SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 7
Curiosidades sobre o método
Montessoriano
Quem foi Maria Montessori?
Biografia Maria Montessori
• Maria Montessori é, sem dúvida, a mais alta representante feminina da
pedagogia moderna.
• Nasceu em 31 de agosto de 1870, em Chiaravalle, Itália. Por motivos
ideológicos (defensora da paz e liberdade) deixou a Itália em 1936 e
estabeleceu-se na Holanda, onde faleceu em 1952, aos 81 anos.
• O Método Montessoriano oportuniza ao educando a consciência de si
mesmo, da sua própria vida, dos outros, do mundo e de Deus. Nele o
educando é educador de si mesmo, tendo a possibilidade de escolher o seu
trabalho, de se mover por conta própria, de se tornar responsável pelo seu
progresso e crescimento. Pelo método, o educando caminha para a
independência e liberdade, numa atitude autodirigida.
•
Maria Montessori
Método de Ensino
• A metodologia Montessoriana foi criada pela renomada pedagoga Italiana, Maria
Montessori. Dentre os princípios básicos, defendidos pela educadora, estão o
respeito às diferenças individuais de cada aluno e a possibilidade da criança
escolher suas atividades. Dessa forma, os pequenos criam, naturalmente, uma
consciência sobre si mesmos e sobre sua própria educação.
• O professor, tanto da Educação Infantil quanto do Ensino Fundamental, se
posiciona como observador, interferindo on trabralho da criança apenas quando
é solicitado ou percebe alguma dificuldade.
• Outro diferencial do método é estimular o aprendizado por meio de atividades
práticas. O material Montessoriano foi desenvolvido para possiblitar esse
“vivenciar” do conhecimento. Ao longo do ano, o estudante participa ainda de
uma série de visitas de campo e projetos pedagógicos como: “Cozinha
Experimental”, “Projeto Leitura”, “Professor por um Dia”, “Manhã Esportiva” e
vários outros.
• Para garantir a excelência no ensino, nossos educadores encontraram
a receita exata para aliar a tradição da Metodologia Montessoriana às
novas tecnologias. Conectada a essa ideia, a escola investe em
laboratórios de informática e ciências equipados com o que há de
mais moderno no mercado.
• O respeito a Deus, ao próximo e à natureza também é ensinado o
tempo todo. Dentro do compromisso de ultrapassar as barreiras da
teoria, a instituição possui um lindo zoológico onde os alunos têm
contato com centenas de animais.
• As quatro décadas de história da Escola Maria Montessori mostram
que estamos no caminho certo. Acreditamos que a missão de educar
vai muito além de ter alunos com boas notas. Trabalhamos
incansavelmente, também, para formar cidadãos éticos, preparados
para os desafios da vida e cientes do seu papel na sociedade.
ESCOLA CONSTRUCTOR
A Escola Constructor, desde
1988, adota o Sistema
Montessori de Educação,
trazendo para a nossa prática
sua filosofia e metodologia
por acreditar que o indivíduo
é agente de sua própria
aprendizagem.
Localiza-se na Rua Marco Polo
375, Cristo Redentor, Porto
Alegre, RS, Brasil .
• Estas foram algumas curiosidades sobre uma uma mulher Maria
Montessori que fez parte da a Escola Nova no Brasil!
• Produzido por: Dienifer Rosa

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

História e politica educacional percurso
História e politica educacional   percursoHistória e politica educacional   percurso
História e politica educacional percursoCRIS TORRES
 
Pedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomiaPedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomiaGenario Sousa
 
Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013Sa'ndro Soares
 
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo VEstatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo VVitor Santos
 
Método Educacional Montessori
Método Educacional MontessoriMétodo Educacional Montessori
Método Educacional MontessoriJoselaine
 
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇASA EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇASPedagogo Santos
 
Formação Continuada em Educação Especial
Formação Continuada em Educação EspecialFormação Continuada em Educação Especial
Formação Continuada em Educação EspecialInstituto Consciência GO
 
Inclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilInclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilLucas Silva
 
