SlideShare uma empresa Scribd logo

Professor: Osório Queiroga 
‘’QUAL A IMPORTÂNCIA DA 
FILOSOFIA PRÉ-SOCRÁTICA PARA 
A PSICOLOGIA?’’
Psicologia e Filosofia 
 
 Inicialmente é importante destacar que a jornada da 
Psicologia como ciência, foi um processo longo que 
nasceu da filosofia. 
 Os gregos tem um papel importante na história da 
psicologia. 
 É na Grécia que surge as primeiras tentativas de 
formar uma psicologia.
Conceito de Psicologia 
Formada por duas palavras gregas: 
 
1. PSIQUE - Alma, Mente. 
2. LOGOS – Estudo, Ciência. 
Etimologicamente Psicologia significa: 
‘’ESTUDO DA ALMA’’
Discussões pré-socráticas 
Os idealistas acreditavam que a ideia formava o 
mundo- ele não era pré-concebido e cada um via de 
 
uma forma. 
Os materialistas acreditavam que a matéria que forma o 
mundo já está pronta, aberta para percepção. 
- O mundo existe por que o homem o vê ou o homem 
vê um mundo que já existe? 
- O homem se relaciona com o mundo através da 
percepção!
Filósofos Pré-Socráticos 
 
 Investigaram a physis (natureza) e, por isso, são chamados de 
físicos; 
 Procuraram o princípio constitutivo da cosmologia. Os gregos 
usavam a palavra arché para designar esse princípio; 
 Fizeram duas grandes rupturas: 
 A primeira foi que tentaram entender o mundo com o uso da 
razão, por meio da observação cuidadosa, sem o uso da 
religião, tradição ou da autoridade. 
 Ensinaram outras pessoas a usar a própria razão e também 
pensar por si mesmas.
Grandes filósofos do período cosmológico, o 
pensamento de cada um, e onde este pensamento 
influenciou as correntes psicológicas. 
 
Tales de Mileto (Os 
Jónios-Escola 
Jónica) 
Foi o primeiro filósofo do período 
cosmológico, buscou o elemento mais 
estável que compunha o universo 
(substância fundamental). Para ele tudo 
havia surgido da água, pois ela nutre os 
seres vivos e compõe a maior parte do 
planeta (elemento vital). Para a 
psicologia, a grande realização de Tales 
foi à tentativa de explicar o mundo de 
uma forma racional.
Heráclito de Éfeso 
(Os Efésios-Escola 
Jónica) 
 
Descordava de Tales, pois para ele seria difícil 
reduzir o cosmo a um único elemento. Heráclito 
achava que o mundo estava em uma constante 
transformação, “um constante devir”. Sua 
contribuição para psicologia foi muito 
importante, para lembrar aos psicólogos que ele 
não trabalha com elementos fixos, mas com seres 
humanos que mudam, e mudam sempre. 
Podemos extrair de seu pensamento que os seres 
humanos são únicos, singulares, e que não 
estaremos lidando com um elemento único, mas 
com vários elementos em transformação. Assim 
para Heráclito o que dava o “empurrão” para a 
dinâmica do universo seria o Fogo.
Pitágoras de Samos (Os 
Pitagóricos-Escola Itálica) 
 
Para este grande filósofo o número é a essência 
permanente das coisas. Pitágoras sustentava a 
existência de uma alma imortal, distinta do 
corpo, ao qual preexiste e no qual se encarnava 
como em uma prisão. A contribuição desse 
filósofo para psicologia é essencial, pois foi 
através dos métodos quantitativos que a 
psicologia tornou-se ciência.
 
