SlideShare uma empresa Scribd logo
PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
Aula 2
ENSINAI Pb. Lisandro Cronje
PANORAMA BÍBLICO
- Os livros históricos formam a segunda divisão do A.T.
- São 12 Livros de Josué a Ester – são assim chamados
por tratarem principalmente da história do povo
escolhido.
- Essa classificação se dá em virtude do tema
dominante tanto nestes livros, como nos outros.
JOSUÉ
1. Autor: Incerto (O Talmud declara que Josué seria o
autor), mas há evidências de outros escritores.
- Data aproximada: 1400-1375 a.C.
- Palavras Chave: Obediência, concerto, coragem.
- Versículo Chave: Js 1.9Josué significa “Salvação de
Jeova”.
- A forma helenizada de seu nome era “Jesus”. Pelo fato
de conduzir seu povo à terra da promessa, pode ter
sido um protótipo de seu sucessor maior, o qual está
levando os seus à Terra prometida da glória eterna.
JOSUÉ
2. Tema e Propósito: A conquista e a divisão da terra
de Canaã pelos israelitas.
2.1. Principais Assuntos
- A conquista de Canaã
- A passagem do Jordão
- A queda de Jericó.
- Vitórias obre os Cananeus.
- O sol Detém-se
- As Tribos Estabelecidas na Terra
# Josué dá continuidade à história da nação israelita
iniciada no pentateuco.
JOSUÉ
3. Esboço:
I. A entrada na terra prometida (1-5).
II. A conquista da terra prometida (6-12).
III. A partilha de Canaã entre as tribos (13-21).
IV. O período final de liderança de Josué (22-24).
4. Fatos Importantes: O Dr. John Garstang, diretor
da Escola Britânica de Arqueologia de Jerusalém, e do
Departamento de Antiguidades do Governo da
Palestina, escavou as ruínas de Jericó (1929-1936).
Encontrou cerâmica e escaravelhos que evidenciam
que a cidade tinha sido destruída cerca de 1.400 a.C.
JOSUÉ
Coincidindo com o tempo de Josué; e descobriu
evidências muito pormenorizadas que confirmavam a
narrativa bíblica de modo notável. Ruíram as
muralhas, Js6.20. O Dr. Garstang descobriu que o
muro realmente foi abaixo. Era duplo, os dois muros
ficando separados um do outro por uma distância de
5m; o muro externo tinha 2m de espessura; o interno,
4m; ambos de uns 10m de altura. Eram construídos
não muitos o lidamente, sobre alicerces defeituosos e
desnivelados, com tijolos de 10cm de espessura, por
30 a 60cm de comprimento, assentados emarga-
massa de lama.
JOSUÉ
Os dois muros se ligavam entre si por meio de casas
construídas de traves na parte superior, como a casa de
Raabe que ficava sobre o muro. Outro fato interessante
é que o Dr. Garstang encontrou de baixo das cinzas e
dos muros caídos, nas ruínas de salas de provisões,
abundância de gêneros alimentícios, trigo, cevada,
tâmaras, lentilhas e semelhantes, reduzidos a carvão
pelo calor intenso, e intactos; evidência de que os
conquistadores evitaram apropriar-se dos alimentos,
como lhes fora ordenado, Js6.18.
Panorama do at 2
JUÍZES
1. Introdução: trata dos primeiros 300 anos na terra
prometida. Juízes toma seu nome dos quatorze líderes
militares e civis ungidos pelo E.S.. Homens que o
Senhor inspirou para libertar a nação.
- Como confederação livre em torno do santuário
central de Siló, a jovem nação não tinha governo
central estável, e, abandonando o Senhor tornou-se
presa fácil para invasores inimigos.
- Os juízes primeiro libertam o povo, depois o
governam.
- Este livro é um registro da idade das trevas de
deterioração e apostasia de Israel na terra. O povo
abandonou o Senhor, e o Senhor abandono o povo.
JUÍZES
2.Autoria: é atribuída a Samuel, mas não se pode
afirmar com certeza.
- Data: Indícios textuais e a tradição sugerem que
tenha sido composto nos primeiros anos da monarquia
de Saul (1025), posto que Samuel era membro da escola
profética, podendo ser o compilador.
3. Tema e Propósito: A Decadência moral e
espiritual da nação de Israel após seu estabelecimento
na terra da promessa (apostasia, opressão,
arrependimento, libertação).
Versículo chave: Jz 17.6 “Naqueles dias, não havia rei
em Israel; cada qual fazia o que parecia direito aos seus
olhos”.
JUÍZES
PERÍODOS DE OPRESSÃO
- Mesopotâmios - 8 anos
- Moabitas/Amonitas - 18 anos
- Amalequitas Cananeus - 20 anos
- Midianitas e Amalequitas - 7 anos
- Amonitas - 18 anos
- Filisteus – 40 anos
- Total do Período - 111 anos
JUÍZES
PERÍODOS DE DESCANSO
Otniel,Jz3.11 – 40 anos Jair,Jz10.3 – 22 anos
Eúde,Jz3.30 – 80 anos Jefté,Jz12.7 – 6 anos
Sangar,Jz3.31 - Ibsã,Jz12.9 – 7 anos
Débora e Baraque,Jz4.32 – 40
anos
Elom,Jz12.11 – 10 anos
Gideão,Jz8.28 – 40 anos Abdom,Jz12.14 – 8 anos
Abimeleque,Jz9.22 – 3 anos Sansão,Jz15.20 – 0 anos
Tola,Jz10.2 – 23 anos Total – 299 anos
JUÍZES
5. Fatos Importantes
- A derrota que Gideão impôs aos Midianitas com
apenas 300 homens (6 e 7);
- Sansão e sua história.
RUTE
1. Introdução: Essa bela história pastoril de amor e
redenção está intimamente associada aos Juízes. Os
fatos acontecem durante o mesmo período, portante
este livro está corretamente posicionado no cânon (1.1).
2.Autoria e Data: O autor é desconhecido. Sabe-se
apenas que foi escrito na época em que Davi era rei, pois
está incluída sua genealogia ao final do livro.
- Como Salomão não é citado, é mais correto datá-lo por
volta de 1010 a 1000 a.C.
3. Tema e Propósito: um relato importante de
redenção, mostrando a recompensa de Deus àqueles
que são fiéis e vivem uma vida piedosa, em meio a uma
sociedade marcada pela decadência moral e espiritual.
RUTE
4. Esboço:
I. A decisão de Rute (cap. 1)
II. Os direitos de Rute (cap. 2)
III. O desejo de Rute (cap. 3)
IV. O final feliz da vida de Rute (cap. 4)
5. Fatos Importantes:
- Rute: Bisavó de Davi, origem da família messiânica.
- Em meio a fome na terra, em uma sociedade corrom-
pida, havia um homem rico e temente a Deus(2.4).
RUTE
6. Características Especiais: O livro é considerado
um apêndice ao livro de Juízes, além de ser o único livro
da Bíblia que relata a história de uma mulher.
1 Samuel
1. Introdução: considerados um só livro 1 e 2Samuel
trazem alguns dos textos históricos mais perfeitos de
toda a literatura.
- Compostos principalmente como biografia histórica,
essas narrativas diferem dos documentos da mesma
época (assírios, egipcios, hititas) por não serem meros
eventos assinalados na linha cronológica.
- Os eventos são assinalados na linha cronológica, alem
de suas repercussões morais e espirituais.
