SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 43
Baixar para ler offline
Resultados do
monitoramento da
Redução do Sódio
em Alimentos
Processados
Maio de 2015
Doenças crônicas não-transmissíveis
respondem por 72% dos óbitos no Brasil
 Doenças cardiovasculares
 Doenças respiratórias crônicas
 Diabetes mellitus
 Neoplasias
DCNTInatividade
Física
Tabagismo Alimentação
Uso nocivo
do álcool
Vigitel 2014: pessoas que informaram ter
diagnóstico de hipertensão arterial
25 23
27
0
10
20
30
40
50
60
Hipertensão arterial
%
Total Masculino Feminino
Vigitel 2014: foram realizadas 40.853 entrevistas com pessoas de 18 anos ou
mais que vivem nas capitais dos estados e do Distrito Federal
Maior
entre as
mulheres
Prevalência de Hipertensão
Arterial por faixa etária
4,6
9,5
19,5
32,6
50,2
59,9
18 a 24 25 a 34 35 a 44 45 a 54 55 a 64 65 e mais
Hipertensão arterial
Quase 60% das pessoas com
65 anos ou mais dizem ser
hipertensos
Aumenta consideravelmente
com a idade
Prevalência de Hipertensão
Arterial por escolaridade
38
19
15
0
10
20
30
40
50
60
Hipertensão arterial
%
0 a 8 9 a 11 12 ou mais
Índice entre as pessoas de menor escolaridade é 1,5 vezes
maior que a nacional
Prevalência de Hipertensão
Arterial por ano
23
19
25
24
21
2625
22
28
26
22
28
24
22
27
24
21
27
24
21
27
24
22
26
25
23
27
0
5
10
15
20
25
30
35
40
45
50
Total Masculino Feminino
%
2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014
O índice pode ser considerado estável no Brasil
Vigitel 2014: Prevalência de hipertensão
arterial por capitais
15
17 18
19 19 20 21
23 23 23 23 23 24 24 24 24 25 25 25 26 26 26
27 28 28 28 29
0
5
10
15
20
25
30
35
40
45
50
%
Palmas mantém o menor índice entre as capitais
Vigitel 2014: Percepção do consumo de
sal na comida e nos alimentos
industrializados
2,3
15
46,7
27
4,5 4,5
2,4
11,7
49
28,4
4,7 3,92,3
13,2
47,9
27,7
4,6 4,2
0
10
20
30
40
50
60
Muito alto Alto Adequado Baixo Muito baixo Não sabe
Masculino Feminino Total
%
PNS 2013: Prevalência do consumo
elevado de sal autorreferido entre
adultos de acordo idade
17,7 17,3
12,9
7,9
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
Consumo elevado de sódio
18 a 29 anos
30 a 59 anos
60 a 64 anos
65 a 74 anos
%
PNS 2013: Prevalência do consumo
elevado de sal autorreferido entre
adultos segundo escolaridade
10,5
15,8
16,6
17,3
0
2
4
6
8
10
12
14
16
18
20
Consumo elevado de sódio
Sem instrução e Ensino
Fundamental Incompleto
Ensino Médio Incompleto
Ensino Superior
Incompleto
Ensino Superior Completo
%
Pesquisa do Orçamento Familiar (POF – 2008-2009), do IBGE,
aponta que consumo diário médio no Brasil chega a 12 gramas,
enquanto a OMS recomenda 5 gramas por dia
Principais fontes de sódio
 Sal adicionado na preparação e no consumo de alimentos
 Sódio presente nos alimentos processados e nos alimentos
produzidos e consumidos fora do domicílio
Consumo de sódio é mais que
o dobro do que recomenda a OMS
Metas para redução das DCNTs
Metas globais da OMS Metas do Brasil
Mortalidade prematura por doenças não transmissíveis
Redução de 25% na
mortalidade global de doenças
crônicas entre 30 e 70 anos
Redução da taxa de mortalidade
prematura (<70) por doenças
crônicas em 2% ao ano
Fatores de risco
Redução de 30% do consumo
médio de sal/sódio na
população
Redução de 58% no consumo
médio de sal, de 12 gramas
(2010) para 5 gramas (2022)
 Promoção da alimentação saudável e aumento da oferta de
alimentos saudáveis
 Redução voluntária dos níveis de sódio em alimentos
processados e alimentos vendidos em estabelecimentos de
food service e restaurantes
 Rotulagem e informação ao consumidor
 Educação e sensibilização para consumidores, indústria,
profissionais de saúde e outras partes interessadas
Estratégias para redução do consumo
excessivo de sódio
 Guia Alimentar para a População Brasileira – Ministério da Saúde
 Guia de Boas Práticas Nutricionais – Anvisa
 Pães
 Restaurantes coletivos
 Campanha Promoção da Saúde (SUS): Da saúde se cuida todos
os dias – Ministério da Saúde
 Incentivo à alimentação saudável
 Campanha de Redução do Consumo de Sal - Associação Brasileira
de Supermercados
Estratégias para redução do consumo
excessivo de sódio
Atual: 12 gramas
 - 15% óbitos por AVC
 - 10% óbitos por infarto
 1,5 milhão de pessoas livres de
medicação para hipertensão
 4 anos na expectativa de vida
de indivíduos hipertensos
