SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 32
A Segurança do Paciente
na Construção Social da APS
Atenção às Condições Crônicas
Érika Souza
Edna Ferreira Santos
Coordenadoria Geral de Atenção Primária
da Área de Planejamento 3.1
Área de Planejamento
3.1
Área de Planificação no Município
e Estado do Rio de Janeiro
Cultura e Estratégia desalinhada
Os valores não são claramente entendidos
Resistência à mudança
Inovação estagnada
Liderança pouco desenvolvida
Frustração com os processos
Alta taxa de turnover
Sofrimento na performance
Profissionais desengajados
Nosso Desafio...
Planificação da Atenção à Saúde
uma ferramenta de gestão
no Município do Rio de janeiro - AP 3.1
Estruturando os Processos da APS
Segurança do Paciente
na Atenção Primária à Saúde
Qualificando os Processos da APS
Muitas oportunidades...
Tornar Visível o
seu Mundo Invisível...
Escrevendo
2018
Agosto
2018
Outubro
2019
Fevereiro
2019
Abril 2019
Junho
Elaboração dos Guias da oficinas
2019
Setembro 2019
Novembro
Marcando
A vida como ela é...
Vivendo a
Vivendo a
Multiplicando Conhecimento
Considerando que...
The Health Foundation estimou que cerca de 1-2% das consultas de
cuidados primários podem redundar em incidentes, causados por
erros, sendo os mais comuns os relacionados à medicação e à
comunicação.
Como
podemos
criar
barreiras?
Quais são
as falhas
na APS?
Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS
Uso seguro de medicamentos
Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS
Transição do Cuidado
Homem, 40 anos, ele e toda
família com questões
importantes de saúde mental,
sofre um acidente e encontra-se
atualmente com uma placa e um
quadro de osteomielite crônica.
Mulher, 54 anos, sem moradia
fixa, sobrevive recolhendo
materiais recicláveis na rua,
diabética, insulinodependente,
com amputação transtársica em
MIE, lesão em coto do MIE.
Realizado enxertia.
Profissional realiza o
desbridamento da enxertia
acreditando ser uma necrose.
RN nasce com sífilis congênita e
a mãe havia realizado teste
rápido positivo para sífilis,
iniciou o tratamento, mas se
mudou para outro território da
mesma unidade, perdeu o
cartão na mudança e não deu
continuidade ao tratamento.
RN com sequelas graves.
Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS
Comunicação Efetiva
Homem, idoso, acamado
desospitalizado com com lesão por
pressão em região sacra grau 3.
Realizado interlocução com a
Assessoria Técnica DCNT/DAPS/CAP
3.1, PADI e Equipe.
21/08 09/09
Mulher, 50 anos, tratada como TB e
após 6 meses de tratamento
identificam que não era TB e sim um
Câncer de mama com metástase no
pulmão.
17/10
33 dias24 dias
Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS
Defesas
Procedimentos e Diretrizes Barreiras Físicas Educação Continuada Cultura Organizacional
Consolidar Processos os
Macro e Microprocessos da
APS
Qualificar os sistemas
e tecnologias
Qualificar a equipe
Fortalecer a cultura,
trabalhar a liderança
O Processo de Construção Social da APS
Macroprocesso da APS
Territorialização
Registro clínico - Prontuário Protocolo Clínico
Programação da Atenção
Gestão da Condição de Saúde
para as condições crônicas
Agenda da equipe de saúde
Gestão de Pessoas
Educação Permanente
Gestão de Caso
Gerenciamento de Resíduo
Planejamento Local
Gestão de qualidade
Monitoramento e Avaliação
Processo
Estratégicos
Gerenciais
Plano de cuidados
Imunização
Classificação de risco para urgência e
emergência
Ação de vigilância em saúde
Estratificação de risco para a condição crônica
Cadastramento
Atenção à condição aguda
Atenção à condição crônica (por ciclo de vida,
patologias, condições)
Classificação de Risco da Famílias
Educação em saúde
Farmácia clínica
ProcessosFinalísticos
E
N
T
R
A
D
A
S
A
Í
D
A