2.Autoria e Data: Escrito na época que Davi era rei,
não se identifica o autor. Contudo, acredita-se que o
profeta Samuel tenha sido co-autor com Natã ou/e
Gade. Data: entre 931 e 722 a.C.
1 Samuel
3. Tema e Propósito: Descreve um período de
transição entre os juízes e a monarquia, retratando a
continuidade do relacionamento de Deus com seu povo.
4. Esboço:
I. Samuel - nascimento, infância e reconhecimento
como maior líder da nação na época. (1-7)
II. Saul – Israel pede um rei (8-15)
III. Davi – Saul é rejeitado e Davi é ungido rei (16-31)
1 Samuel
5. Fatos Importantes:
- A arca da aliança é tomada pelos filisteus; morte do
Sumo sacerdote, ascensão de Samuel...
- O duelo entre Davi e Golias (cap.17)
6. Características Especiais: O livro de 1Samuel
abrange cerca de um século da história de Israel. E pela
primeira vez é empregada a expressão “Senhor dos
Exércitos”.
2 SAMUEL
1.Introdução:
2.Autoria e Data:
3. Tema e Propósito:
4. Esboço:
5. Fatos Importantes:
6. Características Especiais:
2 SAMUEL
1.Introdução: considerados um só livro 1 e 2Samuel na
Bíblia hebraica até serem divididos pelos tradutores da
Septuaginta. Relata exclusivamente o reinado de Davi.
2.Autoria e Data: Incerto, mas foi escrito pelo mesmo
autor da primeira parte do livro original, contudo, em um
período posterior, quando o reino se dividiu. Data: entre
931 e 722 a.C.
3. Tema e Propósito: Registrar a história de Israel
desde a morte de Saul até o final do reinado de Davi.
2 SAMUEL
4. Esboço:
I. Ascensão de Davi ao trono (1.1-5.5)
II. Fase gloriosa do reinado de Davi (5.6-9.12)
III. Fase sombria do reinado de Davi (10-20)
IV. Fase final do reinado de Davi (21-24)
5. Fatos Importantes: A guerra civil antes da ascensão
de Davi ao trono; A conquista de Jerusalém; o retorno da
arca para Jerusalém; o adultério de Davi; a revolta de
Absalão; O erro do censo,etc.
2 SAMUEL
6. Características Especiais: Abrange um período de
40 anos que foi o tempo do reinado de Davi.
1 REIS
1.Introdução: A exemplo de 1 e 2Samuel os livros dos
Reis formavam uma única obra nas escrituras hebraicas.
O livro de 1Reis registra o final do reinado de Davi, todo
o reinado de Salomão, além do relato inicial da divisão
do reino (Israel e Judá).
2.Autoria e Data: Não se sabe quem foi seu autor.
Contudo, a tradição aponta para Jeremias como seu
autor, mas improvável. Sua data provável está entre 562
e 539 a.C.
3. Tema e Propósito: Lições sobre a divisão do reino.
1 REIS
4. Esboço:
I. O final do reinado de Davi (1.1-31)
II. O reinado de Salomão (1.32-11.43)
III. O reino dividido (12-22)
5. Fatos Importantes: O Reinado de Salomão; O
templo; O Esplendor da Corte de Salomão; A Idade
Áurea da História dos Hebreus; A apostasia das Dez
Tribos; O Profeta Elias.
6. Características Especiais: Relata um período de
120 anos – 40 anos do reinado de Salomão e 80 anos
da história do reino dividido.
2 REIS
1. Introdução: O texto dá continuidade dos relatos
paralelos de 1Reis, tratando dos reinos de Israel e Judá.
2.Autoria e Data: Não se sabe quem foi seu autor.
Contudo, a tradição aponta para Jeremias como seu
autor, mas improvável. Sua data provável está entre 562
e 539 a.C....
3. Tema e Propósito: Lições sobre a divisão do reino.
4. Esboço:
I. O reino dividido até a queda de Israel (1-17)
II. A continuação do reino de Judá até sua queda (18-25).
Panorama do at 2
Panorama do at 2
2 REIS
5. Fatos Importantes:
- A queda de Israel e Judá.
- O ministério dos profetas Elias e Eliseu.
6. Características Especiais:
- Abrange um período de aproximadamente 290 anos,
com intimas ligações com livros proféticos.
1 CRONICAS
1.Introdução: 1 e 2Crônicas formavam um único volume
na Bíblia hebraica. Além dos registros genealógicos,
1Crônicas concede importância ao reinado de Davi.
2.Autoria e Data: O Talmude atribui autoria a Esdras,
entre 450 e 400 a.C.
3. Tema e Propósito: Estabelecer um vínculo entre os
Judeus que regressaram do exílio e os seus antepassados.
4. Esboço:
I. Genealogia de Adão a Davi (1-9)
II. O reinado de Davi (10.1-29.20)
III. Início do reinado de Salomão e a morte de Davi
(29.21-30)
1 CRONICAS
5. Fatos Importantes: A restauração religiosa da nação
– o retorno da arca a Jerusalém – os preparativos para
reconstrução do Templo - a organização do serviço na
Casa de Deus.
6. Características Especiais: Os Reis de Israel são
ignorados, sendo mencionados só quando há
necessidade.
2 CRONICAS
1.Introdução: 1 e 2Crônicas formavam um único volume
na Bíblia hebraica.
2.Autoria e Data: O Talmude atribui autoria a Esdras,
entre 450 e 400 a.C.
3. Tema e Propósito: Estabelecer um vínculo entre os
Judeus que regressaram do exílio e os seus antepassados.
4. Esboço:
I. O reinado de Salomão (1-9)
II. História dos reis de Judá – Roboão até o exílio
(10.1-36.21)
II. O decreto de Ciro (36.22,23)
2 CRONICAS
5. Fatos Importantes: Fiel a temática religiosa ,
destaca 5 grandes avivamentos da nação de Judá.
6. Características Especiais
Panorama do at 2
ESDRAS
4. Esboço:
I. O retorno dos judeus liderados por Zorobabel (1-6)
II. Retorno dos judeus liderados por Esdras (7-10)
5. Fatos Importantes:
- O retorno dos judeus exilados;
- A reconstrução do Templo;
- A reforma empreendida por Esdras;
- A anulação em massa de casamentos ilícitos.
6. Características Especiais
Panorama do at 2
NEEMIAS
4. Esboço:
I. A reconstrução dos muros de Jerusalém (1-7)
II. A renovação da aliança, sob a liderança de Esdras (8-
10)
III. A reforma nacional, sob a liderança de Neemias
5. Fatos Importantes: A edificação dos muros de
Jerusalém; a leitura pública da Lei; o pacto lavrado com
Deus e assinado pela liderança do povo.
6. Características Especiais: A cronologia do livro de
Neemias encerra a história do A.T.
Panorama do at 2
ESTER
- O livro de Ester se insere no espaço de 60 anos
existente entre os capítulos 6 e 7 de Esdras.
4. Esboço:
I. Elevação de Ester ao trono (1-2)
II. A trama de Hamã contra os Judeus (3)
III. A intervenção de Ester (4-7)
IV. O livramento dos Judeus (8-10)
5. Fatos Importantes: o Livramento dos Judeus por
influência da rainha Ester foi comemorado com uma
grande festa: O Purim (9.20-32)
6. Características Especiais: Um dos livros da Bíblia
que não menciona o nome de Deus.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