Redução do consumo de sódio traz
benefícios à saúde
Meta: 5 gramas
Acordos para redução dos níveis de sódio
de alimentos
1° Etapa
(Abril 2011)
2° Etapa
(Outubro 2011)
3° Etapa
(Agosto 2012)
4° Etapa
(Novem. 2013)
• Massas
instantâneas
• Pães de forma
• Bisnaguinhas
• Batatas fritas
• Salgadinhos de
milho
• Bolos recheados
• Bolos sem
recheio
• Rocambole
• Mistura para bolo
aerado
• Mistura para bolo
cremoso
• Maionese
• Biscoito salgado
• Biscoito doce
• Biscoito doce
recheado
• Margarinas
• Cereais matinais
• Caldos em cubo
• Caldos em gel
• Temperos em pasta
• Temperos para
arroz
• Outros temperos
• Empanados
• Hambúrguer
• Linguiça cozida
• Linguiça cozida-
resfriada
• Linguiça frescal
• Mortadela
refrigerada
• Mortadela
• Presuntaria
• Queijo muçarela
• Requeijão cremoso
• Salsicha
• Sopas instantâneas
individuais
• Sopas
Coleta de dados em 2013 e
resultados em 2014
Coleta de dados em 2013 e
resultados no final de 2014
Coleta de dados em 2014 e
resultados em 2015
Coleta de dados em 2015 e
resultados em 2016
Metas de redução de sódio (2º termo de
compromisso)
Produto
Teor Máximo
em 2011
(mg/100g)
Redução
pactuada para
1º biênio
Meta 2012
(mg/100g)
Meta 2014
(mg/100g)
Bolo pronto sem recheio 436 ~10% 392 332
Bolo pronto recheado 330 ~15% 282 242
Rocambole 240 ~8% 221 204
Mistura para bolo aerado* 568 ~16% 476 398
Mistura para bolo cremoso* 412 ~15% 349 295
Salgadinho de milho 1.288 ~15% 1.090 852
Batata frita/palha 720 ~10% 650 586
Maionese 1.567 ~18% 1.283 1.051
Biscoito doce 490 ~15% 419 359
Biscoito salgado 1.220 ~24% 923 699
Biscoito recheado 600 ~35% 389 265
* Firmadas com base no produto pronto para o consumo e não a partir das informações disponíveis
na rotulagem referente ao produto como exposto para sua venda.
 Foram analisados 839 produtos de 69 de empresas associadas à
Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA)
 Os produtos foram selecionados com base nos produtos mais
adquiridos pela população
 Período de coleta e análise: início ao final do ano de referência
da pactuação (avaliação de metas para 2012 realizada em 2013)
 Coleta de produtos nos estados (plano de amostragem e
análises com representatividade regional)
Monitoramento dos resultados
do acordo - Metodologia
Resultados da 2ª etapa de monitoramento
da redução de sódio nos alimentos
Considerando os dois primeiros
termos: retirada de 5.230 até
2012 e de 7.652 toneladas
de sódio até 2014.
Considerando todos os termos,
estima-se a retirada de 28.562
toneladas até 2020.
RESULTADOS DO
MONITORAMENTO
Rotulagem nutricional:
Bolos prontos sem recheio
335,71
282,68
250
260
270
280
290
300
310
320
330
340
2011 = 64 2013 = 68
2011 = 64
2013 = 68
15,80%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
Número de Produtos
Avaliados
2011 2013
Rotulagem nutricional:
Bolos prontos sem recheio
100,00
200,00
300,00
400,00
500,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
100,00
200,00
300,00
400,00
500,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
98,5% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
66,18% dos
produtos
anteciparam as
metas para
2014
Rotulagem nutricional:
Bolos prontos com recheio
249,92
212,33
190
200
210
220
230
240
250
260
2011 = 41 2013 = 68
2011 = 41
2013 = 68
15,00%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Bolos prontos com recheio
100,00
200,00
300,00
400,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
100,0
200,0
300,0
400,0
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
95,59% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
83,82% dos
produtos
anteciparam a
meta para
2014
Rotulagem nutricional:
Rocamboles
204,52
161,33
0
50
100
150
200
250
2011 = 14 2013 = 17
2011 = 14
2013 = 17
21,11%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Rocamboles
100,00
200,00
300,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
100,00
200,00
300,00
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
100% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
94,12% dos
produtos
anteciparam a
meta para
2014
Rotulagem nutricional:
Mistura para bolo aerado
372,34
310,66
270
280
290
300
310
320
330
340
350
360
370
380
2011 = 125 2013 = 201
2011 = 125
2013 = 201
16,60%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Mistura para bolo aerado
100,00
300,00
500,00
700,00
900,00
