SlideShare uma empresa Scribd logo
Objetivos de História
2ºPeríodo-4ºTeste de Avaliação
1-Compreender a constituição de 1933.
Constituiçãode 1933 (na teoria)
Poderlegislativopertenciaàassembleianacional;
PoderexecutivopertenciaaoPresidentedaRepúblicaeraeste que nomeavaogoverno;
Poderjudicial pertenciaaostribuinais;
Garantia aindaa liberdade e osdireitosdoscidadãos,
Na prática
Salazarfoi sempre Presidente doConselhode Ministros,sempre tevemaispoderque oPresidente da
República,eraele que faziaasleis,aseleiçõesnãoeramlivrese nãoeramrespeitadososdireitose as
liberdadesdaspessoas.
5-Conheceras características do EstadoNovo.
Princípios Ideológicos do Estado Novo/Ditadura Salazarista
 Salazarera o chefe máximodanação a quemtodosdeviamrespeitoe obediência –cultoao chefe.
 Os trêsideaisde Salazareram:Deus,Pátriae Família.
 Os jovensintegravamamocidade portuguesa.
 Nacionalismocomavalorizaçãoda história,dabandeirae dohino.
 Salazardefendiaaauto-suficiênciadopaísvalorizandoaagriculturae as campanhasde trigo no
Alentejo(nacionalismoeconómico).
 Propagandacom recursosaos cartazesintitulados:“ A liçãode Salazar”
 Legiãoportuguesa– milíciasarmadas.
 Políticade obras públicascomo lançamentodaconstrução de estradas,pontes,barragens,escolas,
maternidades.
 Censuraaos meiosde comunicação,existiaumacomissãode censuraque controlavaaimprensa
chamada “LápisAzul”.
 Corporativismo –Salazarpara controlar a economiae a sociedade,agrupousindicatosnacionais,tais
como: grémios,casadospescadores,casado povo,proibindoasgrevese sindicatoslivres.
 PolíciaPolítica:PVDEe maistarde PIDE (PolíciaInternacional e de DefesadoEstado) perseguiam,
torturavame muitasdasvezesassassinavam osopositoresaoregime,possuíamumarede de
informadores;asprincipaisprisõeseram:Peniche,Caxiase ocampo de concentraçãono Tarrafal –
Cabo Verde.
 Partidoúnico:uniãonacional.
 Imperialismo:Colonialismo –Ascolóniaspara Salazareram parte integrante daNaçãoe mostravam
que éramosuma grande nação; emtermoseconómicosascolóniasforneciam matérias-primas
baratas e escoavamtodaa produção agrícola e industrial.
6-ConheceroEstalinismonaURSS (vera parte da Economia
EstalinismonaURSS
1924 – Morte de Lenine
Trotsky – Lideravao exércitovermelho
Lenine – 1927 – Lideraa URSS – Estalinismo
Princípios Ideológicos
 O únicopartidopolíticoerao PartidoComunista,situava-seemMoscovoe toda a gente lhe devia
obediência.
 PolíciaPolíticaTcheka/KGB(maistarde).
 Camposde trabalhoforçado na Sibériae naUcrânia (gulags).
 Deportaçõesmaciças(obrigoualdeiasinteirasair para onde ele quis).(Colocouessaspessoasna
Sibériae noutrossítiosa trabalharem, serviamcomomão de obra, porque ospresosnão davam
conta do recado).
 Limpezasde gabinetesoupurgas,emque Estaline renovavaosdirigentesdentro dopartido.
Economia
Indústria: PlanificaçãodaIndústriacomos planosquinquenais(5anos).
1º PlanoQuinquenal–Priveligiouaindústriapesada;
2º PlanoQuinquenal–Priveligiouaindústrialigeira(têxtil e alimentar);
3º PlanoQuinquenal–Priveligiouaindústriaquímica.
Agricultura– Coletivizaçãodasterras
 Recursoà propagandaatravés doscartazes.
 Cultoda personalidade.
A URSS tornou-se na3ª maior potênciamundial.
Frentes populares
Inglaterra
França – LeónBlum
Espanha– Franco
Sovkhozes
Kolkhozes
7-ContextualizaraGuerra Civil de Espanha.
Coligaçãode partidosde esquerda, que favoreciamostrabalhadores.Ganharamaseleiçõesem1936,
começarama nacionalizartudoe eramanti-clero. Comonãoagradaramaos espanhóisgerou-seumaguerra
civil emEspanha. Que duroude 1936 a 1938.
1936-Guerra Civil Eleições Republicanos(Coligaçãode esquerda,apoio:URSS)
Nacionalistas –General Franco(Apoio:Portugal,Alemanhae Itália
O climapolíticoe social na Espanha na primeirametade dadécadade 1930 era tensoe recheadode conflitos
entre esquerdistase nacionalistas.Masa guerrateve inicioquandoem18 de julhode 1936, o general
FranciscoFranco comandouo exércitoespanhol numgolpe de estadocontraogovernodemocráticoe legal
da SegundaRepúblicaEspanhola.Porém, ogolpe nãofoi bemsucedidoe aEspanhaficoudivididaentre
nacionalistas e republicanos. Apósquasetrêsanosde conflitoaGuerra Civil Espanhola,consideradaumadas
maisviolentase cruéisdahistória,terminoucomavitóriadosnacionalistasque conseguiramderrubaro
GovernoRepublicanodopoder.FranciscoFrancoassumiuopoderemAbril de 1939, implantandoumregime
ditatorial de direitanaEspanha.
8-ConhecerasCausas da IIGM.
II GuerraMundial
Causas:
DesrespeitopeloTratadode Versalhes1
Eixo2
Expansionismoagressivode Hitler 3
1
A crise de 1929 afetoutodomundo,incluindoaAlemanha,e estacrise foi emparte responsável pela
instauraçãodo regime ditatorial naAlemanha,oqual defendiaumapolíticaexpansionista. QuandoHitler
tomoupoderem1933, a Alemanhatornou-se maisagressivae passarama ignoraro Tratado de Versalhes.
Um dos pontos tratadosera a redução doarmamentoe doexército,comoestavainstaladaacrise,para
reduzirodesempregopôsoserviçomilitarobrigatório,reconstruiuumapoderosafrotade guerra,
modernizouaviaçõese começouaocuparregiõesfronteiriças,posteriormenteconcretizoupactosmilitares.
2
O eixoBerlim-Roma,aaliançadaAlemanhanazistae daItáliafascista,foi criadauma aliançaemBerlimno
dia25 de outubrode 1936, com a assinaturade um tratado de amizade entre osdoispaíses.Ficouconhecida
por EixoRoma-erlime pretendiareforçaracolaboraçãoentre a Alemanhae Itália,posteriormente como
Japão,constituindoumaaliançade regimesditatoriais,que ficouconhecidapor“Eixo”.
1 de Setembro:HitlerinvadeaPolónia
3
Hitlercombase na “Teoria doEspaço Vital”que defendiaosinteressesdaraça ariana,ocupoua Áustria,
Turquiae o PaisdosSudetas.Em 1938 assinoucoma França e a Inglaterraotratado de Munique,em1938
ocupa o restoda Checoslováquia,nessemesmoanoassinouumtratadocoma URSSS de não ataque entre
essesdoispaíses,aFrança e Inglaterra(assinaramumtratado secreto) protegiamaPolóniacasoaAlemanha
a invadisse.A 1 de Setembrode 1939 a Alemanhaataca a Polónia.A Inglaterrae a França declaramguerraà
Alemanha,iniciando-seassimaIIGuerra Mundial.
9-Descreveras3 Fasesda Guerra.
Fases
1ªFase – Guerra Relâmpago(1939-1941)
As tropasalemãscontinuarama avançar,após a invasãoda Polóniaem1939.
Em Abril de 1940, conseguiramentrarnaDinamarca e na Noruega.A 10 de Maio invadiramaBélgica,o
Luxmburgoe a Holanda,dirigindo-se de seguidaaFrança que foi derrotadapassadopoucomaisde 1 mês.
Hitlerconseguiudominarquase todaa Europa Ocidental,aúnicaresistenteeraaInglaterra.Noconfronto
decisivo,que foi naInglaterra,travou-senoCanal damancha e foi aí a 1ª grande derrota alemã,poruma
invençãorecente,oradar,conseguiuderrotaraforça aéreaalemã impossibilitandoaentradadoexército
alemãoemsolobritânico.
