SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 45
II PROESPRO
PROJETO ESCOLA E PROFISSÃO
II CICLO DE PALESTRAS SOBRE MOTIVAÇÃO E ORIENTAÇÃO VOCACIONAL

BIBLIOTECONOMIA
formação do bibliotecário e perspectivas de atuação
Solange A. Santana | São Paulo | 2013
Biblio...
o quê???
Segundo a Desciclopedia, Biblioteconomia é o
curso que ensina uma pessoa como organizar
livros, ficar quieto durante dias sem fim dentro
de uma biblioteca e atender mal.
Fonte: Desciclopedia, 2013.

Disponível em: <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:Y6lGSnnXEkYJ:desciclopedia.ws/wiki/Biblioteconomia+&cd=16&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br>.
Acesso em: 07 ago. 2013.
Papo Desinteressante
http://www.youtube.com/watch?v=PvvN38w4L6w
Da série “Quando eu falo que faço Biblioteconomia...
Da série “Quando eu falo que faço Biblioteconomia...
Da série “Quando eu falo que faço Biblioteconomia...
Um pouco de teoria...
Biblio - teco - nomia
•a raiz biblio, derivada de biblion, não significa necessariamente livro; origina-se do
grego, quando nem remotamente existia algo assemelhado a um livro; porém, referia-se
à cidade de Biblos, produtora do papiro, material utilizado para escrita à época;
•a palavra grega théke significa “caixa” e, por extensão, qualquer contêiner onde o
material bibliográfico se encontre: estante, sala, edifício, etc.
•o sufixo -nomia deriva do grego -nomos e se aplica a normas, regras, administração
(por exemplo: agronomia, economia).
Fonte: Mey, 2009 (adaptado)
É uma área interdisciplinar e também multidisciplinar do conhecimento.
Estuda as práticas, perspectivas e as aplicações de métodos de
representação e gestão da informação e do conhecimento em diferentes
ambientes de informação, tais como, bibliotecas, centros de
documentação, centros de pesquisa, etc.
A Biblioteconomia assim como a Arquivologia e a
Museologia são disciplinas de um campo do
conhecimento chamado Ciência da Informação.
Segundo o Guia do estudante (2013), corresponde a classificação, organização, conservação e
divulgação do acervo de bibliotecas e centros de documentação.
O bibliotecário trabalha como um administrador de dados, que também processa e dissemina a
informação.
Além de catalogar e guardar as informações, ele orienta sua busca e seleção. Cabe-lhe analisar,
sintetizar e organizar livros, revistas, documentos, fotos, filmes e vídeos.
É de sua responsabilidade planejar, implementar e gerenciar sistemas de informação, além de preservar
os suportes (mídias) para que resistam ao tempo e ao uso.
Trabalha em bibliotecas públicas, escolares ou particulares, centros de documentação, arquivos,
museus, centros culturais e de memória, hemerotecas, editoras, empresas de comunicação, provedores
de internet, ONGs, clubes e associações.
Nos últimos tempos, a atuação do profissional de biblioteconomia tem se voltado cada vez mais para a
criação e a manutenção de arquivos digitais e para a montagem de bancos de dados em computadores,
empregando para isso os sistemas de informática e a internet.
Fonte: Guia do estudante, 2013.
A formação do bibliotecário ocorre em nível superior (bacharelado em Biblioteconomia) e o exercício
profissional é regulamentado por lei e fiscalizado por Conselhos Regionais de Biblioteconomia.
No Brasil, a profissão do bibliotecário é regulamentada pelas leis n° 9.674 (26/06/1998) e nº 4.084
(30/06/1962) e na legislação correlata.

Fonte: Wikipedia
Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Biblioteconomia>. Acesso em: 7 ago. 2013.
Sistema CFB/CRB:
Suas atribuições são registrar os profissionais em
biblioteconomia, fiscalizar o exercício da profissão, o
funcionamento de bibliotecas, dentre outras.
Para exercer a profissão de bibliotecário, os formandos devem solicitar o
registro no Conselho Regional de Biblioteconomia.
O exercício profissional sem registro, bem como a inadimplência no
pagamento da anuidade, implica em caracterização do exercício ilegal da
profissão, nos termos do art. 26 da Lei n° 4.084/62, dos incisos do art. 4º do
Decreto nº 56.725/65 e do Código de Ética Profissional.

CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO BIBLIOTECÁRIO
http://www.cfb.org.br/UserFiles/File/Resolucao/Resolucao_042-02.pdf
Segundo o CRB-8:
• Profissionais registrados (RM de São Paulo): 4.013
• Profissionais registrados (interior): 3.469
• Total: 7.482 bibliotecários atuando no Estado de São Paulo
Fonte: CRB-8, 2013.
Programa “Na real”
Biblioteconomia
http://www.youtube.com/watch?v=jVwIosqk6XI
Atuação...
O bibliotecário pode atuar em:












centros de documentação ou informação
arquivos
centros culturais
centros de memória
museus
editoras
empresas de rádio, TV e Internet
órgãos governamentais
empresas privadas e do terceiro setor
bancos de imagem
serviços de informação em geral

Fonte: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/especial/200703-bibliotecario.php
 Além de tratar e desenvolver recursos de informação, o bibliotecário pode desenvolver e realizar
ações educativas e de ação cultural (principalmente de acesso à leitura);
 trabalhar com organização e disponibilização de documentação histórica e conservação e
restauração de obras raras;
 integrar e desenvolver estudos e pesquisas em diversas áreas;
 fazer parte dos processos das empresas na tomada de decisão e na certificação de qualidade;
 atuar como analista de conteúdo de Internet;
 administrar, desenvolver e manter bancos de dados, sistemas de informação, bibliotecas digitais e
virtuais;
 organizar sites e portais corporativos, realizando a arquitetura de informação;
 implementar e integrar os processos de gestão de conhecimento de organizações.
Fonte: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/especial/200703-bibliotecario.php
Além disso, ele também pode atuar como autônomo, prestando consultorias a
empresas.

Por conta de suas múltiplas possibilidades de atuação, o bibliotecário foi ganhando
outros nomes ou "apelidos", tais como:
 profissional da informação
 cientista da informação
 gestor da informação
 gestor de conhecimento
Seja como for, a presença de um profissional com as suas competências tem sido
cada vez mais necessária nos atuais tempos.