1100,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
100,00
300,00
500,00
700,00
900,00
1100,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
100% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
96,02% dos
produtos
anteciparam
meta para
2014
Rotulagem nutricional:
Mistura para bolo cremoso
268,4
252,62
240
245
250
255
260
265
270
2011 = 26 2013 = 40
2011 = 26
2013 = 40
5,90%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Mistura para bolo cremoso
100,00
200,00
300,00
400,00
500,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
100,00
200,00
300,00
400,00
500,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
95% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
87,50% dos
produtos
anteciparam as
metas para
2014
Rotulagem nutricional:
Salgadinho de milho
831,97
753,9
700
720
740
760
780
800
820
840
2011 = 65 2013 = 39
2011 = 65
2013 = 39
9,40%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Salgadinho de milho
200,00
400,00
600,00
800,00
1.000,00
1.200,00
1.400,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
200,00
400,00
600,00
800,00
1.000,00
1.200,00
1.400,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
100% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
89,74% dos
produtos
anteciparam a
meta para
2014
Rotulagem nutricional:
Batata frita e batata palha
547,58
513,29
490
500
510
520
530
540
550
560
2011 = 22 2013 = 28
2011 = 22
2013 = 28
13,71%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Batata frita e batata palha
200,00
400,00
600,00
800,00
1000,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
200,00
400,00
600,00
800,00
1000,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
96,43% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
68,00% dos
produtos
anteciparam a
meta para
2014
Rotulagem nutricional:
Maionese
1063,98
891,27
800
850
900
950
1000
1050
1100
2011 = 31 2013 = 41
2011 = 31
2013 = 41
16,23%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Maionese
400,00
600,00
800,00
1000,00
1200,00
1400,00
1600,00
1800,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
400,00
600,00
800,00
1000,00
1200,00
1400,00
1600,00
1800,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
100% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
95,12% dos
produtos
anteciparam a
meta para
2014
Rotulagem nutricional:
Biscoito doce – maisena e maria
359,2
318,22
290
300
310
320
330
340
350
360
370
2011 = 17 2013 = 45
2011 = 17
2013 = 45
11,41%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Biscoito doce – maisena e maria
100,00
200,00
300,00
400,00
500,00
600,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
100,00
200,00
300,00
400,00
500,00
600,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
100% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
82,22% dos
produtos
anteciparam a
meta para
2014
Rotulagem nutricional:
Biscoito salgado
695,76
660,39
640
650
660
670
680
690
700
2011 = 39 2013 = 94
2011 = 39
2013 = 94
5,08%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Biscoito salgado
0,00
200,00
400,00
600,00
800,00
1000,00
1200,00
1400,00
1600,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
0,00
200,00
400,00
600,00
800,00
1000,00
1200,00
1400,00
1600,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
100% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
68,01% dos
produtos
anteciparam a
meta para
2014
Rotulagem nutricional:
Biscoito doce recheado
259,46
242,65
230
235
240
245
250
255
260
265
2011 = 176 2013 = 198
2011 = 176
2013 = 198
6,48%
Teor médio de sódio por 100 gramas de produto
2011 2013
Número de Produtos
Avaliados
Rotulagem nutricional:
Biscoito doce recheado
100,00
300,00
500,00
700,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia
100,00
300,00
500,00
700,00
1
Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia
99,5% dos
produtos
atingiram a
meta 2012
77,78% dos
produtos
anteciparam a
meta para
2014
 O Ministério da Saúde solicitou ajuste para as empresas que não
alcançaram a meta 2012
 Prosseguir nas metas de redução de sódio e seu monitoramento
para estas e as demais categorias
 Importância em avançar na redução do sódio em todo o
mercado – alcançar indústrias que não fazem parte do acordo
Conclusões e próximos passos
Houve redução dos níveis máximos e do nível médio de
sódio nas categorias de alimentos pactuadas

