SlideShare uma empresa Scribd logo
1 de 10
ÉTICA :

A VIRTUDE.
Prof. Douglas Gregorio.
Nesta aula:
•
•
•
•
•

Virtude e vício na cultura ocidental.
Origens da moral ocidental.
Liberdade e livre-arbítrio.
Virtude, definição.
Relativismo moral e tolerância.
VIRTUDE.

VÍCIO.

A prática
do BEM.

A prática
do MAL.

DUALIDADE DA CULTURA OCIDENTAL.
As origens da moralidade ocidental – ou
seja, a moralidade da civilização na qual
nós, brasileiros, estamos inseridos – possui
duas fontes religiosas:

O JUDAISMO.

O CRISTIANISMO.

E por isso é chamada de MORAL JUDAICO-CRISTÃ.
Mas... enfim, o
que é VIRTUDE?
Somos seres dotados de
VONTADE e DESEJO.
DESEJO é involuntário,
mas VONTADE é
voluntária.

E, para lidar com ambos, temos a LIBERDADE de
escolher e decidir... o LIVRE-ARBÍTRIO.
LIBERDADE

RESPONSABILIDADE

MORALIDADE

VIRTUDE.
Enfim, se cada cultura
tem sua própria moral,
então...

A TOLERÂNCIA se torna uma
virtude diante do relativismo
moral.
RESUMINDO:
• A origem de nossos valores morais está no
Judaísmo e no Cristianismo.
• Em nossa cultura, os valores morais são
DUALISTAS, ou seja, ocorre a polarização entre
BEM e MAL.
• VIRTUDE consiste no exercício da liberdade
com responsabilidade.
• Toda moral é relativa a uma determinada
cultura, logo, a TOLERÂNCIA torna-se uma
virtude.
Imagens: Corbis e Google.
Produção, montagem, edição e
roteiro: prof. Douglas Gregorio.
Assessoria pedagógica:
Laboratório de
Linguagens Digitais –
ECA-USP.

Agradecimentos
especiais à Fox Films
e à Família Simpson.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Diferença entre moral e ética
Diferença entre moral e éticaDiferença entre moral e ética
Diferença entre moral e éticaKarla Carioca
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e MoralSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e MoralTurma Olímpica
 
Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho Jeane Santos
 
Aula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Aula de filosofia antiga, tema: SofistasAula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Aula de filosofia antiga, tema: SofistasLeandro Nazareth Souto
 
O jogo da ética
O jogo da éticaO jogo da ética
O jogo da éticaChrys Souza
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaTurma Olímpica
 
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaDarlan Campos
 
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel FoucaultAula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel FoucaultProf. Noe Assunção
 
As cinco vias provas - da existência de deus - santo tomás de aquino
As cinco vias   provas - da existência de deus - santo tomás de aquinoAs cinco vias   provas - da existência de deus - santo tomás de aquino
As cinco vias provas - da existência de deus - santo tomás de aquinoLeonardo Vasconcelos
 
Valores e virtudes slides
Valores e virtudes  slides Valores e virtudes  slides
Valores e virtudes slides RenataKelly25
 

Mais procurados (20)

Diferença entre moral e ética
Diferença entre moral e éticaDiferença entre moral e ética
Diferença entre moral e ética
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e MoralSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre Ética e Moral
 
Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho Sociologia - O que é o trabalho
Sociologia - O que é o trabalho
 
Teorias do conhecimento
Teorias do conhecimentoTeorias do conhecimento
Teorias do conhecimento
 
Slide Ética e Moral
Slide Ética e MoralSlide Ética e Moral
Slide Ética e Moral
 
Existencialismo
ExistencialismoExistencialismo
Existencialismo
 
Aula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Aula de filosofia antiga, tema: SofistasAula de filosofia antiga, tema: Sofistas
Aula de filosofia antiga, tema: Sofistas
 
O jogo da ética
O jogo da éticaO jogo da ética
O jogo da ética
 
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade FilosóficaSlides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
Slides da aula de Filosofia (João Luís) sobre A Liberdade Filosófica
 