Zenão de Éleia 
(Os Eleatas-Escola 
Eleática) 
Elaborou um método que consistia na 
formação de paradoxos. Se cogita que ele 
tenha feito quarenta paradoxos contra a 
divisibilidade, movimento e a 
multiplicidade. Desta forma, não 
pretendia contrapor diretamente as 
ideias que combatia mas, sim mostrar os 
absurdos daquelas ideias (e, portanto, 
sua falsidade). A missão desse magnífico 
pensador auxiliou para a compreensão 
de que existem leis lógicas e universais 
na Natureza, que essas leis só podem ser 
concebidas pelo raciocínio e que os 
sentidos, embora não negado o seu saber, 
conduzem-nos pela via da errância e não 
a da verdade.
Demócrito de Abdera (Os 
Atomistas-Escola 
Atomística) 
 Para ele as pessoas eram constituídas de 
átomos de alma e de átomos de corpos. 
Considerava que os pensamentos e atos do 
homem, bem como todos os acontecimentos 
de sua vida, eram determinados por agentes 
externos, e de “forma tão rígida como o 
curso das estrelas”. Dessa forma Demócrito 
salientou o papel dos estímulos externos na 
determinação do comportamento e a questão 
do determinismo, em contraposição ao livre-arbítrio. 
Pontos que mais tarde foram 
retomados pelos Behavioristas (escola 
psicológica). Demócrito foi considerado o 
primeiro fundador da psicologia materialista 
lógica.
Conclusão 
Deste modo, pode-se concluir que a Filosofia e a Psicologia 
tem uma estreita relação e necessitam estar continuamente 
sendo estudadas para um melhor aproveitamento 
Antropológico. Além disso, ambos os estudos podem 
favorecer ao homem um maior  
autoconhecimento de si e 
melhorar as relações intersubjetivas. Ressalta-se que este 
estudo não pretendeu apontar todos os pontos de relação 
entre a Filosofia e Psicologia, mas foi apontado aspectos 
que se acredita serem alguns dos principais. 
Após termos estudado o tema abordado neste trabalho, 
percebemos que os filósofos pré-socráticos foram de 
extrema importância para o desenvolvimento do 
pensamento e da psicologia.
Akádia Silva 
Emanuelly Velozo 
Jecyane Ertha 
Nathane Lopes 
Taís de Araújo

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles
Ética para Sócrates, Platão e AristótelesÉtica para Sócrates, Platão e Aristóteles
Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles
Amanda Almeida Matos
 
Existencialismo
ExistencialismoExistencialismo
Existencialismo
Portal do Vestibulando
 
Mito e filosofia
Mito e filosofiaMito e filosofia
Mito e filosofia
Manoelito Filho Soares
 
Filósofos Pré socráticos
Filósofos Pré socráticosFilósofos Pré socráticos
Filósofos Pré socráticos
Juliana Corvino de Araújo
 
Aula 1 - Introdução à Psicologia
Aula 1 - Introdução à PsicologiaAula 1 - Introdução à Psicologia
Aula 1 - Introdução à Psicologia
Felipe Saraiva Nunes de Pinho
 
Racionalismo x Empirismo
Racionalismo x EmpirismoRacionalismo x Empirismo
Racionalismo x Empirismo
Leonardo Leitão
 
Desenvolvimento Humano
Desenvolvimento HumanoDesenvolvimento Humano
Desenvolvimento Humano
andressa bonn
 
Aula 21 filosofia da ciência
Aula 21   filosofia da ciênciaAula 21   filosofia da ciência
Aula 21 filosofia da ciência
professorleo1989
 
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da FilosofiaAula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
Claudio Henrique Ramos Sales
 
Aula 1 nascimento da filosofia
Aula 1 nascimento da filosofiaAula 1 nascimento da filosofia
Aula 1 nascimento da filosofia
california76
 
Filosofia 04 - Filosofia Medieval
Filosofia 04 - Filosofia MedievalFilosofia 04 - Filosofia Medieval
Filosofia 04 - Filosofia Medieval
Diego Bian Filo Moreira
 
Os Sofistas
Os SofistasOs Sofistas
Os Sofistas
daysefaro
 
Aula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Aula de Filosofia - Filosofia ContemporâneaAula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Aula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Rafael Oliveira
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
Juliana Corvino de Araújo
 