Agendamento de consultas
e procedimentos
especializados
Assistência farmacêutica
Sistema de Informação
Apoio diagnóstico
Suprimento e estoque de
materiais de insumo
Transporte Sanitário
Manutenção predial e de
equipamentos
Controle Patrimonial
Limpeza e higiene
Processo
Estratégicos
Gerenciais
Macroprocesso da APS
Territorialização
Registro clínico - Prontuário Protocolo Clínico
Programação da Atenção
Gestão da Condição de Saúde
para as condições crônicas
Agenda da equipe de saúde
Gestão de Pessoas
Educação Permanente
Gestão de Caso
Gerenciamento de Resíduo
Planejamento Local
Gestão de qualidade
Monitoramento e Avaliação
Processo
Estratégicos
Gerenciais
Plano de cuidados
Imunização
Classificação de risco para urgência e
emergência
Ação de vigilância em saúde
Estratificação de risco para a condição crônica
Cadastramento
Atenção à condição aguda
Atenção à condição crônica (por ciclo de vida,
patologias, condições)
Classificação de Risco da Famílias
Educação em saúde
Farmácia clínica
ProcessosFinalísticos
E
N
T
R
A
D
A
S
A
Í
D
A
Agendamento de consultas
e procedimentos
especializados
Assistência farmacêutica
Sistema de Informação
Apoio diagnóstico
Suprimento e estoque de
materiais de insumo
Transporte Sanitário
Manutenção predial e de
equipamentos
Controle Patrimonial
Limpeza e higiene
Processo
Estratégicos
Gerenciais
Microprocesso da APS
Microprocessos básicos
Abordagem inicial do usuário
Recepção
Fluxos internos
Vacinação
Curativo
Farmácia
Dispensação de medicamentos controlados e
não controlados
Coleta de exames
Procedimentos terapêuticos
Aferição de pressão arterial
Aferição de glicemia capilar
Prontuário eletrônico
Microprocessos básicos relativos à segurança
Higienização e limpeza
Higienização das mãos
Esterilização
Gerenciamento de resíduos
Microprocesso da APS
Microprocessos básicos
Abordagem inicial do usuário
Recepção
Fluxos internos
Vacinação
Curativo
Farmácia
Dispensação de medicamentos controlados e
não controlados
Coleta de exames
Procedimentos terapêuticos
Aferição de pressão arterial
Aferição de glicemia capilar
Prontuário eletrônico
Microprocessos básicos relativos à segurança
Higienização e limpeza
Higienização das mãos
Esterilização
Gerenciamento de resíduos
SAE
Metas de Segurança - Proposta adaptada para APS
Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS
Cadastro correto
Escuta
qualificada para
entender a
demanda
Direcionamento
assertivo
Transição do cuidado
com responsabilidade e
comunicação efetiva
Estratificação de
Risco da Pessoa
com Condição
Crônica
Fazer o que tem
que ser feito, da
forma como tem
que ser feito
Boas Práticas que
reduzam o risco
de infecções
relacionadas à
Assistência à
Saúde
Cuidador como
parceiro do
cuidado
Assistência e
Cuidado
Farmacêutico
Ambiente Seguro
nos pontos de
atenção
Comunicação
efetiva
Adaptação para a APS
Projetos
Projeto de Cuidados de Pessoas
com Lesão na APS
Projeto Oxigênioterapiana APS
Gestão Estratégica
DAPS/NIR/NAF - CAP 3.1
Projeto de Porta de Entrada Projeto de Estratificação de Risco de
Condição crônica
SAE na APS - Estruturando
Microprocessos na APS
Projetos
Segurança do Paciente na APS
Nascer,
Crescer e
Envelhecer
na AP 3.1
Para que gestantes vejam seus filhos crescerem...
DAPS/NAF/NIR - CAP 3.1 - 2019
Segurança do Paciente na APS
Nascer,
Crescer e
Envelhecer
na AP 3.1
Para que as crianças cresçam...
DAPS/NAF/NIR - CAP 3.1 - 2019
Segurança do Paciente na APS
Bom mesmo é quando nos olhamos por inteiro e descobrimos que
somos mais leves do que o peso das dificuldades
e mais fortes que qualquer pedra no caminho.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Apresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoApresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoFelipe Cavalcanti
 
