Novas regras Programas Mais Médicos 2015

5.024 visualizações

Publicada em

Novo edital visa a atender cidades mais vulneráveis e garante às prefeituras 100% das vagas do Provab.

Publicada em: Saúde e medicina
0 comentários
2 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
5.024
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
2.279
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
27
Comentários
0
Gostaram
2
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Novas regras Programas Mais Médicos 2015

  1. 1. Cenário atual do Mais Médicos 14.462 médicos para a Atenção Básica Cerca de 50 milhões* de pessoas beneficiadas Mudar mapa 70 1.235 407 510 1.360 1.008 211 669 269 155 136 453 290 590 127 651 142 203 195 455 2.187 1.081 448 868 157 258 327 Médicos por UF *Considerando o atendimento de, em média, 3.450 pessoas/equipe
  2. 2. 1.846 médicos brasileiros 1.187 médicos formados no exterior 11.429 médicos cubanos Cenário atual do Mais Médicos
  3. 3. Novo edital: Expansão do programa em até 1.500 municípios  20% de população em extrema pobreza, IDH baixo/muito baixo, Semiárido, Norte com escassez, Vales do Jequitinhonha, Mucuri e Ribeira  Regiões de alta vulnerabilidade de capitais, região metropolitanas e G100  Municípios que participam do Provab  Área de atuação de Distrito Sanitário Especial Indígena  Municípios com cobertura da Atenção Básica abaixo do necessário Perfil: Destes, 424 ainda não possuem médicos do Mais Médicos
  4. 4. Novo edital: Expansão do programa em até 1.500 municípios  Gestores desses municípios deverão confirmar participação e solicitar novas vagas no sistema do Programa (de 16 a 29/1)  Vagas avaliadas segundo parâmetros de necessidade da população, cobertura da Atenção Básica e capacidade instalada das unidades básicas de saúde
  5. 5. Incorporação do PROVAB Incorporar ao Mais Médicos as 2.920 vagas do PROVAB; População terá a segurança da continuidade no atendimento; Dar oportunidade ao médico do PROVAB que deseja continuar na mesma UBS (por até 3 anos);  Ampliar os perfis de médicos no Programa: recém-formados; médicos de família e comunidade; e aqueles que decidirem permanecer na Atenção Básica.
  6. 6. Médicos brasileiros (CRM Brasil) terão duas opções: Incorporação do PROVAB Optar por 10% na prova de residência médica e permanecer por 1 ano na Atenção Básica, podendo permanecer por mais um ou dois anos Optar pelos benefícios do Mais Médicos: ajuda de custo; auxílio moradia e alimentação (pagos pelas prefeituras), permanecendo por 3 anos no Programa 1º ano 2º ano 3º ano ou
  7. 7. Médico poderá optar pelos benefícios do Mais Médicos ou 10% de pontuação no concurso da residência; Cada profissional poderá optar por até 4 municípios na inscrição; Médicos com CRM Brasil Brasileiros formados no exterior Estrangeiros Cooperação OPAS Prioridade para médicos formados no Brasil  Aqueles que não ficarem em nenhum dos municípios escolhidos terão outras 2 oportunidades para escolher as vagas remanescentes;  Médicos que já atuam na Atenção Básica só poderão ingressar no Programa em municípios com maior vulnerabilidade
  8. 8. Município B (2 vagas) Município C (2 vagas) 2ª chamada1ª chamada Município A (3 vagas) Município B (5 vagas) Município C (2 vagas) Processo de seleção das vagas Município C (1 vagas) 3ª chamada Não escolhido por médicos 4 médicos excedentes Número de vagas não foi totalmente preenchido Número de vagas não foi totalmente preenchido
  9. 9. Classificação dos Médicos CRM Brasil Qualificação Pontuação máxima Fonte de verificação 1 Título de especialista em Medicina de Família e Comunidade pela SBMFC ou residência médica na mesma área 30 Sistema da Comissão Nacional de Residência Médica e Banco da Sociedade Brasileira de Medicina de Família e Comunidade 2 Experiência comprovada na Estratégia Saúde da Família de, no mínimo, 6 meses. Somente pontuará a experiência de até 3 anos 30 Histórico do vínculo em equipe de Saúde da Família no CNES 3 Ter participado do Programa de Educação pelo Trabalho (Vigilância, Saúde, Saúde da Família e Saúde Indígena), VER-SUS, ProUni ou FIES 30 Banco de dados do Ministério da Saúde e declaração da instituição Total 90 Maior proximidade entre o município desejado e o de nascimento, para que o médico fique perto da região de origem Desempate 1 Cópia do RG ou equivalente Maior Idade Desempate 2 Cópia do RG ou equivalente
  10. 10. Após a alocação dos candidatos brasileiros, caso haja vagas desocupadas, será aberto período de inscrições para brasileiros formados fora do Brasil Período: 10 a 20 de abril Persistindo vagas, serão abertas inscrições para estrangeiros formados no exterior. Período: 5 a 15 de maio Próximas fases: brasileiros formados no exterior, estrangeiros e cooperados Módulo de acolhimento para médicos intercambistas: 8 a 26 de junho
  11. 11. Novos editais Lançamento de editais a cada trimestre ofertando as vagas em aberto; Editais poderão contemplar vagas em municípios que hoje não conseguem aderir pela capacidade instalada;
  12. 12. Publicação do Edital Escolha de vagas disponíveis Inscrição de médicos brasileiros e confirmação dos municípios Cronograma para inscrição – CRM Brasil Apresentação nos municípios 2ª. chamada brasileiros 3ª chamada brasileiros Início das atividades para 1ª e 2ª chamada Início das atividades para 3ª chamada
  13. 13. Escolha de vagas disponíveis Inscrição de médicos brasileiros formados no exterior Cronograma para inscrição – brasileiros formados no exterior e estrangeiros Chamada para estrangeiros Módulo de acolhimento e avaliação Início das atividades nos municípios Escolha de vagas disponíveis

×