2ªFase – MundializaçãodoConflito(1941-1943)
Enquantoos combatesdecorriamnaEuropa, o Japãopreparaa conquistadoseu“Espaço Vital”.
Começouporocupar territóriosnaChinae na Indonésiaem1941. A 7 de Dezembrode 1941, o Japão atacou
de surpresaa base naval Americanade Pearl Harber,noHawaii.Este ataque levouosEUA, que eram
presididosporRosevelt,entraramnaguerra.OsEUA significarammaisarmase homenspara África,para o
Pacífico,para a Europa e Inglaterra.
3ªFase-Avitóriados Aliados
Os combates na Europa Ocidental foram decididos em 6 de Junho de 1944: Deu-se o desembarque
dos Aliados na Normadia (França). Um poderoso exército, comando pelo general Eisenhower entrou
em terriório francês, a missãoera retomara França por meiode umataque surpresa.Estesdesembarques
permitiramalibertaçãodaFrança e Bélgica.
No lado do Oriente, os alemães foram completamente cercados por tropas soviéticas e exatamente
no dia 22 de Abril de 1945 a cidade de Berlim foi tomada pelos russos. E no dia 30, Hitler cometeu
suicídio. No dia 7 de Maio de 1945, o que restou do governo alemão simplesmente se rendeu. A
guerra na Europa estava terminada.
No Pacífico,as batalhasentre o Japão e os EstadosUnidos (auxiliadaspelaInglaterrae Austrália)
continuavam. Osamericanosbombardearamascidades japoneses de Hiroshima,em6de agosto de 1945, e
de Nagasaki,em9 de agostode 1945 com armas nucleares.OJapãorendeu-senadatade 2 de Setembro de
1945. Era o final da Guerra.
3ªFase-Avitóriados Aliados - (Caderno)
Norte de África(1943) – Os Aliadosdesembarcam/libertamaSicíliae a Itália,caindoMussolini em
1944.
1944 – DiaD: OsAliadosdesembarcamnaNormandiae avançamaté à Alemanhaaomesmotempo
que Estaline avançapeloOriente,encurralandoHitlerque se suicidaem1945.
Terminaa guerra na Europa,mas continuanoPacífico com osKanikaze (pilotossuicidas).
O PresidenteTrumadosEUA, ordenouolançamento.
10- Conhecer as Consequências da 2ªGuerra Mundial
Mais de 50 milhõesde mortos.
Destruiçãoeconómica,comofábricas,pontes…
Divisãodoterritórioalemãoem4 partes,pelos4vencedores(Itália,França,Inglaterra,URSS),e ocuparam-
nos.
A cidade de Berlimtambémfoi divididae ocupadapelos4 vencedores
O Japão tambémfoi ocupadopelosEUA e aí impuseramademocracia.
Foi criada a ONU, para zelarpelapaz e pelascooperaçõeseconómicas,sociaise culturais.
Desnazificação daAlemanha,comojulgamentodoscriminososde guerrae notribunal de
Nuremberg.
Criação doEstado de Israel em1947 para o povojudeu.
Surgimentode 2 blocos: ComunistalideradopelaURSS e capitalistalideradopelosEUA.
Mundo Bipolar - Durante quatrodécadas,foi a ordeminternacional marcadaporuma bipolaridade:duas
superpotênciascontrolavamdiretaouindiretamenteinúmerosEstadosabrigadosemsuasáreasde
influência.Éclaro que cada Estadotinha seugovernoe suasinstituições.Massua autonomiaficavade certa
forma,limitadapelojogoestratégicodasuperpotênciaque odominava.Faziamparte desse jogo,por
exemplo,asmanobrasque EstadosUnidose UniãoSoviéticaarticulavamparamantero blocounidoe sobo
seucomando,ou para conquista Estadosque estavamdooutro lado.A bipolaridade,istoé,adivisãodo
mundoemdoispólosde poderantagônicasfoi umadas características maismarcantesda Guerra Fria
Mundo Bipolar
Guerra Fria
12-ConhecerosobjetivosdoPlanoMarshall.
Com o final da Segunda Guerra Mundial, muitos países ficaramdestruídos. Era necessário
muito investimento financeiro para a reconstrução destes países. Neste contexto, foi criado
nos Estados Unidos pelo então secretário de Estado George Marshall, um plano económico
cujo principal objetivo era possibilitar a reconstrução dos países capitalistas. A ajuda foi
feita, principalmente, através de empréstimos financeiros. O Plano Marshall deve ser
entendido dentro do contexto histórico da Guerra Fria, pois foi uma forma de fortalecer o
capitalismo e a hegemonia dos Estados Unidos. O Plano foi colocado em operação em 1947.
- Possibilitar a reconstrução material dos países capitalistas destruídos na Segunda Guerra
Mundial;
- Recuperar e reorganizar a economia dos países capitalistas, aumentando o vínculo deles
com os Estados Unidos, principalmente através das relações comerciais;
- Fazer frente aos avanços do socialismo presente, principalmente, no leste europeu e
comandado pela extinta União Soviética.
13-Explicar o conceito de Guerra Fria.
A Guerra Friateminício logoapósa SegundaGuerraMundial,poisosEstadosUnidose a União
Soviéticavãodisputarahegemoniapolítica,econômicae militarnomundo.A UniãoSoviética
possuíaum sistemasocialista,baseadonaeconomiaplanificada,partidoúnico(Partido Comunista),
igualdade social e faltade democracia.Jáos Estadosunidos,aoutra potênciamundial,defendiaa
Bloco de Leste
 URSS
 Comunista
 PartidoÚnico
 Controle aeconomia
 KGB
 Pacto Varsóvia
 COMECON
Bloco Ocidental
 EUA
 CapitalistaLiberal
 CIA
 NATO
 PlanoMarshal
expansãodo sistemacapitalista,baseadonaeconomiade mercado,sistemademocráticoe
propriedade privada.Nasegundametadedadécadade 1940 até 1989, estasduas potências
tentaramimplantaremoutrospaísesos seussistemaspolíticose econômicos.A definiçãoparaa
expressãoguerrafriaé de um conflitoque aconteceuapenasnocampoideológico,nãoocorrendo
um embate militardeclaradoe diretoentre EstadosUnidos e URSS.Até mesmoporque,estesdois
paísesestavamarmadoscom centenasde mísseisnucleares.Umconflitoarmadodiretosignificaria
o fimdosdoispaíses e,provavelmente,davidanoplanetaTerra.Porémambosacabaram
alimentandoconflitosemoutrospaísescomo,por exemplo,naCoreiae noVietname.
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
A GuerraFria foi umadisputade poderentre a URSS e os EUA emque não houve conflitodiretoentreas
duas potências.
Deram-se muitosavançostecnológicoscomoodesenvolvimentodasbombasnuclearese aconquistado
espaço.
Desenvolveu-seaespionagem:CIA-EUA
KGB-URSS
Os principaisincidentesdaGuerraFria foram:
-A guerra da Coreia;
-A crise de mísseisde Cuba;
-O Bloqueiode Berlim;
A Guerra Fria,não foi umconflitomilitar,foi umconfrontoideológico,político,económicoentre aURSSe
os EUA e equilibravam-se peloterror.
14-Conhecerosprimeirosmovimentosde indepedência.
A faltade democracia,o atraso econômicoe a crise nasrepúblicassoviéticasacabaramporacelerara crise
do socialismonofinal dadécadade 1980. Em 1989 cai o Muro de Berlime as duas Alemanhassão
reunificadas.Nocomeçodadécadade 1990, o entãopresidentedaUniãoSoviéticaGorbachevcomeçoua
aceleraro fimdosocialismonaquelepaíse nos aliados.Comreformaseconômicas,acordoscomos EUA e
mudançaspolíticas,o sistemafoi se enfraquecendo.Erao fimde um períodode embatespolíticos,
ideológicose militares.Ocapitalismovitorioso,aospoucos,iriasendoimplantadonospaísessocialistas.