Livros historicos 1
Livros historicos 1Livros historicos 1
Livros historicos 1
uziel-silva
 
Introd. livros historicos
Introd. livros historicosIntrod. livros historicos
Introd. livros historicos
mbrandao7
 
Os livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 ReisOs livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 Reis
Alberto Simonton
 
A Bíblia (Aula 6): Livros Históricos (part. 2)
A Bíblia (Aula 6): Livros Históricos (part. 2)A Bíblia (Aula 6): Livros Históricos (part. 2)
A Bíblia (Aula 6): Livros Históricos (part. 2)
Gustavo Zimmermann
 
Históricos I
Históricos IHistóricos I
Históricos I
Ricardo Gondim
 
13 ester
13 ester13 ester
13 ester
PIB Penha
 
1 e 2 livro das Crônicas
1 e 2 livro das Crônicas1 e 2 livro das Crônicas
1 e 2 livro das Crônicas
Amor pela EBD
 
10 1 e 2 reis
10   1 e 2 reis10   1 e 2 reis
10 1 e 2 reis
PIB Penha
 
COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)
leniogravacoes
 
O livro de juízes
O livro de juízesO livro de juízes
O livro de juízes
mbrandao7
 
Livros Históricos
Livros  HistóricosLivros  Históricos
Livros Históricos
Moisés Sampaio
 
16. O Livro de II Reis
16. O Livro de II Reis16. O Livro de II Reis
16. O Livro de II Reis
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
Livros históricos aula 3
Livros  históricos aula 3Livros  históricos aula 3
Livros históricos aula 3
Moisés Sampaio
 
Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2
Respirando Deus
 
Estudo 1 - Reino dividido
Estudo 1 - Reino divididoEstudo 1 - Reino dividido
Estudo 1 - Reino dividido
Correios
 
18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
OS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUELOS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUEL
mbrandao7
 
Gráfico livros bíblicos
Gráfico   livros bíblicosGráfico   livros bíblicos
Gráfico livros bíblicos
Jonas Martins Olímpio
 
comentario biblico-1 samuel (moody)
comentario biblico-1 samuel (moody)comentario biblico-1 samuel (moody)
comentario biblico-1 samuel (moody)
leniogravacoes
 
56 Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Ester)
56   Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Ester)56   Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Ester)
56 Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Ester)
Robson Tavares Fernandes
 

Mais procurados (20)

Livros historicos 1
Livros historicos 1Livros historicos 1
Livros historicos 1
 
Introd. livros historicos
Introd. livros historicosIntrod. livros historicos
Introd. livros historicos
 
Os livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 ReisOs livros de 1 e 2 Reis
Os livros de 1 e 2 Reis
 
A Bíblia (Aula 6): Livros Históricos (part. 2)
A Bíblia (Aula 6): Livros Históricos (part. 2)A Bíblia (Aula 6): Livros Históricos (part. 2)
A Bíblia (Aula 6): Livros Históricos (part. 2)
 
Históricos I
Históricos IHistóricos I
Históricos I
 
13 ester
13 ester13 ester
13 ester
 
1 e 2 livro das Crônicas
1 e 2 livro das Crônicas1 e 2 livro das Crônicas
1 e 2 livro das Crônicas
 
10 1 e 2 reis
10   1 e 2 reis10   1 e 2 reis
10 1 e 2 reis
 
COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)COMENTARIO-2 samuel (moody)
COMENTARIO-2 samuel (moody)
 