Aula02 - Metafísica
Aula02 - MetafísicaAula02 - Metafísica
Aula02 - Metafísica
 
Kant
KantKant
Kant
 
Liberdade em Baruch de Espinosa
Liberdade em Baruch de EspinosaLiberdade em Baruch de Espinosa
Liberdade em Baruch de Espinosa
 
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - ObjetivaQuestões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
Questões de Filosofia - Ensino Médio - Discursiva - Objetiva
 
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel FoucaultAula - O que é PODER - Michel Foucault
Aula - O que é PODER - Michel Foucault
 
Filosofia medieval
Filosofia medievalFilosofia medieval
Filosofia medieval
 
Ética moral e valores
Ética moral e valoresÉtica moral e valores
Ética moral e valores
 
Filosofia ciencia
Filosofia   cienciaFilosofia   ciencia
Filosofia ciencia
 
Filosofia contemporânea - Jean Paul Sartre
Filosofia contemporânea - Jean Paul SartreFilosofia contemporânea - Jean Paul Sartre
Filosofia contemporânea - Jean Paul Sartre
 
As cinco vias provas - da existência de deus - santo tomás de aquino
As cinco vias   provas - da existência de deus - santo tomás de aquinoAs cinco vias   provas - da existência de deus - santo tomás de aquino
As cinco vias provas - da existência de deus - santo tomás de aquino
 
Valores e virtudes slides
Valores e virtudes  slides Valores e virtudes  slides
Valores e virtudes slides
 

Semelhante a A Virtude.

Aula3 hcmc (2)
Aula3 hcmc (2)Aula3 hcmc (2)
Aula3 hcmc (2)kittycutie
 
Aula 19 - Identidade Cultural - padronização e diversidade
Aula 19 - Identidade Cultural - padronização e diversidadeAula 19 - Identidade Cultural - padronização e diversidade
Aula 19 - Identidade Cultural - padronização e diversidadeClaudio Henrique Ramos Sales
 
Aula 19 - Identidade Cultural - Padronização e diversidade
Aula 19 - Identidade Cultural - Padronização e diversidadeAula 19 - Identidade Cultural - Padronização e diversidade
Aula 19 - Identidade Cultural - Padronização e diversidadeClaudio Henrique Ramos Sales
 
Antropologia e o desenvolvimento antropológico do conceito de cultura
Antropologia e o desenvolvimento antropológico do conceito de culturaAntropologia e o desenvolvimento antropológico do conceito de cultura
Antropologia e o desenvolvimento antropológico do conceito de culturaNathanDosSantos7
 
Moda, Opinião e Estetização do Mundo
Moda, Opinião e Estetização do MundoModa, Opinião e Estetização do Mundo
Moda, Opinião e Estetização do Mundoemilianapomarico
 
A diversidade cultural etnocentrismo e relativismo cultural
A diversidade cultural etnocentrismo e relativismo culturalA diversidade cultural etnocentrismo e relativismo cultural
A diversidade cultural etnocentrismo e relativismo culturalMarcos Barros de Miranda
 

Semelhante a A Virtude. (20)

Cp aula 4
Cp aula 4Cp aula 4
Cp aula 4
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Aula3 hcmc (2)
Aula3 hcmc (2)Aula3 hcmc (2)
Aula3 hcmc (2)
 
Relativiso Moral
Relativiso MoralRelativiso Moral
Relativiso Moral
 
Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020Determinismo e diversidade cultural 2020
Determinismo e diversidade cultural 2020
 
.- Racismooo
 .- Racismooo .- Racismooo
.- Racismooo
 
Cultura e diversidade.pptx
Cultura e diversidade.pptxCultura e diversidade.pptx
Cultura e diversidade.pptx
 
Sociedade do consumo
Sociedade do consumoSociedade do consumo
Sociedade do consumo
 
Cultura
CulturaCultura
Cultura
 
Aula 19 - Identidade Cultural - padronização e diversidade
Aula 19 - Identidade Cultural - padronização e diversidadeAula 19 - Identidade Cultural - padronização e diversidade
Aula 19 - Identidade Cultural - padronização e diversidade
 
