O slideshow foi denunciado.
Utilizamos seu perfil e dados de atividades no LinkedIn para personalizar e exibir anúncios mais relevantes. Altere suas preferências de anúncios quando desejar.

Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas

131 visualizações

Publicada em

Apresentação feita por Erika Cavalcanti de Oliveira, no II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde, realizado em Brasília, nos dias 10 e 11 de dezembro de 2019.

Publicada em: Saúde e medicina
  • Login to see the comments

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas

  1. 1. Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas Erika Cavalcanti de Oliveira Hospital de Apoio de Brasília/SES/DF ANCP Centro-Oeste
  2. 2. Unidade de Cuidados Paliativos • Cuidados Paliativos Oncológicos – 19 leitos • Cuidados Paliativos Geriátricos – 10 leitos • Ambulatório de Cuidados Paliativos oncológicos, geriátricos e neurológicos. • Ambulatório interdisciplinar de CP • Serviço interdisciplinar de acolhimento ao enlutado • Parceria com voluntários
  3. 3. Educação em Cuidados Paliativos • Residência em Medicina Paliativa desde 2012 • Residência multiprofissional em Cuidados Paliativos – 2019 • Estágio obrigatório para Residência Medicina de Família e Comunidade SES/DF • Cenário outras residências médicas e multidisciplinares • Graduação • Ligas
  4. 4. Cuidados Paliativos Abordagem que promove a qualidade de vida de pacientes (adultos e crianças) e seus familiares, que enfrentam doenças que ameaçam a vida. Previne e alivia o sofrimento através da identificação precoce, avaliação correta e tratamento da dor e outros sintomas físicos, psicossociais e espirituais. OMS 2017
  5. 5. Cuidados Paliativos Competências que profissionais de saúde desenvolvem para cuidar do sofrimento de pacientes e seus familiares que enfrentam situações de saúde que ameaçam a vida. ANCP 2018
  6. 6. Paciente e família/cuidador Integral e multidimensional Equipe interdisciplinar Princípios bioéticos Comunicação
  7. 7. Quem precisa de Cuidados Paliativos? Doenças cardiovasculares Câncer Doencas pulmonares HIV/AIDS Diabetes WHO
  8. 8. 191 serviços de Cuidados Paliativos ANCP 2019
  9. 9. Cuidado acessível por todos e para todos
  10. 10. Desafios
  11. 11. Integrar Cuidados Paliativos na RAS
  12. 12. "A integração é a única maneira de garantir o acesso do Cuidado Paliativo precoce para maioria das pessoas, o diálogo aberto e o planejamento devem ocorrer na comunidade, nos lares de cuidado e nas enfermarias de hospitais, para que todos que dele necessitem possam se beneficiar. O Cuidado Paliativo precoce é portanto fazer mais pela pessoa, não menos.” Murray, 2013
  13. 13. Como estamos? • PORTARIA Nº 2.436, de 21/09/2017 -Aprova a Política Nacional de Atenção Básica, que insere CUIDADOS PALIATIVOS no conjunto de ações da AB • Resolução No.41 31/10/2018 - Comissão Intergestores Tripartite (CIT) - Dispõe sobre as Diretrizes para organização dos Cuidados Paliativos no SUS – CP devam estar disponíveis em todos os pontos da rede, desde a atenção básica, domiciliar, ambulatorial, hospitalar, urgência e emergência. • ANCP - RECOMENDAÇÕES
  14. 14. Improving patient outcomes through palliative care integration in other specialised health services: what we have learned so far and how can we improve? Ann Palliat Med 2018;
  15. 15. erikancoliveira@gmail.com

×