O livro de juízes
O livro de juízesO livro de juízes
O livro de juízes
 
Livros Históricos
Livros  HistóricosLivros  Históricos
Livros Históricos
 
16. O Livro de II Reis
16. O Livro de II Reis16. O Livro de II Reis
16. O Livro de II Reis
 
Livros históricos aula 3
Livros  históricos aula 3Livros  históricos aula 3
Livros históricos aula 3
 
Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2Panorama do AT - Reis 1 e 2
Panorama do AT - Reis 1 e 2
 
Estudo 1 - Reino dividido
Estudo 1 - Reino divididoEstudo 1 - Reino dividido
Estudo 1 - Reino dividido
 
18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas18. O Livro de I Crônicas
18. O Livro de I Crônicas
 
OS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUELOS LIVROS DE SAMUEL
OS LIVROS DE SAMUEL
 
Gráfico livros bíblicos
Gráfico   livros bíblicosGráfico   livros bíblicos
Gráfico livros bíblicos
 
comentario biblico-1 samuel (moody)
comentario biblico-1 samuel (moody)comentario biblico-1 samuel (moody)
comentario biblico-1 samuel (moody)
 
56 Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Ester)
56   Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Ester)56   Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Ester)
56 Estudo Panorâmico da Bíblia (o livro de Ester)
 

Destaque

Panorama do at 1 Ensinai
Panorama do at 1 EnsinaiPanorama do at 1 Ensinai
Panorama do at 1 Ensinai
Lisanro Cronje
 
Panorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - MiqueiasPanorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - Miqueias
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Josué
Panorama do AT - JosuéPanorama do AT - Josué
Panorama do AT - Josué
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - DeuteronômioPanorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - Deuteronômio
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Números
Panorama do AT - NúmerosPanorama do AT - Números
Panorama do AT - Números
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Levítico
Panorama do AT - LevíticoPanorama do AT - Levítico
Panorama do AT - Levítico
Respirando Deus
 
Panorama do Antigo Testamento
Panorama do Antigo TestamentoPanorama do Antigo Testamento
Panorama do Antigo Testamento
Alberto Simonton
 
Panorama do AT - Isaías
Panorama do AT - IsaíasPanorama do AT - Isaías
Panorama do AT - Isaías
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Ezequiel
Panorama do AT - EzequielPanorama do AT - Ezequiel
Panorama do AT - Ezequiel
Respirando Deus
 
Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Panorama do AT - Samuel 1 e 2Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Respirando Deus
 
O livro de deuteronômio
O livro de deuteronômioO livro de deuteronômio
O livro de deuteronômio
mbrandao7
 
telas do 02 - Conheça Sua Bíblia - PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
telas do  02 - Conheça Sua Bíblia - PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTOtelas do  02 - Conheça Sua Bíblia - PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
telas do 02 - Conheça Sua Bíblia - PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
MOISESTEIX by AgenciaKmz
 
Panorama do antigo testamento aula1
Panorama do antigo testamento aula1Panorama do antigo testamento aula1
Panorama do antigo testamento aula1
Kairosphb
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
Rosana Eugenio Dos Santos
 

Destaque (15)

Panorama do at 1 Ensinai
Panorama do at 1 EnsinaiPanorama do at 1 Ensinai
Panorama do at 1 Ensinai
 
Panorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - MiqueiasPanorama do AT - Miqueias
Panorama do AT - Miqueias
 
Panorama do AT - Êxodo
Panorama do AT -  ÊxodoPanorama do AT -  Êxodo
Panorama do AT - Êxodo
 
Panorama do AT - Josué
Panorama do AT - JosuéPanorama do AT - Josué
Panorama do AT - Josué
 
Panorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - DeuteronômioPanorama do AT - Deuteronômio
Panorama do AT - Deuteronômio
 
Panorama do AT - Números
Panorama do AT - NúmerosPanorama do AT - Números
Panorama do AT - Números
 
Panorama do AT - Levítico
Panorama do AT - LevíticoPanorama do AT - Levítico
Panorama do AT - Levítico
 
Panorama do Antigo Testamento
Panorama do Antigo TestamentoPanorama do Antigo Testamento
Panorama do Antigo Testamento
 
Panorama do AT - Isaías
Panorama do AT - IsaíasPanorama do AT - Isaías
Panorama do AT - Isaías
 
Panorama do AT - Ezequiel
Panorama do AT - EzequielPanorama do AT - Ezequiel
Panorama do AT - Ezequiel
 
Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Panorama do AT - Samuel 1 e 2Panorama do AT - Samuel 1 e 2
Panorama do AT - Samuel 1 e 2
 
O livro de deuteronômio
O livro de deuteronômioO livro de deuteronômio
O livro de deuteronômio
 
telas do 02 - Conheça Sua Bíblia - PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
telas do  02 - Conheça Sua Bíblia - PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTOtelas do  02 - Conheça Sua Bíblia - PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
telas do 02 - Conheça Sua Bíblia - PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO
 
Panorama do antigo testamento aula1
Panorama do antigo testamento aula1Panorama do antigo testamento aula1
Panorama do antigo testamento aula1
 
Slides panorama do velho testamento 2
Slides   panorama do velho testamento 2Slides   panorama do velho testamento 2
Slides panorama do velho testamento 2
 

Semelhante a Panorama do at 2

PANORAMA_DO_AT_2.ppt
PANORAMA_DO_AT_2.pptPANORAMA_DO_AT_2.ppt
PANORAMA_DO_AT_2.ppt
Lisanro Cronje
 
Panorama do Antigo Testamento - aula 2
Panorama do Antigo Testamento - aula 2Panorama do Antigo Testamento - aula 2
Panorama do Antigo Testamento - aula 2
Juarez Sobrenome
 
Introdução aos Livros Históricos da Bíblia
Introdução aos Livros Históricos da BíbliaIntrodução aos Livros Históricos da Bíblia
Introdução aos Livros Históricos da Bíblia
Alberto Simonton
 
14 os-dois-livros-dos-reis
14 os-dois-livros-dos-reis14 os-dois-livros-dos-reis
14 os-dois-livros-dos-reis
Otávio Caixeta
 
Curso bíblico
Curso bíblicoCurso bíblico
Curso bíblico
Cassio Felipe
 
Curso bíblico
Curso bíblicoCurso bíblico
Curso bíblico
Cassio Felipe
 
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Gustavo Zimmermann
 
Licao 1 4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Licao 1   4 t - 2019 - [salvo automaticamente]Licao 1   4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Licao 1 4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Vilma Longuini
 