Os Pioneiros do Manifesto da Educação Nova
Os Pioneiros do Manifesto da Educação NovaOs Pioneiros do Manifesto da Educação Nova
Os Pioneiros do Manifesto da Educação NovaAline Mota
 
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)humberto145
 
Biografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Biografia e contribuições pedagógicas de FroebelBiografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Biografia e contribuições pedagógicas de FroebelThamires Gonçalves
 
Pedagogia da Autonomia - Paulo Freire
Pedagogia da Autonomia - Paulo FreirePedagogia da Autonomia - Paulo Freire
Pedagogia da Autonomia - Paulo FreireBruno Carrasco
 
Escola libertária seminário de teoria pedagógica i
Escola libertária   seminário de teoria pedagógica iEscola libertária   seminário de teoria pedagógica i
Escola libertária seminário de teoria pedagógica imefurb
 

Mais procurados (20)

História e politica educacional percurso
História e politica educacional   percursoHistória e politica educacional   percurso
História e politica educacional percurso
 
Pedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomiaPedagogia da autonomia
Pedagogia da autonomia
 
Montessori
MontessoriMontessori
Montessori
 
Maria montessori
Maria montessoriMaria montessori
Maria montessori
 
Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013Tendencias pedagógicas 2013
Tendencias pedagógicas 2013
 
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo VEstatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
Estatuto da Criança e do Adolescente (E.C.A), artigos 61 à 69 capítulo V
 
Método Educacional Montessori
Método Educacional MontessoriMétodo Educacional Montessori
Método Educacional Montessori
 
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇASA EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
A EDUCAÇÃO EM UMA PRÁTICA INCLUSIVA, ACOLHENDO AS DIFERENÇAS
 
Ldb 9394
Ldb 9394Ldb 9394
Ldb 9394
 
OVIDE DECROLY
OVIDE DECROLYOVIDE DECROLY
OVIDE DECROLY
 
Formação Continuada em Educação Especial
Formação Continuada em Educação EspecialFormação Continuada em Educação Especial
Formação Continuada em Educação Especial
 
Inclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação InfantilInclusão na Educação Infantil
Inclusão na Educação Infantil
 
Os Pioneiros do Manifesto da Educação Nova
Os Pioneiros do Manifesto da Educação NovaOs Pioneiros do Manifesto da Educação Nova
Os Pioneiros do Manifesto da Educação Nova
 
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO Pedagogia (Santa Cruz)
 
Construtivismo
ConstrutivismoConstrutivismo
Construtivismo
 
inclusão escolar
inclusão escolarinclusão escolar
inclusão escolar
 
Biografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Biografia e contribuições pedagógicas de FroebelBiografia e contribuições pedagógicas de Froebel
Biografia e contribuições pedagógicas de Froebel
 
Pedagogia da Autonomia - Paulo Freire
Pedagogia da Autonomia - Paulo FreirePedagogia da Autonomia - Paulo Freire
Pedagogia da Autonomia - Paulo Freire
 
Freinet
FreinetFreinet
Freinet
 
Escola libertária seminário de teoria pedagógica i
Escola libertária   seminário de teoria pedagógica iEscola libertária   seminário de teoria pedagógica i
Escola libertária seminário de teoria pedagógica i
 

Destaque

Educação montessoriana
Educação montessorianaEducação montessoriana
Educação montessorianaCarol Pires
 
Aprender brincando uma forma divertida de ensinar
Aprender brincando   uma forma divertida de ensinarAprender brincando   uma forma divertida de ensinar
Aprender brincando uma forma divertida de ensinarmultimidiassemfronteiras
 
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.Kássia Quadros Ferreira
 
Pés. Por quê me trouxe?
Pés. Por quê me trouxe?Pés. Por quê me trouxe?
Pés. Por quê me trouxe?Diego Rever
 
Planejamento Linha infantil Água Pura
Planejamento Linha infantil Água PuraPlanejamento Linha infantil Água Pura
Planejamento Linha infantil Água PuraNetmidia Propaganda
 