Mais conteúdo relacionado

Mais procurados

O mundo pós guerra
O mundo pós guerraO mundo pós guerra
O mundo pós guerra
Carla Teixeira
 
A reconstrucao posguerra
A reconstrucao posguerraA reconstrucao posguerra
A reconstrucao posguerra
Patrícia Alves
 
Resumos história (2º teste)
Resumos história (2º teste)Resumos história (2º teste)
Resumos história (2º teste)
Ana Beatriz Neiva
 
O mundo após a 2ª guerra mundial
O mundo após a 2ª guerra mundialO mundo após a 2ª guerra mundial
O mundo após a 2ª guerra mundial
Daniel Coelho
 
Modulo 8 e 9 historia A 12ºano
Modulo 8 e 9 historia A 12ºanoModulo 8 e 9 historia A 12ºano
Modulo 8 e 9 historia A 12ºano
CludiaBelluschiCosta
 
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃOSLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
Alice Barros
 
Historia a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumoHistoria a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumo
Escoladocs
 
Questoes segunda guerra mundial
Questoes segunda guerra mundialQuestoes segunda guerra mundial
Questoes segunda guerra mundial
Atividades Diversas Cláudia
 
9 ano 1manual-isa
9 ano 1manual-isa9 ano 1manual-isa
9 ano 1manual-isa
a Gonçalves
 
Resumos de História - 3ºteste 12ºano
Resumos de História - 3ºteste 12ºanoResumos de História - 3ºteste 12ºano
Resumos de História - 3ºteste 12ºano
Maria Rebelo
 
História 12ºano - Resumos
História 12ºano - ResumosHistória 12ºano - Resumos
História 12ºano - Resumos
Maria Rebelo
 
Antecedentesgeopoliticoseestrategico
AntecedentesgeopoliticoseestrategicoAntecedentesgeopoliticoseestrategico
Antecedentesgeopoliticoseestrategico
borgesnuria
 
Aula de história – 8º ano guerra fria
Aula de história – 8º ano   guerra friaAula de história – 8º ano   guerra fria
Aula de história – 8º ano guerra fria
stelawstel
 
Aula 21 2ª guerra mundial
Aula 21   2ª guerra mundialAula 21   2ª guerra mundial
Aula 21 2ª guerra mundial
Jonatas Carlos
 
Historia volume-6
Historia volume-6Historia volume-6
Historia volume-6
Josil Setenta
 
Intervenção Baptista Alves sobre II GG
Intervenção Baptista Alves sobre II GGIntervenção Baptista Alves sobre II GG
Intervenção Baptista Alves sobre II GG
halm145
 
Resumos de história 5ºteste 12ºano
Resumos de história 5ºteste 12ºanoResumos de história 5ºteste 12ºano
Resumos de história 5ºteste 12ºano
Maria Rebelo
 
Frentes populares
Frentes popularesFrentes populares
Frentes populares
Mariana Marques
 
7 03 a degradação do ambiente internacional
7 03 a degradação do ambiente internacional7 03 a degradação do ambiente internacional
7 03 a degradação do ambiente internacional
Vítor Santos
 
Mundo Bipolar
Mundo BipolarMundo Bipolar
Mundo Bipolar
Carlos Vieira
 

Mais procurados (20)

O mundo pós guerra
O mundo pós guerraO mundo pós guerra
O mundo pós guerra
 
A reconstrucao posguerra
A reconstrucao posguerraA reconstrucao posguerra
A reconstrucao posguerra
 
Resumos história (2º teste)
Resumos história (2º teste)Resumos história (2º teste)
Resumos história (2º teste)
 
O mundo após a 2ª guerra mundial
O mundo após a 2ª guerra mundialO mundo após a 2ª guerra mundial
O mundo após a 2ª guerra mundial
 
Modulo 8 e 9 historia A 12ºano
Modulo 8 e 9 historia A 12ºanoModulo 8 e 9 historia A 12ºano
Modulo 8 e 9 historia A 12ºano
 
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃOSLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
SLIDE DA BIPOLARIZAÇÃO À MULTIPOLARIZAÇÃO
 
Historia a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumoHistoria a-12-ano-resumo
Historia a-12-ano-resumo
 
Questoes segunda guerra mundial
Questoes segunda guerra mundialQuestoes segunda guerra mundial
Questoes segunda guerra mundial
 
9 ano 1manual-isa
9 ano 1manual-isa9 ano 1manual-isa
9 ano 1manual-isa
 
Resumos de História - 3ºteste 12ºano
Resumos de História - 3ºteste 12ºanoResumos de História - 3ºteste 12ºano
Resumos de História - 3ºteste 12ºano
 
História 12ºano - Resumos
História 12ºano - ResumosHistória 12ºano - Resumos
História 12ºano - Resumos
 
Antecedentesgeopoliticoseestrategico
AntecedentesgeopoliticoseestrategicoAntecedentesgeopoliticoseestrategico
Antecedentesgeopoliticoseestrategico
 
Aula de história – 8º ano guerra fria
Aula de história – 8º ano   guerra friaAula de história – 8º ano   guerra fria
Aula de história – 8º ano guerra fria
 
Aula 21 2ª guerra mundial
Aula 21   2ª guerra mundialAula 21   2ª guerra mundial
Aula 21 2ª guerra mundial
 
Historia volume-6
Historia volume-6Historia volume-6
Historia volume-6
 
Intervenção Baptista Alves sobre II GG
Intervenção Baptista Alves sobre II GGIntervenção Baptista Alves sobre II GG
Intervenção Baptista Alves sobre II GG
 
