SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 44
Baixar para ler offline
I-CURSO DE ATENDIMENTO PRÉHOSPITALAR E UTI DO CENTRO DE
ESTUDOS DO HOSPITAL DA
RESTAURAÇÃO

Cuidados de Enfermagem no
Paciente Crítico
Prof. Enf. Fernando Ramos Gonçalves – Msc
Intensivista-HR
1. Trauma: Considerações
Iniciais
O Traumatizado  Prioritário
 Funções Vitais Comprometidas;
 Lesões Orgânicas;
 Medo;
 Angustias.
Atendimento
 Condições Vitais;
 Rápido Diagnóstico;
 Tempo.
Considerações Acerca do Tempo de Atendimento
 Morte Imediatas  Segundos a minutos após

o acidente ( 50% das Mortes)  Lesões do
Tronco Cerebral; Medula Espinhal; Lesões da
Aorta e/ grandes vasos  Como Evitar=
PREVENÇÃO.

 Mortes

Mediatas/Precoces Minutos a
algumas horas
( 30% Mortes), ocorrem
devido
a
hematomas
Cerebrais;
Hemopneumotórax;
Lesões
hepáticas,
Esplênicas e Fraturas Pélvicas provocando
sangramento intenso.
PACIENTES SALVÁVEIS
 Mortes Tardias 

Dias ou Semanas após o
trauma ( 20% das Mortes) Infecções; Falência
Orgânica Qualidade do Atendimento Préhospitalar e Hospitalar.

 A vítima na UTI

Encontra-se na terceira Fase.
Ocorre o estabelecimento de
seqüelas e qualidade de vida

limites entre
2. ABC do Trauma
A-Vias Aéreas e Controle da Coluna Cervical

Fonte: Trauma.org ( Trauma Imagebank)
B-Respiração e Ventilação

Fonte: Sanches, L.M. UNICAMP
C- Circulação com Controle de Hemorragias


Exame Físico, Reposição Volêmica

D- Avaliação do Estado Neurológico



Nível de Consciência
Exame Pupilar

E- Exposição do Paciente com Controle da
hipotermia


Respeito ao Paciente, e prevenção de danos orgânicos provocados pela hipotermia
Avaliação Pupilar

Fonte: Exame Clínico Celmo Celeno Porto
3. A chegada na UTI
Valorizar na história : Cena do trauma, várias
fases da ressuscitação, respostas ao tratamento.
Reavaliação Secundária dirigida a história do
trauma.
Lesões não identificadas / Aparecimento tardio.
O politraumatizado na UTI
Histórico
Conhecimento dos fatos ocorridos
Alergias
Tratamentos
Informações do prontuário
Hábitos
Exame Físico
Subsidiar a assistência de Enfermagem;
Prevenir complicações;
Sistemático e contínuo;
Conhecimento técnico;
4. Monitorizar continuamente
A) Manutenção e controle da coluna
cervical
Colar cervical até descartar lesão cervical;
Mover em bloco;
Fonte: Sanches, L.M. UNICAMP
Olhos de Guaxinim

Sinal de Batlle ( batalha)

Fonte: Trauma.org ( Trauma Imagebank)

Fonte: Trauma.org ( Trauma Imagebank)
B) Avaliação Respiratória Contínua :
Gasometria Arterial
Pneumotórax
Hemotórax
Pneumotórax

Fonte: Arquivo Pessoal Prof. Fernando Ramos
Pneumotórax

Fonte: trauma.org
Enfisema Subcutâneo

Fonte>: Trauma.org
Enfisema Subcutâneo

Fonte: Trauma.org
Hemotórax

Fonte: trauma.org
Trauma por Cinto de Segurança

Fonte: Trauma.org
Lesão por Cinto de Segurança

Fonte: trauma.org
C) Atentar para sinais de sangramento :
Incisões, drenos, lesões, fixadores;
Perfusão periférica, alterações respiratórias
Alterações hemodinâmicas;
Acompanhar exames laboratoriais;
(*Hb/Ht nem sempre acusam hemorragias
imediatas)
Fixador Externo