Os Históricos
Os HistóricosOs Históricos
Os Históricos
Egmon Pereira
 
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
PIB Penha
 
EBD - LIVRO HISTÓRICOS - LIVRO DE SAMUEL
EBD - LIVRO HISTÓRICOS - LIVRO DE SAMUELEBD - LIVRO HISTÓRICOS - LIVRO DE SAMUEL
EBD - LIVRO HISTÓRICOS - LIVRO DE SAMUEL
DouglasMoraes54
 
PANORAMA_DO_AT_4.ppt
PANORAMA_DO_AT_4.pptPANORAMA_DO_AT_4.ppt
PANORAMA_DO_AT_4.ppt
Lisanro Cronje
 
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptxIBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
Rubens Sohn
 
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de SamuelLição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Éder Tomé
 
Licao1 4t-2019-cpad-190928023113
Licao1 4t-2019-cpad-190928023113Licao1 4t-2019-cpad-190928023113
Licao1 4t-2019-cpad-190928023113
deivissondossantosre
 
Bíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamentoBíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamento
ilton2
 
Bíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamentoBíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamento
ilton1
 
15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis
Igreja Presbiteriana de Dourados
 
EBD - SAMUEL - Aula 1 - 28.05.2023.pptx
EBD - SAMUEL - Aula 1 - 28.05.2023.pptxEBD - SAMUEL - Aula 1 - 28.05.2023.pptx
EBD - SAMUEL - Aula 1 - 28.05.2023.pptx
DouglasMoraes54
 
Reis e cronicas.ppt
Reis e cronicas.pptReis e cronicas.ppt
Reis e cronicas.ppt
GardLages
 

Semelhante a Panorama do at 2 (20)

PANORAMA_DO_AT_2.ppt
PANORAMA_DO_AT_2.pptPANORAMA_DO_AT_2.ppt
PANORAMA_DO_AT_2.ppt
 
Panorama do Antigo Testamento - aula 2
Panorama do Antigo Testamento - aula 2Panorama do Antigo Testamento - aula 2
Panorama do Antigo Testamento - aula 2
 
Introdução aos Livros Históricos da Bíblia
Introdução aos Livros Históricos da BíbliaIntrodução aos Livros Históricos da Bíblia
Introdução aos Livros Históricos da Bíblia
 
14 os-dois-livros-dos-reis
14 os-dois-livros-dos-reis14 os-dois-livros-dos-reis
14 os-dois-livros-dos-reis
 
Curso bíblico
Curso bíblicoCurso bíblico
Curso bíblico
 
Curso bíblico
Curso bíblicoCurso bíblico
Curso bíblico
 
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
Aula 9 - Livros Históricos (part. 2)
 
Licao 1 4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Licao 1   4 t - 2019 - [salvo automaticamente]Licao 1   4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
Licao 1 4 t - 2019 - [salvo automaticamente]
 
Os Históricos
Os HistóricosOs Históricos
Os Históricos
 
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
9 - panorama do AT - 1 e 2 cronicas e Rute.ppt
 
EBD - LIVRO HISTÓRICOS - LIVRO DE SAMUEL
EBD - LIVRO HISTÓRICOS - LIVRO DE SAMUELEBD - LIVRO HISTÓRICOS - LIVRO DE SAMUEL
EBD - LIVRO HISTÓRICOS - LIVRO DE SAMUEL
 
PANORAMA_DO_AT_4.ppt
PANORAMA_DO_AT_4.pptPANORAMA_DO_AT_4.ppt
PANORAMA_DO_AT_4.ppt
 
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptxIBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
IBADEP BÁSICO PROFETAS MAIORES AULA 1 - PROFETA ISAÍAS.pptx
 
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de SamuelLição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
Lição 1 - Conhecendo os Dois Livros de Samuel
 
Licao1 4t-2019-cpad-190928023113
Licao1 4t-2019-cpad-190928023113Licao1 4t-2019-cpad-190928023113
Licao1 4t-2019-cpad-190928023113
 
Bíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamentoBíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamento
 
Bíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamentoBíblia – antigo testamento
Bíblia – antigo testamento
 
15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis15. O Livro de I Reis
15. O Livro de I Reis
 
EBD - SAMUEL - Aula 1 - 28.05.2023.pptx
EBD - SAMUEL - Aula 1 - 28.05.2023.pptxEBD - SAMUEL - Aula 1 - 28.05.2023.pptx
EBD - SAMUEL - Aula 1 - 28.05.2023.pptx
 
Reis e cronicas.ppt
Reis e cronicas.pptReis e cronicas.ppt
Reis e cronicas.ppt
 

Mais de Lisanro Cronje

PANORAMA_DO_AT_1.ppt
PANORAMA_DO_AT_1.pptPANORAMA_DO_AT_1.ppt
PANORAMA_DO_AT_1.ppt
Lisanro Cronje
 
PANORAMA_DO_AT_3.ppt
PANORAMA_DO_AT_3.pptPANORAMA_DO_AT_3.ppt
PANORAMA_DO_AT_3.ppt
Lisanro Cronje
 
Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2
Lisanro Cronje
 
Historia da igreja aula 1
Historia da igreja aula 1Historia da igreja aula 1
Historia da igreja aula 1
Lisanro Cronje
 
Panorama do nt 4
Panorama do nt 4Panorama do nt 4
Panorama do nt 4
Lisanro Cronje
 
Panorama do nt 3
Panorama do nt 3Panorama do nt 3
Panorama do nt 3
Lisanro Cronje
 
Panorama do nt 2
Panorama do nt 2Panorama do nt 2
Panorama do nt 2
Lisanro Cronje
 
Panorama do nt 1
Panorama do nt 1Panorama do nt 1
Panorama do nt 1
Lisanro Cronje
 
Panorama do at 4
Panorama do at 4Panorama do at 4
Panorama do at 4
Lisanro Cronje
 
Panorama do at 3
Panorama do at 3Panorama do at 3
Panorama do at 3
Lisanro Cronje
 

