Educação Especial na Escola:
A abordagem do tema pelas comunidade escolares
Francisco Rodrigo Cunha de Sousa
Francisco Gea...
 A Educação Especial busca dar
oportunidades iguais de educação a
crianças com necessidades diferentes;
 Discussões surg...
 Principal:
Identificar o quanto as escolas tem dado a
atenção necessária aos seus alunos
especiais, visto sua importânci...
 Específicos:
 Analisar o que pensam as partes envolvidas;
 Conhecer as políticas públicas;
 As ações perante a lei;
...
 Pesquisa-ação participante que vai a campo
para colher dados para posterior análise;
 Pesquisa social;
 Com base empír...
 Pesquisa bibliográfica analítica-reflexiva:
 Pesquisa de campo:
 Pesquisa interpretativa e dissertativa:
 Disposição ...
 Primeiras discussões: 1950;
 Primeira lei brasileira: LDBN nº 4.024, de 20
de dezembro de 1961;
 Introdução do tema na...
“Se na idade média, o corpo – mesmo
defeituoso – era visto apenas como um abrigo
da alma, no capitalismo ele passou a ser ...
Os casos em estudo
-
Resultados
Aluno Necessidade
Especial
Cidade
Juliana Surda e muda Santana do Acaraú
Carol Visão Sobr...
Juliana
Juliana
Juliana
Juliana
Juliana
Juliana
Carol
Carol
Carol
Carol
Carol
Samile
Samile
Samile
Samile
Francy
Francy
Francy
Francy
Francy
Beatriz
Beatriz
Beatriz
Beatriz
Beatriz
Beatriz
A partir dessa discussão não propomos um
professor que esteja preparado para toda e
qualquer situação, mas que saiba lhe d...
Portanto, defendemos aqui uma educação
que trate todos como iguais nos direitos
e deveres dentro e fora das salas de
aulas...
 ANTUNES, Celso. Como desenvolver conteúdos explorando as
inteligências múltiplas. 8.ed. Fascículo 3. Petrópoles:Vozes, 2...
Obrigado pela
atenção!
Equipe:
Rodrigo Sousa, Rita de Kássia,
Regina Marta, Gean Gomes e
Renata Luzia
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação especial na escola a abordagem do tema pelas comunidade escolares psicologia da educação

1.110 visualizações

Publicada em

0 comentários
0 gostaram
Estatísticas
Notas
  • Seja o primeiro a comentar

  • Seja a primeira pessoa a gostar disto

Sem downloads
Visualizações
Visualizações totais
1.110
No SlideShare
0
A partir de incorporações
0
Número de incorporações
3
Ações
Compartilhamentos
0
Downloads
6
Comentários
0
Gostaram
0
Incorporações 0
Nenhuma incorporação

Nenhuma nota no slide

Educação especial na escola a abordagem do tema pelas comunidade escolares psicologia da educação

