Educação do e no campo:
um direito, Um dever
Equipe:
Ana Èrica, Maria do Socorro, Regina Marta, Ricardo Ferreira,
Rita de ...
Introdução
 Todos têm direito de ser educado em seu
lugar onde vive, levando-se em consideração
sua realidade e suas expe...
Introdução
 A cada dia que passa o campo sofre um
enorme avanço tecnológico, as máquinas cada
vez mais, estão presentes, ...
Introdução
 Mas quando e como realmente
surge a preocupação por uma
educação rural
 No Século xx
 Por políticas públicas
Breve histórico da Educação do
Campo
1934
• Constituição
1946
• Constituição
1964
• Golpe
militar
1988
• Constituição
1996...
Breve histórico da Educação do
Campo
 Art. 168: III- As empresas
industriais, comerciais e
agrícolas em que trabalham
mai...
Breve histórico da Educação do
Campo
 A educação como mecanismo de conter
movimentos sociais no campo;
 Capacitação para...
Breve histórico da Educação do
Campo
 Planos para a LDB;
 Art. 28. Na oferta da educação
básica para a população rural, ...
Breve histórico da Educação do
Campo
 Reconhecimento à pluralidade
sociocultural, como também o
respeito às diferenças e ...
Breve histórico da Educação do
Campo
 1ª Conferência Nacional Por uma
Educação Básica do Campo:
 EDUCAÇÃO DO CAMPO;
 Ed...
Educação do Campo X Educação Rural
Educação Rural
 Ao longo da história as oligarquias
rurais dominaram todas as esferas,...
Educação do Campo X Educação Rural
Educação do Campo
 Educação que deve ser discutida,
construida e reinvidicada pela
pop...
As contribuições da Geografia para a Educação
do Campo
 O ensino seguia uma
tendência nacionalista e
funcionava como mais...
As contribuições da Geografia para a Educação
do Campo
 São elementos do cotidiano que devem ser
inseridos á realidade do...
As contribuições da Geografia para a Educação
do Campo
 Acreditamos que a educação do campo é fundamental
para diminuir a...
As contribuições da Geografia para a Educação
do Campo
Entender as especificidades do campo como sendo
a expressão de um p...
Assentamento
 Com o tema assentamento, o professor de
Geografia pode trabalhar a questão do território
que se explica na ...
Salas multiseriadas
 Segundo AROYO, a palavra multisseriada
significa várias séries.
 A multisseriação segue a mesma lóg...
Educação Rural e Modernidade
 Ao refletir o paradigma da
educação rural percebemos a
relação estreita entre este
paradigm...
Conclusões
Defendemos, portanto, uma educação que se
ocupe da realidade do aluno, busque na
história de seus povos, a fund...
 ALVES, W.G; MAGALHÃES, S.M.F. O Ensino de Geografia
nas Escolas do Campo: Reflexões e Propostas. Sobral:
Revista da Casa...
Obrigado pela
atenção!
Atenciosamente,
Ana Èrica, Maria do Socorro, Regina Marta, Ricardo Ferreira, Rita de Cássia, Rodrig...
Próximos SlideShares
Carregando em…5
×

