SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 12
CULTURA
Os animais são
biologicamente
determinados
para agir no
mundo.
Não progridem
nem retrocedem
nos seus hábitos,
apenas os repetem
instintivamente.
Já o Homem possuí
noção de TEMPO e
de ESPAÇO, e age
construindo
SIGNIFICADOS para
tudo o que o cerca: a
natureza, suas
obras, os outros
homens.
Essa construção simbólica que guia
a ação humana chama-se CULTURA.
Língua, costumes, arte, leis, instituições, técnicas,
religião... todas as atividades humanas fazem
parte da CULTURA.
A função da cultura é garantir a sobrevivência e a
segurança das pessoas, mantendo-as unidas em
torno dos mesmos objetivos, costumes e
valores, de modo que haja harmonia.
Marilena Chauí, filósofa e
professora da USP diz que
a cultura surgiu no mesmo
momento em que o
homem criou regras (leis)
para a vida em
sociedade, diferenciandose, portanto, dos animais
irracionais e dissociando-se
de seu estado de natureza.
O termo CULTURA hoje em dia adquiriu outro
significado. É associado às artes clássicas, coisas
menos práticas, não tão úteis à sobrevivência:
o ballet, a literatura, música erudita, teatro,
cinema-arte, artes plásticas, entre outras
expressões culturais.
Uma pessoa é chamada de culta
quando aprecia a arte erudita, entre
outras coisas.
O significado da arte nem sempre é
fácil de ser compreendido. É
necessário o estudo, a reflexão.

Veremos que a arte não é tão inútil
assim, pois ela nos convida a pensar
sobre a nossa realidade, e mais que
isso: agir para transformá-la.

Detalhe de Guernica,
obra de Pablo Picasso na
qual procurou retratar os
horrores da guerra civil
no seu país, Espanha.
Vários povos e culturas. É
a PLURALIDADE
CULTURAL.

A cultura une um
povo, gerando assim uma
IDENTIDADE CULTURAL.
Dentro de uma mesma
cultura, ocorrem
diferenças: a
DIVERSIDADE CULTURAL.
Basta olhar para a
sociedade brasileira para
entender isso.
A prática cultural gera as
TRADIÇÕES que reúnem
vários elementos da
cultura:
costumes, culinária, religi
ão, arte, política entre
outros.
Uma tradição permanece
enquanto válida para os
anseios de um povo, mas
pode mudar, quando não
mais atender as
necessidades e interesses
da coletividade. É a
Roteiro, produção e editoração: prof. Douglas Gregorio.
LLD – Laboratório de Linguagens Digitais.
Grupo de pesquisas Cibernética Pedagógica.
Escola de Comunicações e Artes da Univ. de São Paulo – ECA-USP.
Fevereiro de 2011.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Conceito de cultura
Conceito de culturaConceito de cultura
Conceito de cultura
licasoler
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
Paula Tomaz
 
História e cultura afro brasileira e indígena
História e cultura afro brasileira e indígenaHistória e cultura afro brasileira e indígena
História e cultura afro brasileira e indígena
Valeria Santos
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedade
sagali
 
01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia
Claudio Henrique Ramos Sales
 

Mais procurados (20)

Etnocentrismo
EtnocentrismoEtnocentrismo
Etnocentrismo
 
Raça e etnia
Raça e etniaRaça e etnia
Raça e etnia
 
Capítulo 2 - Padrões, Normas e Culturas
Capítulo 2 - Padrões, Normas e CulturasCapítulo 2 - Padrões, Normas e Culturas
Capítulo 2 - Padrões, Normas e Culturas
 
Estratificação social
Estratificação socialEstratificação social
Estratificação social
 
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural Etnocentrismo e Relativismo Cultural
Etnocentrismo e Relativismo Cultural
 
Conceito de cultura
Conceito de culturaConceito de cultura
Conceito de cultura
 
Diversidade cultural
Diversidade culturalDiversidade cultural
Diversidade cultural
 
Identidade cultural no Mundo
Identidade cultural no MundoIdentidade cultural no Mundo
Identidade cultural no Mundo
 
História e cultura afro brasileira e indígena
História e cultura afro brasileira e indígenaHistória e cultura afro brasileira e indígena
História e cultura afro brasileira e indígena
 
Sociologia Capítulo 18 - Cultura e Ideologia
Sociologia Capítulo 18 - Cultura e IdeologiaSociologia Capítulo 18 - Cultura e Ideologia
Sociologia Capítulo 18 - Cultura e Ideologia
 
O que é etnocentrismo
O que é etnocentrismoO que é etnocentrismo
O que é etnocentrismo
 
Sociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambienteSociologia e meio ambiente
Sociologia e meio ambiente
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedade
 
Sociologia identidade cultural
Sociologia   identidade culturalSociologia   identidade cultural
Sociologia identidade cultural
 
Ideologia
IdeologiaIdeologia
Ideologia
 
Antropologia CONCEITOS BÁSICOS
Antropologia CONCEITOS BÁSICOSAntropologia CONCEITOS BÁSICOS
Antropologia CONCEITOS BÁSICOS
 
Estratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade SocialEstratificação e Desigualdade Social
Estratificação e Desigualdade Social
 
Indústria Cultural
Indústria CulturalIndústria Cultural
Indústria Cultural
 
01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia01 - O que é Sociologia
01 - O que é Sociologia
 
Racismo xenofobia
Racismo xenofobiaRacismo xenofobia
Racismo xenofobia
 

Destaque

Formação da Europa feudal
Formação da Europa feudalFormação da Europa feudal
Formação da Europa feudal
Renata Telha
 

Destaque (20)

MOOC - o que é?
MOOC - o que é?MOOC - o que é?
MOOC - o que é?
 
