SlideShare uma empresa Scribd logo
Panorama do Antigo Testamento
Ezequiel
Informações Básicas
● Data: 592 a 570 a.C.
● Autor: Ezequiel
● Local: Babilônia
● Alvo: Povo de Israel exilado na Babilônia
● Versículo-chave: Ez 3.17-19
● Palavra-chave: Filho do homem
Informações Básicas
● Título: O livro sempre foi chamado pelo nome do seu
autor. Ezequiel (1.3; 24.24), que não é mencionado em
nenhum outro lugar da Escritura. Esse nome significa
“fortalecido por Deus”. Ezequiel permanece como um pilar
solitário no centro da Bíblia. A localização e a solidão que
cercavam seu ministério exigia a verdade de seu nome.
Informações Básicas
● Conteúdo: uma série de profecias anunciando a queda de
Jerusalém, incluindo o afastamento de Deus, seguindo da
restauração posterior de Israel, com a volta do Senhor.
● Ênfases: a queda de Jerusalém é inevitável por causa dos
seus pecados, especialmente a idolatria; a soberania de
Deus como Senhor de todas as nações e de toda a
história; a perda e restauração da terra e da presença de
Deus entre o Seu povo; a promessa do Espírito que dá
vida como o elemento essencial para a fidelidade à
aliança.
Informações Básicas
● Propósito: Ezequiel ministrou à geração de sua época, uma
geração extremamente pecaminosa e completamente sem
esperança. Por meio de seu ministério profético, ele tentou levá-los
ao arrependimento imediato e à confiança no futuro distante. Ele
ensinou que: (1) Deus trabalha através de mensageiros humanos;
(2) Mesmo com a derrota e desespero, o povo de Deus precisa
afirmar a soberania de Deus; (3) A Palavra de Deus nunca falha;
(4) Deus está presente e pode ser adorado em qualquer lugar; (5)
As pessoas têm que obedecer a Deus se quiserem receber
bênçãos e (6) o Reino de Deus virá.
Esboço
● Antes da queda de Jerusalém
– Vida e chamado de Ezequiel
(Ez 1-3)
– Profecias contra Jerusalém
(Ez 2-24)
– Profecias contras as nações
(Ez 25-32)
● Depois da queda de
Jerusalém
– A salvação de Israel (Ez 33-
34)
– O futuro de Israel (Ez 40-48)
Destaques
● Principais Personagens
– Ezequiel: profeta ao povo de Israel no cativeiro da Babilônia
(1.1 – 48.35)
– Os líderes de Israel: levaram o povo de Israel para a idolatria
(7.26; 8.12; 9.5-6; 11; 14.1-3; 20.1-3; 22.23-29)
– Esposa de Ezequiel: mulher sem nome cuja morte
simbolizou a futura destruição do templo querido de Israel
(24.15-27)
– Nabucodonosor: rei da Babilônia usado por Deus para
conquistar Tiro, Egito e Judá (26.7-14; 29.18; 30.10)
Quem Foi Ezequiel?
● O Marido
– Era casado e muito apaixonado por sua esposa. Como
sabemos? No capítulo 24, versículo 16, Deus avisa
Ezequiel que ficaria viúvo, e usa a expressão “delícia
dos teus olhos”, que pode ser traduzida como a pessoa
que você mais ama. O livro não menciona que tiveram
filhos, mas mostra que com quatro anos de ministério
profético Ezequiel perdeu a esposa.
Quem Foi Ezequiel?
● O Profeta
– Foi contemporâneo de Jeremias e Daniel. Além disso,
é provável que tenha ouvido pregações de Habacuque
e de Sofonias. Chamado aos 30 anos, provavelmente
tenha profetizado até os 52, tempo correspondente ao
ministério de um sacerdote. Foi o mais pessoal dos
profetas: escreveu em primeira pessoa e viveu
intensamente os sentimentos das profecias que
anunciou: temor, angústia, desgosto, agonia...
Profecia Ilustrada
● Veja a lista: os quatro seres viventes (1.1-14); as quatro rodas (1.15-21);
o rolo comestível (2.8-3.3); raspagem e ritual com os cabelos (5.1-17); a
mala e a viagem (12.3-7); provérbio popular (18.2-3); panela fervente
(24.1-14); o vale dos ossos secos (37.1-14); o rio do templo (47.1-12).
● Embora cheia de simbolismos, a mensagem de Ezequiel é clara: as
nações precisam conhecer o Senhor. A expressão “saberão que eu sou o
Senhor” aparece 32 vezes. Tal afirmação tem mensagem dupla: Israel
saberia que o Senhor anuncia e cumpre Suas promessas. As nações
também entenderiam que o Senhor é soberano sobre todos, prende e
livra de acordo com os propósitos Dele.
Doutrinas
● Santidade
– Deus é santo e por isso não tolera o pecado do Seu povo.