  1. 1. Educação Especial na Escola: A abordagem do tema pelas comunidade escolares Francisco Rodrigo Cunha de Sousa Francisco Gean Gomes Carneiro Regina Marta Bezerra Renata Luzia Nougueira Neres Rita de Cássia Araújo Universidade Estadual Vale do Acaraú - UVA Centro de Ciências Humanas -CCH Curso de Geografia Disciplina: Psicologia da Educação II Professora: Raquel
  2. 2.  A Educação Especial busca dar oportunidades iguais de educação a crianças com necessidades diferentes;  Discussões surgiram a partir da sociedade se considerar comunal;  Educação para crianças especiais, integrada à educação regular. Introdução
  3. 3.  Principal: Identificar o quanto as escolas tem dado a atenção necessária aos seus alunos especiais, visto sua importância na inclusão dos mesmos em uma sociedade em que cada vez mais são presentes as diversidades culturais, físicas e psicológicas. Objetivos
  4. 4.  Específicos:  Analisar o que pensam as partes envolvidas;  Conhecer as políticas públicas;  As ações perante a lei;  Verificar a preparação e formação dos professores;  Propor metodologias. Objetivos
  5. 5.  Pesquisa-ação participante que vai a campo para colher dados para posterior análise;  Pesquisa social;  Com base empírica – documental;  Estreita consulta bibliográfica;  Baseada em entrevistas com as partes envolvidas no processo de educação. Metodologia
  6. 6.  Pesquisa bibliográfica analítica-reflexiva:  Pesquisa de campo:  Pesquisa interpretativa e dissertativa:  Disposição dos resultados: Metodologia: Procedimentos metodológicos
  7. 7.  Primeiras discussões: 1950;  Primeira lei brasileira: LDBN nº 4.024, de 20 de dezembro de 1961;  Introdução do tema na Constituição Federal 1988 (art. 208. III.) Resultados
  8. 8. “Se na idade média, o corpo – mesmo defeituoso – era visto apenas como um abrigo da alma, no capitalismo ele passou a ser visto como uma máquina. Se o corpo é máquina, a excepcionalidade ou qualquer deficiência nada mais é do que o defeito de uma peça. Se na idade média a deficiência está associada a pecado, agora ela está associada à disfuncionalidade.” BIANCHETTI,1996 Resultados
  9. 9. Os casos em estudo - Resultados Aluno Necessidade Especial Cidade Juliana Surda e muda Santana do Acaraú Carol Visão Sobral Samile Paralisia Cerebral Sobral Francy Oliveira Sindrome de Down Tianguá Beatriz Dificuldades fônicas Taperuaba
  10. 10. Juliana
  11. 11. Juliana
  12. 12. Juliana
  13. 13. Juliana
  14. 14. Juliana
  15. 15. Juliana
  16. 16. Carol
  17. 17. Carol
  18. 18. Carol
  19. 19. Carol
  20. 20. Carol
  21. 21. Samile
  22. 22. Samile
  23. 23. Samile
  24. 24. Samile
  25. 25. Francy
  26. 26. Francy
  27. 27. Francy
  28. 28. Francy
  29. 29. Francy
  30. 30. Beatriz
  31. 31. Beatriz
  32. 32. Beatriz
  33. 33. Beatriz
  34. 34. Beatriz
  35. 35. Beatriz
  36. 36. A partir dessa discussão não propomos um professor que esteja preparado para toda e qualquer situação, mas que saiba lhe dar com “o novo” e com “o diferente”, que saiba, acima de tudo preparar-se e mesmo adaptar-se às situações que possam surgir no decorrer de sua carreira profissional. Sendo assim, o professor da atualidade deve estar atento àquilo que é necessário ao seu aluno, buscar nas diferenças o apoio para uma convivência de completude. Considerações Finais
  37. 37. Portanto, defendemos aqui uma educação que trate todos como iguais nos direitos e deveres dentro e fora das salas de aulas, sendo sábio de sua parte saber como e o que cobrar, mas que veja a diversidade como sendo algo natural ao homem, o que comprova que “ser diferente é ser humano”. Considerações Finais
  38. 38.  ANTUNES, Celso. Como desenvolver conteúdos explorando as inteligências múltiplas. 8.ed. Fascículo 3. Petrópoles:Vozes, 2009.  FERREIRA, Marcos Ribeiro; BOTOMÉ, Silvio Paulo. Deficiência física e inserção social: a formação dos recursos humanos. Caxias do Sul: Editora da Fundação Universidade Caxias do Sul, 1084.  LACONO, Jane Peruzo; SILVA, Luzia Alves. Reflexões sobre a política de formação de professores para a Educação Especial/ Educação Inclusiva. In: PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AÇÕES RELATIVAS AS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS (Org.). A pessoa com deficiência na sociedade contemporânea: problematizando o debate. Cascavel: Edunioeste, 2006. ISBN: 85-7644-072-5.  PROGRAMA INSTITUCIONAL DE AÇÕES RELATIVAS AS PESSOAS COM NECESSIDADES ESPECIAIS (Org.). Pessoas com deficiência: aspectos teóricos e práticos. Cascavel: Edunioeste, 2006. ISBN: 85-7644-066-0.  _____, Wikipédia. Educação especial. Disponível em: <http://pt.wikipedia.- org/wiki/Educa%C3%A7%C3%A3o_especial>.Acesso em: 23/04/2011. Referências Bibliográficas:
  39. 39. Obrigado pela atenção! Equipe: Rodrigo Sousa, Rita de Kássia, Regina Marta, Gean Gomes e Renata Luzia

×