Fonte: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/especial/200703-bibliotecario.php
FORMAÇÃO
 Graduação: Título de Bacharel em Biblioteconomia
 O registro profissional é exigido para atuação na área
 O estágio curricular é obrigatório (em média 300 horas)
 Trabalho Conclusão de Curso (TCC)
 Duração média: quatro anos
Além do curso de graduação, há:

 Cursos de Especialização (Latu sensu)
 Cursos de Pós-graduação (Strictu sensu) em Ciência da Informação
 Há também o Curso Técnico de Biblioteconomia (Nível Médio)

Fonte: http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/profissao/biblioteconomia/
Grade Básica do Curso de Graduação em Biblioteconomia:
•Informática Básica
•Fundamentos da Biblioteconomia e da Ciência da Informação
•História da Cultura / Sociedade e Cultura
•Comunicação
•Língua Portuguesa / Literatura de Língua Portuguesa / Literatura Mundial
•Língua Inglesa
•Métodos e Técnicas de Pesquisa
•História do Livro
•Infoeducação
•Ação Cultural
•Administração
•Fontes de Informação
•Tratamento da informação

Fonte: http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/profissao/biblioteconomia/
Cursos
Existem atualmente no Brasil 39 cursos de Biblioteconomia e/ou Ciência da
Informação entre Universidades Públicas e Particulares distribuídos da seguinte forma:
Faculdades/Universidades
Universidades Federais e Estaduais
Faculdades Particulares
TOTAL

Quantidade
26
13
39

Cursos de Biblioteconomia existentes por região
Regiões

Federais/ Estaduais

Particulares

TOTAL

Norte
Nordeste
Centro-Oeste
Sudeste

2
8
3
7

0
0
2
10

2
8
5
17

Sul

6

1

7

TOTAL

26

13

39

Fonte: Site do Conselho Federal de Biblioteconomia, 2013
São Paulo
Instituições Públicas:
Universidade de São Paulo (USP) - São Paulo e Ribeirão Preto
Universidade Estadual Paulista (Unesp) - Campus Marília
Universidade Federal São Carlos (UFSCar) - São Carlos
Instituições Particulares:
PUCCamp - Campinas
FESPSP - São Paulo
Centro Universitário Assunção (Unifai)
Faculdades Integradas Coração de Jesus (Fainc) - Santo André
Faculdades Integradas Tereza D´Ávila (Fatea) - Lorena
O que é biblioteconomia?
Revista Biblioo
http://biblioo.info/o-que-e-biblioteconomia/
Tudo que você sempre quis saber sobre
Biblioteconomia, mas tinha vergonha de
perguntar...
http://bsf.org.br/2011/02/26/tudo-que-voce-sempre-quis-saber-sobrebiblioteconomia/
Entidades de classe, associações e conselhos
Entidades de classe, associações e conselhos
CFB - Conselho Federal de Biblioteconomia
CRB´s - Conselhos Regionais de Biblioteconomia
FEBAB - Federação Brasileira de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições
ABRAINFO - Associação Brasileira de Profissionais da Informação

ANCIB - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação e Ciência da Informação
ABECIN - Associação Brasileira de Educação em Ciência da informação
-São Paulo
ABESP - Associação dos Bibliotecários do Estado de São Paulo (ABESP)
Eventos
Alguns eventos na área...
EREBD´s
Encontro Regional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação e Gestão da Informação

ENEBD
Encontro Nacional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação e Gestão da Informação

ENANCIB
Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação

CBBD
Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação

SNBU
Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias
NOTÍCIAS, LINKS, ETC...
Biblioteconomia, um curso promissor que têm perfil jovem e profissionais
gestores da informação
http://ndonline.com.br/florianopolis/noticias/65243-biblioteconomia-um-curso-promissor-que-tem-perfiljovem-e-profissionais-gestores-da-informacao.html
Fonte: NDOnline

Internet amplia o mercado de trabalho dos bibliotecários. 'Dificilmente
um recém-formado fica desempregado', diz William Okubo.
http://g1.globo.com/educacao/guia-de-carreiras/noticia/2011/03/guia-de-carreiras-biblioteconomia.html
Fonte: Portal G1

Biblioteconomia: atuação que vai além das prateleiras
http://www.ofluminense.com.br/editorias/empregos-e-negocios/biblioteconomia-atuacao-vai-alem-dasprateleiras
Fonte: O Fluminense
Bibliotecário: novas funções revitalizam profissão
http://www2.uol.com.br/aprendiz/guiadeempregos/estagios/info/artigos_
270706.htm
Fonte: Aprendiz: guia de profissões, 2006
Os novos gestores da informação
http://carreiras.empregos.com.br/comunidades/campus/profissoes/11050
1-biblioteconomia.shtm
Fonte: Empregos.com
Links Relacionados
•Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB)
•Conselho Regional de Biblioteconomia 8ª Região (CRB-8)
•Federação Brasileira de Associação de Bibliotecários (FEBAB)
•Sindicato dos Bibliotecários do Estado de São Paulo

Downloads
•História da Biblioteca e do Bibliotecário no Brasil
•

Aspectos Favoráveis da Profissão de Bibliotecário:
Devido à carência de profissionais de biblioteconomia no país, há uma grande
oferta de empregos principalmente em órgãos públicos, bibliotecas de instituições
particulares, escritórios de advocacia e em empresas. Com a expansão da
quantidade de ONGs e Centros comunitários há novas vagas também sendo
abertas neste tipo de instituição.

•

Aspectos Desfavoráveis da Carreira em Biblioteconomia:
Muitas vezes, o profissional de Biblioteconomia não é valorizado e reconhecido
devidamente. Há muitas bibliotecas e centros de informação funcionando de
modo ilegal, sem um bibliotecário responsável por considerá-lo dispensável.
Livros

CASTRO, Augusto Cesar. História da biblioteconomia brasileira: perspectiva histórica. Brasília:
Thesaurus, 2000.
FONSECA, Edson Nery da. Introdução à Biblioteconomia. Brasília: Briquet de Lemos, 2007.
MCGARRY, Kevin. O contexto dinâmico da informação: uma análise introdutória. Brasília: Briquet
de Lemos, 1999.
MILANESI, Luis. Biblioteca. São Paulo: Ateliê, 2002.
ORTEGA Y GASSET, J. Missão do bibliotecário. Brasília: Briquet de Lemos, 2005.
SOUZA, Francisco das Chagas. Biblioteconomia, educação e sociedade. Florianópolis UFSC, 1993.
104 p.