Fonte: Arquivo Pessoal Prof. Fernando Ramos
Acidente por Serra elétrica

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
D-Distúrbios Hidro-Eletrolíticos
Balanço Hídrico Rigoroso;
Eletrólitos;
Podem perder a auto regulação.
E-Nutrição
Importância da Nutrição precoce;
F- Controle da Dor
Pode explicar:
Alterações respiratórias;
inquietação/Irritabilidade
Decúbito;
Dobras dos lençóis;
Medicar;
Elevar a autoestima
Politraumatizado- Ac. motociclistico

Politraumatizado- Ag. Arma Branca

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
Bexigoma

Isq. Crítica com Necrose MID

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
Litíase Uretral

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
Artefatos na Tomografia Cervical

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
Corpo estranho

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
RX

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
Toracotomia

Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
Fonte: arquivo pessoal Prof. Fernando Ramos
Tecido de Granulação
Trajeto do PAF em Crânio
5. Quem é o Enfermeiro da
UTI?
Integrante e participante da equipe
multiprofissional;
Elo de ligação Paciente-Equipe-família;
Estabilidade Emocional;
Elo de União entre os profissionais;
Respeita e se faz respeitar;
Raciocínio rápido e lógico;
Visão gerencial: recursos humanos,
equipamentos
Realizar procedimentos de maior
complexidade;
Atualização constante do
conhecimento;
Domina o funcionamento dos
equipamentos;
Lidera a equipe de Enfermagem.
Fonte: www.medicinaintensiva.com.br

Fonte: www.medicinaintensiva.com.br
6.Considerações Finais
Instabilidade de paciente e família;
Lesões tardias;
Preocupação com os diversos sistemas
orgânicos;
Manutenção dos padrões vitais;
Se, morte encefálicapreservar os
órgãos: T.A. normal, Hidratação,
Controle da Hipotermia; Ventilação
mecânica, etc.
ASSOCIEM-SE.... FORÇA E UNIÃO NA TERAPIA INTENSIVA

www.amib.org.br

www.sotipe.org.br
“A humildade é o primeiro degrau para a sabedoria”
(Gandhi)

Obrigado pela Atenção!!!!!!

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Período Pós Operatório AULA 7
Período Pós Operatório AULA 7Período Pós Operatório AULA 7
Período Pós Operatório AULA 7Aline Bandeira
 
Períodos Perioperatórios: Pré Operatório AULA 4
Períodos Perioperatórios: Pré Operatório AULA 4Períodos Perioperatórios: Pré Operatório AULA 4
Períodos Perioperatórios: Pré Operatório AULA 4Aline Bandeira
 
Sala de recuperação pós anestésica
Sala de recuperação pós anestésicaSala de recuperação pós anestésica
Sala de recuperação pós anestésicaRivanilcede
 
Tipos de anestesia
Tipos de anestesiaTipos de anestesia
Tipos de anestesiaGarrote Leal
 
Assistencia enfermagem-cirurgica-1
Assistencia enfermagem-cirurgica-1Assistencia enfermagem-cirurgica-1
Assistencia enfermagem-cirurgica-1Heraldo Maia
 
Critérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Critérios de admissão em Unidade de Terapia IntensivaCritérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Critérios de admissão em Unidade de Terapia IntensivaAroldo Gavioli
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoConceição Quirino
 
Montagem, circulação e desmontagem de uma sala de operação (SO) - No Caminho ...
Montagem, circulação e desmontagem de uma sala de operação (SO) - No Caminho ...Montagem, circulação e desmontagem de uma sala de operação (SO) - No Caminho ...
Montagem, circulação e desmontagem de uma sala de operação (SO) - No Caminho ...Lucas Fontes
 
Aula 08 aspiração endotraqueal
Aula 08   aspiração endotraquealAula 08   aspiração endotraqueal
Aula 08 aspiração endotraquealRodrigo Abreu
 
Carro de Emergência
Carro de EmergênciaCarro de Emergência
Carro de Emergênciaresenfe2013
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemDanilo Nunes Anunciação
 
Monitorização do paciente na UTI
Monitorização do paciente na UTIMonitorização do paciente na UTI
Monitorização do paciente na UTIFábio Falcão
 
higiene e conforto do paciente
higiene e conforto do pacientehigiene e conforto do paciente
higiene e conforto do pacienteViviane da Silva
 
Clínica Médica II (parte 1)
Clínica Médica II (parte 1)Clínica Médica II (parte 1)
Clínica Médica II (parte 1)Will Nunes
 

Mais procurados (20)

Período Pós Operatório AULA 7
Período Pós Operatório AULA 7Período Pós Operatório AULA 7
Período Pós Operatório AULA 7
 
Punção venosa.
Punção venosa.Punção venosa.
Punção venosa.
 