Devido à rebeldia de Israel, Ezequiel vê a glória de Deus
afastando-se gradualmente na presença visível de Deus em
forma de nuvem, primeiro saindo dos querubins e indo à porta
do templo (Ez 10.4, 18, 19); depois, deixando a cidade e indo
para o monte (Ez 11.22-23), como que num sentido contrário ao
êxodo, em que Deus desceu do Sinai e habitou o tabernáculo, e
a presença Dele era representada pela arca da Aliança. O exílio
purificaria o povo, e a visão do templo restaurado indica a
restauração de sua santidade com a volta da glória do Senhor
(Ez 43.2-7).
Doutrinas
● Soberania
– O julgamento de Deus sobre o povo de Israel e a futura
restauração era uma prova da soberania do Senhor ao
refinar o povo para servir aos Seus propósitos. A
constante repetição da expressão “saberão que eu sou
o Senhor” relembra o povo da soberania de Deus, que
se estende sobre todas as nações (Ez 25-32). A
destruição de Jerusalém não era fraqueza de Deus,
mas o poder Dele demonstrado ao destruir e restaurar
Israel.
O Caráter de Deus em Ezequiel
● Deus é glorioso: 1.28; 3.12,23; 9.3; 10.4,18-19; 11.23;
43.4-5; 44.4.
● Deus é santo: 1.26-28; 8-11; 43.1-7.
● Deus é justo: 18.25,29; 33.17.20.
● Deus é longânimo: 20.17.
● Deus é providente: 28.2-10.
● Deus se ira: 7.19.
Ezequiel e o Novo Testamento
● Ezequiel foi chamado de filho do homem
– O nome enfatiza a humanidade e a fragilidade do
profeta, especialmente por contrastar com a glória e o
poder de Deus. Jesus faz outro uso da mesma
expressão, afirmando que tinha tanto a natureza divina
quanto a natureza humana.
Ezequiel e o Novo Testamento
● Ezequiel anunciou o Rei Pastor
– Em Ezequiel 34.11-31, encontra-se a profecia que se
cumpriria em Jesus Cristo, o Bom Pastor (Jo 10.1-18).
Da mesma forma, em Ezequiel 37.15-27 é anunciado o
reino reestabelecido por Deus sob a autoridade do
Messias (Is 9.7; Lc 1.32), apontando para o Rei Pastor
Jesus Cristo.
Ezequiel e o Novo Testamento
● Ezequiel viu a restauração de Jerusalém
– A visão da restauração do templo de Jerusalém (Ez 40-
42) foi tomada pela igreja primitiva como uma
referência ao templo que Cristo estava construindo
entre o cristãos como pedras vivas (1Pe 2.5), sendo ela
a herdeira das promessas de restauração de Ezequiel.
O Templo nos Capítulos 40-46 é Literal?
● O templo mencionado nessa passagem não poderia ser o
templo celeste, uma vez que Ezequiel foi levado a Israel
para vê-lo (v.2). Não poderia ser o templo de Zorobabel,
uma vez que a glória de Deus não estava presente lá. Não
poderia ser o templo eterno, pois o Senhor e o Cordeiro
são o seu templo (cf. Ap 21.22). Portanto, o templo citado
deve ser o templo milenar terreno, construído com todos
os detalhes requintados que ainda serão descritos.
Panorama do AT - Ezequiel
Aplicação Prática
● O livro de Ezequiel nos convida a participar de um novo e vivo
encontro com o Deus de Abraão, Moisés e profetas. Ezequiel nos
desafiou a: experimentar de uma visão transformadora do poder,
conhecimento, presença eterna e santidade de Deus; deixar
Deus nos dirigir; compreender a profundidade e compromisso
com o mal que se aloja em cada coração humano; reconhecer
que Deus dá aos seus servos a responsabilidade de advertir os
ímpios de seu julgamento e, por último, ter uma experiência
genuína de uma relação viva com Jesus Cristo, o qual disse que
a nova aliança pode ser encontrada em Seu sangue.
Conclusão
● O livro de Ezequiel é parte significativa na
história de Deus, tratando do fracasso final de
seu povo, que fora constituído pelas primeiras
alianças, mas foi infiel. Ezequiel vislumbra,
contudo, um futuro em que o povo de Deus
será reconstruído por uma nova aliança, que
incluirá o verdadeiro Pastor.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Jeremias e Lamentações
Panorama do AT - Jeremias e LamentaçõesPanorama do AT - Jeremias e Lamentações
Panorama do AT - Jeremias e Lamentações
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Lucas
Panorama do NT - LucasPanorama do NT - Lucas
Panorama do NT - Lucas
Respirando Deus
 