Blogs/Sites
Bibliotecários sem fronteiras: http://bsf.org.br/
Revista Biblio: cultura informacional: http://biblioo.info/
Referências
CARVALHO, Jonatas. O que é biblioteconomia? Significações etimológicas e epistemológicas. Revista Biblioo: cultura Informacional.
Disponível em: http://biblioo.info/o-que-e-biblioteconomia/>. Acesso em: 19 ago. 2013.
CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA. Disponível em: <http://www.cfb.org.br/>. Acesso em: 10 ago .2013.
CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA SÃO PAULO (CRB-8). Disponível em: <http://www.crb8.org.br/index.php>. Acesso em: 10
ago. 2013 .

GUIA DE CARREIRA. 2013. Disponível em: <http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/profissao/biblioteconomia/>. Acesso em: 8 ago.
2013.
GUIA DO ESTUDANTE. 2013. Disponível em: <http://guiadoestudante.abril.com.br/>. Acesso em: 8 ago. 2013.
MEY, Eliane Serrão Alves. Biblioteconomia envergonhada. 2009. Disponível em:
<http://www.ofaj.com.br/textos_conteudo.php?cod=264>. Acesso em: 08 abr. 2013.
II PROESPRO
PROJETO ESCOLA E PROFISSÃO
II CICLO DE PALESTRAS SOBRE MOTIVAÇÃO E ORIENTAÇÃO VOCACIONAL

Solange A. Santana
LinkedIn | br.linkedin.com/in/solangesantana
Blog | biblio-blogging.blogspot.com.br
Twitter | @solangebiblio

São Paulo
2013

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conservação de Acervos Bibliográficos SiBUCS
Conservação de Acervos Bibliográficos SiBUCSConservação de Acervos Bibliográficos SiBUCS
Conservação de Acervos Bibliográficos SiBUCSBiblioteca UCS
 
Novos produtos e serviços em bibliotecas
Novos produtos e serviços em bibliotecasNovos produtos e serviços em bibliotecas
Novos produtos e serviços em bibliotecasUFSC
 
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecasConceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecasEsteban Arenillas
 
Bibliometria, Cienciometria, Webometria E Informetria
Bibliometria, Cienciometria, Webometria E InformetriaBibliometria, Cienciometria, Webometria E Informetria
Bibliometria, Cienciometria, Webometria E InformetriaJonathas Carvalho
 
RDA como novo código de catalogação
RDA como novo código de catalogaçãoRDA como novo código de catalogação
RDA como novo código de catalogaçãoMarcelo Votto
 
Aula 4 biblioteca especializada
Aula 4 biblioteca especializadaAula 4 biblioteca especializada
Aula 4 biblioteca especializadaBiblio 2010
 
Ppt curso auxiliar de biblioteca
Ppt   curso auxiliar de bibliotecaPpt   curso auxiliar de biblioteca
Ppt curso auxiliar de bibliotecaFlavio Santana
 
Softwares para bibliotecas: opções gratuitas/livres e critérios para seleção
Softwares para bibliotecas: opções gratuitas/livres e critérios para seleçãoSoftwares para bibliotecas: opções gratuitas/livres e critérios para seleção
Softwares para bibliotecas: opções gratuitas/livres e critérios para seleçãoLígia 'lilly' Freitas
 
fontes de informação
fontes de informaçãofontes de informação
fontes de informaçãoIngridy Dias
 
Glossário de Biblioteconomia
Glossário de BiblioteconomiaGlossário de Biblioteconomia
Glossário de BiblioteconomiaRodrigo Rocha
 

Mais procurados (20)

Catalogao fonte
Catalogao fonteCatalogao fonte
Catalogao fonte
 
Minicurso - Catalogação em RDA
Minicurso - Catalogação em RDAMinicurso - Catalogação em RDA
Minicurso - Catalogação em RDA
 
Catalogação
CatalogaçãoCatalogação
Catalogação
 
Biblioteca Escolar
Biblioteca Escolar Biblioteca Escolar
Biblioteca Escolar
 
Conservação de Acervos Bibliográficos SiBUCS
Conservação de Acervos Bibliográficos SiBUCSConservação de Acervos Bibliográficos SiBUCS
Conservação de Acervos Bibliográficos SiBUCS
 
Novos produtos e serviços em bibliotecas
Novos produtos e serviços em bibliotecasNovos produtos e serviços em bibliotecas
Novos produtos e serviços em bibliotecas
 
Estudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Estudo de Usuários - Conceitos e AplicaçõesEstudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
Estudo de Usuários - Conceitos e Aplicações
 
Biblioteca escolar
Biblioteca escolarBiblioteca escolar
Biblioteca escolar
 
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecasConceito, evolução e aspectos das bibliotecas
Conceito, evolução e aspectos das bibliotecas
 
Bibliometria, Cienciometria, Webometria E Informetria
Bibliometria, Cienciometria, Webometria E InformetriaBibliometria, Cienciometria, Webometria E Informetria
Bibliometria, Cienciometria, Webometria E Informetria
 
Planejamento da biblioteca
Planejamento da bibliotecaPlanejamento da biblioteca
Planejamento da biblioteca
 
Origem da biblioteconomia
Origem da biblioteconomiaOrigem da biblioteconomia
Origem da biblioteconomia
 
RDA como novo código de catalogação
RDA como novo código de catalogaçãoRDA como novo código de catalogação
RDA como novo código de catalogação
 
Aula 4 biblioteca especializada
Aula 4 biblioteca especializadaAula 4 biblioteca especializada
Aula 4 biblioteca especializada
 
Ppt curso auxiliar de biblioteca
Ppt   curso auxiliar de bibliotecaPpt   curso auxiliar de biblioteca
Ppt curso auxiliar de biblioteca
 
Softwares para bibliotecas: opções gratuitas/livres e critérios para seleção
Softwares para bibliotecas: opções gratuitas/livres e critérios para seleçãoSoftwares para bibliotecas: opções gratuitas/livres e critérios para seleção
Softwares para bibliotecas: opções gratuitas/livres e critérios para seleção
 
fontes de informação
fontes de informaçãofontes de informação
fontes de informação
 