Períodos Perioperatórios: Pré Operatório AULA 4
Períodos Perioperatórios: Pré Operatório AULA 4Períodos Perioperatórios: Pré Operatório AULA 4
Períodos Perioperatórios: Pré Operatório AULA 4
 
Sala de recuperação pós anestésica
Sala de recuperação pós anestésicaSala de recuperação pós anestésica
Sala de recuperação pós anestésica
 
Tipos de anestesia
Tipos de anestesiaTipos de anestesia
Tipos de anestesia
 
Assistencia enfermagem-cirurgica-1
Assistencia enfermagem-cirurgica-1Assistencia enfermagem-cirurgica-1
Assistencia enfermagem-cirurgica-1
 
Critérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Critérios de admissão em Unidade de Terapia IntensivaCritérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
Critérios de admissão em Unidade de Terapia Intensiva
 
Aula Central de material Esterilizado
Aula Central de material EsterilizadoAula Central de material Esterilizado
Aula Central de material Esterilizado
 
Montagem, circulação e desmontagem de uma sala de operação (SO) - No Caminho ...
Montagem, circulação e desmontagem de uma sala de operação (SO) - No Caminho ...Montagem, circulação e desmontagem de uma sala de operação (SO) - No Caminho ...
Montagem, circulação e desmontagem de uma sala de operação (SO) - No Caminho ...
 
Hist rico uti
Hist rico utiHist rico uti
Hist rico uti
 
Aula 08 aspiração endotraqueal
Aula 08   aspiração endotraquealAula 08   aspiração endotraqueal
Aula 08 aspiração endotraqueal
 
Carro de Emergência
Carro de EmergênciaCarro de Emergência
Carro de Emergência
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagem
 
Monitorização do paciente na UTI
Monitorização do paciente na UTIMonitorização do paciente na UTI
Monitorização do paciente na UTI
 
CCIH
CCIHCCIH
CCIH
 
Uti
UtiUti
Uti
 
higiene e conforto do paciente
higiene e conforto do pacientehigiene e conforto do paciente
higiene e conforto do paciente
 
Sala de recuperação
Sala de recuperaçãoSala de recuperação
Sala de recuperação
 
Aula acessos venosos
Aula acessos venososAula acessos venosos
Aula acessos venosos
 
Clínica Médica II (parte 1)
Clínica Médica II (parte 1)Clínica Médica II (parte 1)
Clínica Médica II (parte 1)
 

Destaque

15118905 monitorizacao-invasiva-e-nao-invasiva
15118905 monitorizacao-invasiva-e-nao-invasiva15118905 monitorizacao-invasiva-e-nao-invasiva
15118905 monitorizacao-invasiva-e-nao-invasivaMateus Camargo
 
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI SlidesHumanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI SlidesCleiton Ribeiro Alves
 
Semiologia aplicada ao paciente grave
Semiologia aplicada ao paciente graveSemiologia aplicada ao paciente grave
Semiologia aplicada ao paciente graveYuri Assis
 
Uti - PLANEJAMENTO FÍSICO
Uti - PLANEJAMENTO FÍSICOUti - PLANEJAMENTO FÍSICO
Uti - PLANEJAMENTO FÍSICOGibran Neves
 
Apostila completa uti
Apostila completa   utiApostila completa   uti
Apostila completa utiElisama Cruz
 
Abordagem inicial ao paciente grave
Abordagem inicial ao paciente graveAbordagem inicial ao paciente grave
Abordagem inicial ao paciente graveLAEC UNIVAG
 
Monitorização a beira do leito
Monitorização a beira do leitoMonitorização a beira do leito
Monitorização a beira do leitoresenfe2013
 
Avaliação paciente grave
Avaliação paciente graveAvaliação paciente grave
Avaliação paciente gravePatriciaZen
 
Cuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Cuidados De Enfermagem Em Uti PediátricaCuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Cuidados De Enfermagem Em Uti PediátricaRenato Bach
 
Abordagem diagnóstica ao paciente crítico com distúrbios respiratórios enfe...
Abordagem diagnóstica ao paciente crítico com distúrbios respiratórios   enfe...Abordagem diagnóstica ao paciente crítico com distúrbios respiratórios   enfe...
Abordagem diagnóstica ao paciente crítico com distúrbios respiratórios enfe...Aroldo Gavioli
 
Terapia Nutricional Em Uti Final
Terapia Nutricional Em Uti    FinalTerapia Nutricional Em Uti    Final
Terapia Nutricional Em Uti Finalgalegoo
 
Assistência ao paciente cardíaco POI
Assistência ao paciente cardíaco POIAssistência ao paciente cardíaco POI
Assistência ao paciente cardíaco POIRaquelzinha Vales
 
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Tezin Maciel
 
Marcadores e ferramentas para avaliar a funcionalidade no Paciente Crítico
Marcadores e ferramentas para avaliar a funcionalidade no Paciente CríticoMarcadores e ferramentas para avaliar a funcionalidade no Paciente Crítico
Marcadores e ferramentas para avaliar a funcionalidade no Paciente CríticoCaio Veloso da Costa, ICU-PT
 

Destaque (20)

AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTI
AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTIAVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTI
AVALIAÇÃO FISIOTERAPÊUTICA EM UTI
 
Curso UTI adulto
Curso UTI adulto Curso UTI adulto
Curso UTI adulto
 
15118905 monitorizacao-invasiva-e-nao-invasiva
15118905 monitorizacao-invasiva-e-nao-invasiva15118905 monitorizacao-invasiva-e-nao-invasiva
15118905 monitorizacao-invasiva-e-nao-invasiva
 
Aula 1 o ..
Aula 1 o ..Aula 1 o ..
Aula 1 o ..
 
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI SlidesHumanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
Humanização em Unidade de Terapia Intensiva UTI Slides
 
Semiologia aplicada ao paciente grave
Semiologia aplicada ao paciente graveSemiologia aplicada ao paciente grave
Semiologia aplicada ao paciente grave
 
Uti - PLANEJAMENTO FÍSICO
Uti - PLANEJAMENTO FÍSICOUti - PLANEJAMENTO FÍSICO
Uti - PLANEJAMENTO FÍSICO
 
Apostila completa uti
Apostila completa   utiApostila completa   uti
Apostila completa uti
 
Abordagem inicial ao paciente grave
Abordagem inicial ao paciente graveAbordagem inicial ao paciente grave
Abordagem inicial ao paciente grave
 
Guia Paciente Critico
Guia Paciente CriticoGuia Paciente Critico
Guia Paciente Critico
 
Monitorização a beira do leito
Monitorização a beira do leitoMonitorização a beira do leito
Monitorização a beira do leito
 
Princípios da Assistência Ventilatória - UTI
Princípios da Assistência Ventilatória - UTIPrincípios da Assistência Ventilatória - UTI
Princípios da Assistência Ventilatória - UTI
 
Avaliação paciente grave
Avaliação paciente graveAvaliação paciente grave
Avaliação paciente grave
 
Cuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Cuidados De Enfermagem Em Uti PediátricaCuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
Cuidados De Enfermagem Em Uti Pediátrica
 
Cateterismo vesical
Cateterismo vesicalCateterismo vesical
Cateterismo vesical
 
Abordagem diagnóstica ao paciente crítico com distúrbios respiratórios enfe...
Abordagem diagnóstica ao paciente crítico com distúrbios respiratórios   enfe...Abordagem diagnóstica ao paciente crítico com distúrbios respiratórios   enfe...
Abordagem diagnóstica ao paciente crítico com distúrbios respiratórios enfe...
 