28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
PROFETAS MENORES
 PROFETAS MENORES PROFETAS MENORES
PROFETAS MENORES
Miguel Aguilera
 
Panorama do AT - Joel
Panorama do AT - JoelPanorama do AT - Joel
Panorama do AT - Joel
Respirando Deus
 
1 e 2 livro das Crônicas
1 e 2 livro das Crônicas1 e 2 livro das Crônicas
1 e 2 livro das Crônicas
Amor pela EBD
 
Profetas menores lição 1
Profetas menores   lição 1 Profetas menores   lição 1
Profetas menores lição 1
Escola Bíblica Sem Fronteiras
 
Panorama do AT - Esdras
Panorama do AT - EsdrasPanorama do AT - Esdras
Panorama do AT - Esdras
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - MalaquiasPanorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - Malaquias
Respirando Deus
 
38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas38. O Profeta Jonas
Panorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - MiqueiasPanorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - Miqueias
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Jonas
Panorama do AT - JonasPanorama do AT - Jonas
Panorama do AT - Jonas
Respirando Deus
 
Panorama do NT - Judas
Panorama do NT - JudasPanorama do NT - Judas
Panorama do NT - Judas
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Zacarias
Panorama do AT - ZacariasPanorama do AT - Zacarias
Panorama do AT - Zacarias
Respirando Deus
 
15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
30. O Livro do profeta Jeremias
30. O Livro do  profeta Jeremias30. O Livro do  profeta Jeremias
30. O Livro do profeta Jeremias
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
Respirando Deus
 

Mais procurados (20)

Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2
 
Panorama do AT - Jeremias e Lamentações
Panorama do AT - Jeremias e LamentaçõesPanorama do AT - Jeremias e Lamentações
Panorama do AT - Jeremias e Lamentações
 
Panorama do NT - Lucas
Panorama do NT - LucasPanorama do NT - Lucas
Panorama do NT - Lucas
 
28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas28. Introdução aos Profetas
28. Introdução aos Profetas
 
PROFETAS MENORES
 PROFETAS MENORES PROFETAS MENORES
PROFETAS MENORES
 
Panorama do AT - Joel
Panorama do AT - JoelPanorama do AT - Joel
Panorama do AT - Joel
 
1 e 2 livro das Crônicas
1 e 2 livro das Crônicas1 e 2 livro das Crônicas
1 e 2 livro das Crônicas
 
Profetas menores lição 1
Profetas menores   lição 1 Profetas menores   lição 1
Profetas menores lição 1
 
Panorama do AT - Esdras
Panorama do AT - EsdrasPanorama do AT - Esdras
Panorama do AT - Esdras
 
Panorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - MalaquiasPanorama do AT - Malaquias
Panorama do AT - Malaquias
 
38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas38. O Profeta Jonas
38. O Profeta Jonas
 
Panorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - MiqueiasPanorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - Miqueias
 
Panorama do AT - Jonas
Panorama do AT - JonasPanorama do AT - Jonas
Panorama do AT - Jonas
 
Panorama do NT - Judas
Panorama do NT - JudasPanorama do NT - Judas
Panorama do NT - Judas
 
Panorama do AT - Zacarias
Panorama do AT - ZacariasPanorama do AT - Zacarias
Panorama do AT - Zacarias
 
15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis
 
18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas
 
Apocalipse
ApocalipseApocalipse
Apocalipse
 
30. O Livro do profeta Jeremias
30. O Livro do  profeta Jeremias30. O Livro do  profeta Jeremias
30. O Livro do profeta Jeremias
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
 

Destaque

Ezequiel
EzequielEzequiel
Ezequiel
Ricardo Gondim
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Obadias
Panorama do AT - ObadiasPanorama do AT - Obadias
Panorama do AT - Obadias
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Amós
Panorama do AT - AmósPanorama do AT - Amós
Panorama do AT - Amós
Respirando Deus
 
33. O profeta Daniel
33. O profeta Daniel33. O profeta Daniel
33. O profeta Daniel
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
Rosana Eugenio Dos Santos
 
Profeta Ezequiel
Profeta EzequielProfeta Ezequiel
Profeta Ezequiel
Amélio Barbosa
 
Panorama do NT - Tito
Panorama do NT - TitoPanorama do NT - Tito
Panorama do NT - Tito
Respirando Deus
 
Panorama do at 1 Ensinai
Panorama do at 1 EnsinaiPanorama do at 1 Ensinai
Panorama do at 1 Ensinai
Lisanro Cronje
 
Panorama do at 2
Panorama do at 2Panorama do at 2
Panorama do at 2
Lisanro Cronje
 