Resumos de história 5ºteste 12ºano
Resumos de história 5ºteste 12ºanoResumos de história 5ºteste 12ºano
Resumos de história 5ºteste 12ºano
 
Frentes populares
Frentes popularesFrentes populares
Frentes populares
 
7 03 a degradação do ambiente internacional
7 03 a degradação do ambiente internacional7 03 a degradação do ambiente internacional
7 03 a degradação do ambiente internacional
 
Mundo Bipolar
Mundo BipolarMundo Bipolar
Mundo Bipolar
 

Destaque

Guião estudo teste intermédio 9º 12 13 (9ºano)
Guião estudo teste intermédio 9º  12 13 (9ºano)Guião estudo teste intermédio 9º  12 13 (9ºano)
Guião estudo teste intermédio 9º 12 13 (9ºano)
Marquês de Pombal
 
Portugal Estado Novo
Portugal   Estado NovoPortugal   Estado Novo
Portugal Estado Novo
Carlos Vieira
 
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 3010 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
Vítor Santos
 
Matriz teste 3 9ºano
Matriz teste 3 9ºanoMatriz teste 3 9ºano
Matriz teste 3 9ºano
Marquês de Pombal
 
Salazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- NovoSalazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- Novo
bandeirolas
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
Rainha Maga
 
Matriz teste 4 9ºano
Matriz teste 4 9ºanoMatriz teste 4 9ºano
Matriz teste 4 9ºano
Marquês de Pombal
 
Correção teste 2 9 ano negrelos versão 2
Correção teste 2  9 ano negrelos versão 2Correção teste 2  9 ano negrelos versão 2
Correção teste 2 9 ano negrelos versão 2
Estela Costa
 
objetivos teste de historia 1
objetivos teste de historia 1objetivos teste de historia 1
objetivos teste de historia 1
Marta Vale
 
A Construção do Estado Novo
A Construção do Estado NovoA Construção do Estado Novo
A Construção do Estado Novo
Ana Batista
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
Chromus Master
 
Estado Novo 1
Estado Novo 1Estado Novo 1
Estado Novo 1
Susana Simões
 
Teste hgp 2 correção
Teste hgp 2   correçãoTeste hgp 2   correção
Teste hgp 2 correção
Ana Pereira
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
Jorge Almeida
 
Propostas de resolução teste 12º
Propostas de resolução teste 12ºPropostas de resolução teste 12º
Propostas de resolução teste 12º
Escoladocs
 
Resumos francês (3º teste)
Resumos francês (3º teste)Resumos francês (3º teste)
Resumos francês (3º teste)Ana Beatriz Neiva
 
Constituição da República Portuguesa
Constituição da República Portuguesa Constituição da República Portuguesa
Constituição da República Portuguesa
eb23ja
 
Era estalinista
Era estalinistaEra estalinista
Era estalinista
Cristina Coelho
 
Estalinismo
EstalinismoEstalinismo
Estalinismo
ines7391
 
Do autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaDo autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à Democracia
Carlos Vieira
 

Destaque (20)

Guião estudo teste intermédio 9º 12 13 (9ºano)
Guião estudo teste intermédio 9º  12 13 (9ºano)Guião estudo teste intermédio 9º  12 13 (9ºano)
Guião estudo teste intermédio 9º 12 13 (9ºano)
 
Portugal Estado Novo
Portugal   Estado NovoPortugal   Estado Novo
Portugal Estado Novo
 
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 3010 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
10 1 crise_ditaduras e democracias na década de 30
 
Matriz teste 3 9ºano
Matriz teste 3 9ºanoMatriz teste 3 9ºano
Matriz teste 3 9ºano
 
Salazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- NovoSalazar e o Estado- Novo
Salazar e o Estado- Novo
 
O Estado Novo
O Estado NovoO Estado Novo
O Estado Novo
 
Matriz teste 4 9ºano
Matriz teste 4 9ºanoMatriz teste 4 9ºano
Matriz teste 4 9ºano
 
Correção teste 2 9 ano negrelos versão 2
Correção teste 2  9 ano negrelos versão 2Correção teste 2  9 ano negrelos versão 2
Correção teste 2 9 ano negrelos versão 2
 
objetivos teste de historia 1
objetivos teste de historia 1objetivos teste de historia 1
objetivos teste de historia 1
 
A Construção do Estado Novo
A Construção do Estado NovoA Construção do Estado Novo
A Construção do Estado Novo
 
Guerra fria
Guerra friaGuerra fria
Guerra fria
 
Estado Novo 1
Estado Novo 1Estado Novo 1
Estado Novo 1
 
Teste hgp 2 correção
Teste hgp 2   correçãoTeste hgp 2   correção
Teste hgp 2 correção
 
Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)Guerra colonial (1)
Guerra colonial (1)
 
Propostas de resolução teste 12º
Propostas de resolução teste 12ºPropostas de resolução teste 12º
Propostas de resolução teste 12º
 
Resumos francês (3º teste)
Resumos francês (3º teste)Resumos francês (3º teste)
Resumos francês (3º teste)
 
Constituição da República Portuguesa
Constituição da República Portuguesa Constituição da República Portuguesa
Constituição da República Portuguesa
 
Era estalinista
Era estalinistaEra estalinista
Era estalinista
 
Estalinismo
EstalinismoEstalinismo
Estalinismo
 
Do autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à DemocraciaDo autoritarismo à Democracia
Do autoritarismo à Democracia
 

Semelhante a Objetivos de História - 4º Teste - 2ºPeríodo

A 2ª guerra mundial
A 2ª guerra mundialA 2ª guerra mundial
A 2ª guerra mundial
Gilmar Rodrigues
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Altair Moisés Aguilar
 
AscensãO Dos Regimes TotalitáRios Na Europa 3
AscensãO Dos Regimes TotalitáRios Na Europa 3AscensãO Dos Regimes TotalitáRios Na Europa 3
AscensãO Dos Regimes TotalitáRios Na Europa 3
kelvin45170
 
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra MundialRegimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Carlos Glufke
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
kyzinha
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
ingeloreroiwas
 
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra MundialEntre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
jose brandaos
 
Ficha de Trabalho Salazar sobre Historia
Ficha de Trabalho Salazar sobre HistoriaFicha de Trabalho Salazar sobre Historia
Ficha de Trabalho Salazar sobre Historia
PhilippeP3
 
2ª guerra mundial tc (césar e simone)
2ª guerra mundial tc (césar e simone)2ª guerra mundial tc (césar e simone)
2ª guerra mundial tc (césar e simone)
Sílvia Sousa
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
Nelia Salles Nantes
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
Arthur Braga
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
Nelia Salles Nantes
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
Elaine Bogo Pavani
 
2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundial
teresamendesmaia
 
Nazi fascismo
Nazi fascismoNazi fascismo
Nazi fascismo
Ericka Bastos
 
Nazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docxNazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docx
EduardoGomes340723
 
Nazi fascismo
Nazi fascismoNazi fascismo
Nazi fascismo
Paulo Henrique
 
3º ano segunda guerra mundial (1939 – 1945)
3º ano   segunda guerra mundial (1939 – 1945)3º ano   segunda guerra mundial (1939 – 1945)
3º ano segunda guerra mundial (1939 – 1945)
Daniel Alves Bronstrup
 
Protagonistas do século xx
Protagonistas do século xxProtagonistas do século xx
Protagonistas do século xx
Artur Dagge
 
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerraAula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Marcio Bernardes
 

Semelhante a Objetivos de História - 4º Teste - 2ºPeríodo (20)

A 2ª guerra mundial
A 2ª guerra mundialA 2ª guerra mundial
A 2ª guerra mundial
 
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
Segunda Guerra Mundial - Prof.Altair Aguilar.
 