O NOVO ENSINO MÉDIO.pptx
O NOVO ENSINO MÉDIO.pptxO NOVO ENSINO MÉDIO.pptx
O NOVO ENSINO MÉDIO.pptx
MeireGranada1
 
Filosofia e Mito
Filosofia e MitoFilosofia e Mito
Filosofia e Mito
BandeiradeMello
 
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe AssunçãoAtividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
Prof. Noe Assunção
 
Sócrates
SócratesSócrates
Sócrates
Péricles Penuel
 
Santo Agostinho
Santo AgostinhoSanto Agostinho
Santo Agostinho
Elisama Lopes
 
Aula de psicologia
Aula de psicologiaAula de psicologia
Aula de psicologia
Adriana Alves Almeida
 

Mais procurados (20)

Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles
Ética para Sócrates, Platão e AristótelesÉtica para Sócrates, Platão e Aristóteles
Ética para Sócrates, Platão e Aristóteles
 
Existencialismo
ExistencialismoExistencialismo
Existencialismo
 
Mito e filosofia
Mito e filosofiaMito e filosofia
Mito e filosofia
 
Filósofos Pré socráticos
Filósofos Pré socráticosFilósofos Pré socráticos
Filósofos Pré socráticos
 
Aula 1 - Introdução à Psicologia
Aula 1 - Introdução à PsicologiaAula 1 - Introdução à Psicologia
Aula 1 - Introdução à Psicologia
 
Racionalismo x Empirismo
Racionalismo x EmpirismoRacionalismo x Empirismo
Racionalismo x Empirismo
 
Desenvolvimento Humano
Desenvolvimento HumanoDesenvolvimento Humano
Desenvolvimento Humano
 
Aula 21 filosofia da ciência
Aula 21   filosofia da ciênciaAula 21   filosofia da ciência
Aula 21 filosofia da ciência
 
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da FilosofiaAula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
Aula 03 - Sócrates e o Nascimento da Filosofia
 
Aula 1 nascimento da filosofia
Aula 1 nascimento da filosofiaAula 1 nascimento da filosofia
Aula 1 nascimento da filosofia
 
Filosofia 04 - Filosofia Medieval
Filosofia 04 - Filosofia MedievalFilosofia 04 - Filosofia Medieval
Filosofia 04 - Filosofia Medieval
 
Os Sofistas
Os SofistasOs Sofistas
Os Sofistas
 
Aula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Aula de Filosofia - Filosofia ContemporâneaAula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
Aula de Filosofia - Filosofia Contemporânea
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
O NOVO ENSINO MÉDIO.pptx
O NOVO ENSINO MÉDIO.pptxO NOVO ENSINO MÉDIO.pptx
O NOVO ENSINO MÉDIO.pptx
 
Filosofia e Mito
Filosofia e MitoFilosofia e Mito
Filosofia e Mito
 
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe AssunçãoAtividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
Atividade do mito de edipo - Prof. Noe Assunção
 
Sócrates
SócratesSócrates
Sócrates
 
Santo Agostinho
Santo AgostinhoSanto Agostinho
Santo Agostinho
 
Aula de psicologia
Aula de psicologiaAula de psicologia
Aula de psicologia
 

Destaque

Pré socráticos slides
Pré socráticos slidesPré socráticos slides
Pré socráticos slides
Colégio Tiradentes III
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
rafaforte
 
Os pré socráticos
Os pré socráticosOs pré socráticos
Os pré socráticos
Marina Leite
 
Apresentação de Mito e Filosofia/ Pré-socráticos
Apresentação de Mito e Filosofia/ Pré-socráticosApresentação de Mito e Filosofia/ Pré-socráticos
Apresentação de Mito e Filosofia/ Pré-socráticos
Euza Raquel
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
Gustavo Cuin
 