Aula 19 - Identidade Cultural - Padronização e diversidade
Aula 19 - Identidade Cultural - Padronização e diversidadeAula 19 - Identidade Cultural - Padronização e diversidade
Aula 19 - Identidade Cultural - Padronização e diversidade
 
Antropologia e o desenvolvimento antropológico do conceito de cultura
Antropologia e o desenvolvimento antropológico do conceito de culturaAntropologia e o desenvolvimento antropológico do conceito de cultura
Antropologia e o desenvolvimento antropológico do conceito de cultura
 
Cultura e informação roque laraia
Cultura e informação   roque laraiaCultura e informação   roque laraia
Cultura e informação roque laraia
 
Tribos urbanas
Tribos urbanasTribos urbanas
Tribos urbanas
 
Cultura um conceito antropológico
Cultura  um conceito antropológicoCultura  um conceito antropológico
Cultura um conceito antropológico
 
Moda, Opinião e Estetização do Mundo
Moda, Opinião e Estetização do MundoModa, Opinião e Estetização do Mundo
Moda, Opinião e Estetização do Mundo
 
A diversidade cultural etnocentrismo e relativismo cultural
A diversidade cultural etnocentrismo e relativismo culturalA diversidade cultural etnocentrismo e relativismo cultural
A diversidade cultural etnocentrismo e relativismo cultural
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedade
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedade
 
Cultura e sociedade
Cultura e sociedadeCultura e sociedade
Cultura e sociedade
 

Mais de Douglas Gregorio

Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.Douglas Gregorio
 
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.Douglas Gregorio
 
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.Douglas Gregorio
 
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.Douglas Gregorio
 

Mais de Douglas Gregorio (20)

MOOC - o que é?
MOOC - o que é?MOOC - o que é?
MOOC - o que é?
 
A Cultura Underground.
A Cultura Underground.A Cultura Underground.
A Cultura Underground.
 
Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.Micromacroeconomia.
Micromacroeconomia.
 
A Revolução Digital.
A Revolução Digital.A Revolução Digital.
A Revolução Digital.
 
A sociedade em rede.
A sociedade em rede.A sociedade em rede.
A sociedade em rede.
 
Questão ambiental.
Questão ambiental.Questão ambiental.
Questão ambiental.
 
Cultura, o que é.
Cultura, o que é.Cultura, o que é.
Cultura, o que é.
 
Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.Conflitos mundiais.
Conflitos mundiais.
 
Ciência, introdução.
Ciência, introdução.Ciência, introdução.
Ciência, introdução.
 
Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.Sociologia, introdução.
Sociologia, introdução.
 
Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.Comunidade, sociologia.
Comunidade, sociologia.
 
Conhecimento mítico
Conhecimento míticoConhecimento mítico
Conhecimento mítico
 
Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.Subdesenvolvimento.
Subdesenvolvimento.
 
A natureza humana.
A natureza humana. A natureza humana.
A natureza humana.
 
Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.Walter Benjamin e o conceito de história.
Walter Benjamin e o conceito de história.
 
Socialização
SocializaçãoSocialização
Socialização
 
Antropologia.
Antropologia.Antropologia.
Antropologia.
 
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
Marketing - análise ambiental - tecnologia e competitividade.
 
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.Marketing - análise ambiental - ambiente social.
Marketing - análise ambiental - ambiente social.
 
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
Marketing - análise ambiental - ambiente político e legal.
 

Último

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoIlda Bicacro
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASyan1305goncalves
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisIlda Bicacro
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptxlucioalmeida2702
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfPastor Robson Colaço
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdfdanielagracia9
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfssuser06ee57
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"Ilda Bicacro
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Rosana Andrea Miranda
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxRaquelMartins389880
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxLuizHenriquedeAlmeid6
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...LuizHenriquedeAlmeid6
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaCludiaRodrigues693635
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfManuais Formação
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoVALMIRARIBEIRO1
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...Manuais Formação
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxlucivaniaholanda
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.HandersonFabio
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteLeonel Morgado
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAElianeAlves383563
 