Mais de Lisanro Cronje (10)

PANORAMA_DO_AT_1.ppt
PANORAMA_DO_AT_1.pptPANORAMA_DO_AT_1.ppt
PANORAMA_DO_AT_1.ppt
 
PANORAMA_DO_AT_3.ppt
PANORAMA_DO_AT_3.pptPANORAMA_DO_AT_3.ppt
PANORAMA_DO_AT_3.ppt
 
Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2Historia da igreja aula 2
Historia da igreja aula 2
 
Historia da igreja aula 1
Historia da igreja aula 1Historia da igreja aula 1
Historia da igreja aula 1
 
Panorama do nt 4
Panorama do nt 4Panorama do nt 4
Panorama do nt 4
 
Panorama do nt 3
Panorama do nt 3Panorama do nt 3
Panorama do nt 3
 
Panorama do nt 2
Panorama do nt 2Panorama do nt 2
Panorama do nt 2
 
Panorama do nt 1
Panorama do nt 1Panorama do nt 1
Panorama do nt 1
 
Panorama do at 4
Panorama do at 4Panorama do at 4
Panorama do at 4
 
Panorama do at 3
Panorama do at 3Panorama do at 3
Panorama do at 3
 

Último

17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
Estuda.com
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Falcão Brasil
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Bibliotecas Escolares AEIDH
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Falcão Brasil
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Falcão Brasil
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
luggio9854
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
Falcão Brasil
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
LuizHenriquedeAlmeid6
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Luiz C. da Silva
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Falcão Brasil
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Falcão Brasil
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
ArapiracaNoticiasFat
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
SheylaAlves6
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
Maria das Graças Machado Rodrigues
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Falcão Brasil
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Falcão Brasil
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Falcão Brasil
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Falcão Brasil
 

Último (20)

17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
17 Coisas que seus alunos deveriam saber sobre TRI para melhorar sua nota no ...
 
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
Organograma do Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia...
 
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
Boletim informativo - Contacto - julho de 2024
 
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdfAviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
Aviação de Asas Rotativas. Aos Rotores, o Sabre!.pdf
 
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
Aviação de Reconhecimento e Ataque na FAB. A Saga dos Guerreiros Polivalentes...
 
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LEDPlano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
Plano_Aula_01_Introdução_com_Circuito_Piscar_LED
 
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdfA Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
A Atuação das Forças Armadas na Garantia da Lei e da Ordem (GLO).pdf
 
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptxSlides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
Slides Lição 3, CPAD, Rute e Noemi, Entrelaçadas pelo Amor.pptx
 
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da TerraUma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
Uma Breve História da Origem, Formação e Evolução da Terra
 
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdfOs Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
Os Setores Estratégicos da END - O Setor Cibernético.pdf
 
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdfOrganograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
Organograma do Ministério da Defesa (MD).pdf
 
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIALA GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
A GEOPOLÍTICA ATUAL E A INTEGRAÇÃO ECONÔMICA E SOCIAL
 
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
28 - Agente de Endemias (40 mapas mentais) - Amostra.pdf
 
Elogio da Saudade .
Elogio da Saudade                          .Elogio da Saudade                          .
Elogio da Saudade .
 
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdfgestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
gestão_de_conflitos_no_ambiente_escolar.pdf
 
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
Endereços — Centro Gestor e Operacional do Sistema de Proteção da Amazônia - ...
 
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdfRelatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
Relatório do Ministério da Defesa (MD) 2017.pdf
 
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdfEscola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
Escola de Comando e Estado-Maior da Aeronáutica (ECEMAR).pdf
 
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdfEscola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
Escola de Especialistas de Aeronáutica (EEAR).pdf
 
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdfGeotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
Geotecnologias Aplicadas na Gestão de Riscos e Desastres Hidrológicos.pdf
 