Educação do e no campo um direito, um dever - ensino de geografia

1.558 visualizações

Publicada em

  • Seja o primeiro a comentar

Educação do e no campo um direito, um dever - ensino de geografia

  1. 1. Educação do e no campo: um direito, Um dever Equipe: Ana Èrica, Maria do Socorro, Regina Marta, Ricardo Ferreira, Rita de Cássia, Rodrigo Sousa Universidade EstadualVale do Acaraú - UVA Centro de Ciências Humanas -CCH Curso de Geografia Disciplina: Ensino de Geografia Professora: Dra. Martha Maria Júnior Data: 22-11-2011
  2. 2. Introdução  Todos têm direito de ser educado em seu lugar onde vive, levando-se em consideração sua realidade e suas experiências.  Por isso, uma EDUCAÇÃO DO E NO CAMPO.  Deve levar em consideração ainda, as necessidades e anseios do povo que a esta têm direito.
  3. 3. Introdução  A cada dia que passa o campo sofre um enorme avanço tecnológico, as máquinas cada vez mais, estão presentes, as sementes modificadas geneticamente, a irrigação. Mas resta fazermos a pergunta:  Quem realmente está sendo beneficiado com todos estes avanços? O homem do campo?
  4. 4. Introdução  Mas quando e como realmente surge a preocupação por uma educação rural  No Século xx  Por políticas públicas
  5. 5. Breve histórico da Educação do Campo 1934 • Constituição 1946 • Constituição 1964 • Golpe militar 1988 • Constituição 1996 • LDB 1998 • 1ª CNEBC  Art. 156. A União, os Estados e Municípios aplicarão nunca menos de dez por cento e o Distrito Federal nunca menos de vinte por cento da renda resultante dos impostos, na manutenção e no desenvolvimento dos sistemas educacionais. Parágrafo único. Para realização do ensino das zonas rurais, a União reservará, no mínimo, vinte por cento das cotas destinadas a educação no respectivo orçamento anual.
  6. 6. Breve histórico da Educação do Campo  Art. 168: III- As empresas industriais, comerciais e agrícolas em que trabalham mais de 100 pessoas são obrigadas a manter ensino primário gratuíto para os seus servidores e para os filhos destes. 1934 • Constituição 1946 • Constituição 1964 • Golpe militar 1988 • Constituição 1996 • LDB 1998 • 1ª CNEBC
  7. 7. Breve histórico da Educação do Campo  A educação como mecanismo de conter movimentos sociais no campo;  Capacitação para o trabalho assalariado. 1934 • Constituição 1946 • Constituição 1964 • Golpe militar 1988 • Constituição 1996 • LDB 1998 • 1ª CNEBC
  8. 8. Breve histórico da Educação do Campo  Planos para a LDB;  Art. 28. Na oferta da educação básica para a população rural, os sistemas de ensino promoverão as adaptações necessárias a sua adequação, às peculiaridades da vida rural e de cada região [...].  Primeiras idéias por uma Ed. Do Campo. 1934 • Constituição 1946 • Constituição 1964 • Golpe militar 1988 • Constituição 1996 • LDB 1998 • 1ª CNEBC
  9. 9. Breve histórico da Educação do Campo  Reconhecimento à pluralidade sociocultural, como também o respeito às diferenças e às igualdades.  Mas na prática, o objetivo da educação rural ainda é simplesmente alfabetizar o homem do campo. 1934 • Constituição 1946 • Constituição 1964 • Golpe militar 1988 • Constituição 1996 • LDB 1998 • 1ª CNEBC
  10. 10. Breve histórico da Educação do Campo  1ª Conferência Nacional Por uma Educação Básica do Campo:  EDUCAÇÃO DO CAMPO;  Educação voltada aos interesses dos camponeses e dos movimentos sociais;  Valorização do lugar, dos trabalhadores, das tradições e dos costumes. 1934 • Constituição 1946 • Constituição 1964 • Golpe militar 1988 • Constituição 1996 • LDB 1998 • 1ª CNEBC
  11. 11. Educação do Campo X Educação Rural Educação Rural  Ao longo da história as oligarquias rurais dominaram todas as esferas, inclusive a política, moldando a sociedade camponesa às suas necessidades. (exclusão edesigual- dade)  “Para a escolinha rural qualquer coisa serve”  A escola rural sob um modelo urbano (o urbano superior ao rural).  A perca de identidade, estimulada pelo preconceito ao que é campo.