1ª aula indexacao 2013
1ª aula indexacao 20131ª aula indexacao 2013
1ª aula indexacao 2013
 
Glossário de Biblioteconomia
Glossário de BiblioteconomiaGlossário de Biblioteconomia
Glossário de Biblioteconomia
 
Aula fontes de informação
Aula  fontes de informaçãoAula  fontes de informação
Aula fontes de informação
 

Semelhante a Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"

Apresentação Estudo Usuário
Apresentação Estudo Usuário Apresentação Estudo Usuário
Apresentação Estudo Usuário Rogerio Almeida
 
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdfpolitica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdfAmandaRocha197859
 
Preparatório Santa Biblioteconomia - Foco UFF e Aeronáutica - Aula 1
Preparatório Santa Biblioteconomia - Foco UFF e Aeronáutica - Aula 1Preparatório Santa Biblioteconomia - Foco UFF e Aeronáutica - Aula 1
Preparatório Santa Biblioteconomia - Foco UFF e Aeronáutica - Aula 1Thalita Gama
 
Fontes planejamento estrategico_bibliotecasuniversitarias.pdf
Fontes planejamento estrategico_bibliotecasuniversitarias.pdfFontes planejamento estrategico_bibliotecasuniversitarias.pdf
Fontes planejamento estrategico_bibliotecasuniversitarias.pdfEverton Rodrigues
 
Pesquisa Usuarios IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolgia de ...
Pesquisa Usuarios IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolgia de ...Pesquisa Usuarios IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolgia de ...
Pesquisa Usuarios IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolgia de ...Carla Ferreira
 
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria VallsUm novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria VallsSIBiUSP
 
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010Biblio 2010
 
Man biblioteconomia
Man biblioteconomiaMan biblioteconomia
Man biblioteconomiaRegina Grein
 
Compartilhamento de informação e conhecimento
Compartilhamento de informação e conhecimentoCompartilhamento de informação e conhecimento
Compartilhamento de informação e conhecimentoPaula Carina De Araújo
 
Gestão estratégica em bibliotecas universitárias a experiência do SIBiUSP
Gestão estratégica em bibliotecas universitárias a experiência do SIBiUSPGestão estratégica em bibliotecas universitárias a experiência do SIBiUSP
Gestão estratégica em bibliotecas universitárias a experiência do SIBiUSPAnderson Santana
 
CBBD OCLC Relato De Experiência Rede De Conhecimento Intercultural E Profis...
CBBD OCLC Relato De Experiência   Rede De Conhecimento Intercultural E Profis...CBBD OCLC Relato De Experiência   Rede De Conhecimento Intercultural E Profis...
CBBD OCLC Relato De Experiência Rede De Conhecimento Intercultural E Profis...OCLC LAC
 
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...Fabrício Silva Assumpção
 
Cbbd2015 constituição teórico metodológica da biblioteca escolar
Cbbd2015 constituição teórico metodológica da biblioteca escolarCbbd2015 constituição teórico metodológica da biblioteca escolar
Cbbd2015 constituição teórico metodológica da biblioteca escolarElaine Rodrigues
 
Blogue, uma ferramenta ao serviço da biblioteca definitivo
Blogue, uma ferramenta ao serviço da biblioteca definitivoBlogue, uma ferramenta ao serviço da biblioteca definitivo
Blogue, uma ferramenta ao serviço da biblioteca definitivomaribeloureiro
 

Semelhante a Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação" (20)

Apresentação Estudo Usuário
Apresentação Estudo Usuário Apresentação Estudo Usuário
Apresentação Estudo Usuário
 
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdfpolitica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
politica-desenvolvimento-colecoes_atualizada.pdf
 
Preparatório Santa Biblioteconomia - Foco UFF e Aeronáutica - Aula 1
Preparatório Santa Biblioteconomia - Foco UFF e Aeronáutica - Aula 1Preparatório Santa Biblioteconomia - Foco UFF e Aeronáutica - Aula 1
Preparatório Santa Biblioteconomia - Foco UFF e Aeronáutica - Aula 1
 
Fontes planejamento estrategico_bibliotecasuniversitarias.pdf
Fontes planejamento estrategico_bibliotecasuniversitarias.pdfFontes planejamento estrategico_bibliotecasuniversitarias.pdf
Fontes planejamento estrategico_bibliotecasuniversitarias.pdf
 
Informe da Biblioteca da EEFE-USP 2016
Informe da Biblioteca da EEFE-USP 2016Informe da Biblioteca da EEFE-USP 2016
Informe da Biblioteca da EEFE-USP 2016
 
Pesquisa Usuarios IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolgia de ...
Pesquisa Usuarios IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolgia de ...Pesquisa Usuarios IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolgia de ...
Pesquisa Usuarios IFG (Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnolgia de ...
 
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria VallsUm novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
Um novo olhar sobre a atuação dos Bibliotecários - Profa. Dra. Valéria Valls
 
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010Aula 5 biblioteca universitaria 2010
Aula 5 biblioteca universitaria 2010
 
Pojeto biblioteca e software NAE
Pojeto biblioteca e software NAEPojeto biblioteca e software NAE
Pojeto biblioteca e software NAE
 
Man biblioteconomia
Man biblioteconomiaMan biblioteconomia
Man biblioteconomia
 
Projecto final
Projecto finalProjecto final
Projecto final
 
Biblioteca Escolar e trabalho colaborativo. Contributo para as Jornadas Liter...
Biblioteca Escolar e trabalho colaborativo. Contributo para as Jornadas Liter...Biblioteca Escolar e trabalho colaborativo. Contributo para as Jornadas Liter...
Biblioteca Escolar e trabalho colaborativo. Contributo para as Jornadas Liter...
 