Período dos juízes e tribos
Período dos juízes e tribosPeríodo dos juízes e tribos
Período dos juízes e tribos
Rubens da Silva Dias Junior
 
Panorama do AT - Josué
Panorama do AT - JosuéPanorama do AT - Josué
Panorama do AT - Josué
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - DeuteronômioPanorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - Deuteronômio
Respirando Deus
 
Escatologia 3
Escatologia 3Escatologia 3
Escatologia 3
Jovens Do Caminho
 
Escatologia 2
Escatologia 2 Escatologia 2
Escatologia 2
Jovens Do Caminho
 
Panorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - GênesisPanorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - Gênesis
Respirando Deus
 
Ezequiel lição 8
Ezequiel   lição 8Ezequiel   lição 8
Ezequiel lição 8
Ricardo Gondim
 
Ezequiel
EzequielEzequiel
Ezequiel
Ricardo Gondim
 
Panorama do AT - Números
Panorama do AT - NúmerosPanorama do AT - Números
Panorama do AT - Números
Respirando Deus
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
Respirando Deus
 

Destaque (20)

Ezequiel
EzequielEzequiel
Ezequiel
 
Panorama do AT - Oseias
Panorama do AT - OseiasPanorama do AT - Oseias
Panorama do AT - Oseias
 
Panorama do AT - Obadias
Panorama do AT - ObadiasPanorama do AT - Obadias
Panorama do AT - Obadias
 
Panorama do AT - Amós
Panorama do AT - AmósPanorama do AT - Amós
Panorama do AT - Amós
 
33. O profeta Daniel
33. O profeta Daniel33. O profeta Daniel
33. O profeta Daniel
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
 
Profeta Ezequiel
Profeta EzequielProfeta Ezequiel
Profeta Ezequiel
 
Panorama do NT - Tito
Panorama do NT - TitoPanorama do NT - Tito
Panorama do NT - Tito
 
Panorama do at 1 Ensinai
Panorama do at 1 EnsinaiPanorama do at 1 Ensinai
Panorama do at 1 Ensinai
 
Panorama do at 2
Panorama do at 2Panorama do at 2
Panorama do at 2
 
Período dos juízes e tribos
Período dos juízes e tribosPeríodo dos juízes e tribos
Período dos juízes e tribos
 
Panorama do AT - Josué
Panorama do AT - JosuéPanorama do AT - Josué
Panorama do AT - Josué
 
Panorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - DeuteronômioPanorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - Deuteronômio
 
Escatologia 3
Escatologia 3Escatologia 3
Escatologia 3
 
Escatologia 2
Escatologia 2 Escatologia 2
Escatologia 2
 
Panorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - GênesisPanorama do AT - Gênesis
Panorama do AT - Gênesis
 
Ezequiel lição 8
Ezequiel   lição 8Ezequiel   lição 8
Ezequiel lição 8
 
Ezequiel
EzequielEzequiel
Ezequiel
 
Panorama do AT - Números
Panorama do AT - NúmerosPanorama do AT - Números
Panorama do AT - Números
 
Panorama do NT - João
Panorama do NT - JoãoPanorama do NT - João
Panorama do NT - João
 

Semelhante a Panorama do AT - Ezequiel

IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 4 - PROFETA EZEQUIEL.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 4 - PROFETA EZEQUIEL.pptxIBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 4 - PROFETA EZEQUIEL.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 4 - PROFETA EZEQUIEL.pptx
Rubens Sohn
 
Proféticos 4 Ezequiel
Proféticos 4   EzequielProféticos 4   Ezequiel
Proféticos 4 Ezequiel
Pastor W. Costa
 
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdfEzequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
JooAlbertoSoaresdaSi
 
Licao 01 04 Trim 2022.pptx
Licao 01 04 Trim 2022.pptxLicao 01 04 Trim 2022.pptx
Licao 01 04 Trim 2022.pptx
JeanBernardoSoares
 
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptxLição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Celso Napoleon
 
Lição 11 ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Lição 11   ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadernLição 11   ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Lição 11 ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Ebd Brasil
 
18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações
PIB Penha
 
5 Profetas Maiores - Mapas Mentais.pdf
5 Profetas Maiores - Mapas Mentais.pdf5 Profetas Maiores - Mapas Mentais.pdf
5 Profetas Maiores - Mapas Mentais.pdf
brunosergio2220
 
Lição 20221204 A Restauração Nacional e Espiritual de Israel.pptx
Lição 20221204 A Restauração Nacional e Espiritual de Israel.pptxLição 20221204 A Restauração Nacional e Espiritual de Israel.pptx
Lição 20221204 A Restauração Nacional e Espiritual de Israel.pptx
Celso Napoleon
 