Arquitetura em Tempo Integral - O Ambiente Escolar e sua Relação com a Aprend...
Arquitetura em Tempo Integral - O Ambiente Escolar e sua Relação com a Aprend...Arquitetura em Tempo Integral - O Ambiente Escolar e sua Relação com a Aprend...
Arquitetura em Tempo Integral - O Ambiente Escolar e sua Relação com a Aprend...Raissa Figueiredo
 
Mente absorvente cap.20
Mente absorvente cap.20Mente absorvente cap.20
Mente absorvente cap.20enelmajose
 
32 parametros kowaltowski pt 1
32 parametros kowaltowski pt 132 parametros kowaltowski pt 1
32 parametros kowaltowski pt 1Fernanda Salmazo
 
Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaborador
Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaboradorProposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaborador
Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaboradorFacecap - Cnec
 
A importância da água para os seres vivos
A importância da água para os seres vivosA importância da água para os seres vivos
A importância da água para os seres vivosMariaJoão Agualuza
 
O ciclo da água (Rebordãos)
O ciclo da água (Rebordãos)O ciclo da água (Rebordãos)
O ciclo da água (Rebordãos)Albertina Pereira
 

Destaque (20)

Educação montessoriana
Educação montessorianaEducação montessoriana
Educação montessoriana
 
Aprender brincando uma forma divertida de ensinar
Aprender brincando   uma forma divertida de ensinarAprender brincando   uma forma divertida de ensinar
Aprender brincando uma forma divertida de ensinar
 
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.
A ludicidade presente no dia a dia do professor: formas de intervenção.
 
Pés. Por quê me trouxe?
Pés. Por quê me trouxe?Pés. Por quê me trouxe?
Pés. Por quê me trouxe?
 
Caracterização dos TGD's
Caracterização dos TGD'sCaracterização dos TGD's
Caracterização dos TGD's
 
Marca d' água
Marca d' águaMarca d' água
Marca d' água
 
Planejamento Linha infantil Água Pura
Planejamento Linha infantil Água PuraPlanejamento Linha infantil Água Pura
Planejamento Linha infantil Água Pura
 
Slides htpc cozinha experimental
Slides htpc  cozinha experimentalSlides htpc  cozinha experimental
Slides htpc cozinha experimental
 
Arquitetura em Tempo Integral - O Ambiente Escolar e sua Relação com a Aprend...
Arquitetura em Tempo Integral - O Ambiente Escolar e sua Relação com a Aprend...Arquitetura em Tempo Integral - O Ambiente Escolar e sua Relação com a Aprend...
Arquitetura em Tempo Integral - O Ambiente Escolar e sua Relação com a Aprend...
 
Montessori
MontessoriMontessori
Montessori
 
Mente absorvente cap.20
Mente absorvente cap.20Mente absorvente cap.20
Mente absorvente cap.20
 
32 parametros kowaltowski pt 1
32 parametros kowaltowski pt 132 parametros kowaltowski pt 1
32 parametros kowaltowski pt 1
 
Dia da Água, Phoebe e Lewis
Dia da Água, Phoebe e LewisDia da Água, Phoebe e Lewis
Dia da Água, Phoebe e Lewis
 
Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaborador
Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaboradorProposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaborador
Proposta de elaboração sobre os materiais pedagógicos elaborador
 
Alunos da 8ª serie
Alunos da 8ª serieAlunos da 8ª serie
Alunos da 8ª serie
 
Htpc adições e subtrações nos anos iniciais
Htpc  adições e subtrações nos anos iniciaisHtpc  adições e subtrações nos anos iniciais
Htpc adições e subtrações nos anos iniciais
 
PESTALOZZI
PESTALOZZI PESTALOZZI
PESTALOZZI
 
Jonh Dewey
Jonh DeweyJonh Dewey
Jonh Dewey
 
A importância da água para os seres vivos
A importância da água para os seres vivosA importância da água para os seres vivos
A importância da água para os seres vivos
 
O ciclo da água (Rebordãos)
O ciclo da água (Rebordãos)O ciclo da água (Rebordãos)
O ciclo da água (Rebordãos)
 