Panorama do at 2

  • 1. PANORAMA DO ANTIGO TESTAMENTO Aula 2 ENSINAI Pb. Lisandro Cronje
  • 2. PANORAMA BÍBLICO - Os livros históricos formam a segunda divisão do A.T. - São 12 Livros de Josué a Ester – são assim chamados por tratarem principalmente da história do povo escolhido. - Essa classificação se dá em virtude do tema dominante tanto nestes livros, como nos outros.
  • 3. JOSUÉ 1. Autor: Incerto (O Talmud declara que Josué seria o autor), mas há evidências de outros escritores. - Data aproximada: 1400-1375 a.C. - Palavras Chave: Obediência, concerto, coragem. - Versículo Chave: Js 1.9Josué significa “Salvação de Jeova”. - A forma helenizada de seu nome era “Jesus”. Pelo fato de conduzir seu povo à terra da promessa, pode ter sido um protótipo de seu sucessor maior, o qual está levando os seus à Terra prometida da glória eterna.
  • 4. JOSUÉ 2. Tema e Propósito: A conquista e a divisão da terra de Canaã pelos israelitas. 2.1. Principais Assuntos - A conquista de Canaã - A passagem do Jordão - A queda de Jericó. - Vitórias obre os Cananeus. - O sol Detém-se - As Tribos Estabelecidas na Terra # Josué dá continuidade à história da nação israelita iniciada no pentateuco.
  • 5. JOSUÉ 3. Esboço: I. A entrada na terra prometida (1-5). II. A conquista da terra prometida (6-12). III. A partilha de Canaã entre as tribos (13-21). IV. O período final de liderança de Josué (22-24). 4. Fatos Importantes: O Dr. John Garstang, diretor da Escola Britânica de Arqueologia de Jerusalém, e do Departamento de Antiguidades do Governo da Palestina, escavou as ruínas de Jericó (1929-1936). Encontrou cerâmica e escaravelhos que evidenciam que a cidade tinha sido destruída cerca de 1.400 a.C.
  • 6. JOSUÉ Coincidindo com o tempo de Josué; e descobriu evidências muito pormenorizadas que confirmavam a narrativa bíblica de modo notável. Ruíram as muralhas, Js6.20. O Dr. Garstang descobriu que o muro realmente foi abaixo. Era duplo, os dois muros ficando separados um do outro por uma distância de 5m; o muro externo tinha 2m de espessura; o interno, 4m; ambos de uns 10m de altura. Eram construídos não muitos o lidamente, sobre alicerces defeituosos e desnivelados, com tijolos de 10cm de espessura, por 30 a 60cm de comprimento, assentados emarga- massa de lama.
  • 7. JOSUÉ Os dois muros se ligavam entre si por meio de casas construídas de traves na parte superior, como a casa de Raabe que ficava sobre o muro. Outro fato interessante é que o Dr. Garstang encontrou de baixo das cinzas e dos muros caídos, nas ruínas de salas de provisões, abundância de gêneros alimentícios, trigo, cevada, tâmaras, lentilhas e semelhantes, reduzidos a carvão pelo calor intenso, e intactos; evidência de que os conquistadores evitaram apropriar-se dos alimentos, como lhes fora ordenado, Js6.18.
  • 9. JUÍZES 1. Introdução: trata dos primeiros 300 anos na terra prometida. Juízes toma seu nome dos quatorze líderes militares e civis ungidos pelo E.S.. Homens que o Senhor inspirou para libertar a nação. - Como confederação livre em torno do santuário central de Siló, a jovem nação não tinha governo central estável, e, abandonando o Senhor tornou-se presa fácil para invasores inimigos. - Os juízes primeiro libertam o povo, depois o governam. - Este livro é um registro da idade das trevas de deterioração e apostasia de Israel na terra. O povo abandonou o Senhor, e o Senhor abandono o povo.
  • 10. JUÍZES 2.Autoria: é atribuída a Samuel, mas não se pode afirmar com certeza. - Data: Indícios textuais e a tradição sugerem que tenha sido composto nos primeiros anos da monarquia de Saul (1025), posto que Samuel era membro da escola profética, podendo ser o compilador. 3. Tema e Propósito: A Decadência moral e espiritual da nação de Israel após seu estabelecimento na terra da promessa (apostasia, opressão, arrependimento, libertação). Versículo chave: Jz 17.6 “Naqueles dias, não havia rei em Israel; cada qual fazia o que parecia direito aos seus olhos”.
  • 11. JUÍZES PERÍODOS DE OPRESSÃO - Mesopotâmios - 8 anos - Moabitas/Amonitas - 18 anos - Amalequitas Cananeus - 20 anos - Midianitas e Amalequitas - 7 anos - Amonitas - 18 anos - Filisteus – 40 anos - Total do Período - 111 anos
  • 12. JUÍZES PERÍODOS DE DESCANSO Otniel,Jz3.11 – 40 anos Jair,Jz10.3 – 22 anos Eúde,Jz3.30 – 80 anos Jefté,Jz12.7 – 6 anos Sangar,Jz3.31 - Ibsã,Jz12.9 – 7 anos Débora e Baraque,Jz4.32 – 40 anos Elom,Jz12.11 – 10 anos Gideão,Jz8.28 – 40 anos Abdom,Jz12.14 – 8 anos Abimeleque,Jz9.22 – 3 anos Sansão,Jz15.20 – 0 anos Tola,Jz10.2 – 23 anos Total – 299 anos
  • 13. JUÍZES 5. Fatos Importantes - A derrota que Gideão impôs aos Midianitas com apenas 300 homens (6 e 7); - Sansão e sua história.
  • 14. RUTE 1. Introdução: Essa bela história pastoril de amor e redenção está intimamente associada aos Juízes. Os fatos acontecem durante o mesmo período, portante este livro está corretamente posicionado no cânon (1.1). 2.Autoria e Data: O autor é desconhecido. Sabe-se apenas que foi escrito na época em que Davi era rei, pois está incluída sua genealogia ao final do livro. - Como Salomão não é citado, é mais correto datá-lo por volta de 1010 a 1000 a.C. 3. Tema e Propósito: um relato importante de redenção, mostrando a recompensa de Deus àqueles que são fiéis e vivem uma vida piedosa, em meio a uma sociedade marcada pela decadência moral e espiritual.
  • 15. RUTE 4. Esboço: I. A decisão de Rute (cap. 1) II. Os direitos de Rute (cap. 2) III. O desejo de Rute (cap. 3) IV. O final feliz da vida de Rute (cap. 4) 5. Fatos Importantes: - Rute: Bisavó de Davi, origem da família messiânica. - Em meio a fome na terra, em uma sociedade corrom- pida, havia um homem rico e temente a Deus(2.4).
  • 16. RUTE 6. Características Especiais: O livro é considerado um apêndice ao livro de Juízes, além de ser o único livro da Bíblia que relata a história de uma mulher.
  • 17. 1 Samuel 1. Introdução: considerados um só livro 1 e 2Samuel trazem alguns dos textos históricos mais perfeitos de toda a literatura. - Compostos principalmente como biografia histórica, essas narrativas diferem dos documentos da mesma época (assírios, egipcios, hititas) por não serem meros eventos assinalados na linha cronológica. - Os eventos são assinalados na linha cronológica, alem de suas repercussões morais e espirituais. 2.Autoria e Data: Escrito na época que Davi era rei, não se identifica o autor. Contudo, acredita-se que o profeta Samuel tenha sido co-autor com Natã ou/e Gade. Data: entre 931 e 722 a.C.