Compartilhamento de informação e conhecimento
Compartilhamento de informação e conhecimentoCompartilhamento de informação e conhecimento
Compartilhamento de informação e conhecimento
 
Projeto de implantação
Projeto de implantaçãoProjeto de implantação
Projeto de implantação
 
Gestão estratégica em bibliotecas universitárias a experiência do SIBiUSP
Gestão estratégica em bibliotecas universitárias a experiência do SIBiUSPGestão estratégica em bibliotecas universitárias a experiência do SIBiUSP
Gestão estratégica em bibliotecas universitárias a experiência do SIBiUSP
 
Manual do DSpace
Manual do DSpaceManual do DSpace
Manual do DSpace
 
CBBD OCLC Relato De Experiência Rede De Conhecimento Intercultural E Profis...
CBBD OCLC Relato De Experiência   Rede De Conhecimento Intercultural E Profis...CBBD OCLC Relato De Experiência   Rede De Conhecimento Intercultural E Profis...
CBBD OCLC Relato De Experiência Rede De Conhecimento Intercultural E Profis...
 
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
Repositórios institucionais como ambientes de acesso aberto nas universidades...
 
Cbbd2015 constituição teórico metodológica da biblioteca escolar
Cbbd2015 constituição teórico metodológica da biblioteca escolarCbbd2015 constituição teórico metodológica da biblioteca escolar
Cbbd2015 constituição teórico metodológica da biblioteca escolar
 
Blogue, uma ferramenta ao serviço da biblioteca definitivo
Blogue, uma ferramenta ao serviço da biblioteca definitivoBlogue, uma ferramenta ao serviço da biblioteca definitivo
Blogue, uma ferramenta ao serviço da biblioteca definitivo
 

Mais de Solange Santana

Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"Solange Santana
 
Seminário "Ciência da Informação: objeto, problemas"
Seminário "Ciência da Informação: objeto, problemas"Seminário "Ciência da Informação: objeto, problemas"
Seminário "Ciência da Informação: objeto, problemas"Solange Santana
 
Indicadores de produção em pesquisa
Indicadores de produção em pesquisaIndicadores de produção em pesquisa
Indicadores de produção em pesquisaSolange Santana
 
Política de uso de redes sociais e periódicos científicos: a experiência da R...
Política de uso de redes sociais e periódicos científicos: a experiência da R...Política de uso de redes sociais e periódicos científicos: a experiência da R...
Política de uso de redes sociais e periódicos científicos: a experiência da R...Solange Santana
 
Pesquisa sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos: análise da produção científica...
Pesquisa sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos: análise da produção científica...Pesquisa sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos: análise da produção científica...
Pesquisa sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos: análise da produção científica...Solange Santana
 
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênciasO bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênciasSolange Santana
 
Recursos informacionais - Biblioteca EEFE-USP
Recursos informacionais - Biblioteca EEFE-USPRecursos informacionais - Biblioteca EEFE-USP
Recursos informacionais - Biblioteca EEFE-USPSolange Santana
 
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênc...
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênc...O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênc...
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênc...Solange Santana
 
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...Solange Santana
 
Aplicativo para dispositivos móveis Relato de experiência da Biblioteca da EE...
Aplicativo para dispositivos móveis Relato de experiência da Biblioteca da EE...Aplicativo para dispositivos móveis Relato de experiência da Biblioteca da EE...
Aplicativo para dispositivos móveis Relato de experiência da Biblioteca da EE...Solange Santana
 
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...Solange Santana
 
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênciasO bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênciasSolange Santana
 
Tutorial PubMed - Capacitação em pesquisa em bases de dados
Tutorial PubMed - Capacitação em pesquisa em bases de dadosTutorial PubMed - Capacitação em pesquisa em bases de dados
Tutorial PubMed - Capacitação em pesquisa em bases de dadosSolange Santana
 
Capacitação em Bases de dados - Introdução e Roteiro (Parte 1)
Capacitação em Bases de dados - Introdução e Roteiro (Parte 1)Capacitação em Bases de dados - Introdução e Roteiro (Parte 1)
Capacitação em Bases de dados - Introdução e Roteiro (Parte 1)Solange Santana
 
Disseminação da informação científica em meio às redes sociais: o caso da Rev...
Disseminação da informação científica em meio às redes sociais: o caso da Rev...Disseminação da informação científica em meio às redes sociais: o caso da Rev...
Disseminação da informação científica em meio às redes sociais: o caso da Rev...Solange Santana
 
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...Solange Santana
 
Mendeley: Apresentação para usuários
Mendeley: Apresentação para usuáriosMendeley: Apresentação para usuários
Mendeley: Apresentação para usuáriosSolange Santana
 
Flyer da Palestra Mendeley
Flyer da Palestra MendeleyFlyer da Palestra Mendeley
Flyer da Palestra MendeleySolange Santana
 

Mais de Solange Santana (20)

Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
Seminário "Informação na perspectiva da Ciência da Informação"
 
Seminário "Ciência da Informação: objeto, problemas"
Seminário "Ciência da Informação: objeto, problemas"Seminário "Ciência da Informação: objeto, problemas"
Seminário "Ciência da Informação: objeto, problemas"
 
Indicadores de produção em pesquisa
Indicadores de produção em pesquisaIndicadores de produção em pesquisa
Indicadores de produção em pesquisa
 
Política de uso de redes sociais e periódicos científicos: a experiência da R...
Política de uso de redes sociais e periódicos científicos: a experiência da R...Política de uso de redes sociais e periódicos científicos: a experiência da R...
Política de uso de redes sociais e periódicos científicos: a experiência da R...
 
Recursos informacionais
Recursos informacionaisRecursos informacionais
Recursos informacionais
 
Pesquisa sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos: análise da produção científica...
Pesquisa sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos: análise da produção científica...Pesquisa sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos: análise da produção científica...
Pesquisa sobre Jogos Olímpicos e Paralímpicos: análise da produção científica...
 
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênciasO bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
 
Recursos informacionais - Biblioteca EEFE-USP
Recursos informacionais - Biblioteca EEFE-USPRecursos informacionais - Biblioteca EEFE-USP
Recursos informacionais - Biblioteca EEFE-USP
 
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênc...
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênc...O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênc...
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênc...
 
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
 
Aplicativo para dispositivos móveis Relato de experiência da Biblioteca da EE...
Aplicativo para dispositivos móveis Relato de experiência da Biblioteca da EE...Aplicativo para dispositivos móveis Relato de experiência da Biblioteca da EE...
Aplicativo para dispositivos móveis Relato de experiência da Biblioteca da EE...
 
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
Disseminação da informação científica nas redes sociais: experiências e desaf...
 