Zenão de eleia
Zenão de eleiaZenão de eleia
Zenão de eleia
danikj
 
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar.
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar.Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar.
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
Pre socraticos à Aristóteles
Pre socraticos à AristótelesPre socraticos à Aristóteles
Pre socraticos à Aristóteles
Alan
 
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
Cap 2   os filosofos da natureza - postarCap 2   os filosofos da natureza - postar
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
José Ferreira Júnior
 
Os pré-socráticos
Os pré-socráticosOs pré-socráticos
Os pré-socráticos
João Paulo Rodrigues
 
Filosofia i
Filosofia iFilosofia i
Filosofia i
Felipe Hiago
 
Zenão de eléia trabalho filosofia
Zenão de eléia trabalho filosofiaZenão de eléia trabalho filosofia
Zenão de eléia trabalho filosofia
Larissa Yamazaki
 
Linha do tempo historica
Linha do tempo historicaLinha do tempo historica
Linha do tempo historica
Duda Barker
 
Zenão
ZenãoZenão
Empédocles
Empédocles   Empédocles
Filosofia paola 13m p
Filosofia paola 13m pFilosofia paola 13m p
Filosofia paola 13m p
alemisturini
 
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair AguilarOs Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar
Altair Moisés Aguilar
 
PRÉ-SOCRÁTICOS - ANAXÍMENES - Filosofia
PRÉ-SOCRÁTICOS - ANAXÍMENES - FilosofiaPRÉ-SOCRÁTICOS - ANAXÍMENES - Filosofia
PRÉ-SOCRÁTICOS - ANAXÍMENES - Filosofia
Leila Santana
 
Períodos e campos da filosofia grega. 1 Ano ensino médio.
Períodos e campos da filosofia grega.  1 Ano ensino médio.Períodos e campos da filosofia grega.  1 Ano ensino médio.
Períodos e campos da filosofia grega. 1 Ano ensino médio.
Déborah Carvalho
 
FilóSofos Da Natureza
FilóSofos Da NaturezaFilóSofos Da Natureza
FilóSofos Da Natureza
guestf1f2cd
 

Destaque (20)

Pré socráticos slides
Pré socráticos slidesPré socráticos slides
Pré socráticos slides
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
Os pré socráticos
Os pré socráticosOs pré socráticos
Os pré socráticos
 
Apresentação de Mito e Filosofia/ Pré-socráticos
Apresentação de Mito e Filosofia/ Pré-socráticosApresentação de Mito e Filosofia/ Pré-socráticos
Apresentação de Mito e Filosofia/ Pré-socráticos
 
Pré socráticos
Pré socráticosPré socráticos
Pré socráticos
 
Zenão de eleia
Zenão de eleiaZenão de eleia
Zenão de eleia
 
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar.
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar.Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar.
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar.
 
Pre socraticos à Aristóteles
Pre socraticos à AristótelesPre socraticos à Aristóteles
Pre socraticos à Aristóteles
 
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
Cap 2   os filosofos da natureza - postarCap 2   os filosofos da natureza - postar
Cap 2 os filosofos da natureza - postar
 
Os pré-socráticos
Os pré-socráticosOs pré-socráticos
Os pré-socráticos
 
Filosofia i
Filosofia iFilosofia i
Filosofia i
 
Zenão de eléia trabalho filosofia
Zenão de eléia trabalho filosofiaZenão de eléia trabalho filosofia
Zenão de eléia trabalho filosofia
 
Linha do tempo historica
Linha do tempo historicaLinha do tempo historica
Linha do tempo historica
 
Zenão
ZenãoZenão
Zenão
 
Empédocles
Empédocles   Empédocles
Empédocles
 
Filosofia paola 13m p
Filosofia paola 13m pFilosofia paola 13m p
Filosofia paola 13m p
 
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair AguilarOs Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar
Os Filósofos Pré-Socráticos - Prof. Altair Aguilar
 
PRÉ-SOCRÁTICOS - ANAXÍMENES - Filosofia
PRÉ-SOCRÁTICOS - ANAXÍMENES - FilosofiaPRÉ-SOCRÁTICOS - ANAXÍMENES - Filosofia
PRÉ-SOCRÁTICOS - ANAXÍMENES - Filosofia
 
Períodos e campos da filosofia grega. 1 Ano ensino médio.
Períodos e campos da filosofia grega.  1 Ano ensino médio.Períodos e campos da filosofia grega.  1 Ano ensino médio.
Períodos e campos da filosofia grega. 1 Ano ensino médio.
 
