Hepatites virais no Brasil

6.880 visualizações

Publicada em

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
6.880
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
10
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
197
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Hepatites virais no Brasil

  1. 1. Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Secretaria de Vigilância em Saúde Brasília, 28 de julho de 2011 Hepatites virais no Brasil
  2. 2. Hepatite A FONTES: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) NOTAS: (1) Casos de hepatite A confirmados segundo critérios laboratorial (Anti-HAV IgM reagente) ou clínico epidemiológico; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010.EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. <ul><li>Casos acumulados (1999 a 2010): 130.354 </li></ul><ul><ul><li>2009 – 10.743 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 5.943 </li></ul></ul><ul><li>Taxa de incidência (por 100 mil habitantes) </li></ul><ul><ul><li>2009 – 5,6 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 3,1 </li></ul></ul><ul><ul><li>Nº óbitos acumulados (2000 a 2010): 608 </li></ul></ul><ul><li>2009 – 46 </li></ul><ul><li>2010 – 52 </li></ul><ul><ul><li>Coeficiente de mortalidade (por 100 mil habitantes) </li></ul></ul><ul><ul><li>2009 – 0,02 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 0,03 </li></ul></ul>
  3. 3. Taxa de incidência de hepatite A (por 100.000 hab.) segundo região de residência por ano de notificação. Brasil, 1999 a 2010 FONTES: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) NOTAS: (1) Casos de hepatite A confirmados segundo critérios laboratorial (Anti-HAV IgM reagente) ou clínico epidemiológico; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010.EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  4. 4. Taxa de incidência de hepatite A (por 100.000 hab.) segundo faixa etária e sexo. Brasil, 2010 FONTES: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) NOTAS: (1) Casos de hepatite A confirmados segundo critérios laboratorial (Anti-HAV IgM reagente) ou clínico epidemiológico; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010.EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  5. 5. Hepatite B <ul><li>Casos acumulados (1999 a 2010): 104.454 </li></ul><ul><ul><li>2009 – 14.468 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 11.700 </li></ul></ul><ul><li>Taxa de detecção (por 100 mil habitantes) </li></ul><ul><ul><li>2009 – 7,6 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 6,1 </li></ul></ul><ul><li>Nº óbitos acumulados (2000 a 2010): 4978 </li></ul><ul><li>2009 – 481 </li></ul><ul><li>2010 – 534 </li></ul><ul><li>Coeficiente de mortalidade (por 100 mil habitantes) </li></ul><ul><ul><li>2009 – 0,3 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 0,3 </li></ul></ul>FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram pelo menos um dos seguintes marcadores sorológicos reagentes: HBsAg ou anti-HBc IgM ou HBeAg ; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  6. 6. Taxa de detecção de hepatite B (por 100.000 hab.) segundo região de residência por ano de notificação. Brasil, 1999 a 2010 FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram pelo menos um dos seguintes marcadores sorológicos reagentes: HBsAg ou anti-HBc IgM ou HBeAg ; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  7. 7. Taxa de detecção de hepatite B (por 100.000 hab.) segundo faixa etária e sexo. Brasil, 2010 FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram pelo menos um dos seguintes marcadores sorológicos reagentes: HBsAg ou anti-HBc IgM ou HBeAg ; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  8. 8. Distribuição percentual dos casos de hepatite B segundo provável fonte/mecanismo de infecção por ano de notificação. Brasil, 1999 a 2010 Observação: 60,8% de casos ignorados quanto à provável fonte/mecanismo de infecção FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS. NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram pelo menos um dos seguintes marcadores sorológicos reagentes: HBsAg ou anti-HBc IgM ou HBeAg ; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  9. 9. Casos confirmados de hepatite B segundo agravo associado HIV/aids . Brasil, 2007-2010 Total de casos acumulados (2007-2010): 51.364 FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS. NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram pelo menos um dos seguintes marcadores sorológicos reagentes: HBsAg ou anti-HBc IgM ou HBeAg ; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  10. 10. Hepatite C FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram os testes anti-HCV e HCV-RNA reagentes; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais. <ul><li>Casos acumulados (1999 a 2010): 69.952 </li></ul><ul><ul><li>2009 – 10.240 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 8.557 </li></ul></ul><ul><li>Taxa de detecção (por 100 mil habitantes) </li></ul><ul><ul><li>2009 – 5,3 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 4,5 </li></ul></ul><ul><li>Nº óbitos acumulados (2000 a 2010): 14.873 </li></ul><ul><ul><li>2009 – 1.879 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 1.932 </li></ul></ul><ul><li>Coeficiente de mortalidade (por 100 mil habitantes) </li></ul><ul><ul><li>2009 – 1,0 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 1,0 </li></ul></ul>