Terapia Nutricional Em Uti Final
Terapia Nutricional Em Uti    FinalTerapia Nutricional Em Uti    Final
Terapia Nutricional Em Uti Final
 
Assistência ao paciente cardíaco POI
Assistência ao paciente cardíaco POIAssistência ao paciente cardíaco POI
Assistência ao paciente cardíaco POI
 
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
Humanização na Unidade de terapia intensiva (UTI)
 
Marcadores e ferramentas para avaliar a funcionalidade no Paciente Crítico
Marcadores e ferramentas para avaliar a funcionalidade no Paciente CríticoMarcadores e ferramentas para avaliar a funcionalidade no Paciente Crítico
Marcadores e ferramentas para avaliar a funcionalidade no Paciente Crítico
 

Semelhante a Cuidados críticos no trauma

Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoFagner Athayde
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadorozenaisna
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadorozenaisna
 
Atendimento inicial-politraumatizadofinal-141025012159-conversion-gate01
Atendimento inicial-politraumatizadofinal-141025012159-conversion-gate01Atendimento inicial-politraumatizadofinal-141025012159-conversion-gate01
Atendimento inicial-politraumatizadofinal-141025012159-conversion-gate01Dina Alves
 
Clinica Cirurgica_ Aula Cirurgia Ortopédica - Copia.pptx
Clinica Cirurgica_ Aula Cirurgia Ortopédica - Copia.pptxClinica Cirurgica_ Aula Cirurgia Ortopédica - Copia.pptx
Clinica Cirurgica_ Aula Cirurgia Ortopédica - Copia.pptxEduardoMachado69756
 
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...Dina Alves
 
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracicoTraumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracicoEdison Santos
 
Lesoes Traumaticas No Spa Maj Jose
Lesoes Traumaticas No Spa   Maj JoseLesoes Traumaticas No Spa   Maj Jose
Lesoes Traumaticas No Spa Maj Joseaidamehanna
 
39 complicações cirurgia de cp
39   complicações cirurgia de cp39   complicações cirurgia de cp
39 complicações cirurgia de cpONCOcare
 
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.pptATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.pptRaynerXavier1
 
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.pptATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.pptNaylson Rodrigues
 
Atendimento pré hospitalar
Atendimento pré hospitalarAtendimento pré hospitalar
Atendimento pré hospitalarNailtonBelo
 

Semelhante a Cuidados críticos no trauma (20)

Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
 
Atendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizadoAtendimento inicial ao politraumatizado
Atendimento inicial ao politraumatizado
 
Acidentedetransito1
Acidentedetransito1Acidentedetransito1
Acidentedetransito1
 
Atendimento inicial-politraumatizadofinal-141025012159-conversion-gate01
Atendimento inicial-politraumatizadofinal-141025012159-conversion-gate01Atendimento inicial-politraumatizadofinal-141025012159-conversion-gate01
Atendimento inicial-politraumatizadofinal-141025012159-conversion-gate01
 
Clinica Cirurgica_ Aula Cirurgia Ortopédica - Copia.pptx
Clinica Cirurgica_ Aula Cirurgia Ortopédica - Copia.pptxClinica Cirurgica_ Aula Cirurgia Ortopédica - Copia.pptx
Clinica Cirurgica_ Aula Cirurgia Ortopédica - Copia.pptx
 
Trabalho 2023.ppsx
Trabalho 2023.ppsxTrabalho 2023.ppsx
Trabalho 2023.ppsx
 
Trabalho.pdf
Trabalho.pdfTrabalho.pdf
Trabalho.pdf
 
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
Assistnciadeenfermagemaopacientepolitraumatizadoequeimadoadultoiii 1206290842...
 
traumatorax.ppt
traumatorax.ppttraumatorax.ppt
traumatorax.ppt
 
Traumatorax
TraumatoraxTraumatorax
Traumatorax
 
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracicoTraumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
Traumatorax 140204060457-phpapp02.ppt-senac iraja trauma toracico
 
Traumatorax
TraumatoraxTraumatorax
Traumatorax
 
Lesoes Traumaticas No Spa Maj Jose
Lesoes Traumaticas No Spa   Maj JoseLesoes Traumaticas No Spa   Maj Jose
Lesoes Traumaticas No Spa Maj Jose
 
39 complicações cirurgia de cp
39   complicações cirurgia de cp39   complicações cirurgia de cp
39 complicações cirurgia de cp
 
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.pptATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
 
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.pptATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
ATENDIMENTOINICIALAOPOLITRAUMATIZADO.ppt
 
Atendimento pré hospitalar
Atendimento pré hospitalarAtendimento pré hospitalar
Atendimento pré hospitalar
 