Semelhante a Curiosidades sobre o método montessoriano

Grupo 2 tendências pedagógicas
Grupo 2 tendências pedagógicasGrupo 2 tendências pedagógicas
Grupo 2 tendências pedagógicasBeatrizBalanga
 
Maria Montessori e o Método Montessori.pptx
Maria Montessori e o Método Montessori.pptxMaria Montessori e o Método Montessori.pptx
Maria Montessori e o Método Montessori.pptxMariaVictriaCagiano
 
Maria Montessori e o Método Montessori.pptx
Maria Montessori e o Método Montessori.pptxMaria Montessori e o Método Montessori.pptx
Maria Montessori e o Método Montessori.pptxMariaVictriaCagiano
 
Maria Mantessori - Didática - Licenciatura em Pedagogia.pdf
Maria Mantessori - Didática - Licenciatura em Pedagogia.pdfMaria Mantessori - Didática - Licenciatura em Pedagogia.pdf
Maria Mantessori - Didática - Licenciatura em Pedagogia.pdfgiovanaaraujo260
 
PÓS.2023.ITAJAÍ.CRIANÇA FELIZ, FELIZ A CANTAR, BRILHANTEtransd....ppt
PÓS.2023.ITAJAÍ.CRIANÇA FELIZ, FELIZ A CANTAR, BRILHANTEtransd....pptPÓS.2023.ITAJAÍ.CRIANÇA FELIZ, FELIZ A CANTAR, BRILHANTEtransd....ppt
PÓS.2023.ITAJAÍ.CRIANÇA FELIZ, FELIZ A CANTAR, BRILHANTEtransd....pptAndersonEscobar24
 
Aula 01 - Métodos pedagógicos.pptx
Aula 01 - Métodos pedagógicos.pptxAula 01 - Métodos pedagógicos.pptx
Aula 01 - Métodos pedagógicos.pptxRafaelaPavanelliChav
 
Maria Montessori CERB
Maria Montessori CERB Maria Montessori CERB
Maria Montessori CERB Desiree Alves
 
Contexto educativo
Contexto educativoContexto educativo
Contexto educativoXana Santos
 
Apresentação metodologias ativas.pptx
Apresentação metodologias ativas.pptxApresentação metodologias ativas.pptx
Apresentação metodologias ativas.pptxKennedyAlencar2
 
As Principais Correntes Pedagógicas
As Principais Correntes PedagógicasAs Principais Correntes Pedagógicas
As Principais Correntes PedagógicasJessica Nuvens
 
Desafio de aprender diferente
Desafio de aprender diferenteDesafio de aprender diferente
Desafio de aprender diferenteslucarz
 
Desafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoDesafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoslucarz
 
Desafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoDesafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoslucarz
 
Modelo MEM
Modelo MEMModelo MEM
Modelo MEMEducPaz
 
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdfufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdfevapinto19
 

Semelhante a Curiosidades sobre o método montessoriano (20)

Grupo 2 tendências pedagógicas
Grupo 2 tendências pedagógicasGrupo 2 tendências pedagógicas
Grupo 2 tendências pedagógicas
 
Maria Montessori e o Método Montessori.pptx
Maria Montessori e o Método Montessori.pptxMaria Montessori e o Método Montessori.pptx
Maria Montessori e o Método Montessori.pptx
 
Maria Montessori e o Método Montessori.pptx
Maria Montessori e o Método Montessori.pptxMaria Montessori e o Método Montessori.pptx
Maria Montessori e o Método Montessori.pptx
 
Maria Mantessori - Didática - Licenciatura em Pedagogia.pdf
Maria Mantessori - Didática - Licenciatura em Pedagogia.pdfMaria Mantessori - Didática - Licenciatura em Pedagogia.pdf
Maria Mantessori - Didática - Licenciatura em Pedagogia.pdf
 