FilóSofos Da Natureza
FilóSofos Da NaturezaFilóSofos Da Natureza
FilóSofos Da Natureza
 

Semelhante a Filósofos Pré-Socráticos

Filosofia & psicologia
Filosofia & psicologiaFilosofia & psicologia
Filosofia & psicologia
Luciano Souza
 
Contribuições da filosofia da idade antiga a psicologia atual
Contribuições da filosofia da idade antiga a psicologia atualContribuições da filosofia da idade antiga a psicologia atual
Contribuições da filosofia da idade antiga a psicologia atual
Luciano Souza
 
Portfólio Historia da Psicologia.pdf
Portfólio Historia da Psicologia.pdfPortfólio Historia da Psicologia.pdf
Portfólio Historia da Psicologia.pdf
Vilciele
 
Aula 01 - Origens da Filosofia
Aula 01 - Origens da FilosofiaAula 01 - Origens da Filosofia
Aula 01 - Origens da Filosofia
William Ananias
 
TRABALHO SOBRE A ORIGEM DA PSICOLOGIA - SÓCRATES
TRABALHO SOBRE A ORIGEM DA PSICOLOGIA - SÓCRATESTRABALHO SOBRE A ORIGEM DA PSICOLOGIA - SÓCRATES
TRABALHO SOBRE A ORIGEM DA PSICOLOGIA - SÓCRATES
Clodomir Araújo
 
Desenvolvimento
DesenvolvimentoDesenvolvimento
Desenvolvimento
Kalina Lima Santos
 
Giovanetti. psicologia existencial e espiritualidade
Giovanetti. psicologia existencial e espiritualidadeGiovanetti. psicologia existencial e espiritualidade
Giovanetti. psicologia existencial e espiritualidade
Érika Renata
 
Psic doc2 m1
Psic doc2 m1Psic doc2 m1
Psic doc2 m1
psicologiaazambuja
 
A evolução da ciência psicológica
A evolução da ciência psicológicaA evolução da ciência psicológica
A evolução da ciência psicológica
Eduardo Dias
 
Carla geanfrancisco filosofia para iniciantes - resumo
Carla geanfrancisco   filosofia para iniciantes - resumoCarla geanfrancisco   filosofia para iniciantes - resumo
Carla geanfrancisco filosofia para iniciantes - resumo
Carla Geanfrancisco Falasca
 
Cor na psicologia
Cor na psicologiaCor na psicologia
2020-2 - [1] - História e Desenvolvimento da Psicologia.pptx
2020-2 - [1] - História e Desenvolvimento da Psicologia.pptx2020-2 - [1] - História e Desenvolvimento da Psicologia.pptx
2020-2 - [1] - História e Desenvolvimento da Psicologia.pptx
FabioGomes141583
 
o que é arché
o que é archéo que é arché
o que é arché
puenzo
 
História da psicologia todos os cursos - texto 1 (1)
História da psicologia   todos os cursos - texto 1 (1)História da psicologia   todos os cursos - texto 1 (1)
História da psicologia todos os cursos - texto 1 (1)
Patricia Amorim
 
Aula de filosofia
Aula de filosofiaAula de filosofia
Aula de filosofia
Gutt1848
 
Fenomenologia e a psicologia
Fenomenologia e a psicologiaFenomenologia e a psicologia
Fenomenologia e a psicologia
Clínica Evolução vida
 
