SlideShare uma empresa Scribd logo
Prof. Douglas Gregorio, 2013.
Nos primórdios da cultura ocidental, os primeiros
pensadores buscavam explicar a ORIGEM DO UNIVERSO.
Esse período da história da Filosofia foi chamado de Présocrático ou cosmológico (700-400 a.C.).
Esses pré-socráticos dividiam-se em
duas correntes:
OS FÍSICOS, que buscavam nos
elementos naturais o princípio do
universo, a ARCHÉ.
OS METAFÍSICOS, que buscavam
explicar a lógica do funcionamento
do universo, o LOGOS.
ZENÃO foi um
METAFÍSICO.
Ele acreditava que o
conhecimento da
realidade não podia
vir de nossas
impressões sensíveis,
mas somente do
raciocínio abstrato.
Ver, tocar, ouvir, cheirar, degustar...
Nada disso garante o conhecimento
verdadeiro.
Se tocarmos numa vela, ela é dura,
porém, se aquecida, estará mole ou até
liquefeita...

COMO DEFINIR A PARAFINA?!
Para Zenão, a
percepção do
MOVIMENTO
era uma ilusão.
O PARADOXO DE ZENÃO:
A tartaruga começa a se mover ANTES de
Aquiles que, obviamente, vai alcançá-la... será?
Saindo antes, a tartaruga SEMPRE estará à frente no TEMPO,
porém, não no ESPAÇO.
Assim, a percepção nos passa informações contraditórias, logo...
O MOVIMENTO É UMA ILUSÃO.
EINSTEIN:
A percepção do tempo
é inversamente
proporcional ao
deslocamento do
corpo. Quanto mais
rápido o corpo se
movimenta no espaço,
mais lentamente o
tempo se passa para
esse corpo.
Assim, temos a
possibilidade da
viagem no
tempo...
Então, o que são:
O passado...
...o presente...
...e o futuro?!
Zenão

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Política antiga e medieval aula - 3º ano
Política antiga e medieval   aula  - 3º anoPolítica antiga e medieval   aula  - 3º ano
Política antiga e medieval aula - 3º ano
José Antonio Ferreira da Silva
 
A evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º anoA evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º ano
Fábio Paiva
 
Falácias e erros de raciocínio
Falácias e erros de raciocínioFalácias e erros de raciocínio
Falácias e erros de raciocínio
Hélio Consolaro
 
Globalização e trabalho
Globalização e trabalhoGlobalização e trabalho
Globalização e trabalho
Celso Firmino Sociologia/Filosofia
 
Filosofia Socrática
Filosofia SocráticaFilosofia Socrática
Filosofia Socrática
Juliana Corvino de Araújo
 
Brasil - Primeira república
Brasil - Primeira repúblicaBrasil - Primeira república
Nietzsche
NietzscheNietzsche
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
isameucci
 
Os Sofistas
Os SofistasOs Sofistas
Os Sofistas
daysefaro
 
Poder e política
Poder e políticaPoder e política
Poder e política
Edenilson Morais
 
Aula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Aula de filosofia antiga, tema: SofistasAula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Aula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Leandro Nazareth Souto
 
Montesquieu 2º ano
Montesquieu 2º anoMontesquieu 2º ano
Montesquieu 2º ano
Vítor Meireles
 
3 Filosofia mito e religiao
3 Filosofia mito e religiao 3 Filosofia mito e religiao
3 Filosofia mito e religiao
Erica Frau
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
Janimara
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
Fabiana Tonsis
 
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e SócratesIntrodução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Diego Sampaio
 
Apres filosofias africanas ubuntu e a globalização
Apres    filosofias africanas ubuntu e a globalizaçãoApres    filosofias africanas ubuntu e a globalização
Apres filosofias africanas ubuntu e a globalização
Zara Hoffmann
 
FORDISMO, TAYLORISMO E TOYOTISMO
FORDISMO, TAYLORISMO E TOYOTISMOFORDISMO, TAYLORISMO E TOYOTISMO
FORDISMO, TAYLORISMO E TOYOTISMO
Prof. Noe Assunção
 
Aula O nascimento da filosofia 2015
Aula  O nascimento da filosofia 2015Aula  O nascimento da filosofia 2015
Aula O nascimento da filosofia 2015
Andreia Regina Moura Mendes
 
Os pré-socráticos
Os pré-socráticosOs pré-socráticos
Os pré-socráticos
João Paulo Rodrigues
 

Mais procurados (20)