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
 
A Cultura Underground.
A Cultura Underground.A Cultura Underground.
A Cultura Underground.
 
Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.
 
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
 
A sociedade em rede.
A sociedade em rede.A sociedade em rede.
A sociedade em rede.
 
Ciência, introdução.
Ciência, introdução.Ciência, introdução.
Ciência, introdução.
 
Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.
 
Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.
 
Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.
 
Formação da Europa feudal
Formação da Europa feudalFormação da Europa feudal
Formação da Europa feudal
 
Socialização
SocializaçãoSocialização
Socialização
 
A Revolução Digital.
A Revolução Digital.A Revolução Digital.
A Revolução Digital.
 
Conhecimento mítico
Conhecimento míticoConhecimento mítico
Conhecimento mítico
 
A Virtude.
A Virtude.A Virtude.
A Virtude.
 
Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.
 
A natureza humana.
A natureza humana. A natureza humana.
A natureza humana.
 
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
 
Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.
 
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
 

Semelhante a Cultura, o que é.

Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Péricles Penuel
 
Sociologia cultura - 2º ano- estudar para prova
Sociologia  cultura - 2º ano- estudar para provaSociologia  cultura - 2º ano- estudar para prova
Sociologia cultura - 2º ano- estudar para prova
Socorro Vasconcelos
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
aulasgege
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
aulasgege
 

Semelhante a Cultura, o que é. (20)

1612670.ppt
1612670.ppt1612670.ppt
1612670.ppt
 
V dfilo cap2p_natureza_cultura
V dfilo cap2p_natureza_culturaV dfilo cap2p_natureza_cultura
V dfilo cap2p_natureza_cultura
 
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
Cultura e ideologia unidade 6 capitulo 18
 
Sociologia civ i
Sociologia civ   iSociologia civ   i
Sociologia civ i
 
Sociologia cultura - 2º ano- estudar para prova
Sociologia  cultura - 2º ano- estudar para provaSociologia  cultura - 2º ano- estudar para prova
Sociologia cultura - 2º ano- estudar para prova
 
Culturasetniasediversidades
CulturasetniasediversidadesCulturasetniasediversidades
Culturasetniasediversidades
 
Aula2 hcmc
Aula2 hcmcAula2 hcmc
Aula2 hcmc
 
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHAATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
ATIVIDADE - CONCEITO DE CULTURA COM JOGO DA CRUZADINHA
 
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chaveAula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
Aula - 2º Ano - Cultura e Sociedade - Conceitos-chave
 
Cultura e diversidade.pptx
Cultura e diversidade.pptxCultura e diversidade.pptx
Cultura e diversidade.pptx
 
Material 7 - Cultura e Antropologia.pptx
Material 7 -  Cultura e Antropologia.pptxMaterial 7 -  Cultura e Antropologia.pptx
Material 7 - Cultura e Antropologia.pptx
 
Cultura e Humanização
Cultura e HumanizaçãoCultura e Humanização
Cultura e Humanização
 
Aula 20 cultura, conhecimento e poder
Aula 20   cultura, conhecimento e poderAula 20   cultura, conhecimento e poder
Aula 20 cultura, conhecimento e poder
 
Sociologia1
Sociologia1Sociologia1
Sociologia1
 
Eti cid sus_16_pdf
Eti cid sus_16_pdfEti cid sus_16_pdf
Eti cid sus_16_pdf
 
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdfCultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
Cultura e Sociedade - Texto de Apoio.pdf
 
Como o ser humano se tornou ser humano
Como o ser humano se tornou ser humanoComo o ser humano se tornou ser humano
Como o ser humano se tornou ser humano
 
Diversidade cultural e multiculturalismo
Diversidade cultural e multiculturalismoDiversidade cultural e multiculturalismo
Diversidade cultural e multiculturalismo
 
O Caminho do simbólico ao mercado cultural
O Caminho do simbólico ao mercado culturalO Caminho do simbólico ao mercado cultural
O Caminho do simbólico ao mercado cultural
 
Cultura.pdf
Cultura.pdfCultura.pdf
Cultura.pdf
 

Mais de Douglas Gregorio (10)

Questão ambiental.
Questão ambiental.Questão ambiental.
Questão ambiental.
 
Análise ambiental de Marketing
Análise ambiental de MarketingAnálise ambiental de Marketing
Análise ambiental de Marketing
 
Os doze trabalhos de Hércules
Os doze trabalhos de HérculesOs doze trabalhos de Hércules
Os doze trabalhos de Hércules
 
O público e o privado
O público e o privadoO público e o privado
O público e o privado
 
História das tecnologias educacionais.
História das tecnologias educacionais.História das tecnologias educacionais.
História das tecnologias educacionais.
 
