUSHAUSH

0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
2.709
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
6
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
42
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educaçao infantil 3

  1. 1. <ul><li>Maria Montessori, (1870 – 1952), primeira mulher a se formar em medicina na Itália, além disso graduou-se em pedagogia, antropologia e psicologia. </li></ul>MONTESSORI
  2. 2. <ul><li>Interessou-se primeiramente pela educação de crianças com deficiência mental, pois percebeu que estas crianças respondiam com entusiasmo aos estímulos para realizar trabalhos domésticos, exercitando as habilidades motoras, experimentando a autonomia. </li></ul>
  3. 3. <ul><li>Em 1907 abriu, em Roma, a “Casa dei Bambini” (Casa das Crianças), para atender filhos de operários, onde colocou em prática as suas ideias de educação pelos sentidos e pelo movimento. </li></ul>
  4. 4. <ul><li>Contribuições Teóricas </li></ul><ul><li>- Estimulava a atividade livre concentrada, com base na autoeducação. </li></ul><ul><li>- Método predominantemente ativo, onde o aluno usa o material na ordem em que escolher. </li></ul>
  5. 5. <ul><li>- Professor apenas dirige a atividade e não propriamente ensina. </li></ul><ul><li>- As crianças cuidam da própria higiene e da limpeza da sala. É delas a responsabilidade de guardar o material usado. </li></ul>
  6. 6. <ul><li>- Dá destaque ao ambiente, que deve estar adequado ao tamanho das crianças (móveis, quadros, banheiros, etc.) </li></ul><ul><li>- O respeito ao ritmo próprio de cada criança, facilitando a integração no grupo, é marca deste método. </li></ul>
  7. 7. <ul><li>- Uso de material voltado para a estimulação sensório-motora, cores, formas, sons, qualidades táteis, dimensões, movimento, ginástica rítmica, com o objetivo de alcançar o maior domínio do corpo e das coisas. </li></ul>
  8. 8. <ul><li>- A base desta teoria é a individualidade, a atividade e a liberdade, onde o individuo é sujeito e objeto do ensino. </li></ul>
  9. 9. <ul><li>WALLON </li></ul><ul><li>Henri Paul Hyacinthi Wallon (1879 – 1962) </li></ul><ul><li>Filósofo, médico, psicólogo e político francês. Militante marxista apaixonado, mostrou que as crianças também têm corpo e emoções (e não apenas cabeça) na sala de aula. </li></ul>
  10. 10. <ul><li>Coordenou o projeto de Reforma do Ensino, equivalente a nossa LDB, em que um dos artigos dizia que nenhum aluno deveria ser reprovado numa avaliação escolar. </li></ul>
  11. 11. <ul><li>Contribuições Teóricas </li></ul><ul><li>- A escola deve proporcionar formação integral (intelectual, afetiva e social) às crianças. </li></ul>
  12. 12. <ul><li>- Combatia a construção do conhecimento baseada somente na memória e na erudição. </li></ul><ul><li>Combatia também a reprovação que dizia ser sinônimo de expulsar, negar, excluir, o que se configura como negação de ensinar. </li></ul>
  13. 13. <ul><li>- Teoria baseada em quatro elementos que se comunicam o tempo todo: </li></ul><ul><li>• a afetividade </li></ul><ul><li>• o movimento </li></ul><ul><li>• a inteligência </li></ul><ul><li>• a formação do “eu” como pessoa. </li></ul>
  14. 14. <ul><li>FREINET </li></ul><ul><li>Celestin Freinet (1896 – 1966), francês, foi professor primário a vida toda. </li></ul><ul><li>Autor do livro “A Educação pelo Trabalho”, preocupava-se seriamente com a educação popular. </li></ul>
  15. 15. <ul><li>Segundo Dias a prática da pedagogia de Freinet afasta duas tendências dominantes no trabalho com a educação infantil: </li></ul>
  16. 16. <ul><li>“ - o infantilismo que deixa a criança aquém das suas possibilidades, e </li></ul><ul><li>- o escolarismo que quer preparar a criança muito cedo para a escola de primeiro grau.” </li></ul><ul><li>(Ruth Joffily Dias, in O cotidiano na pedagogia de Freinet) </li></ul>
  17. 17. <ul><li>Contribuições Teóricas </li></ul><ul><li>- Defendia os princípios de autonomia, cooperação e expressão livre, através do trabalho prático, integrando a criança ao meio, à vida e ao trabalho.. </li></ul>
  18. 18. <ul><li>- Defendia, também, que o processo educativo deve ser construído a partir das necessidades, interesses e curiosidade que a própria criança apresenta. </li></ul>
  19. 19. <ul><li>Característica principal </li></ul><ul><li>- Sair da sala de aula, levar os alunos ao conhecimento baseados na experimentação, o povoado, o contexto sócio-cultural, as profissões e a natureza (a aula-passeio). </li></ul>
  20. 20. <ul><li>- Para complementar a aula-passeio e valorizar o texto livre, criou o jornal escolar e a correspondência interescolar. </li></ul>
  21. 21. <ul><li>- Valorizava a utilização de diferentes linguagens: a fala, o desenho, a pintura, a modelagem em argila, a música, o cinema etc. </li></ul><ul><li>- Acreditava que o uso de diferentes linguagens permitiam que a criança atingisse um desenvolvimento integral. </li></ul>

×