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpFilosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Alexandre Misturini
 
Evolu+º+úo da ci+¬ncia psicol+¦gica
Evolu+º+úo da ci+¬ncia psicol+¦gicaEvolu+º+úo da ci+¬ncia psicol+¦gica
Evolu+º+úo da ci+¬ncia psicol+¦gica
familiaestagio
 
Psicologia_-_Ciencia.pdf
Psicologia_-_Ciencia.pdfPsicologia_-_Ciencia.pdf
Psicologia_-_Ciencia.pdf
ssuser2d85e91
 
Aula 01 mitologia e filosofia
Aula 01   mitologia e filosofiaAula 01   mitologia e filosofia
Aula 01 mitologia e filosofia
Jocélio Lima
 

Semelhante a Filósofos Pré-Socráticos (20)

Filosofia & psicologia
Filosofia & psicologiaFilosofia & psicologia
Filosofia & psicologia
 
Contribuições da filosofia da idade antiga a psicologia atual
Contribuições da filosofia da idade antiga a psicologia atualContribuições da filosofia da idade antiga a psicologia atual
Contribuições da filosofia da idade antiga a psicologia atual
 
Portfólio Historia da Psicologia.pdf
Portfólio Historia da Psicologia.pdfPortfólio Historia da Psicologia.pdf
Portfólio Historia da Psicologia.pdf
 
Aula 01 - Origens da Filosofia
Aula 01 - Origens da FilosofiaAula 01 - Origens da Filosofia
Aula 01 - Origens da Filosofia
 
TRABALHO SOBRE A ORIGEM DA PSICOLOGIA - SÓCRATES
TRABALHO SOBRE A ORIGEM DA PSICOLOGIA - SÓCRATESTRABALHO SOBRE A ORIGEM DA PSICOLOGIA - SÓCRATES
TRABALHO SOBRE A ORIGEM DA PSICOLOGIA - SÓCRATES
 
Desenvolvimento
DesenvolvimentoDesenvolvimento
Desenvolvimento
 
Giovanetti. psicologia existencial e espiritualidade
Giovanetti. psicologia existencial e espiritualidadeGiovanetti. psicologia existencial e espiritualidade
Giovanetti. psicologia existencial e espiritualidade
 
Psic doc2 m1
Psic doc2 m1Psic doc2 m1
Psic doc2 m1
 
A evolução da ciência psicológica
A evolução da ciência psicológicaA evolução da ciência psicológica
A evolução da ciência psicológica
 
Carla geanfrancisco filosofia para iniciantes - resumo
Carla geanfrancisco   filosofia para iniciantes - resumoCarla geanfrancisco   filosofia para iniciantes - resumo
Carla geanfrancisco filosofia para iniciantes - resumo
 
Cor na psicologia
Cor na psicologiaCor na psicologia
Cor na psicologia
 
2020-2 - [1] - História e Desenvolvimento da Psicologia.pptx
2020-2 - [1] - História e Desenvolvimento da Psicologia.pptx2020-2 - [1] - História e Desenvolvimento da Psicologia.pptx
2020-2 - [1] - História e Desenvolvimento da Psicologia.pptx
 
o que é arché
o que é archéo que é arché
o que é arché
 
História da psicologia todos os cursos - texto 1 (1)
História da psicologia   todos os cursos - texto 1 (1)História da psicologia   todos os cursos - texto 1 (1)
História da psicologia todos os cursos - texto 1 (1)
 
Aula de filosofia
Aula de filosofiaAula de filosofia
Aula de filosofia
 
Fenomenologia e a psicologia
Fenomenologia e a psicologiaFenomenologia e a psicologia
Fenomenologia e a psicologia
 
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mpFilosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
Filosofia eduarda, ana laura e jaqueline 11 mp
 
Evolu+º+úo da ci+¬ncia psicol+¦gica
Evolu+º+úo da ci+¬ncia psicol+¦gicaEvolu+º+úo da ci+¬ncia psicol+¦gica
Evolu+º+úo da ci+¬ncia psicol+¦gica
 