19 ezequiel
19 ezequiel19 ezequiel
19 ezequiel
PIB Penha
 
Escatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamentoEscatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamento
Francileide Corte Real
 
Lição 4 - A providência divina na fidelidade humana - 4°Tri.2014
Lição 4 - A providência divina na fidelidade humana - 4°Tri.2014Lição 4 - A providência divina na fidelidade humana - 4°Tri.2014
Lição 4 - A providência divina na fidelidade humana - 4°Tri.2014
Pr. Andre Luiz
 
Apostila ezequiel traduzido
Apostila ezequiel traduzidoApostila ezequiel traduzido
Apostila ezequiel traduzido
CETEPOL CENTRO TEOLOGICO
 
Licao 1 - 1T - 2022 - BETEL - 16x9.pptx
Licao 1 - 1T - 2022 - BETEL - 16x9.pptxLicao 1 - 1T - 2022 - BETEL - 16x9.pptx
Licao 1 - 1T - 2022 - BETEL - 16x9.pptx
liianCaetano1
 
20 daniel
20 daniel20 daniel
20 daniel
PIB Penha
 
Panorama Biblico - Livro do Exôdo - Antigo Testamento
Panorama Biblico - Livro do Exôdo - Antigo TestamentoPanorama Biblico - Livro do Exôdo - Antigo Testamento
Panorama Biblico - Livro do Exôdo - Antigo Testamento
ssuserc59aac
 
4 ezequiel
4   ezequiel4   ezequiel
4 ezequiel
PIB Penha
 
04 eliaseosprofetasdebaal
04 eliaseosprofetasdebaal04 eliaseosprofetasdebaal
04 eliaseosprofetasdebaal
cledsondrumms
 
Lição 03 - Não terás outros deuses
Lição 03 - Não terás outros deusesLição 03 - Não terás outros deuses
Lição 03 - Não terás outros deuses
Pr. Andre Luiz
 
Lição 1 - Daniel nosso contemporâneo - 4ºTri.2014
Lição 1 - Daniel nosso contemporâneo - 4ºTri.2014Lição 1 - Daniel nosso contemporâneo - 4ºTri.2014
Lição 1 - Daniel nosso contemporâneo - 4ºTri.2014
Pr. Andre Luiz
 

Semelhante a Panorama do AT - Ezequiel (20)

IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 4 - PROFETA EZEQUIEL.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 4 - PROFETA EZEQUIEL.pptxIBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 4 - PROFETA EZEQUIEL.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 4 - PROFETA EZEQUIEL.pptx
 
Proféticos 4 Ezequiel
Proféticos 4   EzequielProféticos 4   Ezequiel
Proféticos 4 Ezequiel
 
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdfEzequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
Ezequiel-o-Atalaia-de-Deus.pdf
 
Licao 01 04 Trim 2022.pptx
Licao 01 04 Trim 2022.pptxLicao 01 04 Trim 2022.pptx
Licao 01 04 Trim 2022.pptx
 
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptxLição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
Lição 3 – Missões Transculturais no Antigo Testamento.pptx
 
Lição 11 ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Lição 11   ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadernLição 11   ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
Lição 11 ageu - o compromisso do povo da aliança - ieadern
 
18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações18 jeremias e lamentações
18 jeremias e lamentações
 
5 Profetas Maiores - Mapas Mentais.pdf
5 Profetas Maiores - Mapas Mentais.pdf5 Profetas Maiores - Mapas Mentais.pdf
5 Profetas Maiores - Mapas Mentais.pdf
 
Lição 20221204 A Restauração Nacional e Espiritual de Israel.pptx
Lição 20221204 A Restauração Nacional e Espiritual de Israel.pptxLição 20221204 A Restauração Nacional e Espiritual de Israel.pptx
Lição 20221204 A Restauração Nacional e Espiritual de Israel.pptx
 
19 ezequiel
19 ezequiel19 ezequiel
19 ezequiel
 
Escatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamentoEscatologia do antigo testamento
Escatologia do antigo testamento
 
Lição 4 - A providência divina na fidelidade humana - 4°Tri.2014
Lição 4 - A providência divina na fidelidade humana - 4°Tri.2014Lição 4 - A providência divina na fidelidade humana - 4°Tri.2014
Lição 4 - A providência divina na fidelidade humana - 4°Tri.2014
 
Apostila ezequiel traduzido
Apostila ezequiel traduzidoApostila ezequiel traduzido
Apostila ezequiel traduzido
 
Licao 1 - 1T - 2022 - BETEL - 16x9.pptx
Licao 1 - 1T - 2022 - BETEL - 16x9.pptxLicao 1 - 1T - 2022 - BETEL - 16x9.pptx
Licao 1 - 1T - 2022 - BETEL - 16x9.pptx
 