PÓS.2023.ITAJAÍ.CRIANÇA FELIZ, FELIZ A CANTAR, BRILHANTEtransd....ppt
PÓS.2023.ITAJAÍ.CRIANÇA FELIZ, FELIZ A CANTAR, BRILHANTEtransd....pptPÓS.2023.ITAJAÍ.CRIANÇA FELIZ, FELIZ A CANTAR, BRILHANTEtransd....ppt
PÓS.2023.ITAJAÍ.CRIANÇA FELIZ, FELIZ A CANTAR, BRILHANTEtransd....ppt
 
Aula 01 - Métodos pedagógicos.pptx
Aula 01 - Métodos pedagógicos.pptxAula 01 - Métodos pedagógicos.pptx
Aula 01 - Métodos pedagógicos.pptx
 
Prática pedagógica, didática geral e inovação tecnológica
Prática pedagógica, didática geral e inovação tecnológicaPrática pedagógica, didática geral e inovação tecnológica
Prática pedagógica, didática geral e inovação tecnológica
 
Maria Montessori CERB
Maria Montessori CERB Maria Montessori CERB
Maria Montessori CERB
 
Maria Montessori
Maria MontessoriMaria Montessori
Maria Montessori
 
Contexto educativo
Contexto educativoContexto educativo
Contexto educativo
 
Apresentação metodologias ativas.pptx
Apresentação metodologias ativas.pptxApresentação metodologias ativas.pptx
Apresentação metodologias ativas.pptx
 
TCC - Estilos de Aprendizagem
TCC - Estilos de AprendizagemTCC - Estilos de Aprendizagem
TCC - Estilos de Aprendizagem
 
As Principais Correntes Pedagógicas
As Principais Correntes PedagógicasAs Principais Correntes Pedagógicas
As Principais Correntes Pedagógicas
 
Movimento escola moderna
Movimento escola modernaMovimento escola moderna
Movimento escola moderna
 
Desafio de aprender diferente
Desafio de aprender diferenteDesafio de aprender diferente
Desafio de aprender diferente
 
Desafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoDesafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completo
 
Desafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completoDesafio de aprender diferente completo
Desafio de aprender diferente completo
 
Modelo MEM
Modelo MEMModelo MEM
Modelo MEM
 
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdfufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
ufcd_9637_-_principais_modelos_pedagogicos.pdf
 
Colegio Djss
Colegio DjssColegio Djss
Colegio Djss
 

Último

Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfEyshilaKelly1
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfHenrique Pontes
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 anoandrealeitetorres
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfErasmo Portavoz
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxDeyvidBriel
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoMary Alvarenga
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasRicardo Diniz campos
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxIsabelaRafael2
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveaulasgege
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...Martin M Flynn
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxIsabellaGomes58
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOBiatrizGomes1
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024Sandra Pratas
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOMarcosViniciusLemesL
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOColégio Santa Teresinha
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirIedaGoethe
 

Último (20)

Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdfGuia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
Guia completo da Previdênci a - Reforma .pdf
 
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdfBRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
BRASIL - DOMÍNIOS MORFOCLIMÁTICOS - Fund 2.pdf
 
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A  galinha ruiva sequencia didatica 3 anoA  galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
A galinha ruiva sequencia didatica 3 ano
 
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdfO guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
O guia definitivo para conquistar a aprovação em concurso público.pdf
 
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptxÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
ÁREA DE FIGURAS PLANAS - DESCRITOR DE MATEMATICA D12 ENSINO MEDIO.pptx
 
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu AbrigoAtividade com a letra da música Meu Abrigo
Atividade com a letra da música Meu Abrigo
 
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecasMesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
Mesoamérica.Astecas,inca,maias , olmecas
 
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptxApostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
Apostila da CONQUISTA_ para o 6ANO_LP_UNI1.pptx
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
DIGNITAS INFINITA - DIGNIDADE HUMANA -Declaração do Dicastério para a Doutrin...
 
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptxQUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
QUARTA - 1EM SOCIOLOGIA - Aprender a pesquisar.pptx
 
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSOVALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
VALORES HUMANOS NA DISCIPLINA DE ENSINO RELIGIOSO
 
Em tempo de Quaresma .
Em tempo de Quaresma                            .Em tempo de Quaresma                            .
Em tempo de Quaresma .
 