Psicologia_-_Ciencia.pdf
Psicologia_-_Ciencia.pdfPsicologia_-_Ciencia.pdf
Psicologia_-_Ciencia.pdf
 
Aula 01 mitologia e filosofia
Aula 01   mitologia e filosofiaAula 01   mitologia e filosofia
Aula 01 mitologia e filosofia
 

Último

7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
WelberMerlinCardoso
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
HisrelBlog
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
PatriciaZanoli
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
Manuais Formação
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
CarinaSantos916505
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
PatriciaZanoli
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
rloureiro1
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
mamaeieby
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
joseanesouza36
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
LILIANPRESTESSCUDELE
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
MarceloMonteiro213738
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
TomasSousa7
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
TomasSousa7
 

Último (20)

7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert EinsteinA Evolução da história da Física - Albert Einstein
A Evolução da história da Física - Albert Einstein
 
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIASA SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
A SOCIOLOGIA E O TRABALHO: ANÁLISES E VIVÊNCIAS
 
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
2020_09_17 - Biomas Mundiais [Salvo automaticamente].pptx
 
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdfUFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
UFCD_3546_Prevenção e primeiros socorros_geriatria.pdf
 
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptxSlides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
Slides Lição 11, Central Gospel, Os Mortos Em CRISTO, 2Tr24.pptx
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptxReino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
Reino-Vegetal plantas e demais conceitos .pptx
 
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.pptLeis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
Leis de Mendel - as ervilhas e a maneira simples de entender.ppt
 
As sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativasAs sequências didáticas: práticas educativas
As sequências didáticas: práticas educativas
 
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantilVogais Ilustrados para alfabetização infantil
Vogais Ilustrados para alfabetização infantil
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
Educação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideiaEducação  trabalho HQ em sala de aula uma excelente  ideia
Educação trabalho HQ em sala de aula uma excelente ideia
 
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptxAula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
Aula 2 - Revisando o significado de fração - Parte 2.pptx
 
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).pptepidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
epidemias endemia-pandemia-e-epidemia (1).ppt
 
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões.          pptxRimas, Luís Vaz de Camões.          pptx
Rimas, Luís Vaz de Camões. pptx
 
Fernão Lopes. pptx
Fernão Lopes.                       pptxFernão Lopes.                       pptx
Fernão Lopes. pptx
 