AscensãO Dos Regimes TotalitáRios Na Europa 3
AscensãO Dos Regimes TotalitáRios Na Europa 3AscensãO Dos Regimes TotalitáRios Na Europa 3
AscensãO Dos Regimes TotalitáRios Na Europa 3
 
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra MundialRegimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
Regimes Totalitários E 2ª Guerra Mundial
 
Nazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazarNazismo,fascismo e salazar
Nazismo,fascismo e salazar
 
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
Segunda Guerra Mundial (1939-1945)
 
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra MundialEntre Guerras e Segunda Guerra Mundial
Entre Guerras e Segunda Guerra Mundial
 
Ficha de Trabalho Salazar sobre Historia
Ficha de Trabalho Salazar sobre HistoriaFicha de Trabalho Salazar sobre Historia
Ficha de Trabalho Salazar sobre Historia
 
2ª guerra mundial tc (césar e simone)
2ª guerra mundial tc (césar e simone)2ª guerra mundial tc (césar e simone)
2ª guerra mundial tc (césar e simone)
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
 
Segunda guerra mundial
Segunda guerra mundialSegunda guerra mundial
Segunda guerra mundial
 
Os regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europaOs regimes totalitários na europa
Os regimes totalitários na europa
 
Segunda Guerra Mundial
Segunda Guerra MundialSegunda Guerra Mundial
Segunda Guerra Mundial
 
2ª guerra mundial
2ª guerra mundial2ª guerra mundial
2ª guerra mundial
 
Nazi fascismo
Nazi fascismoNazi fascismo
Nazi fascismo
 
Nazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docxNazismo - 2.docx
Nazismo - 2.docx
 
Nazi fascismo
Nazi fascismoNazi fascismo
Nazi fascismo
 
3º ano segunda guerra mundial (1939 – 1945)
3º ano   segunda guerra mundial (1939 – 1945)3º ano   segunda guerra mundial (1939 – 1945)
3º ano segunda guerra mundial (1939 – 1945)
 
Protagonistas do século xx
Protagonistas do século xxProtagonistas do século xx
Protagonistas do século xx
 
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerraAula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
Aula Pós 1a Guerra ao fim 2a guerra
 

Mais de Maria Freitas

The Virgin Suicides - "Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first perso...
The Virgin Suicides - "Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first perso...The Virgin Suicides - "Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first perso...
The Virgin Suicides - "Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first perso...
Maria Freitas
 
“Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first person plural?” - The Virg...
 “Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first person plural?” - The Virg... “Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first person plural?” - The Virg...
“Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first person plural?” - The Virg...
Maria Freitas
 
Trabalho de TIC - «Os Perigos da Internet»
Trabalho de TIC - «Os Perigos da Internet»Trabalho de TIC - «Os Perigos da Internet»
Trabalho de TIC - «Os Perigos da Internet»
Maria Freitas
 
Objetivos Teste de Filosofia Nº3 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº3 (10ºAno)Objetivos Teste de Filosofia Nº3 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº3 (10ºAno)
Maria Freitas
 
Objetivos Teste de Filosofia Nº2 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº2 (10ºAno)Objetivos Teste de Filosofia Nº2 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº2 (10ºAno)
Maria Freitas
 
Objetivos Teste de Filosofia Nº1 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº1 (10ºAno)Objetivos Teste de Filosofia Nº1 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº1 (10ºAno)
Maria Freitas
 
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
Maria Freitas
 
Objetivos Psicologia - Teste Nº3
Objetivos Psicologia - Teste Nº3Objetivos Psicologia - Teste Nº3
Objetivos Psicologia - Teste Nº3
Maria Freitas
 
Objetivos Filosofia
Objetivos FilosofiaObjetivos Filosofia
Objetivos Filosofia
Maria Freitas
 
Objetivos de Geografia - Teste Nº3 (9ºAno)
Objetivos de Geografia - Teste Nº3 (9ºAno)Objetivos de Geografia - Teste Nº3 (9ºAno)
Objetivos de Geografia - Teste Nº3 (9ºAno)
Maria Freitas
 
Lista de Objetivos N.º 1 - Ciências Naturais 9.º Ano
Lista de Objetivos N.º 1 - Ciências Naturais 9.º AnoLista de Objetivos N.º 1 - Ciências Naturais 9.º Ano
Lista de Objetivos N.º 1 - Ciências Naturais 9.º Ano
Maria Freitas
 
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Maria Freitas
 
Doenças do Sistema Nervoso
Doenças do Sistema NervosoDoenças do Sistema Nervoso
Doenças do Sistema Nervoso
Maria Freitas
 
Análise Poema - A Última Nau (Guião)
Análise Poema - A Última Nau (Guião)Análise Poema - A Última Nau (Guião)
Análise Poema - A Última Nau (Guião)
Maria Freitas
 
Análise do Poema - A Última Nau
Análise do Poema - A Última NauAnálise do Poema - A Última Nau
Análise do Poema - A Última Nau
Maria Freitas
 
Objetivos de História - 3ºTeste - 2ºPeríodo
Objetivos de História - 3ºTeste - 2ºPeríodoObjetivos de História - 3ºTeste - 2ºPeríodo
Objetivos de História - 3ºTeste - 2ºPeríodo
Maria Freitas
 
Objetivos de História - 2º Teste - 1ºPeríodo
Objetivos de História - 2º Teste - 1ºPeríodoObjetivos de História - 2º Teste - 1ºPeríodo
Objetivos de História - 2º Teste - 1ºPeríodo
Maria Freitas
 
Objetivos de Geografia - Teste Nº4 (9ºAno)
Objetivos de Geografia - Teste Nº4 (9ºAno)Objetivos de Geografia - Teste Nº4 (9ºAno)
Objetivos de Geografia - Teste Nº4 (9ºAno)
Maria Freitas
 
Trabalho de Geografia sobre Moçambique
Trabalho de Geografia sobre MoçambiqueTrabalho de Geografia sobre Moçambique
Trabalho de Geografia sobre Moçambique
Maria Freitas
 
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Maria Freitas
 

Mais de Maria Freitas (20)

The Virgin Suicides - "Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first perso...
The Virgin Suicides - "Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first perso...The Virgin Suicides - "Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first perso...
The Virgin Suicides - "Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first perso...
 
“Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first person plural?” - The Virg...
 “Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first person plural?” - The Virg... “Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first person plural?” - The Virg...
“Why does Jeffrey Eugenides’ narrate in the first person plural?” - The Virg...
 