Rede de Atenção à Saúde
Rede de Atenção à SaúdeRede de Atenção à Saúde
Rede de Atenção à Saúdeferaps
 
Cuidados Paliativos - Menos é mais, Um enfoque sobre o custo da obstinação te...
Cuidados Paliativos - Menos é mais, Um enfoque sobre o custo da obstinação te...Cuidados Paliativos - Menos é mais, Um enfoque sobre o custo da obstinação te...
Cuidados Paliativos - Menos é mais, Um enfoque sobre o custo da obstinação te...Marcelo Palmier
 
Cuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalizaçãoCuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalizaçãoHIAGO SANTOS
 
Biosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagemBiosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagemGabriela Montargil
 
Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem ppt
Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem pptAula 5 metodologia do planejamento em enfermagem ppt
Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem pptIsmael Costa
 
Saude da familia
Saude da familiaSaude da familia
Saude da familiakarensuelen
 
higiene e conforto do paciente
higiene e conforto do pacientehigiene e conforto do paciente
higiene e conforto do pacienteViviane da Silva
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemDanilo Nunes Anunciação
 
8 infecção hospitalar e ccih
8   infecção hospitalar e ccih8   infecção hospitalar e ccih
8 infecção hospitalar e ccihLarissa Paulo
 
Atendimento domiciliar do idoso
Atendimento domiciliar do idosoAtendimento domiciliar do idoso
Atendimento domiciliar do idosoNatha Fisioterapia
 
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]Gessyca Antonia
 
Aula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaAula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaRicardo Augusto
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasilkellyschorro18
 
Aula cultura de_seguranca
Aula cultura de_segurancaAula cultura de_seguranca
Aula cultura de_segurancaProqualis
 
Segurança do paciente e gerencimento de risco (slide)
Segurança do paciente e gerencimento de risco (slide)Segurança do paciente e gerencimento de risco (slide)
Segurança do paciente e gerencimento de risco (slide)JONAS ARAUJO
 
Hospitalização infantil de 0 a 17 anos
Hospitalização infantil de  0 a 17 anosHospitalização infantil de  0 a 17 anos
Hospitalização infantil de 0 a 17 anosMichelle Santos
 

Mais procurados (20)

Apresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimentoApresentação sobre acolhimento
Apresentação sobre acolhimento
 
Rede de Atenção à Saúde
Rede de Atenção à SaúdeRede de Atenção à Saúde
Rede de Atenção à Saúde
 
Cuidados Paliativos - Menos é mais, Um enfoque sobre o custo da obstinação te...
Cuidados Paliativos - Menos é mais, Um enfoque sobre o custo da obstinação te...Cuidados Paliativos - Menos é mais, Um enfoque sobre o custo da obstinação te...
Cuidados Paliativos - Menos é mais, Um enfoque sobre o custo da obstinação te...
 
Cuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalizaçãoCuidados a criança durante hospitalização
Cuidados a criança durante hospitalização
 
Biosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagemBiosegurança nas ações de enfermagem
Biosegurança nas ações de enfermagem
 
Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem ppt
Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem pptAula 5 metodologia do planejamento em enfermagem ppt
Aula 5 metodologia do planejamento em enfermagem ppt
 
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEMSAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
SAÚDE DA MULHER: ENFERMAGEM
 
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEMSAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
SAÚDE DO IDOSO: ENFERMAGEM
 
Saude da familia
Saude da familiaSaude da familia
Saude da familia
 
higiene e conforto do paciente
higiene e conforto do pacientehigiene e conforto do paciente
higiene e conforto do paciente
 
Sistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagemSistematização da assistência de enfermagem
Sistematização da assistência de enfermagem
 
8 infecção hospitalar e ccih
8   infecção hospitalar e ccih8   infecção hospitalar e ccih
8 infecção hospitalar e ccih
 
Atendimento domiciliar do idoso
Atendimento domiciliar do idosoAtendimento domiciliar do idoso
Atendimento domiciliar do idoso
 
Apresentação atenção básica esf
Apresentação atenção básica   esfApresentação atenção básica   esf
Apresentação atenção básica esf
 