Política antiga e medieval aula - 3º ano
Política antiga e medieval   aula  - 3º anoPolítica antiga e medieval   aula  - 3º ano
Política antiga e medieval aula - 3º ano
 
A evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º anoA evolução do ser humano - História 6º ano
A evolução do ser humano - História 6º ano
 
Falácias e erros de raciocínio
Falácias e erros de raciocínioFalácias e erros de raciocínio
Falácias e erros de raciocínio
 
Globalização e trabalho
Globalização e trabalhoGlobalização e trabalho
Globalização e trabalho
 
Filosofia Socrática
Filosofia SocráticaFilosofia Socrática
Filosofia Socrática
 
Brasil - Primeira república
Brasil - Primeira repúblicaBrasil - Primeira república
Brasil - Primeira república
 
Nietzsche
NietzscheNietzsche
Nietzsche
 
Iluminismo
IluminismoIluminismo
Iluminismo
 
Os Sofistas
Os SofistasOs Sofistas
Os Sofistas
 
Poder e política
Poder e políticaPoder e política
Poder e política
 
Aula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Aula de filosofia antiga, tema: SofistasAula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Aula de filosofia antiga, tema: Sofistas
 
Montesquieu 2º ano
Montesquieu 2º anoMontesquieu 2º ano
Montesquieu 2º ano
 
3 Filosofia mito e religiao
3 Filosofia mito e religiao 3 Filosofia mito e religiao
3 Filosofia mito e religiao
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
Grandes navegações
Grandes navegaçõesGrandes navegações
Grandes navegações
 
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e SócratesIntrodução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
Introdução à Filosofia - Os Pré-socráticos, Os Sofistas e Sócrates
 
Apres filosofias africanas ubuntu e a globalização
Apres    filosofias africanas ubuntu e a globalizaçãoApres    filosofias africanas ubuntu e a globalização
Apres filosofias africanas ubuntu e a globalização
 
FORDISMO, TAYLORISMO E TOYOTISMO
FORDISMO, TAYLORISMO E TOYOTISMOFORDISMO, TAYLORISMO E TOYOTISMO
FORDISMO, TAYLORISMO E TOYOTISMO
 
Aula O nascimento da filosofia 2015
Aula  O nascimento da filosofia 2015Aula  O nascimento da filosofia 2015
Aula O nascimento da filosofia 2015
 
Os pré-socráticos
Os pré-socráticosOs pré-socráticos
Os pré-socráticos
 

Destaque

Zenão de eléia trabalho filosofia
Zenão de eléia trabalho filosofiaZenão de eléia trabalho filosofia
Zenão de eléia trabalho filosofia
Larissa Yamazaki
 
Filosofia - Parmênide de Eléia - Prof.Altair Aguilar.
 Filosofia - Parmênide de Eléia - Prof.Altair Aguilar. Filosofia - Parmênide de Eléia - Prof.Altair Aguilar.
Filosofia - Parmênide de Eléia - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
rafaforte
 
Heráclito, pensadores de eleia, parmenides
Heráclito, pensadores de eleia, parmenidesHeráclito, pensadores de eleia, parmenides
Heráclito, pensadores de eleia, parmenides
rubens israel
 
Demócrito de Abdera
Demócrito de AbderaDemócrito de Abdera
Demócrito de Abdera
Alexandre Demétrio
 
Parmênides de eléia
Parmênides de eléiaParmênides de eléia
Parmênides de eléia
julia_ov
 
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
Cap 2   os filosofos da natureza - postarCap 2   os filosofos da natureza - postar
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
José Ferreira Júnior
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
Gustavo Cuin
 
O que é Cesariana -Sexualidade humana 7D 12
O que é Cesariana -Sexualidade humana 7D 12O que é Cesariana -Sexualidade humana 7D 12
O que é Cesariana -Sexualidade humana 7D 12
sansampa
 
Sêneca
SênecaSêneca
Sêneca
masalas
 
Filósofos Pré-Socráticos
Filósofos Pré-SocráticosFilósofos Pré-Socráticos
Filósofos Pré-Socráticos
Jecyane
 
Dos presocraticos a aristóteles
Dos presocraticos a aristótelesDos presocraticos a aristóteles
Dos presocraticos a aristóteles
Alan
 
Pré socráticos slides
Pré socráticos slidesPré socráticos slides
Pré socráticos slides
Colégio Tiradentes III
 
Os pré socráticos
Os pré socráticosOs pré socráticos
Os pré socráticos
Marina Leite
 
