Coletiva Aids - Campanha para festas populares

1.216 visualizações

Publicada em

Ministério da Saúde apresenta as novas campanhas de prevenção às DST e aids para as festas populares do segundo semestre deste ano
Em um ano, foi registrado aumento de 30% no número de pessoas que iniciaram o tratamento com antirretrovirais no Brasil. O crescimento foi observado após a implantação do Novo Protocolo Clínico de Tratamento de Adultos com HIV e Aids, lançado pelo Ministério da Saúde em dezembro de 2013. No período de um ano, o número de novos pacientes com acesso aos antirretrovirais passou de 57 mil para 74 mil. Atualmente, cerca de 404 mil pessoas usam estes medicamentos, ofertados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Publicada em: Saúde e medicina
  • Seja o primeiro a comentar

Coletiva Aids - Campanha para festas populares

  1. 1. Ano de diagnóstico Casos Taxa de detecção 2009 39.364 20,6 2010 38.805 20,3 2011 40.805 21,2 2012 40.021 20,6 2013 39.501 20,4 Média de 39,6 mil casos novos por ano Taxa de detecção em torno de 21 casos para cada 100 mil habitantes Fonte: MS/SVS/Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Panorama da Aids - Brasil 2014
  2. 2. 6,4 5,4 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 1994 1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Taxademortalidade(por100mil hab.) Ano do óbito - 15,6% Fonte: SIM 2003: 6,4 óbitos por 100 mil habitantes 2014: 5,4 óbitos por 100 mil habitantes Queda de 15,6% na mortalidade em relação ao ano de 2003 Taxa de mortalidade por Aids - Brasil 2014
  3. 3. Panorama Aids na Juventude – 15 a 24 anos 2004 Notificados 3.453 casos de aids taxa de detecção de 9,6 por 100 mil habitantes 2013 Notificados 4.414 casos de aids taxa de detecção de 12,7 por 100 mil habitantes
  4. 4. Oferta de tratamento no Brasil - evolução + 30% • 2014: 74 mil novos tratamentos • 2013: 57 mil novos tratamentos * Pessoas
  5. 5. Ampliação de testagem 1.972.039 2.180.802 1 2 Testes realizados – Janeiro a Abril 2014 2015 + 11%
  6. 6. Meta 90/90/90 em 2020 Diagnóstico Tratamento (Adesão + Retenção+ Vinculação) 90% Testado Em tratamento Carga viral suprimida Compromisso de acabar com a epidemia até 2030 Supressão viral 90% 90%
  7. 7. Meta 90/90/90 em 2020 Fonte: MS/SVS/Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais Números atuais Metas para 2020 734 589 417 349 71 177 185 PVHA Diagnosticadas Em TARV CV Suprimida Avanços do cuidado em 2014 11% para o alcance da meta 30% para o alcance da meta 35% para o alcance da meta 660 594 534 734
  8. 8. Prevenção Combinada • Adotada no Brasil em dezembro de 2013 • Impacto relevante na epidemia Possibilita várias formas de prevenção ao HIV: • Práticas de sexo seguro • Testagem regular de HIV • Testagem no pré-natal • Adesão ao tratamento antirretroviral • Redução de danos • Profilaxia pós-exposição (PEP) • Diagnóstico e tratamento das IST
  9. 9. Testar e oferecer tratamento Alta carga viral = Alta circulação de vírus Baixa carga viral = Baixa circulação de vírus Tratamento como prevenção
  10. 10. Profilaxia Pós-Exposição (PEP) • Novo Protocolo Clinico de Diretrizes Terapêuticas (PCDT) de PEP simplificará a prescrição e aumentará o acesso do público • Em análise pela Conitec após consulta pública • O documento recomenda o esquema único de antirretrovirais para todas as PEP e a redução do tempo de acompanhamento dos pacientes, de seis para três meses. • Mudanças simplificarão a prescrição da profilaxia.
  11. 11. Viva Melhor Sabendo • Parceria com a Atenção Básica - PSF • Consultório de Rua Viva Melhor Sabendo • 53 ONG com projetos finalizados • 54 ONG selecionadas no último edital, sendo 38 (70%) tiveram continuação • Uso de teste de HIV de fluido oral
  12. 12. Taxa de detecção por público-alvo testado Viva Melhor Sabendo 13,0 6,4 4,7 4,5 2,3 1,6 1,2 0,0 2,0 4,0 6,0 8,0 10,0 12,0 14,0 Travestis Pessoas transexuais Gays e Outros HSH Homens PS PUD Mulheres PS Outras populações * Cerca de 28.400 pessoas testadas
  13. 13. Campanhas para festas populares
  14. 14. Campanhas Publicitárias • Slogan: #Partiu Teste • Campanha nos meios tradicionais e novas mídias digitais: “camisinha + teste + medicamento” • Os materiais usam a gíria “# partiu teste”, linguagem típica dos jovens, prioritária para a campanha • Eventos que serão trabalhados:  Carnaval  Festivais de Música  Festas Juninas  Ações do calendário LGBT  Festival de Parintins  Festa do Peão de Barretos  Oktoberfest
  15. 15. Campanhas Publicitárias
  16. 16. Campanhas Publicitárias Dia Mundial de Combate - 1º. de Dezembro Carnaval 2015
  17. 17. Campanhas Publicitárias FESTAS JUNINAS • Nas cidades com maior concentração de festas (Campina Grande, Salvador, João Pessoa, Caruaru e Recife) contam com reforço das estratégias de comunicação • Instalação de 20 displays para a retirada de camisinhas, nos banheiros femininos e masculinos do aeroporto de Recife e no aeroporto e rodoviárias de Campina Grande • Quantitativo inicial: 160 mil preservativos.
  18. 18. Campanhas Publicitárias Parintins - Junho
  19. 19. Campanhas Publicitárias Calendário LGBT • São Paulo • Florianópolis • Brasília • Rio de Janeiro
  20. 20. Campanhas Publicitárias • A ação do caminhão consistia em lonas laterais, que passavam a mensagem principal da campanha. • Uma das lonas era suspensa, dando a ideia de uma vitrine onde era possível tirar fotos no painel interno. Caminhão para Selfies Parada Gay São Paulo – junho
  21. 21. Campanhas Publicitárias Parada Gay São Paulo – junho
  22. 22. Campanhas Publicitárias Itu - maio
  23. 23. Campanhas Publicitárias Ribeirão Preto - Junho
  24. 24. Campanhas Publicitárias Rio de Janeiro - Junho Mídia em revista
  25. 25. Obrigado! Fabio Mesquita fabio.mesquita@aids.gov.br Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais www.saude.gov.br/svs www.aids.gov.br É o Governo Federal trabalhando para o Brasil avançar.

×