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
2a.e 3a. aula_infecção_hospitalar[1]
 
Aula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergênciaAula 1 - Urgência e emergência
Aula 1 - Urgência e emergência
 
Aula 1 politicas de saude no brasil
Aula 1   politicas de saude no brasilAula 1   politicas de saude no brasil
Aula 1 politicas de saude no brasil
 
Aula cultura de_seguranca
Aula cultura de_segurancaAula cultura de_seguranca
Aula cultura de_seguranca
 
Segurança do paciente e gerencimento de risco (slide)
Segurança do paciente e gerencimento de risco (slide)Segurança do paciente e gerencimento de risco (slide)
Segurança do paciente e gerencimento de risco (slide)
 
Hospitalização infantil de 0 a 17 anos
Hospitalização infantil de  0 a 17 anosHospitalização infantil de  0 a 17 anos
Hospitalização infantil de 0 a 17 anos
 

Semelhante a A Segurança do Paciente na Construção Social da APS

Cultura de la Seguridad del Paciente
Cultura de la Seguridad del PacienteCultura de la Seguridad del Paciente
Cultura de la Seguridad del PacienteCmp Consejo Nacional
 
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial_Etapa 1.pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial_Etapa 1.pptxApresentação Padrão - Oficina Tutorial_Etapa 1.pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial_Etapa 1.pptxdanielydias8
 
AngéLica Sanchez Aga Multidisciplinar Aula VersãO Do Editor 16 02 2008
AngéLica Sanchez   Aga Multidisciplinar   Aula   VersãO Do Editor   16 02 2008AngéLica Sanchez   Aga Multidisciplinar   Aula   VersãO Do Editor   16 02 2008
AngéLica Sanchez Aga Multidisciplinar Aula VersãO Do Editor 16 02 2008Carloscardinale
 
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF
 
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE.pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE.pptxApresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE.pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE.pptxCoachCharlesBSilva
 
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE (1).pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE (1).pptxApresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE (1).pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE (1).pptxCoachCharlesBSilva
 
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE(1).pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE(1).pptxApresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE(1).pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE(1).pptxCETEC
 
Aula sobre notificação e análise de incidentes
Aula sobre notificação e análise de incidentesAula sobre notificação e análise de incidentes
Aula sobre notificação e análise de incidentesProqualis
 
Minicurso inovacao tecnologia da informacao e saude final
Minicurso inovacao tecnologia da informacao e saude finalMinicurso inovacao tecnologia da informacao e saude final
Minicurso inovacao tecnologia da informacao e saude finalFilipe Cavalcante
 
A gestao do risco hospitalar
A gestao do risco hospitalar A gestao do risco hospitalar
A gestao do risco hospitalar Renatbar
 

Semelhante a A Segurança do Paciente na Construção Social da APS (20)

Cultura de la Seguridad del Paciente
Cultura de la Seguridad del PacienteCultura de la Seguridad del Paciente
Cultura de la Seguridad del Paciente
 
Higienização das mãos
Higienização das mãos Higienização das mãos
Higienização das mãos
 
Elena bohomol
Elena bohomolElena bohomol
Elena bohomol
 
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial_Etapa 1.pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial_Etapa 1.pptxApresentação Padrão - Oficina Tutorial_Etapa 1.pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial_Etapa 1.pptx
 
Ressumo do ary professora karol
Ressumo do ary  professora karolRessumo do ary  professora karol
Ressumo do ary professora karol
 
AngéLica Sanchez Aga Multidisciplinar Aula VersãO Do Editor 16 02 2008
AngéLica Sanchez   Aga Multidisciplinar   Aula   VersãO Do Editor   16 02 2008AngéLica Sanchez   Aga Multidisciplinar   Aula   VersãO Do Editor   16 02 2008
AngéLica Sanchez Aga Multidisciplinar Aula VersãO Do Editor 16 02 2008
 
O papel das lideranças na melhoria do desempenho das equipes nov 16
 O papel das lideranças na melhoria do desempenho das equipes nov 16 O papel das lideranças na melhoria do desempenho das equipes nov 16
O papel das lideranças na melhoria do desempenho das equipes nov 16
 