Galactosemia
GalactosemiaGalactosemia
Galactosemia
Alan Roger
 
Aula de filosofia antiga parmênides de eléia
Aula de filosofia antiga parmênides de eléiaAula de filosofia antiga parmênides de eléia
Aula de filosofia antiga parmênides de eléia
Leandro Nazareth Souto
 
O Basquete
O BasqueteO Basquete
O Basquete
Aandréa Rodrigues
 

Destaque (17)

Zenão de eléia trabalho filosofia
Zenão de eléia trabalho filosofiaZenão de eléia trabalho filosofia
Zenão de eléia trabalho filosofia
 
Filosofia - Parmênide de Eléia - Prof.Altair Aguilar.
 Filosofia - Parmênide de Eléia - Prof.Altair Aguilar. Filosofia - Parmênide de Eléia - Prof.Altair Aguilar.
Filosofia - Parmênide de Eléia - Prof.Altair Aguilar.
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
Heráclito, pensadores de eleia, parmenides
Heráclito, pensadores de eleia, parmenidesHeráclito, pensadores de eleia, parmenides
Heráclito, pensadores de eleia, parmenides
 
Demócrito de Abdera
Demócrito de AbderaDemócrito de Abdera
Demócrito de Abdera
 
Parmênides de eléia
Parmênides de eléiaParmênides de eléia
Parmênides de eléia
 
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
Cap 2   os filosofos da natureza - postarCap 2   os filosofos da natureza - postar
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
O que é Cesariana -Sexualidade humana 7D 12
O que é Cesariana -Sexualidade humana 7D 12O que é Cesariana -Sexualidade humana 7D 12
O que é Cesariana -Sexualidade humana 7D 12
 
Sêneca
SênecaSêneca
Sêneca
 
Filósofos Pré-Socráticos
Filósofos Pré-SocráticosFilósofos Pré-Socráticos
Filósofos Pré-Socráticos
 
Dos presocraticos a aristóteles
Dos presocraticos a aristótelesDos presocraticos a aristóteles
Dos presocraticos a aristóteles
 
Pré socráticos slides
Pré socráticos slidesPré socráticos slides
Pré socráticos slides
 
Os pré socráticos
Os pré socráticosOs pré socráticos
Os pré socráticos
 
Galactosemia
GalactosemiaGalactosemia
Galactosemia
 
Aula de filosofia antiga parmênides de eléia
Aula de filosofia antiga parmênides de eléiaAula de filosofia antiga parmênides de eléia
Aula de filosofia antiga parmênides de eléia
 
O Basquete
O BasqueteO Basquete
O Basquete
 

Semelhante a Zenão

FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
 FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
Diego Bian Filo Moreira
 
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOSOS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
Isabel Aguiar
 
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOSOS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
Isabel Aguiar
 
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição HumanaEvolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Iuri Guedes
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
Alison Nunes
 
06 semiotica-precursores-56sl
06  semiotica-precursores-56sl06  semiotica-precursores-56sl
06 semiotica-precursores-56sl
Djalma J. Patricio
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Elizeu Nascimento Silva
 
Lascrael 21 mp
Lascrael 21 mpLascrael 21 mp
Lascrael 21 mp
Alexandre Misturini
 
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humana
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humanaEvolução histórica da reflexão sobre a condição humana
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humana
19121992
 
Aula 2 teoria do conhecimento
Aula 2 teoria do conhecimentoAula 2 teoria do conhecimento
Aula 2 teoria do conhecimento
Anna Luiza Coli
 
A alma dorme_no_mineral-ebook
A alma dorme_no_mineral-ebookA alma dorme_no_mineral-ebook
A alma dorme_no_mineral-ebook
Helio Cruz
 
Curso de Gnosis
Curso de GnosisCurso de Gnosis
Curso de Gnosis
Eduardo Barbosa Moreira
 
A filosofia
A filosofiaA filosofia
A filosofia
AnaKlein1
 
Teorias_evolutivas_comecam_no_slide49.pdf
Teorias_evolutivas_comecam_no_slide49.pdfTeorias_evolutivas_comecam_no_slide49.pdf
Teorias_evolutivas_comecam_no_slide49.pdf
JooNeto756931
 
Filosofia Unidade 1
Filosofia Unidade 1Filosofia Unidade 1
Filosofia Unidade 1
Jorge Eduardo Brandán
 
Teorias e praticas_pedagogicas
Teorias e praticas_pedagogicasTeorias e praticas_pedagogicas
Teorias e praticas_pedagogicas
wprrangel
 