  11. 11. Taxa de detecção de hepatite C (por 100.000 hab.) segundo região de residência por ano de notificação. Brasil, 1999 a 2010 FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram os testes anti-HCV e HCV-RNA reagentes; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  12. 12. Taxa de detecção de hepatite C (por 100.000 hab.) segundo faixa etária e sexo. Brasil, 2010 FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS; população: estimativas populacionais do Instituto Brasileiro de Geografia e NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram os testes anti-HCV e HCV-RNA reagentes; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  13. 13. Distribuição percentual dos casos de hepatite C segundo provável fonte/mecanismo de infecção por ano de notificação. Brasil, 1999 a 2010 Observação: 43,0% de casos ignorados quanto à provável fonte/mecanismo de infecção FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS. NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram os testes anti-HCV e HCV-RNA reagentes; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  14. 14. Casos confirmados de hepatite C segundo agravo associado HIV/aids . Brasil, 2007-2010 Total de casos acumulados (2007-2010): 38.396 FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS. NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram os testes anti-HCV e HCV-RNA reagentes; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010; (3) dados preliminares para 2010. EXECUÇÃO: Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais.
  15. 15. Hepatite D FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS. NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram pelo menos um dos seguintes marcadores sorológicos: HBsAg ou anti-HBc IgM ou HBeAg e anti-HDV total ou anti-HDV IgM ; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010. (3) Dados preliminares para 2010. <ul><li>Casos acumulados (1999 a 2010): 1.812 </li></ul><ul><ul><li>2009 - 295 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 248 </li></ul></ul><ul><ul><li>Nº óbitos acumulados (2000 a 2010): 265 </li></ul></ul><ul><ul><li>2009 – 32 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 39 </li></ul></ul><ul><li> Coeficiente de mortalidade (por 100 mil habitantes) </li></ul><ul><ul><li>2009 – 0,02 </li></ul></ul><ul><ul><li>2010 – 0,02 </li></ul></ul>
  16. 16. Casos de hepatite D segundo região de residência por ano de notificação. Brasil, 1999 a 2010 Total de casos acumulados (1999-2010): 1.812 FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS. NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram pelo menos um dos seguintes marcadores sorológicos: HBsAg ou anti-HBc IgM ou HBeAg e anti-HDV total ou anti-HDV IgM ; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010. (3) Dados preliminares para 2010.
  17. 17. Casos de hepatite D segundo forma clínica. Brasil,1999 a 2010 Total de casos acumulados (1999-2010): 1.812 FONTE: Casos de hepatites virais: Sinan/SVS/MS. NOTAS: (1) Foram considerados casos confirmados aqueles que apresentaram pelo menos um dos seguintes marcadores sorológicos: HBsAg ou anti-HBc IgM ou HBeAg e anti-HDV total ou anti-HDV IgM ; (2) casos notificados no SINAN até 31 de dezembro de 2010. (3) Dados preliminares para 2010.
  18. 18. Estudo de prevalência de base populacional das infecções pelos vírus das hepatites A, B e C nas capitais do Brasil Fonte: UNIVERSIDADE de Pernambuco. Núcleo de Pós-Graduação. Estudo de prevalência de base populacional das infecções pelos vírus das hepatites A, B e C nas capitais do Brasil. Relatório de Pesquisa. Brasil, 2010.
  19. 19. Estimativas das prevalências (%) de Hepatite A (anti-HAV total) para o conjunto das capitais de cada região e Distrito Federal (faixa etária de 5 a 19 anos) 5 a 9 anos: 27,0%.- Baixa / Intermediária endemicidade. Região Prevalência (IC(95%)) Norte 58,3% (49,4 – 67,2) Nordeste 53,1% (47,5 – 58,7) Centro-Oeste 54,1% (47,7 – 60,5) Distrito Federal 41,6% (38,6 – 44,6) Sudeste 32,5% (28,6 – 36,3) Sul 30,8% (25,6 – 36,1) Brasil 39,5% (36,5 – 42,5)
  20. 20. Estimativas das prevalências (%) de Hepatite B (HBsAg) para o conjunto das capitais de cada região e Distrito Federal (faixa etária de 10 a 69 anos) Baixa endemicidade (< 2%). Bolsões de alta endemicidade em SC, ES, MG e Região Norte Região Prevalência (IC(95%)) Norte 0,63 % (0,22 – 1,04) Nordeste 0,42% (0,16 – 0,67) Centro-Oeste 0,31% (0,16 – 0,46) Distrito Federal 0,26% (0,03 – 0,49) Sudeste 0,31% (0,09 – 0,53) Sul 0,48% (0,21 – 0,75) Brasil 0,37% (0,25 – 0,50)
  21. 21. Estimativas das prevalências (%) de Hepatite C (Anti-HCV) para o conjunto das capitais de cada região e Distrito Federal (faixa etária de 10 a 69 anos) Baixa endemicidade (<2,5%) Região Prevalência (IC(95%)) Norte 2,10% (1,409 – 2.796) Nordeste 0,68% (0,399 – 0,960) Centro-Oeste 1,32% (0,951 – 1,700) Distrito Federal 0,85% (0,458 – 1,252) Sudeste 1,27% (0,910 – 1,635) Sul 1,19% (0,765 – 1,614) Brasil 1,38% (1,119 – 1,636)

×