Boas práticas da gestão na saúde - Dr. Renato Sabatinni
Boas práticas da gestão na saúde - Dr. Renato SabatinniBoas práticas da gestão na saúde - Dr. Renato Sabatinni
Boas práticas da gestão na saúde - Dr. Renato Sabatinni
 
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDELATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
LATEC - UFF. A INFORMAÇÃO E AS BOAS PRÁTICAS DA GESTÃO NA SAÚDE
 
A ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
A ORGANIZAÇÃO  DA  ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE:  A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZAA ORGANIZAÇÃO  DA  ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE:  A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
A ORGANIZAÇÃO DA ATENÇÃO PRIMÁRIA A SAÚDE: A EXPERIÊNCIA DE FORTALEZA
 
Indicadores Perú 2014
Indicadores Perú 2014  Indicadores Perú 2014
Indicadores Perú 2014
 
Apresentação wagner fulgêncio papel da aps nas redes - ses
Apresentação wagner fulgêncio   papel da aps nas redes - sesApresentação wagner fulgêncio   papel da aps nas redes - ses
Apresentação wagner fulgêncio papel da aps nas redes - ses
 
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - SobrediagnósticoPrevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
Prevenção Quaternária - Sobrediagnóstico
 
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE.pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE.pptxApresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE.pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE.pptx
 
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE (1).pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE (1).pptxApresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE (1).pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE (1).pptx
 
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE(1).pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE(1).pptxApresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE(1).pptx
Apresentação Padrão - Oficina Tutorial 9 AAE(1).pptx
 
Aula sobre notificação e análise de incidentes
Aula sobre notificação e análise de incidentesAula sobre notificação e análise de incidentes
Aula sobre notificação e análise de incidentes
 
Minicurso inovacao tecnologia da informacao e saude final
Minicurso inovacao tecnologia da informacao e saude finalMinicurso inovacao tecnologia da informacao e saude final
Minicurso inovacao tecnologia da informacao e saude final
 
Puericultura em Angola
Puericultura em AngolaPuericultura em Angola
Puericultura em Angola
 
A gestao do risco hospitalar
A gestao do risco hospitalar A gestao do risco hospitalar
A gestao do risco hospitalar
 

Mais de Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS

Mais de Conselho Nacional de Secretários de Saúde - CONASS (20)

Modelo de Distanciamento Controlado - Rio Grande do Sul
Modelo de Distanciamento Controlado - Rio Grande do SulModelo de Distanciamento Controlado - Rio Grande do Sul
Modelo de Distanciamento Controlado - Rio Grande do Sul
 
O enfrentamento da Covid-19 pela Atenção Primária à Saúde em Uberlândia, Mina...
O enfrentamento da Covid-19 pela Atenção Primária à Saúde em Uberlândia, Mina...O enfrentamento da Covid-19 pela Atenção Primária à Saúde em Uberlândia, Mina...
O enfrentamento da Covid-19 pela Atenção Primária à Saúde em Uberlândia, Mina...
 
Banners – II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde
Banners – II Seminário da Planificação da Atenção à SaúdeBanners – II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde
Banners – II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde
 
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
A introdução de novas tecnologias para o manejo das condições crônicas na UBS...
 
PIMENTEIRAS DO OESTE - RO
PIMENTEIRAS DO OESTE - ROPIMENTEIRAS DO OESTE - RO
PIMENTEIRAS DO OESTE - RO
 
CHECKLIST DA IMUNIZAÇÃO: um instrumento de melhoria e monitoramento do proces...
CHECKLIST DA IMUNIZAÇÃO: um instrumento de melhoria e monitoramento do proces...CHECKLIST DA IMUNIZAÇÃO: um instrumento de melhoria e monitoramento do proces...
CHECKLIST DA IMUNIZAÇÃO: um instrumento de melhoria e monitoramento do proces...
 
Da adesão aos resultados esperados no PlanificaSUS: um olhar sobre a importân...
Da adesão aos resultados esperados no PlanificaSUS: um olhar sobre a importân...Da adesão aos resultados esperados no PlanificaSUS: um olhar sobre a importân...
Da adesão aos resultados esperados no PlanificaSUS: um olhar sobre a importân...
 
INCORPORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INOVADORAS NO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DA ATENÇÃO...
INCORPORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INOVADORAS NO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DA ATENÇÃO...INCORPORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INOVADORAS NO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DA ATENÇÃO...
INCORPORAÇÃO DE ESTRATÉGIAS INOVADORAS NO PROCESSO DE PLANIFICAÇÃO DA ATENÇÃO...
 
Melhorias na Unidade Laboratório do município de Pimenta Bueno/RO após a plan...
Melhorias na Unidade Laboratório do município de Pimenta Bueno/RO após a plan...Melhorias na Unidade Laboratório do município de Pimenta Bueno/RO após a plan...
Melhorias na Unidade Laboratório do município de Pimenta Bueno/RO após a plan...
 
Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
Guia do Pré-Natal na Atenção Básica: a Planificação da Atenção à Saúde como E...
 
Jornada Interdisciplinar em Diabetes, Obesidade e Hipertensão
Jornada Interdisciplinar em Diabetes, Obesidade e HipertensãoJornada Interdisciplinar em Diabetes, Obesidade e Hipertensão
Jornada Interdisciplinar em Diabetes, Obesidade e Hipertensão
 
Estratégias de Melhoria no Processo de Planificação da Região Leste do DF
Estratégias de Melhoria no Processo de Planificação da Região Leste do DFEstratégias de Melhoria no Processo de Planificação da Região Leste do DF
Estratégias de Melhoria no Processo de Planificação da Região Leste do DF
 
Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas
Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicasCuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas
Cuidados Paliativos no contexto do avanço das condições crônicas
 
Sala de Situação Regional de Saúde Sudoeste I
Sala de Situação  Regional de Saúde  Sudoeste I Sala de Situação  Regional de Saúde  Sudoeste I
Sala de Situação Regional de Saúde Sudoeste I
 
Por um cuidado certo - Sociedade Brasileira de Diabetes
Por um cuidado certo - Sociedade Brasileira de DiabetesPor um cuidado certo - Sociedade Brasileira de Diabetes
Por um cuidado certo - Sociedade Brasileira de Diabetes
 
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no BrasilO pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
O pediatra e sua presença na Assistência no Brasil
 
Notas Técnicas para Organização das Redes de Atenção à Saúde
Notas Técnicas para Organização das Redes de Atenção à SaúdeNotas Técnicas para Organização das Redes de Atenção à Saúde
Notas Técnicas para Organização das Redes de Atenção à Saúde
 
Ministério Público em Defesa da APS
Ministério Público em Defesa da APSMinistério Público em Defesa da APS
Ministério Público em Defesa da APS
 
II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde: “Desafios do SUS e a Planifi...
II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde: “Desafios do SUS e a Planifi...II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde: “Desafios do SUS e a Planifi...
II Seminário da Planificação da Atenção à Saúde: “Desafios do SUS e a Planifi...
 
Usuário do SUS: as primeiras evidências
Usuário do SUS: as primeiras evidênciasUsuário do SUS: as primeiras evidências
Usuário do SUS: as primeiras evidências
 

Último

Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjdMedicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjdClivyFache
 
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASAULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASArtthurPereira2
 
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptxENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptxcontatofelipearaujos
 
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptPSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptAlberto205764
 
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfSistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfGustavoWallaceAlvesd
 
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery  after surgery in neurosurgeryEnhanced recovery  after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery after surgery in neurosurgeryCarlos D A Bersot
 
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOeMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOMayaraDayube
 
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASERTERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASERCarlaDaniela33
 
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdfManual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdfClivyFache
 
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptxCONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptxWenderSantos21
 

Último (10)

Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjdMedicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
Medicina Legal.pdf jajahhjsjdjskdhdkdjdjdjd
 
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICASAULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
AULA SOBRE SAMU, CONCEITOS E CARACTERICAS
 
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptxENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
ENFERMAGEM - MÃ_DULO IV - ENFERMAGEM EM PACIENTES CRITICOS.pptx
 
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.pptPSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
PSORÍASE-Resumido.Diagnostico E Tratamento- aula.ppt
 