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competênciasO bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
O bibliotecário e a editoração de periódicos científicos: fazeres e competências
 
Tutorial PubMed - Capacitação em pesquisa em bases de dados
Tutorial PubMed - Capacitação em pesquisa em bases de dadosTutorial PubMed - Capacitação em pesquisa em bases de dados
Tutorial PubMed - Capacitação em pesquisa em bases de dados
 
Capacitação em Bases de dados - Introdução e Roteiro (Parte 1)
Capacitação em Bases de dados - Introdução e Roteiro (Parte 1)Capacitação em Bases de dados - Introdução e Roteiro (Parte 1)
Capacitação em Bases de dados - Introdução e Roteiro (Parte 1)
 
Redação Científica
Redação CientíficaRedação Científica
Redação Científica
 
Disseminação da informação científica em meio às redes sociais: o caso da Rev...
Disseminação da informação científica em meio às redes sociais: o caso da Rev...Disseminação da informação científica em meio às redes sociais: o caso da Rev...
Disseminação da informação científica em meio às redes sociais: o caso da Rev...
 
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
Banner "Panorama dos periódicos científicos brasileiros de Educação Física vi...
 
Mendeley: Apresentação para usuários
Mendeley: Apresentação para usuáriosMendeley: Apresentação para usuários
Mendeley: Apresentação para usuários
 
Flyer da Palestra Mendeley
Flyer da Palestra MendeleyFlyer da Palestra Mendeley
Flyer da Palestra Mendeley
 

Último

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...Eró Cunha
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxKeslleyAFerreira
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja Mary Alvarenga
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...LuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024azulassessoria9
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...WelitaDiaz1
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docCarolineWaitman
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitlerhabiwo1978
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................mariagrave
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )MayaraDaSilvaAssis
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSPedroMatos469278
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxprofbrunogeo95
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguaKelly Mendes
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...azulassessoria9
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASricardo644666
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxIlda Bicacro
 

Último (20)

Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...Regulamento do Festival de Teatro Negro -  FESTIAFRO 2024 - 10ª edição -  CEI...
Regulamento do Festival de Teatro Negro - FESTIAFRO 2024 - 10ª edição - CEI...
 
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptxQuímica-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
Química-ensino médio ESTEQUIOMETRIA.pptx
 
Acróstico - Maio Laranja
Acróstico  - Maio Laranja Acróstico  - Maio Laranja
Acróstico - Maio Laranja
 
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
Slides Lição 7, Betel, Ordenança para uma vida de fidelidade e lealdade, 2Tr2...
 
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptxSlides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
Slides Lição 07, Central Gospel, As Duas Testemunhas Do Final Dos Tempos.pptx
 
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
ATIVIDADE 1 - ENF - ENFERMAGEM BASEADA EM EVIDÊNCIAS - 52_2024
 
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptxSlides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
Slides Lição 7, CPAD, O Perigo Da Murmuração, 2Tr24.pptx
 
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
atividade para 3ª serie do ensino medi sobrw biotecnologia( transgenicos, clo...
 
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.docProjeto envolvendo as borboletas - poema.doc
Projeto envolvendo as borboletas - poema.doc
 
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf HitlerAlemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
Alemanha vs União Soviética - Livro de Adolf Hitler
 
Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................Histogramas.pptx...............................
Histogramas.pptx...............................
 
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
Atividades adaptada de matemática (Adição pop )
 
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSSFormação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
Formação T.2 do Modulo I da Formação HTML & CSS
 
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptxAspectos históricos da educação dos surdos.pptx
Aspectos históricos da educação dos surdos.pptx
 
transcrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de línguatranscrição fonética para aulas de língua
transcrição fonética para aulas de língua
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...QUESTÃO 4   Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
QUESTÃO 4 Os estudos das competências pessoais é de extrema importância, pr...
 
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVASAPRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
APRENDA COMO USAR CONJUNÇÕES COORDENATIVAS
 
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptxEB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
EB1 Cumeada Co(n)Vida à Leitura - Livros à Solta_Serta.pptx
 

Palestra "Biblioteconomia: formação do bibliotecário e perspectivas de atuação"