Filósofos Pré-Socráticos

  • 1.
  • 2. Professor: Osório Queiroga ‘’QUAL A IMPORTÂNCIA DA FILOSOFIA PRÉ-SOCRÁTICA PARA A PSICOLOGIA?’’
  • 3. Psicologia e Filosofia   Inicialmente é importante destacar que a jornada da Psicologia como ciência, foi um processo longo que nasceu da filosofia.  Os gregos tem um papel importante na história da psicologia.  É na Grécia que surge as primeiras tentativas de formar uma psicologia.
  • 4. Conceito de Psicologia Formada por duas palavras gregas:  1. PSIQUE - Alma, Mente. 2. LOGOS – Estudo, Ciência. Etimologicamente Psicologia significa: ‘’ESTUDO DA ALMA’’
  • 5. Discussões pré-socráticas Os idealistas acreditavam que a ideia formava o mundo- ele não era pré-concebido e cada um via de  uma forma. Os materialistas acreditavam que a matéria que forma o mundo já está pronta, aberta para percepção. - O mundo existe por que o homem o vê ou o homem vê um mundo que já existe? - O homem se relaciona com o mundo através da percepção!
  • 6. Filósofos Pré-Socráticos   Investigaram a physis (natureza) e, por isso, são chamados de físicos;  Procuraram o princípio constitutivo da cosmologia. Os gregos usavam a palavra arché para designar esse princípio;  Fizeram duas grandes rupturas:  A primeira foi que tentaram entender o mundo com o uso da razão, por meio da observação cuidadosa, sem o uso da religião, tradição ou da autoridade.  Ensinaram outras pessoas a usar a própria razão e também pensar por si mesmas.
  • 7. Grandes filósofos do período cosmológico, o pensamento de cada um, e onde este pensamento influenciou as correntes psicológicas.  Tales de Mileto (Os Jónios-Escola Jónica) Foi o primeiro filósofo do período cosmológico, buscou o elemento mais estável que compunha o universo (substância fundamental). Para ele tudo havia surgido da água, pois ela nutre os seres vivos e compõe a maior parte do planeta (elemento vital). Para a psicologia, a grande realização de Tales foi à tentativa de explicar o mundo de uma forma racional.
  • 8. Heráclito de Éfeso (Os Efésios-Escola Jónica)  Descordava de Tales, pois para ele seria difícil reduzir o cosmo a um único elemento. Heráclito achava que o mundo estava em uma constante transformação, “um constante devir”. Sua contribuição para psicologia foi muito importante, para lembrar aos psicólogos que ele não trabalha com elementos fixos, mas com seres humanos que mudam, e mudam sempre. Podemos extrair de seu pensamento que os seres humanos são únicos, singulares, e que não estaremos lidando com um elemento único, mas com vários elementos em transformação. Assim para Heráclito o que dava o “empurrão” para a dinâmica do universo seria o Fogo.
  • 9. Pitágoras de Samos (Os Pitagóricos-Escola Itálica)  Para este grande filósofo o número é a essência permanente das coisas. Pitágoras sustentava a existência de uma alma imortal, distinta do corpo, ao qual preexiste e no qual se encarnava como em uma prisão. A contribuição desse filósofo para psicologia é essencial, pois foi através dos métodos quantitativos que a psicologia tornou-se ciência.
  • 10.  Zenão de Éleia (Os Eleatas-Escola Eleática) Elaborou um método que consistia na formação de paradoxos. Se cogita que ele tenha feito quarenta paradoxos contra a divisibilidade, movimento e a multiplicidade. Desta forma, não pretendia contrapor diretamente as ideias que combatia mas, sim mostrar os absurdos daquelas ideias (e, portanto, sua falsidade). A missão desse magnífico pensador auxiliou para a compreensão de que existem leis lógicas e universais na Natureza, que essas leis só podem ser concebidas pelo raciocínio e que os sentidos, embora não negado o seu saber, conduzem-nos pela via da errância e não a da verdade.
  • 11. Demócrito de Abdera (Os Atomistas-Escola Atomística)  Para ele as pessoas eram constituídas de átomos de alma e de átomos de corpos. Considerava que os pensamentos e atos do homem, bem como todos os acontecimentos de sua vida, eram determinados por agentes externos, e de “forma tão rígida como o curso das estrelas”. Dessa forma Demócrito salientou o papel dos estímulos externos na determinação do comportamento e a questão do determinismo, em contraposição ao livre-arbítrio. Pontos que mais tarde foram retomados pelos Behavioristas (escola psicológica). Demócrito foi considerado o primeiro fundador da psicologia materialista lógica.
  • 12. Conclusão Deste modo, pode-se concluir que a Filosofia e a Psicologia tem uma estreita relação e necessitam estar continuamente sendo estudadas para um melhor aproveitamento Antropológico. Além disso, ambos os estudos podem favorecer ao homem um maior  autoconhecimento de si e melhorar as relações intersubjetivas. Ressalta-se que este estudo não pretendeu apontar todos os pontos de relação entre a Filosofia e Psicologia, mas foi apontado aspectos que se acredita serem alguns dos principais. Após termos estudado o tema abordado neste trabalho, percebemos que os filósofos pré-socráticos foram de extrema importância para o desenvolvimento do pensamento e da psicologia.
  • 13. Akádia Silva Emanuelly Velozo Jecyane Ertha Nathane Lopes Taís de Araújo