Maquiavel
MaquiavelMaquiavel
Maquiavel
 
Política, uma introdução
Política, uma introduçãoPolítica, uma introdução
Política, uma introdução
 
Zenão
ZenãoZenão
Zenão
 
Propaganda
PropagandaPropaganda
Propaganda
 
Sociologia clássica 2
Sociologia clássica 2Sociologia clássica 2
Sociologia clássica 2
 

Último

Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
andreaLisboa7
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
sfwsoficial
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
VALMIRARIBEIRO1
 

Último (20)

Apresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativosApresentação sobre Robots e processos educativos
Apresentação sobre Robots e processos educativos
 
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdfROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
ROTINA DE ESTUDO-APOSTILA ESTUDO ORIENTADO.pdf
 
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PEEdital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
Edital do processo seletivo para contratação de agentes de saúde em Floresta, PE
 
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livroMeu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
Meu corpo - Ruth Rocha e Anna Flora livro
 
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdfHistoria-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
Historia-em-cartaz-Lucas-o-menino-que-aprendeu-a-comer-saudavel- (1).pdf
 
Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.Poema - Aedes Aegypt.
Poema - Aedes Aegypt.
 
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptxSismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
Sismologia_7ºano_causas e consequencias.pptx
 
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptxSlide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
Slide Licao 4 - 2T - 2024 - CPAD ADULTOS - Retangular.pptx
 
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-NovaNós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
Nós Propomos! Infraestruturas em Proença-a-Nova
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Direito_e_Legislacao_Social_(IL60174).pdf
 
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdfSistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
Sistema de Acompanhamento - Diário Online 2021.pdf
 
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdfEnunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
Enunciado_da_Avaliacao_1__Sistemas_de_Informacoes_Gerenciais_(IL60106).pdf
 
livro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensoriallivro para educação infantil conceitos sensorial
livro para educação infantil conceitos sensorial
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptxEBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
EBPAL_Serta_Caminhos do Lixo final 9ºD (1).pptx
 
O que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de InfânciaO que é, de facto, a Educação de Infância
O que é, de facto, a Educação de Infância
 
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-criançasLivro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
Livro infantil: A onda da raiva. pdf-crianças
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 

Cultura, o que é.

  • 2. Os animais são biologicamente determinados para agir no mundo. Não progridem nem retrocedem nos seus hábitos, apenas os repetem instintivamente.
  • 3. Já o Homem possuí noção de TEMPO e de ESPAÇO, e age construindo SIGNIFICADOS para tudo o que o cerca: a natureza, suas obras, os outros homens.
  • 4. Essa construção simbólica que guia a ação humana chama-se CULTURA.
  • 5. Língua, costumes, arte, leis, instituições, técnicas, religião... todas as atividades humanas fazem parte da CULTURA.
  • 6. A função da cultura é garantir a sobrevivência e a segurança das pessoas, mantendo-as unidas em torno dos mesmos objetivos, costumes e valores, de modo que haja harmonia.
  • 7. Marilena Chauí, filósofa e professora da USP diz que a cultura surgiu no mesmo momento em que o homem criou regras (leis) para a vida em sociedade, diferenciandose, portanto, dos animais irracionais e dissociando-se de seu estado de natureza.
  • 8. O termo CULTURA hoje em dia adquiriu outro significado. É associado às artes clássicas, coisas menos práticas, não tão úteis à sobrevivência: o ballet, a literatura, música erudita, teatro, cinema-arte, artes plásticas, entre outras expressões culturais.
  • 9. Uma pessoa é chamada de culta quando aprecia a arte erudita, entre outras coisas. O significado da arte nem sempre é fácil de ser compreendido. É necessário o estudo, a reflexão. Veremos que a arte não é tão inútil assim, pois ela nos convida a pensar sobre a nossa realidade, e mais que isso: agir para transformá-la. Detalhe de Guernica, obra de Pablo Picasso na qual procurou retratar os horrores da guerra civil no seu país, Espanha.
  • 10. Vários povos e culturas. É a PLURALIDADE CULTURAL. A cultura une um povo, gerando assim uma IDENTIDADE CULTURAL. Dentro de uma mesma cultura, ocorrem diferenças: a DIVERSIDADE CULTURAL. Basta olhar para a sociedade brasileira para entender isso.
  • 11. A prática cultural gera as TRADIÇÕES que reúnem vários elementos da cultura: costumes, culinária, religi ão, arte, política entre outros. Uma tradição permanece enquanto válida para os anseios de um povo, mas pode mudar, quando não mais atender as necessidades e interesses da coletividade. É a
  • 12. Roteiro, produção e editoração: prof. Douglas Gregorio. LLD – Laboratório de Linguagens Digitais. Grupo de pesquisas Cibernética Pedagógica. Escola de Comunicações e Artes da Univ. de São Paulo – ECA-USP. Fevereiro de 2011.