Trabalho de TIC - «Os Perigos da Internet»
Trabalho de TIC - «Os Perigos da Internet»Trabalho de TIC - «Os Perigos da Internet»
Trabalho de TIC - «Os Perigos da Internet»
 
Objetivos Teste de Filosofia Nº3 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº3 (10ºAno)Objetivos Teste de Filosofia Nº3 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº3 (10ºAno)
 
Objetivos Teste de Filosofia Nº2 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº2 (10ºAno)Objetivos Teste de Filosofia Nº2 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº2 (10ºAno)
 
Objetivos Teste de Filosofia Nº1 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº1 (10ºAno)Objetivos Teste de Filosofia Nº1 (10ºAno)
Objetivos Teste de Filosofia Nº1 (10ºAno)
 
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
Objetivos Psicologia - Teste Nº4 (12ºAno)
 
Objetivos Psicologia - Teste Nº3
Objetivos Psicologia - Teste Nº3Objetivos Psicologia - Teste Nº3
Objetivos Psicologia - Teste Nº3
 
Objetivos Filosofia
Objetivos FilosofiaObjetivos Filosofia
Objetivos Filosofia
 
Objetivos de Geografia - Teste Nº3 (9ºAno)
Objetivos de Geografia - Teste Nº3 (9ºAno)Objetivos de Geografia - Teste Nº3 (9ºAno)
Objetivos de Geografia - Teste Nº3 (9ºAno)
 
Lista de Objetivos N.º 1 - Ciências Naturais 9.º Ano
Lista de Objetivos N.º 1 - Ciências Naturais 9.º AnoLista de Objetivos N.º 1 - Ciências Naturais 9.º Ano
Lista de Objetivos N.º 1 - Ciências Naturais 9.º Ano
 
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
Métodos Contracetivos Não Naturais Químicos (Guião)
 
Doenças do Sistema Nervoso
Doenças do Sistema NervosoDoenças do Sistema Nervoso
Doenças do Sistema Nervoso
 
Análise Poema - A Última Nau (Guião)
Análise Poema - A Última Nau (Guião)Análise Poema - A Última Nau (Guião)
Análise Poema - A Última Nau (Guião)
 
Análise do Poema - A Última Nau
Análise do Poema - A Última NauAnálise do Poema - A Última Nau
Análise do Poema - A Última Nau
 
Objetivos de História - 3ºTeste - 2ºPeríodo
Objetivos de História - 3ºTeste - 2ºPeríodoObjetivos de História - 3ºTeste - 2ºPeríodo
Objetivos de História - 3ºTeste - 2ºPeríodo
 
Objetivos de História - 2º Teste - 1ºPeríodo
Objetivos de História - 2º Teste - 1ºPeríodoObjetivos de História - 2º Teste - 1ºPeríodo
Objetivos de História - 2º Teste - 1ºPeríodo
 
Objetivos de Geografia - Teste Nº4 (9ºAno)
Objetivos de Geografia - Teste Nº4 (9ºAno)Objetivos de Geografia - Teste Nº4 (9ºAno)
Objetivos de Geografia - Teste Nº4 (9ºAno)
 
Trabalho de Geografia sobre Moçambique
Trabalho de Geografia sobre MoçambiqueTrabalho de Geografia sobre Moçambique
Trabalho de Geografia sobre Moçambique
 
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
Objetivos Fisica e Quimica 3ºperíodo - teste nº5
 

Último

Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Érika Rufo
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
Manuais Formação
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
Marlene Cunhada
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
LEANDROSPANHOL1
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
Pastor Robson Colaço
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Simone399395
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
AurelianoFerreirades2
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
MateusTavares54
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
AntnioManuelAgdoma
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
KleginaldoPaz2
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
AmiltonAparecido1
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Zenir Carmen Bez Trombeta
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
WelberMerlinCardoso
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
DECIOMAURINARAMOS
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
Eró Cunha
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
SILVIAREGINANAZARECA
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
Manuais Formação
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
eaiprofpolly
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
LucianaCristina58
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
lveiga112
 

Último (20)

Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sonsAula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
Aula 1 do livro de Ciências do aluno - sons
 
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdfUFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
UFCD_10949_Lojas e-commerce no-code_índice.pdf
 
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
GÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptxGÊNERO      TEXTUAL     -     POEMA.pptx
GÊNERO TEXTUAL - POEMA.pptx
 
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
7133lllllllllllllllllllllllllllll67.pptx
 
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdfO que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
O que é um Ménage a Trois Contemporâneo .pdf
 
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de cursoDicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
Dicas de normas ABNT para trabalho de conclusão de curso
 
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdfA QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
A QUESTÃO ANTROPOLÓGICA: O QUE SOMOS OU QUEM SOMOS.pdf
 
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - AlfabetinhoAtividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
Atividades de Inglês e Espanhol para Imprimir - Alfabetinho
 
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
347018542-PAULINA-CHIZIANE-Balada-de-Amor-ao-Vento-pdf.pdf
 
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vidakarl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
karl marx biografia resumida com suas obras e história de vida
 
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdfOS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
OS elementos de uma boa Redação para o ENEM.pdf
 
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptxCartinhas de solidariedade e esperança.pptx
Cartinhas de solidariedade e esperança.pptx
 
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo FreireLivro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
Livro: Pedagogia do Oprimido - Paulo Freire
 
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptxRedação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
Redação e Leitura_7º ano_58_Produção de cordel .pptx
 
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...REGULAMENTO  DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
REGULAMENTO DO CONCURSO DESENHOS AFRO/2024 - 14ª edição - CEIRI /UREI (ficha...
 
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
1_10_06_2024_Criança e Cultura Escrita, Ana Maria de Oliveira Galvão.pdf
 
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdfUFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
UFCD_10145_Enquadramento do setor farmacêutico_indice.pdf
 
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua PortuguesaD20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
D20 - Descritores SAEB de Língua Portuguesa
 
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
- TEMPLATE DA PRATICA - Psicomotricidade.pptx
 
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdfTestes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
Testes + soluções_Mensagens12 )11111.pdf
 