  12. 12. Educação do Campo X Educação Rural Educação do Campo  Educação que deve ser discutida, construida e reinvidicada pela população rural;  Buscar a materialização das políticas publicas;  CONTEXTUALIZADA;  Busca da dignidade e enfevercimento da didentidade e orgulho do homem do campo.
  13. 13. As contribuições da Geografia para a Educação do Campo  O ensino seguia uma tendência nacionalista e funcionava como mais um mecanismo de atuação do estado, de modo a cercear os movimentos sociais que questionassem o sistema de governo.
  14. 14. As contribuições da Geografia para a Educação do Campo  São elementos do cotidiano que devem ser inseridos á realidade dos alunos, de modo que haja uma interação dialética entre a Geografia na sala de aula e a realidade dos educandos, motivando e, conseqüentemente, melhorando a compreensão e assimilação critica dos alunos.
  15. 15. As contribuições da Geografia para a Educação do Campo  Acreditamos que a educação do campo é fundamental para diminuir a desigualdade social no Brasil, pois ela alimenta sonhos e expectativas, capacita e orienta essa população para a vida digna e produtiva no campo, principalmente se for pensada pedagogicamente ligada ao “sujeitos concreto”, ou seja [...] uma educação do povo do campo e não apenas com ele, nem muito menos para ele
  16. 16. As contribuições da Geografia para a Educação do Campo Entender as especificidades do campo como sendo a expressão de um povo que constrói e reconstrói seu espaço geográfico é um importante começo para o ensino de Geografia colaborar, de forma criticam dentro do novo projeto de educação do campo, contemplando as reais necessidades de uma população camponesa em movimento.
  17. 17. Assentamento  Com o tema assentamento, o professor de Geografia pode trabalhar a questão do território que se explica na própria conquista da terra.  Pode ser trabalhada a cartografia do assen- tamento.
  18. 18. Salas multiseriadas  Segundo AROYO, a palavra multisseriada significa várias séries.  A multisseriação segue a mesma lógica da seriação, o planejamento.  Quanto à espacialidade é bastante complexo para o profissional da educação multisseriada.  Há acumulo de tarefas exercidas pelo professor que assume classes multisseriadas.  Há precariedade com a ausência do material pedagógico, e a estrutura física é inadequada quanto aos prédios escolares.
  19. 19. Educação Rural e Modernidade  Ao refletir o paradigma da educação rural percebemos a relação estreita entre este paradigma e o paradigma moderno.  O ensino para as populações rurais teria objetivo bem definido como a domesticação, alienação, reprodução de ideologia ruralista e a inferiorizarão.  A própria idéia de escola que temos está estritamente ligada à modernidade
  20. 20. Conclusões Defendemos, portanto, uma educação que se ocupe da realidade do aluno, busque na história de seus povos, a fundamentação para a formentação dos seus sentimentos de pertencimento e identidade com o lugar em que vive. Da Geografia, exigimos, não menos, que o compromisso com uma educação paltada nos seus conhecimentos científicos, mas que não desconsidere a referida realidade dos seus alunos.
  21. 21.  ALVES, W.G; MAGALHÃES, S.M.F. O Ensino de Geografia nas Escolas do Campo: Reflexões e Propostas. Sobral: Revista da Casa da Geografia de Sobral, v. 10, n.1, p. 79-91, 2008.  PINHEIRO, Maria do Socorro Dias. A concepção de educação do campo no cenário das políticas publicas da sociedade brasileira. In: ANPAE, 2007, Rio Grande do Sul. Por uma Educação de qualidade para todos. Rio Grande do Sul: UFRGS, 2007.  CORDEIRO, Tássia Gabriele Balbi de Figueiredo. Ensino de Geografia, Educação Rural e Educação do Campo: Modernidade, Subalternidade e Resistência. Rio de Janeiro: UERJ, 2010. Referências Bibliográficas:
  22. 22. Obrigado pela atenção! Atenciosamente, Ana Èrica, Maria do Socorro, Regina Marta, Ricardo Ferreira, Rita de Cássia, Rodrigo Sousa

×