20 daniel
20 daniel20 daniel
20 daniel
 
Panorama Biblico - Livro do Exôdo - Antigo Testamento
Panorama Biblico - Livro do Exôdo - Antigo TestamentoPanorama Biblico - Livro do Exôdo - Antigo Testamento
Panorama Biblico - Livro do Exôdo - Antigo Testamento
 
4 ezequiel
4   ezequiel4   ezequiel
4 ezequiel
 
04 eliaseosprofetasdebaal
04 eliaseosprofetasdebaal04 eliaseosprofetasdebaal
04 eliaseosprofetasdebaal
 
Lição 03 - Não terás outros deuses
Lição 03 - Não terás outros deusesLição 03 - Não terás outros deuses
Lição 03 - Não terás outros deuses
 
Lição 1 - Daniel nosso contemporâneo - 4ºTri.2014
Lição 1 - Daniel nosso contemporâneo - 4ºTri.2014Lição 1 - Daniel nosso contemporâneo - 4ºTri.2014
Lição 1 - Daniel nosso contemporâneo - 4ºTri.2014
 

Mais de Respirando Deus

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Respirando Deus
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Respirando Deus
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
Respirando Deus
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
Respirando Deus
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
Respirando Deus
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
Respirando Deus
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
Respirando Deus
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
Respirando Deus
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
Respirando Deus
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
Respirando Deus
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
Respirando Deus
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
Respirando Deus
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
Respirando Deus
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
Respirando Deus
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
Respirando Deus
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
Respirando Deus
 

Mais de Respirando Deus (20)

Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
Escola Bíblica: Os Puritanos - #06
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
Escola Bíblica: Os Puritanos - #05
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
Escola Bíblica: Os Puritanos - #04
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
Escola Bíblica: Os Puritanos - #03
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
Escola Bíblica: Os Puritanos - #02
 
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
Escola Bíblica: Os Puritanos - #01
 
História da Igreja #25
História da Igreja #25História da Igreja #25
História da Igreja #25
 
História da Igreja #24
História da Igreja #24História da Igreja #24
História da Igreja #24
 
História da Igreja #23
História da Igreja #23História da Igreja #23
História da Igreja #23
 
História da Igreja #22
História da Igreja #22História da Igreja #22
História da Igreja #22
 
História da Igreja #21
História da Igreja #21História da Igreja #21
História da Igreja #21
 
Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018Calendário de Eventos IBLM 2018
Calendário de Eventos IBLM 2018
 
História da Igreja #20
História da Igreja #20História da Igreja #20
História da Igreja #20
 
História da Igreja #19
História da Igreja #19História da Igreja #19
História da Igreja #19
 
História da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As CruzadasHistória da Igreja #18 - As Cruzadas
História da Igreja #18 - As Cruzadas
 
História da Igreja #17
História da Igreja #17História da Igreja #17
História da Igreja #17
 
História da Igreja #16
História da Igreja #16História da Igreja #16
História da Igreja #16
 
História da Igreja #15
História da Igreja #15História da Igreja #15
História da Igreja #15
 
História da Igreja #14
História da Igreja #14História da Igreja #14
História da Igreja #14
 
História da Igreja #13
História da Igreja #13História da Igreja #13
História da Igreja #13
 

Último

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
PIB Penha
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
CleideTeles3
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
PIB Penha
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
GuilhermeCerqueira17
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
PIB Penha
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
marcusviniciussabino1
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
PIB Penha
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
PIB Penha
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
LEILANEGOUVEIA1
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
Nilson Almeida
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Ricardo Azevedo
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
PIB Penha
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
NEDIONOSSOMUNDO
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Celso Napoleon
 

Último (14)

9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
9 - Negação e Afirmação na Vida do Cristão-Alvo da Lição: Entender que ser cr...
 
Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1Jardim de infância- A história de José 1
Jardim de infância- A história de José 1
 
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambição ...
12 - A ambição do Cristão. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambição ...
 
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdfmetafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
metafc3adsica-da-sac3bade-vol-4-luiz-gasparetto.pdf
 
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
16 - O compromisso do cristão.Relacionamento do crente com Deus
 
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdfA VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
A VIDA SEGUNDO O EVANGELHO - MICHAEL HORTON.pdf
 
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira  ambi...
11 - A oração que Deus atende. Alvo da Lição: Entender que a verdadeira ambi...
 
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
15 - Renúncia - Escolha a vida para viver.pdf
 
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdfDiscipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
Discipulado Kids 01 Cristão Lição 01.pdf
 
Oração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A BondadeOração Para Pedir A Bondade
Oração Para Pedir A Bondade
 
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não TiranizesSérie Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
Série Evangelho no Lar - Pão Nosso - Cap. 143 - Não Tiranizes
 
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar  e...
10 - A Piedade do Cristão.Alvo da Lição: Entender que o dar esmolas, orar e...
 