Objetivos de História - 4º Teste - 2ºPeríodo

  • 1. Objetivos de História 2ºPeríodo-4ºTeste de Avaliação 1-Compreender a constituição de 1933. Constituiçãode 1933 (na teoria) Poderlegislativopertenciaàassembleianacional; PoderexecutivopertenciaaoPresidentedaRepúblicaeraeste que nomeavaogoverno; Poderjudicial pertenciaaostribuinais; Garantia aindaa liberdade e osdireitosdoscidadãos, Na prática Salazarfoi sempre Presidente doConselhode Ministros,sempre tevemaispoderque oPresidente da República,eraele que faziaasleis,aseleiçõesnãoeramlivrese nãoeramrespeitadososdireitose as liberdadesdaspessoas. 5-Conheceras características do EstadoNovo. Princípios Ideológicos do Estado Novo/Ditadura Salazarista  Salazarera o chefe máximodanação a quemtodosdeviamrespeitoe obediência –cultoao chefe.  Os trêsideaisde Salazareram:Deus,Pátriae Família.  Os jovensintegravamamocidade portuguesa.  Nacionalismocomavalorizaçãoda história,dabandeirae dohino.  Salazardefendiaaauto-suficiênciadopaísvalorizandoaagriculturae as campanhasde trigo no Alentejo(nacionalismoeconómico).  Propagandacom recursosaos cartazesintitulados:“ A liçãode Salazar”  Legiãoportuguesa– milíciasarmadas.  Políticade obras públicascomo lançamentodaconstrução de estradas,pontes,barragens,escolas, maternidades.  Censuraaos meiosde comunicação,existiaumacomissãode censuraque controlavaaimprensa chamada “LápisAzul”.  Corporativismo –Salazarpara controlar a economiae a sociedade,agrupousindicatosnacionais,tais como: grémios,casadospescadores,casado povo,proibindoasgrevese sindicatoslivres.  PolíciaPolítica:PVDEe maistarde PIDE (PolíciaInternacional e de DefesadoEstado) perseguiam, torturavame muitasdasvezesassassinavam osopositoresaoregime,possuíamumarede de informadores;asprincipaisprisõeseram:Peniche,Caxiase ocampo de concentraçãono Tarrafal – Cabo Verde.  Partidoúnico:uniãonacional.  Imperialismo:Colonialismo –Ascolóniaspara Salazareram parte integrante daNaçãoe mostravam que éramosuma grande nação; emtermoseconómicosascolóniasforneciam matérias-primas baratas e escoavamtodaa produção agrícola e industrial.
  • 2. 6-ConheceroEstalinismonaURSS (vera parte da Economia EstalinismonaURSS 1924 – Morte de Lenine Trotsky – Lideravao exércitovermelho Lenine – 1927 – Lideraa URSS – Estalinismo Princípios Ideológicos  O únicopartidopolíticoerao PartidoComunista,situava-seemMoscovoe toda a gente lhe devia obediência.  PolíciaPolíticaTcheka/KGB(maistarde).  Camposde trabalhoforçado na Sibériae naUcrânia (gulags).  Deportaçõesmaciças(obrigoualdeiasinteirasair para onde ele quis).(Colocouessaspessoasna Sibériae noutrossítiosa trabalharem, serviamcomomão de obra, porque ospresosnão davam conta do recado).  Limpezasde gabinetesoupurgas,emque Estaline renovavaosdirigentesdentro dopartido. Economia Indústria: PlanificaçãodaIndústriacomos planosquinquenais(5anos). 1º PlanoQuinquenal–Priveligiouaindústriapesada; 2º PlanoQuinquenal–Priveligiouaindústrialigeira(têxtil e alimentar); 3º PlanoQuinquenal–Priveligiouaindústriaquímica. Agricultura– Coletivizaçãodasterras  Recursoà propagandaatravés doscartazes.  Cultoda personalidade. A URSS tornou-se na3ª maior potênciamundial. Frentes populares Inglaterra França – LeónBlum Espanha– Franco Sovkhozes Kolkhozes
  • 3. 7-ContextualizaraGuerra Civil de Espanha. Coligaçãode partidosde esquerda, que favoreciamostrabalhadores.Ganharamaseleiçõesem1936, começarama nacionalizartudoe eramanti-clero. Comonãoagradaramaos espanhóisgerou-seumaguerra civil emEspanha. Que duroude 1936 a 1938. 1936-Guerra Civil Eleições Republicanos(Coligaçãode esquerda,apoio:URSS) Nacionalistas –General Franco(Apoio:Portugal,Alemanhae Itália O climapolíticoe social na Espanha na primeirametade dadécadade 1930 era tensoe recheadode conflitos entre esquerdistase nacionalistas.Masa guerrateve inicioquandoem18 de julhode 1936, o general FranciscoFranco comandouo exércitoespanhol numgolpe de estadocontraogovernodemocráticoe legal da SegundaRepúblicaEspanhola.Porém, ogolpe nãofoi bemsucedidoe aEspanhaficoudivididaentre nacionalistas e republicanos. Apósquasetrêsanosde conflitoaGuerra Civil Espanhola,consideradaumadas maisviolentase cruéisdahistória,terminoucomavitóriadosnacionalistasque conseguiramderrubaro GovernoRepublicanodopoder.FranciscoFrancoassumiuopoderemAbril de 1939, implantandoumregime ditatorial de direitanaEspanha. 8-ConhecerasCausas da IIGM. II GuerraMundial Causas: DesrespeitopeloTratadode Versalhes1 Eixo2 Expansionismoagressivode Hitler 3 1 A crise de 1929 afetoutodomundo,incluindoaAlemanha,e estacrise foi emparte responsável pela instauraçãodo regime ditatorial naAlemanha,oqual defendiaumapolíticaexpansionista. QuandoHitler tomoupoderem1933, a Alemanhatornou-se maisagressivae passarama ignoraro Tratado de Versalhes. Um dos pontos tratadosera a redução doarmamentoe doexército,comoestavainstaladaacrise,para reduzirodesempregopôsoserviçomilitarobrigatório,reconstruiuumapoderosafrotade guerra, modernizouaviaçõese começouaocuparregiõesfronteiriças,posteriormenteconcretizoupactosmilitares. 2 O eixoBerlim-Roma,aaliançadaAlemanhanazistae daItáliafascista,foi criadauma aliançaemBerlimno dia25 de outubrode 1936, com a assinaturade um tratado de amizade entre osdoispaíses.Ficouconhecida por EixoRoma-erlime pretendiareforçaracolaboraçãoentre a Alemanhae Itália,posteriormente como Japão,constituindoumaaliançade regimesditatoriais,que ficouconhecidapor“Eixo”. 1 de Setembro:HitlerinvadeaPolónia
  • 4. 3 Hitlercombase na “Teoria doEspaço Vital”que defendiaosinteressesdaraça ariana,ocupoua Áustria, Turquiae o PaisdosSudetas.Em 1938 assinoucoma França e a Inglaterraotratado de Munique,em1938 ocupa o restoda Checoslováquia,nessemesmoanoassinouumtratadocoma URSSS de não ataque entre essesdoispaíses,aFrança e Inglaterra(assinaramumtratado secreto) protegiamaPolóniacasoaAlemanha a invadisse.A 1 de Setembrode 1939 a Alemanhaataca a Polónia.A Inglaterrae a França declaramguerraà Alemanha,iniciando-seassimaIIGuerra Mundial. 9-Descreveras3 Fasesda Guerra. Fases 1ªFase – Guerra Relâmpago(1939-1941) As tropasalemãscontinuarama avançar,após a invasãoda Polóniaem1939. Em Abril de 1940, conseguiramentrarnaDinamarca e na Noruega.A 10 de Maio invadiramaBélgica,o Luxmburgoe a Holanda,dirigindo-se de seguidaaFrança que foi derrotadapassadopoucomaisde 1 mês. Hitlerconseguiudominarquase todaa Europa Ocidental,aúnicaresistenteeraaInglaterra.Noconfronto decisivo,que foi naInglaterra,travou-senoCanal damancha e foi aí a 1ª grande derrota alemã,poruma invençãorecente,oradar,conseguiuderrotaraforça aéreaalemã impossibilitandoaentradadoexército alemãoemsolobritânico. 