Mais conteúdo relacionado

Destaque

Aula 03 grupo 1A
Aula 03   grupo 1A Aula 03   grupo 1A
Aula 03 grupo 1A
Yuri José
 
PCE Estágio Social apresentação
PCE Estágio Social apresentaçãoPCE Estágio Social apresentação
PCE Estágio Social apresentação
cristiane1981
 
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América LatinaBrasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Ministério da Saúde
 

Destaque (20)

Microcefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e RespostasMicrocefalia - Perguntas e Respostas
Microcefalia - Perguntas e Respostas
 
3º ciclo do Mais Médicos
3º ciclo do Mais Médicos3º ciclo do Mais Médicos
3º ciclo do Mais Médicos
 
O sal e a pressão alta
O sal e a pressão altaO sal e a pressão alta
O sal e a pressão alta
 
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015Novas regras Programas Mais Médicos 2015
Novas regras Programas Mais Médicos 2015
 
Vigitel pesquisa de obesidade no brasil em 2013
Vigitel pesquisa de obesidade no brasil em 2013Vigitel pesquisa de obesidade no brasil em 2013
Vigitel pesquisa de obesidade no brasil em 2013
 
Sódio
Sódio Sódio
Sódio
 
Alimentacao
AlimentacaoAlimentacao
Alimentacao
 
Aula 03 grupo 1A
Aula 03   grupo 1A Aula 03   grupo 1A
Aula 03 grupo 1A
 
Maternidades do Sistema Único de Saúde passam a ter novas regras para parto h...
Maternidades do Sistema Único de Saúde passam a ter novas regras para parto h...Maternidades do Sistema Único de Saúde passam a ter novas regras para parto h...
Maternidades do Sistema Único de Saúde passam a ter novas regras para parto h...
 
Governo Federal libera R$ 2,8 bilhões para obras de saneamento
Governo Federal libera R$ 2,8 bilhões para obras de saneamentoGoverno Federal libera R$ 2,8 bilhões para obras de saneamento
Governo Federal libera R$ 2,8 bilhões para obras de saneamento
 
Aula 3 Compostos de sódio e derivados
Aula 3   Compostos de sódio e derivadosAula 3   Compostos de sódio e derivados
Aula 3 Compostos de sódio e derivados
 
Ppt obesidade
Ppt obesidadePpt obesidade
Ppt obesidade
 
PCE Estágio Social apresentação
PCE Estágio Social apresentaçãoPCE Estágio Social apresentação
PCE Estágio Social apresentação
 
10 passos para uma alimentação saudável
10 passos para uma alimentação saudável10 passos para uma alimentação saudável
10 passos para uma alimentação saudável
 
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015 Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
Mais Médicos atende 100% da meta de expansão em 2015
 
Guia alimentar - Como ter uma alimentação saudável
Guia alimentar - Como ter uma alimentação saudávelGuia alimentar - Como ter uma alimentação saudável
Guia alimentar - Como ter uma alimentação saudável
 
Sodio
SodioSodio
Sodio
 
Alimentação saudável.
Alimentação saudável.Alimentação saudável.
Alimentação saudável.
 
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América LatinaBrasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
Brasil terá primeira fábrica de equipamentos para radioterapia da América Latina
 
Radiologia
RadiologiaRadiologia
Radiologia
 

Semelhante a Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados

Palestra Enzo Donna E C D Food Service
Palestra  Enzo  Donna    E C D  Food  ServicePalestra  Enzo  Donna    E C D  Food  Service
Palestra Enzo Donna E C D Food Service
achepernate
 
Palestra Enzo Donna
Palestra Enzo DonnaPalestra Enzo Donna
Palestra Enzo Donna
achepernate
 
Palestra Enzo Donna
Palestra Enzo DonnaPalestra Enzo Donna
Palestra Enzo Donna
achepernate
 
Cuidados com sódio na alimentação
Cuidados com sódio na alimentaçãoCuidados com sódio na alimentação
Cuidados com sódio na alimentação
azterzec
 
Palestra sexta basica pat_ educacao_ nutricional
Palestra sexta basica pat_ educacao_ nutricionalPalestra sexta basica pat_ educacao_ nutricional
Palestra sexta basica pat_ educacao_ nutricional
Gabriella Lukoff
 
Alimentos pnam
Alimentos pnamAlimentos pnam
Alimentos pnam
nairlgomes
 
Documento base para guias de boas práticas nutricionais
Documento base para guias de boas práticas nutricionaisDocumento base para guias de boas práticas nutricionais
Documento base para guias de boas práticas nutricionais
visacamacan
 
31 07 2012_18_35_56_palestra_sexta basica_pat_ educacao_ nutricional
31 07 2012_18_35_56_palestra_sexta basica_pat_ educacao_ nutricional31 07 2012_18_35_56_palestra_sexta basica_pat_ educacao_ nutricional
31 07 2012_18_35_56_palestra_sexta basica_pat_ educacao_ nutricional
Carollyne Santos
 

Semelhante a Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados (20)

Metas globais, regionais e nacionais doenças crônicas não transmissíveis
Metas globais, regionais e nacionais doenças crônicas não transmissíveisMetas globais, regionais e nacionais doenças crônicas não transmissíveis
Metas globais, regionais e nacionais doenças crônicas não transmissíveis
 
Guia da Anvisa orienta panificadoras a produzir pão com menor teor de sal
Guia da Anvisa orienta panificadoras a produzir pão com menor teor de salGuia da Anvisa orienta panificadoras a produzir pão com menor teor de sal
Guia da Anvisa orienta panificadoras a produzir pão com menor teor de sal
 