4 aula trauma.pdf
4 aula trauma.pdf4 aula trauma.pdf
4 aula trauma.pdf
 
Politraumas
PolitraumasPolitraumas
Politraumas
 

Mais de Edison Santos

Atendimentoaocliente hospital-130827114618-phpapp02.pdf-enfermagem caxias edison
Atendimentoaocliente hospital-130827114618-phpapp02.pdf-enfermagem caxias edisonAtendimentoaocliente hospital-130827114618-phpapp02.pdf-enfermagem caxias edison
Atendimentoaocliente hospital-130827114618-phpapp02.pdf-enfermagem caxias edisonEdison Santos
 
Boletins ostensivos 2014 08_bol149_20ago14
Boletins ostensivos 2014 08_bol149_20ago14Boletins ostensivos 2014 08_bol149_20ago14
Boletins ostensivos 2014 08_bol149_20ago14Edison Santos
 
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-irajaAssistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-irajaEdison Santos
 
Avc 090616212935-phpapp01--edison iraja
Avc 090616212935-phpapp01--edison irajaAvc 090616212935-phpapp01--edison iraja
Avc 090616212935-phpapp01--edison irajaEdison Santos
 
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-irajaAssistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-irajaEdison Santos
 
Po sondagem nasogastrica-nasoenteral_2012.pdf-edison
Po sondagem nasogastrica-nasoenteral_2012.pdf-edisonPo sondagem nasogastrica-nasoenteral_2012.pdf-edison
Po sondagem nasogastrica-nasoenteral_2012.pdf-edisonEdison Santos
 
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacosEdison Santos
 
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noite
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noiteSm sus.pdf caps saude mental iraja-noite
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noiteEdison Santos
 
Bietica enfermagem politecnico
Bietica enfermagem politecnicoBietica enfermagem politecnico
Bietica enfermagem politecnicoEdison Santos
 
Protocolotrauma mg.pdf iraja noite
Protocolotrauma mg.pdf iraja noiteProtocolotrauma mg.pdf iraja noite
Protocolotrauma mg.pdf iraja noiteEdison Santos
 

Mais de Edison Santos (12)

Atendimentoaocliente hospital-130827114618-phpapp02.pdf-enfermagem caxias edison
Atendimentoaocliente hospital-130827114618-phpapp02.pdf-enfermagem caxias edisonAtendimentoaocliente hospital-130827114618-phpapp02.pdf-enfermagem caxias edison
Atendimentoaocliente hospital-130827114618-phpapp02.pdf-enfermagem caxias edison
 
centro cirurgico
centro cirurgicocentro cirurgico
centro cirurgico
 
Boletins ostensivos 2014 08_bol149_20ago14
Boletins ostensivos 2014 08_bol149_20ago14Boletins ostensivos 2014 08_bol149_20ago14
Boletins ostensivos 2014 08_bol149_20ago14
 
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-irajaAssistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
 
Avc 090616212935-phpapp01--edison iraja
Avc 090616212935-phpapp01--edison irajaAvc 090616212935-phpapp01--edison iraja
Avc 090616212935-phpapp01--edison iraja
 
Formulario senac
Formulario senacFormulario senac
Formulario senac
 
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-irajaAssistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
Assistenciaenfermagemicc 111031125331-phpapp02.pp-iraja
 
Po sondagem nasogastrica-nasoenteral_2012.pdf-edison
Po sondagem nasogastrica-nasoenteral_2012.pdf-edisonPo sondagem nasogastrica-nasoenteral_2012.pdf-edison
Po sondagem nasogastrica-nasoenteral_2012.pdf-edison
 
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
5 assistência+de+enfermagem+ao+paciente+com+distúrbios+cardíacos
 
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noite
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noiteSm sus.pdf caps saude mental iraja-noite
Sm sus.pdf caps saude mental iraja-noite
 
Bietica enfermagem politecnico
Bietica enfermagem politecnicoBietica enfermagem politecnico
Bietica enfermagem politecnico
 
Protocolotrauma mg.pdf iraja noite
Protocolotrauma mg.pdf iraja noiteProtocolotrauma mg.pdf iraja noite
Protocolotrauma mg.pdf iraja noite
 

Cuidados críticos no trauma