  • 1. II PROESPRO PROJETO ESCOLA E PROFISSÃO II CICLO DE PALESTRAS SOBRE MOTIVAÇÃO E ORIENTAÇÃO VOCACIONAL BIBLIOTECONOMIA formação do bibliotecário e perspectivas de atuação Solange A. Santana | São Paulo | 2013
  • 2.
  • 4. Segundo a Desciclopedia, Biblioteconomia é o curso que ensina uma pessoa como organizar livros, ficar quieto durante dias sem fim dentro de uma biblioteca e atender mal. Fonte: Desciclopedia, 2013. Disponível em: <http://webcache.googleusercontent.com/search?q=cache:Y6lGSnnXEkYJ:desciclopedia.ws/wiki/Biblioteconomia+&cd=16&hl=pt-BR&ct=clnk&gl=br>. Acesso em: 07 ago. 2013.
  • 6. Da série “Quando eu falo que faço Biblioteconomia...
  • 7. Da série “Quando eu falo que faço Biblioteconomia...
  • 8. Da série “Quando eu falo que faço Biblioteconomia...
  • 9. Um pouco de teoria...
  • 10. Biblio - teco - nomia •a raiz biblio, derivada de biblion, não significa necessariamente livro; origina-se do grego, quando nem remotamente existia algo assemelhado a um livro; porém, referia-se à cidade de Biblos, produtora do papiro, material utilizado para escrita à época; •a palavra grega théke significa “caixa” e, por extensão, qualquer contêiner onde o material bibliográfico se encontre: estante, sala, edifício, etc. •o sufixo -nomia deriva do grego -nomos e se aplica a normas, regras, administração (por exemplo: agronomia, economia). Fonte: Mey, 2009 (adaptado)
  • 11. É uma área interdisciplinar e também multidisciplinar do conhecimento. Estuda as práticas, perspectivas e as aplicações de métodos de representação e gestão da informação e do conhecimento em diferentes ambientes de informação, tais como, bibliotecas, centros de documentação, centros de pesquisa, etc.
  • 12. A Biblioteconomia assim como a Arquivologia e a Museologia são disciplinas de um campo do conhecimento chamado Ciência da Informação.
  • 13. Segundo o Guia do estudante (2013), corresponde a classificação, organização, conservação e divulgação do acervo de bibliotecas e centros de documentação. O bibliotecário trabalha como um administrador de dados, que também processa e dissemina a informação. Além de catalogar e guardar as informações, ele orienta sua busca e seleção. Cabe-lhe analisar, sintetizar e organizar livros, revistas, documentos, fotos, filmes e vídeos. É de sua responsabilidade planejar, implementar e gerenciar sistemas de informação, além de preservar os suportes (mídias) para que resistam ao tempo e ao uso. Trabalha em bibliotecas públicas, escolares ou particulares, centros de documentação, arquivos, museus, centros culturais e de memória, hemerotecas, editoras, empresas de comunicação, provedores de internet, ONGs, clubes e associações. Nos últimos tempos, a atuação do profissional de biblioteconomia tem se voltado cada vez mais para a criação e a manutenção de arquivos digitais e para a montagem de bancos de dados em computadores, empregando para isso os sistemas de informática e a internet. Fonte: Guia do estudante, 2013.
  • 14. A formação do bibliotecário ocorre em nível superior (bacharelado em Biblioteconomia) e o exercício profissional é regulamentado por lei e fiscalizado por Conselhos Regionais de Biblioteconomia. No Brasil, a profissão do bibliotecário é regulamentada pelas leis n° 9.674 (26/06/1998) e nº 4.084 (30/06/1962) e na legislação correlata. Fonte: Wikipedia Disponível em: <http://pt.wikipedia.org/wiki/Biblioteconomia>. Acesso em: 7 ago. 2013.
  • 15. Sistema CFB/CRB: Suas atribuições são registrar os profissionais em biblioteconomia, fiscalizar o exercício da profissão, o funcionamento de bibliotecas, dentre outras.
  • 16. Para exercer a profissão de bibliotecário, os formandos devem solicitar o registro no Conselho Regional de Biblioteconomia. O exercício profissional sem registro, bem como a inadimplência no pagamento da anuidade, implica em caracterização do exercício ilegal da profissão, nos termos do art. 26 da Lei n° 4.084/62, dos incisos do art. 4º do Decreto nº 56.725/65 e do Código de Ética Profissional. CÓDIGO DE ÉTICA PROFISSIONAL DO BIBLIOTECÁRIO http://www.cfb.org.br/UserFiles/File/Resolucao/Resolucao_042-02.pdf
  • 17. Segundo o CRB-8: • Profissionais registrados (RM de São Paulo): 4.013 • Profissionais registrados (interior): 3.469 • Total: 7.482 bibliotecários atuando no Estado de São Paulo Fonte: CRB-8, 2013.
  • 19.
  • 21. O bibliotecário pode atuar em:            centros de documentação ou informação arquivos centros culturais centros de memória museus editoras empresas de rádio, TV e Internet órgãos governamentais empresas privadas e do terceiro setor bancos de imagem serviços de informação em geral Fonte: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/especial/200703-bibliotecario.php
  • 22.  Além de tratar e desenvolver recursos de informação, o bibliotecário pode desenvolver e realizar ações educativas e de ação cultural (principalmente de acesso à leitura);  trabalhar com organização e disponibilização de documentação histórica e conservação e restauração de obras raras;  integrar e desenvolver estudos e pesquisas em diversas áreas;  fazer parte dos processos das empresas na tomada de decisão e na certificação de qualidade;  atuar como analista de conteúdo de Internet;  administrar, desenvolver e manter bancos de dados, sistemas de informação, bibliotecas digitais e virtuais;  organizar sites e portais corporativos, realizando a arquitetura de informação;  implementar e integrar os processos de gestão de conhecimento de organizações. Fonte: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/especial/200703-bibliotecario.php
  • 23. Além disso, ele também pode atuar como autônomo, prestando consultorias a empresas. Por conta de suas múltiplas possibilidades de atuação, o bibliotecário foi ganhando outros nomes ou "apelidos", tais como:  profissional da informação  cientista da informação  gestor da informação  gestor de conhecimento Seja como for, a presença de um profissional com as suas competências tem sido cada vez mais necessária nos atuais tempos. Fonte: http://www.bibliotecavirtual.sp.gov.br/especial/200703-bibliotecario.php
  • 25.  Graduação: Título de Bacharel em Biblioteconomia  O registro profissional é exigido para atuação na área  O estágio curricular é obrigatório (em média 300 horas)  Trabalho Conclusão de Curso (TCC)  Duração média: quatro anos
  • 26. Além do curso de graduação, há:  Cursos de Especialização (Latu sensu)  Cursos de Pós-graduação (Strictu sensu) em Ciência da Informação  Há também o Curso Técnico de Biblioteconomia (Nível Médio) Fonte: http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/profissao/biblioteconomia/