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
Aula rotulagemnutricionaldosalimentos2015 20150912110440
 
DCNT plano de ação MS.pdf
DCNT plano de ação MS.pdfDCNT plano de ação MS.pdf
DCNT plano de ação MS.pdf
 
I019131
I019131I019131
I019131
 
Palestra Enzo Donna E C D Food Service
Palestra  Enzo  Donna    E C D  Food  ServicePalestra  Enzo  Donna    E C D  Food  Service
Palestra Enzo Donna E C D Food Service
 
Palestra Enzo Donna
Palestra Enzo DonnaPalestra Enzo Donna
Palestra Enzo Donna
 
Palestra Enzo Donna
Palestra Enzo DonnaPalestra Enzo Donna
Palestra Enzo Donna
 
Cuidados com sódio na alimentação
Cuidados com sódio na alimentaçãoCuidados com sódio na alimentação
Cuidados com sódio na alimentação
 
Alimentos pnam (1)
Alimentos pnam (1)Alimentos pnam (1)
Alimentos pnam (1)
 
Palestra sexta basica pat_ educacao_ nutricional
Palestra sexta basica pat_ educacao_ nutricionalPalestra sexta basica pat_ educacao_ nutricional
Palestra sexta basica pat_ educacao_ nutricional
 
Alimentos pnam
Alimentos pnamAlimentos pnam
Alimentos pnam
 
Documento base para guias de boas práticas nutricionais
Documento base para guias de boas práticas nutricionaisDocumento base para guias de boas práticas nutricionais
Documento base para guias de boas práticas nutricionais
 
2 documentobaseparaguiasdeboaspraticasnutricionais2
2 documentobaseparaguiasdeboaspraticasnutricionais22 documentobaseparaguiasdeboaspraticasnutricionais2
2 documentobaseparaguiasdeboaspraticasnutricionais2
 
Semaforo nutricional
Semaforo nutricionalSemaforo nutricional
Semaforo nutricional
 
Inovale - Saúde
Inovale - SaúdeInovale - Saúde
Inovale - Saúde
 
Nível glicêmico,periodontite e prematuridade
Nível glicêmico,periodontite e prematuridadeNível glicêmico,periodontite e prematuridade
Nível glicêmico,periodontite e prematuridade
 
31 07 2012_18_35_56_palestra_sexta basica_pat_ educacao_ nutricional
31 07 2012_18_35_56_palestra_sexta basica_pat_ educacao_ nutricional31 07 2012_18_35_56_palestra_sexta basica_pat_ educacao_ nutricional
31 07 2012_18_35_56_palestra_sexta basica_pat_ educacao_ nutricional
 
Cozinheiro
Cozinheiro  Cozinheiro
Cozinheiro
 
Cozinheiro - Apostila 2
Cozinheiro - Apostila 2 Cozinheiro - Apostila 2
Cozinheiro - Apostila 2
 

Mais de Ministério da Saúde

Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Ministério da Saúde
 
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Ministério da Saúde
 
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentaçãoDivulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Ministério da Saúde
 

Mais de Ministério da Saúde (20)

Novo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite CNovo tratamento para hepatite C
Novo tratamento para hepatite C
 
Carta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPVCarta Aberta à População - Vacina HPV
Carta Aberta à População - Vacina HPV
 
Política de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos InternautasPolítica de Segurança da Participação dos Internautas
Política de Segurança da Participação dos Internautas
 
Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua Campanha para população em situação de rua
Campanha para população em situação de rua
 
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
Campanha de Vacinação contra Paralisia Infantil 2015
 
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsitoGoverno Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
Governo Federal apresenta plano para redução da violência de trânsito
 
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo ClínicoHepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
Hepatites Virais - Campanha 2015 e Novo Protocolo Clínico
 
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15Coletiva órteses e próteses 07/07/15
Coletiva órteses e próteses 07/07/15
 
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas popularesColetiva Aids - Campanha para festas populares
Coletiva Aids - Campanha para festas populares
 
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015Campanha de Doação de Leite Materno 2015
Campanha de Doação de Leite Materno 2015
 
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
Confira o balanço de inscrições ao Programa Mais Médicos 2015
 
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnavalCampanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
Campanha de prevenção às DST e aids para o carnaval
 
Campanha Nacional de Hanseníase 2015
Campanha Nacional de Hanseníase 2015Campanha Nacional de Hanseníase 2015
Campanha Nacional de Hanseníase 2015
 
Parto Normal
Parto NormalParto Normal
Parto Normal
 
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadasLista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
Lista de Oficinas Ortopédicas habilitadas
 
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em ReabilitaçãoLista de Centros Especializados em Reabilitação
Lista de Centros Especializados em Reabilitação
 
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde IndígenaPerguntas e Respostas - Saúde Indígena
Perguntas e Respostas - Saúde Indígena
 
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da SaúdeTermos de Uso do Selo Blog da Saúde
Termos de Uso do Selo Blog da Saúde
 
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
Trinta e oito por cento dos serviços de alimentação são certificados com nota...
 