Último (20)

Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º anoNós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
Nós Propomos! Sertã 2024 - Geografia C - 12º ano
 
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHASMARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
MARCHA HUMANA. UM ESTUDO SOBRE AS MARCHAS
 
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos AnimaisNós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
Nós Propomos! Canil/Gatil na Sertã - Amigos dos Animais
 
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de.    Maio laranja dds.pptxCampanha 18 de.    Maio laranja dds.pptx
Campanha 18 de. Maio laranja dds.pptx
 
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdfManual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
Manual dos Principio básicos do Relacionamento e sexologia humana .pdf
 
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdfPlanejamento 2024 - 1º ano - Matemática  38 a 62.pdf
Planejamento 2024 - 1º ano - Matemática 38 a 62.pdf
 
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdfprova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
prova do exame nacional Port. 2008 - 2ª fase - Criterios.pdf
 
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã""Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
"Nós Propomos! Mobilidade sustentável na Sertã"
 
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
Semana Interna de Prevenção de Acidentes SIPAT/2024
 
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docxUnidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
Unidade 4 (Texto poético) (Teste sem correção) (2).docx
 
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptxSlides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
Slides Lição 8, CPAD, Confessando e Abandonando o Pecado.pptx
 
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
Slides Lição 8, Betel, Ordenança para confessar os pecados e perdoar as ofens...
 
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditivaO que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
O que é uma Revolução Solar. tecnica preditiva
 
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdfufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
ufcd_9649_Educação Inclusiva e Necessidades Educativas Especificas_índice.pdf
 
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhosoO Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
O Reizinho Autista.pdf - livro maravilhoso
 
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
UFCD_9184_Saúde, nutrição, higiene, segurança, repouso e conforto da criança ...
 
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docxGeometria para 6 ano retas angulos .docx
Geometria para 6 ano retas angulos .docx
 
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
APH- Avaliação de cena , analise geral do ambiente e paciente.
 
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamenteDescrever e planear atividades imersivas estruturadamente
Descrever e planear atividades imersivas estruturadamente
 
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIAHISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
HISTORIA DA XILOGRAVURA A SUA IMPORTANCIA
 

A Virtude.

  • 1. ÉTICA : A VIRTUDE. Prof. Douglas Gregorio.
  • 2. Nesta aula: • • • • • Virtude e vício na cultura ocidental. Origens da moral ocidental. Liberdade e livre-arbítrio. Virtude, definição. Relativismo moral e tolerância.
  • 3. VIRTUDE. VÍCIO. A prática do BEM. A prática do MAL. DUALIDADE DA CULTURA OCIDENTAL.
  • 4. As origens da moralidade ocidental – ou seja, a moralidade da civilização na qual nós, brasileiros, estamos inseridos – possui duas fontes religiosas: O JUDAISMO. O CRISTIANISMO. E por isso é chamada de MORAL JUDAICO-CRISTÃ.
  • 5. Mas... enfim, o que é VIRTUDE?
  • 6. Somos seres dotados de VONTADE e DESEJO. DESEJO é involuntário, mas VONTADE é voluntária. E, para lidar com ambos, temos a LIBERDADE de escolher e decidir... o LIVRE-ARBÍTRIO.
  • 8. Enfim, se cada cultura tem sua própria moral, então... A TOLERÂNCIA se torna uma virtude diante do relativismo moral.
  • 9. RESUMINDO: • A origem de nossos valores morais está no Judaísmo e no Cristianismo. • Em nossa cultura, os valores morais são DUALISTAS, ou seja, ocorre a polarização entre BEM e MAL. • VIRTUDE consiste no exercício da liberdade com responsabilidade. • Toda moral é relativa a uma determinada cultura, logo, a TOLERÂNCIA torna-se uma virtude.
  • 10. Imagens: Corbis e Google. Produção, montagem, edição e roteiro: prof. Douglas Gregorio. Assessoria pedagógica: Laboratório de Linguagens Digitais – ECA-USP. Agradecimentos especiais à Fox Films e à Família Simpson.