2ªFase – MundializaçãodoConflito(1941-1943) Enquantoos combatesdecorriamnaEuropa, o Japãopreparaa conquistadoseu“Espaço Vital”. Começouporocupar territóriosnaChinae na Indonésiaem1941. A 7 de Dezembrode 1941, o Japão atacou de surpresaa base naval Americanade Pearl Harber,noHawaii.Este ataque levouosEUA, que eram presididosporRosevelt,entraramnaguerra.OsEUA significarammaisarmase homenspara África,para o Pacífico,para a Europa e Inglaterra. 3ªFase-Avitóriados Aliados Os combates na Europa Ocidental foram decididos em 6 de Junho de 1944: Deu-se o desembarque dos Aliados na Normadia (França). Um poderoso exército, comando pelo general Eisenhower entrou em terriório francês, a missãoera retomara França por meiode umataque surpresa.Estesdesembarques permitiramalibertaçãodaFrança e Bélgica. No lado do Oriente, os alemães foram completamente cercados por tropas soviéticas e exatamente no dia 22 de Abril de 1945 a cidade de Berlim foi tomada pelos russos. E no dia 30, Hitler cometeu suicídio. No dia 7 de Maio de 1945, o que restou do governo alemão simplesmente se rendeu. A guerra na Europa estava terminada. No Pacífico,as batalhasentre o Japão e os EstadosUnidos (auxiliadaspelaInglaterrae Austrália) continuavam. Osamericanosbombardearamascidades japoneses de Hiroshima,em6de agosto de 1945, e de Nagasaki,em9 de agostode 1945 com armas nucleares.OJapãorendeu-senadatade 2 de Setembro de 1945. Era o final da Guerra.
  • 5. 3ªFase-Avitóriados Aliados - (Caderno) Norte de África(1943) – Os Aliadosdesembarcam/libertamaSicíliae a Itália,caindoMussolini em 1944. 1944 – DiaD: OsAliadosdesembarcamnaNormandiae avançamaté à Alemanhaaomesmotempo que Estaline avançapeloOriente,encurralandoHitlerque se suicidaem1945. Terminaa guerra na Europa,mas continuanoPacífico com osKanikaze (pilotossuicidas). O PresidenteTrumadosEUA, ordenouolançamento. 10- Conhecer as Consequências da 2ªGuerra Mundial Mais de 50 milhõesde mortos. Destruiçãoeconómica,comofábricas,pontes… Divisãodoterritórioalemãoem4 partes,pelos4vencedores(Itália,França,Inglaterra,URSS),e ocuparam- nos. A cidade de Berlimtambémfoi divididae ocupadapelos4 vencedores O Japão tambémfoi ocupadopelosEUA e aí impuseramademocracia. Foi criada a ONU, para zelarpelapaz e pelascooperaçõeseconómicas,sociaise culturais. Desnazificação daAlemanha,comojulgamentodoscriminososde guerrae notribunal de Nuremberg. Criação doEstado de Israel em1947 para o povojudeu. Surgimentode 2 blocos: ComunistalideradopelaURSS e capitalistalideradopelosEUA. Mundo Bipolar - Durante quatrodécadas,foi a ordeminternacional marcadaporuma bipolaridade:duas superpotênciascontrolavamdiretaouindiretamenteinúmerosEstadosabrigadosemsuasáreasde influência.Éclaro que cada Estadotinha seugovernoe suasinstituições.Massua autonomiaficavade certa forma,limitadapelojogoestratégicodasuperpotênciaque odominava.Faziamparte desse jogo,por exemplo,asmanobrasque EstadosUnidose UniãoSoviéticaarticulavamparamantero blocounidoe sobo seucomando,ou para conquista Estadosque estavamdooutro lado.A bipolaridade,istoé,adivisãodo mundoemdoispólosde poderantagônicasfoi umadas características maismarcantesda Guerra Fria
  • 6. Mundo Bipolar Guerra Fria 12-ConhecerosobjetivosdoPlanoMarshall. Com o final da Segunda Guerra Mundial, muitos países ficaramdestruídos. Era necessário muito investimento financeiro para a reconstrução destes países. Neste contexto, foi criado nos Estados Unidos pelo então secretário de Estado George Marshall, um plano económico cujo principal objetivo era possibilitar a reconstrução dos países capitalistas. A ajuda foi feita, principalmente, através de empréstimos financeiros. O Plano Marshall deve ser entendido dentro do contexto histórico da Guerra Fria, pois foi uma forma de fortalecer o capitalismo e a hegemonia dos Estados Unidos. O Plano foi colocado em operação em 1947. - Possibilitar a reconstrução material dos países capitalistas destruídos na Segunda Guerra Mundial; - Recuperar e reorganizar a economia dos países capitalistas, aumentando o vínculo deles com os Estados Unidos, principalmente através das relações comerciais; - Fazer frente aos avanços do socialismo presente, principalmente, no leste europeu e comandado pela extinta União Soviética. 13-Explicar o conceito de Guerra Fria. A Guerra Friateminício logoapósa SegundaGuerraMundial,poisosEstadosUnidose a União Soviéticavãodisputarahegemoniapolítica,econômicae militarnomundo.A UniãoSoviética possuíaum sistemasocialista,baseadonaeconomiaplanificada,partidoúnico(Partido Comunista), igualdade social e faltade democracia.Jáos Estadosunidos,aoutra potênciamundial,defendiaa Bloco de Leste  URSS  Comunista  PartidoÚnico  Controle aeconomia  KGB  Pacto Varsóvia  COMECON Bloco Ocidental  EUA  CapitalistaLiberal  CIA  NATO  PlanoMarshal
  • 7. expansãodo sistemacapitalista,baseadonaeconomiade mercado,sistemademocráticoe propriedade privada.Nasegundametadedadécadade 1940 até 1989, estasduas potências tentaramimplantaremoutrospaísesos seussistemaspolíticose econômicos.A definiçãoparaa expressãoguerrafriaé de um conflitoque aconteceuapenasnocampoideológico,nãoocorrendo um embate militardeclaradoe diretoentre EstadosUnidos e URSS.Até mesmoporque,estesdois paísesestavamarmadoscom centenasde mísseisnucleares.Umconflitoarmadodiretosignificaria o fimdosdoispaíses e,provavelmente,davidanoplanetaTerra.Porémambosacabaram alimentandoconflitosemoutrospaísescomo,por exemplo,naCoreiae noVietname. ------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------- A GuerraFria foi umadisputade poderentre a URSS e os EUA emque não houve conflitodiretoentreas duas potências. Deram-se muitosavançostecnológicoscomoodesenvolvimentodasbombasnuclearese aconquistado espaço. Desenvolveu-seaespionagem:CIA-EUA KGB-URSS Os principaisincidentesdaGuerraFria foram: -A guerra da Coreia; -A crise de mísseisde Cuba; -O Bloqueiode Berlim; A Guerra Fria,não foi umconflitomilitar,foi umconfrontoideológico,político,económicoentre aURSSe os EUA e equilibravam-se peloterror. 14-Conhecerosprimeirosmovimentosde indepedência. A faltade democracia,o atraso econômicoe a crise nasrepúblicassoviéticasacabaramporacelerara crise do socialismonofinal dadécadade 1980. Em 1989 cai o Muro de Berlime as duas Alemanhassão reunificadas.Nocomeçodadécadade 1990, o entãopresidentedaUniãoSoviéticaGorbachevcomeçoua aceleraro fimdosocialismonaquelepaíse nos aliados.Comreformaseconômicas,acordoscomos EUA e mudançaspolíticas,o sistemafoi se enfraquecendo.Erao fimde um períodode embatespolíticos, ideológicose militares.Ocapitalismovitorioso,aospoucos,iriasendoimplantadonospaísessocialistas.