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentaçãoDivulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
Divulgação do resultado da categorização dos serviços de alimentação
 

Coletiva Redução do Sódio em Alimentos Processados

  • 1. Resultados do monitoramento da Redução do Sódio em Alimentos Processados Maio de 2015
  • 2. Doenças crônicas não-transmissíveis respondem por 72% dos óbitos no Brasil  Doenças cardiovasculares  Doenças respiratórias crônicas  Diabetes mellitus  Neoplasias DCNTInatividade Física Tabagismo Alimentação Uso nocivo do álcool
  • 3. Vigitel 2014: pessoas que informaram ter diagnóstico de hipertensão arterial 25 23 27 0 10 20 30 40 50 60 Hipertensão arterial % Total Masculino Feminino Vigitel 2014: foram realizadas 40.853 entrevistas com pessoas de 18 anos ou mais que vivem nas capitais dos estados e do Distrito Federal Maior entre as mulheres
  • 4. Prevalência de Hipertensão Arterial por faixa etária 4,6 9,5 19,5 32,6 50,2 59,9 18 a 24 25 a 34 35 a 44 45 a 54 55 a 64 65 e mais Hipertensão arterial Quase 60% das pessoas com 65 anos ou mais dizem ser hipertensos Aumenta consideravelmente com a idade
  • 5. Prevalência de Hipertensão Arterial por escolaridade 38 19 15 0 10 20 30 40 50 60 Hipertensão arterial % 0 a 8 9 a 11 12 ou mais Índice entre as pessoas de menor escolaridade é 1,5 vezes maior que a nacional
  • 6. Prevalência de Hipertensão Arterial por ano 23 19 25 24 21 2625 22 28 26 22 28 24 22 27 24 21 27 24 21 27 24 22 26 25 23 27 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 Total Masculino Feminino % 2006 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 O índice pode ser considerado estável no Brasil
  • 7. Vigitel 2014: Prevalência de hipertensão arterial por capitais 15 17 18 19 19 20 21 23 23 23 23 23 24 24 24 24 25 25 25 26 26 26 27 28 28 28 29 0 5 10 15 20 25 30 35 40 45 50 % Palmas mantém o menor índice entre as capitais
  • 8. Vigitel 2014: Percepção do consumo de sal na comida e nos alimentos industrializados 2,3 15 46,7 27 4,5 4,5 2,4 11,7 49 28,4 4,7 3,92,3 13,2 47,9 27,7 4,6 4,2 0 10 20 30 40 50 60 Muito alto Alto Adequado Baixo Muito baixo Não sabe Masculino Feminino Total %
  • 9. PNS 2013: Prevalência do consumo elevado de sal autorreferido entre adultos de acordo idade 17,7 17,3 12,9 7,9 0 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 Consumo elevado de sódio 18 a 29 anos 30 a 59 anos 60 a 64 anos 65 a 74 anos %
  • 10. PNS 2013: Prevalência do consumo elevado de sal autorreferido entre adultos segundo escolaridade 10,5 15,8 16,6 17,3 0 2 4 6 8 10 12 14 16 18 20 Consumo elevado de sódio Sem instrução e Ensino Fundamental Incompleto Ensino Médio Incompleto Ensino Superior Incompleto Ensino Superior Completo %
  • 11. Pesquisa do Orçamento Familiar (POF – 2008-2009), do IBGE, aponta que consumo diário médio no Brasil chega a 12 gramas, enquanto a OMS recomenda 5 gramas por dia Principais fontes de sódio  Sal adicionado na preparação e no consumo de alimentos  Sódio presente nos alimentos processados e nos alimentos produzidos e consumidos fora do domicílio Consumo de sódio é mais que o dobro do que recomenda a OMS
  • 12. Metas para redução das DCNTs Metas globais da OMS Metas do Brasil Mortalidade prematura por doenças não transmissíveis Redução de 25% na mortalidade global de doenças crônicas entre 30 e 70 anos Redução da taxa de mortalidade prematura (<70) por doenças crônicas em 2% ao ano Fatores de risco Redução de 30% do consumo médio de sal/sódio na população Redução de 58% no consumo médio de sal, de 12 gramas (2010) para 5 gramas (2022)
  • 13.  Promoção da alimentação saudável e aumento da oferta de alimentos saudáveis  Redução voluntária dos níveis de sódio em alimentos processados e alimentos vendidos em estabelecimentos de food service e restaurantes  Rotulagem e informação ao consumidor  Educação e sensibilização para consumidores, indústria, profissionais de saúde e outras partes interessadas Estratégias para redução do consumo excessivo de sódio
  • 14.  Guia Alimentar para a População Brasileira – Ministério da Saúde  Guia de Boas Práticas Nutricionais – Anvisa  Pães  Restaurantes coletivos  Campanha Promoção da Saúde (SUS): Da saúde se cuida todos os dias – Ministério da Saúde  Incentivo à alimentação saudável  Campanha de Redução do Consumo de Sal - Associação Brasileira de Supermercados Estratégias para redução do consumo excessivo de sódio