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdfSistema endocrino anatomia humana slide.pdf
Sistema endocrino anatomia humana slide.pdf
 
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery  after surgery in neurosurgeryEnhanced recovery  after surgery in neurosurgery
Enhanced recovery after surgery in neurosurgery
 
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃOeMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
eMulti_Estratégia APRRESENTAÇÃO PARA DIVULGAÇÃO
 
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASERTERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
TERMO DE CONSENTIMENTO LIVRE - ENDOLASER
 
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdfManual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
Manual_Gestao e Administracao_III__Julho13_FINAL..pdf
 
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptxCONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
CONTROLE DE INFECÇÃO HOSPITALAR 011.pptx
 

A Segurança do Paciente na Construção Social da APS

  • 1. A Segurança do Paciente na Construção Social da APS Atenção às Condições Crônicas Érika Souza Edna Ferreira Santos Coordenadoria Geral de Atenção Primária da Área de Planejamento 3.1
  • 2. Área de Planejamento 3.1 Área de Planificação no Município e Estado do Rio de Janeiro
  • 3.
  • 4. Cultura e Estratégia desalinhada Os valores não são claramente entendidos Resistência à mudança Inovação estagnada Liderança pouco desenvolvida Frustração com os processos Alta taxa de turnover Sofrimento na performance Profissionais desengajados Nosso Desafio...
  • 5. Planificação da Atenção à Saúde uma ferramenta de gestão no Município do Rio de janeiro - AP 3.1 Estruturando os Processos da APS Segurança do Paciente na Atenção Primária à Saúde Qualificando os Processos da APS
  • 6. Muitas oportunidades... Tornar Visível o seu Mundo Invisível...
  • 9. A vida como ela é...
  • 13. Considerando que... The Health Foundation estimou que cerca de 1-2% das consultas de cuidados primários podem redundar em incidentes, causados por erros, sendo os mais comuns os relacionados à medicação e à comunicação.
  • 15. Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS Uso seguro de medicamentos
  • 16. Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS Transição do Cuidado Homem, 40 anos, ele e toda família com questões importantes de saúde mental, sofre um acidente e encontra-se atualmente com uma placa e um quadro de osteomielite crônica. Mulher, 54 anos, sem moradia fixa, sobrevive recolhendo materiais recicláveis na rua, diabética, insulinodependente, com amputação transtársica em MIE, lesão em coto do MIE. Realizado enxertia. Profissional realiza o desbridamento da enxertia acreditando ser uma necrose. RN nasce com sífilis congênita e a mãe havia realizado teste rápido positivo para sífilis, iniciou o tratamento, mas se mudou para outro território da mesma unidade, perdeu o cartão na mudança e não deu continuidade ao tratamento. RN com sequelas graves.
  • 17. Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS Comunicação Efetiva Homem, idoso, acamado desospitalizado com com lesão por pressão em região sacra grau 3. Realizado interlocução com a Assessoria Técnica DCNT/DAPS/CAP 3.1, PADI e Equipe. 21/08 09/09 Mulher, 50 anos, tratada como TB e após 6 meses de tratamento identificam que não era TB e sim um Câncer de mama com metástase no pulmão. 17/10 33 dias24 dias
  • 18. Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS Defesas Procedimentos e Diretrizes Barreiras Físicas Educação Continuada Cultura Organizacional Consolidar Processos os Macro e Microprocessos da APS Qualificar os sistemas e tecnologias Qualificar a equipe Fortalecer a cultura, trabalhar a liderança
  • 19. O Processo de Construção Social da APS