  • 18. 1 Samuel 3. Tema e Propósito: Descreve um período de transição entre os juízes e a monarquia, retratando a continuidade do relacionamento de Deus com seu povo. 4. Esboço: I. Samuel - nascimento, infância e reconhecimento como maior líder da nação na época. (1-7) II. Saul – Israel pede um rei (8-15) III. Davi – Saul é rejeitado e Davi é ungido rei (16-31)
  • 19. 1 Samuel 5. Fatos Importantes: - A arca da aliança é tomada pelos filisteus; morte do Sumo sacerdote, ascensão de Samuel... - O duelo entre Davi e Golias (cap.17) 6. Características Especiais: O livro de 1Samuel abrange cerca de um século da história de Israel. E pela primeira vez é empregada a expressão “Senhor dos Exércitos”.
  • 20. 2 SAMUEL 1.Introdução: 2.Autoria e Data: 3. Tema e Propósito: 4. Esboço: 5. Fatos Importantes: 6. Características Especiais:
  • 21. 2 SAMUEL 1.Introdução: considerados um só livro 1 e 2Samuel na Bíblia hebraica até serem divididos pelos tradutores da Septuaginta. Relata exclusivamente o reinado de Davi. 2.Autoria e Data: Incerto, mas foi escrito pelo mesmo autor da primeira parte do livro original, contudo, em um período posterior, quando o reino se dividiu. Data: entre 931 e 722 a.C. 3. Tema e Propósito: Registrar a história de Israel desde a morte de Saul até o final do reinado de Davi.
  • 22. 2 SAMUEL 4. Esboço: I. Ascensão de Davi ao trono (1.1-5.5) II. Fase gloriosa do reinado de Davi (5.6-9.12) III. Fase sombria do reinado de Davi (10-20) IV. Fase final do reinado de Davi (21-24) 5. Fatos Importantes: A guerra civil antes da ascensão de Davi ao trono; A conquista de Jerusalém; o retorno da arca para Jerusalém; o adultério de Davi; a revolta de Absalão; O erro do censo,etc.
  • 23. 2 SAMUEL 6. Características Especiais: Abrange um período de 40 anos que foi o tempo do reinado de Davi.
  • 24. 1 REIS 1.Introdução: A exemplo de 1 e 2Samuel os livros dos Reis formavam uma única obra nas escrituras hebraicas. O livro de 1Reis registra o final do reinado de Davi, todo o reinado de Salomão, além do relato inicial da divisão do reino (Israel e Judá). 2.Autoria e Data: Não se sabe quem foi seu autor. Contudo, a tradição aponta para Jeremias como seu autor, mas improvável. Sua data provável está entre 562 e 539 a.C. 3. Tema e Propósito: Lições sobre a divisão do reino.
  • 25. 1 REIS 4. Esboço: I. O final do reinado de Davi (1.1-31) II. O reinado de Salomão (1.32-11.43) III. O reino dividido (12-22) 5. Fatos Importantes: O Reinado de Salomão; O templo; O Esplendor da Corte de Salomão; A Idade Áurea da História dos Hebreus; A apostasia das Dez Tribos; O Profeta Elias. 6. Características Especiais: Relata um período de 120 anos – 40 anos do reinado de Salomão e 80 anos da história do reino dividido.
  • 26. 2 REIS 1. Introdução: O texto dá continuidade dos relatos paralelos de 1Reis, tratando dos reinos de Israel e Judá. 2.Autoria e Data: Não se sabe quem foi seu autor. Contudo, a tradição aponta para Jeremias como seu autor, mas improvável. Sua data provável está entre 562 e 539 a.C.... 3. Tema e Propósito: Lições sobre a divisão do reino. 4. Esboço: I. O reino dividido até a queda de Israel (1-17) II. A continuação do reino de Judá até sua queda (18-25).
  • 29. 2 REIS 5. Fatos Importantes: - A queda de Israel e Judá. - O ministério dos profetas Elias e Eliseu. 6. Características Especiais: - Abrange um período de aproximadamente 290 anos, com intimas ligações com livros proféticos.
  • 30. 1 CRONICAS 1.Introdução: 1 e 2Crônicas formavam um único volume na Bíblia hebraica. Além dos registros genealógicos, 1Crônicas concede importância ao reinado de Davi. 2.Autoria e Data: O Talmude atribui autoria a Esdras, entre 450 e 400 a.C. 3. Tema e Propósito: Estabelecer um vínculo entre os Judeus que regressaram do exílio e os seus antepassados. 4. Esboço: I. Genealogia de Adão a Davi (1-9) II. O reinado de Davi (10.1-29.20) III. Início do reinado de Salomão e a morte de Davi (29.21-30)
  • 31. 1 CRONICAS 5. Fatos Importantes: A restauração religiosa da nação – o retorno da arca a Jerusalém – os preparativos para reconstrução do Templo - a organização do serviço na Casa de Deus. 6. Características Especiais: Os Reis de Israel são ignorados, sendo mencionados só quando há necessidade.
  • 32. 2 CRONICAS 1.Introdução: 1 e 2Crônicas formavam um único volume na Bíblia hebraica. 2.Autoria e Data: O Talmude atribui autoria a Esdras, entre 450 e 400 a.C. 3. Tema e Propósito: Estabelecer um vínculo entre os Judeus que regressaram do exílio e os seus antepassados. 4. Esboço: I. O reinado de Salomão (1-9) II. História dos reis de Judá – Roboão até o exílio (10.1-36.21) II. O decreto de Ciro (36.22,23)
  • 33. 2 CRONICAS 5. Fatos Importantes: Fiel a temática religiosa , destaca 5 grandes avivamentos da nação de Judá. 6. Características Especiais
  • 35. ESDRAS 4. Esboço: I. O retorno dos judeus liderados por Zorobabel (1-6) II. Retorno dos judeus liderados por Esdras (7-10) 5. Fatos Importantes: - O retorno dos judeus exilados; - A reconstrução do Templo; - A reforma empreendida por Esdras; - A anulação em massa de casamentos ilícitos. 6. Características Especiais
  • 37. NEEMIAS 4. Esboço: I. A reconstrução dos muros de Jerusalém (1-7) II. A renovação da aliança, sob a liderança de Esdras (8- 10) III. A reforma nacional, sob a liderança de Neemias 5. Fatos Importantes: A edificação dos muros de Jerusalém; a leitura pública da Lei; o pacto lavrado com Deus e assinado pela liderança do povo. 6. Características Especiais: A cronologia do livro de Neemias encerra a história do A.T.
  • 39. ESTER - O livro de Ester se insere no espaço de 60 anos existente entre os capítulos 6 e 7 de Esdras. 4. Esboço: I. Elevação de Ester ao trono (1-2) II. A trama de Hamã contra os Judeus (3) III. A intervenção de Ester (4-7) IV. O livramento dos Judeus (8-10) 5. Fatos Importantes: o Livramento dos Judeus por influência da rainha Ester foi comemorado com uma grande festa: O Purim (9.20-32) 6. Características Especiais: Um dos livros da Bíblia que não menciona o nome de Deus.