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptxPalestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
Palestra ECC - A Fé nos Reverses da Vida.pptx
 
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptxLição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Lição 3 Rute e Noemi - Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 

Panorama do AT - Ezequiel

  • 1. Panorama do Antigo Testamento Ezequiel
  • 2. Informações Básicas ● Data: 592 a 570 a.C. ● Autor: Ezequiel ● Local: Babilônia ● Alvo: Povo de Israel exilado na Babilônia ● Versículo-chave: Ez 3.17-19 ● Palavra-chave: Filho do homem
  • 3. Informações Básicas ● Título: O livro sempre foi chamado pelo nome do seu autor. Ezequiel (1.3; 24.24), que não é mencionado em nenhum outro lugar da Escritura. Esse nome significa “fortalecido por Deus”. Ezequiel permanece como um pilar solitário no centro da Bíblia. A localização e a solidão que cercavam seu ministério exigia a verdade de seu nome.
  • 4. Informações Básicas ● Conteúdo: uma série de profecias anunciando a queda de Jerusalém, incluindo o afastamento de Deus, seguindo da restauração posterior de Israel, com a volta do Senhor. ● Ênfases: a queda de Jerusalém é inevitável por causa dos seus pecados, especialmente a idolatria; a soberania de Deus como Senhor de todas as nações e de toda a história; a perda e restauração da terra e da presença de Deus entre o Seu povo; a promessa do Espírito que dá vida como o elemento essencial para a fidelidade à aliança.
  • 5. Informações Básicas ● Propósito: Ezequiel ministrou à geração de sua época, uma geração extremamente pecaminosa e completamente sem esperança. Por meio de seu ministério profético, ele tentou levá-los ao arrependimento imediato e à confiança no futuro distante. Ele ensinou que: (1) Deus trabalha através de mensageiros humanos; (2) Mesmo com a derrota e desespero, o povo de Deus precisa afirmar a soberania de Deus; (3) A Palavra de Deus nunca falha; (4) Deus está presente e pode ser adorado em qualquer lugar; (5) As pessoas têm que obedecer a Deus se quiserem receber bênçãos e (6) o Reino de Deus virá.
  • 6. Esboço ● Antes da queda de Jerusalém – Vida e chamado de Ezequiel (Ez 1-3) – Profecias contra Jerusalém (Ez 2-24) – Profecias contras as nações (Ez 25-32) ● Depois da queda de Jerusalém – A salvação de Israel (Ez 33- 34) – O futuro de Israel (Ez 40-48)
  • 7. Destaques ● Principais Personagens – Ezequiel: profeta ao povo de Israel no cativeiro da Babilônia (1.1 – 48.35) – Os líderes de Israel: levaram o povo de Israel para a idolatria (7.26; 8.12; 9.5-6; 11; 14.1-3; 20.1-3; 22.23-29) – Esposa de Ezequiel: mulher sem nome cuja morte simbolizou a futura destruição do templo querido de Israel (24.15-27) – Nabucodonosor: rei da Babilônia usado por Deus para conquistar Tiro, Egito e Judá (26.7-14; 29.18; 30.10)
  • 8. Quem Foi Ezequiel? ● O Marido – Era casado e muito apaixonado por sua esposa. Como sabemos? No capítulo 24, versículo 16, Deus avisa Ezequiel que ficaria viúvo, e usa a expressão “delícia dos teus olhos”, que pode ser traduzida como a pessoa que você mais ama. O livro não menciona que tiveram filhos, mas mostra que com quatro anos de ministério profético Ezequiel perdeu a esposa.
  • 9. Quem Foi Ezequiel? ● O Profeta – Foi contemporâneo de Jeremias e Daniel. Além disso, é provável que tenha ouvido pregações de Habacuque e de Sofonias. Chamado aos 30 anos, provavelmente tenha profetizado até os 52, tempo correspondente ao ministério de um sacerdote. Foi o mais pessoal dos profetas: escreveu em primeira pessoa e viveu intensamente os sentimentos das profecias que anunciou: temor, angústia, desgosto, agonia...
  • 10. Profecia Ilustrada ● Veja a lista: os quatro seres viventes (1.1-14); as quatro rodas (1.15-21); o rolo comestível (2.8-3.3); raspagem e ritual com os cabelos (5.1-17); a mala e a viagem (12.3-7); provérbio popular (18.2-3); panela fervente (24.1-14); o vale dos ossos secos (37.1-14); o rio do templo (47.1-12). ● Embora cheia de simbolismos, a mensagem de Ezequiel é clara: as nações precisam conhecer o Senhor. A expressão “saberão que eu sou o Senhor” aparece 32 vezes. Tal afirmação tem mensagem dupla: Israel saberia que o Senhor anuncia e cumpre Suas promessas. As nações também entenderiam que o Senhor é soberano sobre todos, prende e livra de acordo com os propósitos Dele.