  • 15. Atual: 12 gramas  - 15% óbitos por AVC  - 10% óbitos por infarto  1,5 milhão de pessoas livres de medicação para hipertensão  4 anos na expectativa de vida de indivíduos hipertensos Redução do consumo de sódio traz benefícios à saúde Meta: 5 gramas
  • 16. Acordos para redução dos níveis de sódio de alimentos 1° Etapa (Abril 2011) 2° Etapa (Outubro 2011) 3° Etapa (Agosto 2012) 4° Etapa (Novem. 2013) • Massas instantâneas • Pães de forma • Bisnaguinhas • Batatas fritas • Salgadinhos de milho • Bolos recheados • Bolos sem recheio • Rocambole • Mistura para bolo aerado • Mistura para bolo cremoso • Maionese • Biscoito salgado • Biscoito doce • Biscoito doce recheado • Margarinas • Cereais matinais • Caldos em cubo • Caldos em gel • Temperos em pasta • Temperos para arroz • Outros temperos • Empanados • Hambúrguer • Linguiça cozida • Linguiça cozida- resfriada • Linguiça frescal • Mortadela refrigerada • Mortadela • Presuntaria • Queijo muçarela • Requeijão cremoso • Salsicha • Sopas instantâneas individuais • Sopas Coleta de dados em 2013 e resultados em 2014 Coleta de dados em 2013 e resultados no final de 2014 Coleta de dados em 2014 e resultados em 2015 Coleta de dados em 2015 e resultados em 2016
  • 17. Metas de redução de sódio (2º termo de compromisso) Produto Teor Máximo em 2011 (mg/100g) Redução pactuada para 1º biênio Meta 2012 (mg/100g) Meta 2014 (mg/100g) Bolo pronto sem recheio 436 ~10% 392 332 Bolo pronto recheado 330 ~15% 282 242 Rocambole 240 ~8% 221 204 Mistura para bolo aerado* 568 ~16% 476 398 Mistura para bolo cremoso* 412 ~15% 349 295 Salgadinho de milho 1.288 ~15% 1.090 852 Batata frita/palha 720 ~10% 650 586 Maionese 1.567 ~18% 1.283 1.051 Biscoito doce 490 ~15% 419 359 Biscoito salgado 1.220 ~24% 923 699 Biscoito recheado 600 ~35% 389 265 * Firmadas com base no produto pronto para o consumo e não a partir das informações disponíveis na rotulagem referente ao produto como exposto para sua venda.
  • 18.  Foram analisados 839 produtos de 69 de empresas associadas à Associação Brasileira das Indústrias da Alimentação (ABIA)  Os produtos foram selecionados com base nos produtos mais adquiridos pela população  Período de coleta e análise: início ao final do ano de referência da pactuação (avaliação de metas para 2012 realizada em 2013)  Coleta de produtos nos estados (plano de amostragem e análises com representatividade regional) Monitoramento dos resultados do acordo - Metodologia
  • 19. Resultados da 2ª etapa de monitoramento da redução de sódio nos alimentos Considerando os dois primeiros termos: retirada de 5.230 até 2012 e de 7.652 toneladas de sódio até 2014. Considerando todos os termos, estima-se a retirada de 28.562 toneladas até 2020.
  • 21. Rotulagem nutricional: Bolos prontos sem recheio 335,71 282,68 250 260 270 280 290 300 310 320 330 340 2011 = 64 2013 = 68 2011 = 64 2013 = 68 15,80% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto Número de Produtos Avaliados 2011 2013
  • 22. Rotulagem nutricional: Bolos prontos sem recheio 100,00 200,00 300,00 400,00 500,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 100,00 200,00 300,00 400,00 500,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 98,5% dos produtos atingiram a meta 2012 66,18% dos produtos anteciparam as metas para 2014
  • 23. Rotulagem nutricional: Bolos prontos com recheio 249,92 212,33 190 200 210 220 230 240 250 260 2011 = 41 2013 = 68 2011 = 41 2013 = 68 15,00% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 24. Rotulagem nutricional: Bolos prontos com recheio 100,00 200,00 300,00 400,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 100,0 200,0 300,0 400,0 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 95,59% dos produtos atingiram a meta 2012 83,82% dos produtos anteciparam a meta para 2014
  • 25. Rotulagem nutricional: Rocamboles 204,52 161,33 0 50 100 150 200 250 2011 = 14 2013 = 17 2011 = 14 2013 = 17 21,11% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 26. Rotulagem nutricional: Rocamboles 100,00 200,00 300,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 100,00 200,00 300,00 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 100% dos produtos atingiram a meta 2012 94,12% dos produtos anteciparam a meta para 2014