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppttreinamento brigada incendio 2024 no.ppt
treinamento brigada incendio 2024 no.ppt
 
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO4_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
HORA DO CONTO5_BECRE D. CARLOS I_2023_2024
 
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
Orientação Técnico-Pedagógica EMBcae Nº 001, de 16 de abril de 2024
 
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANOInvestimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
Investimentos. EDUCAÇÃO FINANCEIRA 8º ANO
 
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃOLEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
LEMBRANDO A MORTE E CELEBRANDO A RESSUREIÇÃO
 
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimirFCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
FCEE - Diretrizes - Autismo.pdf para imprimir
 

Curiosidades sobre o método montessoriano

  • 1. Curiosidades sobre o método Montessoriano Quem foi Maria Montessori?
  • 2. Biografia Maria Montessori • Maria Montessori é, sem dúvida, a mais alta representante feminina da pedagogia moderna. • Nasceu em 31 de agosto de 1870, em Chiaravalle, Itália. Por motivos ideológicos (defensora da paz e liberdade) deixou a Itália em 1936 e estabeleceu-se na Holanda, onde faleceu em 1952, aos 81 anos. • O Método Montessoriano oportuniza ao educando a consciência de si mesmo, da sua própria vida, dos outros, do mundo e de Deus. Nele o educando é educador de si mesmo, tendo a possibilidade de escolher o seu trabalho, de se mover por conta própria, de se tornar responsável pelo seu progresso e crescimento. Pelo método, o educando caminha para a independência e liberdade, numa atitude autodirigida. •
  • 4. Método de Ensino • A metodologia Montessoriana foi criada pela renomada pedagoga Italiana, Maria Montessori. Dentre os princípios básicos, defendidos pela educadora, estão o respeito às diferenças individuais de cada aluno e a possibilidade da criança escolher suas atividades. Dessa forma, os pequenos criam, naturalmente, uma consciência sobre si mesmos e sobre sua própria educação. • O professor, tanto da Educação Infantil quanto do Ensino Fundamental, se posiciona como observador, interferindo on trabralho da criança apenas quando é solicitado ou percebe alguma dificuldade. • Outro diferencial do método é estimular o aprendizado por meio de atividades práticas. O material Montessoriano foi desenvolvido para possiblitar esse “vivenciar” do conhecimento. Ao longo do ano, o estudante participa ainda de uma série de visitas de campo e projetos pedagógicos como: “Cozinha Experimental”, “Projeto Leitura”, “Professor por um Dia”, “Manhã Esportiva” e vários outros.
  • 5. • Para garantir a excelência no ensino, nossos educadores encontraram a receita exata para aliar a tradição da Metodologia Montessoriana às novas tecnologias. Conectada a essa ideia, a escola investe em laboratórios de informática e ciências equipados com o que há de mais moderno no mercado. • O respeito a Deus, ao próximo e à natureza também é ensinado o tempo todo. Dentro do compromisso de ultrapassar as barreiras da teoria, a instituição possui um lindo zoológico onde os alunos têm contato com centenas de animais. • As quatro décadas de história da Escola Maria Montessori mostram que estamos no caminho certo. Acreditamos que a missão de educar vai muito além de ter alunos com boas notas. Trabalhamos incansavelmente, também, para formar cidadãos éticos, preparados para os desafios da vida e cientes do seu papel na sociedade.
  • 6. ESCOLA CONSTRUCTOR A Escola Constructor, desde 1988, adota o Sistema Montessori de Educação, trazendo para a nossa prática sua filosofia e metodologia por acreditar que o indivíduo é agente de sua própria aprendizagem. Localiza-se na Rua Marco Polo 375, Cristo Redentor, Porto Alegre, RS, Brasil .
  • 7. • Estas foram algumas curiosidades sobre uma uma mulher Maria Montessori que fez parte da a Escola Nova no Brasil! • Produzido por: Dienifer Rosa