  • 20. Macroprocesso da APS Territorialização Registro clínico - Prontuário Protocolo Clínico Programação da Atenção Gestão da Condição de Saúde para as condições crônicas Agenda da equipe de saúde Gestão de Pessoas Educação Permanente Gestão de Caso Gerenciamento de Resíduo Planejamento Local Gestão de qualidade Monitoramento e Avaliação Processo Estratégicos Gerenciais Plano de cuidados Imunização Classificação de risco para urgência e emergência Ação de vigilância em saúde Estratificação de risco para a condição crônica Cadastramento Atenção à condição aguda Atenção à condição crônica (por ciclo de vida, patologias, condições) Classificação de Risco da Famílias Educação em saúde Farmácia clínica ProcessosFinalísticos E N T R A D A S A Í D A Agendamento de consultas e procedimentos especializados Assistência farmacêutica Sistema de Informação Apoio diagnóstico Suprimento e estoque de materiais de insumo Transporte Sanitário Manutenção predial e de equipamentos Controle Patrimonial Limpeza e higiene Processo Estratégicos Gerenciais
  • 21. Macroprocesso da APS Territorialização Registro clínico - Prontuário Protocolo Clínico Programação da Atenção Gestão da Condição de Saúde para as condições crônicas Agenda da equipe de saúde Gestão de Pessoas Educação Permanente Gestão de Caso Gerenciamento de Resíduo Planejamento Local Gestão de qualidade Monitoramento e Avaliação Processo Estratégicos Gerenciais Plano de cuidados Imunização Classificação de risco para urgência e emergência Ação de vigilância em saúde Estratificação de risco para a condição crônica Cadastramento Atenção à condição aguda Atenção à condição crônica (por ciclo de vida, patologias, condições) Classificação de Risco da Famílias Educação em saúde Farmácia clínica ProcessosFinalísticos E N T R A D A S A Í D A Agendamento de consultas e procedimentos especializados Assistência farmacêutica Sistema de Informação Apoio diagnóstico Suprimento e estoque de materiais de insumo Transporte Sanitário Manutenção predial e de equipamentos Controle Patrimonial Limpeza e higiene Processo Estratégicos Gerenciais
  • 22. Microprocesso da APS Microprocessos básicos Abordagem inicial do usuário Recepção Fluxos internos Vacinação Curativo Farmácia Dispensação de medicamentos controlados e não controlados Coleta de exames Procedimentos terapêuticos Aferição de pressão arterial Aferição de glicemia capilar Prontuário eletrônico Microprocessos básicos relativos à segurança Higienização e limpeza Higienização das mãos Esterilização Gerenciamento de resíduos
  • 23. Microprocesso da APS Microprocessos básicos Abordagem inicial do usuário Recepção Fluxos internos Vacinação Curativo Farmácia Dispensação de medicamentos controlados e não controlados Coleta de exames Procedimentos terapêuticos Aferição de pressão arterial Aferição de glicemia capilar Prontuário eletrônico Microprocessos básicos relativos à segurança Higienização e limpeza Higienização das mãos Esterilização Gerenciamento de resíduos SAE
  • 24. Metas de Segurança - Proposta adaptada para APS
  • 25. Boas Práticas de Segurança do Paciente na APS Cadastro correto Escuta qualificada para entender a demanda Direcionamento assertivo Transição do cuidado com responsabilidade e comunicação efetiva Estratificação de Risco da Pessoa com Condição Crônica Fazer o que tem que ser feito, da forma como tem que ser feito Boas Práticas que reduzam o risco de infecções relacionadas à Assistência à Saúde Cuidador como parceiro do cuidado Assistência e Cuidado Farmacêutico Ambiente Seguro nos pontos de atenção Comunicação efetiva Adaptação para a APS
  • 26.
  • 27. Projetos Projeto de Cuidados de Pessoas com Lesão na APS Projeto Oxigênioterapiana APS Gestão Estratégica DAPS/NIR/NAF - CAP 3.1 Projeto de Porta de Entrada Projeto de Estratificação de Risco de Condição crônica SAE na APS - Estruturando Microprocessos na APS
  • 29. Nascer, Crescer e Envelhecer na AP 3.1 Para que gestantes vejam seus filhos crescerem... DAPS/NAF/NIR - CAP 3.1 - 2019 Segurança do Paciente na APS
  • 30. Nascer, Crescer e Envelhecer na AP 3.1 Para que as crianças cresçam... DAPS/NAF/NIR - CAP 3.1 - 2019 Segurança do Paciente na APS
  • 31.
  • 32. Bom mesmo é quando nos olhamos por inteiro e descobrimos que somos mais leves do que o peso das dificuldades e mais fortes que qualquer pedra no caminho.