  • 11. Doutrinas ● Santidade – Deus é santo e por isso não tolera o pecado do Seu povo. Devido à rebeldia de Israel, Ezequiel vê a glória de Deus afastando-se gradualmente na presença visível de Deus em forma de nuvem, primeiro saindo dos querubins e indo à porta do templo (Ez 10.4, 18, 19); depois, deixando a cidade e indo para o monte (Ez 11.22-23), como que num sentido contrário ao êxodo, em que Deus desceu do Sinai e habitou o tabernáculo, e a presença Dele era representada pela arca da Aliança. O exílio purificaria o povo, e a visão do templo restaurado indica a restauração de sua santidade com a volta da glória do Senhor (Ez 43.2-7).
  • 12. Doutrinas ● Soberania – O julgamento de Deus sobre o povo de Israel e a futura restauração era uma prova da soberania do Senhor ao refinar o povo para servir aos Seus propósitos. A constante repetição da expressão “saberão que eu sou o Senhor” relembra o povo da soberania de Deus, que se estende sobre todas as nações (Ez 25-32). A destruição de Jerusalém não era fraqueza de Deus, mas o poder Dele demonstrado ao destruir e restaurar Israel.
  • 13. O Caráter de Deus em Ezequiel ● Deus é glorioso: 1.28; 3.12,23; 9.3; 10.4,18-19; 11.23; 43.4-5; 44.4. ● Deus é santo: 1.26-28; 8-11; 43.1-7. ● Deus é justo: 18.25,29; 33.17.20. ● Deus é longânimo: 20.17. ● Deus é providente: 28.2-10. ● Deus se ira: 7.19.
  • 14. Ezequiel e o Novo Testamento ● Ezequiel foi chamado de filho do homem – O nome enfatiza a humanidade e a fragilidade do profeta, especialmente por contrastar com a glória e o poder de Deus. Jesus faz outro uso da mesma expressão, afirmando que tinha tanto a natureza divina quanto a natureza humana.
  • 15. Ezequiel e o Novo Testamento ● Ezequiel anunciou o Rei Pastor – Em Ezequiel 34.11-31, encontra-se a profecia que se cumpriria em Jesus Cristo, o Bom Pastor (Jo 10.1-18). Da mesma forma, em Ezequiel 37.15-27 é anunciado o reino reestabelecido por Deus sob a autoridade do Messias (Is 9.7; Lc 1.32), apontando para o Rei Pastor Jesus Cristo.
  • 16. Ezequiel e o Novo Testamento ● Ezequiel viu a restauração de Jerusalém – A visão da restauração do templo de Jerusalém (Ez 40- 42) foi tomada pela igreja primitiva como uma referência ao templo que Cristo estava construindo entre o cristãos como pedras vivas (1Pe 2.5), sendo ela a herdeira das promessas de restauração de Ezequiel.
  • 17. O Templo nos Capítulos 40-46 é Literal? ● O templo mencionado nessa passagem não poderia ser o templo celeste, uma vez que Ezequiel foi levado a Israel para vê-lo (v.2). Não poderia ser o templo de Zorobabel, uma vez que a glória de Deus não estava presente lá. Não poderia ser o templo eterno, pois o Senhor e o Cordeiro são o seu templo (cf. Ap 21.22). Portanto, o templo citado deve ser o templo milenar terreno, construído com todos os detalhes requintados que ainda serão descritos.
  • 19. Aplicação Prática ● O livro de Ezequiel nos convida a participar de um novo e vivo encontro com o Deus de Abraão, Moisés e profetas. Ezequiel nos desafiou a: experimentar de uma visão transformadora do poder, conhecimento, presença eterna e santidade de Deus; deixar Deus nos dirigir; compreender a profundidade e compromisso com o mal que se aloja em cada coração humano; reconhecer que Deus dá aos seus servos a responsabilidade de advertir os ímpios de seu julgamento e, por último, ter uma experiência genuína de uma relação viva com Jesus Cristo, o qual disse que a nova aliança pode ser encontrada em Seu sangue.
  • 20. Conclusão ● O livro de Ezequiel é parte significativa na história de Deus, tratando do fracasso final de seu povo, que fora constituído pelas primeiras alianças, mas foi infiel. Ezequiel vislumbra, contudo, um futuro em que o povo de Deus será reconstruído por uma nova aliança, que incluirá o verdadeiro Pastor.