  • 27. Grade Básica do Curso de Graduação em Biblioteconomia: •Informática Básica •Fundamentos da Biblioteconomia e da Ciência da Informação •História da Cultura / Sociedade e Cultura •Comunicação •Língua Portuguesa / Literatura de Língua Portuguesa / Literatura Mundial •Língua Inglesa •Métodos e Técnicas de Pesquisa •História do Livro •Infoeducação •Ação Cultural •Administração •Fontes de Informação •Tratamento da informação Fonte: http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/profissao/biblioteconomia/
  • 29. Existem atualmente no Brasil 39 cursos de Biblioteconomia e/ou Ciência da Informação entre Universidades Públicas e Particulares distribuídos da seguinte forma: Faculdades/Universidades Universidades Federais e Estaduais Faculdades Particulares TOTAL Quantidade 26 13 39 Cursos de Biblioteconomia existentes por região Regiões Federais/ Estaduais Particulares TOTAL Norte Nordeste Centro-Oeste Sudeste 2 8 3 7 0 0 2 10 2 8 5 17 Sul 6 1 7 TOTAL 26 13 39 Fonte: Site do Conselho Federal de Biblioteconomia, 2013
  • 30. São Paulo Instituições Públicas: Universidade de São Paulo (USP) - São Paulo e Ribeirão Preto Universidade Estadual Paulista (Unesp) - Campus Marília Universidade Federal São Carlos (UFSCar) - São Carlos Instituições Particulares: PUCCamp - Campinas FESPSP - São Paulo Centro Universitário Assunção (Unifai) Faculdades Integradas Coração de Jesus (Fainc) - Santo André Faculdades Integradas Tereza D´Ávila (Fatea) - Lorena
  • 31. O que é biblioteconomia? Revista Biblioo http://biblioo.info/o-que-e-biblioteconomia/
  • 32. Tudo que você sempre quis saber sobre Biblioteconomia, mas tinha vergonha de perguntar... http://bsf.org.br/2011/02/26/tudo-que-voce-sempre-quis-saber-sobrebiblioteconomia/
  • 33. Entidades de classe, associações e conselhos
  • 34. Entidades de classe, associações e conselhos CFB - Conselho Federal de Biblioteconomia CRB´s - Conselhos Regionais de Biblioteconomia FEBAB - Federação Brasileira de Bibliotecários, Cientistas da Informação e Instituições ABRAINFO - Associação Brasileira de Profissionais da Informação ANCIB - Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação e Ciência da Informação ABECIN - Associação Brasileira de Educação em Ciência da informação -São Paulo ABESP - Associação dos Bibliotecários do Estado de São Paulo (ABESP)
  • 36. Alguns eventos na área... EREBD´s Encontro Regional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação e Gestão da Informação ENEBD Encontro Nacional dos Estudantes de Biblioteconomia, Documentação e Gestão da Informação ENANCIB Encontro Nacional de Pesquisa em Ciência da Informação CBBD Congresso Brasileiro de Biblioteconomia, Documentação e Ciência da Informação SNBU Seminário Nacional de Bibliotecas Universitárias
  • 38. Biblioteconomia, um curso promissor que têm perfil jovem e profissionais gestores da informação http://ndonline.com.br/florianopolis/noticias/65243-biblioteconomia-um-curso-promissor-que-tem-perfiljovem-e-profissionais-gestores-da-informacao.html Fonte: NDOnline Internet amplia o mercado de trabalho dos bibliotecários. 'Dificilmente um recém-formado fica desempregado', diz William Okubo. http://g1.globo.com/educacao/guia-de-carreiras/noticia/2011/03/guia-de-carreiras-biblioteconomia.html Fonte: Portal G1 Biblioteconomia: atuação que vai além das prateleiras http://www.ofluminense.com.br/editorias/empregos-e-negocios/biblioteconomia-atuacao-vai-alem-dasprateleiras Fonte: O Fluminense
  • 39. Bibliotecário: novas funções revitalizam profissão http://www2.uol.com.br/aprendiz/guiadeempregos/estagios/info/artigos_ 270706.htm Fonte: Aprendiz: guia de profissões, 2006 Os novos gestores da informação http://carreiras.empregos.com.br/comunidades/campus/profissoes/11050 1-biblioteconomia.shtm Fonte: Empregos.com
  • 40. Links Relacionados •Conselho Federal de Biblioteconomia (CFB) •Conselho Regional de Biblioteconomia 8ª Região (CRB-8) •Federação Brasileira de Associação de Bibliotecários (FEBAB) •Sindicato dos Bibliotecários do Estado de São Paulo Downloads •História da Biblioteca e do Bibliotecário no Brasil
  • 41. • Aspectos Favoráveis da Profissão de Bibliotecário: Devido à carência de profissionais de biblioteconomia no país, há uma grande oferta de empregos principalmente em órgãos públicos, bibliotecas de instituições particulares, escritórios de advocacia e em empresas. Com a expansão da quantidade de ONGs e Centros comunitários há novas vagas também sendo abertas neste tipo de instituição. • Aspectos Desfavoráveis da Carreira em Biblioteconomia: Muitas vezes, o profissional de Biblioteconomia não é valorizado e reconhecido devidamente. Há muitas bibliotecas e centros de informação funcionando de modo ilegal, sem um bibliotecário responsável por considerá-lo dispensável.
  • 42.
  • 43. Livros CASTRO, Augusto Cesar. História da biblioteconomia brasileira: perspectiva histórica. Brasília: Thesaurus, 2000. FONSECA, Edson Nery da. Introdução à Biblioteconomia. Brasília: Briquet de Lemos, 2007. MCGARRY, Kevin. O contexto dinâmico da informação: uma análise introdutória. Brasília: Briquet de Lemos, 1999. MILANESI, Luis. Biblioteca. São Paulo: Ateliê, 2002. ORTEGA Y GASSET, J. Missão do bibliotecário. Brasília: Briquet de Lemos, 2005. SOUZA, Francisco das Chagas. Biblioteconomia, educação e sociedade. Florianópolis UFSC, 1993. 104 p. Blogs/Sites Bibliotecários sem fronteiras: http://bsf.org.br/ Revista Biblio: cultura informacional: http://biblioo.info/
  • 44. Referências CARVALHO, Jonatas. O que é biblioteconomia? Significações etimológicas e epistemológicas. Revista Biblioo: cultura Informacional. Disponível em: http://biblioo.info/o-que-e-biblioteconomia/>. Acesso em: 19 ago. 2013. CONSELHO FEDERAL DE BIBLIOTECONOMIA. Disponível em: <http://www.cfb.org.br/>. Acesso em: 10 ago .2013. CONSELHO REGIONAL DE BIBLIOTECONOMIA SÃO PAULO (CRB-8). Disponível em: <http://www.crb8.org.br/index.php>. Acesso em: 10 ago. 2013 . GUIA DE CARREIRA. 2013. Disponível em: <http://www.guiadacarreira.com.br/artigos/profissao/biblioteconomia/>. Acesso em: 8 ago. 2013. GUIA DO ESTUDANTE. 2013. Disponível em: <http://guiadoestudante.abril.com.br/>. Acesso em: 8 ago. 2013. MEY, Eliane Serrão Alves. Biblioteconomia envergonhada. 2009. Disponível em: <http://www.ofaj.com.br/textos_conteudo.php?cod=264>. Acesso em: 08 abr. 2013.
  • 45. II PROESPRO PROJETO ESCOLA E PROFISSÃO II CICLO DE PALESTRAS SOBRE MOTIVAÇÃO E ORIENTAÇÃO VOCACIONAL Solange A. Santana LinkedIn | br.linkedin.com/in/solangesantana Blog | biblio-blogging.blogspot.com.br Twitter | @solangebiblio São Paulo 2013