Fil2
Fil2Fil2
Filosofia. por que estudar...
Filosofia. por que estudar...Filosofia. por que estudar...
Filosofia. por que estudar...
josivaldopassos
 
Filosofia. por que estudar...
Filosofia. por que estudar...Filosofia. por que estudar...
Filosofia. por que estudar...
josivaldopassos
 
Filosofia. Por que estudar
Filosofia. Por que estudarFilosofia. Por que estudar
Filosofia. Por que estudar
josivaldopassos
 

Semelhante a Zenão (20)

FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
 FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
FILOSOFIA E CIÊNCIA - 2 ANO
 
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOSOS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
 
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOSOS PRIMEIROS FILÓSOFOS
OS PRIMEIROS FILÓSOFOS
 
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição HumanaEvolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
Evolução Histórica da Reflexão sobre a Condição Humana
 
O surgimento da filosofia
O surgimento da filosofiaO surgimento da filosofia
O surgimento da filosofia
 
06 semiotica-precursores-56sl
06  semiotica-precursores-56sl06  semiotica-precursores-56sl
06 semiotica-precursores-56sl
 
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
Aula 01   filosofia mito, natureza e razãoAula 01   filosofia mito, natureza e razão
Aula 01 filosofia mito, natureza e razão
 
Lascrael 21 mp
Lascrael 21 mpLascrael 21 mp
Lascrael 21 mp
 
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humana
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humanaEvolução histórica da reflexão sobre a condição humana
Evolução histórica da reflexão sobre a condição humana
 
Aula 2 teoria do conhecimento
Aula 2 teoria do conhecimentoAula 2 teoria do conhecimento
Aula 2 teoria do conhecimento
 
A alma dorme_no_mineral-ebook
A alma dorme_no_mineral-ebookA alma dorme_no_mineral-ebook
A alma dorme_no_mineral-ebook
 
Curso de Gnosis
Curso de GnosisCurso de Gnosis
Curso de Gnosis
 
A filosofia
A filosofiaA filosofia
A filosofia
 
Teorias_evolutivas_comecam_no_slide49.pdf
Teorias_evolutivas_comecam_no_slide49.pdfTeorias_evolutivas_comecam_no_slide49.pdf
Teorias_evolutivas_comecam_no_slide49.pdf
 
Filosofia Unidade 1
Filosofia Unidade 1Filosofia Unidade 1
Filosofia Unidade 1
 
Teorias e praticas_pedagogicas
Teorias e praticas_pedagogicasTeorias e praticas_pedagogicas
Teorias e praticas_pedagogicas
 
Fil2
Fil2Fil2
Fil2
 
Filosofia. por que estudar...
Filosofia. por que estudar...Filosofia. por que estudar...
Filosofia. por que estudar...
 
Filosofia. por que estudar...
Filosofia. por que estudar...Filosofia. por que estudar...
Filosofia. por que estudar...
 
Filosofia. Por que estudar
Filosofia. Por que estudarFilosofia. Por que estudar
Filosofia. Por que estudar
 

Mais de Douglas Gregorio

MOOC - o que é?
MOOC - o que é?MOOC - o que é?
MOOC - o que é?
Douglas Gregorio
 
A Cultura Underground.
A Cultura Underground.A Cultura Underground.
A Cultura Underground.
Douglas Gregorio
 
Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.
Douglas Gregorio
 
A Virtude.
A Virtude.A Virtude.
A Virtude.
Douglas Gregorio
 
A Revolução Digital.
A Revolução Digital.A Revolução Digital.
A Revolução Digital.
Douglas Gregorio
 
A sociedade em rede.
A sociedade em rede.A sociedade em rede.
A sociedade em rede.
Douglas Gregorio
 
Questão ambiental.
Questão ambiental.Questão ambiental.
Questão ambiental.
Douglas Gregorio
 
Cultura, o que é.
Cultura, o que é.Cultura, o que é.
Cultura, o que é.
Douglas Gregorio
 
Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.
Douglas Gregorio
 
Ciência, introdução.
Ciência, introdução.Ciência, introdução.
Ciência, introdução.
Douglas Gregorio
 
Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.
Douglas Gregorio
 
Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.
Douglas Gregorio
 
Conhecimento mítico
Conhecimento míticoConhecimento mítico
Conhecimento mítico
Douglas Gregorio
 
Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.
Douglas Gregorio
 
A natureza humana.
A natureza humana. A natureza humana.
A natureza humana.
Douglas Gregorio
 
Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.
Douglas Gregorio
 
Socialização
SocializaçãoSocialização
Socialização
Douglas Gregorio
 
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
Douglas Gregorio
 
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Douglas Gregorio
 
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Douglas Gregorio
 

Mais de Douglas Gregorio (20)

MOOC - o que é?
MOOC - o que é?MOOC - o que é?
MOOC - o que é?
 