  • 27. Rotulagem nutricional: Mistura para bolo aerado 372,34 310,66 270 280 290 300 310 320 330 340 350 360 370 380 2011 = 125 2013 = 201 2011 = 125 2013 = 201 16,60% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 28. Rotulagem nutricional: Mistura para bolo aerado 100,00 300,00 500,00 700,00 900,00 1100,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 100,00 300,00 500,00 700,00 900,00 1100,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 100% dos produtos atingiram a meta 2012 96,02% dos produtos anteciparam meta para 2014
  • 29. Rotulagem nutricional: Mistura para bolo cremoso 268,4 252,62 240 245 250 255 260 265 270 2011 = 26 2013 = 40 2011 = 26 2013 = 40 5,90% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 30. Rotulagem nutricional: Mistura para bolo cremoso 100,00 200,00 300,00 400,00 500,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 100,00 200,00 300,00 400,00 500,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 95% dos produtos atingiram a meta 2012 87,50% dos produtos anteciparam as metas para 2014
  • 31. Rotulagem nutricional: Salgadinho de milho 831,97 753,9 700 720 740 760 780 800 820 840 2011 = 65 2013 = 39 2011 = 65 2013 = 39 9,40% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 32. Rotulagem nutricional: Salgadinho de milho 200,00 400,00 600,00 800,00 1.000,00 1.200,00 1.400,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 200,00 400,00 600,00 800,00 1.000,00 1.200,00 1.400,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 100% dos produtos atingiram a meta 2012 89,74% dos produtos anteciparam a meta para 2014
  • 33. Rotulagem nutricional: Batata frita e batata palha 547,58 513,29 490 500 510 520 530 540 550 560 2011 = 22 2013 = 28 2011 = 22 2013 = 28 13,71% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 34. Rotulagem nutricional: Batata frita e batata palha 200,00 400,00 600,00 800,00 1000,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 200,00 400,00 600,00 800,00 1000,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 96,43% dos produtos atingiram a meta 2012 68,00% dos produtos anteciparam a meta para 2014
  • 35. Rotulagem nutricional: Maionese 1063,98 891,27 800 850 900 950 1000 1050 1100 2011 = 31 2013 = 41 2011 = 31 2013 = 41 16,23% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 36. Rotulagem nutricional: Maionese 400,00 600,00 800,00 1000,00 1200,00 1400,00 1600,00 1800,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 400,00 600,00 800,00 1000,00 1200,00 1400,00 1600,00 1800,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 100% dos produtos atingiram a meta 2012 95,12% dos produtos anteciparam a meta para 2014
  • 37. Rotulagem nutricional: Biscoito doce – maisena e maria 359,2 318,22 290 300 310 320 330 340 350 360 370 2011 = 17 2013 = 45 2011 = 17 2013 = 45 11,41% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 38. Rotulagem nutricional: Biscoito doce – maisena e maria 100,00 200,00 300,00 400,00 500,00 600,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 100,00 200,00 300,00 400,00 500,00 600,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 100% dos produtos atingiram a meta 2012 82,22% dos produtos anteciparam a meta para 2014
  • 39. Rotulagem nutricional: Biscoito salgado 695,76 660,39 640 650 660 670 680 690 700 2011 = 39 2013 = 94 2011 = 39 2013 = 94 5,08% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 40. Rotulagem nutricional: Biscoito salgado 0,00 200,00 400,00 600,00 800,00 1000,00 1200,00 1400,00 1600,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 0,00 200,00 400,00 600,00 800,00 1000,00 1200,00 1400,00 1600,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 100% dos produtos atingiram a meta 2012 68,01% dos produtos anteciparam a meta para 2014
  • 41. Rotulagem nutricional: Biscoito doce recheado 259,46 242,65 230 235 240 245 250 255 260 265 2011 = 176 2013 = 198 2011 = 176 2013 = 198 6,48% Teor médio de sódio por 100 gramas de produto 2011 2013 Número de Produtos Avaliados
  • 42. Rotulagem nutricional: Biscoito doce recheado 100,00 300,00 500,00 700,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2011 - Abia 100,00 300,00 500,00 700,00 1 Meta 2012 Meta 2014 Sódio 2013 - Abia 99,5% dos produtos atingiram a meta 2012 77,78% dos produtos anteciparam a meta para 2014
  • 43.  O Ministério da Saúde solicitou ajuste para as empresas que não alcançaram a meta 2012  Prosseguir nas metas de redução de sódio e seu monitoramento para estas e as demais categorias  Importância em avançar na redução do sódio em todo o mercado – alcançar indústrias que não fazem parte do acordo Conclusões e próximos passos Houve redução dos níveis máximos e do nível médio de sódio nas categorias de alimentos pactuadas