A Cultura Underground.
A Cultura Underground.A Cultura Underground.
A Cultura Underground.
 
Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.
 
A Virtude.
A Virtude.A Virtude.
A Virtude.
 
A Revolução Digital.
A Revolução Digital.A Revolução Digital.
A Revolução Digital.
 
A sociedade em rede.
A sociedade em rede.A sociedade em rede.
A sociedade em rede.
 
Questão ambiental.
Questão ambiental.Questão ambiental.
Questão ambiental.
 
Cultura, o que é.
Cultura, o que é.Cultura, o que é.
Cultura, o que é.
 
Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.
 
Ciência, introdução.
Ciência, introdução.Ciência, introdução.
Ciência, introdução.
 
Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.
 
Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.
 
Conhecimento mítico
Conhecimento míticoConhecimento mítico
Conhecimento mítico
 
Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.
 
A natureza humana.
A natureza humana. A natureza humana.
A natureza humana.
 
Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.
 
Socialização
SocializaçãoSocialização
Socialização
 
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
 
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
 
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
 

Último

1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
LeticiaRochaCupaiol
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
fran0410
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
TomasSousa7
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
ANDRÉA FERREIRA
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
silvamelosilva300
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
joaresmonte3
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
SthafaniHussin1
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
TomasSousa7
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 

Último (20)

1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
1ª LEI DE OHN, CARACTERISTICAS IMPORTANTES.
 
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
Telepsiquismo Utilize seu poder extrassensorial para atrair prosperidade (Jos...
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Pintura Romana .pptx
Pintura Romana                     .pptxPintura Romana                     .pptx
Pintura Romana .pptx
 
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
A festa junina é uma tradicional festividade popular que acontece durante o m...
 
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdfO Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
O Mito da Caverna de Platão_ Uma Jornada em Busca da Verdade.pdf
 
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptxAtpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
Atpcg PEI Rev Irineu GESTÃO DE SALA DE AULA.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptxSlides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
Slides Lição 12, CPAD, A Bendita Esperança, A Marca do Cristão, 2Tr24.pptx
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdfAULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
AULA-001---AS-CELULAS_5546dad041b949bbb7b1f0fa841a6d1f.pdf
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Leonardo da Vinci .pptx
Leonardo da Vinci                  .pptxLeonardo da Vinci                  .pptx
Leonardo da Vinci .pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 

Zenão

  • 2. Nos primórdios da cultura ocidental, os primeiros pensadores buscavam explicar a ORIGEM DO UNIVERSO. Esse período da história da Filosofia foi chamado de Présocrático ou cosmológico (700-400 a.C.).
  • 3. Esses pré-socráticos dividiam-se em duas correntes: OS FÍSICOS, que buscavam nos elementos naturais o princípio do universo, a ARCHÉ. OS METAFÍSICOS, que buscavam explicar a lógica do funcionamento do universo, o LOGOS.
  • 4. ZENÃO foi um METAFÍSICO. Ele acreditava que o conhecimento da realidade não podia vir de nossas impressões sensíveis, mas somente do raciocínio abstrato.
  • 5. Ver, tocar, ouvir, cheirar, degustar... Nada disso garante o conhecimento verdadeiro. Se tocarmos numa vela, ela é dura, porém, se aquecida, estará mole ou até liquefeita... COMO DEFINIR A PARAFINA?!
  • 6. Para Zenão, a percepção do MOVIMENTO era uma ilusão.
  • 7. O PARADOXO DE ZENÃO: A tartaruga começa a se mover ANTES de Aquiles que, obviamente, vai alcançá-la... será?
  • 8. Saindo antes, a tartaruga SEMPRE estará à frente no TEMPO, porém, não no ESPAÇO. Assim, a percepção nos passa informações contraditórias, logo... O MOVIMENTO É UMA ILUSÃO.
  • 9. EINSTEIN: A percepção do tempo é inversamente proporcional ao deslocamento do corpo. Quanto mais rápido o corpo se movimenta no espaço, mais lentamente o tempo se passa para esse corpo.
  • 10. Assim, temos a possibilidade da viagem no tempo...
  • 11. Então, o que são: O passado... ...o presente... ...e o futuro?!